sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Doleiro diz que parte da propina recebida por secretário de Eduardo Campos, foi usada em campanha



De acordo com o Doleiro Alberto Youssef, parte dos valores relacionados à propina recebida pelo secretário de desenvolvimento econômico de Eduardo Campos, foram utilizados em campanhas políticas do PSB em Pernambuco. O montante foi pago por empresas beneficiadas por uma diferença de débitos do ICMS e de incentivos fiscais repartidos entre contribuintes e o PSB.

O ICMS não é um imposto apenas do Estado, cabem aos municípios 25% de toda arrecadação oriunda do imposto.

Nos últimos anos, os incentivos fiscais mantidos pelo Estado, somam mais de R$ 300 milhões. 75 milhões deveriam ser repartidos aos municípios, mas não foram. Ao que parece, os recursos municipais estavam sendo gastos nas campanhas políticas do PSB.Fontes: Ricardo Banana.


Blog do BILL NOTICIAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário