terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Lucas Ramos defende aliança entre PSB e PT na disputa a governador em Pernambuco somente num segundo turno


Se depender do deputado estadual Lucas Ramos, seu partido – o PSB – só se uniria ao PT para as eleições em Pernambuco num provável segundo turno. Para o parlamentar socialista, as duas legendas deveriam pensar, neste momento, em fortalecer suas bancadas federais e estaduais.
Confiram:
A histórica aliança entre PSB e PT “celebrada no meio do povo”, como afirmava o governador Miguel Arraes, precisa ser melhor compreendida pelos dois partidos. Cada uma dessas legendas deve se fortalecer disputando o primeiro turno com candidaturas majoritárias e proporcionais próprias para, assim, eleger uma bancada maior de deputados federais e estaduais.
Ressalta-se a importância da instituição, na nossa democracia, dos dois turnos para as eleições majoritárias no Brasil. Erram, PSB e PT, quando queimam essa etapa com uma candidatura única entre os dois e ganham os partidos de centro-direita com esse erro tático dos de centro-esquerda. No segundo turno sim, um precisará do outro para juntos serem protagonistas de um modelo de governo que o Brasil precisa.
Como deputado no PSB vou defender, no congresso nacional do partido, a tese da candidatura à reeleição do nosso governador Paulo Câmara e aguardar o segundo turno para se for o caso, celebrar uma aliança que congregue os ideais de centro-esquerda com o Partido dos Trabalhadores. (C.Britto).
Lucas Ramos/Deputado estadual – PSB

Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SUSPEITA Ministério da Saúde confirma primeira suspeita de coronavírus no Brasil

                 Por:   Maria Eduarda Cardim / DP Foto: Hector Retamal/AFP O Ministério da Saúde confirmou, nesta terça-feira (28), ...