terça-feira, 23 de julho de 2013

Artista plástico de Petrolina mostra seu talento na Arte


Sou funcionário público, Auxiliar de Serviços Administrativos Educacional, Bianelis Almeida Dantas, conhecido como BILL ou BILL ART´S, pertencente a  Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, lotado na GRE – Gerencia Regional de Educação de Médio São Francisco em Petrolina.
Comecei na arte desde cedo. Quando jovem já desenvolvia trabalhos artístico em relação a pinturas. Meu primeiro emprego como funcionário público foi na Escola Dom Malan em Petrolina, onde também estudei durante oito anos. Eu era considerado pelo corpo docente e alunos das escolas onde trabalhei, como um Funcionário polivalente, pois de quase tudo fazia um pouco, em especial a arte da pintura.
Sempre que alguém me pergunta sobre minha vida funcional, e por onde já trabalhei, nunca deixo de citar a oportunidade e os ensinamentos que tive na minha vida em relação à conduta moral e profissional. Sempre agradeço, em primeiro lugar à Deus, com certeza, minha mãe Maria José Dias, (já falecida), que mesmo com a separação e a morte do meu pai Manoel Almeida Dantas, conhecido como Seu Nezinho, também (já falecido), nunca me abandonou, e mesmo com todo sofrimento que passou, sempre esteve ao meu lado ensinando a realidade da vida.
Como servidor público, cito as pessoas que me deram a oportunidade do meu primeiro emprego, são elas: Professora Diva  Cavalcante Santana, na época diretora de Escola Dom Malan, a Primeira Escola Estadual construída no Município; Professora Maria Wilza, primeira Diretora da antiga DERE; Dr. Augusto de Souza Coelho e Dr. Guilherme Cruz de Souza Coelho (atual vice-prefeito), dois grandes ex Prefeitos de Petrolina; e Dr. Roberto Magalhães, ex Governador de Pernambuco. Por essas pessoas serei eternamente grato.
Sempre desenvolvi trabalhos artísticos quando era solicitado. O meu forte mesmo sempre foi às pinturas e maquetes, além de vários outros trabalhos como: faixas de rua, placas e painéis, etc. Considero a arte como um dom, pois nunca participei de nenhum curso de desenhos artístico, mas aprendi por si mesmo no meu dia a dia, a arte de desenhar e pintar. Meus trabalhos sempre foram solicitados por donos de mercadinho, lojas, bares, lanchonetes, salões de beleza, e igrejas, católicas e evangélicas, professores e alunos de escolas públicas e particulares. O único curso de artesanato que fiz em Petrolina foi o de florista, ou seja, arranjos de flores em EVA (emborrachado). Embora no referido curso 99,9% dos alunos eram mulheres, eu foi o único homem a participar deste curso. Pretendo o mais breve possível, passar esse ensinamento para as pessoas interessadas em aprender a arte, não só de arranjos florais, mas também de pinturas e artesanato em geral.

Veja logo abaixo alguns trabalhos por mim realizados 
























































































   

SOLIDARIEDADE EM TEMPOS DE PANDEMIA

Erivaldo Oliveira Campanha em prol do nosso amigo Erivaldo Oliveira. Um jovem de apenas 27 anos, e que após dois dias do nascimen...