domingo, 7 de abril de 2013

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA FACAPE




facape - 4
A Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE) por meio desta nota gostaria de esclarecer quanto a denúncia que surgiu nesta última quinta-feira,04/04, no programa de Edenevaldo Alves, no qual o vereador Zenildo do Alto do Cocar declara um suposto empréstimo realizado pela Prefeitura Municipal de Petrolina junto a FACAPE, no valor de 1 milhão de reais, além de demissões de professores. Reiteramos  que a Instituição  pertencente  à administração pública municipal é dotada de autonomia administrativa, financeira e gerencial, não estando subordinada  ao Município de Petrolina e nem a qualquer outra  instituição pública.  Saliente-se ainda a inexistência de  ingerência da Prefeitura de Petrolina nas decisões administrativas e financeiras da FACAPE.
Nesse sentido, a AEVSF  informa a sociedade petrolinense  que não houve o mencionado empréstimo de verbas da FACAPE à PMP. Elucida-se ainda que a Autarquia, de fato, tem adotado medidas de contenção de despesas. Entretanto, tais medidas de contenção de gastos é uma contrapartida ao alto índice de inadimplência dos discentes  quanto ao pagamento das mensalidades. De maneira alguma essas medidas ocorreram em razão de suposto endividamento da AEVSF por empréstimos realizados a PMP, ou a qualquer instituição pública ou privada.
Aproveita-se a oportunidade para informar a população que quanto ainadimplência,  já estão sendo adotadas medidas severas de recuperação de crédito, com ações de cobrança judiciais e extrajudiciais aos inadimplentes, a fim de regularização da situação. Por fim, declara-se ainda que as contas da AEVSF são acompanhadas de perto pelos órgãos  de fiscalização de contas, e que,  não foram identificados  os denunciados empréstimos ou qualquer outra forma de mal uso do patrimônio da AEVSF
Rinaldo Remígio Mendes
Presidente da Autarquia Educacional do Vale do São Francisco
AEVSF/FACAPE

Lóssio rebate declarações de Maria Elena e dispara: “Não posso dizer o que eu penso da vereadora”







julio lossio sao joao 2012
“Está aí prontinha”, descontraía o prefeito Julio Lóssio (PMDB) quando questionado sobre as declarações da vereadora Maria Elena (PSB) que contestavam a opinião do gestor sobre a política de saúde do Governo do Estado. Elena o classificou durante discurso na sessão da ultima quinta-feira (04), como “caso clínico” por ter “complexo de superioridade”. Além disso, aconselhou Lóssio a procurar um psicólogo.
Sobre a entrevista concedida ao jornal, o prefeito explicou que foi escolhido porque Petrolina foi apontada como a cidade do maior índice de desenvolvimento do Sertão pernambucano. O município, alega Lóssio, possui indicadores que superam o Estado como IDEB e a redução da mortalidade infantil. O modelo de saúde defendido por Dr. Julio coloca o foco na atenção básica, o que na opinião dele está sendo negligenciado a atenção básica. “Nós contestamos e achamos que o Governo do Estado é muito hospitalocentrico, pensa muito em hospital e acaba falhando na atenção básica que no nosso entendimento é o que deve ser priorizado. Isso é opinião minha e eu tenho o direito de opinar”.
Lóssio também comenta as definições feitas por Maria Elena. “Quanto a mania de grandeza, cada um pode interpretar aquilo que quer. A vereadora tem todo o direito de falar aquilo que quer lá no plenário porque ela tem imunidade parlamentar. Eu por exemplo não tenho o mesmo direito, eu não tenho imunidade parlamentar então eu não posso dizer o que eu penso da vereadora”, alfinetou.
Palhaço
Julio Lóssio ainda afirma não ter se sentido ofendido quando o vereador Zé Batista (PDT) declarou na tribuna que ele estaria “bancando o palhaço” em sua suposta pretensão de disputar o governo do estado. “São Paulo elegeu um palhaço com a maior votação da história, o palhaço Tiririca, que por sinal é um dos deputados mais assíduos do congresso. O vereador Zé Batista inclusive já votou naquele que ele chama de palhaço porque ele votou em mim na primeira eleição. Eu prefiro ser chamado de palhaço a corrupto”, disparou.
O prefeito assume que há conversas e seu nome estaria cogitado pelo PMDB para a disputa estadual em 2014, mas garante estar interessado em administrar a cidade. “Tive uma aproximação com o PMDB nacional, o partido tem colocado que quer ter candidatos a governadores em todos os estados. O partido tem colocado as possibilidades, o presidente Raupp, o vice presidente Michel Temer, mas o meu desejo hoje é administrar Petrolina”. (Site Rádio Grande Rio FM)

Isaac Carvalho pede apoio aos deputados nos projetos estruturantes em sessão da assembléia itinerante em Juazeiro




isac e os deputados
Durante a realização da Assembléia Itinerante, promovida pela Assembléia Legislativa da Bahia (ALBA), nesta quinta-feira (4), o prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, pediu apoio aos deputados estaduais para que os projetos estruturantes como a plataforma multimodal, novas rodovias e ferrovias possam ser viabilizados. O prefeito também foi homenageado, por uma indicação da Mesa Diretora, através do presidente da casa parlamentar, o deputado Marcelo Nilo, com a Comenda 2 de Julho.
O prefeito Isaac agradeceu aos deputados pela homenagem e parabenizou aos parlamentares pela iniciativa de ir ao interior saber das necessidades da população e as lideranças políticas. “É um momento muito importante. As pessoas têm a oportunidade de fazer os seus reclames e nós temos a oportunidade de recomendar ações para que haja um fortalecimento maior ainda de Juazeiro e da Região Norte. Somos muito gratos pelo o que Governador Wagner e a presidente Dilma fizeram pela região, mas a nossa demanda é muito grande, e nós temos ações que precisam acontecer como a implantação da plataforma logística multimodal, a construção de uma nova ponte, com um anel viário ligando Bahia-P e a construção de um ramal ferroviário ligando nossa região à Ferrovia Transnordestina. Isso potencializaria o desenvolvimento não somente de Juazeiro, mas todo o norte da Bahia”, declarou Isaac Carvalho, que ainda falou sobre o melhoramento e mais financiamento para os serviços de saúde, melhorar a infraestrutura das cidades, além de melhorar a qualidade de vida da população.
O presidente da ALBA agradeceu à Prefeitura de Juazeiro e Câmara Municipal pelo apoio que foi dado para a realização do evento e ressaltou o potencial de Juazeiro e da região. “Aqui fomos muito bem recebidos. O objetivo da Assembléia Itinerante é ouvir a população, ver as suas demandas, suas necessidades, o que é mais importante para a Bahia. Foi muito bom. O povo colocou as suas reivindicações nas urnas. Esta é a quinta edição e a impressão foi das melhores.”

O som volta às noites de Petrolina: Prefeitura vai garantir ajustamento de estabelecimentos




lossio coletiva tac_JPG
Na tarde desta sexta-feira (5) o prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB), concedeu uma entrevista coletiva à imprensa para falar sobre as regras de utilização de som ambiente em bares e restaurantes da cidade. A iniciativa da prefeitura, de acordo com Lossio, foi motivada pela insatisfação de moradores das proximidades dos bares e restaurantes, de transeuntes por causa da ocupação das calçadas por mesas e caixas de som.
No entanto, o gestor também ressaltou a importância de zelar pela questão econômica da cidade. “A gente não quer deixar de ter os eventos na cidade, a gente não quer deixar de ter os empregos que são dados, que são muitos, nos nossos bares e restaurantes. Vamos ordenar a cidade sem prejudicar a economia”, assegurou Julio Lossio.
Para solucionar o impasse, a prefeitura entrou em contato com o Ministério Público de Pernambuco e acordou que assumirá a responsabilidade cuidar do cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que será assinado pelos estabelecimentos. O prazo para adequação é de seis meses e a Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA), a Secretaria de Ordem Pública e a Guarda Municipal vão trabalhar em conjunto na fiscalização desses locais.
A partir de agora, a prefeitura tem a missão de desenvolver uma ação educativa e não punitiva. O som permitido é até 60 decibéis, fora do estabelecimento e a AMMA contará com aparelhos para controlar a emissão sonora.
Além disso, não será permitido som em calçada e sobre a ocupação de mesas. Os bares e restaurantes deve deixar espaço para o passeio público, sob pena de serem punidos.

Orçamento Geral da União de 2013 é publicado hoje e Petrolina tem R$ 1 milhão para educação garantido




paulo-rubem
Nessa sexta-feira (5) foi publicado no Diário Oficial da União o Orçamento Geral da União de 2013, sancionado pela presidente Dilma Rousseff (PT). O Orçamento deste ano foi aprovado pelo Congresso Nacional com quase três meses de atraso, no dia 12 de março. A votação deveria ter ocorrido no ano passado, mas ficou pendente por causa da polêmica em torno da votação de vetos presidenciais a trechos da Lei dos Royalties do Petróleo.
Após demora na aprovação pelo Congresso, a sanção do Orçamento teve um atraso de cerca de uma semana devido a um erro na redação final envolvendo os valores das dotações para capacitação de pessoal. As informações são do Diario de Pernambuco.
Neste orçamento está previsto R$ 1 milhão para ser investido na educação do município de Petrolina, graças à emenda do deputado federal, Paulo Rubem Santiago (PDT–PE).

Ligações de fixo para celular ficam mais baratas a partir deste sábado




cel_-_abr
Começa a valer neste sábado (6) a redução de 8,77% nas tarifas das ligações feitas de telefones fixos para celulares. Os novos valores, determinados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), serão aplicados pelas concessionárias de telefonia fixa Oi (na área da antiga Brasil Telecom), Telefônica (São Paulo), CTBC Telecom, Sercomtel e Embratel.
Para a concessionária Telemar Norte Leste, haverá redução de 18,6%, porque, no ano passado, a diminuição tarifária não foi aplicada pela Anatel para essa operadora por causa de determinações judiciais. As demais empresas aplicaram uma redução de 10,7% no ano passado.
A CTBC Telecom é a concessionária local que atende os estados de Minas Gerais, Goiás e São Paulo. A Sercomtel atende os municípios de Londrina e Tamarana, no Paraná, e a Embratel é a concessionária de longa distância nacional. (Da Folha PE)

Em PE, preço do tomate sobe 220% devido à seca do NE e cheias no Sul




tomate
O preço do tomate disparou na Ceasa, feiras livres e supermercados de Pernambuco. A quebra da safra no Sul do país por causa das enchentes e a seca no Nordeste provocou a alta do produto. Na central de abastecimento, a caixa de tomate teve um aumento de 220%, em relação ao ano passado.
“O tomate está caríssimo. Eu costumo comprar muito para fazer molho, mas não tenho comprado. A gente não tem condição de comprar”, diz a médica Lúcia Lampropolus. Nas feiras, a reportagem do NETV 2ª Edição encontrou vários preços para o quilo do tomate. Dependendo da qualidade, do tamanho, o preço chegava a R$ 4 ou 5. Está acima do que as pessoas pagavam ano passado, mas abaixo do valor cobrado na Semana Santa, quando chegou a R$ 8 ou 9.
Para entender o aumento, é preciso avaliar também a oferta. A do tomate, na Ceasa, diminuiu 16% nos primeiros três meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Quanto menos houver pra vender, mais será preciso pagar – é a lei do mercado. O preço vem subindo. Uma caixa de 25 quilos, que custava R$ 25 ano passado, neste mesmo período, custa agora R$ 80, um aumento de 220%.