quarta-feira, 10 de outubro de 2018

VÍDEOS DESMASCARAM KIT GAY, MAIOR FAKE NEWS DE BOLSONARO


247 – A maior fake news da campanha de Jair Bolsonaro contra Fernando Haddad, o tal "kit gay", que de acordo com a mentira espalhada, propõe ensinar sexo na escola a crianças de seis anos ou até forçá-las a mudarem de gênero, vem sendo desmascarada por youtubers. 
Um vídeo publicado na página do Facebook  ‘Quebrando o Tabu’, apresentado por Fabrício Andrietta, explica que o “kit gay” nunca existiu e detalha como o candidato do PS inventou essa história delirante, de onde ela saiu e o motivo.
O vídeo revela que, ao contrário do que já foi dito por Bolsonaro, o 9º Seminário LGBT Infantil, onde teria sido lançado o material fictício, nunca existiu. O Seminário realizado tratou, na verdade, de diversos temas sobre a ótima de pessoas LGBT, inclusive crianças e sexualidade. Em um resumo simples, o objetivo era encontrar soluções para evitar que crianças apanhem ou sejam mortas por quererem lavar a louça ou brincar de boneca.
O youtuber Leonardo Stoppa, que também tem um programa na TV 247, é outro que desmonta a farsa, na internet, em um vídeo curto de oito minutos. Ele detalhe que a proposta inicial foi um projeto educacional chamado "Escola sem homofobia" e dá dicas de como abordar os eleitores de Bolsonaro que têm medo do "kit gay" e de que forma desmentir o candidato.
A jovem Paula Landucci, do canal DiariodePLanducci, depois de também detalhar toda a farsa do kit gay, afirma que Bolsonaro "distorce as informações, mente, para conseguir manipular você aí, eleitor dele". Assista abaixo aos três vídeos citados:
Fabrício Andrietta sobre kit gay, no Quebrando o Tabu:








Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARISMO JÁ SE CONVERTE EM NAZISMO NAS RUAS DO PAÍS


247 - Passado o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais, explodiu o número de crimes por motivações políticas, cometidos por eleitores do candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro. 
Nos últimos dez dias, houve pelo menos 70 ataques de eleitores de Bolsonaro no país, segundo levantamento realizado pela agência Pública. O levantamento mostra como as situações de violência se espalham pelo país inteiro e não podem mais ser vistas isoladamente.
Na noite da segunda-feira 8, uma jovem de menos de 20 anos de idade foi violentamente agredida por três bolsonaristas em Porto Alegre, por andar com o adesivo #EleNão com as cores da bandeira LGBT em sua mochila; não contentes em socarem a garota, os três homens ainda usaram um canivete para cravar o símbolo nazista, a suástica, no seu corpo (leia mais).
Entre os casos contabilizados pela reportagem da Pública, 14 aconteceram na região Sul, 32 na região Sudeste, 18 na região Nordeste, 3 na região Centro-Oeste e 3 na região Norte. Isso sem contar as milhares de ameaças nas redes sociais feitas diariamente. 
Os casos são uma prova inequívoca de que o candidato Jair Bolsonaro tem responsabilidade sobre os atos de violência. Em vídeo nessa quarta-feira, 10, a presidente do PT, Gleisi Hoffmnn, questionou a capacidade de liderança de Bolsonaro. "Como o senhor vai governar o País se não tem condições de exercer a liderança?", questiona Gleisi em vídeo.

Blog do BILL NOTICIAS

Produtora denuncia espancamento por apoiadores de Bolsonaro no Recife

A vítima estava em um bar com adesivos e bottons em com palavras "Ele não" e adesivos da campanha de Ciro Gomes (PDT)

Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Após o resultado do primeiro turno das eleições, no domingo (7), uma série de relatos violentos vem sendo revelados em todo Brasil. Nesta quarta-feira (10), a produtora Érica Colaço, relatou em uma rede social, que apoiadores do candidato à presidência pelo partido PSL, Jair Bolsonaro, espancaram uma amiga, de 37 anos, identificada como "Pipa Guerra", no bar O Pioneiro da Fava, no bairro de Cajueiro, no Recife. 

A agressão teve início quando a mulher foi até um bar na Zona Norte do Recife. Segundo relato de Érica, dois homens e uma mulher começaram a agredir verbalmente a vítima, que usava bottons e adesivos  em apoio ao ainda candidato Ciro Gomes (PDT) e com os dizeres "Ele Não".

"Somos muito amigas e sempre íamos votar e assistir a apuração juntas. Estou em outro estado e ela começou a mandar fotos mostrando o bar onde estava. Nisso, ela identificou que  havia eleitores de Bolsonaro no mesmo local e eles a ameaçaram mostrando uma arma para ela", relatou Érica.

De acordo com a produra, neste momento, a amiga começou a fazer um vídeo e enviou para Érica mostrando os rostos dos envolvidos na ação. Depois disso, a produtora revela que soube apenas nesta quarta-feira que a amiga teria sido atacada e estava internada. 

Somente depois de três dias é que a produtora teve notícias da amiga. "Recebi hoje uma série de fotos que a filha dela me enviou dizendo que ela tinha sido brutamente atacada. E só agora saiu do hospital. Ela me contou que só não a mataram porque garçons do bar que ela estava conseguiram a puxar para dentro da cozinha do estabelecimento", disse Érica, que afirmou estar em choque diante o ocorrido. 

Em um laudo médico, divulgado pela produtora, a vítima teve o pulso quebrado e precisaram colocar uma placa. Ela também teve diversas lesões pelo corpo: fratura em terço distal do rádio direito, hematoma periorbital esquerdo, múltiplos hematomas distribuídos pelo crânio, principalmente em região frontal e couro cabeludo, além de hematomas no braço esquerdo.

Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

"Minha amiga querida, minha irmã da vida, a mulher que esteve do meu lado em milhões de momentos dividindo tudo de bom e tudo de ruim foi brutalmente e covardemente atacada por apoiadores de Bolsonaro", escreveu Érica em uma publicação no Facebook.

Érica informou ainda que a vítima e amigos estão em choque e, que,  o Boletim de Ocorrência será registrado ainda esta semana, assim que a vítima tiver condições de falar. 



Blog do BILL NOTICIAS

Em Petrolina-PE,prédios e monumentos ganham iluminação especial no Outubro Rosa


Prédios e Monumentos de Petrolina ganharam uma iluminação diferente neste mês. As luzes rosadas simbolizam a campanha ‘Outubro Rosa’, que há mais de 20 anos se dedica em mostrar às mulheres como se prevenir contra o câncer de mama.
Até o final de outubro, a Igreja Catedral, o Cruzeiro da Concha Acústica, o Monumento da Bíblia, o Monumento dos 500 anos de Descobrimento do Brasil e o o prédio da Prefeitura de Petrolina vão exibir a nova iluminação que foi acesa na noite desta segunda-feira (08) pelas equipes da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA).
De acordo com o secretário-executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira, a iniciativa se soma aos esforços da campanha em prol da conscientização da população. “A Prefeitura de Petrolina está engajada no ‘Outubro Rosa’. A ideia é provocar um impacto visual para quem circula pela cidade e assim conscientizar a população”, diz Oliveira.
OUTUBRO ROSA
O Outubro Rosa foi criado nos Estados Unidos, em 1997. Com o passar dos anos, vários países aderiram à causa. No Brasil, o movimento chegou em 2002. Hoje, centenas de cidades brasileiras realizam manifestações para lembrar da campanha de prevenção ao câncer de mama, e mais recentemente ao câncer de colo de útero. Segundo os especialistas, é importante que as pessoas, principalmente as mulheres a partir dos 40 anos, realizem os exames anualmente. Os tumores tendem a crescer rapidamente, por isto, ao menor sinal de alteração na mama, um mastologista deve ser procurado, de acordo com as orientações médicas.(Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Galinha de 1 metro é vendida por R$ 74 mil no interior de São Paulo

A franga Betina da Diamante bateu o recorde de preço para fêmeas da raça índio gigante

As aves são vendidas principalmente em leilões presenciais, com transmissão online. Foto: Divulgação
As aves são vendidas principalmente em leilões presenciais, com transmissão online. Foto: Divulgação

Uma galinha de 1,04 metro de altura foi vendida por R$ 74 mil durante um leilão de aves gigantes, no dia 29 de setembro, em Jaguariúna, interior de São Paulo. Nesta terça-feira, 9, foi confirmado que a franga Betina da Diamante bateu o recorde de preço para fêmeas da raça índio gigante. "Recebemos a confirmação de que é a franga mais valorizada na história da raça", disse o criador Haroldo Poliselli. Betina é filha de outro recordista, o galo Voodoo da Diamante, que mede 1,26 m, a maior altura já alcançada por um galo índio.

A galinha foi adquirida pelo criador Ademir Melauro, de Franca, também no interior paulista. "É difícil conseguir aves grandes, e o acesso a essa genética exige alto investimento, por isso é uma franga preciosa", disse. Ele pretende fazer o cruzamento da Betina com seu galo Mezenga, de 1,18 m. "Espero obter aves ainda mais imponentes, que é o que os aficionados estão buscando hoje. O mercado para essas aves está em crescimento", disse.

O índio gigante é resultante do cruzamento entre galináceos altivos e a galinha caipira. Para ser considerado um "gigante", o macho precisa medir pelo menos 1 metro e pesar 4,5 kg, enquanto a fêmea deve ter no mínimo 85 cm e pesar 3 kg, segundo a Associação Brasileira de Criadores de Índio Gigante (Abracig). O principal atributo é o porte altivo e avantajado, que atrai o interesse de criadores, mas as aves são também dóceis.

Poliselli e o irmão Diogo, donos do criatório Diamante, em Jaguariúna, se especializaram na raça. Eles já obtiveram frangas maiores que a Betina, como a Viola, com 1,06 m, e a Mamba, recordista em tamanho, com 1,09 m. As aves são vendidas principalmente em leilões presenciais, com transmissão online. O remate de Betina, por exemplo, foi acompanhado por duzentos 200 participantes dos Estados de São Paulo, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Norte.(DP)



Blog do BILL NOTICIAS

VIOLÊNCIA - Agressores desenham suástica com canivete no corpo de jovem que vestia camiseta #EleNão

Segundo a vítima, na noite da segunda-feira (8), um dia após as eleições de primeiro turno, três homens a abordaram quando descia do ônibus a caminho de casa

Foto: Reprodução / Polícia Civil
Foto: Reprodução / Polícia Civil


Uma jovem de Porto Alegre prestou boletim de ocorrência relatando ter sido agredida por estar vestindo uma camiseta com a expressão #Elenão, em repúdio ao candidato Jair Bolsonaro.
A vítima contou à Polícia Civil que, na noite da segunda-feira (8), um dia após as eleições de primeiro turno, três homens a abordaram quando descia do ônibus a caminho de casa. Eles teriam perguntado para ela o porquê da camiseta e a atingiram com socos. Logo depois, enquanto dois deles seguravam a vítima, o terceiro desenhou uma suástica - símbolo do regime nazista alemão - com um canivete em sua barriga. 
Foto: Reprodução / Polícia CivilFoto: Reprodução / Polícia Civil

Apavorada, a jovem não quis se identificar. Ela diz que está se preparando para um vestibular e que está tomando calmantes devido o estresse.
A 1ª Delegacia de Polícia Civil do Rio Grande do Sul divulgou o b.o nesta quarta-feira (10), além de afirmar que começou as investigações do caso e que está verificando as câmeras próximas ao local.

Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARO FOGE DO DEBATE COM HADDAD NA BAND


247 – O serviço de informações Broadcast, da Agência Estado, acaba de confirmar: o candidato Jair Bolsonaro, do PSL, vai usar atestados médicos para fugir do debate com Fernando Haddad, na sexta-feira 12, na Rede Bandeirantes, no que seria o primeiro encontro, olho no olho, entre os presidenciáveis. A dúvida, agora, é saber se a Band irá fazer uma entrevista exclusiva com Haddad. 
Segundo o jornalista Ricardo Noblat, jornalistas da Band e da Record foram instruídos pelos patrões a atacar Haddad e Ciro Gomes – e, portanto, favorecer Bolsonaro.  "É de desolução, de revolta e, em alguns casos, até de choro o clima no jornalismo das duas emissoras. Ciro Gomes, ex-candidato do PDT, será um dos primeiros alvos de tais reportagens", escreveu ele no Twitter.
Na última quinta-feira (4), enquanto ocorria o debate entre os presidenciáveis na Rede Globo, Jair Bolsonaro (PSL) concedia entrevista exclusiva à Record. A emissora, controlada pelo bispo Edir Macedo, decidiu apoiar Bolsonaro, na esperança de ocupar o espaço da Globo.

Blog do BILL NOTICIAS

Datafolha: Bolsonaro tem 58% dos votos válidos e Haddad 42%

O Datafolha divulgou na noite desta quarta-feira, a primeira pesquisa presidencial do segundo turno

Foto: Miguel Schincariol e Daniel Ramalho/AFP
Foto: Miguel Schincariol e Daniel Ramalho/AFP


Nesta quarta-feira (10), o Instituto Datafolha divulgou a primeira pesquisa do segundo turno das eleições presidenciáveis. Nela, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, aparece com 58% dos votos válidos enquanto Fernando Haddad (PT) tem 42%.


A pesquisa foi realizada ao longo desta quarta ouviu 3.235 eleitores em 227 municípios do país. O resultado tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. 

No cálculo dos votos válidos são excluídos os nulos e os eleitores que não souberam ou opinaram. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral. 

Votos totais
Nos votos totais, os resultados caem três pontos de diferença entre o petista e Bolsonaro. Caso utilizassem todos os votos ficaria Jair Bolsonaro 49% e Haddad 36%; Brancos e nulos ficariam 8%, não souberam ou opinaram 6%. No Nordeste, Haddad venceria Bolsonaro.



Blog do BILL NOTICIAS

Internautas denunciam jogo em que 'Bolsomito 2K18' deve matar minorias

Personagem principal do game, que faz alusão ao presidenciável de extrema-direita, deve matar a socos e pontapés militantes gays, feministas, negros, integrantes de movimentos sem-terra e black blocs, colocados como vilões no jogo

   Por: Portal FolhaPE
Game mostra Bolsonaro espancando militantes
Game mostra Bolsonaro espancando militantesFoto: Reprodução/BS Studios

Dois dias antes do primeiro turno da eleição, na última sexta-feira (5), a desenvolvedora BS Studios lançou um game chamado "Bolsomito 2K18", no qual o personagem principal, que faz alusão ao presidenciável de extrema-direita Jair Bolsonaro(PSL), deve derrotar "os males do comunismo" e ser "o herói que vai livrar uma nação da miséria". Reconhecidamente "politicamente incorreto", o game vem causando polêmica, mas tem 88% de análises positivas na plataforma de download. 

Nas redes sociais, eleitores se mostram preocupados e encabeçam uma campanha para denunciar o jogo por difamação e discurso de ódio contra minorias. Para esse grupo, o discurso extremista de Bolsonaro legitima ações bárbaras como as simuladas pelo game.
Para ganhar pontos, o jogador deve matar a socos e pontapés militantes gays, feministas, negros, integrantes de movimentos sem-terra e black blocs, colocados como vilões no jogo. Os "inimigos" viram emojis de fezes após serem eliminados.

Na descrição, recomenda a BS Studios, o jogador deve estar "preparado para enfrentar os mais diferentes tipos de inimigos que pretendem instaurar uma ditadura ideológica criminosa no país". Tudo isso à base de "muita porrada e boas risadas", descreve. 

objetivo principal do jogo, disponibilizado por R$ 9,90, é "acabar com os líderes do temido exército vermelho, responsável por alienar e doutrinar grande parte da nação, para que defendam e lutem por suas causas terríveis", diz a página onde ele é hospedado.

Denúncias
Para denunciar 'Bolsomito 2K18', os usuários precisam possuir uma conta na plataforma Steam, que hospeda o jogo. Na página de denúncia, a loja oferece um formulário para que o usuário classifique o tipo de violação, além de um espaço para informações adicionais que sejam relevantes.



Blog do BILL NOTICIAS

Boleto vencido acima de R$ 100 poderá ser pago em qualquer banco a partir deste sábado

(Foto: Reprodução)


Os boletos vencidos com valor superior a R$ 100 poderão ser quitados em qualquer banco a partir deste sábado (13). Até então, o pagamento de boletos desse valor deveria ser realizado apenas no banco emissor do documento.
Com o novo sistema, o cálculo dos juros de atraso é automático e o boleto pode ser pago na agência, no caixa eletrônico ou pela internet, sem a necessidade da emissão de segunda via.
A regra vale apenas para os documentos que já estiverem cadastrados na nova plataforma de cobranças desenvolvida pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Para boletos não registrados na plataforma, é recomendado que o consumidor procure o emissor para quitar o débito de outra forma. (Fonte: Veja)

Blog do BILL NOTICIAS

GLEISI: BOLSONARO É O LÍDER DA VIOLÊNCIA


247 - A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, deputada federal eleita, criticou o candidato da extrema-direita a presidente, Jair Bolsonaro (PSL), pela escalada dos atos de violência que ocorrem pelo País praticados pelos seus apoiadores. 
"Ele pelo País incentivando os outros a matar quem pensa diferente. Aí quando seus seguidores matam alguém, ele diz que sente muito. Sente muito o que, deputado? Muita culpa? Muito prazer? O senhor diz que não controla os seus seguidores, como um líder não lidera os seus liderados? Como o senhor vai governar o País se não tem condições de exercer a liderança?", questiona Gleisi. 

Blog do BILL NOTICIAS

21º Festival Edésio Santos da Canção homenageia 60 anos da Bossa Nova

   Por: Vinicius de Santana


A 21ª edição do Festival Edésio Santos da Canção, que acontece entre 29 de novembro e 1º de dezembro, vai homenagear os 60 anos da Bossa Nova. As inscrições para o Festival Edésio Santos da Canção são gratuitas e devem ser feitas até o dia 26 de outubro pessoalmente ou pelos Correios. Cada inscrição deverá ser encaminhada em envelope lacrado contendo dez cópias impressas da letra da música (com título) e o CD com as músicas gravadas na íntegra. O FESC é uma realização da Prefeitura Municipal de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes.
De acordo com informações do Gestor da SECULTE Sérgio Fernandes, no caso de inscrição presencial, os interessados deverão se dirigir à Secretaria de Cultura – situada na Praça da Bandeira, nº 20, Centro, Juazeiro-BA, das 08h às 12h e das 14h às 17h, de segunda a sexta-feira. “Na inscrição pelos Correios, os interessados deverão adquirir o regulamento e ficha de inscrição através do site www.juazeiro.ba.gov.br e depois de preenchida, enviar com aviso de recebimento (AR) para o seguinte endereço: Praça da Bandeira nº 20, Centro, Juazeiro-BA, CEP: 48903-490”, explica.
Para o Superintendente de Cultura e Turismo Maurício Dias, homenagear os 60 anos da Bossa Nova no Festival Edésio Santos é homenagear a própria cidade. “Juazeiro é a capital mundial da Bossa Nova e mais justo que fazermos essa homenagem. Nós mesmos, músicos juazeirenses, somos influenciados pela Bossa Nova e precisamos nos apropriar cada vez mais desse título. Será uma homenagem justa para a cidade e para o próprio Edésio Santos”, afirma Maurício.

Blog do BILL NOTICIAS

Paulo Guedes, economista e guru de Bolsonaro, é investigado por fraude

A investigação teria sido instaurada pela força-tarefa da Operação Greenfield, que mira esquemas de pagamento de propina em fundos de pensão

  Por: Juliano Muta, com informações da Folha de São Paulo
O economista Paulo Guedes, coordenador do programa econômico do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL)
O economista Paulo Guedes, coordenador do programa econômico do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL)Foto: Daniel Ramalho/AFP

economista Paulo Guedes, coordenador do programa econômico do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), está sob investigação do Ministério Público Federal, em Brasília, por suspeita de fraudes, segundo reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo desta quarta-feira (10).

A publicação afirma ter tido acesso a uma investigação do Ministério Público Federal (MPF), que aponta para "relevantes indícios de que, entre fevereiro de 2009 e junho de 2013, diretores/gestores dos fundos de pensão e da sociedade por ações BNDESPar"  em consórcio com o empresário Paulo Roberto Nunes Guedes, controlador do Grupo HSM". Segundo o jornal, a informação extraída dessa investigação é de que há indícios de "intenção de cometer crimes de gestão fraudulenta ou temerária de instituições financeiras e emissão e negociação de títulos imobiliários sem lastros ou garantias", denuncia.

São citados, segundo a reportagem, o BNDESPar, braço de investimentos do BNDES, associado aos fundos de pensão Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras), Funcef (Caixa) e Postalis (Correios). Guedes teria captado pelo menos R$1 bilhão de reais dessas entidades em seis anos.

A investigação teria sido instaurada pela força-tarefa da Operação Greenfield, que mira esquemas de pagamento de propina em fundos de pensão. Segundo a matéria, as transações suspeitas foram feitas a partir de 2009 com executivos indicados por PT e MDB que também são investigados por desvio de recursos.




Blog do BILL NOTICIAS