terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Material hospitalar e educacional abandonados em Casa Nova pela gestão passada

  Por: (Ricardo Banana)
Um antigo galpão localizado na saída da cidade, na BR 235, vinha sendo utilizado pela gestão anterior como depósito de material escolar e hospitalar de responsabilidade do Município de Casa Nova-BA. O local é um retrato da falta de planejamento e do descaso com o bem público, além de poder oferecer riscos à população devido à estocagem irregular de produtos tóxicos.
Durante uma primeira avaliação da situação do local realizada por uma equipe da Prefeitura, foram encontradas mesas e cadeiras para uso escolar e de escritório, computadores e monitores, material didático, camas hospitalares, balanças, aparelhos de ar-condicionado, armários e até medicamentos espalhados pelo chão. Ciente da situação, o prefeito Wilker Oliveira Torres solicitou a realização de um levantamento para ver o que pode ser aproveitado e posteriormente distribuído nas redes municipais de ensino e de saúde.
“Esse tipo de situação não pode acontecer na nossa cidade. O que vimos aqui é um total absurdo e falta de respeito com a população. Todo esse material custou dinheiro público, e deveria ter sido melhor aproveitado. Infelizmente, a falta de planejamento acaba criando esse tipo de desperdício, o que é inadmissível”, lamentou o prefeito.
Wilker Torres informou ainda que o antigo galpão será revitalizado em parceria com uma universidade que tem interesse em se instalar no município. “Já tivemos algumas reuniões com representantes de universidades, e estamos bem adiantados no sentido de promover uma parceria público-privada para atender os nossos alunos. A nossa ideia é que esse antigo galpão deixe de ser um motivo de vergonha para nós casanovenses, e tenha um uso que beneficie de fato a nossa população”, concluiu o gestor.
Ascom/PMCN
Blog do BILL NOTICIAS

Petrolina assegura R$ 5 milhões para ampliação do saneamento

  Por: (Ricardo Banana).


Em visita a Petrolina nesta segunda-feira (13), o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, assinou junto com o prefeito Miguel Coelho e o vice-governador Raul Henry, um termo de compromisso para liberar R$ 5 milhões em obras de saneamento. A intervenção beneficiará cerca de 7 mil moradores dos bairros Jatobá, Idalino Bezerra e Henrique Leite, com previsão de início dos serviços para o segundo semestre.
Na cerimônia, o prefeito Miguel Coelho destacou a importância da retomada de grandes investimentos no saneamento de Petrolina com apoio dos governos Federal e do Estado. “Petrolina vivia isolada porque não tinham humildade de pedir ajuda a quem poderia ajudar. Nossa cidade deixou de ser referência com mais de 80% de saneamento para hoje ter menos 57%. Isso significa que Petrolina cresceu nesses últimos anos, mas o saneamento não acompanhou. Agora vamos trabalhar para que nos próximos quatro anos possamos recuperar o tempo perdido e deixar nossa cidade novamente mais saneada.”
O ministro Helder Barbalho adiantou que Petrolina deverá ser visitada em março pelo presidente Michel Temer. Na oportunidade, será inaugurada a Estação de Tratamento de Esgoto do Jatobá, que foi vistoriada antes do anúncio dos recursos para saneamento. “Este momento tem um grande simbolismo estratégico para o Governo Federal, pois garante algo tão caro à população. Graças à boa utilização dos recursos, poderemos também garantir investimentos para a ampliação da rede de Petrolina”, resumiu o ministro.
Renegociação – Além do anúncio dos recursos para saneamento, Helder Barbalho assinou a regulamentação da lei de renegociação dos débitos dos produtores dos projetos irrigados referentes à titulação dos lotes e ao K1 (tarifa por uso de água e infraestrutura fornecidos pela Codevasf). (Ascom).

Blog do BILL NOTICIAS

Geraldo Coelho destaca papel da família Coelho para o desenvolvimento de Petrolina

                                Por: (Ricardo Banana)

O ex-deputado Geraldo Coelho, em entrevista exclusiva nesta segunda-feira, 13, a reportagem do Blog do Banana, durante visita a cidade de Afrânio-PE lembrou dos tempos de seu mandato parlamentar na Assembleia Legislativa de Pernambuco, ressaltou que na sua vida pública sempre se pautou em fazer uma, “política de trabalho e não política de roubo nem de safadeza e sem adquirir inimigos ao logo de minha trajetória”, lembrou.
Questionado sobre a volta de um Coelho no comando da prefeitura de Petrolina, após 10 anos fora do poder municipal, o ex- deputado Geraldo Coelho disse que boa parte do desenvolvimento da Terra dos Impossíveis nasceu do trabalho político de sua família.
Petrolina era passagem de Juazeiro, mas seu pai, o Coronel Quelê indignado com aquela situação de desemprego no município pernambucano chamou os filhos e disse:
“Quero todos os meus filhos diplomados não aceito essa riqueza do Rio (São Francisco) e miséria em Petrolina. Resultado todos os filhos se formaram retornaram a Petrolina e se juntaram,  Nilo Coelho foi deputado estadual, depois governador, senador e ele começou a riqueza de Petrolina com irrigação que expandiu toda a região do São Francisco. Tudo é Coelho, e agora os Coelhos novos herdam o legado dos velhos”, recordou o ex-deputado Geraldo Coelho.
Blog do BILL NOTICIAS

COSTA: ‘COM TEMER, NE ESTÁ VOLTANDO A SER SINÔNIMO DE POBREZA E FOME NO PAÍS’


O senador Humberto Costa (PT-PE) avalia que Pernambuco é um dos estados que mais sente os efeitos da política econômica do governo Michel Temer. Segundo o parlamentar, “há seis anos, Pernambuco vivia um boom econômico e acelerava o seu crescimento a níveis somente vistos na China. Apenas em 2010, o Produto Interno Bruto (PIB) alcançou um incremento de 9,3%. Seis anos depois, o quadro mudou. Somos, hoje, um dos estados que mais sentiu os efeitos da crise que se aprofundou com o governo de Michel Temer (PMDB)”.
“Somente no ano passado, a economia encolheu 5,3% e Pernambuco já registra um PIB inferior ao do início da década, o que anula por completo a expansão vivenciada entre 2011 e 2014”, acrescentou. De acordo com o parlamentar,  “infelizmente, estamos sofrendo os efeitos do governo Temer. O que a gente vê agora é um total descaso com a região”.
“Não temos novos investimentos e os programas sociais, que foram fundamentais para ajudar a diminuir as desigualdades, ou foram sofreram cortes ou foram cortados por completo. Estamos voltando ao que éramos na gestão de Fernando Henrique Cardoso, quando a nossa região era para o resto do País apenas sinônimo para pobreza e fome”, disse.
Para 2017, a previsão também é de queda. Estudo da Consultoria Econômica Ceplan calcula uma retração de 2,5% do PIB para este ano. Número bem maior que a média nacional, que aponta uma redução de 0,5%. “O Nordeste, que já alavancou os índices de crescimento nos governos Lula e Dilma, enfrenta agora uma queda vertiginosa em vários dos seus indicadores econômicos e sociais. O desemprego na região, inclusive, já atingiu um patamar superior ao da média do país. Enquanto o Brasil tem uma taxa de 11,8% de desempregados, no Nordeste este número já chega a 14,1%”, afirmou o petista.
Para o diretor de Organização e Formação da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), Adelson Freitas, a queda de investimentos sociais no governo Temer e a falta de apoio ao desenvolvimento regional são as principais causas da piora na situação econômica nordestina.
“A gente vê uma paralisia de diversas políticas públicas na Região Nordeste. Projetos importantes que operavam em condições permanentes, hoje não funcionam mais. Programas como o Pronaf e a distribuição de cisternas reduziram suas atividades e operam com orçamentos passados”, complementou o dirigente sindical.
O parlamentar também citou números do BNDES que, no ano passado, cortou em 62% o investimento para o Norte e o Nordeste do Brasil. “Os governos Lula e Dilma trabalhavam com a meta de ajudar a reduzir as desigualdades regionais, trazendo desenvolvimento e qualidade de vida para a população. Agora, já não existe mais preocupação com isso. Para os estados do Sul, Sudeste, que estão em crise, dinheiro não fala. Mas para a nossa região, nada”, questiona o líder oposicionista. (Pernambuco 247).

Blog do BILL NOTICIAS

Sob protestos de militares e da bancada de oposição, Comissões da Alepe aprovam projeto de reajuste das corporações


O reajuste proposto pelo Governo do Estado para policiais e bombeiros militares de Pernambuco foi aprovado pelas Comissões de Justiça, Finanças e Administração da Assembleia, em reunião conjunta realizada nesta segunda (13), no Plenário da Alepe. O Projeto de Lei Complementar nº 1166/2016 foi aprovado com as emendas nº 01, do Poder Executivo, e nº 02, da Comissão de Justiça. A votação ocorreu sob protesto de deputados de oposição, que consideraram haver descumprimento das regras de tramitação da matéria. Também houve manifestações contrárias feitas por militares, nas galerias e em frente ao Palácio Joaquim Nabuco.
O principal ponto da emenda do Governo incluiu os pensionistas no reajuste proposto, além de outras pequenas alterações e correções. Segundo o Executivo, “a menção aos inativos seria, a rigor, desnecessária, mas a inclusão evita qualquer discussão sobre o efetivo enquadramento dessa parcela de servidores na nova lei”. A emenda apresentada pela Comissão de Justiça retirou artigo do projeto que permitia que o governo editasse decretos com normas complementares à lei.
O relator da proposta nas Comissões de Justiça e Finanças, deputado Romário Dias (PSD), declarou que se reuniu com todos os interessados no projeto, a fim de produzir seu relatório. “Só não fui procurado por nenhum deputado da oposição”, ressaltou. Segundo o parlamentar, a retirada da possibilidade de regulamentação do texto por decreto foi um pedido de representantes dos policiais. Com relação ao aspecto financeiro, Dias observou que “foi verificado que o projeto não fere a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)”.
Retirada
A Bancada de Oposição tentou adiar a votação, argumentando que o artigo 231 do Regimento Interno prevê um prazo de cinco reuniões ordinárias para apreciação e apresentação de emendas a projetos em regime de urgência, como é o caso. Esse período se encerraria no dia 15. “Nosso Poder, que já está tão desmoralizado, vai perder o reconhecimento da sociedade se não respeitarmos o Regimento. Se houver descumprimento, vamos ingressar com uma ação judicial contra a decisão”, anunciou o líder da Oposição, Sílvio Costa Filho (PRB).
O líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB), afirmou não ter havido qualquer questionamento relativo à realização da reunião conjunta, e foi a oposição quem pediu a presença de secretários do Governo para esclarecer alguns pontos da matéria. “Estamos discutindo uma filigrana técnica, enquanto todos sabemos que o Governo já apresentou sua proposta máxima, que vai custar quase R$ 1 bilhão em dois anos. A quem interessa estender essa discussão, num momento próximo a um grande evento como o Carnaval?”, indagou.
Segundo o secretário de Planejamento do estado, Milton Coelho, parte do aumento salarial em 2017 será custeado com o superávit de R$ 90 milhões obtido pelo Estado no ano passado, com o acréscimo de R$ 40 milhões de reajuste de algumas taxas destinadas ao Corpo de Bombeiros. “Quando as gratificações de transporte deixam de ser auxílio e são incorporadas ao salário, o impacto chega a R$ 303 milhões”, esclareceu Milton Coelho. (Foto- Comunicação Alepe).

Blog do BILL NOTICIAS

Assustados com onda de violência, moradores do Residencial Vivendas realizam protesto e conseguem apoio policial

  Por: (Carlos Britto)

Assustados com a crescente onda de violência no Residencial Vivendas, em Petrolina, os moradores realizaram um protesto na manhã desta terça-feira (14), bloqueando a pista de acesso ao local. O intuito do movimento foi chamar a atenção das autoridades policiais, a fim de direcionar equipes de polícia para atuar dentro do residencial.
As Polícias Militar (PM) e Rodoviária Federal (PRF) fizeram a negociação com os manifestantes, que encerraram o protesto. Segundo informaram os moradores, um trailer do 5º BPM será colocado no Residencial, mas até a instalação do equipamento – que está no Centro de Petrolina – uma viatura da Rocam realizará rondas dentro do Residencial.
Últimas ocorrências
Como este Blog adiantou hoje (14), uma equipe de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde de Petrolina foi assaltada na manhã de ontem (13). Durante o assalto a equipe estava atendendo um paciente da comunidade e outros aguardavam ser atendidos, mas ninguém foi ferido. Na noite passada, a violência foi ao extremo e um homem foi assassinado a tiros. A motivação e autoria ainda são desconhecidas. (foto/divulgação).

Blog do BILL NOTICIAS 

UPAE/IMIP de Petrolina realiza Escleroterapia de Varizes com Espuma guiada por Ultrasson

                        Por: (Vinicius de Santana).
 Uma técnica revolucionária para o tratamento de varizes que, muitas vezes, substitui a cirurgia
Uma técnica revolucionária para o tratamento de varizes que, muitas vezes, substitui a cirurgia


A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) apresenta mais uma novidade aos seus usuários. Recentemente, a unidade começou a realizar a Escleroterapia de Varizes com Espuma guiada por Ultrasson, uma opção moderna e revolucionária, recém-autorizada no SUS para o tratamento de vasos sanguíneos dilatados ou más formações, ou seja, varizes nos mais diversos tamanhos.
O procedimento médico, minimamente invasivo e resolutivo, foi destaque em um quadro de saúde do Dr. Drauzio Varella no final do ano passado, quando o médico abordou a doença (varizes) que atinge cerca de 70% da população adulta e pode gerar sérias complicações se não for tratada adequadamente. Na época da reportagem não havia um código específico no SUS para aplicação dessa técnica, criado somente agora em janeiro pela Comissão Nacional de Incorporação de Novas Tecnologias (CONITEC).
“Mais uma vez estamos à frente do tempo, trazendo novidades para Petrolina e região. Esperamos contemplar o maior número de pessoas possível e contribuir para redução da fila de espera por cirurgias vasculares em Pernambuco”, relata o coordenador médico da UPAE, Elson Marques.

O tratamento usa a substância química polidocanol (que misturado com o ar vira uma espuma capaz de tratar as veias através de uma reação química), é feito no ambulatório, de forma simples, sem corte, sem anestesia, sem ocupar leito hospitalar e a um custo dez vezes menor do que uma cirurgia.

“Outros possíveis tratamentos eram feitos através da cirurgia vascular convencional. Mas, a Escleroterapia, sem dúvida, veio para revolucionar, sendo capaz de tratar casos graves de varizes, inclusive com úlceras abertas e grande quantidade de vasos”, ressalta o cirurgião vascular da UPAE, Severino Júnior.
Estima-se que 6 milhões de brasileiros sofram com varizes e muitos acabam se afastando do trabalho por conta da doença – o que causa um forte impacto financeiro na seguridade social. “Com a técnica da espuma vários pacientes, que não tinham condições clínicas de se submeter à cirurgia ou que tinham a doença em estágio bastante avançado, agora podem ser tratados de forma minimamente invasiva, sem necessidade de anestesia ou de internação hospitalar. O resultado pode ser visto em poucas sessões e só quem sofre com a doença pode dizer a diferença que isso faz”, pontua o especialista.
Dona Elionete Cordeiro da Silva foi uma das primeiras a experimentar o tratamento na UPAE. A dona de casa sofre há 10 anos com varizes e realizou a primeira sessão de espuma na semana passada. Ela garantiu que sentiu apenas um pequeno ardor, mas que passou em segundos. “Achei ótimo poder fazer esse procedimento e espero ficar boa logo. Estou muito otimista”, revelou.
Para ter acesso ao tratamento, os pacientes devem seguir o fluxo normal de atendimento da Unidade. O primeiro passo é procurar o posto de saúde do bairro para uma avaliação e possível encaminhamento. A marcação da primeira consulta com o médico vascular é feita pela secretaria de saúde do município de origem do paciente. Vale ressaltar que a UPAE/IMIP de Petrolina é a referência ambulatorial de especialidades para os 7 municípios da VIII Gerência Regional de Saúde de Pernambuco. 
Blog do BILL NOTICIAS

Material hospitalar e educacional foram abandonados em Casa Nova (BA) pela gestão passada

     Por: (Edenevaldo Alves)

Um antigo galpão localizado na saída da cidade, na BR 235, vinha sendo utilizado pela gestão anterior como depósito de material escolar e hospitalar de responsabilidade do Município de Casa Nova-BA. O local é um retrato da falta de planejamento e do descaso com o bem público, além de poder oferecer riscos à população devido à estocagem irregular de produtos tóxicos.
Durante uma primeira avaliação da situação do local realizada por uma equipe da Prefeitura, foram encontradas mesas e cadeiras para uso escolar e de escritório, computadores e monitores, material didático, camas hospitalares, balanças, aparelhos de ar-condicionado, armários e até medicamentos espalhados pelo chão. Ciente da situação, o prefeito Wilker Oliveira Torres solicitou a realização de um levantamento para ver o que pode ser aproveitado e posteriormente distribuído nas redes municipais de ensino e de saúde.
“Esse tipo de situação não pode acontecer na nossa cidade. O que vimos aqui é um total absurdo e falta de respeito com a população. Todo esse material custou dinheiro público, e deveria ter sido melhor aproveitado. Infelizmente, a falta de planejamento acaba criando esse tipo de desperdício, o que é inadmissível”, lamentou o prefeito.
Wilker Torres informou ainda que o antigo galpão será revitalizado em parceria com uma universidade que tem interesse em se instalar no município. “Já tivemos algumas reuniões com representantes de universidades, e estamos bem adiantados no sentido de promover uma parceria público-privada para atender os nossos alunos. A nossa ideia é que esse antigo galpão deixe de ser um motivo de vergonha para nós casanovenses, e tenha um uso que beneficie de fato a nossa população”, concluiu o gestor.

Blog do BILL NOTICIAS

Trator levado na carroceria esmaga cabine de caminhão com placa de Petrolina e duas pessoas morrem

     Por: (Edenevaldo Alves)

Um grave acidente registrado no domingo (12) na BR-316, km 234, na região de Inhuma no Piauí (PI), deixou duas pessoas mortas. As vítimas não foram identificadas.
Um caminhão com placa do município de Petrolina (PE) que carregava um trator na carroceria, saiu da pista.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o trator acabou se deslocando e esmagou a cabine do veículo, matando os ocupantes.
Não há informação sobre o que aconteceu para o veículo ter saído da pista.

Blog do BILL NOTICIAS

Seca ameaça o maior rio do Grande Sertão

SÃO FRANCISCO

Muita coisa mudou desde a publicação do livro. O rio ficou mais estreito e ganhou ilhas e áreas cobertas de vegetação

Três Marias, antiga Barreiro Grande, cresceu com o represamento das águas do São Francisco, para gerar energia elétrica. Foto: Beto Barata / PR
Três Marias, antiga Barreiro Grande, cresceu com o represamento das águas do São Francisco, para gerar energia elétrica. Foto: Beto Barata

"O de-Janeiro, dali abaixo meia-légua, entra no São Francisco, bem reto ele vai, formam uma esquadria. Quem carece, passa o de-Janeiro em canoa - ele é estreito, não estende de largura as trinta braças. Quem quer bandear a cômodo o São Francisco, também principia ali a viagem. O porto tem de ser naquele ponto, mais alto, onde não dá febre de maresia. A descida do barranco é indo por a-pique, melhoramento não se pode pôr, porque a cheia vem e tudo escavaca. O São Francisco represa o de-Janeiro, alto em grosso, às vezes já em suas primeiras águas de novembro." (Grande Sertão Veredas, páginas 90 e 91)

No romance Grande Sertão: Veredas, a segunda fase importante da vida do jagunço Riobaldo começa nas margens do Rio de Janeiro, afluente que deságua no São Francisco na altura do município de Três Marias. Ali ele chegou criança, com a mãe. Foi na Barra do Rio de Janeiro que conheceu Diadorim. Lá o jagunço também atravessou pela primeira vez o São Francisco, maior curso de água do Grande Sertão.

Muita coisa mudou desde a publicação do livro. Entre as cidades mineiras de Pirapora e Buritizeiro, o São Francisco ficou mais estreito e ganhou ilhas e áreas cobertas de vegetação. A água ficou mais turva. Mas não só ele se transformou. No distrito de Guaicuí da vizinha Várzea da Palma, deságua assoreado o Rio das Velhas, que carrega a história da mineração da Vila Rica. Antes de cair sujo no São Francisco, o das Velhas recebe as águas do Córrego do Batistério, mais um entre tantos pequenos cursos quase secos, atingidos pela irrigação irregular e pelo desmatamento em suas margens.

Três Marias, antiga Barreiro Grande, cresceu com o represamento das águas do São Francisco, para gerar energia elétrica. De lá até a Barra do Rio de Janeiro são 55 km de estrada de chão. No caminho, há um cheiro quase insuportável de uma barragem de dejetos de uma unidade metalúrgica da Votorantim Metais. Grupos de geraizeiros acusam a empresa de ter jogado rejeitos industriais diretamente no São Francisco durante anos. Também dizem que a barragem, construída para interromper a contaminação não impede a infiltração do lençol freático. Por meio de sua assessoria, a empresa disse que "possui um sistema de gestão de barragens para garantir a segurança da sua operação" e "a unidade de Três Marias possui todos os licenciamentos necessários para sua operação". "Todos os efluentes gerados pela unidade são monitorados e atendem os parâmetros legais, com relatórios enviados periodicamente ao órgão ambiental responsável."

Uma floresta de eucaliptos margeia os dois lados da estrada, que termina na antiga sede de uma fazenda, à beira de um curso de água calma e parada. É o Rio de Janeiro. Até chegar ao ponto onde ele se encontra com o São Francisco, é preciso andar a pé por cerca de 1 km de capoeira e mata ciliar, habitado por corujas, seriemas e gaviões-do-cerrado. Após cruzar um cipoal e um bambuzal na margem do Rio de Janeiro, ouve-se o barulho de um rio de correnteza. O São Francisco demonstra bem mais força. Ali como Guimarães Rosa descreve no romance, o São Francisco entra no de Janeiro e o represa.

Riobaldo é convencido por Diadorim a atravessar o São Francisco numa canoa. "Tive medo. Sabe? Tudo foi isso: tive medo! Enxerguei os confins do rio, do outro lado. Longe, longe, com que prazo se ir até lá? Medo e vergonha", relembrou. Nisso, Diadorim lhe diz: "Carece de ter coragem...". Riobaldo, então, confessa que não sabia nadar. "O menino sorriu bonito. Afiançou: 'Eu também não sei.' Sereno, sereno. Eu vi o rio. Via os olhos dele, produziam uma luz."

Na outra margem do Rio de Janeiro, homens pescam em canoas. Com certa insistência e após mostrarmos que não somos gente do mal - em todo o Grande Sertão, as pessoas são desconfiadas, têm histórias ruins de bandidos que fogem da lei -, um deles nos leva até o outro lado. O canoeiro não liga o motor, pois explica que o nível do rio, o mesmo de-Janeiro que causava temor em Riobaldo, está muito baixo, a ponto de se poder atravessá-lo a pé.

Gilmar de Fátima Ferreira, de 48 anos, conta que nasceu e foi criado nas margens do afluente do São Francisco. Aos 19 anos, foi para Três Marias em busca de emprego. Trabalhou 26 anos na caldeira da Votorantim. Aposentado, passa boa parte do tempo numa casa simples à beira do rio.

"No meu tempo de criança, a água no período das chuvas chegava até o alto desse barranco (cerca de 2 metros). Mas houve muito desmatamento nas margens. As pessoas não respeitavam. Tinha embarcação que subia o rio para vender alimentos, carne-seca e enlatados, o que não fosse perecível", lembra. "O dourado gosta de água de correnteza, do São Francisco. Ele entrava no Rio de Janeiro, dava uma volta, mas gostava mesmo de água forte."

Gilmar associa a redução drástica de água do São Francisco não apenas à seca, mas ao desmatamento. "Houve assoreamento de boa parte do rio. Muitos cortaram a mata até a margem do São Francisco", relata Gilmar. "Nunca vi o São Francisco e o de Janeiro tão secos. Isso entristece a gente."

Usina. Desde o início da seca, em 2014, ribeirinhos criticam a Usina Hidrelétrica de Três Marias de represar água em excesso. Construída nos anos 1960, a usina é operada pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). A hidrelétrica tem capacidade de geração de 396 megawatts de energia. Hoje, porém, com a redução do nível da água, só produz 24 megawatts. O nível do reservatório é de 27%.

"É natural que a população ache que a Cemig prioriza o uso de água para energia", afirma Ivan Sérgio Carneiro, engenheiro de Planejamento Energético da empresa. "Desde 2014, estamos vivendo anos de déficit hídrico, com 65% do volume de chuva abaixo do esperado. Este início de 2017 é o pior janeiro registrado nos últimos 80 anos." Ivan conta que a usina represa 340 m³ de água por segundo e libera de volta para o rio 80 m³. Antes da estiagem, a liberação chegava a 200 m³.

O engenheiro ressalta que o represamento e a liberação de água para o trecho a jusante do rio são decididos agora por um fórum que reúne Agência Nacional de Águas, Ministério Público, empresas e governos estaduais. Pelo Código da Água, o consumo humano tem prioridade em relação à geração de energia.(DP).


Blog do BILLNOTICIAS

Morador de rua é morto carbonizado na Ilha de Joana Bezerra

VIOLÊNCIA

De acordo com o 16º Batalhão da Polícia Militar, a vítima aparentava ter entre 30 e 35 anos
Homem foi encontrado morto e carbonizado embaixo do Viaduto Capitão Temudo, na Ilha de Joana Bezerra. Foto: Carol Sá Leitão/ DP
Homem foi encontrado morto e carbonizado embaixo do Viaduto Capitão Temudo, na Ilha de Joana Bezerra. Foto: Carol Sá Leitão/ DP

Um homem foi encontrado morto e carbonizado embaixo do Viaduto Capitão Temudo, na Ilha de Joana Bezerra, área central do Recife, nesta terça-feira. A Polícia Militar (PM) foi acionada e enviou uma equipe ao local.

De acordo com o 16º Batalhão da Polícia Militar, a vítima, que aparentava ter entre 30 e 35 anos, era morador de rua. A área foi isolada para a realização de perícia e o cadáver foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML).

Moradores do bairro disseram que a vítima, conhecida como Vinícius, morava na área desde 2009 e era uma pessoa tranquila. As famílias contaram ter ouvido gritos de socorro por volta das 3h da madrugada.(DP).

Blog do BILL NOTICIAS

Organização internacional lança campanha de ajuda ao Haiti

Cidadania


Um apelo de emergência foi lançado nesta terça-feira à população do Brasil. A iniciativa é para conseguir a distribuição de água potável, comida e kits com produtos de higiene às vítimas do furacão Matthew.

O fenômeno meteorológico devastou o Haiti na semana passada, deixando cerca de mil mortos e mais de 350 mil pessoas sem água, eletricidade e comida. Além disso, milhares de casas e de plantações foram destruídas.

A campanha de doação on-line foi lançada pela Organização Internacional ActionAid, que promove ações de direitos humanos em 45 países, incluindo o Brasil.

Em entrevista ao programa Revista Brasil, Kátia Gama, gestora de captação de recursos da instituição, informou que as doações podem ser feitas, acessando o site da organização www.actionaid.org.br

De acordo com Kátia Gama, a prioridade da população neste momento é água potável, porque a passagem do furacão está trazendo de volta uma epidemia de cólera. A doença matou 10 mil pessoas durante o terremoto de 2010.

Obs. Mais de 50 toneladas de alimentos doados por brasileiros serão levados para o Haiti em um navio que partirá do Rio de Janeiro no dia 18 deste mês.(ebc).


Blog do BILL NOTICIAS

Cronograma para saque de conta inativa do FGTS será divulgado hoje

Economia

Caixa Econômica Federal

Os brasileiros que têm saldo em conta inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) conhecerão hoje (14) o cronograma e os procedimentos necessários para ter acesso ao dinheiro. O governo anunciou a possibilidade do saque em dezembro do ano passado, em meio ao lançamento de um pacote de medidas para estimular a economia.
Para evitar uma corrida às agências da Caixa Econômica Federal, administradora do FGTS, o calendário deve ser de acordo com a data de nascimento dos beneficiários. Poderão ser sacados, sem limite por pessoa, os valores das contas inativadas até 31 de dezembro de 2015.
Uma conta inativa do FGTS deixa de receber depósitos do empregador porque o contrato de trabalho foi encerrado. Quando o trabalhador pede demissão ou é demitido por justa causa, não pode sacar o dinheiro ao sair do emprego.
Os canais para consultar a existência e o saldo de contas inativas do FGTS são o site da Caixa, o aplicativo do FGTS, por meio de internet banking (só para clientes da Caixa), comparecendo a uma das agências do banco ou pelo telefone 0800 726 0207.(EBC).

Blog do BILL NOTICIAS

Governo do ES inicia processo de demissão de 161 PMs


Após paralisação


A Polícia Militar do Espírito Santo informou que fará a publicação nesta terça-feira (14), no Diário Oficial do estado, da instauração dos primeiros inquéritos policiais militares (IPMs) e de procedimentos demissionários dos envolvidos no aquartelamento dos agentes. A paralisação dos policiais começou há dez dias.
“Serão publicados procedimento administrativo disciplinar rito ordinário [para quem tem menos de dez anos de PM] ou Conselho de Disciplina [para quem tem mais de dez anos de PM] de 161 policiais militares. Os procedimentos demissionários têm prazo inicial de 30 dias para serem concluídos”, diz a nota.
Segundo o governo, também serão publicados os IPMs de dois tenentes-coronéis, um major, e um capitão da reserva remunerada. Essas publicações são os primeiros inquéritos instaurados de 703 policiais investigados.
Na sexta-feira (10), a Polícia Militar anunciou o indiciamento de 703 agentes pelo crime de revolta. Se condenados, a pena é de 8 a 20 anos de detenção em presídio militar e a expulsão da corporação. O secretário de Segurança Pública, André Garcia, informou que eles foram indiciados pelo crime militar de revolta por estarem armados e aquartelados nos batalhões.(EBC).

Blog do BILL NOTICIAS