quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Alunas formadas e preparadas para o mercado de trabalho.

Foto ilustrativa 
Elas concluíram com êxito o Curso TPD – Técnico em Prótese Dentaria. Este curso tem a duração de 02 anos e é ministrado pelo CEPROTEC - Centro de Profissionalização Técnico. A solenidade de formatura com entrega de certificados aconteceu no dia 30 de julho de 2017, na sedo do CEPROTEC em Petrolina. Atualmente estamos vivendo em nosso país um mercado muito competitivo, onde se faz necessário uma mão de obra qualificada. A cada dia que passa o mercado de trabalho vem crescendo e ao mesmo tempo sentindo a falta de grandes profissionais. Temos hoje em nosso país, milhares de oportunidades de vagas que ainda não foram preenchidas por falta de profissional qualificado, e é nessa hora que um curso técnico faz a diferença. Vale lembrar que hoje em dia, a forma mais rápida para ingressar no mercado de trabalho é por meio do ensino técnico. As oportunidades são muitas sem falar que abre caminha para o ingresso ao ensino superior. Os Cursos Técnicos hoje são a melhor e mais rápida opção para se ingressar no mercado de trabalho, sendo que esses profissionais conseguem com mais facilidade ofertas não só de estagio, mas principalmente de empregos.(Via:Sineilde).

Sineilde Oliveira


Michele Matos

Jessica Amorim



Blog do BILL NOTICIAS

NO CEARÁ, LULA ASSUME COMPROMISSO DE DESFAZER ESTRAGOS DE TEMER

Ricardo Stuckert

 No último ato político em terras cearenses, em Juazeiro do Norte, na noite desta quarta-feira (30), o ex-presidente Lula criticou as decisões que o atual governo vem tomando, como a Medida Provisória que limita os gastos em saúde e educação por 20 anos e as privatizações, como a da Eletrobrás, “que o Brasil investiu R$ 400 bilhões e eles querem vender por R$ 20 bilhões”.
“Estão entregando este País. (…) Agora eles querem entregar para o estrangeiro as maiores reservas naturais do país, que estão na Amazônia”, disse. “Eu acho que o Moro em vez de ficar procurando coisa minha deveria se preocupar com essas vendas que eles estão fazendo. É preciso saber quem está ganhando com essas privatizações”, completou.
Lula prometeu, caso possa ser candidato e vença as eleições, desfazer os estragos promovidos por Michel Temer. "Eu nem sei se vou poder ser candidato. Mas eles precisam saber que se eu for, é pra ganhar. E desfazer tudo o que eles estão fazendo", assegurou.
Sobre as acusações de que estaria fazendo campanha política antecipada com a caravana pelo Nordeste, Lula fez um questionamento: "Nós temos 14 meses até as eleições. Eu não posso falar em eleições, porque eles dizem que é campanha. Eu pergunto: o que é campanha política? Eu falar das coisas que eu fiz, ou a Globo falar mentiras todos os dias na televisão?"
"Eu preciso falar tudo o que a gente fez e eles estão destruindo. Eu preciso falar isso. Vou ficar vendo novela da Globo?", completou. Assista abaixo à íntegra do discurso:(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Acidente na BR 407 registra uma morte e dois feridos em Juazeiro


O trânsito está lento neste momento na BR-407, proximidades do Posto Juazeiro. Segundo informações que acabam de chegar a redação do Blog Geraldo José um acidente foi registrado na referida pista nas primeiras horas desta quinta-feira (31), envolvendo uma carreta e aparentemente um veículo Celta de cor prata.
Segundo populares, uma pessoa morreu e duas outras ficaram feridas e foram socorridas por uma equipe do SAMU – Serviço de Atendimento Médico de Urgência, para uma unidade hospitalar da região.
No local, equipes do SAMU, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal.
Atualização às 10h02
No início da manhã desta quinta-feira (31) um grave acidente na BR 407, próximo ao Posto Fiscal, mobilizou uma guarnição de 9º Grupamento de Bombeiros, SAMU e Polícia Rodoviária Federal.
Segundo informações de populares, um veículo celta prata, placa KIV-8861/Juazeiro-BA, com três ocupantes, perdeu o controle e colidiu violentamente contra o veículo scania volvo, placa PUN-4646/Caité-MG, conduzido por Walasce Anchieta Meireles.
O motorista do veículo celta ficou preso entre as ferragens, após intervenção dos Bombeiros o mesmo foi encaminhando pelo SAMU para uma unidade hospitalar, juntamente com um dos passageiros. O outro passageiro de identidade ignorada veio a óbito no local do acidente. ACS 9º GBM / Enio Costa- Sargento BM  (Blog Geraldo José),(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

ROVAI: AÉCIO É MAIS REJEITADO EM MINAS DO QUE NO RESTO DO PAÍS

Wilson Dias/Agência Brasil

Pesquisas realizadas tanto pelo PT como pelo PSDB de Minas teriam chegado ao mesmo resultado, o senador Aécio Neves acabou não só em nível nacional, mas também no plano local.
O presidente afastado do PSDB tem índices estrondosos de rejeição no estado, o que inviabiliza completamente a possibilidade de que venha arriscar uma candidatura a governador ou a senador.
Para se ter uma ideia, a fonte do blogue afirmou que o tucano teria rejeição maior em Minas do que na média do Brasil.
Restou a Aécio uma candidatura a deputado federal para tentar se manter com imunidade parlamentar e só ser julgado dos crimes pelos quais é acusado no Supremo Tribunal Federal, onde conta com amigos como Gilmar Mendes, Alexandre Morais e Marco Aurélio Mello, que lhe devolveu o mandato de senador fazendo-lhe rasgados elogios.
“O agravante [Aécio] é brasileiro nato, chefe de família, com carreira política elogiável – deputado federal por quatro vezes, ex-presidente da Câmara dos Deputados, governador de Minas Gerais em dois mandatos consecutivos, o segundo colocado nas eleições à Presidência da República de 2014 – ditas fraudadas –, com 34.897.211 votos em primeiro turno e 51.041.155 no segundo, e hoje continua sendo, em que pese a liminar implementada, senador da República, encontrando-se licenciado da Presidência de um dos maiores partidos, o Partido da Social Democracia Brasileira.”(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Um ano sem Dilma, sem direitos, sem soberania

Roberto Stuckert Filho/PR

Apenas um ano após o afastamento definitivo da presidenta Dilma pelo Senado, o Brasil está num processo acelerado de destruição em todos os níveis. Nunca se destruiu tanto em tão pouco tempo.
As primeiras vítimas foram a democracia e o sistema de representação. O golpe continuado, que se iniciou logo após as eleições de 2014, teve como primeiro alvo o voto popular, base de qualquer democracia e fonte de legitimidade do sistema político de representação.
Não bastasse, os derrotados imediatamente questionaram um dos sistemas de votação mais modernos e seguros do mundo, alegando, de forma irresponsável, “só para encher o saco”, como afirmou Aécio Neves, a ocorrência de supostas fraudes. Depois, questionaram, sem nenhuma evidência empírica, as contas da presidenta eleita. Não faltaram aqueles que afirmaram que haviam perdido as eleições para uma “organização criminosa”.
Essa grande ofensiva contra o voto popular, somada aos efeitos deletérios de uma Lava Jato de cunho estridente e partidarizado, embora tenha mirado contra o PT e as esquerdas, acabou acertando em cheio a democracia brasileira, a atividade política como um todo e a legitimidade do sistema de representação.
Com efeito, o golpe dado explicitamente para “estancar a sangria” e tentar proteger a quadrilha liderada por Temer, mergulhou o país na maior crise política de sua história. Hoje, as instituições democráticas estão sem nenhuma credibilidade e legitimidade, a começar pela Presidência, ancorada em menos de 5% de aprovação popular. Há uma descrença gravíssima e generalizada na política, equiparada a uma atividade criminosa. Há até aqueles, crescentes em número, que apregoam a volta das ditaduras como solução para os problemas vividos pelo país.
O fato concreto é que a democracia brasileira foi muito fragilizada pelo golpe e hoje convive com um Estado de Exceção que reprime estudantes, trabalhadores, professores, camponeses e todos aqueles que se atrevem a se insurgir contra a agenda ultraneoliberal que o governo ilegítimo, sem voto, impinge ao Brasil. Na realidade, o sistema de tomada de decisões já foi transferido das instituições baseadas no voto popular para um conglomerado formado pelo poder Judiciário, a mídia oligopolizada e os setores hegemônicos do “mercado”, particularmente o sistema financeiro nacional e internacional.
Essa fragilidade democrática e o sequestro da política pelo “mercado” permite a destruição de todos os legados sociais do Brasil. Com efeito, o golpe procura não apenas destruir o legado social específico do PT, mas também o legado social da Constituição Cidadã, que instituiu o Estado de Bem-Estar brasileiro, e até mesmo o legado social do trabalhismo, consagrado na proteção da CLT. A Emenda Constitucional nº 95 impedirá os investimentos públicos em educação, saúde e previdência, fazendo-nos retroceder ao século passado, em termos de serviços públicos. Combinada com a cruel Reforma da Previdência, que inviabilizará as aposentadorias e pensões dos mais pobres, tal Emenda destruirá o Estado de Bem-Estar criado pela Constituição de 1988 e todo um conjunto direitos sociais a ele associado. Por sua vez, a Reforma Trabalhista, ao “flexibilizar” a proteção trabalhista assegurada na CLT, nos faz retroceder aos tempos da República Velha, quando a “questão social” era mero caso de polícia.
Todos os programas sociais relevantes estão sendo destruídos ou fragilizados pelo governo sem voto. Farmácia Popular, Minha Casa Minha Vida, Mais Médicos, Ciência sem Fronteiras, Luz para Todos, Bolsa Família, etc.., não há nenhum que escape da tesoura criminosa do austericídio golpista.
O alvo da sanha austericida são os direitos da população e as políticas públicas que beneficiam os mais pobres. Para os ricos, sobram afagos e oportunidades para grandes negociatas.  
A destruição dos legados sociais, principalmente em sua vertente trabalhista e previdenciária, visa recompor as taxas de lucro, num contexto de persistência e agravamento da crise econômica. De fato, o golpe também destruiu a economia do Brasil.
O que começou, em 2014, como uma leve desaceleração e um pequeno déficit primário ocasionados pelo agravamento da crise mundial, o fim do ciclo das commodities e o stress hídrico, transformou-se, graças à instabilidade política e institucional criada pelo golpismo e a sua política pró-cíclica austericida, na maior crise econômica da história do país. Uma autêntica depressão, que forçou o “gigante” a deitar-se no leito de uma UTI. Falta-lhe, agora, o oxigênio do mercado interno de massa, propiciado pelas políticas que levaram 40 milhões de brasileiros à classe média e eliminaram a pobreza extrema no Brasil.
Tal destruição, massiva e persistente, se expressa, entre outros indicadores, no fato de que mais um quinto dos lares do Brasil (15,2 milhões) não tem mais renda oriunda do trabalho, formal ou informal. Manifesta-se também no ignominioso retorno da pobreza e da desigualdade. Se expressa no inadmissível retorno do Brasil ao Mapa da Fome.
Contudo, o dano econômico maior é aos mecanismos de que dispúnhamos para alavancar o nosso desenvolvimento. Assim, a Petrobras e sua política de conteúdo local, que haviam recuperado a indústria naval e a construção civil pesada, agora são vendidas e desmontadas. Poços do pré-sal, do pós-sal, refinarias, gasodutos, etc. são vendidos a preços aviltados e as plataformas e embarcações que antes geravam empregos no Brasil agora geram empregos na Holanda e Cingapura. O crédito público, particularmente o do BNDES, que foi fundamental para superação da crise de 2009, agora é asfixiado por um governo que não consegue conter os seus déficits ocasionados pelas constantes quedas na arrecadação e na atividade econômica.
Curiosamente, embora a máquina pública esteja parando por falta de orçamento, não falta dinheiro para a providencial compra de parlamentares. E os pedidos de ampliação de déficits, que antes justificavam impeachments, agora se tornaram rotina consentida e banal.
Como o investimento e o crédito público estão asfixiados e as empresas e as famílias estão endividadas, não há investimentos, não há consumo e não há crescimento para fazer subir as receitas e equilibrar as contas. Nesse contexto, os obsessivos cortes de gastos só agravam a situação. É trabalho de Sísifo.
Com a recusa austericida à retomada dos investimentos públicos e com a impossibilidade do retorno de investimentos privados nacionais, o golpe recorre à venda predatória do patrimônio público ao capital internacional e à destruição da soberania como último recurso para se manter e tentar tapar temporariamente os seus gigantescos rombos financeiros, cevados pelas mais altas taxas de juros reais do mundo.
Assim, o golpe colocou o Brasil à venda. E por preços em baratinhos. Além da alienação da Petrobras e do pré-sal, estão à venda as terras, a Amazônia e seus vastos recursos estratégicos, as riquezas minerais, portos, aeroportos, bancos públicos, a estratégica Eletrobrás, uma das maiores empresas de eletricidade do mundo e até mesmo a Casa da Moeda, responsável pela fabricação do nosso dinheiro. Trata-se de um gigantesco “feirão” destinado a vender nossos recursos estratégicos a preços de “xepa” no mercado mundial.
No fundo, é volta a um Brasil colonial, que se integrará às “cadeias produtivas globais”, como mero produtor de commodities, sem nenhuma agregação de valor e sem desenvolver ciência e tecnologia próprias.  
A esse processo predatório e míope de desnacionalização do nosso patrimônio e da nossa economia, soma-se uma política externa que, ao contrário da política externa ativa e altiva do governo anterior, mostra-se desavergonhadamente omissa e submissa. De país cortejado e de amplo protagonismo em todos os foros regionais e globais, com Lula tendo se tornado um autêntico líder mundial, nos transmutamos em pária das relações internacionais, com Temer sendo ignorado e desprezado por onde ousa aparecer.  De país que afirmava seus interesses próprios na integração regional, na geopolítica Sul-Sul e na articulação do BRICS, nos tornamos mero satélite dos interesses dos EUA e aliados.
Nunca o Brasil desceu tão baixo aos olhos do mundo. O golpe destruiu a imagem do Brasil no planeta.
Acima de tudo, o golpe destrói um bem intangível: a esperança no futuro. A persistir em sua intensa agenda predatória e destruidora, o golpe eliminará o futuro do Brasil, o futuro dos nossos filhos e dos nossos netos. O sonho do país próspero, grande e justo será substituído pelo pesadelo do país pobre, pequeno e desigual.
Contudo, o golpe não destruiu, e nem destruirá, o maior ativo do Brasil: o povo e sua imensa capacidade lutar. Caso Lula não seja cassado pelos processos injustos e partidarizados a que é submetido, suscitando a condenação da Comissão de Direitos Humano da ONU, o povo brasileiro, em eleições livres, poderá começar a reconstruir o Brasil a partir do ponto em que golpe começou a destruí-lo: na restauração da soberania popular.
A restauração da soberania popular e da democracia deverá reverter este annus horribilis da História do Brasil.
Com a volta da democracia, devolvendo ao povo os destinos do Brasil, poderemos ter, de novo, muitos annus mirabilis à frente. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

GLOBO, QUE LIDEROU O GOLPE, VÊ CORRUPTOS NO PODER

Midia Ninja | Reprodução

Os corruptos estão no poder, reconhece o jornal O Globo, que liderou o golpe contra a presidente Dilma Rousseff e contra a democracia brasileira.
Em seu balanço sobre um ano de impeachment, o jornal da família Marinho, que convocou a população brasileira a ocupar as ruas contra a corrupção, reconhece que o Brasil tem hoje no poder o governo mais corrupto da história.
A própria foto escolhida foi emblemática, uma vez que Michel Temer, o primeiro ocupante da presidência denunciado por corrupção na história do Brasil, aparece ao lado de Rodrigo Rocha Loures, seu homem da mala, e dos ministros Henrique Eduardo Alves, preso por receber propinas, e Eliseu Padilha, também investigado.
"Nos meses que antecederam o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, milhões de brasileiros foram às ruas protestar contra a corrupção. Um ano depois de ela ter deixado o cargo definitivamente, a mobilização já não é mais a mesma, mas o número de autoridades acusadas de desviar dinheiro público só cresce", diz o texto.
Entre os investigados que governam o Brasil, o jornal cita nomes como Eliseu Padilha, Moreira Franco, Aloysio Nunes, Romero Jucá, Blairo Maggi e cita ainda o homem da mala Rodrigo Rocha Loures. O periódico também lembra que o próprio Temer é um os investigados.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Políticos apoiam projeto de interligação do rio Tocantins ao São Francisco e convocam população a participar de grande caminhada


O Projeto de Lei nº 6.569/13, de autoria do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) e que trata da interligação entre as bacias dos rios Tocantins e Rio São Francisco, ganha novos parceiros e apoios a cada dia. Nesta terça-feira (29), diversos parlamentares gravaram vídeos para a internet, onde se posicionaram favoráveis à obra que visa a compensar o suprimento hídrico do Velho Chico, melhorar o volume de água no Lago do Sobradinho, aumentar a disponibilidade aquática no semiárido e gerar energia a partir da queda d’água na divisa de Tocantins com a Bahia.
O primeiro deles foi Carlos Gaguim (PODE-TO), ex-governador do Tocantins. Para o legislador, o rio tocantinense está em plenas condições de passar pela transposição de suas águas. “Apoiamos esta luta incansável do deputado Gonzaga Patriota. Temos águas abundantes e condições de construir um projeto viável, que vai beneficiar milhares de nordestinos”, destacou.
Para Sérgio Reis (PRB-SP), o PL é “fabuloso”. Em seu vídeo, lamenta não poder participar pessoalmente da Grande Caminhada no próximo sábado (02), em Petrolina (PE), coordenada pela Grande Loja Maçônica de Pernambuco, Lojas Maçônicas de Petrolina e Juazeiro, além da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) local e Rotary Clube Petrolina Norte (saiba mais clicando aqui). “Não podemos deixar o Rio São Francisco morrer”, ressaltou. (Blog do Didi Galvão),(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Inscrições para concurso do Tribunal de Justiça de Pernambuco terminam hoje (31)


São oferecidas 109 vagas, distribuídas em 15 polos de Pernambuco. O cadastramento pode ser feito pela internet.
Terminam nesta quinta-feira (31) as inscrições para o concurso público promovido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). São oferecidas 109 vagas, distribuídas em 15 polos do estado. O cadastramento pode ser feito pela internet.
Inicialmente, o cadastramento no certame seria feito até o dia 24 de agosto. A prorrogação foi motivada por pedidos de candidatos que têm acesso à remuneração apenas no final do mês.
Para os cargos de nível médio, o valor da inscrição é R$ 55 e, para os de nível superior, a taxa é de R$ 63. O pagamento do boleto deve ser efetuado até sexta-feira (1º de setembro) em qualquer agência bancária.
Apesar da prorrogação da inscrição, as provas continuam previstas para 15 de outubro. Com caráter eliminatório e classificatório, a prova objetiva de múltipla escolha terá 50 questões, sendo uma metade sobre conhecimentos gerais – língua portuguesa, raciocínio lógico e legislação – e a outra sobre conhecimentos específicos de acordo com a área desejada. A duração será de quatro horas. O candidato que não obtiver 60% do total de pontos será eliminado.
Vagas – Das 109 vagas oferecidas, 60 são para técnicos de nível médio e 49 para analistas de nível superior, além de cadastro de reserva. Desse total, 5% são destinadas a pessoas com deficiência e 20% para negros, respeitando-se as condições previstas no edital. Os salários variam de R$ 4.222,45 (médio) a R$ 5.502,12 (superior).
O concurso abrange funções para quem possui diplomas de ensino médio ou médio técnico em Informática, Rede de Computadores, Manutenção e Suporte em Informática, Sistemas de Computação, Telecomunicações ou Sistema de Transmissão.
Para ensino superior, as oportunidades são para áreas diversas e nas especificas de Direito, Serviço Social, Pedagogia, Psicologia, Contabilidade, Informática e engenharias Física ou Mecânica com pós-graduação na área de Informática.(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Bebê resgatado do esgoto será acolhido por instituição

Caso seja encaminhado para adoção, menino entrará no 
Cadastro Nacional de Adoção
Ivani e José Fernando, que já têm dois filhos
Ivani e José Fernando, que já têm dois filhosFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco


Comoção para ver o bebê achado na canaleta
Comoção para ver o bebê achado na canaletaFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco


Cadeirinha onde o bebê achado na canaleta foi transportado
Cadeirinha onde o bebê achado na canaleta foi transportadoFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco


O bebê salvo de uma canaleta de esgoto por policiais militares no bairro dos Torrões, Zona Oeste do Recife, deixou o Hospital Barão de Lucena nesta quarta-feira (30). A criança, do sexo masculino, estava na unidade de saúde, onde recebia cuidados médicos, desde o resgate última quarta-feira (23). De lá, seguiu para o Departamento de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e para o Instituto Médico Legal (IML), onde foi submetido a exames. Segundo o Conselho Tutelar, a instituição que acolherá o bebê até a adoção não será divulgada por medida de segurança.
Muita gente se aglomerou para acompanhar a saída do bebê do hospital. A torcida é de que o policial militar José Fernando Domingues, que salvou o menino, possa adotá-lo. "Até perdi peso e deixei de fazer meu afazeres de casa para estar junto dele aqui no hospital. Foram cinco dias que valeram a pena, se trata de uma vida. E eu peço a Deus que ilumine muito a deste garoto", disse Domingues, que chama o bebê de José Fernando.
A esposa do policial, Ivani Rodrigues, diz que já considera o bebê como filho. "Estamos prontos para recebê-lo. Durante esse tempo no hospital, passei a noite acordada para dar mamadeira, para cuidar dele e fazer tudo o que fiz com os meus outros dois filhos. Da forma como José foi resgatado, merece amor dobrado", afirmou Ivani.
Adoção
A juíza da Infância e Juventude de Jaboatão, Christiana Caribé, explicou que o processo de entrada do bebê no Cadastro Nacional de Adoção (CNA) não é imediato. Na sua avaliação, devem ser resguardados no mínimo 30 dias para que ele tenha uma nova família adotiva.
"O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)  prioriza a manutenção da criança na sua família natural ou estendida. A gente não sabe o que aconteceu e não pode antecipar julgamentos”, ponderou.

Leia também:
Bebê encontrado em caneleta de esgoto recebe alta e vai para abrigo no Recife
Cabo pensa em adotar bebê que encontrou em canaleta de esgoto no Recife
Bebê é encontrado por policiais em canaleta de esgoto no Recife
Em paralelo ao inquérito criminal, o Ministério Público e a Vara da Infância tem um procedimento protetivo da criança que será acompanhada diretamente pelo Conselho Tutelar. Mesmo com a fila de pessoas que já demonstraram desejo de ficar com a guarda da criança, ele ficará em uma casa de acolhimento, não divulgada, até a resolução final da Justiça.
Antes da inscrição do bebê no CNA, é preciso esgotar todas as tentativas de identificação dos parentes ou de possibilidade de reinserção na família natural ou estendida, quando esta é encontrada. Quando os familiares não são localizados, o processo acaba sendo facilitado, e sequer há a procedimento de destituição do pátrio poder. 

No caso do bebê resgatado, caso ele entre no cadastro, só poderá ser direcionado para pessoas já inscritas na fila de pais adotantes. “Por isso não adianta sair correndo para a Vara da Infância agora”, esclareceu.

Entenda o caso
Policiais do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) chegaram em um beco na rua Tota Ventura, na comunidade Roda de Fogo, no bairro dos Torrões, um pouco depois das 21h da quarta (23), para checar uma de denúncia de assalto e ouviram um choro de bebê. Ao olhar na canaleta, encontraram o recém-nascido enrolado em um lençol e dentro de duas sacolas plásticas, ainda com cordão umbilical e com resquícios de parto.(Folhape).

Blog do BILL NOTICIAS








Em Lagoa Grande programa `Alô Saúde` divulga linha direta com os usuários em todos os PSFs


Lagoa Grande-PE
Preocupado em facilitar ainda mais a vida da população que necessita dos serviços de atenção básica da saúde do município de Lagoa Grande, o Prefeito Vilmar Cappellaro, determinou ao secretário da pasta para a instalação de telefones em todos os PSFs em toda a cidade, inclusive nos Distritos e Assentamentos (zona rural).
“Com esta sensibilidade do Prefeito, agora os moradores dos locais mais distantes do Posto poderão se informar sobre os dias das equipes e dos serviços médicos, além dos atendimentos ambulatoriais, marcação de cirurgias. Á partir deste primeiro contato, dependendo do caso, o paciente pode ser encaminhado direto para a triagem ou para um internamento hospitalar, uma cirurgia eletiva, um atendimento com um médico especialista ou exames para que o tratamento seja concluído. Neste processo, o paciente já sai de casa na certeza do atendimento” conclui Ítalo Ferreira.  
Relação dos números ALÔ SAÚDE PSFs
PSF   01 Rua Chile Bairro: Centro 87- 99802.0629
PSF   02 Bairro Vasco 87- 99645.3171
PSF   03 Capoeira Distrito Vermelhos 87 99670 2756
PSF   04 Centro Distrito Vermelhos 87- 98130.6117 
PSF   05 Centro Distrito Jutai 87 98103.8877
PSF   06 Rua Ozéias Ribeiro Bairro Chafariz 87-99656.9367   
PSF   07  e 10 Bairro Morada Nova 87 99802.3617
PSF   08 Assentamento Madre Paulina 87 98162.2413
PSF   09 Comunidade Açude Saco 87 98175.8144
Secretaria da Saúde 87 3869.9068 (C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Lossio tomará café da manhã nesta quinta em Petrolina com Marília Arraes e Humberto Costa


Um café da manhã está dando o que comentar nos bastidores políticos de Petrolina. Tudo porque à mesa estarão reunidos amanhã (31), às 7h30, o ex-prefeito Julio Lossio (PMDB) e dois do principais quadros do Partido dos Trabalhadores (PT) em Pernambuco – a vereadora do Recife e possível candidata a governadora, Marília Arraes, e o senador Humberto Costa. O menu desse cardápio não é muito difícil de adivinhar: eleições 2018.
Inicialmente apenas Marília teria a reunião com Lossio, segundo informou à imprensa, ontem (29), a vereadora Cristina Costa, na Casa Plínio Amorim. Mas Humberto também foi confirmado pela assessoria.
Lossio, inclusive, terá no sábado (2/09) outra reunião com representantes do PT, acompanhado do senador. (Foto: Instituto Lula arquivo/reprodução),(C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

FUNARO APONTA TEMER COMO CHEFE DA QUADRILHA E COM DINHEIRO NO EXTERIOR

Agência Senado | Marcelo Camargo/Agência Brasil

Pessoas próximas ao empresário Lúcio Funaro garantem que sua proposta de delação premiada implicará praticamente todos os aliados de Michel Temer no PMDB e apontará o próprio Temer como beneficiário de desvios da Caixa e de dinheiro escondido no exterior, de acordo com a coluna Painel da Folha de S.Paulo.
A delação de Funaro chegou nesta terça-feira, 29, ao gabinete do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Cabe ao relator da Lava Jato na Corte decidir se homologa ou não o acordo de Funaro com a Procuradoria-Geral da República. Só depois que os termos forem homologados, o Ministério Público poderá usar as informações prestadas pelo operador para realizar investigações. O acordo foi firmado com a PGR porque Funaro citou nos depoimentos autoridades com foro privilegiado.
Funaro detalhou sua atuação como operador financeiro do PMDB da Câmara dos Deputados, grupo político liderado por Michel Temer. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve usar informações prestadas por Funaro em uma segunda denúncia contra Temer. O peemedebista foi acusado de corrupção passiva pelo procurador, mas a Câmara rejeitou a denúncia. Temer, no entanto, ainda é investigado por suspeita de obstrução da Justiça e organização criminosa.
A delação de Funaro deve trazer informações também sobre os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral), os ex-ministros Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves e o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba.
Trâmite. A expectativa é de que Fachin homologue o acordo. Antes disso, o ministro deve convocar Funaro. O delator precisa confirmar a um juiz auxiliar do ministro que firmou o acordo de delação de forma espontânea. O procedimento costuma ser breve no gabinete de Fachin e investigadores da Lava Jato esperam que o acordo seja confirmado até o fim desta semana ou, no mais tardar, no início da semana que vem. O conteúdo da delação é mantido em sigilo.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Governador Paulo Câmara reafirma candidatura ao Senador Fernando Bezerra. Conversa foi long


O senador Fernando Bezerra Coelho, de malas prontas para se transferir do PSB para o novo DEM, o MUDE, teve uma longa conversa ontem à noite com o governador Paulo Câmara, que reafirmou a ele o seu projeto de disputar a reeleição. FBC procurou Câmara para tratar da sua situação no PSB, que considera desconfortável.
Segundo uma fonte palaciana, o senador tem planos de disputar o Governo do Estado, como deixou claro em discurso em Caruaru, segunda-feira passada. Mas seu desligamento do partido tem outras motivações. Desde que foi eleito senador em 2014, FBC tem recebido tratamento de adversário no Governo.
Embora tenha sido eleito e fortalecido o seu grupo, elegendo o filho Fernando Filho o federal mais votado do São Francisco, assim como Miguel Coelho o estadual mais votado do partido em Petrolina e região, FBC foi tratado a pão e água pelo Governo, não tendo direito sequer a indicar uma só pessoa do seu grupo para o terceiro escalão.
Seus aliados dizem que ele não está saindo do partido, mas praticamente sendo expurgado, porque sofre processo de expulsão no conselho de ética do PSB, junto com o filho Fernando Coelho Filho, ministro de Minas e Energia. Na conversa, Câmara abriu uma janela para Fernando continuar no partido e ser prestigiado no Governo, mas, a esta altura, nem o senador nem ninguém do seu grupo acredita que isso venha a ser operado efetivamente.(Blog de Magno Martins),(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Casa Nova: Polícia prende um dos acusados de participação na morte de idoso e apreende material roubado da vítima

(foto/divulgação)
A Polícia Civil (PC) de Casa Nova, no norte da Bahia, prendeu um dos acusados de participação no assassinato de Sebastião Gil de Brito, de 67 anos, que foi morto, teve o corpo colocado num saco e depois enterrado num buraco. O fato aconteceu na comunidade de Carnaúba, zona rural do município. O corpo do idoso foi encontrado ontem (29). Sebastião estava desaparecido há duas semanas.
Segundo as investigações, Natan Santos Braga foi detido e confessou ter escondido bolas de arames que Fábio dos Santos Guedes e um sobrinho dele, um menor de idade, teriam roubado da propriedade da vítima. De acordo com a PC, Geraldo Guedes, pai de Fábio, procurou à polícia para informar que seu filho poderia ter participação no desaparecimento do idoso. Ele relatou que Fábio lhe confessou que tinha feito uma “grande besteira” e que precisava fugir daquela localidade, e levaria consigo a sua família. Geraldo afirmou que, após a fuga do filho, sentiu-se pressionado, pois vários familiares de Sebastião passaram a realizar buscas na região.
Quando os policiais se dirigiram à casa do menor, foram informados que ele havia fugido com Fábio. Depois a equipe foi até a casa de Natan, onde o encontraram e passaram a questioná-lo sobre a sua participação no assassinato. Inicialmente ele negou, porém, acabou confessando que no dia 18/08 foi procurado por Fábio, o qual lhe disse que havia assassinado Sebastião, pois este havia lhe flagrado furtando alguns animais e o ameaçou denunciá-lo à polícia.
(foto/divulgação)

Na mesma ocasião, Fábio teria dominado e amarrado a vítima. Em seguida, foi até a casa do sobrinho menor de idade e o levou até o local onde o idoso estava amarrado. Lá, ambos decidiram matá-lo e enterrá-lo. Após essa conversa, Fábio pediu-lhe que enterrasse algumas bolas de arame que ele havia furtado da vítima. Natan aceitou a proposta e enterrou oito rolos de arame farpado, novos, em um local próximo à casa da vítima. O material foi encontrado no local indicado por Natan e apresentado na Delegacia, juntamente com o acusado. As investigações continuam. (C.Britto).



Blog do BILL NOTICIAS

DILMA NO ANIVERSÁRIO DO GOLPE: NÓS VOLTAREMOS

Resultado de imagem para DILMA NO ANIVERSÁRIO DO GOLPE: NÓS VOLTAREMOS

Imagem relacionada

A presidente deposta Dilma Rousseff recordou nesta quarta-feira 30 uma frase dita por ela há um ano, após a votação no Senado que consumou o processo de impeachment, tirando-a definitivamente da presidência da República por meio de um golpe parlamentar.
"Nós voltaremos", postou Dilma nas redes sociais, compartilhando o pronunciamento feito naquele dia. "Esta história não acaba assim. Estou certa que a interrupção deste processo pelo golpe de estado não é definitiva. Nós voltaremos. Voltaremos para continuar nossa jornada rumo a um Brasil em que o povo é soberano", discursou Dilma na ocasião.
Hoje, em texto publicado em seu site, ela destaca que o golpe confirmado naquele dia deu "início a um período de retrocesso econômico, violência política e destruição de direitos do povo brasileiro". Confira abaixo a íntegra do discurso:
"Ao cumprimentar o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, cumprimento todos os senadoras e senadores, deputadas e deputados, presidentes de partido, as lideranças dos movimentos sociais. Mulheres e homens de meu país.
Hoje, o Senado Federal tomou uma decisão que entra para a história das grandes injustiças. Os senadores que votaram pelo impeachment escolheram rasgar a Constituição Federal. Decidiram pela interrupção do mandato de uma presidenta que não cometeu crime de responsabilidade.
Condenaram uma inocente e consumaram um golpe parlamentar.
Com a aprovação do meu afastamento definitivo, políticos que buscam desesperadamente escapar do braço da Justiça tomarão o poder unidos aos derrotados nas últimas quatro eleições. Não ascendem ao governo pelo voto direto, como eu e Lula fizemos em 2002, 2006, 2010 e 2014. Apropriam-se do poder por meio de um golpe de Estado.
É o segundo golpe de Estado que enfrento na vida. O primeiro, o golpe militar, apoiado na truculência das armas, da repressão e da tortura, me atingiu quando era uma jovem militante. O segundo, o golpe parlamentar desfechado hoje por meio de uma farsa jurídica, me derruba do cargo para o qual fui eleita pelo povo.
É uma inequívoca eleição indireta, em que 61 senadores substituem a vontade expressa por 54,5 milhões de votos. É uma fraude, contra a qual ainda vamos recorrer em todas as instâncias possíveis.
Causa espanto que a maior ação contra a corrupção da nossa história, propiciada por ações desenvolvidas e leis criadas a partir de 2003 e aprofundadas em meu governo, leve justamente ao poder um grupo de corruptos investigados.
O projeto nacional progressista, inclusivo e democrático que represento está sendo interrompido por uma poderosa força conservadora e reacionária, com o apoio de uma imprensa facciosa e venal. Vão capturar as instituições do Estado para colocá-las a serviço do mais radical liberalismo econômico e do retrocesso social.
Acabam de derrubar a primeira mulher presidenta do Brasil, sem que haja qualquer justificativa constitucional para este impeachment.
Mas o golpe não foi cometido apenas contra mim e contra o meu partido.
Isto foi apenas o começo. O golpe vai atingir indistintamente qualquer organização política progressista e democrática.
O golpe é contra os movimentos sociais e sindicais e contra os que lutam por direitos em todas as suas acepções: direito ao trabalho e à proteção de leis trabalhistas; direito a uma aposentadoria justa; direito à moradia e à terra; direito à educação, à saúde e à cultura; direito aos jovens de protagonizarem sua história; direitos dos negros, dos indígenas, da população LGBT, das mulheres; direito de se manifestar sem ser reprimido.
O golpe é contra o povo e contra a nação. O golpe é misógino. O golpe é homofóbico. O golpe é racista. É a imposição da cultura da intolerância, do preconceito, da violência.
Peço às brasileiras e aos brasileiros que me ouçam. Falo aos mais de 54 milhões que votaram em mim em 2014. Falo aos 110 milhões que avalizaram a eleição direta como forma de escolha dos presidentes.
Falo principalmente aos brasileiros que, durante meu governo, superaram a miséria, realizaram o sonho da casa própria, começaram a receber atendimento médico, entraram na universidade e deixaram de ser invisíveis aos olhos da Nação, passando a ter direitos que sempre lhes foram negados.
A descrença e a mágoa que nos atingem em momentos como esse são péssimas conselheiras. Não desistam da luta.
Ouçam bem: eles pensam que nos venceram, mas estão enganados. Sei que todos vamos lutar. Haverá contra eles a mais firme, incansável e enérgica oposição que um governo golpista pode sofrer.
Quando o presidente Lula foi eleito pela primeira vez, em 2003, chegamos ao governo cantando juntos que ninguém devia ter medo de ser feliz. Por mais de 13 anos, realizamos com sucesso um projeto que promoveu a maior inclusão social e redução de desigualdades da história de nosso país.
Esta história não acaba assim. Estou certa que a interrupção deste processo pelo golpe de estado não é definitiva. Nós voltaremos. Voltaremos para continuar nossa jornada rumo a um Brasil em que o povo é soberano.
Espero que saibamos nos unir em defesa de causas comuns a todos os progressistas, independentemente de filiação partidária ou posição política. Proponho que lutemos, todos juntos, contra o retrocesso, contra a agenda conservadora, contra a extinção de direitos, pela soberania nacional e pelo restabelecimento pleno da democracia.
Saio da Presidência como entrei: sem ter incorrido em qualquer ato ilícito; sem ter traído qualquer de meus compromissos; com dignidade e carregando no peito o mesmo amor e admiração pelas brasileiras e brasileiros e a mesma vontade de continuar lutando pelo Brasil.
Eu vivi a minha verdade. Dei o melhor de minha capacidade. Não fugi de minhas responsabilidades. Me emocionei com o sofrimento humano, me comovi na luta contra a miséria e a fome, combati a desigualdade.
Travei bons combates. Perdi alguns, venci muitos e, neste momento, me inspiro em Darcy Ribeiro para dizer: não gostaria de estar no lugar dos que se julgam vencedores. A história será implacável com eles.
Às mulheres brasileiras, que me cobriram de flores e de carinho, peço que acreditem que vocês podem. As futuras gerações de brasileiras saberão que, na primeira vez que uma mulher assumiu a Presidência do Brasil, a machismo e a misoginia mostraram suas feias faces. Abrimos um caminho de mão única em direção à igualdade de gênero. Nada nos fará recuar.
Neste momento, não direi adeus a vocês. Tenho certeza de que posso dizer "até daqui a pouco".
Encerro compartilhando com vocês um belíssimo alento do poeta russo Maiakovski:
"Não estamos alegres, é certo,
Mas também por que razão haveríamos de ficar tristes?
O mar da história é agitado
As ameaças e as guerras, haveremos de atravessá-las,
Rompê-las ao meio,
Cortando-as como uma quilha corta."
Um carinhoso abraço a todo povo brasileiro, que compartilha comigo a crença na democracia e o sonho da justiça."(247).


Blog do BILL NOTICIAS