sexta-feira, 26 de julho de 2019

Candidato cobra transparência de banca responsável pelo concurso da Casa Plínio Amorim

Via:Carlos Britto
Câmara Municipal de Petrolina. (Foto: Blog do Carlos Britto)


Aborrecido com a postura da banca responsável pelo concurso público da Câmara de Vereadores de Petrolina, um candidato (que preferiu não se identificar) entrou em contato com o Blog do Carlos Britto, cobrando transparência.
Confiram:
Gostaria de fazer uma denúncia relacionada ao concurso público da Câmara Municipal de Petrolina, que ocorreu no dia 02/06/2019 pela banca IDIB, com descumprimento do edital e de princípio básicos da administração pública como o da publicidade e transparência. Primeiro que um dos requisitos presentes no edital, mais precisamente em seu anexo VIII (cronograma), havia como data prevista 14/05/2019 para a divulgação dos inscritos. Nunca a banca divulgou tal ato, deixando todos os candidatos sem saber quantidade de inscritos por cargo, muito menos concorrência.
Na época, quando o candidato tentava ligar para o IDIB, ninguém atendia para dar qualquer explicação.
Segundo que o resultado definitivo para a maioria dos cargos saiu dia 24/07/2019, mas para a surpresa dos candidatos o resultado é apenas individual, acessado por login e senha de cada candidato, sem uma lista. Quem já se viu um resultado sem a lista, para que os candidatos vejam quem foram os aprovados? Cadê a transparência? Os candidatos não sabem sequer a concorrência desse concurso que está cheirando arrumadinho.
A IDIB continua sem atender seus telefones que estão disponíveis em seu site. Verdadeira bagunça e falta de transparência dessa banca.
Diante disso, é necessário que a Câmara de Vereadores de Petrolina exija da contratada IDIB a correção dessas não conformidades, pois deixa em xeque toda a transparência deste concurso. É responsabilidade da Câmara fiscalizar tais atos.
Enfim, também sou candidato. Sinto-me extremamente lesado, enganado e frustrado com esse concurso, pois sinto clima de arrumadinho…infelizmente esse é o sentimento, pois é tão óbvio e elementar a transparência que não está acontecendo neste concurso.


Blog do BILL NOTICIAS

Elementos explodem carro forte entre Petrolândia e Jatobá, sertão pernambucano

   Por Agência de Notícias RBN


Bandidos fortemente armados dinamitaram um carro forte na tarde desta sexta-feira (26), na rodovia BR-110, entre os municípios de Petrolândia e Jatobá, no sertão pernambucano.
O assalto aconteceu por volta das 15hs, quando os elementos obrigaram o motorista a parar o veículo da empresa PROSEGUR e utilizaram dinamite para explodir o cofre, a quantia em dinheiro levada não foi informada. Também não foi informado se algum dos vigilantes teve ferimentos, diligências estão sendo realizadas pela polícia para tentar prender os assaltantes.
Morador flagra momento da explosão;





Blog do BILL NOTICIAS

FEMINICÍDIO - 'Não imaginava que isso ia acontecer', diz mãe de Mayara

A mãe da vítima lamentou a morte da filha e cobrou justiça por parte dos órgãos responsáveis

   Por: Vinícius Lucena e Samantha Oliveira /folhape
Carla Maria França, mãe de Mayara Estefanny da Silva
Carla Maria França, mãe de Mayara Estefanny da SilvaFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Carla Maria França, mãe de Mayara Estefanny da Silva, de 19 anos, chegou à sede do IML, em Santo Amaro, por volta das 9h30, para assinar os documentos necessários para a liberação do corpo de sua filha. A mãe da vítima lamentou a morte da filha e cobrou justiça por parte dos órgãos responsáveis. "Não imaginava que isso ia acontecer porque ela estava tendo melhoras, reagindo às medicações", disse.

Carla também falou sobre outros casos de violência contra a mulher. "Quando sofrerem qualquer agressão, ou ameaça, não fique achando que os agressores não vão fazer, porque eles vão, como aconteceu com minha filha". A mãe deve ficar com Pedro, de 2 anos, filho de Mayara.
Elpidio Gomes de Farias, tio de Mayara, lamentou a morte da sobrinha: "Estou perdendo uma filha, ela me chamava assim". "A mãe dela, os irmãos e toda a família está sofrendo, enterramos a avó dela ontem e, no mesmo dia, recebemos a notícia de mais uma morte", disse Elpidio.

Elpidio Gomes de Farias, tio de Mayara.
Elpidio Gomes de Farias, tio de Mayara. - Foto: Arthur Mota/ Folha de Pernambuco


"Foram vinte e um dias de muita dor no hospital, estive lá todos os dias acompanhando", disse o tio da vítima, que também relatou que Mayara escondeu as agressões da família por muito tempo. "Esperamos de coração que as autoridades vejam nosso sofrimento. Ela não foi a primeira e nem será a última, mas isso não precisa acontecer. Precisamos acabar com isso, se o relacionamento não dá certo, é só terminar, sem agressões", ressaltou.

Hospital
Mayara deu entrada na unidade no dia 4 de julho, às 23h17 após ser atingida com ácido sulfúrico no corpo pelo ex-companheiro, Willian César dos Santos Junior, e um amigo. A mulher teve 38% do corpo queimado e apresentava problemas respiratórios por conta da inalação da substância. 

A chefe da Unidade de Tratamento Intensivo para adultos, Fátima Buarque, descreve o caso como uma surpresa lamentável. Mayara estava em estado grave na UTI, mas apresentava evoluções clínicas. Ela estava consciente, mas era sedada a maior parte do tempo por apresentar muita agitação, o que poderia atrapalhar a internação. 

Fátima Buarque, chefe da UTI de adultos do Hospital da Restauração.
Fátima Buarque, chefe da UTI de adultos do Hospital da Restauração. 
Foto: Caio Danyalgil/ Folha de Pernambuco

Durante os 21 dias, a jovem estava entubada e ao meio dia de ontem passou por um processo de traqueostomia. “É importante ressaltar que a operação não teve relação com o que aconteceu com ela, já que os tecidos internos e o aspecto da cirurgia estavam normais”, explica Fátima. 

Mayara ficou consciente durante todo o tempo de internação, e morreu às 22h06 por conta da última de três paradas cardíacas que sofreu. Os médicos do HR conseguiram reanimá-la nas duas primeiras, mas não obtiveram sucesso na terceira.




Blog do BILL NOTICIAS

Greenwald: “O mais bombástico ainda será publicado”

Glenn Greenwald
Glenn Greenwald (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

"Os materiais mais bombásticos e importantes ainda não foram publicados, mas logo serão", afirma o jornalista Glenn Greenwald sobre a séria de reportagens do site Intercept Brasil que revela irregularidades da Operação Lava Jato.
"Tem muitas revelações graves. Essas seis semanas que começamos a publicar foram muito pouco tempo para um acervo deste tamanho. Então, com certeza, vai ter muito mais revelações graves no futuro", acrescentou ele durante entrevista ao site Metrópoles (DF).
Atingido em cheio pelas revelações, o ministro Sérgio Moro (Justiça) publicou uma portaria que pode resultar na deportação do jornalista. "Esta Portaria regula o impedimento de ingresso, a repatriação, a deportação sumária, a redução ou cancelamento do prazo de estada de pessoa perigosa para a segurança do Brasil ou de pessoa que tenha praticado ato contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição Federal", diz o texto (veja aqui).
Greenwald ficou conhecido internacionalmente em 2013, quando divulgou em parceria com Edward Snowden a existência dos programas secretos de vigilância global dos Estados Unidos, efetuados pela sua Agência de Segurança Nacional (NSA). O jornalista comparou este caso com as reportagens do Intercept sobre a Lava Jato.
"Uma diferença é que o material do Snowden era sobre segurança nacional. Então, por um lado foi um pouco mais sensível, porque com materiais e segredos sobre segurança nacional você pode errar e acabar publicando algo que deixa alguém em perigo sério, perigo de morte. Então, por um lado é mais perigoso. Mas, por outro, o material que estamos trabalhando agora é sobre as pessoas mais poderosas deste país que já mostraram que quebrariam qualquer lei ou código de ética para realizar seus fins. Então, eu acho que a reportagem que estamos fazendo, neste caso, é mais perigosa, com mais risco, que a reportagem que fizemos, pelo fato de a matéria ser sobre o governo atual", disse.
"Durante a época do Snowden, eu estava no Brasil ou na Alemanha reportando sobre outros governos, com distância. Mas, agora, as pessoas que estamos revelando, divulgando, denunciando, são muito mais próximas e têm mais controle sobre nós. Então, o material é mais perigoso", continuou.(247)


Blog do BILL NOTICIAS

INVESTIGAÇÃO - MPPE busca recuperar dinheiro desviado de instituto de Previdência de Orobó

Operação Greed aponta um esquema fraudulento de pelo menos R$ 2,5 milhões nos cofres públicos da cidade do Agreste pernambucano

  Por: Fabio Nóbrega
Operação teve apoio da Polícia Militar de Pernambuco
Operação teve apoio da Polícia Militar de Pernambuco

O esquema de fraudes de pelo menos R$ 2,5 milhões no Instituto de Previdência do Município de Orobó (Ipreo), no Agreste do Estado, foi detalhado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em coletiva de imprensa realizada no Recife nesta sexta-feira (26). A segunda fase da Operação Greed (ganância, em inglês) busca recuperar o dinheiro desviado desde 2015 dos cofres públicos da cidade.
Os desvios mensais foram progredindo durante as atividades criminosas do grupo e o esquema prejudicou pedidos de aposentadoria dos servidores da cidade. "Muitos servidores queriam se aposentar, mas não conseguiam porque não tinha dinheiro em caixa e o instituto estava com a saúde financeira debilitada", detalhou o promotor do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do MPPE, Sérgio Tenório de França. "Muito dinheiro foi desviado e precisa ser rastreado e restituído ao instituto", acrescentou.

O líder da organização criminosa era o então administrador do Ipreo, Gustavo José da Silva. Ele foi preso na última terça-feira (23), assim como a sua esposa, Mirian Gizele de Abreu Arruda; e os amigos Vanelly Priscilla Rodrigues da Silva Ramos e José Arthur Barbosa dos Santos. Também foi presa a amiga de Gustavo Jéssica Celerino dos Santos, que se entregou à polícia nessa quinta-feira (25). Outro investigado, Jailson Flor da Silva foi liberado e cumprirá medidas cautelares. Ao todo, as duas fases da operação já cumpriram cinco mandados de prisão e 13 mandados de busca e apreensão. 

Os investigados são apontados como integrantes de uma organização criminosa suspeita de peculato e lavagem de dinheiro. As quantias saiam todo mês do Ipreo e eram transferidas para três empresas ligadas a Gustavo, que inseriu os nomes de pessoas não contribuintes na folha de pagamentos de aposentados. "Eram pessoas estranhas ao Ipreo. As investigações começaram com uma denúncia realizada na Ouvidoria do MPPE", acrescentou o promotor.

Durante a operação - que cumpriu mandados em Orobó, no Recife, em Abreu e Lima, Paulista e Vitória de Santo Antão, em Pernambuco; Umbuzeiro, na Paraíba; e Chapecó, em Santa Catarina - ainda foi preso um conselheiro tutelar encontrado com armas e munições em uma das empresas com mandado de busca e apreensão expedido.

Entre o material apreendido, um cofre encontrado em uma das empresas, localizada em Vitória de Santo Antão. Esse equipamento será periciado na próxima segunda-feira (29). O promotor Sérgio reforça a importância das denúncias de servidores para combater fraudes similares. "Qualquer denúncia deve ser encaminhada para que o Ministério Público possa fiscalizar", recomendou Sérgio Tenório.

Os homens presos foram levados para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Já as mulheres estão presas na Colônia Penal Feminina, no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. Todos tiveram suas prisões preventivas decretadas. Caso condenados, a soma das penas podem atingir 30 anos. (Blog da Da Folha)


Entre o material apreendido, um cofre encontrado em uma das empresas
Entre o material apreendido, um cofre encontrado em uma das empresas - Foto: Divulgação/MPPE



Blog do BILL NOTICIAS

THE INTERCEPT BRASIL - Dallagnol deu palestra para empresa citada na Lava-Jato, revela site

  Por: Estado de Minas
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Procurador da República Deltan Dallagnol recebeu por uma palestra R$ 33 mil de uma firma do setor de tecnologia, a Neoway, que é citada em um acordo de delação premiada feito coma força-tarefa da Operação Lava-Jato.

A informação é do jornal Folha de S.Paulo e do site The Intercept Brasil, publicados nesta sexta-feira (26), com base em supostas mensagens trocadas entre Dellagnol, outros procuradores e o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro.

A Neoway, que contratou Dellagnol, foi mencionada pela primeira vez em um chat de conversas envolvendo o próprio Dellagnol e outros procuradores, em 2016. Dois anos após a palestra proferida pelo coordenador da força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba, no Paraná.

Ainda de acordo com as apurações da Folha de S.Paulo e The Intercept Brasil, Dellagnol também aproximou a Neoway de procuradores para que produtos da empresa pudessem ser usados em um trabalho da força-tarefa.

Além disso, Dellagnol gravou um vídeo fazendo propaganda das ferramentas tecnológicas desenvolvidas pela Neoway. Conforme a Folha de S.Paulo, Dellagnol negou qualquer ilícito em sua conduta, afirmando que não sabia, quando aceitou fazer a palestra  e gravar o vídeo, que a empresa estava  envolvendo em acordo de delação premiada na Lava-Jato.




Blog do BILL NOTICIAS

Moro publica portaria que pode significar a deportação de Glenn Greenwald



247 - Atingido em cheio pela Vaza Jato, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, publicou uma portaria que pode significar a deportação do jornalista Glenn Greenwald, que vem revelando irregularidades do ex-juiz e da Operação Lava Jato. 
"Esta Portaria regula o impedimento de ingresso, a repatriação, a deportação sumária, a redução ou cancelamento do prazo de estada de pessoa perigosa para a segurança do Brasil ou de pessoa que tenha praticado ato contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição Federal, para aplicação do § 2º do art. 7º, da Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997, do inciso IX do art. 45 e do § 6º do art. 50 da Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017, do parágrafo único do art. 191 e do art. 207, ambos do Decreto nº 9.199, de 20 de novembro de 2017", diz o texto.
Leia a íntegra do documento:

DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO

Publicado em: 26/07/2019 | Edição: 143 | Seção: 1 | Página: 166
Órgão: Ministério da Justiça e Segurança Pública/Gabinete do Ministro
PORTARIA Nº 666, DE 25 DE JULHO DE 2019
Dispõe sobre o impedimento de ingresso, a repatriação e a deportação sumária de pessoa perigosa ou que tenha praticado ato contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição Federal.
O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA, no uso de suas atribuições que lhe conferem inciso II do parágrafo único do art. 87 da Constituição, e o inciso V do art. 37 da Lei nº 13.844, de 18 de junho de 2019, e com base no § 2º do art. 7º da Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997, no inciso IX do art. 45 e § 6º do art. 50 da Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017; e no parágrafo único do art. 191 e art. 207 do Decreto nº 9.199, de 20 de novembro de 2017, resolve:
Art. 1º Esta Portaria regula o impedimento de ingresso, a repatriação, a deportação sumária, a redução ou cancelamento do prazo de estada de pessoa perigosa para a segurança do Brasil ou de pessoa que tenha praticado ato contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição Federal, para aplicação do § 2º do art. 7º, da Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997, do inciso IX do art. 45 e do § 6º do art. 50 da Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017, do parágrafo único do art. 191 e do art. 207, ambos do Decreto nº 9.199, de 20 de novembro de 2017.
Art. 2º Para os efeitos desta Portaria, são consideradas pessoas perigosas ou que tenham praticado ato contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição Federal aqueles suspeitos de envolvimento em:
I - terrorismo, nos termos da Lei nº 13.260, de 16 de março de 2016;
II - grupo criminoso organizado ou associação criminosa armada ou que tenha armas à disposição, nos termos da Lei nº 12.850, de 2 de agosto de 2013;
III - tráfico de drogas, pessoas ou armas de fogo;
IV - pornografia ou exploração sexual infantojuvenil; e
V - torcida com histórico de violência em estádios.
§ 1º As hipóteses mencionadas nos incisos deste artigo poderão ser conhecidas e avaliadas pela autoridade migratória por meio de:
I - difusão ou informação oficial em ação de cooperação internacional;
II - lista de restrições exaradas por ordem judicial ou por compromisso assumido pela República Federativa do Brasil perante organismo internacional ou Estado estrangeiro;
III - informação de inteligência proveniente de autoridade brasileira ou estrangeira;
IV - investigação criminal em curso; e
V - sentença penal condenatória.
§ 2º O inciso V do caput aplica-se somente durante a realização de evento esportivo que possa ser colocado em risco.
§ 3º A pessoa incursa neste artigo não poderá ingressar no País e fica sujeita à repatriação e à deportação sumária.
§ 4º Para fins de aplicação do disposto no § 2º do art. 7º da Lei nº 9.474, de 1997, considera-se perigosa para a segurança do Brasil a pessoa que se enquadre no rol do caput deste artigo.
§ 5º A publicidade dos motivos da imposição das medidas previstas neste artigo está sujeita às restrições da Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 - Lei de Acesso de Informação, à necessidade de preservar investigações criminais nacionais ou estrangeiras ou à preservação de informações sigilosas providenciadas por autoridade estrangeira.
§ 6º Ninguém será impedido de ingressar no País, repatriado ou deportado sumariamente por motivo de raça, religião, nacionalidade, pertinência a grupo social ou opinião política.
§ 7º Não será impedido o ingresso no País ou não será submetida à repatriação ou à deportação sumária a pessoa perseguida no exterior por crime puramente político ou de opinião.
Art. 3º A pessoa sobre quem recai a medida de deportação de que trata esta Portaria será pessoalmente notificada para que apresente defesa ou deixe o País voluntariamente, no prazo de até quarenta e oito horas, contado da notificação.
§ 1º Na ausência de defensor constituído, a Defensoria Pública deverá ser notificada, preferencialmente por meio eletrônico, para manifestação no prazo mencionado no caput.
§ 2º Findo o prazo para apresentação de defesa, a ausência de manifestação do deportando ou de seu defensor não impedirá a efetivação da medida de deportação.
Art. 4º Da decisão de deportação caberá recurso, com efeito suspensivo, no prazo de até vinte e quatro horas, contado da notificação do deportando ou de seu defensor.
Parágrafo único. A decisão em grau recursal não será passível de novo recurso administrativo.
Art. 5º A autoridade policial federal poderá representar perante o juízo federal pela prisão ou por outra medida cautelar, em qualquer fase do processo de deportação disciplinado nesta Portaria, observado, no que couber, o disposto no Título IX do Decreto-Lei nº 3.689, de 3 de outubro de 1941 - Código de Processo Penal.
Parágrafo único. A autoridade policial deverá comunicar a prisão do deportando à missão diplomática de seu País de nacionalidade ou, na sua falta, ao Ministério das Relações Exteriores, no prazo máximo de quarenta e oito horas.
Art. 6º As medidas disciplinadas nesta Portaria não serão efetivadas de forma coletiva.
Art. 7º O prazo de estada do visitante que se enquadre no disposto do art. 2º desta Portaria poderá ser reduzido ou cancelado.
Parágrafo único. Na hipótese de cancelamento de prazo previsto no caput, será instaurado, de imediato, o procedimento de deportação descrito no art. 3º desta Portaria.
Art. 8º Os procedimentos de que esta Portaria trata serão instaurados e decididos pelo chefe da respectiva unidade da Polícia Federal, mediante ato fundamentado.
Art. 9º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.


Blog do BILL NOTICIAS

Comunicadores e ambientalistas são incluídos em programa de proteção

   Via:Vinicius de Santana
Resultado de imagem para Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos,


O presidente Jair Bolsonaro editou um novo decreto para regulamentar o Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos, que agora passa a incluir na nomenclatura oficial o atendimento a comunicadores e ambientalistas. O ato normativo foi publicado na edição desta quinta-feira (25) do Diário Oficial da União e revoga o decreto anterior, de 2016, assinado pela então presidente Dilma Rousseff.
Vinculado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o agora renomeado Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos, Comunicadores e Ambientalistas tem a finalidade de articular medidas para a proteção de pessoas ameaçadas em decorrência de sua atuação na defesa dos direitos humanos. A cooperação entre União, estados e municípios para a execução do programa também está mantida na nova norma. O decreto mantém ainda o Conselho Deliberativo do programa, com três integrantes, sendo dois do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, entre os quais um será o coordenador, e um da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Eles deverão se reunir a cada dois meses, de forma regular.
Segundo o decreto, poderão ser convidados ainda para integrar o Conselho Deliberativo do programa um representante do Ministério Público Federal (MPF), um do Poder Judiciário e representantes do Poder Executivo federal cujas atribuições estejam relacionadas aos casos analisados no âmbito do colegiado. Na versão anterior do decreto, não havia a previsão de que outros integrantes do Poder Executivo pudessem fazer parte da composição do conselho do programa.
Além de formular, monitorar e avaliar ações do programa de proteção, o Conselho Deliberativo vai decidir sobre inclusão ou desligamento de pessoas ameaçadas, bem como período de permanência e estabelecimento do valor da ajuda financeira mensal para pagamento de despesas com aluguel, água, luz, alimentação, deslocamento, vestuário, remédios e outros, nos casos de acolhimento provisório de defensores dos direitos humanos. Pelo decreto, o conselho poderá criar grupos de trabalho temáticos ou comissões temporárias para a execução das atribuições previstas. O trabalho tanto no conselho quanto nas comissões e grupos de trabalho será considerado prestação de serviço público relevante e, portanto, não remunerada.
Confira a íntegra do decreto.
Atualmente, segundo o governo federal, um total 528 defensores e defensoras de direitos humanos estão incluídos no programa de proteção, em todo Brasil. Dentre as diversas áreas de militância dessas pessoas, estão causas indígenas, direito à terra, direito de população LGBT (lésbicas, gay, bissexuais, travestis e transexuais), combate à violência policial, combate à corrupção, entre outros.


Blog do BILL NOTICIAS

FEMINICÍDIO - Morre jovem que foi atacada pelo ex-companheiro com ácido sulfúrico

De acordo com os familiares da jovem, o velório deve acontecer na cidade de Limoeiro, no Agreste pernambucano

   Por: Portal FolhaPE
Mayara Estefanny
Mayara EstefannyFoto: Reprodução


Mayara Estefanny da Silva, de 19 anos, morreu na noite desta quinta-feira (25). A jovem tinha sido atacada pelo ex-companheiro, que jogou ácido sulfúrico no corpo de Mayara. O caso aconteceu no dia 4 de julho, desde então, a vítima estava internada no Hospital da Restauração (HR).

De acordo com os familiares da jovem, o velório deve acontecer na cidade de Limoeiro, no Agreste pernambucano. A família aguarda a liberação do corpo, que está no Instituto Médico Legal (IML) do bairro de Santo Amaro.

Os suspeitos de agredir Mayara, 
William César dos Santos Júniore Paulo Henrique Vieira dos Santos, tinham sido indiciados pela Polícia Civil de Pernambuco pelo crime de feminicídio, no dia 12 de julho e estão presos no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.

Na última quinta-feira (25), os suspeitos foram denunciados pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) por tentativa de homicídio qualificado. De acordo com a Polícia Civil, Mayara havia registrado três boletins de ocorrência contra o ex-companheiro antes de ser assassinada.







Blog do BILL NOTICIAS

Juazeiro se mantém em primeiro lugar na geração de emprego entre as cidades do interior do Nordeste

  Via:Carlos Britto
Foto: Ascom/PMJ/Divulgação

De acordo com os números do Ministério do Trabalho/Caged, no acumulado de janeiro a junho de 2019, Juazeiro (BA) teve saldo positivo de 2.553 empregos com carteira assinada gerados no município.
No ranking de empregos formais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Juazeiro avançou em relação ao mesmo período de 2018, passando de 2.462 empregos para 2.553, com destaques para as áreas da indústria de transformação, da agropecuária e de serviços. Assim como nos últimos anos, o principal município do norte baiano alcançou mais uma vez o primeiro lugar entre os do Interior do Nordeste e o terceiro no geral, ficando atrás apenas de São Luiz (MA) e Salvador (BA).
O prefeito Paulo Bomfim afirmou que dificuldades são superadas com planejamento e muito trabalho, o que, segundo ele, vem acontecendo na cidade. “Somente nos últimos 2 anos e meio já são 177 obras realizadas e mais de cem em execução, além de grandes investimentos em educação e na qualificação profissional das pessoas para formar mão de obra especializada” destacou.
A população pode ter acesso a lista do Caged através do site.


Blog do BILL NOTICIAS

Deltan vendeu palestra para empresa delatada na Lava Jato, que foi blindada

(Foto: Agência Brasil)

Acaba de ser revelado mais um capítulo da Vaza Jato, Em parceria com o Intercept, a Folha de S. Paulo revela nesta sexta-feira que o procurador Deltan Dallagnol recebeu R$ 33 mil de uma empresa delatada na Lava Jato, a Neoway, que presta serviços de informática. "O procurador da República Deltan Dallagnol fez uma palestra remunerada no valor de R$ 33 mil para uma empresa que havia sido citada em um acordo de delação em caso de corrupção na própria força-tarefa da Lava Jato, mostram mensagens e documentos obtidos pelo The Intercept Brasil e analisados em conjunto com a Folha", diz a reportagem de Flávio Ferreira, Amanda Audi e Leandro Demori.
"Além de participar do evento remunerado da companhia, em março de 2018, Deltan aproximou membros da Procuradoria e representantes da Neoway com o objetivo de viabilizar o uso de produtos dela em um trabalho da força-tarefa, da qual é coordenador em Curitiba", aponta ainda a reportagem.
“Olhem que legal. Sexta vou dar palestra para a Neoway, do Jaime de Paula. Vejam a história dele: [link para texto sobre Jaime de Paula]. A neoway é empresa de soluções de big data que atende 500 grandes empresas, incluindo grandes bancos etc”, disse Deltan à época.
O procurador da República Júlio Noronha, também integrante da Lava Jato, sugeriu então que Deltan procurasse marcar uma reunião com o presidente executivo da Neoway para tratar da obtenção de produtos para um projeto da Procuradoria denominado LINA (Laboratório de Investigação Anticorrupção).
”Top Delta!!! De repente, se conseguir um espaço para conversarmos com ele e tentarmos algo para trazer uma solução para agregar ao LINA, seria massa tb!”, disse Noronha.
Deltan concordou e afirmou que iria procurar agradar o empresário. “Exatamente. Isso em que estava no meu plano. Vou até citar ele na palestra pra ver se sensibilizo kkkk”.
Leia aqui a íntegra da reportagem: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/07/deltan-foi-pago-por-palestra-em-empresa-citada-na-lava-jato.shtml (247).


Blog do BILL NOTICIAS

Em Petrolina, começa a 51ª Festa do Colono do perímetro irrigado Bebedouro

  Via:Vinicius de Santana


(G1 Petrolina)
Divulgada a programação da 51ª edição da Festa do Colono, do Perímetro irrigado do Bebedouro, na Zona Rural de Petrolina . A festa tradicional começou nesta quinta-feira(25) e vai até sábado(27), com alvorada, desfile cívico de escolas e shows de Sérgio do Forró, Vitor Fernandes e artistas locais.
Nessa quinta-feira (25), às 19h, foi celebrado um culto evangélico no Clube Dr. Nilo Peçanha, na Vila NS1. Nesta sexta-feira (26), às 18h, haverá um Encontro Familiar dos Produtores do Grupo Resgatar.
A programação começa cedo no sábado (27), às 4h30 com uma alvorada. E às 7h tem um desfile com a 19º edição do Encontro de Motociclistas de Bebedouro. Um desfile cívico das escolas está prevista para às 8h. Em seguida, haverá hasteamento de bandeiras e uma partida de futebol, um confronto entre os times Bebedouro e Maniçoba. Às 11h, terá uma missa em ação de graças na igreja da Vila NS1 e após uma confraternização.
A partir das 14h, no Clube Dr. Nilo Peçanha, a festa acontece com Matheus do Acordeon, Henrique Nunes, Sérgio do Forró, Vitor Fernandes e Keu Dantas.


Blog do BILL NOTICIAS

SAÚDE - Obesidade volta a crescer no país e atinge maior índice em 13 anos

Os dados mostram que, em 2018, 19,8% 
dos entrevistados estavam obesos

  Por: Folhapress
Obesidade
ObesidadeFoto: Pixabay


Após três anos de estagnação, o índice de brasileiros obesos voltou a crescer no país e atingiu, em 2018, o maior patamar dos últimos 13 anos.
O alerta é do Vigitel, pesquisa do Ministério da Saúde que 
investiga hábitos de vida e fatores de risco de doenças crônicas, problema que hoje representa um dos principais impactos no SUS.
Os dados mostram que, em 2018, 19,8% dos entrevistados estavam obesos. Embora já apresentasse aumento desde 2006, nos últimos três anos, esse índice estava estagnado em 18,9%.
Agora, voltou a crescer, aumentando a preocupação sobre o risco de doenças ligadas à obesidade, como hipertensão e diabetes. 

Outro alerta é com o índice de brasileiros com excesso de peso, que tem aumentado nos últimos anos. Hoje, 55,7% da população está dentro desse patamar.
O cálculo das categorias é feito por meio das informações de peso e altura, usadas para verificar o IMC (índice de massa corporal, que é o peso dividido pela altura ao quadrado). Se igual ou acima de 25 kg/m², há excesso de peso. Para 30 kg/m², obesidade.
A pesquisa mostra ainda que o crescimento da obesidade tem sido maior entre adultos de 25 a 34 anos e 35 a 44 anos -grupos que apresentaram aumento de 84,2% e 81,1%, respectivamente.
Em 2018, o índice de obesidade foi pouco maior entre as mulheres em relação aos homens: 20,7% de mulheres, contra 18,7% de homens.
Ao todo, a pesquisa ouviu 52.395 pessoas acima de 18 anos em todas as capitais do país e no Distrito Federal entre fevereiro e dezembro de 2018.
Nem tudo, porém, é má notícia. Segundo a pesquisa, o índice de brasileiros que afirmam consumir frutas e verduras e fazer atividades físicas vêm crescendo. Mas ainda não o suficiente para deter o avanço da obesidade.
Um exemplo desse pontapé em uma mudança de hábitos é que, em 2008, 20% dos adultos consumiam regularmente frutas e verduras. Em 2018, esse índice passou para 23,1%. "É um número ainda baixo, mas há tendência de aumento. Precisamos aumentar informações e campanhas para que a população adote mais esses hábitos", disse o secretário de vigilância em saúde do ministério, Wanderson Oliveira.
Outro sinal de mudança na alimentação é que o consumo de bebidas açucaradas, como refrigerantes, caiu 53,4%. Já a prática de atividade física cresceu 23,7%



Blog do BILL NOTICIAS

Moro é um chefe de quadrilha, aponta a OAB

(Foto: ABr | Geraldo Magela/Agência Senado)

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, afirmou que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, atua como “chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”. Reação de Felipe Santa Cruz veio na esteira da revelação de que Moro telefonou para autoridades que teriam alvo dos supostos hackers presos pela Polícia Federal esta semana e informou que as mensagens obtidas seriam destruídas para que a privacidade delas fosse preservada.  
"Usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas", disse Santa Cruz, segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo. Moro teria conversado sobre o assunto com o presidente Jair Bolsonaro, com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, além dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, respectivamente. 
A OAB já havia recomendado que Moro se afastasse do cargo assim que o site The Intercept divulgou mensagens trocadas por integrantes da Lava Jato que revelaram o conluio existente na operação para que fosse feita uma "investigação plena, imparcial e isenta".
"Muitos disseram que a OAB foi açodada quando sugeriu o afastamento do ministro, exata e exclusivamente para a preservação das investigações", completou o presidente da OAB.(247)


Blog do BILL NOTICIAS

Secretaria de Agricultura de Petrolina passará a funcionar em nova sede

Via:Carlos Britto


Um café da manhã na próxima segunda-feira (29), a partir das 8h, com a presença do prefeito de Petrolina Miguel Coelho, marcará a inauguração da nova sede da Secretaria Municipal de Agricultura. O evento foi confirmado pela administração para o mês de julho como forma de celebrar o Dia do Colono, do Agricultor Familiar e do Agricultor.
A mudança de sede, realizada no mês passado, tem o objetivo de facilitar o acesso de quem vem da zona rural de Petrolina. O novo endereço do órgão municipal é a Rua das Laranjeiras, nº 265, Centro, considerado mais acessível para a população do sequeiro que vem à cidade resolver demandas pessoais.
Abriremos as portas para o pessoal do interior, num local melhor localizado e mais seguro, viabilizando a vinda de quem vem da zona rural. É um novo tempo que surge no interior de nossa cidade. Essa é uma das missões do prefeito Miguel: o comprometimento com todas as regiões do município, atuando fortemente para melhorar a vida da população”, comemora o gestor da pasta, Simão Durando.


Blog do BILL NOTICIAS