sábado, 23 de dezembro de 2017

Homenagem do Blog BILL NOTICIAS

Natal! Uma data que traz consigo os mais belos sentimentos: amor, paz, harmonia, carinho, afeto, solidariedade, enfim, desperta um  lado muito positivo das pessoas que na verdade deveria estar presente o ano todo.

Nesse período nos aproximamos de nossas famílias, celebramos a vida, valorizamos a presença de pessoas especiais em nossas vidas, e assim caminhamos para fechar mais um ciclo de nossas vidas.

Pessoas maravilhosas tem surgido em minha vida constantemente. E você, pessoa especial e  querida, representam boa parte disso.

FELIZ NATAL!!


Resultado de imagem para feliz natal virtual



Blog do BILL NOTICIAS

Na briga pelo PMDB, Jarbas vence novo round contra o Senador Fernando Bezerra Coelho

Coluna Pinga Fogo – Jornal do Commercio
Em uma guerra que vale o partido com maior fundo eleitoral e tempo de TV nas eleições 2018, em Pernambuco, o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) ganha terreno na cúpula da legenda, mas acaba de perder um novo round na Justiça. Ontem, o desembargador Josué Antônio Fonseca da Sena, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), manteve a decisão, concedida em primeira instância, que suspende a dissolução do diretório estadual do partido. Com isso, o controle da legenda segue com o presidente do PMDB-PE, Raul Henry, e com o deputado federal Jarbas Vasconcelos.
No dia 6 de setembro, depois de um longo processo de desgaste no PSB, Bezerra Coelho deixou a legenda e se filiou ao PMDB. O presidente nacional do partido peemedebista, Romero Jucá, prometeu então dissolver o PMDB pernambucano para retirar a legenda de Jarbas, que votou a favor das denúncias contra o presidente Michel Temer, provocando a ira da cúpula nacional peemedebista.
O PMDB iniciou o rito interno para dissolver o diretório e Jarbas e Raul iniciaram a resistência jurídica, conseguindo duas liminares para suspender a medida – uma na Justiça de Pernambuco e outra no Distrito Federal. Mas o TJDF remeteu o processo à 26ª Vara do TJPE, tendo em vista que a decisão pernambucana saiu primeiro. Agora os casos tramitam juntos.
Na última terça (19), na convenção nacional do PMDB, Jucá voltou a anunciar que o partido em Pernambuco sofrerá intervenção, com base em uma mudança no estatuto do partido sobre a qual se baseia a decisão judicial que suspende a dissolução da legenda pernambucana.
O PMDB nacional recorreu à segunda instância para suspender a liminar que impede a dissolução do partido em Pernambuco. Mas, nesta quinta, o TJPE negou o pedido e manteve a dissolução suspensa. (Folhape).

Blog do BILL NOTICIAS

Governo de Pernambuco desmente boato sobre antecipação de salários

A Secretaria de Administração (SAD) emitiu uma nota, nesta sexta-feira (22), desmentindo a informação que vem sendo compartilhada no WhatsApp
Pagamento
Pagamento
Foto: Pixabay

Nenhuma mudança no pagamento dos salários de dezembro foi anunciada pelo Governo do Estado neste ano. A Secretaria de Administração (SAD) emitiu uma nota, nesta sexta-feira (22), desmentindo a informação que vem sendo compartilhada por WhatsApp em grupos de servidores sobre a antecipação do pagamento dos salários de dezembro para o próximo dia 29. 

O texto que está sendo compartilhado na verdade foi enviado pela Secretaria de Imprensa no dia 21 de dezembro de 2015. Na época, Danilo Cabral era o secretário de Planejamento e Gestão, cargo hoje ocupado por Márcio Stefani.

Leia também:
Empresa japonesa de TI pagará parte dos salários em bitcoins
Servidores de Custódia denunciam atrasos de salários


No comunicado oficial, a SAD informou que a data oficial do pagamento dos proventos dos servidores é divulgada exclusivamente por meio dos sites e e-mails institucionais do Governo do Estado e também no Diário Oficial do Estado (DOE) e pediu que os servidores não deem credibilidade a boatos e posts que chegam nas redes sociais não-oficiais.

Veja a íntegra da nota enviada pelo Governo:
O Governo de Pernambuco, por meio da da Secretaria de Administração (SAD), informa que não é verdadeira a informação de que o pagamento dos servidores públicos estaduais referente ao mês de dezembro será pago no próximo dia 29.

Portanto, é falsa a notícia que está circulando nas redes sociais a respeito do calendário de pagamento.

Informamos ainda que a data oficial do pagamento dos proventos dos servidores sempre é divulgada por meio dos sites e e-mails institucionais do Governo do Estado e também no Diário Oficial do Estado (DOE) - exclusivamente por esses meios de comunicação.

Diante desses esclarecimentos, não deem credibilidade a boatos e posts que chegam nas redes sociais não-oficiais. 

Agradecemos a compreensão de todos.

Secretaria de Administração do Governo de Pernambuco(Folhape).



Blog do BILL NOTICIAS


Acidente de caminhão deixa dois petrolandenses mortos na BR-110, em Jatobá-PE



No final da manhã desta sexta-feira(22),  foi registrado um acidente fatal na BR 110, em Jatobá-PE. Um caminhão com placa de Petrolândia saiu da pista e virou, na altura do terceiro posto de gasolina, no sentido Pernambuco-Bahia. As vítimas são da cidade de Petrolândia.
Segundo informações, as vítimas foram “Salsicha”  e “Gordinho”. O sobrevivente, conhecido como “Toninho” foi jogado para fora do caminhão, socorrido e encaminhado ao hospital.
O motorista, conhecido como “Gordinho”, ficou preso nas ferragens, em estado grave, não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local. O corpo foi retirado das ferragens da cabine do caminhão pelo Corpo de Bombeiros, com ajuda de uma escavadeira para levantar o veículo.
Ainda segundo informações, o acidente teria sido provocado por um pneu estourado. (Blog: O Povo com a Notícia).

Blog do BILL NOTICIAS

É a percepção do povo, estúpido!


Diálogo num posto de gasolina:
– Ponha vinte contos.
– Cartão ou dinheiro?
– Dinheiro. Não tenho mais cartão.
– A gasolina tá cara, né?
– Rapá! E o gás?
– Tiraram a Dilma dizendo que ia melhorar, mas piorou! …
Aqui no posto é carteira assinada?
– Era. O patrão demitiu todo mundo. Agora a gente trabalha por hora.
– Na padaria, onde eu trabalho, também. Até eu, padeiro, trabalho por hora.
– Todo mundo aqui está recebendo metade do que recebia com carteira assinada. E não tem mais tiket alimentação, transporte, férias, décimo terceiro, aquelas coisas que tinham, né?
– Voltou a escravidão.
– Eu sou solteiro, me viro, mas já pensou quem tem mulher e filhos?
– Meu patrão é mau. Vive gritando com a gente como se nós fossemos escravos. Só falta o chicote.
– O meu, nem aqui vem. Ele tem 12 postos de gasolina. Botou um gerente que anota até o tempo que a gente vai ao banheiro. Desconta tudo. Chega no fim do dia a gente recebe sem saber quantas horas trabalhou. 
– Rapá! Lá na padaria também está assim. E se reclamar vai demitido. Tem hora que eu fico tão nervoso, revoltado, que me passa umas coisas malucas na cabeça.
– É muita humilhação! A gente virou escravo mesmo. Não temos mais direitos. Tive que vender meu Monza. Meu ganho aqui caiu muito. A gasolina e o gás diapararam, e eu não estava conseguindo pagar conta de celular e as prestações. 
– Escravidão? Mate o patrão!
– Tá doido, véi!
– Não estou doido não.
Hoje mesmo o gerente me chamou pra conversar. Disse que eu estou muito lerdo, que tem muita gente querendo meu lugar.
Eu me matando de trabalhar, chego em casa morto de cansado, no dia seguinte pego dois ônibus, venho pra cá e fico ouvindo essas coisas do gerente o dia inteiro, ganhando uma miséria. Tem hora que dá vontade mesmo, de fuzilar.
 – Eu, tenho que chegar na padaria quatro horas da manhã, e é a mesma coisa: o patrão gritando comigo e me ameaçando.
Tem hora que dá vontade mesmo.
 (*) O gerente grita com o frentista, manda ele encerrar o atendimento e o chama para lavar carro, no Lava-Jato.
 A gangorra política está se invertendo. O manto da mentira, que cobria o golpe de estado, se esfarrapou.
A reforma trabalhista, a terceirização, e a perseguição implacável da “operação Lava-Jato” ao ex-Presidente Lula, parecem ser os fatores causadores do maior desgaste do golpe, na opinião pública, por baterem na porta das casas dos trabalhadores brasileiros como anúncio de empobrecimento, de roubo da renda e de direitos, e pelo fato de juízes e procuradores mergulharem a justiça no pântano da descrença nas instituições.
A divulgação da folha de pagamento mostrando a corrupção de juízes, desembargadores e procuradores recebendo muito acima do teto salarial determinado por lei tem causado revolta e indignação na sociedade, e, evidentemente, a perda de confiança e respeito pela justiça, um dos mais preciosos bens da democracia. 
A demissão em massa, em todo o país, de quem tinha carteira de trabalho assinada, para contratação em regime de trabalho intermitente (por hora), está reduzindo drasticamente o ganho dos trabalhadores e bloqueando a mobilidade social.
Enquanto isso, a mídia mente, afunda também no descrédito, dizendo que a economia está crescendo e o Brasil saindo da crise.
Os órgãos que cuidam das informações oficiais, por sua vez, desmentem o noticiário. 
A construção civil, por exemplo, setor que mais emprega, teve uma queda neste ano de 6%, com demissão de 105 mil empregados. O setor de serviços, até outubro já havia acumulado queda de 3,4%. Na comparação do acumulado no ano até setembro de 2017 e igual período de 2016, a queda da indústria chega a 3,4%. 
As mentiras do juiz Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallangnol também estão na praça, à luz do dia. A injustiça deles está nua. Ficaram claras a perseguição ao ex-Presidente Lula e a proteção a Aécio Neves, um dos principais conspiradores do golpe, e dos tucanos envolvidos em corrupção, todos impunes.
A credibilidade da “operação Lava-Jato” e de Sérgio Moro estão ruindo, segundo pesquisa do Instituto Ipsos, enquanto o ex-Presidente Lula dispara na preferência do eleitorado, em todos os institutos de pesquisa, podendo ser eleito no primeiro turno das próximas eleições. 
É sintomático o fato de os magistrados do Tribunal Federal de Recursos (TRF-4) apressarem o julgamento do recurso do ex-Presidente Lula contra a decisão do juiz Sérgio Moro de condená-lo, sem provas, e marcarem para o próximo dia 24 de janeiro. Eles perceberam o desmoronamento da credibilidade da Lava-Jato.
Outro fato relevante foi a atitude do procurador Deltan Dallangnol, que, por não conseguir nenhuma prova, recusou os recibos originais e periciados apresentados pelos advogados de defesa, de pagamento do aluguel de um apartamento que prova não ser o ex-presidente proprietário do imóvel.
Por outro lado, as redações da grande mídia se desesperam. Recorrem ao estoque de mentiras e crueldades de autoridades da Lava-Jato para disseminar, dia e noite, ódio contra o ex-Presidente Lula, a fim de legitimar as ações de Moro e Dallangnol.
Âncoras e comentaristas, nas telas, não se conformam e não conseguem conter a aflição ao verem a gangorra virar contra eles.
Se fosse apenas um ou outro instituto de pesquisa que tivesse revelado a opinião pública e a avaliação política dos brasileiros sobre o golpe, a operação Lava-Jato e a preferência eleitoral para a próxima eleição, poderia até ser questionado.
Mas são todos os institutos de pesquisa que demonstram claramente uma mudança rápida e radical da percepção da população sobre o que está acontecendo no Brasil.
Por mais dinheiro que Temer tenha injetado nas grandes corporações de mídia, para garantir apoio ao golpe, a realidade se impõe e o povo percebe o jogo político.
Os grupos Abril e Globo, por exemplo, andam mal, beirando o precipício, tendo que reduzir custos, mais uma vez, e demitir empregados.
A revista encalha nas bancas e os telejornais despencam os índices de audiência.
Algo parecido acontece com os livros sobre o juiz Sérgio Moro e a operação Lava-Jato, e com o filme “Polícia Federal – A Lei é Para Todos”: um fracasso. 
É a percepção do povo, estúpido! (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Aeroporto de Serra Talhada já pode receber voo noturno


Mais uma etapa da obra de requalificação do Aeroporto de Serra Talhada foi concluída. Testada e aprovada na noite dessa quinta-feira (21), a nova iluminação atende todos os requisitos técnicos que permitem as aeronaves pousarem e decolarem no equipamento durante o período noturno.
O primeiro avião a testar as luzes do aeroporto transportou o cantor Pedrinho Pegação, que faz show na Capital do Xaxado. Ainda nesta noite, outra aeronave pousará na cidade, desta vez levando Wesley Safadão, que também fará uma apresentação em Serra Talhada.
“Muitas pessoas estão envolvidas e focadas para que consigamos entregar à população o aeroporto em condições de receber aviões comerciais o mais rápido possível. Muito em breve, estaremos com todas as certificações em mãos. É mais uma importante ação da gestão do governador Paulo Câmara voltada para o desenvolvimento do Sertão do Pajeú”, destacou o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira.(Blog: O Povo com a Notícia).

Blog do BILL NOTICIAS

DESEMBARGADOR MANTÉM LIMINAR QUE IMPEDE DISSOLUÇÃO DO PMDB-PE


 A guerra entre o PMDB de Romero Jucá - que pretende dissolver o comando do partido no estado, hoje nas mãos do grupo do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), para entregá-lo ao grupo do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB), teve um importante capítulo esta semana.
É que o desembargador Josué Antônio Fonseca de Sena manteve a decisão da primeira instância, ou seja, negou a concessão da liminar suspendendo a dissolução do Partido do Movimento Democrático Brasileiro de Pernambuco (PMDB-PE), de acordo com reportagem de Carol Brito, na folhape.com.br. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

LÍDER DO PT NA ALESP DENUNCIA “GOLPE DE ALCKMIN PARA APROVAR AS CONTAS”


O líder do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo, Alencar Santana, denuncia "mais um golpe baixo" do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. De acordo com o parlamentar, "o que estão fazendo na Alesp hoje é ilegalidade, é desespero de quem tem medo da CPI da Tucanagem". "Estão passando por cima do regimento da Casa e impedindo a oposição de trabalhar. O presidente da Alesp envergonha o parlamento paulista ao se submeter aos interesses do governador", afirmou Santana, na tribuna.
Segundo o petista, "Alckmin utilizou de sua tropa de choque na Assembleia Legislativa (Alesp) para dar um golpe na oposição. Sob o comando do presidente da Cauê Macris (PSDB), os deputados de Alckmin começaram o dia restringindo o trabalho da oposição nas comissões de finanças e de fiscalização e controle, onde ocorriam as discussões do orçamento de 2018 e das contas de 2016. Contas nada transparentes como afirma o próprio TCE".
"As ilegalidades continuaram. Também não publicaram o parecer como determina o regimento e colocaram as contas em votação em sessões extraordinárias na própria sexta, numa clara demonstração de desespero. Em um dia de intensos debates que entrou madrugada a dentro, a oposição, comandada pela bancada do PT, conseguiu evitar a votação das contas e segue na luta pela instalação da CPI da Tucanagem para apurar a corrupção nas obras do metrô e de estradas do governo Alckmin", acrescentou. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

A exemplo de Petrolina nas eleições 2016, PSOL de Pernambuco terá chapa feminista para 2018


Em Pernambuco, o PSOL terá uma chapa majoritária feminista para as eleições 2018. As pré-candidatas foram apresentadas na manhã de ontem (22), no Recife: Dani Portela, historiadora e advogada, vai disputar o Governo do Estado; Albanise Pires, ex-presidente estadual da legenda, e Eugênia Lima, atual presidente do PSOL em Olinda, serão candidatas ao Senado. O Partido ressalta com esta proposta a necessidade do fortalecimento da participação das mulheres na política.
A gente quer dar protagonismo e levantar pautas que realmente são diferenciadas”,afirmou Dani Portela. Para ela os problemas de Pernambuco precisam ter soluções construídas coletivamente com a perspectiva de um olhar feminino. É isso mesmo. Em Petrolina as mulheres do PSOL também já marcaram história. Nas eleições municipais do ano passado, Perpétua Rodrigues e Isabel Macedo foram as primeiras a formar uma chapa para disputar a prefeitura. Ficaram bem longe de ganhar, mas deram seu recado. (Foto: Ascom/divulgação).(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Miguel Coelho alerta: “Não se surpreendam se a PF chegar à Prefeitura de Petrolina em busca de documentos da gestão passada”


Prestes a concluir o primeiro ano de mandato à frente da administração municipal, o prefeito de Petrolina Miguel Coelho (PSB) avaliou o desempenho do governo como bom, se levadas em conta as grandes dificuldades enfrentadas nesse início. Na confraternização realizada na tarde de ontem (22) com a imprensa local no Petrolina Palace, Avenida Cardoso de Sá, da qual também participaram o seu pai, senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB), e seu irmão, ministro de Minas e Energia Fernando Filho, Miguel acredita ter feito até mais do que estava esperando.
Foi um ano desafiador, mas de muitas conquistas e realizações. É nas dificuldades que a gente cresce. Aprendi muito esse ano”, avaliou o gestor. Ele disse que apesar de ter assumido o município com uma dívida de mais de R$ 230 milhões da gestão passada, conseguiu nesse primeiro ano, dentro do plano de contingenciamento do governo, economizar para os cofres públicos mais de R$ 30 milhões. “Isso nos possibilitou fazer investimentos, só com recursos próprios, superior a R$ 10 milhões”, avaliou.
O prefeito citou ainda um “grande esforço de articulação política” em Brasília, através do senador e do ministro, que culminou numa série de convênios celebrados com o governo federal, que vão se traduzir em investimentos para a cidade.
Perguntado sobre indícios de irregularidades constatadas pela Controladoria Geral da União (CGU) na prefeitura, Miguel se mostrou tranquilo. Ele justificou que o relatório da CGU faz menção aos anos de 2015 e 2016 – na gestão do ex-prefeito Julio Lossio (PMDB) – até março de 2017, quando já tinha assumido a prefeitura. No entanto, ele ressaltou que os desvios de finalidade, de mais de R$ 29 milhões, foram todos anteriores à sua gestão. “Estou muito tranquilo pela conduta e postura de todos que fazem a nossa gestão. Não posso falar o mesmo antes da gente chegar à prefeitura”, cutucou. A este Blog, o prefeito foi ainda mais direto: “Não se surpreendam se a Polícia Federal chegar à Prefeitura de Petrolina em busca de documentos da gestão passada”.(C.Britto).
Blog do BILL NOTICIAS

Sancionada lei que aumenta pena para motorista que dirigir sob efeito de álcool


São Paulo – Brasil – Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas Consumo de álcool associado à direção reduz 45%

Foi publicada nesta quarta-feira (20) a lei que aumenta pena contra motorista que dirigir alcoolizado ou sob o efeito de qualquer outra substância psicoativa. A pena passa a ser de reclusão de cinco a oito anos, além da suspensão ou proibição do direito de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo. A nova regra entra em vigor em 120 dias.
Antes, o tempo de detenção para quem dirigisse alcoolizado era de dois a quatro anos. A nova legislação também fixa que, se do crime de dirigir sob efeito dessas substâncias resultar lesão corporal de natureza grave ou gravíssima, o condutor terá como pena a reclusão de dois a cinco anos, além de outras possíveis sanções. No caso de ocorrer homicídio culposo, a legislação já previa o aumento de um terço da pena.
A diferença entre detenção e reclusão é um reforço punitivo contido no projeto sancionado hoje. No caso da detenção, as medidas são, em geral, cumpridas no regime aberto ou semiaberto. Já a reclusão é a mais severa entre as penas privativas de liberdade, pois é destinada a crimes dolosos – quando há intenção de matar.
Vetos: A lei teve origem no projeto 5568/13, de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP), passou pelo Senado e, depois, novamente pela Câmara. Hoje, ao sancionar a proposta, o presidente Michel Temer vetou artigo que previa a substituição da pena de prisão por pena restritiva de direitos nos crimes de lesão corporal culposa e lesão corporal de natureza grave decorrente de participação em rachas, quando a duração da pena fosse de até quatro anos.
O Palácio do Planalto informou que o veto objetivou dar segurança jurídica ao projeto. Isso porque “o dispositivo apresenta incongruência jurídica, sendo parcialmente inaplicável, uma vez que, dos três casos elencados, dois deles preveem penas mínimas de reclusão de cinco anos, não se enquadrando assim no mecanismo de substituição regulado pelo Código Penal”, conforme texto divulgado. (Via: Folhapress).(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

ODEBRECHT CONFIRMA PROPINA DE R$ 50 MILHÕES A AÉCIO


A Procuradoria-Geral da República (PGR) e a Polícia Federal (PF) encontraram novos indícios que, de acordo com os investigadores, reforçam a suspeita de que o senador Aécio Neves recebeu propina para atuar em nome de empreiteiras na construção da Usina de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia.
Tema de inquérito em curso no Supremo Tribunal Federal (STF), a acusação contra o tucano foi relatada por ex-executivos da Odebrecht em acordos de colaboração premiada. E teve impacto direto na delação de outra empreiteira, a Andrade Gutierrez, que foi obrigada a esclarecer sua participação no episódio. De acordo com os executivos da Odebrecht, Aécio recebeu R$ 50 milhões, repassados pela Odebrecht (R$ 30 milhões) e pela Andrade Gutierrez (R$ 20 milhões).
A Odebrecht sustenta a acusação com comprovantes bancários, entregues nos últimos meses, que, segundo a empresa, comprovam depósitos para o senador tucano, por meio de uma conta de offshore em Cingapura, que havia sido citada por um de seus ex-executivos, Henrique Valladares, em depoimento à PGR. A identificação do titular da conta ainda não foi revelada, mas Valladares diz que está vinculada ao empresário Alexandre Accioly, padrinho de um dos filhos de Aécio e integrante do grupo mais restrito de amigos do tucano. Aécio nega as acusações. Accioly rejeita com veemência a afirmação do delator, o único que sustentava, até aqui, seu envolvimento. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Fatalidade. Policial aposentado morre eletrocutado em Petrolina-PE

Resultado de imagem para Fatalidade


O policial e professor  aposentado, Paulo Bandeira, mais conhecido como Cabo Bandeira, morreu nessa quinta-feira(21) em Petrolina, quando tentava ajeitar o ar condicionado de uma residencia  onde ele estava, na Rua Três Marias, bairro José e Maria. A descarga elétrica foi muito forte, segundo testemunhas. Ele ainda foi conduzido a uma unidade hospitalar pelo SAMU, mas veio a óbito.
Cabo Bandeira, foi professor durante muitos anos no Projeto Senador Nilo Coelho e serviu a Policia Militar do Estado de Pernambuco, onde estava aposentado.
Deixa filhos e esposa. Aguardem novas informações. (C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Polícia encontra veículo utilizado por bandidos para tentar assaltar carro-forte em Araripina Carlos Britto - 22 de dezembro de 2017 16:37

. (foto/divulgação)

Uma equipe da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) encontrou, na manhã de hoje (22), nas proximidades de Ponta da Serra, zona rural de Araripina (PE), Sertão do Araripe, o veículo utilizado por bandidos para tentar assaltar um carro-forte na tarde de ontem (22), na BR-316.
Conforme a 9ª CIPM, o carro – um Chevrolet S-10, KGV-2198, de cor prata, placa de Petrolina – estava com arranhões e com a parte da ignição danificada. ‘Miguelitos’ (grampos metálicos) foram encontrados em caixas na carroceria do carro, que foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil (DPC) de Araripina. Ninguém foi preso.(C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

Coordenador de Bolsonaro no Nordeste é acusado de agressão contra mulheres

Lemos é presidente na Paraíba do Patriota, partido ao qual Bolsonaro negocia filiação para se lançar à Presidência em 2018, e aparece em ao menos 20 ocasiões em fotos e vídeos com o pré-candidato
Julian Lemos foi por três vezes alvo da Lei Maria da Penha, acusado de agressão pela irmã e pela ex-mulher
Julian Lemos foi por três vezes alvo da Lei Maria da Penha, acusado de agressão pela irmã e pela ex-mulherFoto: Reprodução/Facebook

Apresentado por Jair Bolsonaro (PSC-RJ) como seu coordenador político no Nordeste, o dirigente partidário Julian Lemos foi por três vezes alvo da Lei Maria da Penha, acusado de agressão pela irmã e pela ex-mulher. Os casos ocorreram em 2013 e 2016. Em um deles, o dirigente foi preso em flagrante.

Lemos é presidente na Paraíba do Patriota, partido ao qual Bolsonaro negocia filiação para se lançar à Presidência em 2018, e aparece em ao menos 20 ocasiões em fotos e vídeos com o pré-candidato. Em um dos vídeos, Bolsonaro chama Lemos de "meu homem de confiança da Paraíba". Em outro, deseja bom final de ano aos paraibanos, em especial a Lemos, que identifica como o seu coordenador político no Nordeste.

Leia também:
Partido que apoia Bolsonaro desmente filiação de Ronaldinho Gaúcho
Após dar carta branca para PM matar, Bolsonaro recua


Lemos se apresenta como consultor de segurança e diz ter conhecido Bolsonaro quando fez sua escolta em João Pessoa (PB). Os dois aparecem lado a lado na assinatura da pré-filiação de Bolsonaro ao Patriota. Dos três inquéritos, dois foram arquivados após a ex-mulher, Ravena Coura, apresentar retratação às autoridades, dizendo ter "se exaltado nas palavras e falado além do ocorrido".

A primeira queixa ocorreu em 2013, ocasião em que ela relatou às autoridades ter sido agredida fisicamente e ameaçada por arma de fogo. Lemos foi preso em flagrante.
Em 2016, a ex-mulher fez nova representação. Segundo relato aos policiais, seu ex-companheiro "é uma pessoa muito violenta" e a ameaçou dizendo: "Vou acabar com você, você não passa de hoje".

Seis meses depois, em documento entregue à Justiça pelos advogados de Lemos, ela diz que tudo não passou de uma "desavença banal" e afirma que o ex-marido "é um homem íntegro, honesto, trabalhador e cumpridor de todas as obrigações".

Leia também:
Voto anti-Lula migra para Bolsonaro por ele ter 'mais condições de vencer', diz presidente do PT


Na audiência em que ela se apresentou pessoalmente ao juiz, a ex-mulher disse que já havia perdoado seu ex-companheiro, manifestando o desejo de desistir da acusação.
O terceiro inquérito foi aberto em 2016 por representação da irmã do dirigente e está em andamento. Em depoimento aos policiais, Kamila Lemos afirmou ter tentado "apaziguar" uma briga do irmão com a ex-mulher, quando passou a ser ofendida e agredida fisicamente, com "murros, empurrões", tendo sido arrastada pelo pescoço. Laudo do IML confirmou escoriações.

Quase um ano depois os advogados de Lemos apresentaram carta com retratação da irmã sob o argumento de que o caso já fora resolvido pelas partes. A Justiça quer, porém, ouvi-la em audiência, que ainda não ocorreu porque Kamila estaria morando na Argentina. Por lei, casos de violência física seguem tramitando, ainda que a vítima desista da queixa. (Folhape).




Blog do BILL NOTICIAS

Marin é condenado nos EUA e promotoria pede prisão imediata

Ex-presidente da CBF acusado de participação no maior escândalo 
de corrupção na história do futebol
José Maria Marin pode pegar até 120 anos de prisão
José Maria Marin pode pegar até 120 anos de prisãoFoto: AFP



Os jurados do caso Fifa condenaram José Maria Marin, ex-presidente da CBF acusado de participação no maior escândalo de corrupção na história do futebol, por seis dos sete crimes de que era acusado em Nova York.

O tamanho da pena ainda será anunciado pela Justiça americana -não há data-limite para a divulgação. A juíza, Pamela Chen, determinou, no entanto, a prisão imediata do cartola, que aguardará a sentença no presídio.

Depois de seis dias de deliberações e mais de um mês de julgamento num tribunal do Brooklyn, Marin foi condenado pelo júri popular por organização criminosa, fraude financeira e lavagem de dinheiro envolvendo a negociação de direitos da Copa Libertadores e da Copa América.

No caso da Copa do Brasil, em que o cartola também era acusado de receber propina, Marin só foi condenado por fraude financeira, mas acabou sendo inocentado do crime de lavagem de dinheiro.

Esse não é o ponto final do caso. Marin e os demais réus ainda aguardam suas sentenças, sendo bem mais grave a situação do cartola brasileiro, que pode ter uma pena de até 120 anos de prisão caso receba a punição máxima por cada um de seus seis crimes.

Os meses que ele passou detido na Suíça, de maio a novembro de 2015, mesmo ínfimos diante do tempo de cadeia que ele pode pegar nos Estados Unidos, seriam descontados desse total -os dois anos de prisão domiciliar no aconchego de seu apartamento de luxo na Trump Tower, no coração de Manhattan, no entanto, não contam.

Numa estimativa conservadora, a juíza do caso afirmou que Marin pode enfrentar, no mínimo, dez anos de cárcere.

Leia também:
José Maria Marin é condenado pela Justiça dos EUA


Quando o veredicto foi anunciado, ele nem se mexeu, mantendo os olhos quase fechados enquanto seus advogados começaram a argumentar com a juíza para que ele não fosse mandado de imediato para o presídio, criticando a possibilidade de ele ficar "encarcerado no meio de homens e guardas que nem falam português".

"Ninguém diria que este homem de 85 anos agora tentaria fugir do país", disse Charles Stillman, advogado de Marin. "Ele não vai nem até o elevador de seu apartamento sem autorização. O Natal está chegando e a melhor coisa agora seria permitir que ele continuasse em sua casa. Ele estará aqui no dia da sentença e aceitará a punição."

Mas a juíza foi irredutível, alegando que há risco de fuga no caso de Marin e que esse risco aumenta agora depois de sua condenação. "Não vejo motivos para adiar uma prisão que vai acontecer", disse Chen. "É algo que os réus precisam entender."

O julgamento que acaba de chegar ao fim também turbina as buscas por outros réus ainda distantes do alcance da Justiça americana, entre eles Marco Polo Del Nero, recém-afastado do comando da CBF e de seu cargo junto à Fifa.

Em quase um mês de depoimentos num tribunal do Brooklyn, testemunhas no centro do esquema que pagou ao menos US$ 150 milhões em propina ao longo das últimas duas décadas deram detalhes de como uma indústria de pagamentos ilícitos atuou para irrigar contas dos dirigentes do futebol.

Na geografia secreta do esporte, firmas de fachada em paraísos fiscais como o Panamá e as Ilhas Virgens Britânicas foram usadas para fazer transferências para contas na Suíça, em Hong Kong, em Miami e Nova York -o fato de algumas dessas remessas passarem pela rede bancária americana foi o que trouxe a investigação para os EUA.

Também vieram à tona detalhes de uma era de luxo e ostentação às custas da Fifa.
Empresários do marketing esportivo como Alejandro Burzaco, da Torneos y Competencias, J. Hawilla, da Traffic, e Hugo Jinkis e Mariano Jinkis, pai e filho donos da Full Play, mimaram cartolas com viagens de jatinho, banquetes em restaurantes badalados e suítes de hotéis cinco estrelas por todo o planeta.

Os cenários da corrupção, no caso, eram tão vistosos quanto o volume de dinheiro desviado em paralelo a cada negociação de contrato de transmissão de torneios como a Copa América, a Libertadores ou a Copa do Brasil.

Um dia, por exemplo, toda a ação se desenrolava no bar do Copacabana Palace, no Rio, onde Burzaco diz ter se encontrado com Marin, Del Nero e Marcelo Campos Pinto, ex-executivo da Globo responsável por negociar os direitos esportivos para o canal.

Outro dia, era uma festa em Miami, onde Marin teria reclamado da mesa onde se sentou. Ou o Waldorf Hilton, hotel de luxo em Londres, onde ele e Del Nero se queixaram com Burzaco sobre um atraso na propina que tinham a receber pela Copa América.

O jet-set virou pesadelo, no entanto, quando a polícia prendeu sete cartolas sob o imenso lustre do Bar au Lac, hotel de frente para o lago que funcionava como QG dos chefões da Fifa em Zurique.

Desde aquele traumático 27 de maio de 2015, a vida desses cartolas sul-americanos e seus comparsas no marketing esportivo virou do avesso. E o esforço passou a ser esconder as provas de seus crimes.
No lugar de fotografias e vídeos alegres, entre eles uma gravação em que alguns dos condenados aparecem dançando bêbados de vinho, planilhas com codinomes embaraçosos e ordens de pagamento passaram a resumir uma rotina de transferências ilegais -milhões de dólares passando de conta em conta. (Folhape).


Blog do BILL NOTICIAS

Companhia da PM e ONG distribuem cestas básicas a famílias carentes de Juazeiro

(foto/divulgação)

A 75ª Companhia Independente de Polícia Militar (BPM) e a ONG ‘Ação da Cidadania’ realizaram a Campanha “Natal sem Fome”, distribuindo 230 cestas básicas a famílias carentes dos Bairros Itaberaba, Sol Levante, Tabuleiro e Jardim Primavera, em Juazeiro (BA). A iniciativa aconteceu na manhã de hoje (22).
A campanha arrecadou quase 2 mil alimentos não perecíveis. As famílias carentes do Jardim Primavera que não tiveram condições de se deslocarem até a sede da unidade, receberam suas cestas básicas em casa por uma guarnição da 75ª CIPM.
O Major PM Irlam Gouveia, comandante da 75ª CIPM se pronunciou sobre a ação social. “Conseguimos promover a união de policiais militares, empresas, ONGs, voluntários, enfim, cidadãos em prol de proporcionar uma ceia de natal para essas famílias carentes, um natal sem fome”, comemorou. (C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

Justiça determina novo concurso para o Banco do Brasil


O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT/10ª) determinou que o Banco do Brasil deve realizar novo concurso público para ingresso de servidores dentro de um período de até dois anos. A determinação se deve a um parecer sobre a situação de 6 mil escriturários nomeados para cargos de nível superior por meio de seleção interna, sem realização de efetivo concurso público. A justiça permitiu a manutenção destes servidores nos cargos, desde que a instituição promova a contratação de pessoal. A partir de agora também ficam proibidas novas seleções internas ou nomeações para cargos de confiança.  Porém, a instituição ainda pode recorrer da decisão.
O processo tramita na justiça desde fevereiro de 2015, quando foram consideradas ilegais as seleções internas, que promovem escriturários de nível médio para cargos que exigem conhecimentos específicos de nível superior.   Na época, ficou decidido que o banco deveria realizar concurso público para cargos de áreas específicas, como advogados, engenheiros e arquitetos. De acordo com o parecer jurídico, na ocasião, havia sido quebrado o princípio de ampla acessibilidade aos cargos, uma vez que pessoas habilitadas àquelas carreiras não poderiam concorrer às vagas existentes, que estavam sendo preenchidas por servidores de cargos de ensino médio, o que foi considerado inconstitucional.
Mesmo com o grande período de tempo sem realizar novo concurso público para escriturário e outros cargos de nível superior, sempre justificando a crise como impedimento para contratação de pessoal, de acordo com dados fornecidos pelo Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região,  a instituição fechou o primeiro trimestre de 2017 com um lucro líquido ajustado de R$2,5 bilhões, o que representa uma variação positiva de 95,6% em relação ao mesmo período de 2016. Já o lucro líquido contábil no período foi de R$ 2,4 bilhões, o que também corresponde a um crescimento de 3,6% em relação ao primeiro trimestre de 2016. Ainda assim, a instituição posterga a realização de novos concursos públicos.
Ainda segundo o sindicato, um dos motivos do bom desempenho se deve ao aumento de tarifas, que contaram com elevação de 10,5%. De acordo coma dirigente do sindicato e funcionária do Banco do Brasil Silvia Muto”é simbólico que um dos principais fatores que impactaram positivamente o lucro do BB seja o aumento de tarifas, o encarecimento dos serviços à população. Isso ocorre ao mesmo tempo em que reduz drasticamente o quadro de funcionários, sobrecarregando bancários e precarizando o atendimento. Ou seja, o banco está pagando mais caro por um serviço pior”,diz.
Vale lembrar que no final de 2016, a instituição promoveu um programa de demissão voluntária, que contou com a adesão de 9.400 servidores. Com isto foi feita a realocação de 9.300 pessoas que tiveram seus postos extintos com a redução depostos de atendimento.
Embora ainda não exista uma previsão de quando um novo edital  poderá ser publicado é importante lembrar que, na ocasião, o presidente da instituição, Paulo Rogério Caffarelli, disse que as  seleções deveriam voltar a ocorrer após todo este processo, tendo em vista que, segundo ele, a instituição conta com uma média de 2 mil saídas de funcionários por ano, o que garante a necessidade de igual número de pessoal todos os anos.  (Didi Galvão).

Blog do BILL NOTICIAS

INUNDAÇÃO E DESABAMENTO PROVOCAM QUASE 100 MORTES NAS FILIPINAS

REUTERS

Da Sputnik Brasil
Uma avalanche e inundações provocaram a morte de cerca de 90 pessoas nas Filipinas, comunica a mídia chinesa.
De acordo com a agência Xinhua, que cita suas próprias fontes, várias dezenas de pessoas estão desaparecidas.
Mais cedo, falava-se sobre 41 mortos e 45 desaparecidos.
A tormenta se deu em 19 de dezembro, provocou inundações e desabamento e afetou mais de 270 milhares de pessoas.
Atualmente, no país foram abertos 608 centros para evacuação que podem albergar 44 mil pessoas. Uma das províncias mais afetadas pela calamidade foi Biliran.
Além disso, um povoado rural poderia ter ficado "enterrado por uma avalanche devido às fortes chuvas causadas pelo tufão", assegurou Ryan Cabus, um funcionário local.(247).

Blog do BILL NOTICIAS