quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

CRISE DA SEGURANÇA SE ALASTRA: PARÁ E ESPÍRITO SANTO PEDEM TROPAS

Fotos: ABr | Reprodução

247
Após o Ceará, alvo de 161 ataques de facções criminosas em 39 cidades do estado desde a última quarta-feira (2), pedir ajuda federal para amenizar a violência no estado, os governadores Renato Casagrande (Espírito Santo) e Helder Barbalho (Pará) querem apoio da Força Nacional para a segurança em seus estados. 
Casagrande tem um encontro nesta quarta-feira (9) com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em Brasília, para tratar do reforço da segurança e da estrutura do sistema prisional do estado, que estaria sob ameaça por causa da superlotação. Barbalho pediu envio ao estado de 500 homens da Força Nacional para impedir o avanço da criminalidade. De acordo com a pasta da Justiça, a solicitação está em análise na pasta.
O jornal O Globo veiculou uma versão favorável tanto ao governo Temer como ao de Bolsonaro sobre uma suposto sucesso dos setores da inteligência do Estado -que não se confirma nas ruas do Ceará e agora espalha-se para outros Estados. Segundo o jornal, "fontes do primeiro escalão do ex-presidente Michel Temer e auxiliares diretos do atual ministro da Justiça, Sergio Moro, revelaram que o trabalho das forças de segurança conseguiu neutralizar, nos últimos dias de dezembro, a ação das facções criminosas dentro dos presídios. A inteligência policial não teria eliminado, porém, o risco de que os ataques, que se alastraram pelo interior do Ceará, migrem para prisões de outros estados".
Ou seja, a crise poderá alastrar-se ainda mais, pois há mais estados sob monitoramento do governo. De acordo com "interlocutores do ministro da Justiça" citados pelo jornal, um dos motivos da revolta entre os presos foi a decisão de Temer de não conceder indulto de Natal no fim do ano -o indulto não foi concedido por pressão direta do bolsonarismo, que considerou o indulto, uma tradição no país desde o Império, de ser um "presente de Natal para os bandidos".
Na semana passada, o Ceará recebeu recebeu 406 agentes da Força Nacional, 100 policiais militares da Bahia e 50 policiais rodoviários federais. Foram incendiados ônibus, carros particulares e oficiais, caminhões de entrega, caçambas de lixo, canteiro de obras, estacionamentos e até uma concessionária de veículo foram incendiados. Prédios públicos foram metralhados, um viaduto e uma ponte tiveram a estrutura danificadas. Também foram encontrados explosivos nos trilhos do metrô de Fortaleza.


Blog do BILL NOTICIAS

XENOFOBIA - Vídeo com ataques a nordestinos causa revolta nas redes

  Por: Bettina Novaes Ferraz
Um vídeo que circula pelas redes sociais desde a tarde dessa terça-feira (8), vem causando polêmica devido a comentários xenófobos contra as regiões Norte e Nordeste. Nas imagens, um grupo de homens comemora a vitória do presidente Jair Bolsonaro, que assumiu a presidência em 1º de janeiro. "Ele (Bolsonaro) falou que é o seguinte: agora é faca na caveira. A gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, de Roraima, do Norte", afirma um dos rapazes. 


Outro homem, que veste a camisa do clube de futebol Atlético Mineiro, completa: "Essa galera do Nordeste tem que parar de gastar o dinheiro que o Sudeste produz". Em seguida o rapaz que começou o vídeo concorda: "Exatamente, a gente tá cansado de produzir e aí vai lá e mula e aí vai lá, não sei o que, não tem água...", delcara. 

A gravação, que dura 30 segundos, foi associada à empresa pernambucana Dragão, fábrica de água sanitaria, que atua também nos estados de Alagoas e Ceará. A descrição do vídeo diz que um dos homens que aparece nas imagens seria filho do dono da marca. 

O gerente comercial da Dragão, Evyo Vieira de Melo, neto do já falecido fundador da empresa, Godofredo de Abreu e Lima, falou com o Diario sobre o assunto. "Nossa empresa foi fundada há 70 anos pelo nosso avô e lamento profundamente que este vídeo tenha sido atribuído de maneira irresponsável a um membro da nossa família. Não conhecemos este rapaz. Produzimos em vários estados da região e repudiamos estas atitudes". 

Nas redes sociais, a Dragão esclareceu que não tem ligação com as pessoas do vídeo e repudiou as delcarações xenófobas.

Confira a nota na íntegra
“Vimos esclarecer ao público, bem como aos nossos consumidores o nosso repúdio ao conteúdo veiculado no vídeo e nas mensagens que circulam nas redes sociais envolvendo o nome da marca DRAGÃO, caracterizando portanto #FAKENEWS.

Ressaltamos, contudo, que a DRAGÃO é uma empresa genuinamente NORDESTINA com muito orgulho, tendo fábricas nos estados de PERNAMBUCO, ALAGOAS E CEARÁ atuando há mais de 70 anos no mercado do Norte/Nordeste.

Lembramos ainda que o compartilhamento de #FAKENEWS é crime, previsto em lei.”(DP)



Blog do BILL NOTICIAS

RÚSSIA ALERTA: UMA GUERRA CONTRA A VENEZUELA SERÁ CATASTRÓFICA


247 
O vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov, fez um alerta nesta quarta-feira contra os planos dos Estados Unidos e de seus aliados, como o Brasil, de Jair Bolsonaro, de tentarem promover um golpe de estado contra o governo de Nicolás Maduro, na Venezuela. "É um momento importante, e nós sublinhamos de novo que a tentativa de recorrer à força militar, em uma situação considerada crítica por esses países, seria um desenvolvimento catastrófico. Nós advertimos algumas cabeças quentes em Washington de tal 'tentação'", afirmou. O Brasil tem se submetido à política externa dos Estados Unidos, importando conflitos desnecessários.
Leia, abaixo, a reportagem da Sputinik:
Agência Sputinik – Moscou adverte "várias cabeças quentes" em Washington de recorrerem à força militar na Venezuela, declarou hoje (9) o vice-ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov.
"Eu vejo com inquietação e preocupação as tentativas dos EUA de consolidarem a frente anti-Chávez entre os países da América Latina. É uma tendência alarmante", disse Ryabkov aos jornalistas.
Segundo o diplomata russo, mesmo os governos da América Latina com uma posição muito crítica em relação a Caracas excluem a possibilidade de uma intervenção militar nos assuntos venezuelanos.
"É um momento importante, e nós sublinhamos de novo que a tentativa de recorrer à força militar, em uma situação considerada crítica por esses países, seria um desenvolvimento catastrófico. Nós advertimos algumas cabeças quentes em Washington de tal 'tentação'", assinalou o vice-ministro.
No início de agosto do ano passado, teve lugar uma tentativa de atentado contra o presidente venezuelano Nicolás Maduro durante o desfile militar em Caracas com o uso de drones carregados de explosivos. Maduro saiu ileso, porém 7 soldados ficaram feridos. Maduro acusou do atentado a oposição e o ex-presidente da Colômbia Juan Manuel Santos, acrescentando que estava ciente da preparação de uma conspiração contra ele com o apoio dos EUA.
Segundo Maduro, perto da fronteira com a Venezuela está sendo preparado um grupo de 730 mercenários que, em qualquer momento, podem começar provocações militares com o objetivo de neutralizar uma série de bases militares no território venezuelano. Além disso, as autoridades colombianas alegadamente concederam uma base aérea no seu território aos participantes do plano.


Blog do BILL NOTICIAS

Selvageria! Cachorro é enterrado vivo e resgatado após moradores ouvirem seu choro

    Via:Vinicius de Santana

Lívia Marra
Um cachorro de porte grande e muito debilitado foi resgatado nesta terça-feira (8) após ter sido enterrado vivo, em Barra de São Miguel, Alagoas.
Segundo o Projeto Acolher, que divulgou imagens do resgate em rede social, o animal estava em um buraco, em um terreno baldio, e foi localizado por moradores da região, que ouviram seu choro. Uma das fotos exibidas pela ONG mostra que ele tinha uma corda amarrada na pata.
Sujo, cheio de carrapatos e sem forças, o cachorro, que ganhou o nome de Dogão, foi socorrido por voluntários e levado em estado grave a uma clínica veterinária.
O Cachorro já resgatado tomando soro em uma unidade de tratamento
Com suspeita de cinomose em estágio avançado e devido ao risco de contaminação na unidade, Dogão foi transferido no fim da tarde para a sede do projeto. Ali, apesar de não andar e do estado delicado, conseguiu se alimentar sozinho, o que encheu os protetores de esperança.
“O que leva uma pessoa a enterrar vivo um cachorro? Porque ele é velho? Porque não tem mais a serventia de antes?”, escreve a ONG em uma publicação, que mostra o cachorro tomando soro.
Não há informações sobre o responsável pelo abandono.
Maus-tratos a animais é crime com pena prevista de três meses a um ano de detenção, além de multa. Para que o responsável seja punido, casos de abandono, agressão, negligência devem ser denunciados às autoridades.
https://www.facebook.com/naine.teles/videos/1792615950842449/

Blog do BILL NOTICIAS

Paulo Câmara define segundo escalão do governo até esta sexta-feira(11)

   Via: Blog: O Povo com a Notícia


O governador Paulo Câmara (PSB) deve concluir até sexta-feira (11), a escolha dos nomes que figurarão como presidentes e diretores de empresas do segundo escalão em seu segundo mandato. O socialista tem pressa por conta da atualização da folha de pagamento do estado. Como a reforma administrativa do Executivo aprovada pela Assembleia Legislativa exonerou os cargos comissionados em 31 de dezembro de 2018, para que esses servidores recebam o salário do mês é preciso renomear os que continuarão na gestão.
De acordo com uma fonte do governo, o critério adotado por Paulo Câmara para escolher o segundo escalão e renomear os cargos comissionados serão outros. Se na primeira gestão do socialista, os partidos da base aliada, a exemplo do PP, tiveram forte poder de decisão para fazer as indicações, agora o “filtro de seleção” será outro. “Tanto nas escolhas dos presidentes das empresas como na ocupação de outros cargos comissionados haverá o olhar atento do governador. Como os partidos não foram chamados para nenhum ministério no governo federal e outros tiveram votação abaixo do esperado tanto na eleição de deputado federal quanto estadual, Paulo Câmara chega nesse mandato com outra postura para negociar os espaços no governo”, explicou um governista, em reserva.
As indicações para a Compesa, o Detran-PE e o Porto de Suape são da cota pessoal do governador. A Compesa permanecerá com Roberto Tavares, o Detran será comandado pelo ex-presidente da Copergas Roberto Fontelles e Suape deve ser presidida pelo ex-secretário da Fazenda, Marcelo Barros.
Já a Copergas ficará nas mãos do ex-secretário da Casa Civil André Campos. A administração de Fernando de Noronha deve permanecer com Guilherme Rocha e o Laboratório Farmacêutico de Pernambuco (Lapefe) com o advogado Flávio Gouveia, ambos na cota do PP.


Blog do BILL NOTICIAS

PROMOÇÃO DE FILHO DE MOURÃO IRRITA BOLSONARO


247
O presidente Jair Bolsonaro teria ficado irritado com a divulgação da promoção do filho do vice-presidente Hamilton Mourão, Antonio Hamilton Rossell Mourão para um cargo no Banco do Brasil com salário de R$ 36 mil.
"Integrantes do núcleo duro de Jair Bolsonaro garantem que o presidente 'não sabia do caso' e que se sente 'traído'", diz o site O Antagonista, apoiador do governo Bolsonaro.
Mourão filho também passa a integrar o Programa de Alternativas para Executivos em Transição (PAET), que garante bônus na saída para quem ocupou cargo no banco por dois anos, um valor que pode chegar a R$ 2 milhões.
A indicação contraria a política de promoções do banco e o discurso do presidente Jair Bolsonaro (PSL), de que combateria o aparelhamento de estatais e de empresas públicas (leia mais).


Blog do BILL NOTICIAS

Dermatologista do IMIP alerta para a importância do uso do protetor solar no verão

  Via:Vinicius de Santana


No verão, os cuidados com a pele devem ser redobrados devido às altas temperaturas, sobretudo no Nordeste.
De acordo com o dermatologista do IMIP, Valter Kozmhinsky, é muito importante o uso de protetor solar para se proteger do sol. O médico dá algumas dicas de como utilizá-lo de forma eficaz e segura, chamando a atenção para o cuidado redobrado que os pais devem ter com as crianças.
Confira as dicas:
– O protetor solar deve ser aplicado de duas em duas horas, mas se houver exposição excessiva ao sol, atividades na água, ou muita perda de suor, a reposição deve ser reforçada de hora em hora.
– Essa recomendação vale, inclusive, para aqueles que preferem a sombra, pois a luz solar é refletida na água e na areia, por exemplo. É indicado ainda o uso de chapéus, bonés, óculos escuros, roupas com proteção UVA e UVB, sombrinhas e sombreiros, como aliados ao uso do protetor, esse sempre indispensável.
– Para as crianças, os cuidados devem ser redobrados, pois o risco de insolação é alto. Até os 6 meses de idade, no entanto, não é recomendável o uso de protetor solar, pois a criança pode desenvolver alguma alergia ou irritação.
– O ideal é manter os bebês novinhos na sombra, com camisetas e chapéu – principalmente das 10h às 17h, quando o sol é mais forte A partir do sétimo mês, a proteção solar deve se tornar um hábito.
– O fator de proteção 30 é o indicado para a maioria dos pequenos, mas, caso a pele do bebê seja muito clara, o melhor é optar por um FPS acima de 40. Além disso, o protetor ideal é o que bloqueia tanto os raios UVA (de efeito cumulativo que, com o tempo, levam ao envelhecimento da pele) como os UVB (responsáveis pela vermelhidão e sensação instantânea de queimadura).
– Para adultos e crianças é preciso aplicar uma camada generosa de protetor antes da exposição ao sol, pois ele costuma demorar, em média, 20 minutos para penetrar na pele.
Segundo o dermatologista, cerca de 70% dos cânceres de pele ocorrem na face, por isso, todo cuidado é pouco na hora de se proteger do sol.
Para curtir o verão e manter a saúde as dicas são: beber muito líquido, dando preferência à água mineral, água de coco e sucos naturais; optar por roupas leves, de preferência de algodão; realizar refeições leves ao longo do dia e, se possível, frescas ou na temperatura ambiente; utilizar as proteções indicadas e usar um hidratante pós-sol para pele.

Blog do BILL NOTICIAS

Agressão sofrida por idoso no Pina teria sido resposta a ironia; mulher é indiciada

A motivação do crime foi apresentada pelo delegado Ramon Teixeira, titular da Delegacia de Boa Viagem, responsável pelas investigações, que acredita que a agressão foi premeditada
  Por: Vinícius Andrade
Agressor de 35 anos, identificado como Bruno Alves, está foragido.
Agressor de 35 anos, identificado como Bruno Alves, está foragido.Foto: Reprodução/Internet


Um triângulo amoroso e um comentário sobre a atuação da esposa como mãe. Esses foram os ingredientes, segundo a Polícia Civil de Pernambuco, para a agressão sofrida por William José de Souza, 62, e praticada pelo ex-fisiculturista Bruno Nunes Elihimas, de 35 anos, em uma rua do bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, no último dia 29 de dezembro. 

A motivação do crime foi apresentada na manhã desta terça-feira (8) pelo delegado Ramon Teixeira, titular da Delegacia de Boa Viagem, responsável pelas investigações, que acredita que a agressão foi premeditada. Segundo o delegado, Bruno (que está no Cotel) tinha uma relação extra-conjugal com Edylla Katharine de Oliveira Carneiro, 28 anos. O comentário, confirmado em depoimento pelo próprio idoso, teria sido de que o marido de Edylla (que não teve o nome revelado) era pai e mãe das crianças. Quando soube disso, Edylla, que também foi indiciada pelo crime, ficou bastante irritada, segundo as investigações do delegado.

De acordo com as câmeras de segurança, no dia da agressão, o carro de Edylla chegou à garagem por volta das 10h da manhã. Quando a mulher subiu ao apartamento, segundo o delegado, a primeira coisa que fez foi perguntar ao marido onde estava William. 
William tinha ido ao supermercado e chegou ao prédio cinco minutos depois de Edylla. Bruno estava dentro do carro da jovem. Quando ela subiu para o apartamento, o carro deixou o prédio, mas voltou ao edifício minutos depois. 

O delegado acredita que o retorno do veículo tenha sido feito em razão de Edylla ter comunicado a Bruno que William estava no prédio. Logo depois que William entregou as compras e estava deixando o prédio, Bruno saiu do carro, o seguiu e o agrediu. O delegado afirmou que, através das câmeras de segurança, Bruno não tinha intenção de assassinar William por tê-lo empurrado após as agressões. 

O delegado indiciou Bruno e Edylla por lesão corporal grave. Bruno já se encontra preso e a prisão de Edylla vai ser decidida pelo judiciário.

As versões de que o idoso teria agredido verbalmente ou fisicamente a mulher foram negadas pelo delegado. Também foi invalidada a história de que Edylla estava grávida de 2 ou 3 meses e teria abortado após uma discussão com William. O delegado afirmou que não há indícios de que ela estava realmente grávida. 

Entenda o casoO guardador de carros William José de Souza, 62 anos, morador de Brasília Teimosa, foi violentamente agredido na manhã do dia 29, na Rua Amazonas, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, por Bruno Nunes Elihimas, de 35 anos. A agressão, ocorrida por volta das 10h17, foi registrada por câmeras de segurança. 

De acordo com a Polícia Civil, a vítima teve ferimentos no rosto, perdeu os dentes e chegou a ser encaminhada para a UPA da Imbiribeira, mas, devido à gravidade das lesões, seguiu para o Hospital da Restauração. 

Dois dias depois de ter sido flagrado pelas câmeras de segurança, Bruno foi encaminhado ao Centro de Obervação e Triagem Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, onde cumpre prisão preventiva, depois que passar por exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML). 

Questionado se estava arrependido da agressão, Bruno afirmou que sim. Marcelo Soares, seu advotado, informou que o guardador de carros "por diversas vezes" agrediu verbalmente a namorada de Bruno e que ocorreu uma agressão física, no dia 26 de dezembro, "quando arremessou uma panela em direção a ela" - "Razão pela qual ela perdeu o bebê", afirmou o advogado. 

Ramon Teixeira delegado titular da delegacia de Boa Viagem
Ramon Teixeira delegado titular da delegacia de Boa ViagemFoto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco




Blog do BILL NOTICIAS

SEQUÊNCIA INÉDITA DE ERROS E RECUOS LEVOU PÂNICO POLÍTICO A ALIADOS

REUTERS/Adriano Machado

247 - O volume de recuos e informações desencontradas no governo Bolsonaro acarretou um princípio de pânico político nos quadros mais experientes do governo. É consenso de que se trata do início de governo mais errático e confuso da história. A sequência inédita de informações desencontradas, recuos, falsas polêmicas, 'lavação de roupa suja' e notícias desfavoráveis a integrantes do governo assustou, sobretudo, dirigentes de legendas que se aproximam da nova gestão.
A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "a avaliação é a de que os nomes que estão na linha de frente da administração vêm abusando do direito de errar e que ou o presidente dá, e logo, um freio de arrumação em sua casa ou pode encontrar na volta do recesso um Congresso hostil e disposto a apostar na desorganização para extrair vantagens. Dirigentes partidários experientes dizem que há, sim, tempo para recolocar as coisas em ordem, mas ressaltam que Bolsonaro, pessoalmente, deve enquadrar seu pessoal e rearranjar a forma do governo de se comunicar."
A matéria acrescenta que "nos últimos dias, o presidente anunciou aumento do IOF, revisão da tabela do imposto de renda e uma idade mínima para a reforma da Previdência. Foi desmentido. Depois, a tese de que o país poderia abrigar uma base militar americana foi abandonada. E, após duas reuniões ministeriais, nada de metas. As cerejas do bolo foram as notícias de que Onyx Lorenzoni (Casa Civil) usou notas fiscais sequenciais da empresa de um amigo para solicitar verba indenizatória da Câmara, dada pelo Zero Hora, e a mega promoção obtida pelo filho do vice-presidente, Hamilton Mourão, no Banco do Brasil."


Blog do BILL NOTICIAS

Após polêmica, MEC recua e anula mudanças em edital de livros didáticos

  Por: Diario de Pernambuco
Ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez. Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez. Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil


A quarta-feira (9) foi marcada por mais um recuo do governo Jair Bolsonaro. Depois de uma forte repercussão negativa nas redes sociais, o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, decidiu anular as mudanças realizadas no edital PNLD (Programa Nacional do Livro Didático) 2020, que regulamenta a produção do conteúdo dos livros didáticos no país. O edital tinha sido lançado no primeiro dia útil no governo, 2 de janeiro.

O edital anulado hoje acabava com a necessidade de citação de origem do conteúdo (referências bibliográficas). O item que abordava que a publicação deveria ''estar isenta de erros de revisão e/ ou impressão" e o tópico relacionado à ausência de ''publicidade, de marcas, produtos ou serviços comerciais" também tinham ficado de fora. Além destes, outras determinações excluídas pela atualização foram a prevenção da violência contra a mulher e a promoção da cultura quilombola e dos povos do campo.

Leia abaixo a nota do MEC na íntegra:
"O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, decidiu tornar sem efeito o 5º Aviso de Retificação do edital do PNLD 2020, publicado no dia 2 de janeiro, tendo em vista os erros que foram detectados no documento cuja produção foi realizada pela gestão anterior do MEC e enviada ao FNDE em 28 de dezembro de 2018.
O MEC reitera o compromisso com a educação de forma igualitária para toda a população brasileira e desmente qualquer informação de que o Governo Bolsonaro ou o ministro Ricardo Vélez decidiram retirar trechos que tratavam sobre correção de erros nas publicações, violência contra a mulher, publicidade e quilombolas de forma proposital".



Blog do BILL NOTICIAS

MINISTRO DO MEIO AMBIENTE DIZ QUE MULTA DO IBAMA CONTRA BOLSONARO FOI POR QUESTÃO IDEOLÓGICA

REUTERS/Adriano Machado


247 - O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, criticou a multa que havia sido aplicada contra o presidente Jair Bolsonaro por pesca ilegal em 2014, e em dezembro de 2018, ainda no governo Temer, retirada pelo órgão após um parecer da AGU (Advocacia Geral da União). Salles disse que o fato de Bolsonaro ter sido flagrado com uma vara na mão em área protegida não é evidência suficiente para a autuação.
"Ele não foi multado por pescar. Ele foi multado porque estava com uma vara de pesca. O fiscal presumiu que ele estava pescando. Então, veja bem, o exemplo que você deu já mostra como a questão ideológica permeia a atuação estatal nesses casos", afirmou à Folha de S.Paulo, logo após ter sido nomeado.
Ao anular a multa, o Ibama do Rio de Janeiro argumentou que Bolsonaro não teve amplo direito de defesa nem teve resguardada a garantia de contraditório. A decisão retira o nome de Bolsonaro do cadastro de pessoas físicas e jurídicas que têm dívida ativa com a União e faz o processo voltar à estava zero dentro do Ibama.


Blog do BILL NOTICIAS

Acompanhado do deputado Fernando Filho, Miguel Coelho vistoria pavimentação de ruas em área ribeirinha de Petrolina

  Via:Carlos Britto
Foto: Jonas Santos/PMP divulgação


O prefeito Miguel Coelho vistoriou, na manhã desta quarta-feira (09), as obras de pavimentação em andamento na área ribeirinha de Petrolina. Do pacote que contemplará as comunidades da Tapera, Roçado, Agrovila Massangano, Caatinguinha e Sítio São João, já estão prontas 17 ruas. Segundo a assessoria, ao todo serão beneficiadas 60 vias por meio de um investimento de R$ 2,3 milhões.
A visita foi acompanhada pelo deputado federal Fernando Filho, responsável pela liberação dos recursos que vão pagar as obras. A comitiva visitou ruas na Tapera, que já estão prontas, e conversou com os moradores e trabalhadores envolvidos nos serviços.
A meta, segundo Miguel, é concluir a pavimentação na região ribeirinha até março ou abril. “São mais de oito quilômetros de ruas calçadas nessas obras. A região ribeirinha talvez nunca tenha recebido tanta prioridade como agora, demonstrando que o interior voltou a ser valorizado pela prefeitura com o apoio do deputado Fernando Filho e do senador Fernando Bezerra”, destacou.
A ação faz parte de um grande programa de infraestrutura, o ‘Petrolina Cresce’. A iniciativa deve chegar a mais de 250 ruas e avenidas na área urbana e zona rural da cidade.
Foto: Jonas Santos/PMP divulgação






Blog do BILL NOTICIAS

HADDAD IRONIZA CENSURA E PUBLICIDADE NOS LIVROS DO MEC: SÓ PODE SER SACANAGEM



247 - O ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação Fernando Haddad, que foi ao segundo turno na disputa à presidência pelo PT nas eleições de outubro, ironizou a mudança no edital de compra de livros didáticos assinada em 2 de janeiro pelo governo Bolsonaro. Os livros serão distribuídos em 2020 a milhões de adolescentes de 11 a 15 anos no país (6º a 9º ano).
"A imprensa só pode estar de sacanagem", tuitou Haddad, ao republicar uma reportagem do jornal O Estado de S.Paulo sobre o tema. Haddad tem reagido com ironia às agressões do atual governo no campo da ideologia e de retirada de direitos dos trabalhadores. No Instagram, ele comentou o seguinte em uma postagem sobre o mesmo assunto: "Bozo, por favor, me deixa preparar minhas aulas. Não estou conseguindo me concentrar. Sei que você não gosta de professor, mas eu nunca te pedi nada!".
Pelas novas regras do edital, estão censuradas nos livros didáticos todas as referência à violência contra a mulher, à promoção da cultura quilombola e dos povos do campo; as ilustrações dos livros não podem mais retratar "a diversidade étnica da população brasileira, a pluralidade social e cultural do país"; os livros não precisam mais conter referências bibliográficas; está liberada a publicidade de produtos e empresas; acaba também a garantia de qualidade dos livros, o item que dizia que a obra deveria "estar isenta de erros de revisão e /ou impressão".




Blog do BILL NOTICIAS