quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Mancha de óleo já atinge foz do Rio São Francisco no Litoral de Alagoas

Crédito: Simone Santos/Projeto Praia Limpa


A foz do Rio São Francisco, em Piaçabulu, no litoral de Alagoas, foi atingida pela mancha de óleo de origem ainda desconhecida que se espalha pela costa do Nordeste. Segundo levantamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), até agora já foram atingidas 132 praias em 61 cidades dos nove estados da região.
O secretário de Meio Ambiente e Turismo de Piaçabuçu, Otávio Augusto, disse ao G1 que acompanhou os trabalhos e que além das manchas achadas em trecho da areia do rio, também foram encontradas no local duas tartarugas mortas cobertas de óleo. Segundo a Petrobras, o material é petróleo cru e os substratos não correspondem aos encontrados no petróleo extraído no Brasil. A mancha no rio está em um ponto da areia da praia a cerca de 150 metros da água. Equipes já foram ao local para fazer a limpeza e evitar que o material se espalhe pelo rio.
A praia do Pontal do Peba, vizinho à foz, fica dentro de uma Área de Proteção Ambiental (APA), que teve extensa faixa de areia coberta pelas manchas desde o sábado (5). O material também chegou no mesmo dia ao Pontal do Coruripe, no município de Coruripe (AL). As prefeituras de Piaçabuçu e de Coruripe fizeram a retirada no material ontem com ajuda de retroescavadeiras, de acordo com o UOL.
O padrão dessa mancha ao longo da costa é que em praias oleadas apareceu em forma de vestígios, de material quebrado. Mas tanto a de Aracaju quanto essa do Pontal do Coruripe, têm forma concentrada de 100 a 200 metros, com a mancha principal. São manchas enormes, do tamanho de um carro, e a onda foi rasgando um pouco”, diz o coordenador de atendimento a acidentes tecnológicos do Ibama Marcelo Amorim. (Fonte: Correio)


Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário