segunda-feira, 20 de maio de 2019

BOLSONARO VOLTA A XINGAR ESTUDANTES: 'IDIOTAS'

TV Globo

247 - Jair Bolsonaro voltou a chamar os estudantes brasileiros de "idiotas úteis" e atacou mais uma vez a imprensa. Foi na noite deste sábado (18), na portaria do Palácio do Alvorada, onde foi receber alunos de uma das escolas particulares mais caras do país, o Colégio Bandeirantes. Um dos jovens, apoiador de Bolsonaro, tentou ajudá-lo a consertar o estrago que fez em Dallas, ao xingar os estudantes brasileiros. Mas o presidente reagiu e reafirmou: "Em Dallas, eu falei sim, que eram, faziam lá, uma parte, são idiotas úteis. É verdade, ué. Tô mentindo? O Cara, eu vi aí, um pessoal que teve na rua, ouvindo a molecada. 'O que você tá fazendo aqui?' Não sabe de nada". No próximo dia 30, nas ruas, os estudantes brasileiros, com professores, funcionários e pessoas que se preocupam com a educação  no país irão responder ao xingamento.
Bolsonaro chegou à portaria com ânimo belicoso e renovou seus ataques à educação. Antes que os alunos falassem qualquer coisa, saudou-os dizendo: “E este movimento do pessoalzinho aí que eu cortei verba, o que vocês acharam?”, indagou Bolsonaro, em tom pejorativo. “Um lixo. A gente é estudante de verdade. A gente estuda”, respondeu um dos alunos da escola particular, tem mensalidade ao redor de R$ 4 mil.
A imprensa esteve também na alça de mira presidencial. Bolsonaro afirmou que boa parte dela vive de desinformar e deturpar, "mostrando o contrario do que acontece".
O presidente ainda lançou críticas à autonomia das universidades, dizendo que os reitores têm que prestar contas “do que está acontecendo”. Disse: "A Universidade, por exemplo, os reitores têm autonomia. Mas, hoje em dia, parece que eles têm, na verdade, autonomia total, soberania. Têm que prestar as contas do que está acontecendo.”
Bolsonaro também criticou a qualidade do ensino público no país: “O currículo escolar não é bom. No meu tempo, na idade de vocês, colégio público era bom. Colégio particular não era bom. Hoje, inverteu o negócio. O colégio particular pago, como regra, é bom. O público, como regra —como regra, antes que a imprensa fale que estou atingindo todo mundo— não é bom”, disse Bolsonaro.
"Para alguns grupos está difícil a vida. Acabou a teta, né?", afirmou ainda Bolsonaro. Nenhum dos alunos do Colégio Bandeirantes perguntou a ele sobre Fabrício Queiroz.


Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário