quarta-feira, 24 de outubro de 2018

                                    Por: Vinicius de Santana
                Por: Vinicius de Santana
Será realizado em Petrolina durante os dias 26 e 27 de Outubro, o 1º Feirão Limpa Nome em comemoração aos 38 aos da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL – Petrolina. A iniciativa surgiu em parceria com a Câmara de Conciliação e Mediação do Vale do São Francisco (CCMVASF), para oferecer a população e a empresas a oportunidade de quitação de dívidas pensando nas compras e vendas para o Natal.
“O Natal é o período em que as expectativas de vendas são as maiores do que os outros períodos do ano. Pensando nisso queremos dar a oportunidade para que os consumidores quitem as suas dívidas e reabilitem o seu crédito para fazer as suas compras de final de ano”, informou Valdivo Carvalho, Diretor Executivo da CDL Petrolina.
Estarão participando instituições financeiras, comércio, serviço, prefeitura e concessionária de água. Algumas das empresas participantes são BH Magazine, Master Magazine, Sarom Móveis, Lojas Lubb, Agência Municipal do Empreendedor – AGE, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Caixa Econômica entre outras.
De acordo com as conciliadoras, Cleuma Pedreira e Marcelle Mendes, a participação da CCMVASF irá contribuir incentivando o uso do diálogo, através dos institutos da mediação e conciliação, visando à solução de conflitos entre empresas e clientes, para que restabeleçam vínculos e resolvam de forma mais flexível e menos burocrática suas pendências financeiras. Dessa forma, a CCMVASF, ao participar do Feirão Limpa Nome, trará qualidade de vida  aos envolvidos no evento, promovendo a pacificação social, além de contribuir para o aquecimento das vendas de final de ano.
“Convidamos toda população para estar participando desse Feirão e não perder a oportunidade de quitar suas dívidas. Essa é uma ação voltada para limpar o nome do devedor, ajudar as empresas participantes a recuperar os seus créditos e consequentemente o seu capital de giro”, afirmou Manoel Vilmar, Presidente da CDL Petrolina.
Além da ação limpa nome, o feirão também vai proporcionar uma ação social em parceria com a Universidade de Pernambuco (UPE) e o Sesc, oferecendo serviços como, testes de colesterol e glicemia, aferição de pressão arterial, orientação e avaliação nutricional, avaliação física e atividades recreativas no dia 26/10 das 8h às 12h.
O 1º Feirão Limpa estará funcionando na quadra do Sesc Petrolina, parceiro do evento, no dia 26/10 das 8h às 18h e no dia 27/10 das 8h às 15h. Para mais informações, participação ou dúvidas, entrar em contato através do telefone, (87)3862-1322. (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

HADDAD: “ELE NÃO VAI A DEBATE PORQUE É FROUXO”

BuzzFeed/Ricardo Stuckert


Em entrevista na noite desta quarta-feira 24 no Largo da Batata, zona oeste da capital paulista, onde milhares de pessoas estão reunidas em defesa da candidatura da democracia, Fernando Haddad (PT) chamou seu adversário de "frouxo" por não comparecer aos debates de presidenciáveis na TV, apesar de ter recebido autorização médica para isso.
"As instituições estão se sentindo ameaçadas pela família Bolsonaro e por tudo que ele representa", criticou Haddad. "E ele não vai a debate porque é frouxo. Não tem hombridade para discutir comigo o destino do país. Não pode ser presidente uma pessoa que foge tanto", atacou ainda.
"A eleição podia estar decidida até ontem. Hoje é provável. Ele vai descobrir que amanhã de provável ela será possível. No sábado, o gato vai subir no telhado. E no domingo ele vai descobrir que perdeu. O povo brasileiro vai falar sim à esperança, ao amor e à generosidade", disse ainda Fernando Haddad.247


Blog do BILL NOTICIAS

Jarbas anuncia apoio à candidatura de Haddad

   por Magno Martins

Eleito senador por Pernambuco nas eleições deste ano, o ex-governador do Estado Jarbas Vasconcelos (MDB) conversou com o líder da Oposição a Temer no Senado, Humberto Costa (PT-PE), na manhã de hoje, e anunciou o seu apoio à candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República.
Para Humberto, a campanha de Haddad ganha um apoio de peso nesta reta final, pois Jarbas, político experimentado, já chega ao Senado cotado para assumir a presidência da Casa.
“Foi com muita satisfação e alegria que recebi essa ligação telefônica dele no dia de hoje. Na verdade, eu já esperava que isso acontecesse porque ele sempre se caracterizou por ser um defensor da democracia. Jarbas jamais deixaria de ter um posicionamento altivo num momento tão crítico da nação brasileira como o atual, quando a liberdade, a democracia e o respeito à Constituição estão em risco por conta da ameaça que representa a candidatura de Jair Bolsonaro”, afirmou Humberto, que foi reeleito na Frente Popular de Pernambuco ao lado de Jarbas.
Humberto avalia que o colega tem uma brilhante história de luta em defesa da democracia e mostra coerência com os seus princípios, se posicionando na sua vida pública, mais uma vez, ao lado do povo e das causas democráticas. “É uma grande chegada à nossa frente, que recebe Haddad em Pernambuco nesta quinta-feira. É a hora da virada. As pesquisas já mostram isso. É a hora da vitória”, disse.
Para o líder da Oposição, a adesão de Jarbas à candidatura de Haddad vai estimular muitas lideranças políticas importantes em nível nacional, que têm peso, assim como Jarbas, a externarem o apoio a Haddad. “Estamos falando de um apoio precioso. Espero que posições semelhantes, de pessoas também influentes nacionalmente, façam o mesmo”, comentou.


Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARO DESPENCA E HADDAD SOBE FORTE ENTRE EVANGÉLICOS


A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23) aponta que Jair Bolsonaro perdeu muito espaço nao eleitorado evangélico, tradicionalmente associado à sua candidatura. Bolsonaro perdeu 12 pontos entre os evangélicos que dizem votar nele "com certeza" em apenas uma semana, passando de 55% para 43%. Já Fernando Haddad subiu seis pontos: cresceu de 16% para 22% os eleitores evangélicos que afirmam votar "com certeza" nele.
A rejeição a Bolsonaro entre os evangélicos saltou seis pontos, de 23% para 29%; a de Haddad despencou 12 pontos, de 60% para 48%.
A rejeição a Bolsonaro entre os evangélicos vem crescendo nos últimos dias com a criação de movimentos contrários ao discurso de ódio e preconceito proferido pelo candidato de extrema direita. Grupos como a Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito, o "O Amor Vence o Ódio", e "Evangélicos Contra Bolsonaro", além de religiosos autônomos, que estão se opondo ao apoio de igrejas neopentecostais como a Universal do Reino de Deus (IURD) e a Assembleia de Deus, que têm feito pressão para que seus fiéis votem no candidato do PSL.
A primeira perda na bancada eleita com o apoio evangélico pró-Bolsonaro já se fez registrar. O pastor da Assembleia de Deus e Sargento da PM e deputado estadual pela Bahia, Pastor Sargento Isidório (Avante), que foi eleito o deputado federal com a maior votação na Bahia, 323.264 votos, passou a apoiar a candidatura de Haddad.
"Haddad é professor, casado com a mesma mulher durante 30 anos, pai de família. Fiquei com o filho do diabo mentindo. Descobri o perigo que a nação corre quando alguém diz que policial que não mata não é polícia. Violência gera violência. Vamos às urnas sabendo que o PT errou, mas quem não errou? Mas não pode generalizar", disse ao justificar a mudança de palanque.
Segundo dados do Censo de 2010 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil segue sendo a maior nação católica do mundo, mas o número de evangélicos é crescente no país e, na época, já chegava a 22,2% da população.
A pesquisa Ibope, contratada pelo jornal O Estado de S. paulo e pela TV Globo, ouviu 3.010 eleitores entre os dias 21 e 23 de outubro. O levantamento possui margem de erro de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95% A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo BR‐07272/2018.
Confira os dados na Pesquisa Ibope.


Blog do BILL NOTICIAS

Cara de Pau! Mulher casada é indiciada após simular sequestro para viajar com o “amante do Facebook”

Um suposto desaparecimento de uma cabeleireira, investigado pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Civil de Mato Grosso, foi solucionado nesta segunda-feira (22), em Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, Alline Figueiredo da Cruz, de 28, anos, que era considerada desaparecida desde a última quarta-feira (17), simulou um sequestro para ficar com o amante dela, Marcelo de Souza Arruda. Eles se conheceram pelo Facebook. Alline foi encontrada no domingo (21) dizendo que foi vítima de sequestro. No entanto, em depoimento à polícia, Alline confessou que simulou o desaparecimento para ficar com Marcelo. O G1 não localizou o advogado dela.


Foto reprodução

À polícia, ela explicou que teve a ideia de inventar o sequestro para justificar a ausência dela ao marido. O casal viajou para uma propriedade rural no Distrito de Mimoso, em Santo Antônio de Leverger, a 35 km de Cuiabá. Segundo a GCCO, Alline e Marcelo foram autuados nesta segunda-feira por falsa comunicação de crime. As investigações apontaram eles montaram uma versão fictícia de um sequestro que teria ocorrido no município de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.
O caso
Familiares de Alline denunciaram o desaparecimento na quinta-feira (18) relatando que a última vez que havia sido vista foi na noite de quarta-feira. Naquela ocasião, ela afirmou ao marido que iria para um shopping em Várzea Grande para participar de um curso na área de estética e beleza. Desde a comunicação do suposto desaparecimento, a polícia fazia buscas pela cabeleireira. Alguns familiares da jovem chegaram a receber telefonemas no dia seguinte ao desaparecimento, onde um homem se identificou como sequestrador. O suposto sequestrador teria passado instruções para que a polícia não fosse comunicada de nada, caso contrário Alline seria morta.
Durante todo o final de semana a GCCO ouviu depoimentos e investigou pistas do suposto sequestro. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) fez perícia no carro da mulher que foi encontrado abandonado perto da Avenida Fernando Corrêa, na capital. Na noite de domingo, Alline pediu ajuda da Polícia Militar. Ela relatou ter sido rendida por três criminosos armados que a obrigaram a seguir com eles em outro automóvel, sendo mantida trancada no quarto de uma residência durante quatro dias. Segundo relato da mulher, os supostos criminosos a teriam libertado apenas no domingo, na Rodovia dos Imigrantes. Ao contrário do que Alline explicou, testemunhas disseram à polícia que a viram tomando cerveja em uma lanchonete, acompanhada de um homem.
Confissão
Em depoimento na delegacia, Alline confessou que estava durante os quatro dias em companhia de Marcelo, que conheceu pelo Facebook há aproximadamente um mês. Ela declarou que na noite de quarta-feira teria ingerido muita bebida alcoólica, fazendo com que perdesse o horário de voltar para casa. No dia seguinte, ela declarou ter tido a ideia de montar um falso sequestro para justificar sua ‘ausência’ ao marido. Alline e Marcelo foram para uma propriedade rural em Mimoso, onde permaneceram até a tarde de sábado (20). A propriedade é do pai de Marcelo. Ela admitiu que comprou um chip para que fosse feito contato com a família se passando por sequestrador. A ligação foi feita por Marcelo. A mulher também detalhou que rasgou a própria roupa antes de pedir ajuda à polícia. Marcelo ainda está sendo ouvido na GCCO. Ainda conforme a polícia. Marcelo teria tentado evitar a situação, alertando a Alline que simular um sequestro era uma coisa grave.(Portal de Noticias)

Blog do BILL NOTICIAS

Aos poucos, eleitor percebe que Bolsonaro é lobo em pele de lobo

     Por:Paulo Moreira Leite/247

No próximo  domingo, 28 de outubro, o país se encontra diante da mais grave encruzilhada em 129 anos de República. Nossos direitos e conquistas nunca enfrentaram uma ameaça tão direta e tão grave como numa eventual vitória de Jair Bolsonaro.
Construída sobre os escombros já visíveis da Constituição de 1988, sabotada cotidianamente por inimigos das garantias individuais e do bem estar social, a campanha de Bolsonaro não guarda nenhum traço democrático, nenhum compromisso de instituições criadas há 30 anos na esperança sempre nobre de impedir o retorno do Brasil a uma ditadura.
Seu  projeto político é instituir um governo pelo terror, instrumento de poder das piores ditaduras,  regimes nos quais a legislação é um enfeite esmagado pelo medo, os direitos e garantias são princípios sabotados pela violência, os adultos são humilhados a toda hora e as famílias não sabem se filhos e filhas voltarão vivos e sem escoriações para casa.
Quem ainda não compreendeu a originalidade nefasta do processo em curso no país através de sua candidatura só precisa prestar atenção ao colunista da Folha Celso de Rocha Barros: "Jair Bolsonaro não representa o regime de 64. Representa sua dissidência extremista, que revoltou-se contra a abertura de Geisel. O ídolo de Bolsonaro não é o moderado Castelo Branco, que provavelmente gostaria mesmo de ter restaurado a democracia. Não é o Geisel, que matou gente, mas deu início à restauração. Não é nem, vejam só, Médici. O ídolo de Bolsonaro, a entidade a quem consagrou o impeachment, é o torturador Brilhante Ustra". (Folha, 21/10/2018).
LOBO EM PELE DE LOBO
Viabilizado através da degola à sangue frio da candidatura Luiz Inácio Lula da Silva, comprovadamente imbatível nas urnas,   o candidato de extrema-direita militar chega à reta final com apoio dos oportunistas sem  escrupulos e dos covardes sem disfarces. Fez uma campanha na qual  evitou comprometer-se com qualquer ideia, mesmo aquelas inspiradas pelo Pinochet econômico formulado por assessor, o guru Paulo Guedes. Sem uma única proposta clara para tirar o país da pior crise econômica em 100 anos Bolsonaro porta-se como uma máquina política alimentada exclusivamente pela força dos próprios preconceitos, base de um comportamento que a Constituição enquadra como criminoso mas jamais foi punido porque sempre houve quem percebesse que sua retórica poderia ter utilidade política  -- uma dia. Como hoje.   
Se a experiência eleitoral ensina que a maioria dos candidatos são lobos em pele cordeiro, a campanha de Bolsonaro é uma monstruosidade escancarada -- do lobo que se apresenta como lobo, mostra as garras e exibe uma ferocidade insuspeita para estraçalhar quem tem outra história de vida, outras ideias, outra compreensão dos problemas do problemas do país.  É assim que ele definiu o papel de um eventual governo sob seu comando como "uma faxina" e ameaça perseguir  a Folha de S. Paulo, que publicou a reportagem sobre o caixa 2 de empresários que alimentou a máquina de fake news no primeiro turno. Já deixou claro que enxerga o Judiciário, a começar pelo STF, como uma instituição que deve ficar a seus pés, sem um fiapo da autonomia e da  separação entre poderes que a civilização instituiu em fins do século XVIII. Nos moldes típicos como se fosse um  tirano do absolutismo, mas atualizados pela linahgem dos retrocessos totalitários do século XX,  uma semana antes da corrida às urnas Bolsonaro colocou-se na posição de perseguir e punir adversários políticos, a quem considera como  inimigos que devem ser eliminados da vida política:  
 -- Seu Lula da Silva, se você estava esperando o Haddad ser presidente pra assinar o decreto de indulto, eu vou te dizer uma coisa: você vai apodrecer na cadeia. Brevemente você terá Lindbergh Faria pra jogar dominó no xadrez. Aguarde. O Haddad vai chegar aí também. Mas não será pra visitá-lo, não. Será pra ficar alguns anos ao teu lado. Já que vocês se amam tanto, vocês vão apodrecer na cadeia.  
Sempre referindo-se de forma odiosa a Lula, Bolsonaro emprega linguagem das oligarquias que instituiram o Brasil da República Velha, reconstruindo o regime escravocrata ao tratar a questão social como caso de polícia, para dirigir-se a movimentos sociais de valor histórico e reconhecimento dentro e fora do país: "Bandidos do MST, bandidos do MTST, as ações de vocês serão tipificadas como terrorismo. Vocês não levarão mais o terror ao campo ou a cidade. Ou vocês se enquadram e se submetem às leis ou vão fazer companhia ao cachaceiro lá em Curitiba".
LÍDER QUE NÃO LIDERA
A brutalidade na linguagem é uma marca nos discursos de Bolsonaro, e não há dúvida que ela inspira o inaceitável pronunciamento de seu filho Eduardo, sugerindo o fechar o STF com o emprego de um soldado e um cabo. Num movimento previsível de passagem da teoria à prática, crescimento nas pesquisas foi acompanhado de uma violência inédita na história recente de nossas campanhas eleitorais. Já se produziu  uma morte simbólica, o líder comunitário baiano Moa do Katendê, apenas o caso mais conhecido de tantos que não foram esclarecidos, sem falar em dezenas de feridos, que podem anunciar uma escalada de violência fora de controle.
"Bolsonaro é um líder que não lidera", define a socióloga Ângela Alonso, presidente do Cebrap, em entrevista ao Valor Econômico (17/10/2018). "Ele libera. Não tem conexão orgânica com esses grupos. Não tem um partido estruturado. O apoio é de natureza mais difusa. É isso o que torna esse fenômeno muito mais perigoso do que a ala liberal que o apoia imagina.  Mesmo que adote um discurso moderado, ele não vai controlar isso. Ele permitiu que viesse para o espaço público uma forma de ação direta que não é por meio das instituições."
Em síntese: o candidato que se apresenta como campeão da ordem, inclusive com emprego de métodos ilegais de perseguição política, é aquele que estimula a violência descontrolada, num comportamento que, com todas as distâncias devidas pelo  tempo e lugar, tem antecedentes sombrios na história de movimentos totalitários.
Por exemplo: milícias armadas no período em que o nazismo consolidava-se no poder, a violência bruta e descontrolada das tropas de assalto conhecidas como SA forçou o próprio Hitler a determinar que fossem dissolvidas.
Hoje, quando faltam quatro dias para a corrida as urnas, o caráter temerário da candidatura Bolsonaro já foi identificado inclusive por setores que apoiam seu programa econômico, como o Valor Econômico, das Organizações Globo.
"Sinais ruins para a democracia continuam sendo emitidos pelo staff de campanha de Jair Bolsonaro (PSL), " escreve o Valor em  seu editorial. "Bolsonaro tem pouco apreço pela democracia, como demonstrou em seguidos discursos públicos a favor da ditadura e da tortura".
Num país que caminha para escolher o presidente em urna, ritual democrático que deve ser preservado mais do que nunca, o Valor alerta para uma equação política  preocupante para os próximos dias. Lembra que Bolsonaro, " segue pondo em suspeição as urnas eletrônicas". Sublinha que mantém a postura " coerente com sua pregação anterior mesmo aos embates eleitorais, de que seria o vencedor e de que não aceitaria outro resultado. Esse destino, para ele, só seria frustrado por meio de fraudes", acrescenta o jornal. Fica para o leitor, desde já, sobre o tipo de reação a se aguardar na noite de domingo, caso o resultado das urnas não seja do agrado de Bolsonaro.
É um dado importante, quando se recorda que, conforme o último levantamento do Ibope, a rejeição de Haddad caiu e a de Bolsonaro, subiu. A distância entre os dois candidatos diminuiu quatro pontos e, nos atos de massa do Partido dos Trabalhadores, têm surgido insuspeitos sinais de ânimo.
A revelação do caráter abertamente impopular das propostas de Bolsonaro, inclusive ensino à distância, em famílias da periferia que mal conseguem encher a geladeira e vão precisar de computador e cuidadeira para as crianças, tem ajudado a lembrar que o lobo veste pele de lobo.
Quando se comparam os votos consolidados, aquele de eleitores que nunca irão mudar de opinião, funcionando como a ancora de cada candidato, a diferença é 37 pointos a 31. 
Alguma dúvida? 

Blog do BILL NOTICIAS

Transposição recebe licença de operação

   Por:Vinicius de Santana
Foto: Reprodução/YouTube

Foto: Reprodução/YouTube

Depois de oito anos de atraso em seu cronograma original, o primeiro eixo da Transposição do São Francisco finalmente recebeu licença de operação, documento fornecido pelo Ibama que autoriza, oficialmente, o funcionamento do sistema de entrega de água na Região Nordeste do País.
A licença de operação (LO) foi concedida para o chamado “eixo leste” da transposição, rede que começa na barragem de Itaparica no município de Floresta (PE) e avança por 217 quilômetros, cortando municípios do interior de Pernambuco e Paraíba.
Desde o início do ano passado, a transposição passou por diversos atos oficiais de “inauguração” de seus trechos, envolvendo visitas dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, e do presidente Michel Temer. Em termos práticos, porém, todas as operações parciais realizadas até agora na transposição do São Francisco se resumiam a testes da estrutura. O funcionamento efetivo só é permitido após a emissão da licença de operação.
A autorização foi dada após avaliação de uma série de programas ambientais de monitoramento da qualidade da água, conservação de fauna e flora, fornecimento de água e apoio técnico para pequenas atividades de irrigação. A estrutura é formada por estações de captação e bombeamento de água, canais de concreto armado em leito natural, aquedutos, túneis, reservatórios intermediários e linhas de transmissão. A obra deve levar água para cerca de 4,5 milhões de pessoas em 168 municípios.
Cronograma
As obras da transposição tiveram início em 2007. A previsão original era que ficassem prontas em 2010, mas o atraso tomou conta de todo o empreendimento, que acabou envolvido em acusações de superfaturamento e falhas de projeto. A previsão original era de que a obra custaria R$ 4,5 bilhões. Até o ano passado, os investimentos já passavam de R$ 8,2 bilhões.
O eixo leste é a parte menor no projeto. O governo ainda trabalha na conclusão do chamado “eixo norte”. A calha de 477 quilômetros de extensão está em fase de construção e, segundo informações do Ministério da Integração, pode ser concluída ainda neste ano. Em fevereiro, foi acionada a estação de bombeamento de tomada de água desse eixo, no município de Cabrobó (PE). A água, que segue pela calha por gravidade, tem avançado para os reservatórios e estações elevatórias seguintes. No eixo norte, avançará em direção ao Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Neste segundo eixo, o projeto deve beneficiar cerca de 7,1 milhões de habitantes de 223 municípios.

Blog do BILL NOTICIAS

Secretaria de Ensino a Distância da Univasf abre processo seletivo para curso de Ciência da Computação

   Por: Carlos Britto
Campus Sede da Univasf, no Centro de Petrolina. (Foto: Blog do Carlos Britto)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), por meio da Secretaria de Educação a Distância (SEaD), está abrindo processo seletivo para o preenchimento de 150 vagas destinadas ao curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciência da Computação, ofertado na modalidade a distância, no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB). As inscrições podem ser realizadas até o próximo dia 5 de novembro.
De acordo com a assessoria, estão aptos a participar do processo seletivo candidatos que concluíram o ensino médio. A quantidade de vagas será dividida em três modalidades: alunos de escola pública, professores da rede pública em exercício da profissão e ampla concorrência. Das vagas ofertadas, 50% são destinadas a estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas, conforme o Edital N˚ 22/2019.
As inscrições são feitas através do site da SEaD. A taxa é R$ 50,00 e deve ser paga até 6 de novembro. A isenção da taxa pode ser solicitada até o dia 28 de outubro. Na inscrição, o candidato indicará somente uma opção entre as modalidades de ingresso.
As vagas serão distribuídas entre cinco polos de apoio presencial: Jaguarari, Campo Formoso, Capim Grosso, Remanso (na Bahia) e Afrânio (PE) cada um terá 30 vagas, 15 destinadas a estudantes de escolas públicas, 10 para ampla concorrência e 5 para professores da rede pública. O ingresso no curso de graduação a distância ocorrerá por meio da utilização da pontuação obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) das últimas cinco edições, realizadas de 2013 a 2017, ou por meio da carta de intenções que funcionará como processo seletivo para as vagas reservadas aos professores da rede pública de ensino.
Resultado
O resultado final do processo seletivo será divulgado no dia 12 de novembro. As matrículas serão realizadas nos dias 19 e 20 de novembro no polo que o candidato escolheu. As aulas estão previstas para iniciar no dia 26 de novembro. O curso de Ciência da Computação terá a duração de quatro anos. Mais informações podem ser obtidas no site da SEaD ou através do telefone (87) 2101- 6821.

Blog do BILL NOTICIAS

Escada rolante desaba e deixa vinte feridos em Roma

Todos os veículos da imprensa local mencionaram o caso de uma vítima que teria perdido 'metade de um pé'

  Por: AFP - Agence France-Presse
Torcedores russos do CSKA começaram a pular todos juntos na escada, provocando o desabamento. Foto: Reprodução



Vinte pessoas ficaram feridas, sobretudo nas pernas, depois que parte de uma escada rolante desabou no centro de Roma, o que teria sido provocado por torcedores russos do CSKA de Moscou, noticiou a imprensa italiana nesta terça-feira (23).

Segundo a agência AGI, "um grupo significativo de torcedores do CSKA, provavelmente sob efeito de álcool, começaram a pular todos juntos, provocando o desabamento" de parte da escada rolante. A escada levava a uma estação de metrô no centro de Roma que foi fechada ao público após o incidente. Carros de polícia e ambulâncias se dirigiram ao local.

Segundo a rede de televisão Sky-TG24, citando fontes policiais, havia 20 feridos, a maioria russos, um deles em estado grave. A AGI noticiou que cerca de quinze torcedores do CSKA de Moscou ficaram feridos, dois deles em estado grave. Todos os veículos de imprensa mencionaram o caso de um russo que teria perdido "metade de um pé".

A procuradoria de Roma abriu uma investigação, assim como a ATAC, empresa de transportes públicos de Roma. A polícia determinou que parte da estação de metrô afetada fique sob auspícios judiciais.

A prefeita de Roma, Virginia Raggi, se dirigiu ao local do acidente. O clube moscovita enfrenta a Roma nesta terça-feira na capital italiana.



Blog do BILL NOTICIAS

Museu do Sertão de Petrolina ganha espaço virtual de visitação

   Por: Vinicius de Santana

Além de ser um dos equipamentos que contam a história dos petrolinenses e do homem sertanejo, o Museu do Sertão está entre os mais antigos pontos de cultura de Petrolina. E para quem não pode ir até o memorial, o equipamento ganhou um espaço virtual e pode ser visitado também pelo site https://www.valetourvirtual.com/museudosertao/ .
Entre as mais de mais de três mil peças que podem ser vistas, estão as alas: Acervo Arqueológico; Fauna e Flora; Casa Sertaneja; Jardim Sertanejo; Cultura e Economia; Petrolina Ontem; Religiosa; e Galeria dos Prefeitos. Além de espaços sobre personalidades petrolinenses, como o mágico Marcos Hione, que fez sucesso no Brasil e no mundo.
Sobre o Museu:
O Museu do Sertão foi inaugurado no dia 27 de outubro de 1973, pelo então prefeito de Petrolina, Geraldo Coelho. O espaço tem entrada livre e funciona das terças-feiras aos sábados, das 9h às 17h e aos domingos de 9h às 14h, na rua Esmelinda Brandão, Centro, Petrolina (PE). Os agendamentos para grupos podem ser feitos através do email museudosertaopetrolina@gmail.com , pelo WhatsApp (87) 9 8803-0335 ou pelos telefones (87) 3862-1943 / (87) 3862-1534. (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

DORIA DERRUBA BOLSONARO E HADDAD LIDERA EM SÃO PAULO


SP 247 - Levantamento do Ibope sobre intenções de voto para presidente na cidade de São Paulo mostra que a associação do candidato do PSDB governador, João Doria (PSDB), está contribuindo para alavancar a candidatura de Fernando Haddad (PT) a presidente. 
Segundo o Ibope, a alta rejeição ao tucano na capital que ele abandonou tem feito o "Bolsodoria", voto casado nele e em Jair Bolsonaro (PSL), tem pior desempenho entre os paulistanos do que entre os moradores do interior de São Paulo.
Na cidade de São Paulo, Haddad disparou de 19,7% de votos no primeiro turno para 51% da intenções de voto, contra 49% de Bolsonaro, de acordo com o Ibope. Já o candidato do PSB a governador,l Márcio França, lidera com 18 pontos de vantagem em relação ao tucano.
Doria renunciou ao cargo de prefeito para disputar o governo do estado pouco mais de um ano depois de assumir, em 2017, mesmo tendo se comprometido a ficar na prefeitura até o fim do mandato. 48% dos eleitores da capital dizem que não votam nele, contra 25% dos do interior, segundo o Ibope.


Blog do BILL NOTICIAS

Caminhão e carga são recuperados logo após roubo na BR-116

   Por: Carlos Britto

Um caminhão e a carga de mercadorias diversas avaliada em R$ 300 mil foram recuperados, na terça-feira (23), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia  Militar da Bahia (PMBA) na BR-116, em Abaré, no Sertão baiano. O veículo havia sido roubado momentos antes na mesma região.
Policiais realizavam uma fiscalização de trânsito em Belém de São Francisco (PE), no Sertão de Itaparica, quando receberam informações sobre um caminhão que havia sido roubado enquanto seguia de São Paulo para o Ceará. Ao chegar ao local indicado, encontraram o caminhão atravessado sobre a rodovia. Foram realizadas buscas no local, mas ninguém foi localizado.
Pouco depois, o motorista que havia sido vítima do roubo foi encontrado em um posto de combustíveis da região. Ele informou que havia sido abordado por quatro homens armados, que o retiraram da cabine e levaram o veículo.
A ocorrência foi conduzida pela PMBA e o caminhão devolvido ao motorista. Com informações da PRF.

Blog do BILL NOTICIAS

LUIS MIGUEL: VIOLÊNCIA DE BOLSONARO COMEÇOU A ASSUSTAR O ELEITORADO


247 - O cientista político Luis Felipe Miguel ressaltou que a diferença de votos entre os presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) "caiu em todas as regiões do Brasil". "A rejeição a Bolsonaro subiu. O eleitor dele se mostra menos convicto", escreveu o analista no Facebook.
"O tempo é curto, mas estamos nas ruas e podemos virar. O ponto central é que a violência de Bolsonaro finalmente começou a assustar o eleitorado. E a campanha dele não tem como reagir, porque ele não tem nada a oferecer além de mais violência", acrescentou.
De acordo com levantamento divulgado pelo Ibope, nesta terça-feira (23), o candidato do PSL tem 57% dos votos válidos em nível nacional, contra 43% do seu adversário. Em votos totais, o deputado federal tem 50% e Haddad, 37%. Votos brancos e nulos somam 10% e os indecisos são 3%. Bolsonaro tem 40% de rejeição e o seu oponente, 41%.
Luis Felipe Miguel
Há 13 horas
A diferença caiu em todas as regiões do Brasil. A rejeição a Bolsonaro subiu. O eleitor dele se mostra menos convicto.
O tempo é curto, mas estamos nas ruas e podemos virar.
O ponto central é que a violência de Bolsonaro finalmente começou a assustar o eleitorado. E a campanha dele não tem como reagir, porque ele não tem nada a oferecer além de mais violência.

Blog do BILL NOTICIAS

Folha de São Paulo pede que Policia Federal investigue ameaças a profissionais

Resultado de imagem para Folha de São Paulo

Folha de São Paulo
A Folha entrou com uma representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ontem, solicitando à Polícia Federal que instaure inquérito para apurar ameaças contra uma jornalista e um diretor da empresa.
Os ataques começaram após a publicação da reportagem “Empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp”, na última quinta-feira.
O jornal considera haver indícios de uma ação orquestrada com tentativa de constranger a liberdade de imprensa.
A autora da reportagem, Patrícia Campos Mello, recebeu centenas de mensagens nas redes sociais das quais participa e por e-mail.
Entre sexta-feira, dia seguinte à publicação, e ontem, um dos números de WhatsApp mantidos pelo jornal recebeu mais de 220 mil mensagens de cerca de 50 mil contas do aplicativo.
O caso suscitou manifestações de repúdio por entidades internacionais nesta terça-feira.
Para Emmanuel Colombié, diretor do escritório da RSF (Repórteres Sem Fronteiras) na América Latina, “os ataques do candidato Jair Bolsonaro e de seus apoiadores contra o jornal Folha de S.Paulo são inaceitáveis e indignos de um partido que pretende governar o país”.
O CPJ (Comitê para a Proteção dos Jornalistas), organização independente de defesa da liberdade de expressão, fez um apelo para que as autoridades brasileiras garantam a segurança da jornalista.
O WhatsApp de Patrícia foi hackeado. Na invasão, parte de suas mensagens mais recentes foi apagada e seu aparelho enviou mensagens pró-Bolsonaro para alguns dos contatos da agenda telefônica da profissional.
Ela recebeu duas ligações telefônicas de número desconhecido nas quais uma voz masculina a ameaçou.
As ameaças à jornalista também se alastraram por grupos de apoio ao presidenciável do PSL no WhatsApp. Foram distribuídas mensagens convocando eleitores do capitão reformado para confrontar Patrícia no endereço onde aconteceria um evento que seria moderado por ela, na próxima segunda-feira (29).
A jornalista foi alvo de memes com ofensas distribuídas por meio de Twitter, Facebook e outras redes.
Os agressores também fizeram circular uma foto anexada a um texto em que afirmam que era Patrícia uma mulher desconhecida que aparece na imagem abraçada ao presidenciável petista Fernando Haddad. O programa de checagem Folha Informações já desmentiu essa imputação.
Patrícia Campos Mello permanece na apuração do caso.
O diretor-executivo do Datafolha, Mauro Paulino, também foi alvo de ameaças, no seu Messenger e em sua casa.
Dois outros jornalistas da Folha que colaboraram com a reportagem, Wálter Nunes e Joana Cunha, também foram alvo de um meme falso.
A mensagem simula uma conversa fantasiosa em que José Sergio Gabrielli, coordenador da campanha petista, teria encomendado a reportagem aos jornalistas.


Blog do BILL NOTICIAS

Portaria da AMMPLA proíbe mototaxistas de Petrolina de usar touca ninja no serviço

                       Por:Carlos Britto


A partir de agora os mototaxistas cadastrados em Petrolina estão terminantemente proibidos de usarem no serviço a balaclava – mais conhecida por touca ninja. A portaria contendo a determinação foi expedida no dia de ontem (23), pelo diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA), Edilson Leite, o ‘Edilsão do Trânsito’.
Segundo o gestor, a decisão foi tomada porque este equipamento não consta da Portaria n°10/13, que dispõe sobre o vestuário obrigatório dos profissionais que fazem esse serviço. Além disso é uma forma de garantir a segurança dos usuários, já que há casos registrados de supostos mototaxistas cometendo delitos na cidade.
O mototaxista que for flagrado com a touca ninja poderá ser autuado e pagar uma multa no valor de 50 UFMs – cerca de R$ 150,00 – pelo uso irregular da vestimenta, conforme Decreto 83 de 2009.

Blog do BILL NOTICIAS

Haddad e o governo de união nacional

  Por:Emir Sader/247
Stuckert

O país foi levado à beira do abismo por setores das elites dominantes, que só pensam nos seus estreitos interesses. Para eles, que se dane o país, contanto que não volte a existir um governo em que estão contemplados os interesses de toda a população.
Com resultado dessa politica aventureira, o Brasil está correndo o grave risco de ser governado por um capitão expulso vergonhosamente das FFAA brasileiras, que tem saudade da ditadura militar, que faz a apologia da tortura, que prega soluções violentas que matem a 30 mil pessoas, entre elas FHC, que declarou que não aceita outro resultado que não seja sua vitória, que promove o ódio às mulheres, aos negros, aos LGBT, aos quilombolas, que ameaça os opositores com a prisão ou o exílio, que ameaça diretamente a órgãos da mídia.
Esse perigo promove o pânico entre setores de todas as ideologias em todos os cantos do mundo, apavorados que alguém com essas posições, absolutamente descontrolado, que não aceita debate público, que ameaça instalar uma tirania no Brasil, possa ser eleito presidente do país no próximo domingo.
Bolzonazi pode ter cometido um grave erro: ao invés de apaziguar sobre suas verdadeiras intenções, escancarou-as. Coloca em risco a setores cada vez mais amplos da sociedade com suas fanfarronices. Pode ser que se sinta seguro de ganhar de qualquer maneira, mas coloca em risco o país.
O que está em jogo não é apenas a democracia, mas a própria segurança física das pessoas. A polícia terá sinal verde para resolver na bala qualquer circunstancia, alegando armamento de alguém, como aconteceu com pessoas até com guarda-chuva.
Haddad tem que oferecer ao país paz, garantia dos direitos de todos, escola, trabalho, convivência de todos na diferença, Estado de direito, liberdade de expressão e de organização. Votar nele é dará uma nova chance ao Brasil, votar no seu opositor é fechar todas as possibilidades da paz voltar a reinar no pais, é decretar a guerra de todos contra todos, é impor a lei da bala, em que quem está mais armado triunfa sobre os outros, em que a polícia não defende o cidadão, mas atira para matar diante da simples suspeita.
Haddad tem que aparecer para os brasileiros como o pacificador, quem representa para o mundo o Brasil pacífico, diverso, que acolhe todas suas diversidades. Que respeita o direito de todos, que se projetou no mundo como o campeão na luta contra a fome e a miséria.
Não ha alternativas: ou é a guerra de todos contra todos, a disputa selvagem entre todos, com o Estado protegendo as elites milionárias, ou é a construção de um pais para todos. O Brasil está às portas de uma decisão que compromete o futuro do pais por muito tempo. A pesada herança do governo Temer já tinha despeito quase tudo o que pais tinha construído de bom. Como poderemos suportar a continuidade do neoliberalismo, agora acompanhado de uma brutal política discriminatória e repressiva?
Haddad é a alternativa de um Brasil democrático, de paz e de solidariedade.

Blog do BILL NOTICIAS

Ex-presidente do PSDB, Goldman declara apoio a Haddad

Tucano afirmou que a fala em que Jair Bolsonaro (PSL) insinua perseguição a opositores "ultrapassou qualquer limite do aceitável" e "não quero pagar para ver"

  Por: Folhapress
Ex-presidente do PSDB Alberto Goldman
Ex-presidente do PSDB Alberto GoldmanFoto: George Gianni/ PSDB


ex-governador de São Paulo Alberto Goldman (PSBD) declarou nesta quarta-feira (24) voto em Fernando Haddad (PT) na eleição presidencial, conforme antecipou a Folha de S.Paulo. O dirigente tucano divulgou um vídeo nas redes sociais em apoio ao petista. "Nunca pensei em votar neles, nunca quis votar neles, mas estamos em uma situação absolutamente diferente", disse Goldman.

O tucano afirmou que a fala em que Jair Bolsonaro (PSL) insinua perseguição a opositores "ultrapassou qualquer limite do aceitável" e "não quero pagar para ver".
"Vou contra minha vontade, contra o que eu pensava, contra os princípios e contra todos esses anos de luta contra o PT. Vou acabar votando em Haddad."

Goldman também fez uma série de críticas ao PT e afirmou que Bolsonaro é um produto do petismo. "Essa direita que saiu do armário de forma violenta, aquela que baba, quer morte, que quer causar mal às pessoas, estava no armário e saiu por glória, honra e trabalho do PT."



Blog do BILL NOTICIAS

Miguel Coelho e ministro dos Transportes inauguram duplicação da Avenida Sete de Setembro

   Por: Carlos Britto
Foto: Emerson Leite/divulgação

Após uma lacuna de quase doze anos sem obras de mobilidade de alto impacto, a população de Petrolina poderá usufruir do novo sistema viário da Avenida Sete de Setembro. Nesta sexta-feira (26), às 10h, o prefeito Miguel Coelho e o ministro dos Transportes, Valter Casimiro, inauguram a duplicação do corredor de tráfego de veículos situado na porta de entrada da cidade sertaneja. As obras da avenida levaram nove meses para serem concluídas, com um investimento de mais de R$ 11 milhões, incluindo a nova rede de iluminação em LED.
Além da entrega da duplicação, Miguel e o ministro Valter Casimiro anunciarão a segunda etapa da remodelação da Sete de Setembro. O sistema viário que liga mais de dez bairros terá o recapeamento das pistas locais e a programação do início da construção de dois viadutos, conectando comunidades da zona leste de Petrolina.
A solenidade será realizada próximo ao cruzamento da Sete de Setembro com a entrada do Bairro Vila Eulália. O evento contará com a presença do senador Fernando Bezerra, do deputado federal Fernando Filho e vereadores – entre outras autoridades. Com informações da assessoria da PMP.

Blog do BILL NOTICIAS