segunda-feira, 5 de junho de 2017

Mulher de Serra talhada-PE encontrada morta em petrolina


carla-oliveira1-407x465
A serratalhadense Carla Oliveira, que estava desaparecida desda o último dia 30 de maio, foi encontra sem vida, no IML da cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco.
Segundo amigos, Renata Oliveira estava com depressão e tinha desparecido de casa, em Serra Talhada. Ela havia sido vista pela última vez andando sobre uma ponte, na cidade de Juazeiro, no Sertão da Bahia. No dia 31 de maio, foi localizado, à margens do Rio São Francisco, em Juazeiro, o corpo de uma mulher que tinha morrido afogada e foi conduzida, como indigente para o IML de Petrolina.
Após disseminação do apelo da família nas redes sociais, acusando o desaparecimento de Carla Oliveira, uma amiga deCarla, residente em Petrolina, foi até o IML local e verificou que o biotipo da mulher encontrada afogada no dia 31 de maio, bem como as vestes, tinham as mesmas características de Carla. Foi mantido contato com a família, que só neste domingo (04), foi ao IML petrolinense e reconheceu o corpo.
Infelizmente, mesmo em avançado estado de decomposição, foi confirmado que o corpo era o de Carla Oliveira, filha do sargento aposentado Normando Inácio, conhecido popularmente como ‘Biró’, hoje mototaxista no HOSPAM. O corpo de Carla Oliveira será trasladado para a cidade de Serra Talhada, onde deverá ser sepultado. (Via: Portal Nayn Neto) (Blog: O Povo com a Notícia).

Blog do BILL NOTICIAS

TRF DÁ RAZÃO A LULA E DIZ QUE MORO CERCEOU DEFESA



O Tribunal Regional Federal da 4ª Região reconheceu na tarde desta segunda-feira 5 que a defesa do ex-presidente Lula tinha razão ao pedir o adiamento dos depoimentos de Emílio Odebrecht e do ex-executivo da empreiteira Alexandrino Alencar, prestados hoje a partir das 14h ao juiz Sergio Moro.
A decisão do TRF4 ocorreu após os depoimentos, uma vez que o pedido do advogado Cristiano Zanin Martins, que defende Lula, chegou ao tribunal às 13h22, de conforme consta no documento. A decisão reconhece ainda que os advogados de Lula foram surpreendidos no final desta manhã com documentos juntados pelo Ministério Público Federal para depoimentos no início da tarde.
O Tribunal determina que, como não houve tempo hábil para que a defesa de Lula acessasse os documentos juntados, as audiências realizadas nesta segunda sejam então repetidas "após as defesas tomarem ciência do conteúdo integral das mídias anexadas". Foi fixado o prazo de três dias para que a defesa acessasse as novas mídias. "Transcorrido o prazo, tais testemunhas devem ser reinquiridas", diz o documento.
Quando pediu a suspensão das audiências, o advogado de Lula argumentou, por meio de habeas corpus, que o pedido estava "baseado na violação das garantias do contraditório, da ampla defesa e da paridade de armas".
"O Juízo deu ciência às partes no final da manhã de hoje (05/06) sobre documentos juntados pelo MPF sobre delações de executivos do grupo Odebrecht, para uso durante a oitiva de Emílio Odebrecht e Alexandrino Alencar. Neste momento, a defesa observou a impossibilidade de análise do material até as 14 horas e requereu a redesignação desses depoimentos. O pedido foi negado sob a alegação de 'economia processual'", embora o próprio magistrado reconheça o prejuízo à defesa ao autorizar antecipadamente pedido de reinquirição das testemunhas, se houver requerimento", afirmou Cristiano Zanin Martins. (247).
Acesse aqui a íntegra da decisão do TRF4.

Blog do BILL NOTICIAS


MAIS DE 30 MIL JOVENS SÃO ASSASSINADOS ANUALMENTE NO BRASIL


Vinícius Lisboa, repórter da Agência Brasil - Os jovens de 15 a 29 anos são as principais vítimas de homicídio no Brasil e, entre 2012 e 2015, mais de 30 mil pessoas nessa faixa etária foram assassinadas por ano no país. Os dados fazem parte do Atlas da Violência 2017, divulgado hoje (4) pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
Apesar de 2015 ter registrado uma queda de 3,6% em relação a 2014, o número de jovens mortos continuou acima dos 30 mil, com 31.264. A situação se repete desde 2012 e atingiu o pico de 32.436 em 2014.
De 2005 a 2015, o número de jovens mortos no país cresceu 16,7%. Enquanto a taxa de homicídios da população em geral é de 28,9 casos para cada 100 mil habitantes, entre os jovens a proporção é de 60,9 casos.
Dentro dessa faixa etária, as principais vítimas são os homens jovens. Entre eles, a taxa de homicídios chega a 113,6 casos por 100 mil habitantes. O problema se agrava em alguns estados, onde a taxa pode ser o dobro da nacional.
Em Alagoas, 233 homens jovens de 15 a 29 anos foram assassinados para cada 100 mil homens dessa faixa etária. Sergipe tem a segunda maior taxa, com 230,4 para 100 mil.
O Rio Grande do Norte registra 197,4 casos para 100 mil habitantes nessa faixa etária e gênero, mas foi o estado que teve o maior salto no período de 2005 a 2015: 313,8%. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Prefeitura de Petrolina vai realizar estudo para avaliar as condições das praças do município

Praças_Petrolina (1) (1)

Praças_Petrolina (2) (1)

Ação visa a requalificação dos espaços públicos de convívio nas zonas urbana e rural.
Com o objetivo de atender uma antiga reivindicação de quem busca os espaços públicos da cidade para um momento de lazer e nem sempre encontra um local bem estruturado, a Prefeitura de Petrolina está lançando um trabalho de diagnóstico das praças da cidade. A iniciativa, que será realizada em parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) e Secretaria de Planejamento e Inovação (SEPI), começa nesta segunda-feira, 05 de junho. As ações vão ser desenvolvidas paralelamente ao programa Nossa Praça, lançado no último dia 31, que tem como objetivo unir a população e o empresariado na preservação das praças da cidade.

As equipes envolvidas no projeto vão percorrer todo o município, desde o perímetro urbano da sede até povoados e distritos localizados na zona rural. Estudos preliminares apontam a existência de aproximadamente 110 praças em toda Petrolina. Com um auxílio de um aplicativo desenvolvido pela SEPI, será possível tabular alguns dados sobre as praças, como quantidade e localização. Além disso, o estado de conservação de cada uma também será avaliado a partir da análise de itens que compõem a estrutura física dos espaços, a exemplo de piso, iluminação, bancos, vegetação, calçadas e equipamentos de lazer. A característica predominante de cada praça também será definida, afinal, é importante saber se o espaço possui perfil esportivo, cultural ou histórico.
Depois deste trabalho de campo, o diagnóstico ainda vai contar com outras duas fases. A elaboração do plano de intervenções a serem realizadas nas praças e a estruturação da manutenção necessária em cada caso. Com este planejamento, será possível otimizar tempo e dinheiro empregados na recuperação das praças da cidade, estimulando o convívio, o aproveitamento e o bem-estar para uma melhor qualidade de vida da população de Petrolina. Texto: Felipe Pereira – AsCom Prefeitura de Petrolina Fotos: Jonas Santos / Prefeitura de Petrolina (Convocação Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Polícia Federal: Carência chega a 5.300 servidores. Inicial de R$ 4.270,77!

por Roberto Cruz | Publicado em 05 de Maio de 2017


De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Penapef), Luis Antônio de Araújo Boudens, a Polícia Federal conta hoje com um déficit de 13.300 servidores. Desse quantitativo, 5.300 são servidores administrativos, cargo de Agente Administrativo, cujo requisito é de nível médio completo.
Ainda de acordo com Luis, “No FBI, por exemplo, para cada policial existem de seis a sete administrativos. No Brasil é o contrário. Em 2004 o efetivo cresceu, mas depois não foram feitos novos concursos e a PF passou a terceirizar as ações em aeroportos, o que não deu certo. Acabaram as terceirizações, mas não foram repostos os administrativos. Hoje, nosso quadro de administrativos é menor do que o de 2004, ao passo que as atribuições da PF aumentaram”, frisou.
Nos últimos seis, sete anos, quatro mil policiais deixaram o departamento em virtude de aposentadoria ou outros motivos, sem que esse quantitativo tenha sido reposto. E com o encolhimento do quadro, vem a sobrecarga. “Temos colegas trabalhando 12 por 12 horas nas fronteiras, porque não tem efetivo”, relatou. Para O sindicalista, os reflexos de um efetivo maior poderiam ser sentidos até mesmo na Operação Lava-Jato, cujos especialistas não conseguem estimar um fim, tamanho o alcance dos esquemas criminosos. “Já teria solução, com a condenação ou não dos envolvidos. O processo é lento porque tem 30, 40 pessoas trabalhando em uma operação de uma grandeza, de uma magnitude dessas.
O último concurso da Polícia Federal para Agente Administrativo foi realizado em 2013. Na ocasião, o órgão abriu 566 vagas na área administrativa. O cargo exige nível médio, e tem atualmente salário inicial de R$ 4.270,77O certame será válido até junho de 2018. Blog: (O Povo com a Notícia Via: Site do Ozildo AlvesConcurso).

Blog do BILL NOTICIAS







Absurdo! Em Paulo Afonso-BA, mãe de três filhos é assassinada após ter moto roubada


Um latrocínio praticado por dois bandidos tirou a vida de uma mãe de três filhos (de 2, 8 e 12 anos) na cidade de Paulo Afonso, no Sertão da Bahia. A vítima foi identificada como Letícia Maria Santos Leite, de 30 anos.  Eram 16:49 deste domingo (04), quando a vítima estava com sua motocicleta nas proximidades de sua residência na Rua Paulo Freire, Bairro São Vicente, antiga Prainha quando foi surpreendida por dois assaltantes em uma outra motocicleta.
Armado com um revólver, um dos bandidos desce e se aproxima de Letícia anunciando o assalto. Ele praticamente a expulsa da moto, e mesmo dominando a situação e com poder pleno do veículo, antes de deixar o local efetua um disparo contra a vítima. A mulher cai, é socorrida, mas não resiste.
Letícia Santos era esposa do comerciante Rogério Stanzel. O casal era muito conhecido no bairro e em toda cidade de Paulo Afonso. A morte de Letícia nesta chuvosa tarde e noite de domingo revoltou, comoveu e deixou Paulo Afonso ainda mais insegura.  A polícia já tem o nome de um dos suspeitos, e neste momento, realiza buscas na tentativa de prender os autores do crime.
Mensagem postada por uma amiga de Letícia:   “O trabalhador não pode conquistar nada hoje em dia, pq vem um vagabundo safado preguiçoso e rouba, e o pior, ainda acha pouco e tira a vida do inocente q não teve reação nenhuma. Não poderia levar apenas o pertence? Tinha q levar a vida tbm? Deixando filhos sem a mãe… Mto triste essa realidade, mais triste é saber q foi com uma pessoa conhecida… Q Deus possa confortar o coração de toda família da Letícia e dê a força q eles irão precisar para suportar tamanha dor.”

Blog: O Povo com a Notícia
Via: Site do Ozildo Alves, (Convocação Geral).



Blog do BILL NOTICIAS

QUE MAIS SERÁ PRECISO PARA O PSDB SOLTAR A PINGUELA E LIVRAR O BRASIL DE TEMER?


Delatado com minúcias que não deixam dúvidas,  e em breve denunciado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e obstrução da Justiça, Temer continua no cargo porque ainda tem o apoio do PSDB.  As evidências que pesam contra ele são tão fortes que não lhe asseguram sequer o benefício da dúvida mas, apesar de tudo, ele continua governando porque tem uma base parlamentar que oferece ao país a ilusão de que há governo e de que Temer continua tocando a agenda que se propôs a implementar.   Esta base vai se esfarelar se o PSDB dela se retirar. Esta semana o partido volta a debater seu dilema: ficar até o barco afundar ou sair logo, acelerando a queda de Temer.
            Depois de tanto batom na cueca, que mais será preciso para convencer os tucanos de que Temer perdeu completamente as condições morais para governar o Brasil, e de que cada dia de sua permanência no cargo tem um custo elevadíssimo para os brasileiros?
            Uma das razões para o impasse é a divisão entre os tucanos. Aécio Neves, nos bastidores de seu exílio do mandato,  trabalha pela permanência.  Afinal, como artífice do impeachment de Dilma Rousseff, ele é um dos grandes responsáveis pela entronização deste governo que tanto vem infelicitando o Brasil, seja com sua incompetência, seja com sua imoralidade incomparável.  Os ministros querem ficar até o fim, distraídos do fato de que isso terá um custo para o partido.  Já carregando o estigma de partido golpista, pelo papel decisivo que jogou na derrubada de uma presidente legítima, os tucanos serão cobrados também por esta temerária permanência ao lado de Temer.  Por isso a secção paulista do partido, a que melhor representa suas raízes ideológicas e seus compromissos de classe, esteja desesperada para saltar do barco.   A metade da bancada na Câmara e a maioria dos senadores também quer o rompimento enquanto é tempo mas FHC e Aécio vêm segurando.
            No artigo deste final de semana, o ex-presidente justificou a posição até aqui adotada por seu partido, invocou a experiência do governo Itamar, que fez a transição em situação semelhante com sua forte participação (como chanceler e depois como ministro da Fazenda) mas admitiu que pode estar chegando a hora de retirar os paus-de-escora.  “E  se as bases institucionais e morais da pinguela ruírem? Então caberá dizer: até aqui cheguei. Daqui não passo”, diz ele.  Mas o que falta para que FHC e os tucanos concluam que “as bases institucionais e morais” da pinguela já ruíram? Será preciso que antes haja a delação premiada de Rocha Loures, confessando que os R$ 500 mil eram uma propina para o presidente?
         FHC coloca para os seus uma pergunta,  numa passagem do artigo. E se o TSE vier com manobras protelatórias, pergunta ele,   “o PSDB correrá o risco de coonestar o que o povo não quer e a economia não suporta, ajudando o governo a empurrar a situação com a barriga?
         Ele sabe que, ainda que o tribunal casse a chapa no julgamento que começa nesta terça-feira, haverá recursos. Temer emperreou no poder e está dizendo “daqui não saio, daqui ninguém me tira”. FHC e os tucanos também sabem que a outra via da remoção, a do julgamento de Temer pelo STF, vai demorar quase tanto quanto um impeachment. FHC sabe que o afastamento de Temer, pelo qual o Brasil inteiro clama, só acontecerá no curto prazo se ficar evidente sua falta de sustentação parlamentar. Ou seja, se o PSDB fizer uma opção pelo povo, que não suporta mais Temer,  e  romper oficialmente com o governo, dele retirando os ministros e levando suas bancadas para o campo da oposição. Só assim, a pinguela desabará e o Brasil poderá construir outra forma de travessia. De preferência, através das eleições diretas. Mas ainda que seja por indiretas,   o país ganhará se for colocado no Planalto alguém que honre o cargo e, com sua respeitabilidade, detenha a erosão que a incerteza política voltou a cavucar na economia brasileira. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Prefeituras cobram agilidade no repasse de verbas federais

Cidades atingidas pelas chuvas alegam que a burocracia está dificultando a chegada de recursos. Na última semana, R$ 42 milhões foram garantidos
Ministro da Defesa, Raul Jungmann visitou a região para ver a operação do hospital de campanha
Ministro da Defesa, Raul Jungmann visitou a região para ver a operação do hospital de campanhaFoto: Arthur Mota
Pouco mais de uma semana depois de ter enfrentado o drama das fortes chuvas, a Mata Sul luta para sobreviver. É que, apesar de as águas terem baixado e o sol ter aparecido por boa parte do domingo (4), quando a região recebeu a visita do ministro da Defesa, Raul Jungmann, os custos para manter os municípios após as enchentes são, no momento, os maiores calos das gestões.

De acordo com as prefeituras de Palmares e Rio Formoso, os recursos federais ainda não chegaram ao caixa e o apoio, embora importante, segue concentrado nas ajudas humanitárias. Eles pedem agilidade no repasse dessas verbas para os municípios atingidos. A preocupação é com os desabrigados e com a restauração dos prédios públicos, como escolas e hospitais.

"Temos equipes de voluntários trabalhando, pessoas deslocadas para atender à população. Tudo custeado pelo município. O Governo do Estado está presente desde domingo, por meio da instalação do Comitê de crise e das equipes de saúde, da vigilância sanitária e dos carros-pipa, assim como o Governo Federal via hospital de campanha. Temos promessas (financeiras) de ambos, mas essa ajuda ainda não chegou", disse a prefeita de Rio Formoso, Isabel Hacker, frisando estar gastando bastante com cestas básica e combustível para retirada das famílias das áreas de risco.

Isabel pontuou também alguns critérios divergentes do Cartão Reforma com a realidade atual dos afetados pela enchente. "Continua sendo os mesmos cem cartões já anunciados pela agenda federal e não contempla áreas de risco, sendo que essas são as que mais precisam. Como vou atender as comunidades ribeirinhas se o Programa não permite?", questionou Isabel, antecipando que, esta semana, deve se reunir com os prefeitos das cidades atingidas para discutir a questão.

O Ministério das Cidades não foi localizado para responder aos questionamentos. A pasta ficou de repassar R$ 25 milhões, por meio da antecipação do Cartão Reforma.

Também presente na comitiva com o ministro, o prefeito de Palmares, Altair Bezerra Júnior, destacou ter conversado com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, no último sábado. Apesar de não saber como se dará a concessão do Cartão, ele disse que a ideia é que os recursos sejam destinados o quanto antes para construção de casas. 

"A expectativa é que R$ 900 mil sejam disponibilizados, podendo variar entre R$ 1,5 mil e R$ 9 mil por atingido", ressaltou. A previsão é que o martelo seja batido na próxima terça-feira, quando ele deve se reunir com o ministro das Cidades novamente. Ele endossou o coro da prefeita de Rio Formoso e disse que verbas não haviam sido disponibilizadas.

Presidente da Amupe, José Patriota, reiterou e disse que a burocracia é grande mesmo diante de uma necessidade imediata. Dos mil desabrigados em Palmares, 800 voltaram para suas casas e parte está em áreas de risco. 

A promessa do Ministério da Integração Nacional era repassar 17,4 milhões, que foram depositados na conta do Governo de Pernambuco sábado passado. Segundo a assessoria de imprensa do governador, os valores estão sendo usados para ações humanitárias (kits, cestas básicas e limpezas) desde o início.

Segundo Raul Jungmann, os questionamentos dos prefeitos serão levados a Paulo Câmara. "Vou fazer o possível para intermediar e pedir rapidez", ressaltou, frisando que as Forças Armadas estarão disponíveis pelo tempo que a população precisar.

Em reunião, o governador Paulo Câmara tratou de algumas possibilidades como a isenção da cobrança do ICMS para os comerciantes que atuam nas áreas impactadas, o abono nas contas de água pela Compesa à população e a antecipação de duas parcelas do programa Chapéu de Palha. (Folhape).


Blog do BILL NOTICIAS

TEMER FAZ OFENSIVA CONTRA JANOT APÓS PRISÃO DE SEU HOMEM DA MALA


A equipe de defesa de Michel Temer, com aval do peemedebista, desferiu ataques públicos contra o Ministério Público Federal neste domingo (4) para blindar o presidente do impacto político que a prisão do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pode surtir sobre o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
Gestado há alguns dias nos bastidores e tornado público após a prisão de Loures, o discurso é o de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, atua com intenções políticas e tenta "constranger" a Justiça Eleitoral a condenar o peemedebista no julgamento da chapa Dilma-Temer, que será retomado nesta terça-feira (6).
"Temos indicativos de que virão movimentos e iniciativas de Janot às vésperas do julgamento do TSE na tentativa de constranger o tribunal a condenar o presidente", afirmou o advogado Gustavo Guedes, responsável pela defesa de Temer no TSE. "Nos preocupa muito o procurador-geral da República se valer de toda a estrutura que tem para tentar constranger um tribunal superior".
 A estratégia foi sacramentada horas depois da detenção de Loures, em uma reunião entre Temer e seus auxiliares no Palácio do Jaburu, na noite de sábado (3).
A preocupação é a de que o ex-deputado possa negociar um acordo de delação que implique o presidente, o que aceleraria ainda mais o que integrantes do governo consideram ser uma escalada da PGR e de integrantes do STF (Supremo Tribunal Federal) contra o Planalto.
Para assessores de Temer, Janot e o ministro do STF Edson Fachin, relator da Lava Jato na corte, têm agido numa espécie de "dobradinha" para fechar o cerco a Temer, alvo de um inquérito por obstrução de Justiça, corrupção e formação de organização criminosa com base na delação da JBS, que também compromete Loures." (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Prefeito de Cabrobó demite funcionários e famílias se desesperam


Em Cabrobó (PE), sertão do São Francisco, o prefeito Marcilo Cavalcanti (PTB) demitiu, na semana passada, 69 pais de famílias. O desespero foi geral.
“O prefeito tinha prometido trabalho e condição melhores, uma vida digna para nossas famílias, e o que ele faz é isso? Nos joga na sarjeta, com toda nossa família. Todos estamos em grandes dificuldades e nossos filhos vão ficar sem pão”, contou um dos demitidos ao Blog.
Na cidade o comentário é um só, pelo que chamam de ‘caos administrativo’ que se instalou na prefeitura na gestão de Marcílio. No comércio os lojistas tacham o prefeito de “ditador” e o acusam de trazer empresas de fora, esquecendo-se de incentivar empresas locais. A bronca, pelo visto, é geral na cidade. (C. Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

MPT , TST e Ministério do Trabalho lançam a II Semana Nacional da Aprendizagem

Resultado de imagem para MPT , TST e Ministério do Trabalho lançam a II Semana Nacional da Aprendizagem

O foco dos eventos, a serem realizados em todo o país de 12 a 16 de junho, é a conscientização dos empregadores
Brasília – Com o objetivo de estimular e conscientizar as empresas brasileiras sobre a importância da aprendizagem como alternativa ao trabalho ilegal de adolescentes, o Ministério Público do Trabalho (MPT), em parceria com o Tribunal Superior do Trabalho (TST) e o Ministério do Trabalho (MTE) promovem, de 12 a 16 de junho, a II Semana Nacional da Aprendizagem.
A Semana, que está em sua segunda edição, quer reforçar a aprendizagem como importante instrumento no combate ao trabalho infantil a partir dos 14 anos, bem como exigir o cumprimento da cota legal de aprendizes pelas empresas. Serão realizadas audiência públicas, audiências coletivas, feiras de aprendizagens – entre outros eventos – em todo Brasil.
A abertura dos trabalhos terá início no dia mundial e nacional de combate ao trabalho infantil, 12 de junho.
A Constituição Federal veda o trabalho de crianças e adolescentes e excetua apenas a possibilidade de contratação de jovens a partir dos 14 anos, desde que respeitadas as normas previstas na Lei da Aprendizagem. A norma estabelece regras claras de proteção ao jovem, que pode iniciar-se no mercado de trabalho, mas com a garantia de direitos trabalhistas e sem abandonar os estudos.
O procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, destaca a importância da lei da aprendizagem na proteção do trabalho legal de adolescentes.
” A aprendizagem é uma alternativa concreta à exploração do trabalho infantil, pois dá ao adolescente a possibilidade de trabalhar com proteção e com direitos trabalhistas, como carteira de trabalho assinada, décimo terceiro salário, além de proporcionar a formação profissional num dado ofício “, disse Ronaldo Fleury. ” A Semana da Aprendizagem possibilita que todos os atores envolvidos – empresas, adolescentes, órgãos públicos e entidades formadoras – unam seus esforços em prol do fortalecimento da prática de aprendizagem nos vários setores da sociedade. E isto é urgente já que a grande maioria do público explorado no trabalho infantil está em idade apta para aprender. Assim, substitui-se um trabalho explorado e desprotegido pela carteira assinada com direitos trabalhistas e proteção previdenciária.”
De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio (PNAD) de 2015, 2,7 milhões de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos estavam trabalhando no Brasil, sendo que 2,3 milhões estão no grupo compreendidos entre os 14 e 17 anos. A grande maioria delas em situação de trabalho proibido. Isso porque, deste total, apenas cerca de 500 mil adolescentes estavam contratados pelo programa Jovem Aprendiz naquele ano.
A coordenadora da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), procuradora Valesca de Morais do Monte, destaca que a segunda edição da Semana repetirá a bem sucedida parceria entre o MPT, o TST e o Ministério do Trabalho no ano de 2016. “Os eventos ocorrerão em todos os estados, nos mais diversos formatos, mas todos com o objetivo de reforçar o cumprimento da cota legal de aprendizes, bem como a responsabilidade social das empresas na correta e adequada inserção dos aprendizes no mercado de trabalho a partir dos 14 anos”. (Convocação Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

RECESSÃO DE TEMER CAUSOU A MAIOR DESTRUIÇÃO DE EMPREGOS EM 25 ANOS


Em 2017, sob o governo de Michel Temer, Brasil vive a pior crise de empregos de sua história; a parcela da força de trabalho brasileira com alguma ocupação chegou neste ano ao mais baixo patamar em mais de duas décadas; nem nas sucessivas crises dos anos 1990, nem durante a turbulência que levou o país pela última vez ao FMI (em 2002), tampouco durante os efeitos da crise financeira global de 2009, a ocupação tinha sido tão abatida como na recessão de agora.
"Os economistas Bruno Ottoni e Tiago Barreira, da FGV, reconstruíram a série de mercado de trabalho até 1992, permitindo comparar os dados atuais com os dos últimos 25 anos.
A primeira análise que extraem dessa base de dados é que a destruição de empregos é mais severa na crise atual e persiste mesmo com os sinais mais recentes de estancamento da retração do PIB, no primeiro trimestre.
O percentual médio da força de trabalho que se declarou ocupada, em empregos com carteira assinada, informais, por conta própria e até como empregadores, recuou para 86% entre janeiro e abril deste ano. A força de trabalho inclui ainda os desempregados que procuraram trabalho recentemente.
Antes disso, o mais baixo percentual observado na série ocorreu em março de 2002 (89%), em meio à crise de confiança provocada pela vantagem de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição presidencial. A atividade econômica também estava enfraquecida pelo racionamento de energia ocorrido um ano antes, no governo FHC.
Ottoni afirma que, no passado, foram breves os períodos em que a população ocupada recuou. Agora, a queda ocorre de maneira contínua desde o início de 2015." (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Dois internos morrem e 34 fogem de unidade da Funase em Abreu e Lima

Adolescentes teriam escapado por um buraco feito no muro externo da unidade. Oito jovens foram recapturados

Funase de Abreu e Lima
Funase de Abreu e LimaFoto: Arthur Mota / Arquivo Folha
Dois adolescentes morreram e 34 fugiram durante uma rebelião na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, na madrugada desta segunda-feira (5). Os internos conseguiram escapar por um buraco feito no muro externo da unidade. Até agora oito jovens teriam sido recapturados.
Por meio de uma nota oficial a assessoria de imprensa da Funase divulgou que policiais militares do Grupamento de Apoio Tático Itinerante (GATI) e da Rádio Patrulha, além de um helicóptero da Secretaria de Defesa Social e o Corpo de Bombeiros,  participaram da ação para conter a fuga. Porém, a situação só foi controlada com a chegada do Batalhão Choque da Polícia Militar.
Segundo a nota, a diretora-presidente da Funase já está no local, junto com a diretora geral da política de atendimento e a gerência de segurança, que realizam as medidas necessárias. Além delas, o secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Roberto Franca,  está acompanhando a ocorrência para oferecer apoio diante da situação.
Ainda de acordo com o documento, os corpos já foram encaminhados para o Instituto de Médico Legal (IML), e a Funase se compromete a dar todo o suporte possível as famílias da vítima.
Confira o documento na íntegra
A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) informa que uma rebelião foi registrada por volta da 1h da madrugada desta segunda-feira (05), no Case Abreu e Lima. Policiais militares do Grupamento de Apoio Tático Itinerante (GATI) e da Rádio Patrulha, além de um helicóptero da Secretaria de Defesa Social e o Corpo de Bombeiros, atuaram na ocorrência. A rebelião foi contida com a chegada do Batalhão de Choque da PM. Dois óbitos foram registrados e 34 fugas. A diretora-presidente da Funase está no local, assim como a diretora geral da política de atendimento e a gerência de segurança, que tomam todas as providências necessárias. O secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Roberto Franca, acompanha toda a ocorrência e dá todo o apoio possível. Os corpos das vítimas já foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML). Todo apoio será dado às famílias das vítimas, desde acompanhamento psicológico e social, até os custos com o funeral. A Funase registra ainda que o clima no Case era de tranquilidade e que a visita dos familiares no domingo ocorreu normalmente. A motivação será investigada. Por meio de sua Corregedoria, a Funase abrirá uma sindicância que vai apurar as causas e responsabilidades. (Folhape).


Blog do BILL NOTICIAS

GRITO POR DIRETAS REÚNE MULTIDÃO EM SP E APONTA O VOTO COMO A ÚNICA SAÍDA

Resultado de imagem para GRITO POR DIRETAS REÚNE MULTIDÃO EM SP E APONTA O VOTO COMO A ÚNICA SAÍDA

Milhares de manifestantes e artistas participaram neste domingo 4 de um grande ato pela saída de Michel Temer e em defesa de eleições diretas para a escolha do novo presidente da República.
Passaram pelo palco artistas como Criolo, Rael, Chico César, Edgar Scandurra, Emicida, Otto, Paulo Miclos, Péricles, Pitty, Simoninha, Tulipa Ruiz e Maria Gadú, com encerramento de Mano Brown, além de lideranças como Guilherme Boulos e a presidente da UNE, Carina Vitral, e personalidades.
Para a economista Laura Carvalho, que também discursou, não basta tirar Temer e colocar outro Temer. "Não queremos esse Temer nem outro Temer. Mais igualdade a gente conquista com voto", disse. "O Brasil quer escolher seu presidente e, se possível, já", defendeu Chico César, o primeiro a cantar.
Vídeo: Mídia Ninja
Confira reportagem da Rede Brasil Atual sobre o ato:
'Não queremos esse Temer nem outro Temer. Mais igualdade a gente conquista com voto'
Artistas e movimentos sociais deixam o recado para os presentes. "A gente quer mais democracia e novos direitos. Mais direitos e mais participação dos movimentos", diz a economista Laura Carvalho

O Largo da Batata, na zona oeste de São Paulo, está tomado por manifestantes que acompanham o ato SP pelas Diretas Já, convocado por artistas, ativistas da mídia independente e blocos de carnaval, com a presença de movimentos sociais. A primeira atração do dia ensolarado na capital foi o cantor paraibano Chico César. "O Brasil não suportaria a possibilidade de uma eleição indireta tendo um Congresso completamente contaminado", disse.

"É importante que o povo se manifeste hoje pela queda de Michel Temer (PMDB). Parece que esse governo que entrou há um ano quer desfazer tudo que foi conquistado nos últimos 100 anos. Ele deseja a precarização completa das relações de trabalho, levando o país a um sistema de semiescravidão", completou. O cantor ainda levantou a bandeira da necessidade da realização de uma greve geral no país. "A greve significa a classe trabalhadora unida para assegurar direitos conquistados arduamente".
Após o show do artista, um dos apresentadores do evento, Leo Madeira, chamou o coletivo carnavalesco Arrastão dos Blocos. "Os blocos de carnaval são as pessoas unidas. E isso não acontece apenas em cinco dias. Os blocos entendem que o papel da mobilização não é só o escape, mas o posicionamento político, especialmente em um momento tão delicado como esse."
Arrastão levantou o público com marchinhas tradicionais e composições dedicadas ao tema da manifestação: a queda do presidente Temer e a realização de eleições diretas. "Fora Temer! Ele é golpista, ladrão devoto, quer roubar o trabalhador. Arrastão está nas ruas para derrubar esse imposto", cantaram.
Integrantes de movimentos populares utilizaram o microfone para reforçar a unidade do ato. "Lutar pelas diretas hoje é essencial. Primeiro, para derrubar o Temer, que mesmo envolvido nos maiores absurdos está querendo se recompor, começa a ensaiar uma forma de se agarrar no governo até 2018. E também, caso o Temer caia, precisamos barrar a tentativa de um Congresso totalmente desmoralizado de eleger o presidente", disse o coordenador do Movimento dos Trabalhadores sem teto (MTST) e da Frente Povo sem Medo, Guilherme Boulos.
"Sem ampliar a luta, não vamos conseguir derrubar o Temer. Os grupos de cultura estão de parabéns", disse Boulos sobre a organização dos artistas. "A única forma de construir uma saída da crise é resgatar a soberania popular, chamando o povo a decidir. Isso não resolve tudo, mas é o princípio de um caminho democrático. No nosso entendimento, o movimento das diretas é a bandeira hoje que pode barrar as reformas da Previdência e trabalhista, que ninguém conseguiria se eleger nas urnas com essas propostas. Vamos derrubar essa agenda política", completou.
O presidente da CUT-SP e integrante da Frente Brasil Popular, Douglas Izzo, ressaltou a importância da união em torno das diretas. "Estamos todos aqui, Frente Brasil Popular, Frente Povo sem Medo, artistas, CUT. Nós, das centrais sindicais, lutamos também contra a retirada de direitos, contra reformas apresentadas por Temer. É a luta pela garantia de direitos, para que o povo possa definir quem será o próximo presidente. Não aceitamos eleições indiretas. Precisamos ficar de olho. O Congresso é totalmente envolvido com corrupção e com as mais diretas falcatruas deste país", disse.
Presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, também da Frente Brasil Popular, elogiou a iniciativa. "Esse ato é muito importante. A luta pelas diretas tem que ser de todos. Das pessoas, dos artistas, dos partidos, dos cidadãos comuns que podem e devem se unir nesta grande campanha. Venham juntos e vamos derrubar o Temer e conquistar as eleições diretas", disse.
Para a economista Laura Carvalho, professora da USP, a luta contra a desigualdade social passa pela ampliação da democracia e não sua supressão. "A gente não quer esse Michel Temer nem outro Michel Temer para fazer isso. A gente quer mais democracia e novos direitos. Mais direitos e mais participação dos movimentos. A gente quer mais igualdade. Tudo isso a gente só conquista com o voto. Fora Temer e Diretas Já." (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Em Petrolina homem vai a delegacia comunicar que matou e enterrou homem que encontrou abusando de sua mãe tetraplégica


Nesse domingo dia (04), a equipe do Força Tarefa de Homicídios de Petrolina, no Sertão pernambucano, tomou conhecimento de um homicídio e ocultação de cadáver ocorrido na rua da Chesf no bairro Jose e Maria.
O imputado CICERO ROGÉRIO SANTOS OLIVEIRA compareceu a delegacia do Ouro Preto para comunicar que havia matado a vítima a pauladas após chegar em sua residencia e encontrar a vítima Edílson Inácio da Silva supostamente abusando de sua genitora que e deficiente física (tetraplégica e não fala). Depois, teria enterrado ele no quintal de sua residencia.
Cicero foi ao local do crime juntamente com equipes do IC e IML, e mostrou onde o corpo estava enterrado. O corpo estava em estagio avançado de decomposição. Segundo o imputado,o crime teria ocorrido na noite do dia (27.05.17). A prisão temporária do investigado foi decreta no plantão judiciário e o mesmo foi encaminhado para Penitenciaria de Petrolina onde ficará a disposição da justiça.(Blog: O Povo com a Notícia).

Blog do BILL NOTICIAS