sábado, 30 de dezembro de 2017

APÓS 1º ANO, DORIA NÃO CUMPRE MAIS DA METADE DAS PROMESSAS

Fernando Pereira/ Secom

Um ano após assumir o governo da cidade de São Paulo, o prefeito tucano João Doria não cumpre nem a metade de suas promessas de campanha. 
Segundo levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo, das das 118 promessas feitas pelo tucano durante a campanha eleitoral de 2016, 11 (9%) foram concluídos, outros 45 (38%) estão em andamento, 29 (25%) em ritmo lento de implementação e 33 parados (28%).
Entre as obras classificadas como "em andamento" está a desocupação de prédios invadidos e a reforma de Unidades Básicas de Saúde (UBS). 
em estágio lento está a valorização da CGM (Controladoria Geral do Município), órgão de combate à corrupção. Além de perder status de secretaria, o órgão teve uma técnica substituída por um aliado da atual gestão.
Já as consideradas "paradas" são as promessas que mal saíram do papel ou foram abandonadas. Por exemplo, a prefeitura desistiu de fazer faixas exclusivas para motos e manteve paralisadas obras dos Centros Educacionais Unificados (CEUs).
Segundo pesquisa Datafolha de novembro, 39% consideram a gestão tucana ruim ou péssima -o mesmo índice de desaprovação do ex-prefeito Fernando Haddad (PT) ao final de seu primeiro ano no comando, em 2013. Doria tem ainda 29% de ótimo ou bom e 31% de regular. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário