terça-feira, 19 de setembro de 2017

Presos suspeitos de crimes tributários em mercadinhos de Pernambuco

Esquema era liderado por dois donos de transportadoras. Eles tiravam nota fiscal para empresa que não existia e desviavam a mercadoria

Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco


Um grupo suspeito de praticar crimes contra a ordem tributária é o alvo da Operação "Destinos Cruzados", deflagrada na manhã desta terça-feira (19) pela Polícia Civil de Pernambuco. O crime ocorria em mercadinhos e outros estabelecimentos em vários locais do estado e era liderado por dois proprietários de transportadoras - um deles já está preso e outro, foragido. 

Leia também:
Operação mira em quadrilha que agia em Goiana, Jaboatão e Itambé
Operação apreende armas e munição no Complexo do Curado

Ao todo, 21 estabelecimentos comerciais estão envolvidos no esquema, que inclui sonegação de impostos, ocultação de notas fiscais, corrupção ativa e uso de empresas laranjas. "Eles tiravam a nota fiscal para uma empresa que não existia, desviavam a mercadoria e outros adquirentes, de forma ilícita, compravam essa mercadoria. O crime é tributário", explica Nelson Souto, gerente de operações da Diretoria Integrada Especializada da Polícia Civil (Diresp).
Souto conta que pelo menos três indivíduos participavam da ação. "Eles já vinham cometendo esses crimes há bastante tempo. Fiscais tributários estão nos locais fazendo avaliações", afirma. Foram apreendidos quatro caminhões, uma quantia de dinheiro não informada e arma de fogo. "Duas transportadoras chefiavam a associação criminosa através dos seus proprietários e toda uma rede que participava desses crimes", afirma. 

Estão sendo cumpridos oito mandados de prisão preventiva, cinco mandatos de condução coercitiva e 17 mandados de busca e apreensão nas cidades de Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Pombos, Bom Conselho, Arcoverde e Salgueiro. Esta é a 34ª operação de repressão qualificada do ano.

A operação contou com o efetivo de 100 policiais civis, 74 auditores da Secretaria da Fazenda, um caminhão baú para a remoção das mercadorias apreendidas e 31 viaturas. Os presos e os materiais apreendidos serão encaminhados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no Cordeiro, Zona Oeste do Recife.(Folhape).
 Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco



Blog do BILL NOTICIAS





Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSPEÇÕES Trabalhadores em situação análoga à escravidão foram resgatados em obras da Prefeitura de Olinda

                          Por:   Diario de Pernambuco Foto: Reprodução / Fotos Públicas Dez trabalhadores terceirizados que presta...