sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Novo desafio para alunos do 9º ano da Rede Estadual

DEZ ANOS DE EDUCAÇÃO EM PERNAMBUCO

Trabalho de Conclusão é uma iniciativa inédita na Rede Estadual e começa a valer neste semestre.
Objetivo do Trabalho de Conclusão do Fundamental (TCF) é despertar nos alunos da rede estadual o interesse pela pesquisa, planejamento e investigaçãoFoto: Ademar Filho/SEE

Os estudantes do 9º ano da Rede Estadual que estão concluindo esta fase dos estudos para avançar para o Ensino Médio contam com uma novidade na área pedagógica: o Trabalho de Conclusão do Fundamental (TCF). A iniciativa da Secretaria Estadual de Educação já está valendo como uma das notas do quarto bimestre deste ano, em caráter voluntário. A partir do próximo ano, ele já se integra como parte do Ensino Fundamental.
O objetivo é despertar nos alunos o interesse pela pesquisa, planejamento e investigação, a partir de algum tema que o grupo tenha vontade de saber mais, diagnosticar, intervir na realidade. Os temas serão de livre escolha dos grupos – que podem ter até seis integrantes –, e eles terão um professor como orientador dos seus projetos, que pode ser da disciplina que esteja mais ligada aos seus temas.
O resultado pode ser apresentado em diversos formatos, como um aplicativo, uma exposição, uma maquete, um vídeo, entre outras possibilidades. Cada escola vai fixar a data, que coincidirá com o período de encerramento do calendário escolar, e como se dará a apresentação destes trabalhos.
“É uma ação inovadora, voltada para os estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental, com o objetivo de despertar o interesse deles para a investigação científica. Uma coisa bacana é que os estudantes vão poder escolher a temática que eles querem investigar, e a forma como eles vão apresentar, e fazer um planejamento”, explica a secretária executiva de Desenvolvimento da Educação, Ana Selva.
Conforme o cronograma planejado, os estudantes precisariam estabelecer seus grupos, temas e eleger os professores orientadores até o final de agosto. Os meses de setembro e outubro foram dedicados ao planejamento, às referências teóricas e à investigação, e o de novembro para finalizar o trabalho e apresentá-lo.
Até o final de outubro, cerca de 55% dos quase 45 mil estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental da Rede Estadual estavam trabalhando nos seus Trabalhos de Conclusão do Fundamental, que ainda nem são obrigatórios no currículo. “A gente espera que, com isso, eles possam desenvolver o gosto pela pesquisa e pelo planejamento. Além disso, vamos integrar mais os estudantes entre si e com os professores, neste momento de conclusão desta fase escolar”, destacou Ana.
Temas cotidianos dominam trabalhos
As apresentações dos Trabalhos de Conclusão do Fundamental (TCF) da Gerência Regional de Educação (GRE) Metropolitana Norte começaram a ser apresentados na semana passada, e os projetos dos estudantes já são sucesso na região. A marca dos trabalhos dos grupos das escolas General Abreu e Lima, localizada no Centro da cidade homônima, e a Escola Maria Romeiro Estelita, em Ouro Preto, Olinda, foram as escolhas por temas relevantes e cotidianos, como saúde, bullying, violência contra as mulheres, homofobia, analfabetismo, inclusão social, entre outros.

A Escola General Abreu e Lima abriu as portas das apresentações para o público. Eles realizaram as defesas no salão de uma igreja local e convidaram toda a comunidade do entorno. Além dos estudantes de outras turmas, compareceram ao evento cerca de 40 moradores da cidade.

“Foi uma experiência muito rica para todos nós. Os alunos nos surpreenderam pelo grau de dificuldade dos temas e a qualidade deles. Até nós, que compomos o corpo docente, ficamos impressionados, pois foram eles que escolheram os temas, pesquisaram e produziram todo o material. A comunidade interagiu bastante e alguns pais até participaram da confecção dos materiais”, contou o gestor da unidade de ensino, Isaías Júlio de Oliveira.

Já os TCF da Escola Maria Romeiro Estelita foram apresentados por dez equipes na própria unidade de ensino, para o restante do corpo discente e convidados que compuseram a banca de avaliação. “Foi muito boa a experiência. Este é o caminho para que eles comecem a apresentar um trabalho mais próximo dos padrões da ABNT. É como se fosse um preparatório para a universidade. Os estudantes gostaram bastante e alguns dos projetos foram bem elogiados pela banca”, revelou a analista de gestão da unidade de ensino, Rozimar Assis.

Projetos resgatam uso da biblioteca
Esqueça o estereótipo do jovem de hoje em dia, sempre ligado na tela de um computador ou mesmo de um smartphone. Ao menos os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Ginásio de Limoeiro Arthur Correia de Oliveira, localizada Agreste do Estado, tiveram que ir além para realizar os projetos do Trabalho de Conclusão do Fundamental (TCF) deste semestre. As produções foram apresentadas na semana passada e foram avaliadas como de grande importância e bom aproveitamento por parte dos professores envolvidos.
Segundo o professor de História, Márcio José de Oliveira, o TCF gerou uma motivação diferente nos alunos, que perceberam a importância da atividade como uma oportunidade de buscar novos conhecimentos. "Foi importante para eles essa vivência. Eles foram provocados e isso os levou a irem além das salas de aula e da internet. Esse processo também foi importente para a redescoberta da biblioteca", comentou.

A secretária executiva de Desenvolvimento da Educação da Secretaria, Ana Selva, comentou sobre a proposta do projeto. "A proposta do TCF é a de unir todos os envolvidos para trabalharem de forma colaborativa, agregando valor e conhecimento às produções acadêmicas de forma científica". Ana também destacou que a pesquisa é um pilar para a aprendizagem.

Já a gestora da escola, Maria Elizabete, falou sobre os desafios postos com a implantação do TCF na unidade de ensino. "Assim como qualquer novo projeto, as dificuldades existiram, mas logo foram superadas. Essa oportunidade vai fazer com que esses estudantes tenham o novo olhar em relação ao Ensino Médio, encarando o futuro de forma mais tranquila", pontuou.

O estudante Antônio Neto, 14 anos, falou da experiência adquirida neste projeto. "Foi incrível participar deste programa, ainda mais por sermos os pioneiros", disse. Ele e sua equipe apresentaram trabalho com base nos fatos históricos do Holocausto. Na ocasião, o estudante também doou para a biblioteca da escola um exemplar do livro "O Diário de Anne Frank". 

Por: (Folha de Pernambuco).

Blog do BILL NOTICIAS

Cerimônias de posse e transmissão de cargo de prefeito de Petrolina ocorrem neste domingo

Os novos prefeito e vice-prefeita de Petrolina, Miguel Coelho e Luska Portela, assumem os cargos oficialmente neste domingo (1°). O evento será realizado em duas cerimônias: a posse no Sesc, a partir das 17h, e, em seguida, a transmissão de cargo na sede da Prefeitura, por volta das 19h. As duas solenidades serão abertas ao público.
No Sesc, além da posse de Miguel e Luska, serão oficialmente nomeados os 23 vereadores eleitos da capital do São Francisco. A cerimônia será conduzida pela Câmara Municipal e terá espaço para discursos do presidente da Câmara, Osório Siqueira, e do prefeito Miguel Coelho.
Ao término da posse, Miguel e Luska seguem a pé direto para a sede da Prefeitura de Petrolina. No prédio municipal, o novo prefeito será recebido pelo atual gestor, Julio Lóssio, para a transmissão de cargo. Os dois prefeitos assinam documento de início e término de cada mandato. Após a transferência de cargo, Miguel se dirigirá até a sacada do gabinete para falar ao público que assistirá em frente ao prédio da Prefeitura.
Para a realização do evento, será montada uma estrutura de apoio da Guarda Municipal e para o trânsito do entorno da sede municipal. A expectativa é de que todo o evento encerre em torno das 20h30. Serviço: Posse de Miguel, Luska e vereadores Local: Sesc – Rua Pacífico da Luz, 618, Centro Horário: 17h Transmissão de cargo Local: sede da Prefeitura – Avenida Guararapes, Centro Horário: após a posse, por volta das 19h. (Ricardo Banana).

Blog do BILL NOTICIAS

Dilma e Lula vão ser sempre lembrados como os melhores presidentes para o Nordeste em segurança hídrica


Enquanto o presidente ilegítimo, Temer, vem ao Nordeste liberar quase 800 milhões para politicas de convivência com a o semiárido, os ex-presidentes Lula e Dilma sempre serão lembrados como os maiores presidentes do Nordeste. Eles serão lembrados, principalmente, na questão de segurança hídrica, como a construção da Transposição do Rio São Francisco, beneficiando 12 milhões de pessoas, e, especificamente, em Pernambuco, com a construção da Adutora do Pajeú, que vai beneficiar um milhão de pessoas, onde na época o Ministro da Integração Nacional era o senador Fernando Bezerra Coelho.
Se Temer em um ano emergencial libera uma verba pequena dizendo que vai ser lembrado como o maior presidente do nordeste, imagina Lula e Dilma com essas obras de alta sustentabilidade hídrica. (Blog do Banana).

Blog do BILL NOTICIAS

Esquema de sonegação fiscal em Petrolina e Juazeiro é desarticulado

Suspeitos de envolvimento em um esquema de sonegação fiscal, estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa com atuação nos municípios de Petrolina, em Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia, são alvo de uma operação desencadeada nesta quarta-feira (28) pela Polícia Civil de Pernambuco junto com a Secretaria da Fazenda Estadual.
A Operação Oásis cumpriu três mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão domiciliar. As investigações tiveram início há seis meses e foram efetuadas pela Delegacia de Crimes contra a Ordem Tributária.
Participaram da operação 126 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, e 16 auditores da Secretaria da Fazenda Estadual. (Via: Folha PE)

Blog do BILL NOTICIAS

Eleitor tem até amanhã para justificar ausência no segundo turno



Quem não votou no segundo turno das eleições municipais de 2016 tem até amanhã (29) para justificar a sua ausência junto à Justiça Eleitoral. Para tanto, o eleitor deve preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (disponível na internet) e entregá-lo em qualquer cartório eleitoral, onde deve apresentar também um documento oficial original com foto, como carteira de identidade (RG), carteira de habilitação ou carteira de trabalho.
Devem ser anexados ainda documentos que comprovem o motivo da ausência, tais como atestado médico ou comprovante de viagem. A justificativa será analisada por um juiz eleitoral, que pode acatar ou não a explicação dada pelo eleitor.
O portador de título eleitoral que não justificar a ausência fica sujeito a diversas sanções, como não poder requerer passaporte ou carteira de identidade; receber salário de entidades públicas ou assistidas pelo governo; solicitar empréstimos em qualquer banco ou estabelecimento de crédito subsidiado pelo governo; inscrever-se em concursos públicos ou tomar posse de cargos públicos.
Caso não justifique a ausência, o eleitor poderá regularizar sua situação no futuro, por meio do pagamento de multa, que será estabelecida pelo juiz eleitoral de sua região e pode variar de R$ 1,05 a R$ 3,51. Dependendo da situação econômica do eleitor, a penalidade pode ser multiplicada e chegar a R$ 35,10.
O eleitor que não votar em três eleições consecutivas, não justificar sua ausência e não quitar a multa devida terá sua inscrição cancelada. A Justiça Eleitoral ressalta que cada turno é considerado uma eleição separada.
Quem se encontrava no exterior no segundo turno das eleições e possui domicílio eleitoral em algum município brasileiro pode encaminhar a justificativa por via postal, diretamente a seu respectivo cartório eleitoral. Nesse caso, o eleitor tem o direito de deixar para justificar a ausência somente após o retorno ao Brasil, no prazo de 30 dias.
Em alguns estados, é possível fazer a justificativa pela internet. São eles: Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo. Os links para o sistema online de justificação podem ser encontrados nos sites dos Tribunais Regionais Eleitorais de cada estado. (Agência Brasil) Ricardo Banana.

Blog do BILL NOTICIAS

Serra Talhada deve abrir concurso público em 2017, anuncia prefeito


Uma boa notícia para os concurseiros de plantão! A Prefeitura de Serra Talhada deve abrir edital para um novo certame público em 2017. A informação foi confirmada pelo prefeito reeleito do município, Luciano Duque.  O gestor não adiantou quantas vagas serão oferecidas.
Indagado sobre a necessidade de novas contratações, especialmente, para sanar o déficit de agentes de trânsito na cidade, Luciano foi incisivo ao ratificar a urgência do lançamento de um novo edital.
O último foi aberto pela Prefeitura de Serra Talhada em 2013, para vários cargos, ainda no primeiro ano da gestão de Duque. O prefeito enfatizou que o certame aplicado no seu primeiro ano de governo foi um sucesso e não recebeu nenhuma denúncia de fraude. Para o gestor, começar a preparar o concurso será uma das primeiras medidas a serem tomadas a partir do próximo ano.
“A primeira medida vai ser a realização de concurso público. Nós hoje temos cinco agentes de trânsito, é insuficiente para o trabalho que necessita se fazer. A população, não só em Serra Talhada, no Brasil inteiro, tem um comportamento muito averso as leis de trânsito, mas para sanar isso nós vamos fazer um concurso público e se Deus quiser nós vamos nomear mais agentes. Pode ter certeza que vamos fazer concurso público em 2017”, garantiu Duque. (Farol de Notícias).
Blog do BILL NOTICIAS

Educação: Pernambuco contará com 38 novas unidades de Ensino Integral

Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (29), em cerimônia realizada no Palácio do Campo das Princesas, o governador Paulo Câmara e o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciaram a implantação de 36 novas unidades de ensino no modelo de educação integral. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ainda confirmou que outras duas escolas da rede pernambucana também adotarão esse padrão, por meio de investimento próprio do Estado. Com isso, em 2017, 51% das vagas na rede pública serão para o ensino integral, acima da meta nacional estabelecida para os próximos dez anos.
As 36 escolas pernambucanas apoiadas pelo Governo Federal – por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) – estão localizadas em 27 municípios, sendo seis do Grande Recife, cinco da Mata Norte, duas da Mata Sul, cinco do Agreste e nove do Sertão. As outras duas unidades que serão convertidas pelo Estado estão em Paulista e Igarassu.
O chefe do Executivo estadual salientou que o foco na educação elevou o patamar das escolas públicas pernambucanas. “O nosso grande desafio é continuar nesse caminho acertado, onde se prioriza a escola integral e o ensino técnico”, disse Câmara. O gestor salientou a importância de acompanhar o rendimento dos alunos, promovendo a inclusão dos seus familiares no processo. “Temos que saber como anda a freqüência dos alunos, dos professores e a participação da comunidade escolar. Isso faz a diferença”, completou o governador.
O Ministério da Educação ainda iniciou a liberação R$ 111 milhões para os programas de Fomento à implementação da Escola em Tempo Integral e MédioTec. E ainda outros R$ 42 milhões para 45 secretarias municipais do Estado – recursos para a construção de escolas, creches e para o pagamento do piso salarial dos professores.
Para o ministro Mendonça Filho, os recursos do MEC vão reforçar uma política pública consolidada no Estado. “Praticamente R$ 80 milhões assegurados hoje vão incrementar uma política de sucesso em Pernambuco, que é a política de educação em tempo integral”, salientou o representante da União.(Edenevaldo Alves).

Blog do BILL NOTICIAS


2017 terá 11 feriados em dias de semana; Confira


Se você é daqueles que adoram um feriado, seja para viajar, ir à praia, ou mesmo para ficar em casa descansando, pode se programar. Em 2017, 11 dessas datas caem em dias de semana, oportunidades a mais para dar aquela relaxada. Isso sem contar os feriados em fins de semana, que são dois – Confraternização Universal (1 de janeiro, domingo) e São João (24 de junho, sábado) (Folha PE).
Confira as datas dos feriados:
25 a 28 de fevereiro (sábado a terça-feira)
Carnaval
14 de Abril (sexta-feira)
Sexta-feira Santa
21 de Abril (sexta-feira)
Tiradentes
1° de Maio (segunda-feira)
Dia do Trabalho
15 de Junho (quinta-feira)
Dia de Corpus Christi
7 de Setembro (quinta-feira)
Dia da Independência do Brasil
12 de Outubro (quinta-feira)
Dia de Nossa Senhora Aparecida
2 de Novembro (quinta-feira)
Dia de Finados
15 de novembro (quarta-feira)
Proclamação da República
8 de dezembro (sexta-feira)
Dia de Nossa Senhora da Conceição (feriado no Recife)
25 de Dezembro (segunda-feira)
Natal
1° de Janeiro de 2018 (segunda-feira)
Confraternização Universal (Edenevaldo Alves)

Blog do BILL NOTICIAS

116,7 mil vagas de trabalho com carteira assinada foram fechadas em novembro

Imagem ilustrativa

O Brasil perdeu 116.747 postos de trabalho com carteira assinada em novembro, no 20º mês seguido de fechamento de vagas. O número é maior do que o registrado em outubro (-74.748), mas menor do que o de novembro de 2015 (-130.629).
Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e foram divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta quinta-feira (29). O resultado considera o saldo de vagas, ou seja, o total de demissões (1,2 milhão) menos o de contratações (1,1 milhão) no período.
Com isso, o Brasil acumula perda de 858,3 mil vagas de trabalho em 2016, até novembro. No acumulado dos 12 meses até novembro, foram 1,47 milhão de vagas cortadas.
líder de cortes
O Estado que mais perdeu vagas com carteira assinada foi São Paulo (-39.675), seguido pelo Rio de Janeiro (-12.438) e Minas Gerais (-11.402).
Apenas três Estados tiveram mais vagas abertas que fechadas: Rio Grande do Sul, Alagoas e Sergipe. As cinco regiões cortaram postos de trabalho:
  • Sudeste: -65.727 (-0,32%)
  • Centro-Oeste: -20.232 (-0,64%)
  • Nordeste: -14 mil (-0,22%)
  • Norte: -9.499 (-0,53%)
  • Sul: -7.289 (-0,1%)
Apenas comércio abriu vagas
Considerando os setores da economia analisados, apenas o comércio abriu mais vagas do que fechou:
  • Comércio: +58.961 (+0,66%)
  • Extrativa mineral: -1.834 (-0,91%)
  • Serviços industriais de utilidade pública: -2.642 (-0,65%)
  • Administração pública: -4.426 (-0,49%)
  • Agropecuária: -26.097 (-1,62%)
  • Serviços: -37.959 (-0,22%)
  • Construção: -50.891 (-2,09%)
  • Indústria de transformação: – 51.859 (-0,69%)
Pesquisa
Os dados divulgados hoje pelo Ministério do Trabalho consideram apenas os empregos com carteira assinada. Existem outros números sobre desemprego apresentados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que são mais amplos, pois levam em conta todos os trabalhadores, com e sem carteira.
A Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua mensal, divulgada hoje, registrou que o Brasil tinha, em média, 12,1 milhões de desempregados no trimestre de setembro a novembro. (UOL) Edenevaldo Alves.


Blog do BILL NOTICIAS


“Recebemos menos de 50% das respostas dos ofícios que enviamos”, diz Miguel Coelho sobre a transição em Petrolina

Miguel Coelho em entrevista coletiva com a imprensa de Petrolina.
Na noite desta quinta-feira (29), os socialistas, o senador Fernando Bezerra Coelho, o ministro Fernando Filho e o prefeito eleito de Petrolina Miguel Coelho, realizaram uma confraternização com a imprensa da cidade. Na ocasião, o Miguel Coelho concedeu uma entrevista coletiva onde comentou sobre a transição de governo no município.
Segundo ele, era pra ser um processo onde se pudesse receber todas as informações do cargo em que vai assumir. Porém, não foi isso que aconteceu, a equipe não obteve informações reais sobre o saldo da prefeitura, o que se tem são dados do Tribunal de Contas.
“Recebemos menos de 50% de respostas dos ofícios que enviamos. Hoje, nós não temos saldo em conta, não sabemos o passivo da prefeitura, o real, sabemos apenas o que está no Tribunal de Contas, mas o atualizado não tem. Não sabemos o quanto de restos a pagar e de quanto vai ficar para pagar logo no início do ano.”, explicou o prefeito eleito.
Ainda sobre a situação financeira da prefeitura, Miguel relata que muitas informações não foram repassadas, mas que pretende virar página e olhar pra frente. “Vai cair agora no final do ano o dinheiro da repatriação, o dinheiro da multa vai está lá? esse dinheiro vai ser gasto no apagar das luzes ou vai ficar para próxima gestão poder gerir da melhor forma e da forma mais responsável, sem ter a pressa da saída? Então, essas informações não foram repassadas, mas agora a gente não tem mais que lamentar. É virar a página, olhar pra frente para que a gente possa fazer uma grande gestão a partir do dia 1º de janeiro.”, observou. Fonte: (Edenevaldo Alves).

Blog do BILL NOTICIAS

Governo regulamenta salário mínimo de 2017 no valor de R$ 937

Novo salário mínimo é R$ 57 maior do que o atual e começa a valer no dia 1º de janeiro, segundo decreto.

Sai o novo salário mínimo, que já começa a valer em janeiro



Foi publicado no "Diário Oficial da União" desta sexta-feira (30) o decreto que atualiza o valor do salário mínimo dos atuais R$ 880 para R$ 937 (aumento equivalente a 6,47%) a partir de 1º janeiro de 2017.

O novo salário mínimo é R$ 57 maior do que o atual, mas ficou R$ 8,8 abaixo dos R$ 945,8 que haviam sido propostos em agosto pelo governo federal.
Segundo o decreto, o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 31,23 e o valor horário, a R$ 4,26.
De acordo com o governo, o reajuste do mínimo para R$ 937 deve gerar um incremento de R$ 38,6 bilhões nos salários dos brasileiros em 2017, correspondente a 0,62% do PIB.

Na véspera, ao justificar por meio de nota o fato de o reajuste ter sido menor do que as previsões iniciais, o Ministério do Planejamento disse que apenas aplicou as regras previstas na legislação. (G1).

Blog do BILL NOTICIAS



Ministério da Saúde diminui número de médicos nas UPAs


O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta (29) que irá flexibilizar regras para o funcionamento das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Com as novas regras, cada unidade poderá ter no mínimo dois médicos. Antes, era exigido o número mínimo de quatro médicos por unidade.
Caberá ao gestor municipal definir o número de profissionais na equipe. A partir do tamanho da equipe médica, será estabelecido o valor de custeio que será repassado ao município.
Uma UPA com dois profissionais, por exemplo, receberá um incentivo financeiro para custeio de R$ 50 mil enquanto uma com nove profissionais receberá R$ 250 mil. “É melhor dois [médicos] do que nenhum. O Brasil precisa cair na real. Não temos mais capacidade de contratar pessoal”, disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros, ao anunciar as novas regras. “É melhor essa UPA funcionando com um médico de dia e um de noite do que ela fechada”, completou.
De acordo com o ministério, também está previsto o compartilhamento de equipamentos entre as UPAs, no intuito de otimizar a estrutura disponível no município.
Para Barros, as novas regras devem incentivar a conclusão de UPAs em todo o país. Dados da pasta apontam que, atualmente, 275 unidades estão em obras, enquanto 165 já foram concluídas, mas não foram abertas.
Muitos prefeitos, segundo o ministro, evitam entregar o certificado de conclusão de obra da UPA por causa da exigência de um prazo máximo de 90 dias para que a unidade comece a atender.
“As UPAs estão fechadas. Estamos colocando em atendimento e abrindo para a população”, disse. “É simples o raciocínio. É senso prático”, acrescentou.
A expectativa do governo federal é que a capacidade de atendimento das atuais 520 UPAs praticamente dobre em todo o país, chegando a 960 unidades em funcionamento.
“Estou absolutamente seguro de que estamos fazendo o melhor para a saúde”, afirmou Barros, ao destacar que as mudanças foram aprovadas na comissão tripartite, que inclui representantes das secretarias estaduais e municipais de Saúde. A portaria deve ser publicada hoje (30) no Diário Oficial da União. (EBC). Fonte: (Edenevaldo Alves).

Blog do BLOG DO BILL NOTICIAS