quarta-feira, 24 de julho de 2013


MAIS UMA ANIVERSÁRIANTE DA SECRETARIA DE EVENTOS


Laiane Oliveira

.. UM EXEMPLO DE SERIEDADE E FÉ .. 






Estes são os sinceros votos de sua amiga e colega de trabalho,
 Maria José da Secretária de Eventos e do
Blog do Bill Art´s.

Petrolina se prepara para a 4ª Conferência Municipal de Meio Ambiente



imageNo próximo dia 30, acontece a 4ª Conferência Municipal de Meio Ambiente, com a temática “Vamos cuidar de Petrolina – Resíduos Sólidos”, onde serão discutidos temas junto à população com o objetivo de mobilizar a comunidade em favor de políticas sustentáveis sobre a destinação do lixo e o fortalecimento da coleta seletiva, em Petrolina. O evento está sendo organizado pela Agência Municipal do Meio Ambiente, AMMA e acontece das 8h às 17h, no auditório da Facape.
É a oportunidade para expor preocupações, dividir responsabilidades e apresentar reivindicações e sugestões que aprimorem a política ambiental do município e para a população. “É também um instrumento de educação ambiental, uma chance de os cidadãos assumirem responsabilidades para construção de sociedades sustentáveis, momento de a comunidade interagir com o poder público, na busca de soluções para a região, assim como para o país,” complementou o presidente da AMMA, Gleidson Castro.
Na programação, palestras e debates para promover, difundir e compartilhar conhecimento, tecnologias e experiências bem-sucedidas de práticas sustentáveis. A partir das discussões, serão elaboradas diretrizes para a Conferência Estadual, em Recife, no mês de agosto, com a representação de oito delegados que serão escolhidos durante a Conferência Municipal.
Ascom PMP
Blog do Bill Art´s

Quem é Daniel Alves?



imageVerde da esperança, verde da nossa flora, verde da nossa bandeira nacional, verde são as cores dos olhos do nosso lateral-direito da seleção brasileira e, da equipe Catalunha, o Barcelona, na Europa. Mas, quem é Daniel Alves da Silva? Qual sua origem e raízes? Nascido em Juazeiro da Bahia, mais precisamente no povoado do Umbuzeiro, na região do Salitre, o grande jogador do Barcelona, teve uma infância pobre. Ao lado do seu pai e ídolo, seu Domingos, como é mais conhecido, o pequeno Daniel cresceu na roça, desde cedo aprendeu os ensinamentos da vida campestre. Já na tenra idade ajudava na plantação de melão, tomate e cebola. Ainda pequenino, já alimentava o sonho de um dia ser um jogador de futebol. Com bolas de sacos plásticos ou meias de sapatos velhas, imaginava jogadas, utilizava como improviso para as traves, dois chinelos, paralelo um ao outro em plena terra e, ali, ensaiava os seus gols. Na roça aprendeu a lutar pela sobrevivência, a valorizar a vida, mesmo em uma situação adversa. Vezes por outra se aventurava com o pai em busca de uma caça, na tentativa de encontrar alguma mistura para sustento da família. Além disso, armava arapucas, usava estilingue, era uma época gostosa e, sentia-se muito feliz ao lado do seu querido pai. Quando retornavam para casa, saboreava o tempero de sua mãe, dona Maria. Foi um tempo difícil, mas que guarda como aprendizado para a vida até hoje. A lembrança de um passado sofrido faz com que valorize cada centavo que ganha, através do futebol. Sente-se realizado em poder ajudar financeiramente a quem tanto lhe deu: amor, carinho e alimento, numa época de tamanha escassez. A figura mais importante para o craque, além da sua querida mamãe, é o pai dele. Para Daniel Alves, seu Domingo é a maior referência em sua vida e, guarda todos os ensinamentos que aprendeu quando criança em sua companhia. A maior alegria do jogador é vê o pai feliz e o mesmo sentir orgulho do filho que tem. Não há dúvidas que todos estão felizes, irmãos, parentes e amigos, aliás, todos que moram na região do Vale do São Francisco. Que privilégio para a cidade de Juazeiro na Bahia, que privilégio para a região do Salitre, que privilégio para todos nós que residimos às margens do Rio São Francisco. Foi daqui que saiu esse representante nosso e foi brilhar nos gramados da Europa, é tão verdade que parece um sonho, algo espetacular e lindo, que merece ser registrado para as gerações posteriores, a carreira promissora de um garotinho cognominado Dani, esse extraordinário lateral direito da nossa Seleção Canarinho e da equipe do Barcelona do Lionel Messi, o maior jogador do mundo da atualidade. Todas às vezes, que vou a Sobradinho, cidade próxima de Juazeiro-BA, vem à tona à lembrança desse craque, fico viajando nos meus pensamentos e imaginação, e, faço uma pergunta a mim mesmo, como um molequinho que brincava por essas terras do chão vermelho, conseguiu uma ascensão tão rápida e meteora no futebol mundial? Sou petrolinense de nascimento, porém, juazeirense de coração, porque já faz alguns anos que resido nessa cidade e, aprendi a gostar do povo dessa terra, e sinto-me feliz porque esse jovem foi projetado para o futebol mundial, mostrando para nossos jovens que é possível a realização dos sonhos e objetivos, com ousadia e coragem, acima de tudo muita confiança em Deus e acreditar em si mesmo na esperança de um ideal. Escrevo esse artigo com muito capricho, porque Daniel Alves chegou aonde muitos jogadores de sua geração sonham chegar, o mesmo atingiu o topo de tamanha importância na sua vida profissional. É um momento mágico na vida dele e, ninguém poderá tirar o brilho ou ofuscar esse momento inesquecível em sua trajetória como jogador. Sei que ele é um orgulho vivo para sua família. Também tenho um filho, seu nome é Danniel Carvalho Oliveira, quisera que meu precioso presente que Deus me deu, possa ser grande também, como um bom cidadão, ético e contribua de alguma maneira para a nossa sociedade, honrando os ensinamentos que nós como pais lhe passamos e sendo cumpridores das leis do seu país. Acima de tudo que tema a Deus, criador dos céus e da terra. Não Quero nesse espaço antecipar o futuro dele, o Pai Celestial o ajudará a construir ao longo dos anos a trajetória do meu Danniel. Quero me deter falando um pouquinho da vida desse outro Daniel, desse garotinho que saiu de um lugar tão humilde e está brilhando entre os grandes do futebol mundial. É meu objetivo enaltecê-lo, torcer cada vez mais para o seu sucesso, não é um goleador, não podemos cobrar isso dele, a posição que o mesmo ocupa em campo, não é fazer gols, mas, às vezes deixa os seus nas cobranças de faltas, é o melhor em sua posição, pela FIFA e imprensa compostos pelos mais renomados jornalistas esportivos, já recebeu essa honraria algumas vezes. Eu gostaria muito que esse jogador tivesse o reconhecimento de todos nós, tanto dos juazeirenses como os petrolinenses, porque ele representa todo o Vale do São Francisco em matéria de futebol. É um salitreiro que tem muita honra de jogar ao lado do maior jogador do mundo, o argentino, Leonel Messi, considerado pela imprensa internacional pela quarta vez de forma consecutiva. E agora terá a companhia do talento e genialidade do Neymar, o ex-craque do Santo Futebol Clube, quem segura agora esse ataque dos sonhos? Gostaria muito de conhecer pessoalmente o Daniel Alves em seu período de férias, quando vier visitar a família dele, quem sabe uma oportunidade de um papo descontraído, alegre e motivador, um momento prazeroso que ficará eternizado no infinito, enquanto o fôlego de vida existir. Que a cada dia sua vida seja coroada de glória e conquistas sem limites. Que Deus o permita atingir outros sonhos acalentados no coração dele e, que o mesmo continue assim, amando a família e nunca esquecendo sua origem humilde. Considero um verdadeiro ato de grandeza em uma pessoa não negar suas raízes. Sei que ele nunca a negará, parabéns por brilhante carreira, por tudo o que já alcançou e certamente alcançara em sua existência terrestre, também que seja forte quando os problemas existirem ao longo da vida e, corajoso o bastante como o sertanejo no enfrentamento da sobrevivência. Desejo-lhe felicidade plena, saúde e paz e todos os anseios do seu coração.
Antonio Damião Oliveira da Silva (damis.oliver@hotmail.com)
Guarda Municipal Petrolina-PE
Professor de Matemática
Blog do Bill Art´s

Ministro Fernando Bezerra Coelho e sua mulher são abençoados pelo papa Francisco



imageO ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e sua mulher, Adriana Coelho, participaram da comitiva da presidenta da República, Dilma Rousseff, na recepção ao papa Francisco, no Palácio Guanabara, sede do governo do Rio, na tarde desta segunda-feira (dia 22).
Na ocasição, o papa Francisco ouviu as boas-vindas da presidenta Dilma, em um discurso que destacou os ideais que aproximam os cidadãos brasileiros da igreja católica. Em retribuição, Francisco revelou novamente sua personalidade humilde e falou de forma direta. “Não tenho ouro, nem prata. Tenho Jesus Cristo”.
Sua santidade aproveitou o momento para abençoar as autoridades que participaram do evento, como o ministro Fernando Bezerra Coelho, ao lado de sua mulher Adriana Coelho.
Ministério da Integração Nacional
Assessoria de Comunicação Social
Blog do Bill Art´s

Dominguinhos morre aos 72 anos em hospital de São Paulo



imageO músico Dominguinhos morreu nesta terça-feira (23), aos 72 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele lutava havia seis anos contra um câncer de pulmão. De acordo com o hospital, o músico morreu às 18h em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas.
Ao longo do tratamento, ele desenvolveu insuficiência ventricular, arritmia cardíaca e diabetes. Dominguinhos foi transferido para a capital paulista em 13 de janeiro. Antes, esteve internado por um mês em um hospital no Recife.
Considerado o sanfoneiro mais importante do país e herdeiro artístico de Luiz Gonzaga (1912-1989), José Domingos de Morais nasceu em Garanhuns, no agreste de Pernambuco. Conheceu Luiz Gonzaga com oito anos de idade. Aos 13 anos, morando no Rio, ganhou a primeira sanfona do Rei do Baião, que três anos mais tarde o consagrou como herdeiro artístico.
Instrumentista, cantor e compositor, Dominguinhos ganhou em 2002 o Grammy Latino com o “CD Chegando de Mansinho”. Ao longo da carreira, fez parcerias de sucesso com músicos como Gilberto Gil, Chico Buarque, Anastácia e Djavan, entre outros.
Ainda criança, Dominguinhos tocava triângulo com seus irmãos no trio “Os três pinguins”. Quando ele tinha oito anos de idade, foi “descoberto” por Gonzagão ao participar de um show em Garanhuns. A “benção” lhe foi dada pelo rei do baião quanto tinha 16.
“Gonzaga estava divulgando para a imprensa o disco ‘Forró no Escuro’ quando ele me apresentou como seu herdeiro artístico aos repórteres”, lembrou-se Dominguinhos em entrevista ao G1 no final de 2012. “Foi uma surpresa muito grande, não esperava mesmo.”
De acordo com ele, o episódio aconteceu somente três anos depois de sua chegada ao Rio, acompanhado do pai, o também sanfoneiro Chicão. Mudaram-se para a cidade justamente para encontrar Luiz Gonzaga. “Em cinco minutos, ele me deu uma sanfona novinha, sem eu pedir nada”, prosseguiu. Naquele período, Dominguinhos saiu em turnê com o mestre para cumprir a função de segundo sanfoneiro e, eventualmente, de motorista.
Centenário de Gonzagão
No fim de 2012, Dominguinhos se dedicou ativamente às celebrações dos cem anos do nascimento de Luiz Gonzaga. Durante um show no dia centenário, 13 de dezembro, realizado na terra natal do músico, Exu (PE), Gilberto Gil comentou: “Dominguinhos teve a herança do Gonzaga, que ele incorporou, através das canções, dos estilos, o gosto pelo xote, xaxado”.
Para Gil, no entanto, Dominguinhos soube trilhar um caminho próprio. “Dominguinhos foi além, em uma direção que Gonzaga não pôde, não teve tempo. Ele foi na direção do início de Gonzaga, o instrumentista, da época das boates do Mangue, no Rio de Janeiro, quando ele tocava tango, choro, polca, foxtrot, tocava tudo, repertório internacional, tudo na sanfona. ” (G1)
Blog do Bill Art´s

Secretário de Infraestrutura de Petrolina visita moradores do bairro Henrique Leite



imagemNa manhã desta terça-feira (23), o secretário de Infraestrutura de Petrolina, Ricardo Rocha, visitou moradores do bairro Henrique Leite.
Na ocasião, Rocha, acompanhado de representantes do bairro, orientou a população quanto aos serviços de limpeza, coleta de lixo, e discutiu problemas relacionados à infraestrutura.
“ A secretaria de Infraestrutura sempre se dispôs a ouvir as reivindicações e analisar os problemas enfrentados pela comunidade a fim de buscar as devidas soluções. Essa interação entre o governo municipal e moradores é muito importante para a concretização do planejamento traçado para o desenvolvimento da cidade”, pontua Ricardo Rocha.
Ascom PMP
Blog do Bill Art´s

Na hora do Angelus, Dominguinhos fecha a sanfona.*Por Ney Vital-Jornalista e Radialista



imageNo Nordeste a tradição das 18h é a família escutar a hora do Angelus. E foi nesta hora Divina que Dominguinhos morreu! Um descanso para quem lutava mais de 6 anos para sobreviver a um câncer no pulmão.
Dominguinhos, nascido em Garanhuns, agreste de Pernambuco continuará sendo um dos mais importantes e completos músicos, instrumentistas, tocador de sanfona. É imortal em discos, DVD e milhares de entrevistas por este Brasil afora.
Filho de Chicão, afinador de sanfona de 8 baixos e de Dona Maria soube também guardar a honra e gratidão de ter “aprendido umas lições” de Luiz Gonzaga, Rei do Baião, que um dia anunciou ser o Dominguinhos o seu mais legitimo seguidor, o verdadeiro herdeiro musical.
Dominguinhos e seu talento de tocar sanfona agradava as mais variadas plateias, indo do jazz aos dançadores do forró pé de serra. Foram 72 anos puxando sanfona respeitando os 8 baixos de Januário, pai de Luiz Gonzaga e de seu pai Chicão.
Dominguinhos sempre teve o compromisso com nossas raízes. E para os gonzagueanos fica agora a certeza que temos que aumentar nosso compromisso com o Forró e o Baião. Saudade da fala cadenciada como a toada do aboiador. Saudade do olhar triste, de um carinho e atenção que conquistava a todos no primeiro aperto de mão e da voz quente quando tocava e cantava.
Saudade o nosso remédio mais uma vez é cantar…
Blog do Bill Art´s

Lula promete ‘lutar com unhas afiadas’ por Dilma



imageO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira (23), que vai lutar com “unhas afiadas” para defender a presidente Dilma Rousseff de ataques dos adversários. Em palestra no Museu Nacional, Lula disse que Dilma é vítima de “preconceito” por parte da elite brasileira e sofre “falta de respeito” por ser mulher.
“Dilma não é mais do que uma extensão da gente lá. Nós seremos responsáveis pelos acertos e pelos erros que ela cometer”, afirmou Lula. Aplaudido pela plateia, formada em sua maioria por negros que participavam do Festival da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha, o ex-presidente disse que os “conservadores” começam a “colocar as unhas de fora” para tirar o PT do poder, em 2014 e prometeu ajudar Dilma.
“Eles estão com preconceito contra Dilma maior do que o que tinham contra mim. É a maior falta de respeito a uma mulher da qualidade da Dilma Rousseff. Será que eles têm essa falta de respeito com a mãe deles, com a mulher deles, como têm com a Dilma?”, perguntou. Apesar da fragilidade política do governo, Lula acha que Dilma vai superar os problemas. “Tenho a convicção de que ela está no caminho certo, a despeito das dificuldades que enfrenta.” Para Lula, a inflação é um “mal a ser extirpado da política econômica” e o governo precisa fazer um “esforço monstruoso” para impedir seu retorno.
Plebiscito
Em entrevista, Lula saiu em defesa do programa Mais Médicos e do plebiscito proposto por Dilma – e descartado pelo Congresso – para fazer a reforma política. “Se os médicos brasileiros não querem trabalhar no sertão, que a gente traga médicos estrangeiros”, disse. “Vamos fazer a reforma política, vamos fazer plebiscito. Por que temos medo dessas coisas?” Ele descartou o “Volta, Lula”, que começou a ser entoado no próprio PT. “Não existe essa possibilidade. Eu, se pudesse, ia voltar a jogar bola, mas o Felipão parece que não está me olhando com bons olhos”, brincou.
Também alfinetou o PMDB ao falar sobre o número de ministérios. “Estou vendo um zum-zum-zum na imprensa de que tem gente que vai pedir para a Dilma reduzir o número de ministérios. Fiquem espertos porque ninguém vai querer acabar com o Ministério da Fazenda nem com o da Defesa. Vão tentar mexer no Ministério da Igualdade Racial, no das Mulheres e no dos Direitos Humanos”, advertiu. A proposta de cortar 14 dos 39 ministérios foi apresentada pelo presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN). As informações são do Estadão.
Blog do Bill Art´s