quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Valexport apresenta agronegócio regional ao governador de Roraima

  Via:Santanavinicius

O governador de Roraima, Antonio Denarium, encerrou nesta quarta-feira (2) em Petrolina – PE uma visita ao Vale do São Francisco com um propósito: mudar a matriz econômica do seu Estado com o incremento de projetos irrigados visando a produção de frutas em larga escala. No terceiro dia, entre Petrolina e Juazeiro – BA, o governador, que esteve acompanhado de secretários e empresários do segmento agropecuário, participou de uma reunião na Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco – Valexport, onde conheceu em detalhes os projetos, empreendimentos e resultados que transformaram a região no terceiro maior produtor de frutas do mundo.

Depois de ouvir uma palestra destacando a produção anual de 43,9 milhões de toneladas de frutas e de ser informado pelo gerente executivo da Valexport, Tássio Lustosa, que o Vale é responsável por 86% das exportações de manga e 99,9% das exportações de uva do país, Antonio Denarium, ressaltou o potencial produtivo de Roraima para investimentos e geração de emprego e renda. “Fiz questão de trazer os secretários das áreas produtivas e empresários do setor. Todos saem daqui muito bem impressionados com o profissionalismo dos produtores e os avanços tecnológicos e da pesquisa agropecuária. Fizemos vários contatos e acertamos a ida de alguns consultores das culturas de manga e citros para ampliarmos o intercâmbio”, ressaltou.

O presidente da Valexport, José Gualberto de Almeida, lembrou a implantação dos primeiros perímetros públicos irrigados, ainda na década de 1960, a exemplo do Projeto Bebedouro, e entusiasmou os visitantes quando mencionou os números de empregos gerados a cada hectare irrigado. “Na produção de manga são gerados diretamente dois empregos já no de uva, o número dobra para quatro”. Também presente à comitiva, o presidente da Abrafrutas,  Luiz Roberto Barcelos, fez um paralelo entre as regiões do Vale e de Roraima, acrescentando que Roraima tem potencial, em solos, clima e localização geográfica para se tornar um grande exportador de frutas.
A comitiva do governador de Roraima participou na segunda-feira (30) da abertura do XXVI Congresso Brasileiro de Fruticultura, na Univasf, em Juazeiro – BA. Na terça e na quarta-feira se reuniu com a Câmara Setorial de Fruticultura do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e com a diretoria da Abrafrutas. Antonio Denarium e comitiva conheceram ainda os pomares e packing houses de fazendas de produção de uva e manga.(Ascom)



Blog do BILL NOTICIAS

Pode um cidadão de honra de Paris ser um preso político em Curitiba?


A concessão pela cidade de Paris do título de Cidadão de Honra ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a maior paulada que o Brasil recebe em muitos anos. E também uma lição para os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal, que, ontem, mais uma vez, decidiram nada decidir sobre como a nova jurisprudência da Lava Jato se aplica ao caso Lula – talvez pelo temor do que possam pensar "o cabo e o soldado".
É possível, e bastante provável, que os ministros do STF tenham em Paris sua cidade preferida. Afinal, quem não gosta de caminhar à beira do Sena, de tomar uma cerveja numa brasserie ou uma taça de vinho num bistrô do Quartier Latin? Pois é, quando e se algum dos 11 juízes supremos brasileiros vier a participar de qualquer conferência jurídica em Paris, a questão será inevitável: por que um cidadão de honra em Paris é um preso político em Curitiba?
Nenhum deles terá resposta para isso, porque a verdade é incontestável. Lula foi preso pelo ex-juiz Sergio Moro apenas porque venceria a eleição presidencial de 2018, em primeiro turno. E se Lula vencesse, o golpe de 2016, que derrubou a ex-presidente Dilma Rousseff, recentemente aclamada na Sorbonne, seria contido e o choque neoliberal não seria aplicado no Brasil. Detalhe: como nem a prisão impediria a vitória de Lula, foi preciso que o ministro Luis Roberto Barroso jogasse no lixo toda a jurisprudência eleitoral no Brasil. Ah, Barroso, que papelão.
A vergonha se estende aos brasileiros endinheirados que apoiaram o golpe de estado e, de tempos em tempos, se mandam para Paris. O mundo sabe que Lula retirou 30 milhões de brasileiros da miséria e foi vítima de uma farsa judicial. A humilhação também se aplica a qualquer integrante do governo Bolsonaro, que só existe porque o ex-juiz Sergio Moro expulsou de campo o time adversário. 
Outro personagem que não pode ser esquecido é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que, segundo sua ex-amante, tem há vários anos um apartamento à disposição na Avenue Foch, uma das mais caras de Paris, e jamais foi molestado pelo Poder Judiciário. Pior: FHC ajudou a articular o golpe de estado que destruiu a economia brasileira e permitiu a ascensão de um governo neofascista. Triste fim para quem se pretendia o príncipe da sociologia no Brasil.
Com o prêmio, Paris na prática reconhece o status de preso político ao ex-presidente Lula, honraria com a qual os golpistas, como FHC e tantos outros, jamais poderão sonhar. Os ministros do Supremo devem correr para desfazer o quanto antes a lambança feita no Brasil. Ou pelo menos tenham a decência de jamais voltar a pisar em Paris.(247)


Blog do BILL NOTICIAS

Além de receber a honraria de cidadão parisiense, o ex-presidente Lula concorre ao Prêmio literário Jabuti 2019 pelo livro "A verdade vencerá: O povo sabe por que me condenam", publicado pelas editoras Boitempo e El Viejo Topo. A categoria é "Inovação - Livro Brasileiro Publicado no Exterior".
A reportagem do portal Uol destaca que "as outras obras indicadas a este prêmio são "A resistência" (Julián Fuks), "Brasil: Uma biografia" (Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Murgel Starling), "Gente de cor, cor de gente" (Mauricio Negro), "Meia-noite e vinte" (Daniel Galera), "Meu Pé de Laranja Lima" (José Mauro de Vasconcelos), "Simpatia pelo demônio" (Bernardo Carvalho) e "Terapia financeira: realize seus sonhos com educação financeira" (Reinaldo Domingos)."
A matéria ainda sublinha que "para a elaboração do livro, Lula concedeu três entrevistas ao quarteto formado pelos jornalistas Juca Kfouri, blogueiro do UOL, e Maria Inês Nassif, pela fundadora e diretora da editora Boitempo, Ivana Jinkins, e pelo professor de relações internacionais da UFABC (Universidade Federal do ABC) Gilberto Maringoni, que foi candidato a governador de São Paulo pelo PSOL em 2014." (247)

Blog do BILL NOTICIAS

Lula concorre ao Prêmio Jabuti 2019 com livro "A verdade vencerá"


Além de receber a honraria de cidadão parisiense, o ex-presidente Lula concorre ao Prêmio literário Jabuti 2019 pelo livro "A verdade vencerá: O povo sabe por que me condenam", publicado pelas editoras Boitempo e El Viejo Topo. A categoria é "Inovação - Livro Brasileiro Publicado no Exterior".
A reportagem do portal Uol destaca que "as outras obras indicadas a este prêmio são "A resistência" (Julián Fuks), "Brasil: Uma biografia" (Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Murgel Starling), "Gente de cor, cor de gente" (Mauricio Negro), "Meia-noite e vinte" (Daniel Galera), "Meu Pé de Laranja Lima" (José Mauro de Vasconcelos), "Simpatia pelo demônio" (Bernardo Carvalho) e "Terapia financeira: realize seus sonhos com educação financeira" (Reinaldo Domingos)."
A matéria ainda sublinha que "para a elaboração do livro, Lula concedeu três entrevistas ao quarteto formado pelos jornalistas Juca Kfouri, blogueiro do UOL, e Maria Inês Nassif, pela fundadora e diretora da editora Boitempo, Ivana Jinkins, e pelo professor de relações internacionais da UFABC (Universidade Federal do ABC) Gilberto Maringoni, que foi candidato a governador de São Paulo pelo PSOL em 2014." (247)

Blog do BILL NOTICIAS

Confirmado: sai o comunicado oficial e Lula, preso político no Brasil, é cidadão de honra de Paris

Lula é cidadão de honra de Paris
Lula é cidadão de honra de Paris (Foto: Editora 247)

O ex-presidente Lula acaba de ser confirmado como Cidadão de Honra de Paris, por ter retirado milhões de brasileiros da miséria e por ter sido um grande exemplo internacional.
A decisão representa uma grande derrota para Jair Bolsonaro, que só é presidente porque Lula foi artificialmente barrado da disputa presidencial, para Moro, que operou a farsa judicial, e para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que ajudou a articular a prisão de Lula e, embora tenha apartamento à disposição em Paris, jamais mereceu tal honraria.
A notícia já foi até publicada pelo jornal francês Le Figaro: "A cidade de Paris decidiu na quinta-feira conceder cidadania honorária ao ex-presidente brasileiro Lula, que atualmente está cumprindo pena de prisão, por seu compromisso de reduzir a "desigualdade social e econômica" em seu país".
Esse compromisso "permitiu que quase 30 milhões de brasileiros escapassem da pobreza extrema e acessassem direitos e serviços essenciais", afirmou a Prefeitura de Paris em comunicado, após uma votação favorável do Conselho da capital francesa. 
"Lula é conhecido por sua política proativa de combater a discriminação racial particularmente acentuada no Brasil", acrescenta o comunicado, dizendo que "através de seu compromisso político, todos os defensores da democracia no Brasil são atacados."
A carta da Prefeitura destaca ainda a perseguição judicial movida por Moro contra Lula, o posicionamento de parlamentares franceses, juristas e ex-chefes de Estado no entendimento de Lula teve seu direito de concorrer à presidência em 2018 barrado e cita o The Intercept e a revelação de que houve um conluio entre o então juiz e autoridades da Operação Lava Jato para condená-lo e prendê-lo. (247)

Blog do BILL NOTICIAS

Solidariedade e fé! Xexéu, ex-Timbalada, é internado em clínica de reabilitação em Salvador após recaída

  Via:Santanavinicius

Sucesso nos anos 90, o ex-timbaleiro Xexéu, hoje com 45 anos, foi filmado recentemente de uma forma bem diferente da imagem que o público guardava dele. Pedindo dinheiro, ele aparece numa localidade do Complexo do Nordeste de Amaralina, em Salvador, sem os dentes, machucado e, aparentemente, sob efeito de drogas.
A repercussão do vídeo fez Xexéu enxergar que sozinho não dava para lutar contra a dependência química. Na manhã desta quarta-feira (2), o cantor assinou um contrato pela vida, aceitando a internação numa clínica de reabilitação na Praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS).
“Não está em jogo o meu sucesso, a minha carreira, e sim a minha vida, minha saúde mental. Eu devo isso a minha família, aos meus fãs e a mim, principalmente. Preciso me tratar para poder voltar a cantar”, disse Xexéu ao CORREIO, antes de ser internado.
Acompanhamento
Antes de ser internado, acompanhamos um pouco da rotina de Alfredo Santos Cerqueira Filho, o Xéxeu, em sua casa no Nordeste de Amaralina, periferia de Salvador. Lá, ele falou sobre o problema com drogas e a decisão de retomar a carreira de cantor.
Ele e sua mãe, Onorina Oliveira Sales, 66, receberam nossa equipe na modesta residência que fica na Rua do Leste, por volta das 10h. Prepostos da Instituição Manassés, centro de tratamento para dependentes químicos, também chegaram no mesmo momento.
Visivelmente abatido por conta das medicações que toma para controlar a ansiedade, Xexéu falou sobre a repercussão do vídeo, que o CORREIO optou por não publicar.
“Por um lado foi bom porque trouxe ajuda, mas por outro foi uma falta de respeito ao ser humano, deixando a imagem do artista exposta, mexendo também com toda a família”, afirmou o cantor, que tem dois filhos, um de 26 e outro 24 anos de idade.
Xéxeu disse que o sucesso e a ausência do pai, que morreu quando ele tinha 8 anos, foram algumas das circunstâncias que o levaram a usar drogas.
“Não foi só a fama. Perdi meu pai muito novo. Isso mexeu muito comigo. Não tive quem pudesse cuidar da minha carreira, para poder me dar um direcionamento, e a gente termina experimentando”, declarou, mas sem tirar a própria responsabilidade.
“Não posso culpar ninguém, foi uma vontade própria. Ninguém lhe obriga a usar droga e experimentei. Mas não sabia que o meu organismo era predisposto e, quando fui ver, já tinha virando um indigente. Daí foi a minha primeira internação”, relatou o artista, que já se internou três vezes – a última há quase um ano.
“Consegui me segurar, mas tive recaídas e isso machuca muito a família. E a gente fica refém, tenta sair, mas não consegue, como se fosse uma cadeia. Mas hoje tenho fé que será diferente”, declarou ele, usando uma camisa preta com a imagem de Jesus Cristo.
Xéxeu disse que nunca usou crack. O semblante sofrido e a ausência de alguns dentes são efeitos de outras drogas, como álcool, cigarro e cocaína.
“Nunca usei crack, como dizem por aí. Passei 14 anos sem beber e sem fumar. Estava fora, mas voltei para Salvador e tive as recaídas. Mas acredito que isso faz parte do tratamento. Agora é bola pra frente, sair dessa com saúde e muita força para poder voltar a cantar e alegrar os nossos fãs. Não é só o Xéxeu, mais de 40% da população brasileira é dependente de alguma droga como cigarro, álcool e drogas”, observou.
O ex-vocalista da Timbalada também falou sobre o futuro. “Já vivi muito o sucesso e isso não me preocupa hoje. Sou um cara muito tranquilo quanto a isso. É claro que a gente quer estar no palco, mas acredito que o primeiro momento agora é cuidar de mim. Se eu não estiver bom, como irei produzir? É ficar bom para poder fazer um trabalho bacana, um visual bacana. Agora, acredito que estarei muito mais forte, preparado para o Verão 2021”, declarou, otimista.
Relembre a fama do cantor em alta em Salvador quando estava na Timbalada.



Blog do BILL NOTICIAS

Paris é uma festa

Lula e Museu do Louvre, Paris

Por Leandro fortes, para o Jornalistas pela Democracia - Luiz Inácio Lula da Silva, cidadão honorário de Paris.
Na cadeia.
Na cela onde mora, Lula tem uma agenda semanal de chefe de Estado, de grande estadista que se revelou, quando na Presidência da República do Brasil.
Os que, hoje, querem histericamente libertá-lo para lhe enfiar uma tornozeleira na perna, quase não respiram mais, como é natural em ataques de pânico.
A eles, juntam-se os invejosos, como Fernando Henrique Cardoso, essa figura decrépita de caráter gelatinoso que nunca aceitou o fato de Lula, sem diploma, ser infinitamente mais sábio, inteligente e generoso do que ele jamais será, com esse título ridículo de príncipe de araque da sociologia.
Intelectuais, artistas, ganhadores do Nobel, estadistas, religiosos, cientistas, jornalistas do mundo inteiro se revezam na portaria da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, para vê-lo, ouvi-lo, tocá-lo, até.
Para ter certeza de que ele existe, de que é possível tal existência, esta, de um homem fadado ao degredo, dentro de seu próprio País, por salteadores da lei e primatas do Código Penal. Esta existência improvável de um prisioneiro mais livre que seus carcereiros.
Um prisioneiro que, contra a lógica da existência, tem cumprido a fraterna missão de consolar e levar esperança àqueles que, do lado de fora, aguardam por sua volta triunfal.
Livre, definitivamente, será seu sobrenome, daqui para frente.
Paris sabe o que faz.
Do valor e da importância da História, Paris sabe tudo.

Blog do BILL NOTICIAS

Globo se rende e noticia prêmio de Paris a Lula

(Foto: Reprodução | Ricardo Stuckert)


O jornal O Globo, que liderou o golpe de 2016 contra a ex-presidente Dilma Rousseff e a campanha de ódio para que o ex-presidente Lula fosse preso e impedido de participar de uma eleição presidencial que venceria em primeiro turno, se rendeu e noticiou que o ex-presidente será Cidadão Honorário de Paris.
"O Conseil de Paris, espécie de Câmara dos Vereadores da capital francesa, pediu que a Prefeitura conceda a Lula o título de Cidadão Honorário de Paris. Entre os motivos, o órgão considera a luta de Lula pelos direitos humanos, a justiça social, a proteção do meio ambiente, "valores guardados pela cidade de Paris e que colocaram o político em perigo pelo seu engajamento". O Conseil considera que através da figura do ex-presidente, "todos os defensores da democracia no Brasil são atacados" e pela luta constante da cidade de Paris pelos direitos humanos, expressa seu desejo em conceder a homenagem", escreveu Lauro Jardim, em sua coluna.
O projeto original da Globo, com sua campanha contra Dilma e Lula, era abrir espaço para a volta do PSDB ao poder ou para a conquista direta da presidência da República, por um candidato como Luciano Huck, funcionário da casa, mas o tiro saiu pela culatra. O resultado do golpe de 2016 e da fraude eleitoral de 2018 foi a ascensão de Jair Bolsonaro, que, em aliança com emissoras como SBT e Record, move uma campanha contra a própria Globo.


Blog do BILL NOTICIAS

Procurador é preso após tentar matar juíza dentro do TRF-3


O procurador da Fazenda Nacional Matheus Carneiro Assunção foi preso nesta quinta-feira (3) depois de tentar matar uma juíza na sede do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, em São Paulo.
De acordo com testemunhas, o procurador se movimentava pelo tribunal parecendo estar em surto, intercalando frases sem sentido com frases de efeito sobre acabar com a corrupção no Brasil.
Matheus invadiu o gabinete da juíza Louise Filgueiras, que substituía o desembargador Paulo Fontes que está de féria. De acordo com o site Conjur, ele chegou a acertar uma facada no pescoço dela, mas o ferimento foi leve.
Antes, Matehus procurou o desembargador Fábio Prieto, no 22º andar, que presidia uma sessão de julgamento e não estava no gabinete.
O procurador foi preso em flagrante e aguarda a chegada da Polícia Federal para ser levado da sede do tribunal, na região central de São Paulo.
"Não bastasse a notícia recentemente divulgada de que um Procurador da República pensou em atentar contra a vida de um Ministro do STF, agora temos uma infeliz ocorrência no TRF de São Paulo. Para além de lamentar o ocorrido e se solidarizar com a vítima e todos os colegas do TRF, urge mais uma vez repensar os níveis de segurança das cortes e dos fóruns, em todo o país”, lamentou Jayme de Oliveira, presidente da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB).(247)


Blog do BILL NOTICIAS

Enem: Locais de provas poderão ser consultados a partir de 16/10

   Via:Carlos Britto
(Foto: Reprodução)


Os estudantes que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão consultar, a partir do dia 16, o local onde farão o exame este ano. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. O local de prova está no Cartão de Confirmação da Inscrição, que poderá ser consultado na Página do Participante, na internet, ou pelo aplicativo do Enem, disponível para download nas plataformas Apple Store e Google Play.
Além do local de prova, os participantes poderão conferir, no cartão, o número da sala onde farão o exame; a opção de língua estrangeira feita durante a inscrição; e o tipo de atendimento específico e especializado com recursos de acessibilidade, caso tenham sido solicitados e aprovados; entre outras informações.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, recomenda que os participantes, assim que souberem onde farão o exame, façam o trajeto até o local de prova para verificar a distância, o tempo gasto e a melhor forma de chegar, evitando atrasos no dia da aplicação.
No dia do Enem, a dica é chegar ao local com antecedência. Os portões abrirão às 12h, pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h. O Inep recomenda que os participantes levem o Cartão de Confirmação da Inscrição impresso nos dois dias de aplicação do exame e alerta para que não deixem para acessar o documento somente na véspera da prova.
Cronograma em dia
Hoje (3) falta um mês para o primeiro dia de prova do Enem. Segundo o Inep, o cronograma de aplicação do exame está sendo cumprido conforme o planejado. Todas as provas já foram impressas e estão prontas para distribuição aos estados. Mais de 54 mil malotes de prova serão distribuídos para 11.227 coordenações.
O Enem 2019 será realizado em 1.727 municípios brasileiros. Mais de 5 milhões de pessoas farão o exame. Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada, que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Os estudantes podem ainda concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos e podendo ser beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil. (Fonte: Agência Brasil)

Blog do BILL NOTICIAS

Rock in Rio se politiza e denuncia fascismo bolsonarista ao mundo



A banda Francisco, el Hombre fez a apresentação mais politizada do Rock in Rio até aqui. A plateia foi ao êxtase. O vocalista Mateo Piracés-Ugarte entoou: "pulando, pulando, quem não pula é miliciano” para delírio dos presentes. As críticas ao governo Bolsonaro foram a tônica do show, bem como a defesa de Lula Livre. 
A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "teve bandeira do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), Lula Livre, foto da deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP), militantes indígenas e menções à Amazônia e greves pela educação. “Mentira acima de tudo, censura pra cima de todos”, dizia uma das frases estampadas no telão fazendo uma alusão ao slogan do governo. E quando o público gritou “Ei, Bolsonaro, vai tomar no cu”, o cantor respondeu “Tomar no cu é uma delícia”."
A matéria ainda acrescenta qie "a apresentação, a primeira do dia no palco Sunset, começou com a mais lenta “Triste, Louca ou Má”, com o refrão “o homem não te define, sua casa não te define, sua carne não te define. Você é seu próprio lar”. No fundo, projeções de mulheres como a paquistanesa Malala, a escritora, militante e colunista da Folha Djamila Ribeiro, a estudante e ativista ambiental Greta Thunberg, e uma jovem Dilma Rousseff depondo numa auditoria militar. A música terminou com um abraço entre as integrantes femininas." (247)

Blog do BILL NOTICIAS

BOEING B-17 - Aeronave militar cai e deixa sete mortos nos Estados Unidos

  Por: AFP - Agence France-Presse
Jonathan Daniel/AFP
Jonathan Daniel/AFP

Um bombardeiro da Segunda Guerra Mundial caiu e pegou fogo na quarta-feira (2) com 13 pessoas a bordo em um aeroporto de Conecticut, no nordeste dos Estados Unidos, deixando ao menos sete mortos e nove feridos, informaram funcionários citados pela imprensa local.

O Boeing B-17 tentava pousar por volta das 10H00 local (11H00 Brasília) no Bradley International Airport, após ter solicitado aterrissar de emergência por um problema técnico, 10 minutos depois de sua decolagem do mesmo terminal, explicou em coletiva de imprensa o diretor do aeroporto, Kevin Dillon. 

O avião, operado pela fundação Collings, que transporta habitualmente pessoas que desejam voar em aeronaves antigas, tinha a bordo 10 passageiros e três tripulantes, detalhou James Rovella, chefe de segurança pública de Connecticut.  

"Posso confirmar que há mortos, mas não direi o número", disse na coletiva. "É muito cedo para falar sobre isso, temos um acidente, um incêndio e vítimas muito difíceis de identificar, não queremos cometer erros".

Acrescentou que todas pessoas a bordo tinham no mínimo ficado feridas, assim como uma que estava em um edifício de manutenção do aeroporto.

Horas depois, a imprensa local - citando funcionários - revelou que o acidente deixou ao menos sete mortos e nove feridos, incluindo três pessoas que estavam em terra.

Um porta-voz da polícia de Connecticut não desmentiu as informações da imprensa.

Um funcionário do Hartford Hospital disse à AFP que recebeu "seis pacientes, sendo três em estado crítico".

Em trechos de uma conversa entre o piloto e a torre de controle do aeroporto - publicados na Internet por alguns veículos de comunicação -, escuta-se o piloto pedir autorização para um pouso de emergência devido a um problema no motor, pouco depois da decolagem.

Durante a coletiva de imprensa, o senador por Connecticut Richard Blumenthal ressaltou que só existem 18 exemplares do B-17 em condições de voar.  

"São aviões de época que precisam da manutenção correta, e se for confirmado que a causa do acidente foi um erro de manutenção será um sinal de alarme muito forte para os que voam nesses aparelhos", destacou.

O B-17, também conhecido como "fortaleza voadora", foi criado na segunda metade da década de 1930 e atuou amplamente na Segunda Guerra Mundial como bombardeiro estratégico das forças americanas e britânicas.




Blog do BILL NOTICIAS

NOTÍCIAS Fachin manda soltar ex-gerente da Petrobras preso na Lava Jato

A decisão de Fachin foi motivada pelo julgamento no qual a Corte discute a tese que pode anular várias condenações oriundas das investigações
  Por: Agência Brasil
Ministro Edson Fachin
Ministro Edson FachinFoto: Nelson Jr./SCO/STF


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin mandou soltar nesta quinta-feira (3) o ex-gerente da Petrobras Márcio de Almeida Ferreira, condenado na Lava Jato a 10 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. A decisão de Fachin foi motivada pelo julgamento no qual a Corte discute a tese que pode anular várias condenações oriundas das investigações, segundo avaliação da força-tarefa de procuradores que atuam na operação.

Pela decisão, caberá à primeira instância da Justiça Federal em Curitiba estabelecer medidas cautelares em troca da prisão preventiva, como uso de tornozeleira eletrônica e entrega do passaporte ao juízo.

Apesar de o julgamento da tese ainda não ter encerrado, o caso do ex-gerente, que motivou a discussão, terminou na última quarta-feira (2). O placar da votação ficou em 6 votos a 5 a favor da anulação da sentença para apresentação de novas alegações finais no processo que correu em Curitiba.

Dessa forma, Edson Fachin determinou o cumprimento da decisão do plenário, apesar de ter ficado vencido e ter votado contra a anulação da condenação.

Até o momento, por 7 votos a 4, a Corte já decidiu que advogados de delatados podem apresentar as alegações finais, última fase antes da sentença, após a manifestação da defesa dos delatores. Atualmente, o prazo é simultâneo para as duas partes, conforme o Código de Processo Penal (CPP). Na prática, a maioria dos ministros entendeu que o delatado pode falar por último nesta fase, mesmo não estando previsto em lei. O entendimento foi baseado no princípio constitucional do contraditório e da ampla defesa.

A data para a finalização do julgamento da tese ainda não foi definida.



Blog do BILL NOTICIAS

Lula elogia Putin e descasca Trump, em entrevista para a imprensa internacional

(Foto: Ricardo Stuckert | Reprodução/Comitê Lula Livre França)

Da Agência Russa Sputnik News - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu uma entrevista exclusiva ao canal russo Russia Today (RT) em que fala sobre o cenário político internacional.
Em uma prévia divulgada pela RT nesta quinta-feira (3), Lula elogia o papel desempenhado pelo presidente Vladimir Putin e critica o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.
"O Brasil é muito grande, pode ser um país soberano. O Brasil pode ser um país protagonista da política internacional, sabe? Uma coisa que eu estou orgulhoso é o papel do Putin na história mundial atual, o que significa que o mundo não pode ser tomado como refém pela política estadunidense. Pela loucura de Trump, a loucura de um presidente estadunidense que acha que pode invadir qualquer país, matar qualquer presidente, sabe? Alguém precisa detê-lo! E o Brasil pode detê-lo”, afirmou Lula.

Lula também aproveitou para falar sobre a situação da Venezuela, criticou o que chamou de tentativas de "intromissão" e chamou Guaidó de "mentira".
“Não estou de acordo com a intromissão estadunidense, a intromissão brasileira, a intromissão colombiana, qualquer que seja a intromissão, tratando de governar um país soberano. Inventando um candidato, sabe? Inventam uma mentira como Guaidó, sou totalmente contra isso. Essa é uma coisa que todo país democrático deve assumir”, disse.
ex-presidente também comentou a situação política do Peru, em que nesta semana o presidente Martin Vizcarra dissolveu o Parlamento, que por sua vez declarou vacância do presidente.
“Só há uma forma de resolver isso, se chama democracia. Então, se a situação do Peru é ruim, que sejam convocadas novas eleições”, disse.
A entrevista completa vai ao ar durante o programa "Entrevista" da emissora.(247)




Blog do BILL NOTICIAS