terça-feira, 5 de março de 2019

PMS QUE QUEBRARAM BRAÇO DE DIRIGENTE PETISTA SÃO AFASTADOS



A Polícia Militar de São Paulo confirmou o afastamento pelo menos quatro policiais militares do serviço de patrulhamento das ruas por envolvimento na abordagem que resultou na quebra do braço esquerdo de Geovani Leonardo Doratiotto da Silva, advogado e dirigente do PT.
"De acordo com a Corregedoria da PM, eles ficarão afastados até a conclusão da investigação", informou ao UOL o ouvidor da polícia do estado de São Paulo, Benedito Mariano.
Mariano havia enviado a gravação à Corregedoria da Polícia Militar pedindo que fosse aberta uma investigação sobre o caso. Em paralelo, o ouvir conduzirá sua própria apuração ao ouvir Doratiotto, cujo depoimento está marcado para a tarde de quarta-feira (6).
"O vídeo mostra que a quebra do braço é resultado do uso excessivo da força por parte dos policiais militares, a princípio. Vamos começar a apuração ouvindo Doratiotto, que passará por exames de corpo delito, caso já não tenha feito. Vamos pedir também o registro da ocorrência na delegacia", afirma.
Em nota, o Setorial Jurídico do PT exige "imediatamente providências dos fatos" ocorridos. "Comportamento inadmissível e que exige das autoridades competentes da Secretaria de Segurança Pública e da Corregedoria da polícia providências imediatas para que não tenha em seus quadros servidores como este", diz a nota (leia mais).


Blog do BILL NOTICIAS

TUIUTI HOMENAGEIA O SALVADOR DA PÁTRIA E PUXA GRITOS POR LULA LIVRE



A escola de samba Paraíso do Tuiuti realizou o desfile mais esperado desta noite, na Marquês de Sapucaí, com o enredo "O Salvador da Pátria", que homenageou o ex-presidente Lula. "Do nada um bode vindo lá do interior, destino pobre, nordestino sonhador, vazou da fome, retirante ao Deus dará, soprou as chamas do dragão do mar", diziam os versos que contagiaram a avenida.
O carnavalesco da escola, Jack Vasconcelos, já havia antecipado a homenagem a Lula. “Vocês que fazem parte dessa massa irão conhecer um mito de verdade: nordestino, barbudo, baixinho, de origem pobre, amado pelos humildes e por intelectuais, incomodou a elite e foi condenado a virar símbolo da identidade de um povo. Um herói da resistência!”.
O bode ao qual se refere a letra é o bode Ioiô, personagem real das ruas de Fortaleza, onde chegou pelas mãos de um retirante que fugia de uma grande seca no interior cearense, em 1915. Carismático e popular, Ioiô perambulava pelas ruas da capital. Fazia diariamente o mesmo trajeto, da Praia do Peixe (hoje Praia de Iracema) à Praça do Ferreira; ao cair da tarde, voltava pelo mesmo caminho — daí o nome Ioiô. Fez muitos amigos, entre eles poetas e intelectuais, com os quais levava uma vida boêmia regada a muitas doses de cachaça. No auge da fama, Ioiô foi eleito para a Câmara de Vereadores, em 1922 — tempo em que as cédulas eram pedaços de papel escritos à mão –, mas levou um "golpe" da elite fortalezense e teve sua eleição impugnada. É no paralelismo entre o bode e Lula que está a marcada poética dos compositores láudio Russo, Moacyr Luz, Dona Zezé, Jurandir e Aníbal. 247

Ao fim do desfile, a plateia pediu Lula Livre. Confira:


Blog do BILL NOTICIAS

PM PAULISTA QUEBRA BRAÇO DE DIRIGENTE DO PT QUE USAVA CAMISA LULA LIVRE


247
O presidente do diretório municipal do PT Atibaia, Geovani Doratiotto, teve o braço quebrado propositalmente por um policial militar dentro de uma delegacia da cidade, no interior de São Paulo. O episódio aconteceu neste domingo 3, quando Geovani participava de um bloco de Carnaval com um grupo que foi provocado por defensores de Bolsonaro por conta de sua camiseta, que trazia a frase "Lula Livre". Ele foi agredido pelos eleitores de Bolsonaro e, na delegacia, teve o braço quebrado quando já estava totalmente imobilizado.
A companheira de Geovani, Pham Dal Bello, fez um relato do episódio em sua página no Facebook, denunciando que o grupo deles havia sido provocado por defensores de Bolsonaro no bloco e Geovani fora covardemente agredido por essas pessoas. Já na delegacia, "Geovani foi algemado com duas algemas que eles apertaram o quanto puderam para machucar", relatou.
"Do lado de fora eu vi policiais nitidamente defendendo as agressões direcionadas ao Geovani pelo simples fato do meu companheiro vestir uma camiseta do Lula. Meu companheiro teve o braço quebrado por um policial por questionar as lesões e uso de duas algemas, quebraram o úmero e ele perdeu o movimento dos dedos", contou ainda.
O deputado federal Alencar Santana Braga (PT-SP) informou ao 247 que conversou por telefone com o ouvidor da PM, Benedito Mariano, que vai instalar um procedimento imediato para apurar a agressão, no qual o dirigente do PT será ouvido. O caso será levada para a corregedoria da corporação e também para a Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), uma vez que Geovani é advogado.
De acordo com o deputado, o ouvidor pediu para que Doratiotto fosse registrar a ocorrência na corregedoria na próxima quarta-feira 6. O 247 tentou contato com Geovani, mas não conseguiu retorno.





Blog do BILL NOTICIAS

EMPRÉSTIMO - Dívida de aposentados com o consignado bate novo recorde: R$ 127,3 bilhões

   Por: Correio Braziliense
foto: INSS/Divulgação



Dados do Banco Central mostram que o total de dívidas dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no consignado atingiu R$ 127,3 bilhões em janeiro deste ano, um novo recorde. Em 12 meses, as dívidas aumentaram 10,2%.

Há uma preocupação do governo com esse excesso de dívidas, uma vez que o INSS vem registrando um número crescente de reclamações de seus beneficiários por causa do assédio dos bancos, que os têm levado a tomarem empréstimos sem precisar.

Limites

No fim de 2018, o INSS baixou uma norma limitando o assédio dos bancos a aposentados e pensionistas. As novas regras passam a valer a partir deste mês. Segundo o INSS, os bancos só poderão procurar os segurados depois de seis meses de liberados os primeiros benefícios.

Há, porém, a opção de aposentados e pensionistas procurarem os bancos depois de 90 dias do primeiro recebimento do benefício pago pelo INSS. Eles terão que pedir para que o bloqueio a empréstimos seja derrubado. Resta saber, segundo técnicos do INSS, se as instituições financeiras vão respeitar essas regras.

Aposentados e pensionistas não recebem pressão apenas dos bancos para se endividarem. Sabe-se que muitos familiares (filhos, netos, genros e noras) obrigam os idosos a fazerem todo tipo de empréstimo para garantir luxos. Quando os idosos se recusam, muitas vezes, são vítimas de violência.

Dicas

Os especialistas dizem que é preciso muito cuidado na hora de se fazer dívidas, mesmo com juros mais baixos, como os cobrados no consignado (27% ao ano). Recorrer a empréstimos, só em caso de necessidade,. O melhor é poupar todos os meses para comprar à vista o que se deseja.

Quem faz dívida sem necessidade, acaba entrando na lista de maus pagadores e ficando com o nome sujo na praça. Assim, quando realmente precisar, não poderá recorrer às linhas de crédito oferecidas pelos bancos.





Blog do BILL NOTICIAS

Inscrições para processo seletivo da Prefeitura de Juazeiro seguem até o dia 11 de março

   Via:Carlos Britto
Prefeitura de Juazeiro-BA. (Foto: Duda Oliveira/Blog do Carlos Britto)


Prosseguem até  o dia 11 de março as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado da Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA). O certame, regido pelo edital n° 001/2019, prevê a oferta de vagas para atender as necessidades excepcionais de manutenção dos serviços essenciais das Secretarias Municipais de Saúde e de Administração. As inscrições podem ser feitas através do endereço eletrônico http://sesau2019.juazeiro.ba.gov.br.
Ao todo serão disponibilizadas 421 vagas, mais CR (Cadastro de Reserva) para cargos de nível fundamental, médio e superior. “A seleção será feita por meio de avaliação curricular de títulos e experiência profissional. Por isso, é imprescindível que após a realização da inscrição online, o candidato leve o seu formulário de inscrição impresso e preenchido em um envelope, junto com todos os documentos solicitados no edital até a Superintendência de Valorização do Servidor, para validar a sua participação no processo seletivo”, explica a secretária de Gestão de Pessoas, Angelita Carvalho.
A Superintendência fica situada na Orla II de Juazeiro, s/nº (antigo prédio do IFBA) A entrega dos documentos pode ser feita de 25 de fevereiro a 12 de março, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Durante o carnaval, a Superintendência estará fechada hoje e amanhã (5), retornando às suas atividades na quarta (6), às 12h. Mais informações no telefone (74) 3612-5674.
Cronograma
Publicação do Edital – 22 de fevereiro/2019
Período de Inscrições – 22 de fevereiro a 11 de março/2019
Entrega da documentação – 25 de fevereiro a 12 de março/2019
Divulgação da lista dos inscritos – 15 de março/2019
Recurso à lista de inscritos – 18 a 19 de março/2019
Divulgação da lista final dos inscritos – 22 de março/2019
Avaliação de Títulos e Experiência Profissional – 22 de março a 15 de abril/2019
Divulgação dos Resultados Preliminares – 18 de abril/2019
Recursos – 22 e 23 de abril/2019
Divulgação do resultado dos recursos – 29 de abril/2019
Resultado Final – 03 de maio de/2019

Blog do BILL NOTICIAS

ORGANIZAÇÕES DENUNCIAM NA ONU VIOLÊNCIA CONTRA DEFENSORAS DE DIREITOS HUMANOS NO BRASIL

Lula Marques / Fotos Públicas


Sputinik – A Terra de Direitos, a Justiça Global e a Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), com apoio de organizações internacionais, debateram em evento nas Nações Unidas as violências sofridas por mulheres defensoras de direitos humanos no Brasil, como a vereadora assassinada no Rio de Janeiro Marielle Franco.
A atividade, ocorrida na última sexta-feira, fez parte de uma agenda paralela da 40ª reunião do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, se debruçando sobre os problemas enfrentados por mulheres do campo, floresta e da cidade que questionam e desenvolvem ações de resistência ao agronegócio, ao racismo, à violência doméstica, à violência do Estado e de empresas, entre outros, e sobre meios para enfrentamento do contexto de crescente vulnerabilidade das mulheres e a atuação do sistema internacional de proteção dos direitos humanos de defensoras.
De acordo com as organizações, a adoção de uma política austera, expressa na Emenda Constitucional 95/16, "medida que determina o congelamento do orçamento público por vinte anos para áreas como saúde e educação, condicionado apenas à variação da inflação anual, oferece impactos ainda mais fortes para as mulheres, e por consequência, para o trabalho das mulheres que defendem os direitos humanos".
"Enquanto o orçamento para políticas para promoção da autonomia e combate à violência sofreu queda de 83% entre 2014 a 2018 (Orçamento da União), e desemprego de mulheres teve aumento de 73% para mulheres brancas e 96% para mulheres negras para o mesmo período (IBGE), o registro de mortes de mulheres vítimas de violência cresceu 5,9% no último ano (Anuário de Segurança de 2018). Nenhuma Casa da Mulher Brasileira, espaço unificado de atendimento psicossocial e jurídico de atendimento à mulher vítima de violência, foi construída nos últimos três anos. Os assassinatos das defensoras são ponto final de uma cadeia de violências. Anterior à ele há um conjunto de situações, por medo omitidas ou não relatadas", escreveu a assessoria de comunicação Terra de Direitos.


Blog do BILL NOTICIAS

No Twitter, presidente Bolsonaro defende 'Lava-Jato da Educação'

  Por: Correio Braziliense
Presidente citou que o Brasil gasta mais em educação em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) do que a média de países desenvolvidos, mas ocupa as últimas posições na Programa Internacional de Avaliação (PISA). Foto: Reprodução/Youtube
Presidente citou que o Brasil gasta mais em educação em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) do que a média de países desenvolvidos, mas ocupa as últimas posições na Programa Internacional de Avaliação (PISA). Foto: Reprodução/Youtube


O presidente Jair Bolsonaro comentou sobre os gastos com educação no Brasil em sua página no Twitter, nesta segunda-feira (4/3). Ele sinalizou que o tema está sendo investigado e defendeu a "Lava-Jato da Educação".

Segundo o presidente, o Brasil gasta mais em educação em relação ao PIB do que a média de outros países desenvolvidos. Ele apontou que, em 2003, o Ministério da Educação gastou cerca de R$ 30 bilhões nessa área e que, em 2016, os valores subiram e atingiram cerca de R$ 130 bilhões. Bolsonaro comentou também que mesmo com o valor gasto com educação, o Brasil ainda ocupa os últimos lugares no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA).

"Dados iniciais revelam indícios muito fortes que a máquina está sendo usada para manutenção de algo que não interessa ao Brasil. Sabemos que isto pode acarretar greves e movimentos coordenados prejudicando o brasileiro", afirmou Bolsonaro através do Twitter.

Segundo o presidente, o governo deve apresentar medidas para a área. O presidente disse que pretende prestar mais informações sobre esses gastos em breve. "Há algo de muito errado acontecendo: as prioridades a serem ensinadas e os recursos aplicados. Para investigar isso, o Ministério da Educação junto com o Ministério da Justiça, Polícia Federal, Advocacia e Controladoria-Geral da União criaram a Lava-Jato da Educação".



Blog do BILL NOTICIAS