sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

PRF e Guarda Civil Municipal de Petrolina vão atuar em conjunto por conta de Carnaval 2019 de Juazeiro

  Via:Carlos Britto
Foto: PMP/GCM divulgação


Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina e Polícia Rodoviária Federal (PRF) vão atuar na Operação ‘Carnaval’, por conta da folia deste final de semana na cidade de Juazeiro (BA). O objetivo é promover a segurança e a conscientização dos condutores que vão curtir o evento. A convocação partiu da Chefia da 6ª Delegacia da PRF, instalada em Petrolina.
Equipes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) estão escaladas para trabalhar em parceria com a PRF a partir desta sexta (15) até domingo (17). O trabalho acontecerá na Ponte Presidente Dutra e em outros locais estratégicos na cidade pernambucana. Além disso, a Central de Comando Móvel da GCM será colocada à disposição para servir de base operacional durante o trabalho de fiscalização e orientação dos condutores.
Segundo o chefe da 6ª Delegacia da PRF, Inspetor Paulo Lima, a ideia do reforço da Guarda no carnaval de Juazeiro serve também para intensificar o combate à criminalidade.
Este trabalho ostensivo vai atuar com serviços de fiscalização, infrações de trânsito como alcoolemia e a ausência de documentos. Além disso, será checado se a pessoa abordada tem antecedentes criminais ou mandado de prisão em aberto, por exemplo. A ideia principal dessa convocação é intensificar o combate à criminalidade e garantir a segurança do folião que vai curtir o Carnaval de Juazeiro“, diz o inspetor.
Importância
O secretário-executivo de Segurança Pública de Petrolina, José Silvestri, destaca a importância da operação conjunta. “A PRF não estabelece esse tipo de parceria operacional com qualquer instituição, uma vez que há um padrão de trabalho muito bem definido e de excelência. Recebemos a convocação para mais essa missão cientes da responsabilidade, mas com muito orgulho, já que mostra que o nosso trabalho junto à Guarda Civil está no caminho certo“, comemora Silvestri.

Blog do BILL NOTICIAS

PREVIDÊNCIA - Bolsonaro disse em 2017 que reforma da previdência com 65 anos é 'falta de humanidade'

    Por: Folhapress
Presidente da República, Jair Bolsonaro na Base Aérea de Brasília
Presidente da República, Jair Bolsonaro na Base Aérea de BrasíliaFoto: Marcos Corrêa/PR


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse em 2017 que "aprovar uma reforma [da previdência] com 65 anos é, no mínimo, uma falta de humanidade".

Nesta quinta-feira (14), no entanto, o presidente definiu que a nova reforma previdenciária estabelecerá idades mínimas de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens.

As declarações de 2017 foram dadas em um evento em Teresina (PI) logo após o então presidente Michel Temer (MDB-SP) apresentar o texto da reforma que previa idade mínima de 65 anos para o pedido de aposentadoria.




Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARO AVISA BEBIANNO QUE ELE ESTÁ DEMITIDO


247
O presidente Jair Bolsonaro informou ao ministro Gustavo Bebianno que decidiu demiti-lo do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência. 
A informação foi divulgada nesta noite pela jornalista Daniela Lima, da Folha de S. Paulo, e também pelo Jornal do SBT. "Pessoas próximas ao ministro confirmaram na noite desta sexta (15) que ele será exonerado e que não há volta na decisão de Bolsonaro. A saída dele do governo será formalizada na segunda-feira (18), com publicação no Diário Oficial. Bolsonaro deixou o ato de exoneração assinado. O presidente esteve com Bebianno no início da noite desta sexta (15)", diz Daniela Lima. 
Segundo a jornalista Jussara Soares, do Globo, Bebianno foi convidado a ocupar a diretoria de uma estatal, mas não aceitou e, por isso, ficou decidido que vai sair do governo. Auxiliares do presidente ponderaram que o assunto continuará sendo tratado no fim de semana pelo governo.
Mais cedo, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, havia informado a Bebianno que ele permaneceria no governo. Também foi divulgado que Bolsonaro teria acertado com o núcleo militar do governo que o filho Carlos Bolsonaro seria afastado das questões do governo
Gustavo Bebianno perdeu força no governo após a divulgação do uso de candidaturas laranjas pelo PSL para desvio de recursos de campanha. Bebianno vinha tentando empurrar a responsabilidade para o então presidente licenciado da sigla, deputado Luciano Bivar (PSL). 
A situação do ministro se deteriorou ainda mais na noite desta quarta-feira, 13, depois que o presidente Jair Bolsonaro compartilhou tweets do filho, o vereador Carlos Bolsonaro, que chamou Bebianno de mentiroso. Os três tweets de Carlos Bolsonaro sobre o assunto foram retuitados pelo perfil oficial do presidente Jair Bolsonaro. 
Assista a vídeo com a notícia da demissão de Gustavo Bebianno dada pelo SBT: 




Blog do BILL NOTICIAS 

Vigilante de supermercado mata jovem por sufocamento no Rio

  Por: Agência Brasil
Foto: Reprodução/Youtube
Foto: Reprodução/Youtube

Um jovem de 19 anos foi morto durante a abordagem de um segurança, em uma unidade do supermercado Extra, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. O caso ocorreu na tarde de ontem (14) e, segundo a assessoria de imprensa da rede de supermercados, o incidente teria começado após o rapaz, identificado como Pedro Gonzaga, ter tentado roubar a arma de um dos seguranças da loja.

O vigilante reagiu e imobilizou o jovem com um mata-leão, golpe de artes marciais em que uma pessoa sufoca a outra usando os braços para pressionar o pescoço. Em vídeos divulgados na internet, é possível ver o segurança com o golpe encaixado e deitado por cima do rapaz, que está imóvel no chão, aparentando estar inconsciente.




Blog do BILL NOTICIAS


Moro deve se demitir se perder poder, aponta colunista do Globo

Ministro está absolutamente insatisfeito com a proposta de Jair Bolsonaro de dividir as duas pastas que estão hoje sob seu comando, retiran...