terça-feira, 14 de agosto de 2018

Bolsonaro demite servidora após revelação de que ela continuava vendendo açaí

Walderice figura desde 2003 como um dos 14 funcionários do gabinete de Bolsonaro, em Brasília, com salário bruto de R$ 1.351,46.

   Por: Camila Mattoso e Ranier Bragon, da Folhapress
Deputado Jair Bolsonaro
Deputado Jair BolsonaroFoto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil


Diferentemente do que vem repetindo, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) continua usando dinheiro da Câmara dos Deputados para pagar o salário de uma funcionária de gabinete que vende açaí na praia onde ele tem uma casa. A Folha de S.Paulo visitou o local nesta segunda-feira (13) e comprou com Walderice Santos da Conceição, 50, um açaí e um cupuaçu, em horário de expediente da Câmara.

Ela afirmou que trabalha na loja, que leva seu nome, "Wal Açaí", todas as tardes, na pequena Vila Histórica de Mambucaba, a 50 km de Angra dos Reis. Minutos depois de a reportagem se identificar e deixar a cidade, ela ligou para a sucursal da Folha de S.Paulo em Brasília afirmando que ia se demitir.

No começo da noite, o candidato confirmou a demissão de sua funcionária e disse que o "crime dela foi dar água para os cachorros". A Folha de S.Paulo revelou a existência de Wal, apelido dela, como funcionária fantasma em janeiro. O caso voltou à tona no debate da TV Bandeirantes na última quinta (9).

Antes de se identificar, a reportagem da Folha conversou com Walderice na pequena loja de açaí. Ela chegou a comentar o debate. "Ele [Guilherme Boulos] disse que o Jair tinha uma funcionária fantasma." Em resposta à pergunta da Folha sobre quem era, Walderice afirmou: "Sou eu."

Em janeiro, a Folha de S.Paulo revelou que Wal não trabalhava no gabinete do deputado. De acordo com pessoas da cidade, ela também presta serviços particulares na casa de Bolsonaro, mas tem como principal atividade o comércio de açaí.

A secretária figura desde 2003 como um dos 14 funcionários do gabinete de Bolsonaro, em Brasília, com salário bruto de R$ 1.351,46. Segundo moradores da região, o marido dela, Edenilson, presta serviços de caseiro ao deputado.

Depois da reportagem, o parlamentar passou a dar diferentes versões sobre a assessora. Primeiro, disse que buscou o endereço do local e viu que a "casinha" de açaí era da irmã de Walderice.

Depois, disse que ela estava em período de férias na ocasião em que a Folha de S.Paulo visitou o local na primeira vez. Essa foi a versão dada, por exemplo, na resposta a Boulos no debate da Band.

"A sra. Wal, sra. Walderice, é uma funcionária minha em Angra dos Reis. Quando a Folha de S.Paulo foi lá [em janeiro] e não achou, botou manchete no dia seguinte de que ela estaria lá fantasma. Só que em boletim administrativo da Câmara dos Deputados de dezembro ela estava de férias", disse Bolsonaro no debate.

Não há nenhum registro de férias de Walderice atualmente. Quando a Folha de S.Paulo se identificou, a funcionária disse que não tinha nada a declarar. Walderice deu a entender que não queria prejudicar o presidenciável. "Eu não vejo o sr. Jair como vocês veem. O sr. Jair pra mim é uma outra pessoa. O sr. Jair é uma boa, o sr. Jair é meu amigo, o sr. Jair não é racista, a minha família é toda negra. O sr. Jair não é homofóbico."

Questionado se Bolsonaro deveria pagá-la com dinheiro próprio já que ela não exerce atividade parlamentar, ela disse apenas: "Mas aí é uma coisa que cabe a ele responder". A Folha de S.Paulo insistiu em outra pergunta, que foi repetida por duas vezes: "A sra. recebe realmente esse dinheiro ou é seu marido que recebe?" Após um silêncio, ela afirmou: "Já falei, só comento sobre isso quando ele [Bolsonaro] falar que eu posso comentar."

Câmara exige que a pessoa que ocupa cargo de secretário parlamentar, caso de Walderice, precisa trabalhar exclusivamente para o gabinete no mínimo oito horas por dia.

Em entrevista à noite, o presidenciável confirmou a demissão da funcionária, mas deu informações divergentes. "Tem dois cachorros lá e pra não morrer de vez em quando ela dá água pros cachorros lá, só isso. O crime dela é esse aí, é dar água pro cachorro", disse.

Ele afirmou que Walderice pediu demissão pela manhã, por causa do debate da TV Band. A funcionária não mencionou em nenhum momento que já tinha pedido demissão, nem antes de saber que se tratavam de jornalistas, nem depois.

Entenda o caso
12.jan - Folha de S.Paulo revela que Bolsonaro emprega desde 2003 secretária parlamentar que vende açaí e cuida da casa de veraneio do deputado na vila de Mambucaba

16.jan - Folha de S.Paulo mostra que localidade não recebeu emendas de Bolsonaro por dez anos

9.ago - No debate na TV Bandeirantes, Guilherme Boulos (PSOL) questiona Bolsonaro: "Quem é a Wal?". O candidato do PSL volta a negar que ela seja fantasma e diz que a reportagem visitou a loja de açaí quando Walderice Conceição estava em férias



Blog do BILL NOTICIAS

PML: DIRETOR DA PF EXPLICITA QUE HÁ UMA CONSPIRAÇÃO CONTRA LULA


TV 247 - O programa Boa Noite 247 desta segunda-feira (13) destacou um manual de fake news que não foi aprovado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o recado do ex-presidente Lula dizendo que Fernando Haddad (PT) e Manuela D'Ávilla representam sua voz, além de uma entrevista do diretor da Polícia Federal admitindo que recebeu ordens para manter Lula detido. 
No dia 8 de julho, o desembargador do TRF-4, Rogério Favreto, emitiu habeas corpus para que Lula Fosse solto. Em entrevista ao Estado de São Paulo neste domingo (13), Rogério Galloro, diretor geral da Polícia Federal, admitiu que recebeu ligações do Juiz Sérgio Moro, da presidente do Procuradoria Geral da República (PGR), Raquel Dogde, e do presidente do TRF4, Thompson Flores, exigindo que Lula permanecesse detido. 
O jornalista Paulo Moreira Leite considera que tal episódio explicita uma conspiração contra Lula. "Quando Moro emitiu a sentença de Lula e Thompson Flores a classificou como 'impecável', já estava claro que algo estava muito estranho", elucida. 
"Tudo que foi feito no dia 8 de julho foi fora da lei, Sérgio Moro e companhia são os carcereiros de Lula, é uma conspiração que priva um cidadão de ser julgado pelas leis", alerta o jornalista Alex Solnik. 
Lula é Haddad
O ex-presidente Lula emitiu um recado ressaltando que Fernando Haddad é o seu representante. 
Moreira Leite considera que a intenção de Lula é mostrar que Haddad representa o mesmo projeto político dele. "Lula está preparando o terreno, pois, esta campanha será árdua e suja", completa. 
Solnik diz que existem diferenças entre Haddad e Lula, mas que o mais importante é que "Manuela, Lula e Haddad formam um só governo".

Blog do BILL NOTICIAS

Morre, aos 84 anos, o ator e diretor de teatro José Pimentel

  (Por: Diário de Pernambuco)

Morre aos 84 anos o ator e diretor José Pimentel, conhecido por viver Jesus Cristo por 40 anos, vítima de complicações por um enfisema pulmonar. A informação foi confirmada pela neta Brina Pimentel. Ele faleceu às 9h30 desta terça-feira (14), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Esperança, na Ilha do Leite, onde estava internado desde a última quarta-feira (8). O artista estava respirando com a ajuda de aparelhos e sendo submetido a sessões de hemodiálise. A família ainda não definiu os horários do velório e sepultamento.
Considerado um homem do teatro pernambucano, o papel mais marcante da sua trajetória foi, sem dúvidas, o de Jesus Cristo, no qual interpretou por 40 anos. Na sua longa carreira, além de ator, Pimentel foi diretor, iluminador, figurinista, sonoplasta, escritor, poeta, professor e jornalista. O artista deixa a esposa Aurinete, de 82 anos, a filha única, Lílian Pimentel, de 50 anos, e ainda a neta Bruna Pimentel, 22 anos, e o bisneto José Pimentel, de 4 anos.
Fisiculturista na década de 1950, José Pimentel estreou no espetáculo da Paixão de Cristo de Fazenda Nova como figurante, interpretando um soldado romano. Somente em 1978, viveu Jesus pela primeira vez, em Nova Jerusalém. Após sair da montagem, ele escreveu e dirigiu o espetáculo Paixão de Cristo do Recife, a partir de 1996. A peça quase foi cancelada por falta de verba este ano. E, pela primeira vez, a Paixão de Cristo do Recife foi encenada sem a presença do artista como o personagem principal.
José de Souza Pimentel nasceu em 11 de agosto de 1934, no município de Garanhuns, no Agreste pernambucano, o primogênito de Seu Virgínio e dona Florentina. Ele veio morar na capital pernambucana aos 10 anos, e somente em 1998, foi reconhecido com o título de Cidadão Recifense, conferido pela Câmara Municipal do Recife. 



Blog do BILL NOTICIAS

Em Ouricuri-PE, Prefeitura recupera estradas e leva infraestrutura à zona rural do município

   (Por: Vinicius de Santana)

A Prefeitura de Ouricuri continua trabalhando de forma intensa na manutenção e recuperação das estradas rurais. As comunidades estão sendo contempladas praticamente nos quatro cantos do município, que recebe os serviços de terraplanagem em trechos importante das vias, e recuperando estradas que a muito tempo os agricultores necessitavam, com o propósito de oferecer condições para que os produtores, moradores e alunos, que utilizam as estradas do interior, tenham segurança e conforto para o tráfego.
As estradas vicinais no município de Ouricuri possuem extrema importância econômica, além de social e ambiental, bem como garantem o acesso da população rural a serviços básicos como educação, saúde e lazer.
A Prefeitura de Ouricuri, procura sempre manter um olhar especial ao setor rural do município melhorando as condições de trafegabilidade, para os moradores dessas comunidades, destacou o Diretor de Transportes, Júnior. (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

SOMOS UM TIME E VAMOS ELEGER UMA GRANDE BANCADA, DIZ WELLINGTON

:


Paulo Pincel, Piauí Hoje – Permanece o mal estar entre o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho, e o governador Wellington Dias, depois da indicação da senadora Regina Sousa como candidata a vice-governadora. Wellington Dias, que já esteve na casa do deputado tentando uma reaproximação, afirmou que Themístocles é livre para decidir o rumo seguir nestas eleições, para “fazer as posições dele quando achar que é o momento”.
Mas entende que essa situação já foi superada, ultrapassada. “Nós somos um time e vamos trabalhar todos juntos para eleger uma grande bancada, e o principal é um projeto que será consolidado”.
O governador garantiu que mesmo com a campanha na rua, a prioridade será o governo. “É uma responsabilidade. Nesses 45 dias, eu estou organizando para primeiro prosseguir inaugurações que eu possa participar. A meta é que os secretários possam participar dessas inaugurações, estou acompanhando agora no Judiciário o reajuste dos professores em agosto e isso normaliza a educação. Temos obras em vários municípios e será tudo dentro da normalidade. Então no final da tarde, a noite e no final de semana eu vou com esse time participar da campanha”, adiantou Wellington Dias.

Blog do BILL NOTICIAS

MARÍLIA CONFIRMA CANDIDATURA À CÂMARA E DIZ QUE SEGUE FIRME NA DEFESA DE LULA

Reprodução/Facebook

247

Em vídeo divulgado nas redes sociais, Marília Arraes afirma que, diante da decisão do Diretório Nacional, que "inviabilizou a candidatura própria do PT em Pernambuco", "foi preciso tomar decisões". Ela ressalta estar "convicta" de que se manteve no "lado certo da história".
"Nosso campo segue firme na defesa de Lula, dos avanços sociais e dos nossos direitos. Esse campo entendeu que é preciso não dispersar. Por isso, a decisão foi lançar a nossa candidatura a deputada federal. Ganhar força em Brasília é mais do que necessário", anuncia.
Ela destaca ser uma "chapa exclusiva do PT, sem coligação". "Ou seja, votando em mim, ou em qualquer outro candidato da nossa chapa, seu voto não vai eleger deputados de outros partidos. Com a esperança não se negocia", explica.


Blog do BILL NOTICIAS





EM CARTA, LULA REAFIRMA CANDIDATURA E DIZ QUE FALARÁ PELAS VOZES DE HADDAD E MANUELA


Pedro Fonseca, Reuters - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reafirmou a candidatura dele à Presidência da República em carta, divulgada nesta segunda-feira, e disse que falará à população pelas vozes do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e da deputada estadual Manuela D'Ávila (PCdoB) enquanto permanecer preso.
"Sou candidato sim à Presidência da República", disse Lula em carta a um radialista do Ceará divulgada no site oficial do ex-presidente, afirmando que está preso "sem provas" e com o único motivo de tirá-lo das eleições presidenciais.
"Acharam que me isolando aqui me calariam, mas eu falarei pela voz do companheiro Fernando Haddad e da companheira Manuela D'Ávila, que irão viajar o Brasil dizendo o que estamos propondo para consertar tudo que o golpe desarrumou neste país", acrescentou.
Apesar de estar preso desde abril por condenação em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP), Lula terá sua candidatura presidencial registrada pelo PT nesta semana, com Haddad como vice.
Manuela, por sua vez, assumirá a vaga de candidata a vice na chapa presidencial quando a situação jurídica de Lula se resolver, como parte de acordo fechado entre PT e PCdoB. Haddad deve ficar com a cabeça de chapa se Lula for barrado da disputa eleitoral devido à Lei da Ficha Limpa.
Lula, que nega quaisquer irregularidades, afirma ser alvo de uma perseguição política montada por setores do Ministério Público, da imprensa, da Polícia Federal e do Judiciário para impedi-lo de ser novamente candidato.
O ex-presidente lidera as pesquisas de intenção de voto nos cenários em que é incluído como candidato.


Blog do BILL NOTICIAS

LULA NO NEW YORK TIMES: EU QUERO DEMOCRACIA, NÃO IMPUNIDADE


Censurado por toda a mídia conservadora brasileira, Lula é destaque nesta terça (14) no mais importante jornal do planeta, o The New York Times. O jornal publicou artigo de Lula com a a seguinte advertência aos leitores: "O ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva escreveu este artigo de opinião da prisão". O NYT deu como título: "Lula: Eu quero democracia, não impunidade" e destacou: "Há um golpe de direita em andamento no Brasil, mas a justiça prevalecerá"
A íntegra do artigo (tradução de Gustavo Conde):
Lula: Eu quero democracia, não impunidade
Há um golpe de direita em andamento no Brasil, mas a justiça prevalecerá
By Luiz Inácio Lula da Silva
O ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva escreveu este artigo de opinião da prisão.
CURITIBA, Brasil - Dezesseis anos atrás, o Brasil estava em crise; um futuro incerto. Nosso sonho de sermos um dos países mais prósperos e democráticos do mundo parecia ameaçado. A ideia de que um dia nossos cidadãos poderiam desfrutar dos padrões de vida confortáveis de nossos colegas na Europa ou em outras democracias ocidentais parecia estar desaparecendo. Menos de duas décadas após o fim da ditadura, algumas feridas daquele período ainda estavam abertas.
O Partido dos Trabalhadores ofereceu esperança, uma alternativa que poderia mudar essa tendência. Foi por esta razão, creio, acima de tudo, que triunfamos nas urnas em 2002. Eu me tornei o primeiro líder trabalhista a ser eleito presidente do Brasil. Inicialmente, os mercados foram abalados por esse desenvolvimento, mas o crescimento econômico que se seguiu os deixou à vontade.
Nos anos que se seguiram, os governos do PT conseguiram reduzir a pobreza em mais da metade em apenas oito anos. Nos meus dois governos, o salário mínimo aumentou 50%. Nosso programa Bolsa Família, que auxiliou famílias pobres ao mesmo tempo em que garantiu que as crianças recebessem educação de qualidade, ganhou renome internacional. Nós provamos que combater a pobreza era uma boa política econômica.
Mas este progresso foi interrompido. Não através das urnas, embora o Brasil tenha tido àquele momento eleições livres e justas, mas com a interrupção de um mandato da presidente Dilma Rousseff, que sofreu impeachment e foi destituída do cargo por uma ação que até mesmo seus oponentes admitiram não ser um gesto passível de punição. Eu também fui mandado para a prisão, depois de um julgamento duvidoso sobre acusações de corrupção e lavagem de dinheiro.
Meu encarceramento foi a última fase de um golpe em câmera lenta destinado a marginalizar permanentemente as forças progressistas no Brasil. Pretende-se impedir que o Partido dos Trabalhadores seja novamente eleito para a presidência.
Com todas as pesquisas mostrando que eu venceria facilmente as eleições de outubro, a extrema direita brasileira está tentando me tirar da disputa. Minha condenação e prisão são baseadas somente no testemunho de alguém cuja própria sentença foi reduzida em troca do que ele disse contra mim. Em outras palavras, era do seu interesse pessoal dizer às autoridades o que elas queriam ouvir.
As forças de direita que tomaram o poder no Brasil não perderam tempo na implementação de sua agenda. A administração profundamente impopular do presidente Michel Temer aprovou uma emenda constitucional que estabeleceu um limite de 20 anos para os gastos públicos e promulgou várias mudanças nas leis trabalhistas que facilitarão a terceirização e enfraquecerão os direitos de negociação dos trabalhadores e até mesmo seu direito a uma jornada de trabalho de oito horas. O governo Temer também tentou fazer cortes nas aposentadorias.
Os conservadores do Brasil estão tentando reverter o progresso dos governos do Partido dos Trabalhadores e estão determinados a nos impedir de voltar ao cargo em um futuro próximo.
Seu aliado nesse esforço é o juiz Sérgio Moro e sua equipe de promotores, que recorreram a gravações e vazamentos de conversas telefônicas particulares que tive com minha família e com meu advogado, incluindo uma conversa ilegal. Eles criaram um roteiro fantasioso de mídia ao me prenderem, pois me acusaram de ser o “mentor” de um vasto esquema de corrupção. Esses detalhes aterradores raramente são relatados na grande mídia.
Moro foi protegido pela mídia de direita do Brasil. Ele se tornou intocável. Mas a verdadeira questão não é o Sr. Moro; são aqueles que o elevaram a esse status intocável: elites de direita, neoliberais, que sempre se opuseram à nossa luta por maior justiça e igualdade social no Brasil.
Não acredito que a maioria dos brasileiros tenha aprovado essa agenda elitista. É por isso que, embora estando na prisão, eu estou concorrendo à presidência, até porque as pesquisas mostram que, se as eleições fossem realizadas hoje, eu venceria. Milhões de brasileiros entendem que minha prisão não tem nada a ver com corrupção, e eles entendem que eu estou onde estou apenas por razões políticas.
Eu não me preocupo comigo mesmo. Já estive preso antes, sob a ditadura militar do Brasil, por nada mais do que defender os direitos dos trabalhadores. Essa ditadura caiu. As pessoas que estão abusando de seu poder hoje também cairão.
Eu não peço para estar acima da lei, mas um julgamento deve ser justo e imparcial. Essas forças direitistas me condenaram, me prenderam, ignoraram a esmagadora evidência de minha inocência e me negaram o habeas corpus apenas para tentar me impedir de concorrer à presidência.
Eu peço respeito pela democracia. Se eles querem me derrotar de verdade, que o façam nas eleições. Segundo a Constituição brasileira, o poder vem do povo, que elege seus representantes. Então que se deixe o povo brasileiro decidir. Eu tenho fé que a justiça prevalecerá, mas o tempo está correndo contra a democracia.247


Blog do BILL NOTICIAS

Greve. Taxistas param suas atividades durante dois dias em Petrolina. Querem atenção das autoridades!

   (Por: Vinicius de Santana)


Taxistas de Petrolina param as suas atividades nessas próximas 48 horas e pedem providências às autoridades do transito local para a clandestinidade constatada na cidade, de motoristas que não usam o aplicativo, no caso do UBER, e invadem de forma desonesta o espaço de trabalho, direito dos motoristas de táxis, que pagam os seus impostos para estarem  em dia com a legislação.
Por este motivo,  mais de 150 taxistas se concentraram na manhã desta terça-feira(14) no pátio de eventos do Centro de Convenções e de lá rumaram para o centro da cidade, onde fizeram uma parada em frente à Prefeitura e em seguida se dirigiram para a Câmara de Vereadores, onde expediram os seus pedidos as autoridades constituídas.
Para José Nilton, falta fiscalização e ordenamento para que os taxistas da cidade possam trabalhar sem intervenções desonestas, usadas por motoristas que não pagam taxas e nem impostos, atrapalhando a vida daqueles que já fazem um esforço muito grande, diante da crise, para ganhar o seu pão nosso de cada dia.
José Nilton, vice presidente da associação de Taxistas de Petrolina espera a compreensão de todos e aguarda a manifestação de apoio das autoridades para exercerem a sua profissão sem intervenções da clandestinidade.

Blog do BILL NOTICIAS

PT IRÁ AO STJ E STF CONTRA A INELEGIBILIDADE DE LULA


O PT avalia lançar uma ofensiva jurídica junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Supremo Tribunal Federal (STF) para assegurar a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições e garantir sua presença no horário eleitoral gratuito de rádio e televisão, que terá início no dia 31 de agosto.
De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, o foco da estratégia do PT está centrado nas discussões sobre suspensão da inelegibilidade de Lula. "A inelegibilidade do Lula é chapada, mas é provisória, e como é provisória, ela pode deixar de ser inelegibilidade, e se deixar de ser inelegibilidade, repercute no registro", já havia adiantado no início do mês o advogado Luiz Fernando Casagrande Pereira. Na visão da defesa, a liminar poderia ser obtida até a data da diplomação, prevista para ocorrer até 19 de dezembro.
Apesar disso, a estratégia não é consenso dentro do partido. Parte dos PT avalia que o TSE deverá negar o registro da candidatura de Lula e não há razões para "provocar o adversário a se manifestar antes", perdendo dias considerados preciosos para a ampliação do debate.
Outra parte da legenda, contudo, acredita que Lula tem o direito de disputar a eleição e tentar a suspensão da inelegibilidade, a exemplo de outros candidatos em eleições anteriores.247


Blog do BILL NOTICIAS

BOULOS: BOLSONARO FUJÃO, PAGUE A WAL COM O SEU SALÁRIO DE R$ 33 MIL

Esq.: Lula Marques - Ag. PT / Dir.: Fabio Pozzebom - ABR

247 - O presidenciável Guilherme Boulos (Psol) bateu duro no também candidato ao Palácio do Planalto Jair Bolsonaro (PLS), ao dizer que "usar de verba pública para manter funcionário fantasma é um abuso!". "Bolsonaro Fujão, pague a Wal com o seu salário de 33 mil reais por mês!", escreveu Boulos em sua conta no Twitter. "A corda estoura sempre do lado mais fraco. Bolsonaro Fujão, não demite a moça, pague com o seu salário de 33 mil reais por mês!".
Vendedora de açaí no Rio, Walderice Santos da Conceição Deixou a condição de secretária parlamentar do gabinete de Bolsonaro. Segundo informou o Jornal Nacional, Bolsonaro confirmou a demissão.
A polêmica veio após a Folha confirmou que ela vendia açaí em Angra dos Reis. Ainda de acordo com o JN, um funcionário precisa trabalhar 40 horas semanais, seja no gabinete do deputado federal em Brasília ou no escritório dele no estado do Rio, e os salários são pagos com a verba de gabinete.
Boulos já havia levantado o assunto no primeiro debate entre os presidenciáveis, promovido pela Band, na última quinta-feira (9). Bolsonaro negou que Walderice fosse funcionária-fantasma e respondeu a Boulos que ela sempre prestou serviço na Vila Histórica de Mambucaba, a cerca de 50 km de Angra dos Reis (RJ), onde ele tem casa de veraneio.
"A senhora Wal, senhora Walderice, é uma funcionária minha que mora em Angra dos Reis. Ganha R$ 2 mil por mês. Quando a 'Folha de S.Paulo' foi lá e não a achou, botou em manchete no dia seguinte que ela era fantasma. Só que, em boletim administrativo da Câmara dos Deputados de dezembro, ela estava de férias. Do final de dezembro até final de janeiro”, disse no debate.


Blog do BILL NOTICIAS

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep


Trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem sacar seus recursos a partir de hoje (14). O prazo ficará aberto até 28 de setembro.
Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente. A partir desta terça-feira, todas as pessoas poderão sacar os recursos corrigidos. Já a partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018.
Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sitesdo PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.
Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os rendimentos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.
Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Até 2017, o saque das cotas era permitido quando o trabalhador completasse 70 anos, em caso de aposentadoria e em outras situações específicas. Desde o ano passado, o governo federal flexibilizou o acesso e até setembro pessoas de todas as idades podem retirar o dinheiro.
Em julho, o pagamento foi suspenso para o cálculo do rendimento do exercício 2017-2018. Na primeira etapa do cronograma, encerrada no dia 29 de junho, 1,1 milhão de trabalhadores fizeram o saque, retirando uma soma de R$ 1,5 bilhão.(Agência Brasil)

Blog do BILL NOTICIAS

DIRETOR DO VOX POPULI: MESMO SEM LULA, PT VAI AO 2º TURNO COM BOLSONARO


O cientista político e diretor do Instituto Vox Populi, Marcos Coimbra, afirmou que todas as tendências apontam para um segundo turno entre PT e Bolsonaro. Coimbra diz que a mídia não demonstra ser determinante neste pleito como em outros do passado e diz que se ela fosse determinante, Bolsonaro não estaria bem colocado nas pesquisas. Ele salienta: "a população vem fazendo suas escolhas ignorando o que a grande mídia tem a dizer sobre a eleição e os candidatos, e é por isso que estamos neste ponto".
O Jornal GGN entrevistou Marcos Coimbra e o cientista político detalhou sua percepção acerca do cenário eleitoral. Sobre o segundo turno, ele diz: "tem exatamente um ano que escrevi sobre esse assunto, em agosto de 2017, e conclui da mesma maneira que hoje: com Lula, PT tinha candidatura para ganhar no primeiro turno, mas, mesmo sem ele, é favorito para disputar segundo turno contra um adversário de direita. E este adversário seria Bolsonaro. Há 1 ano eu o considerava o único candidato de direita com vitalidade para chegar ao segundo turno. De um ano para cá, muita pouca coisa mudou. Não creio que seja um resultado surpreendente. É o resultado mais previsível, na minha opinião, há mais de 1 ano."
Já sobre a possibilidade de Alckmin desbancar Bolsonaro como opção em um segundo turno com o PT, ele afirma: "o Bolsonaro não precisou de nenhuma mídia desse tipo para chegar onde chegou. Assim como a candidatura do PT também não precisou, digamos assim, da mídia favorável em momento algum. Os 2 candidatos que lideram as pesquisas com 50% e 60% das intenções de votos [somados] foram sistematicamente ignorados e, cada um a seu modo, hostilizados pela grande imprensa. Não me parece que essa manutenção da desiguladade de tratamento de mídia, que agora vai se acentuar com a participação da chapa de Alckmin com o Centrão, vai mudar muito o quadro. A população vem fazendo suas escolhas ignorando o que a grande mídia tem a dizer sobre a eleição e os candidatos, e é por isso que estamos neste ponto. Ambos os candidatos são sistematicamente criticados. Eu não tenho nenhuma simpatia por Bolsonaro, mas reconheço que ele também é alvo de tratamento muito desfavorável da grande imprensa.(...)
Por que Bolsonaro está bem arraigado em minha opinião? Porque ele é exatamente o posto de Alckmin. Ele tem nível de conhecimento menor que Alckmin, mas entre quem o conhece, a imagem é melhor do que a do Alckmin. É um sujeito determinado, que tem opiniões e não as esconde. Consegue expressar os sentimentos de um pedaço do eleitorado, coisas que Alckmin perdeu. E quanto mais ele [Alckmin] vai para a direita, mais ele se afasta do eleitorado social-democrata que, no passado, foi muito importante para o PSDB. Quanto mais ele tenta ocupar o espaço de Bolsonaro, mais ele deixa órfão o eleitorado social-democrata que, digamos, não é petista, mas também não é de ultra-direita. No campo da ultra-direita, Bolsonaro é muito mais legítimo que Alckmin ou outros nomes."347


Blog do BILL NOTICIAS

PONTE DESABA E DEIXA DEZENAS DE VÍTIMAS NA ITÁLIA

Reuters

Sputnik - Uma ponte de estrada se desmoronou na cidade italiana de Gênova.
Segundo informa o canal Rainews24, alguns carros teriam caído, enquanto várias pessoas poderiam ter se ferido. Após o incidente a ponte permanece fechada.
De acordo com uma versão preliminar, a causa do colapso foi um afundamento nas estruturas.
"Devido às férias e mau tempo houve poucos carros na ponte. No entanto, os pedaços da estrutura caíram sobre os edifícios residenciais que se localizam na parte inferior, nesta área pode haver feridos", afirma a polícia.
A equipe de resgate está trabalhando no lugar do incidente tentando encontrar pessoas presas sob pedaços da ponte. Até o momento não há informações sobre vítimas.
O próprio ministro da Infraestrutura e Transporte italiano, Danilo Toninelli, dirigiu-se para o lugar do incidente. Na sua conta do Twitter ele descreveu o ocorrido como uma "tragédia horrível".
​A ponte foi elaborada pelo arquiteto Riccardo Morandi e construída em 1968. Destaca-se que é o primeiro viaduto a aparecer na Europa.


Blog do BILL NOTICIAS

Concurso da PM que exige masculinidade é absurdo, dizem especialistas

O item do edital exige um resultado igual ou acima de "regular" para capacidade de "não emocionar-se facilmente, tampouco demonstrar interesse em histórias românticas e de amor"

   Por: Estado de Minas
É exigido ainda que o candidato demonstre a competência de "não se impressionar com cenas violentas e que possa suportar vulgaridades". Foto: Arte CB (Foto: Arte CB)
É exigido ainda que o candidato demonstre a competência de "não se impressionar com cenas violentas e que possa suportar vulgaridades". Foto: Arte CB

A Polícia Militar do Paraná (PMPR) abriu um novo certame com 16 vagas para cadetes. Além de provas objetivas, os interessados serão submetidos a um teste psicológico onde será avaliada, dentre outras coisas, a "masculinidade" do candidato. O item, presente no anexo II do documento, exige um resultado igual ou acima de "regular" para capacidade de "não emocionar-se facilmente, tampouco demonstrar interesse em histórias românticas e de amor". É exigido ainda que o candidato demonstre a competência de "não se impressionar com cenas violentas e que possa suportar vulgaridades". 

Outros itens do teste psicológico também chamam atenção, como "amabilidade" e "afago". Neste último, o candidato deve ter resultado menor ou igual a "médio" para necessidade de buscar apoio e proteção, e sobre o quanto deseja ser "amado, orientado, perdoado e consolado". Além disso, será avaliada a necessidade de ser protegido de sentimentos de abandono, ansiedade, insegurança e desespero, que também deve ser igual ou inferior a "médio". Serão medidas também características de instabilidade emocional, passividade, liberalismo, busca por novidades, interações sociais, afiliação, empatia, dominância e outras.

Para Max Koolbe, advogado e especialista em concursos públicos,  o edital apresenta subjetividades exigidas como perfil profissional que  "transcendem o limite do absurdo". Ele explica que a realização de exames psicológicos é legítima, porém a adoção de critérios meramente subjetivos, que possibilitem ao avaliador um juízo arbitrário, afronta a garantia de ampla defesa.

Kolbe afirma que não há razões para afastar qualquer candidato do certame por meras presunções de inadequação ao perfil para o cargo. Isso, segundo dele, deve ser feito apenas quando é revelado, através do exame psicológico, sintomas de personalidade doentia e psicopática, inadequados ao preenchimento da carreira militar.

Por fim, o advogado defende que o edital deve ser retificado. "Além de discriminatórias, as exigências constantes no edital do concurso público não possuem amparo legal ou sequer, friso, qualquer objetividade que as justifiquem. Por essas razões, devem ser excluídas da análise por meio de retificação do edital", diz. 

O Ministério Público do Paraná informou, ainda, que não existem reclamações formais sobre o concurso. Porém, qualquer candidato que se sentir prejudicado ou queira denunciar o edital, deve encaminhar e-mail para gabinete@mppr.mp.br ou protocolar a reclamação na sede do MPPR,em Curitiva. Cabe ao MP averiguar a necessidade de investigação, fiscalização e tomar medidas cabíveis quando necessárias.

Retrocesso 

Para a psicanalista Thessa Guimarães, o termo "masculinidade", igualado à "capacidade de o indivíduo em não se impressionar com cenas violentas, suportar vulgaridades e não emocionar-se facilmente" é uma evidência do discurso de machismo no Brasil. "De fato, no jargão popular, masculinidade significa tudo isso. O problema é que essa correspondência entre masculinidade e frieza emocional é resultado de um processo histórico de subjetivação misógina, que ensina as meninas a cuidar e obedecer, e os meninos a dominar, agredir e exterminar, se preciso", comenta. 

Para a especialista, qualquer definição de masculinidade está comprometida com uma tomada de posição a respeito da opressão de homens contra mulheres. "A definição pode ser de senso comum, científica, psicológica, antropológica, pouco importa. Se ela naturaliza características de opressão como masculinas e naturaliza características de subserviência como femininas, ela está a serviço do amplo retrocesso civilizatório no qual o golpe lançou o país, no qual a PM em todo o Brasil tem investido sem pudores", diz. 

A psicanalista afirma, também, que o erro da equipe técnica por trás desta avaliação psicológica é, através dessa correspondência, esconder um processo histórico através do qual o patriarcado segue oprimindo, explorando e matando mulheres. "Pensa-se como natural a correspondência entre masculinidade e inclinação à violência, mas ela é histórica e precisa ser denunciada",diz.

"Mais grave ainda é considerar que o edital é feito para ambos os sexos, portanto a candidata vai para a avaliação psicológica advertida de que seu gênero é um obstáculo ao perfil", pontua.

O concurso 

São 16 vagas, sendo duas reservadas a candidatos afrodescendentes. Pode se candidatar quem tiver nível médio de formação escolar e no máximo 30 anos de idade. Os salários são de até R$ 9.544,44. Haverá provas objetivas, de compreensão e produção de textos, provas de habilidades específicas, investigação social, avaliação psicológica, exame de sanidade física, exame de capacidade física e o curso de formação.
 
Em nota, a PM do Paraná afirmou que “não compactua e não tolera comportamentos e posicionamentos discriminatórios de qualquer natureza e, envida esforços, juntamente com toda a sociedade civil, para combater qualquer atentado aos direitos civis dos cidadãos” e que “todos os testes psicológicos, que são aplicados nos concursos para ingresso na PMPR (para oficiais ou praças), buscam o levantamento e síntese de informações, com base em procedimentos científicos e, necessariamente, são instrumentos aprovados pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP)”. O texto justifica o uso do termo “masculinidade”, que de acordo com a corporação “gerou interpretação equivocada por alguns setores da sociedade”, com o objetivo de “avaliar a estabilidade emocional e a capacidade de enfrentamento” dos candidatos, mas não características de gênero.



Blog do BILL NOTICIAS

Modelo de policiamento desenvolvido no Japão é lançado no Recife

Desenvolvido pela Agência Nacional de Polícia do Japão, o sistema Koban faz parte do projeto "Nossa Presença, Sua Segurança" e foca no atendimento humanizado à população

  Por: Portal FolhaPE
SDS implanta modelo japonês de segurança comunitária em Boa Viagem
SDS implanta modelo japonês de segurança comunitária em Boa ViagemFoto: Luciano Luck/CICOM SDS

Um novo sistema de policiamento foi lançado nesta segunda (13) no Recife pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE). Desenvolvido pela Agência Nacional de Polícia do Japão, o sistema Koban faz parte do projeto "Nossa Presença, Sua Segurança" e foca no atendimento humanizado à população. A princípio, ele será implantado no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. 

Segundo o tenente-coronel Matos, da Polícia Militar de Pernambuco, 26 policiais vão cobrir uma área de 4 quilômetros nas ruas Bruno Veloso, Barão de Souza Leão, Fernandes Simões Barbosa e avenida Desembargador José Neves. "Os policiais estarão munidos de motos, uma unidade móvel e uma patrulha do bairro. Essa é a grande diferença, eles são policiais que vão estar interagindo com a comunidade, procurando saber as dificuldades encontradas", explicou.
secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, explica a razão da escolha do bairro de Boa Viagem para implantação do primeiro modelo Koban no Estado. "No fim do ano passado, fizemos um laboratório em Boa Viagem e no bairro do Salgado, em Caruaru. Então Boa Viagem foi escolhida tendo em vista que já há uma redução bastante significativa nos números de criminalidade", disse. Ainda segundo o secretário, o modelo de policiamento já existe em estados como Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina.

O termo Koban significa “estrita vigilância local” e é dado à base de apoio da polícia dentro do perímetro estabelecido. No projeto pernambucano, esse posto será uma base móvel de policiamento comunitário instalada nas proximidades da rua Visconde de Jequitinhonha para atendimento ao público. A execução do projeto-piloto será feita pelo 19º Batalhão da PM, que responde pela segurança em todo o bairro de Boa Viagem.



Blog do BILL NOTICIAS