quarta-feira, 28 de março de 2018

LULA FECHA CARAVANA COM CHAVE DE OURO E CULPA GLOBO POR CLIMA DE ÓDIO

 Rafael Ribeiro

Em discurso no ato de encerramento de sua caravana pela Região Sul, que lota a Praça Santos Andrade, em Curitiba, na noite desta quarta-feira 28, o ex-presidente Lula fez um longo relato de todos os atos de violência ao longo da viagem, desde Rio Grande do Sul e Santa Catarina, até chegarem ao Paraná. Segundo os organizadores, mais de 15 mil pessoas se reuniram na praça para o ato.
"Eu não tô falando isso pra me queixar, eu só queria dizer para vocês que isso tem responsabilidade. A imprensa foi conivente com isso o tempo inteiro. O culpado desse ódio no Brasil chama-se Rede Globo de Televisão", criticou. "Alguns chegaram a defender os atos da caravana", lembrou.
Lula voltou a lembrar que é criticado em todos os telejornais da emissora. "O que eles não se conformam é que quanto mais eles falam mal de mim, mais eu subo nas pesquisas", comentou.
Lula contou que no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, já haviam jogado ovos, pedras e fecharam a estrada para impedir a passagem dos ônibus. "Quando chegamos no Paraná, pensei: 'É um Estado tranquilo'. Quando chegamos a Francisco Beltrão, a estrada já estava bloqueada", disse.
Uma das integrantes da comitiva chegou a ir para o hospital por hemorragia e um dos coordenadores teve a "orelha descepada", destacou ainda o ex-presidente, em referência ao ex-deputado Frateschi (leia mais). "Guardem o rojão para fazer a minha festa no dia 1º de janeiro", provocou.
O ex-presidente disse que, se quisesse fazer campanha, "não faria esse percurso, em locais desabitados, onde tem mais cabeça de gado do que gente". "Eu não iria pra Bagé fazer campanha. Mas eu queria ir lá pra conhecer a Unipampa, que eu criei", lembrou, sobre a primeira cidade por qual passou a caravana, no Rio Grande do Sul.
Mas Lula contou que, quando chegou à universidade, "tinha lá um grupo com tratores cercando a estrada. Não era muita gente, era pouca, mas não queriam que eu visitasse. O MP ameaçou até o reitor, que ficou com medo e não foi me receber, fui recebido pelos alunos e dois diretores muito apavorados".
"O reitor disse que não me recebeu porque seria fazer política", contou. "O que eu acho um absurdo é o Ministério Público não respeitar a autonomia universitária! E não deixar a gente entrar na universidade", criticou. Lula anunciou ainda que tem "duas caravanas pra fazer: uma no Norte e outra no Centro-Oeste".
O ex-presidente disse não ter "nada contra a Lava Jato", mas sim "contra a mentira". "Eu estou sendo vítima de uma mentira", disse. O ex-presidente também anunciou que irá processar a Netflix pela série O Mecanismo, de José Padilha, que conta mentiras contra ele e o PT.(247).
Confira a íntegra do discurso:



Blog do BILL NOTICIAS

Em Petrolina, órgãos públicos municipais fecham nesta sexta-feira(30) devido ao feriado


A Prefeitura de Petrolina informa que devido ao feriado da Paixão de Cristo, que será nesta sexta-feira (30), não haverá expediente na administração municipal. Durante esse período, todos os serviços considerados essenciais à coletividade, como saúde, segurança e serviços de limpeza pública funcionarão normalmente. O expediente será retomado na próxima segunda-feira (02).
Educação
A Rede municipal de Educação informa que as unidades vão seguir o calendário escolar e não terão aula a partir desta quinta-feira (29), retornando as atividades na próxima segunda-feira (02).

Nota de funcionamento CSTT
A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) informa aos condutores que o estacionamento rotativo conhecido como ‘Zona Azul’ não irá funcionar na sexta-feira (30) e no sábado (31). O funcionamento será normalizado na segunda-feira (02) a partir das 8h.

Nota de funcionamento UPAE-IMIP
A Unidade de Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) informa que, em virtude do feriado da Semana Santa, o ambulatório, assim como o setor de exames e cirurgias será fechado nesta quinta-feira (29), ao meio dia, retornando na segunda-feira (02.04), às 7hs.
Em tempo, a coordenação da Unidade informa que o Pronto Atendimento de Urgência e Emergência da UPA 24hs estará funcionando normalmente.(Ascom).

Blog do BILL NOTICIAS

Canal Futura estreia nesta quarta (28) Série sobre Convivência com o Semiárido gravada no Sertão do São Francisco (BA)



Comunidades tradicionais Fundo de Pasto, grupo de teatro, pescadoras, quintais produtivos, luta pela terra e água, dentre outras temáticas ligadas à proposta de Convivência com o Semiárido estarão marcando presença na tela do canal Futura a partir da próxima quarta-feira, dia 28. O Canal vai estrear a Série de documentários “Natureza Forte”, uma produção da WWF Filmes com apoio do Irpaa – Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada.
Serão 13 episódios documentais, entre 12 e 13 minutos cada, que serão exibidos toda quarta-feira às 22:30h e reprisados às quintas-feiras às 11h15min, sábados à 1h15min e terças às 4h45min. Além disso, todo conteúdo poderá ser acessado no site do FuturaPlay. A Série foi gravada em 13 comunidades rurais de municípios do Território Sertão do São Francisco, na Bahia, sob a direção de  Wllyssys Wolfgang e Geisla Fernandes. Cada episódio será embalado por trilha sonora específica composta por Wagner Lima, do Grupo Matingueiros, de Petrolina (PE). A construção dos roteiros, a fotografia, trilha até a escolha do nome da Série se deu a partir da intenção de retratar um Semiárido viável, alicerçado na proposta de Convivência com o Semiárido.
Um dos episódios irá mostrar a luta das comunidades Fundo de Pasto, tendo como uma das personagens Nazaré da Rocha, da comunidade de Melancia, em Casa Nova (BA). Nazaré diz que foi um orgulho participar da Série: “saber que nós mulheres das comunidades tradicionais tá tendo a oportunidade de sair nesses vídeos, saber que somos valorizadas, que o povo sabe o tanto que a gente gosta de viver nas nossas comunidades”.
Parceria
Para o Irpaa, esta é uma oportunidade de dar visibilidade a experiências que mostram o quanto a Convivência com o Semiárido é viável. Tiago Pereira, Coordenador Institucional da entidade, menciona a importância desta parceria, sobretudo neste contexto de retrocesso e perda de direitos que o país vive. Ele ressalta que a Série ajuda a divulgar o conjunto de possibilidades que podem garantir a permanência das famílias no campo e assim se constitui como um elemento que contribui com a resistência na luta por direitos como terra e território, água, educação, saneamento básico, geração de trabalho e renda, valorização da Caatinga, da juventude, etc.
“É uma quebra de estereótipos, a Série traz uma outra visão que nós não estamos acostumados a ver na grande mídia, porque ela mostra um Semiárido a partir da vivência de famílias, como elas vivem, a partir da compreensão do lugar em que elas vivem” observa Karine Pereira, coordenadora do Eixo Comunicação do Irpaa. A comunicadora diz que os episódios ajudam a mostrar o quanto o Semiárido avançou nos últimos anos mas que ainda são necessárias políticas públicas para a região, o que é dito a partir de histórias de vida.
Na visão de Wllyssys Wolfgang, que é sertanejo com origens no município de Casa Nova (BA), o trabalho é resultado da sintonia entre o que ele já conhecia acerca da região e o olhar “estrangeiro” da Geisla Fernandes, que é natural do Sudeste e esteve na Caatinga pela primeira vez na gravação da Série. “A gente teve muito cuidado com a desconstrução dos estereótipos. Nesse e em outros sentidos, a gente contou muito com o apoio do Irpaa, abrindo portas e porteiras mesmo”.
A parceria ente a WWF e o Irpaa teve início desde a elaboração do projeto, sugerindo locais e articulando os personagens, “essas histórias maravilhosas que a gente agora usa para estampar as telas”, relata Wllyssys. O diretor da Série fala também do contexto de seca de 2017, uma das maiores do século, porém destaca a fuga do sensacionalismo geralmente explorado pela mídia convencional. “Isso é um avanço, é conteúdo que desconstrói a imagem de miséria. Ao invés de mostrarmos vitimismo, lástima, a gente estampa muito sorriso, muita força, garra… isso nos orgulha, isso nos inspira e por isso que é Natureza Forte”, comemora. (Ascom),(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

LULA REÚNE MULTIDÃO EM CURITIBA CONTRA O FASCISMO

Divulgação | @Brasil_de_Fato | Midia Ninja

Uma multidão de brasileiros indignados com o avanço do fascismo se reúne na praça Santos Andrade, em Curitiba, para o ato suprapartidário em defesa do ex-presidente Lula e da democracia, que encerrará a caravana pela região Sul do país.
Marcam presença no evento lideranças políticas de diversos partidos, como PSOL, PDT, PSB e PCdoB, além do PT. Entre elas, os pré-candidatos Manuela D´Ávila (PCdoB) e Guilherme Boulos (PSOL), além da presidente deposta Dilma Rousseff.
"Temos que denunciar o fascismo e defender a democracia. Enquanto eles jogam com mentiras e violência física, nós usamos a verdade e a capacidade de luta", disse Dilma. 
O líder do MST, João Pedro Stedile, também presidente no ato, disse que a campanha eleitoral é uma luta de classes. "Viemos aqui para duas missões. A primeira, ver o Lula. A segunda para assumir compromissos com a democracia. A campanha eleitoral será uma luta de classes. E não porque queremos o conflito, mas porque será uma disputa de projetos", afirmou.

Um dia depois do ataque a tiros contra dois ônibus da caravana de Lula, o ato se tornou temático contra a violência e em defesa da democracia. As atividades começaram às 15h com atos culturais.
"Curitiba está linda esperando o Presidente Lula", postou o deputado Paulo Pimenta no Twitter, líder do PT na Câmara, que está no ato. "Nossos adversários fazem o que fazem com Lula porque temem as urnas", declarou o deputado Zeca Dirceu, que é do Paraná e também está presente.
O presidente do PSOL, Juliano Medeiros, discursou: "Hoje é o dia que a esquerda deixa de lado suas diferenças para reafirmar seu compromisso com a democracia". "Vamos dizer a esses psicopatas: não deterão a esquerda", declarou ainda.(247).
Assista ao vivo: 



Blog do BILL NOTICIAS


MANUELA: DEFENDER LULA CANDIDATO É DEFENDER A DEMOCRACIA


A deputada Manuela D'Ávila, pré-candidata do PCdoB à presidência, fez um discurso contundente em favor da candidatura do ex-presidente Lula e contra a escalada do fascismo, durante o ato suprapartidário de encerramento da caravana de Lula em Curitiba. 
"Eu, enquanto candidata pelo Partido Comunista do Brasil, tenho dito que defender o direito de Lula ser candidato não é tarefa só para petistas, mas para todos que defendem a democracia no Brasil", disse Manuela em discurso. "O Brasil vive há dois anos sob comando golpista. É o golpe da entrega do Brasil, do Pré-Sal, da retirada de direitos dos trabalhadores", afirmou. (247).
Assista ao evento:



Blog do BILL NOTICIAS

BOULOS: PASSOU DA HORA DE CRIARMOS UMA FRENTE CONTRA O FASCISMO

 Rafael Ribeiro

Presente no ato com o ex-presidente Lula em Curitiba, no encerramento da caravana pela região Sul, o pré-candidato do PSOL à presidência, Guilherme Boulos, defendeu uma frente da esquerda contra o fascismo.
"Nossas diferenças não vão nos impedir de sentar à mesa para enfrentar o fascismo no Brasil. Lula, Manuela, passou da hora de criarmos uma frente contra o fascismo no Brasil. Com fascismo não se conversa, não se dialoga. Se combate!", discursou.
"Essa gente está plantando perigosas sementes do fascismo no Brasil. Nossa tradição não é da intolerância, nem do pensamento único, por isso iremos lutar e juntos derrotar o fascismo", prosseguiu.
"Hoje faz duas semanas do assassinato de Marielle no Rio de Janeiro. E aqui faço a minha homenagem: Marielle presente! A mesma escalada do fascismo que atirou em Marielle foi a que disparou contra a caravana do presidente Lula", declarou ainda Boulos.
Outra pré-candidata, Manuela D´Ávila (PCdoB), discursou antes de Boulos. Ela usa uma camiseta que traz a mensagem: "nossas ideias são à prova de balas". O ato acontece um dia depois do atentado a tiros contra dois ônibus da caravana de Lula. Ninguém ficou ferido.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Comandante do 5º BPM exalta ação de policiais que conduziram assaltante em reboque de moto e afirma: “Foi a única alternativa para preservar a integridade física”

Assaltante é transportado em reboque no distrito de Rajada, em Petrolina-PE. (Foto: Reprodução WhatsApp)

(C.Britto)

Após a repercussão da notícia sobre um assaltante que foi preso e conduzido por PMs no reboque de uma motocicleta, na manhã de hoje (28), no distrito de Rajada, zona rural de Petrolina, o comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) emitiu nota de esclarecimento sobre o fato.
De acordo com o Coronel André Rodrigues, os policiais foram obrigados a fazer a condução emergencial com o auxílio do reboque, porque o indivíduo que havia efetuado um assalto sofreu uma fratura exposta na perna direita e estava prestes a ser linchado. Na nota, ele ainda “exalta a ação dos policiais que não mediram esforços em cumprir nossa missão precípua, preservando a vida e combatendo a criminalidade.
Acompanhe, na íntegra:
O 5° Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, vem através dessa nota informar à população de Petrolina que na manhã de hoje, no distrito de Rajada, uma equipe de policiais militares foi obrigada a fazer uma condução emergencial em uma motocicleta com reboque, pois um indivíduo que havia efetuado um assalto naquela localidade sofreu um acidente durante a fuga, apresentando uma fratura exposta na perna direita.
No local da ocorrência, o policiamento se deparou com uma grande quantidade de populares revoltados e propensos a espancar o suspeito. Diante da situação, não houve outra alternativa para o policiamento senão a remoção imediata do suspeito daquele local, a fim de preservar a integridade física, não somente do elemento detido, quanto da própria população.
O mesmo foi encaminhado para o Hospital de Traumas, onde foi submetido a uma cirurgia e o boletim de ocorrência  foi registrado na Delegacia de Polícia Civil para serem adotadas as medidas cabíveis. Com o elemento detido foi apreendido um revólver calibre .38, com 01 munição deflagrada e 05 munições intactas.
A Polícia Militar exalta a ação dos policiais que não mediram esforços em cumprir nossa missão precípua, preservando a vida e combatendo a criminalidade.
Coronel André Rodrigues/Comandante do 5º BPM

Blog do BILL NOTICIAS

Senador Fernando Bezzera e Vice-Governador Raul Henry com futuros políticos incertos


Abriga pelo comando do MDB-PE deverá ficar para a última hora, na semana final da janela partidária, deixando em suspenso os planos do vice-governador Raul Henry (atual mandatário) e do senador Fernando Bezerra Coelho. Quem perder o embate deve tocar o plano B: ou deixa a agremiação ou pensa uma forma de viabilizar a convivência com o desafeto. Devido ao feriado da Semana Santa, que paralisou os trabalhos no Judiciário, ambos ficam à espera da palavra final do Supremo Tribunal Federal (STF) para executar seus respectivos projetos eleitorais.
Dado como certo na presidência do MDB-PE por Romero Jucá, Bezerra Coelho já tinha filiado o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, e também chegou a percorrer uma agenda para articular novas adesões, buscando consolidar sua candidatura ao governo do Estado. Todavia, a decisão liminar da Suprema Corte jogou um “balde de água fria” na estratégia do senador. Desde então, Bezerra preferiu não falar com a imprensa, até mesmo para não comprometer o plano jurídico da Executiva nacional. Henry também permaneceu em silêncio, embora esteja presente em Brasília, em agenda administrativa e se movimentando pela manutenção do controle do diretório. O advogado do partido, Carlos Neves, não acredita que a segunda turma do STF deverá se pronunciar na próxima semana. “Nosso objetivo é manter nos cargos do diretório estadual aqueles que foram eleitos democraticamente”, alega Neves.
Enquanto siglas como PSC e PP vieram trabalhando para ampliar o número de filiações, o impasse jurídico em torno do MDB acabou impedindo tanto Raul quanto Fernando de atraírem novos quadros para a eleição desse ano. A falta de definição sobre esse imbróglio já se arrasta há sete meses e, mesmo com o apoio de Jucá, Fernando não consegue se consolidar. Já Raul, que vai disputar vaga na Câmara dos Deputados, tampouco conseguiu articular uma estratégia para oxigenar o MDB na questão da chapa proporcional.
Na véspera do dia 7 de abril, quando fecha a janela, se Raul continuar como presidente do diretório, a candidatura ao governo de FBC estaria praticamente enterrada, forçando inclusive Fernando Filho a buscar outra sigla para garantir a sua disputa pela reeleição. Porém, se o senador vencer na Justiça e recuperar a presidência dada pela Executiva nacional, Raul e seu grupo teriam pouco tempo para articular uma debandada – com o prejuízo certo da perda do tempo de televisão que o MDB apresenta dentro da Frente Popular. Caso essa definição só aconteça depois da janela partidária, é provável que o partido não cresça e que a disputa se resuma a definir o campo em que a sigla ficará – inclusive colocando em risco os projetos de Raul para deputado federal. (Blog da Folha).

Blog do BILL NOTICIAS

‘Cracolândia’ ao lado da rodoviária: um caso cada vez mais sem solução em Petrolina

Usuários de drogas e pessoas em situação de rua dividem espaço ao lado da Rodoviária de Petrolina. 
(Foto: Blog do Carlos Britto)


“Porta de entrada da cidade”, o Terminal Rodoviário de Petrolina enfrenta problemas em sua estrutura há anos e nada é feito pelo Governo do Estado para melhorar a situação. Considerada uma das vergonhas da principal cidade do Sertão, a rodoviária não passa boas impressões a quem chega de ônibus, e agora conta com outro agravante: o consumo de drogas em frente e próximo ao local. Esse ponto da cidade, inclusive, já é conhecido como ‘Cracolândia’.
Vários foram os flagrantes feitos pela Polícia Militar (PM) e também pela Guarda Civil Municipal (GCM). Muitas apreensões de drogas já foram feitas nas imediações do terminal. O clima  é de medo, pois os usuários de drogas ficam próximos à rodoviária e causam insegurança para comerciantes e trabalhadores do local. Para os visitantes, então, nem se fala.
Não importa o dia da semana, nem a hora. Além de consumir entorpecentes sem o menor pudor, eles ainda provocam medo em quem precisa caminhar pela rua ou frequentar algum  local próximo. A PM já informou que rondas são feitas com frequência no local, mas o problema dos usuários de drogas também é uma questão social.
Identificação
Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos ressalta que um trabalho de busca ativa vem sendo feito, periodicamente, a fim de identificar e dar assistência a este público, principalmente, através do Centro de Referência Especializado em População em Situação de Rua, o ‘Centro Pop’.
Neste equipamento, de acordo com a Secretaria, as pessoas atendidas tomam café da manhã e também recebem fichas diárias para almoço e jantar no Restaurante Popular. O Centro Pop, que funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, também disponibiliza local para banho, lavagem de roupas, doação de roupas e serviços como cadastramento para o programa Bolsa Família, além de orientação para a recuperação de dependentes químicos, caso seja necessário.
Ainda de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social, para otimizar este trabalho de ressocialização, a prefeitura também vem firmando parcerias a fim de minimizar os efeitos nocivos do rompimento afetivo e social da população em situação de rua.

Blog do BILL NOTICIAS


FÓRUM: HOMENS QUE SACARAM ARMAS CONTRA MEMBROS DA CARAVANA SÃO POLICIAIS


Por Vinicius Segalla, Revista Fórum - Pelo menos dois soldados da Brigada Militar no município de Bagé (RS), no último dia 19 de março, sacaram suas armas e apontaram para integrantes da caravana Lula pelo Brasil. O homem armado que aparece em destaque na imagem acima é conhecido como Soldado Corrêa e faria parte de uma equipe de inteligência da brigada, que se mistura em manifestações vestindo trajes civis, teoricamente em busca de identificar e impedir atitudes violentas e contrárias à lei realizadas durante protestos populares.
Testemunhas que estavam no local, no entanto, afirmam que os policiais em questão em nenhum momento tentaram impedir a violência de manifestantes pró-Jair Bolsonaro e apenas sacaram suas pistolas quando integrantes da Caravana Lula pelo Brasil se aproximaram de um grupo da direita que agrediam um participante da caravana.
A jornalista Rochele Barbosa, do jornal O Minuano, de Bagé, cobre segurança pública no município e de pronto reconheceu os militares nas fotos. "Os dois que aparecem na foto são da brigada militar sim, o que aparece mais à frente é o soldado Corrêa. Eu estava no local no momento desta foto. Inclusive tinham mais policiais junto com eles, são do grupo que a polícia chama de P2, agentes infiltrados em manifestações, pessoal da inteligência da Brigada Militar", narra a jornalista.
Um integrante da marcha que teve uma das armas apontada para o seu peito, e que pediu para não ser identificado por temer represálias, descreveu: "Eram pelo menos quatro homens armados. Nossos companheiros estavam sendo agredidos do lado deles, e não fizeram nada. Quando chegamos para ajuda-los, então os homens sacaram as armas, apontaram para nós mandando que a gente ficasse longe. Em nenhum momento se identificaram como policiais. em nenhum momento pareceu que estavam ali para manter a lei e a ordem", descreve o membro da caravana.
Já a Brigada Militar não confirma nem nega que os homens da foto são policiais. A reportagem da Fórum conversou com o major Euclides Maria da Silva Neto, chefe da comunicação da Brigada Militar, e mostrou a ele as imagens. Ele disse não identificar de pronto o rosto dos agentes, mas disse que a brigada mantém agentes infiltrados em manifestações e concluiu afirmando que "a Brigada Militar está apurando as circunstâncias que envolvem o fato".
Tiros em ônibus e escalada de violência
A violência de grupos de extrema direita que perseguem a caravana de Lula no sul do país teve início em Bagé e culminou em um atentado a tiros aos ônibus da caravana quando estes estavam na estrada próximos à cidade de Laranjeiras do Sul, no Paraná. A presidenta do PT, Gleisi Hoffmann registrou a ocorrência e informou autoridades estaduais e federais. A Polícia Civil do Paraná está agora investigando a autoria do atentado.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

LULA SOFREU TENTATIVA DE HOMICÍDIO, CONFIRMA DELEGADO EM NOTA


Do site Xapuri - Em nota à Imprensa, o Delegado de Polícia Wilkinson Fabiano Oliveira de Arruda, confirma que os tiros contra os ônibus da caravana de Lula no Paraná configuram tentativa de homicídio.
"Não há precipitação alguma em concluir o óbvio, que se há disparo de arma de fogo em direção a diversas pessoas em um ônibus, isso será considerado, em um primeiro momento, tentativa de homicídio, aqui e em qualquer lugar do mundo, embora se respeite opiniões diversas, desde que juridicamente fundamentadas."
Veja a NOTA À IMPRENSA na íntegra:
O Delegado de Polícia Wilkinson Fabiano Oliveira de Arruda, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, notadamente quanto à observância dos princípios da publicidade, probidade, moralidade e transparência e na defesa das atribuições do cargo de Delegado de Polícia, diante das recentes publicações em toda à imprensa nacional e internacional sobre o caso dos disparos de arma de fogo que atingiram dois ônibus da comitiva do Ex-Presidente Luís Inácio Lula da Silva, vem a público, prestar os seguintes esclarecimentos:
1. Este Delegado não foi em nenhum momento afastado de suas funções ou sofreu qualquer retaliação por parte da Polícia Civil ou outros órgãos governamentais em razão do enquadramento legal dado ao caso.
2. A atuação deste Delegado no uso de suas atribuições legais são pautadas apenas na técnica jurídica, como convém a qualquer servidor público e em especial à Polícia Judiciária (função policial desempenhada nos Estados e no Distrito Federal pela Polícia Civil).
3. No exercício de atividade funcional do Delegado de Polícia, não existe hierarquia. A hierarquia para Delegados é apenas administrativa, jamais funcional, assim como para membros do Ministério Público e do Judiciário, pois a independência funcional do Delegado de Polícia é garantia constitucional de imparcialidade, que protege em primeiro lugar o cidadão e, ipso facto, é basilar do Estado Democrático de Direito.
4. Desse modo, o enquadramento legal dado a um caso por um Delegado de Polícia deve se fundamentar exclusivamente em critérios técnicos, jamais em critérios políticos, pois Polícia é neutra. "Os governos passam, as sociedades morrem, a polícia é eterna..." (Honoré de Balzac).
5. Na 2ª Subdivisão Policial Laranjeieiras do Sul/PR, existem dois Delegados lotados e, pelos critérios objetivos e predeterminados aqui utilizados para a distribuição dos trabalhos, o Delegado plantonista é o responsável (Delegado Natural) por todos as ocorrências registradas durante seu plantão, o que não impede uma redistribuição ou avocação, desde que de modo justificado, nos exatos termos do §4º do art. 2º da Lei Federal 12.830/2015, verbis: "§4o O inquérito policial ou outro procedimento previsto em lei em curso somente poderá ser avocado ou redistribuído por superior hierárquico, mediante despacho fundamentado, por motivo de interesse público ou nas hipóteses de inobservância dos procedimentos previstos em regulamento da corporação que prejudique a eficácia da investigação".
6. O Delegado que estava de plantão na noite do fato era o que firma a presente nota, embora, diante da gravidade do fato, ambos os Delegados tenham se dirigido ao local.
7. Efetuar disparos de arma de fogo em direção a um veículo é, na opinião jurídica e fundamentada desta Autoridade Policial, tentativa de homicídio, o que não impede, com o avançar das investigações, novo enquadramento legal, mediante aditamento à Portaria inaugural do Inquérito, se necessário.
8. Enquadramento legal, em regra, é feito com base nos fatos e não nas pessoas atingidas.
9. Constitui-se equivocado e ilegal afirmar que um Inquérito será redistribuído em razão de hierarquia.
10. Não há precipitação alguma em concluir o óbvio, que se há disparo de arma de fogo em direção a diversas pessoas em um ônibus, isso será considerado, em um primeiro momento, tentativa de homicídio, aqui e em qualquer lugar do mundo, embora se respeite opiniões diversas, desde que juridicamente fundamentadas.
11. Este Delegado possui 10 anos de experiência auxiliando os Procuradores em investigações no honroso Ministério Público do Trabalho e dois anos na nobre Polícia Civil do Paraná e jamais permitirá interferências políticas, de quem quer que seja, no exercício de suas atribuições, posto que isso sim seria um atentado à ordem jurídica em vigor e à função de Delegado de Polícia e adotará, se necessário for, as devidas medidas legais e administrativas contra qualquer pessoa que interfira no livre exercício do seu múnus público de defender a tão sofrida sociedade do interior paranaense.
12. A demora na chegada de peritos ao local deu-se em razão da extrema precariedade a que está submetido o Instituto de Criminalística do Estado do Paraná, uma vez que o perito foi obrigado a se deslocar de Guarapuava até o local onde estavam os ônibus (aproximadamente 120Km), o que é práxis no Estado do Paraná e poderia ter demorado muito mais, se estivesse atendendo a uma outra ocorrência.
13. Da mesma forma, os quadros da Polícia Civil do Estado do Paraná encontram-se extremamente deficitários, de modo que hoje o Paraná possui menos Delegados do que municípios e que a nomeação efetuada no dia de ontem pelo Governo de apenas 20 Delegados suprem quase que apenas as COMARCAS vagas (cerca de 11 Comarcas).
14. O Estado do Paraná possui aproximadamente 100 delegados a menos que o Estado de Santa Catarina, mesmo possuindo 100 municípios a mais e quase o dobro da população e da extensão territorial, o que obriga os Delegados do interior a se submeterem a uma escala ininterrupta de sobreaviso, o que atenta contra a saúde e segurança das Autoridades Policiais e também dos seus servidores, os quais também são submetidos a condições precárias de trabalho.
15. Embora entenda a relevância do caso do ataque à caravana do Ex-Presidente, este Delegado pensa que todo o cidadão paranaense (e todo brasileiro) merece o mesmo tratamento de priorização, respeito e esforço dado à investigação do citado episódio, mas não haverá, por certo, nenhum reforço permanente de efetivo e diversos inquéritos continuarão paralisados em todo o Estado do Paraná e também nesta Subdivisão Policial, uma vez que não há concurso para Investigadores ou Escrivães em aberto, o concurso para Delegado está em vias de perder a validade e o concurso previsto para escrivães, com uma previsão de apenas para 100 vagas, não conseguirá suprir a demanda de todo o Estado.
16. Esta Subdivisão Policial, a título de exemplo, já possuiu seis escrivães e hoje possui apenas três.
17. Somente nesta Subdivisão, encontram-se fechadas as Delegacias de Polícia Civil de Porto Barreiro, Laranjal, Goioxim, Rio Bonito do Iguaçu, Nova Laranjeiras etc., por falta de efetivo policial.
18. Essa desestruturação e sucateamento da Polícia Civil do Estado do Paraná é fruto de, no mínimo, 20 anos de investimentos insuficientes e/ou inexistentes e contratações meramente pontuais, que praticamente repõem aposentadorias e exonerações de servidores, fazendo com que a ocupação dos cargos efetivos da PCPR esteja hoje na ordem de 50%.
19. Este Delegado manifesta o seu profundo respeito e admiração pelo Delegado Subdivisional da 2ª Subdivisão Policial de Laranjeiras do Sul, Hélder Andrade Lauria, a quem presta solidariedade e deseja sucesso na condução do inquérito que apura o ataque à caravana do Ex-Presidente da República.
20. Este Delegado não se submete e nem cede a pressões de qualquer natureza, mas ressalta que não recebeu nenhuma ligação de qualquer membro do Governo do Estado do Paraná sobre o caso em questão.(247).
Laranjeiras do Sul, PR, 28 de março de 2018.
WILKINSON FABIANO OLIVEIRA DE ARRUDA
Delegado de Polícia do Estado do Paraná Diretor de Comunicação Social do Sindicato dos Delegados do Estado do Paraná.

Blog do BILL NOTICIAS

Deu Zebra. Larápio é preso pela população ao tentar roubar uma lotérica, em Rajada-PE. Com a PU é pêa!

Foto: via WhatsApp




(C.Geral)

Tentativa de assalto à uma lotérica em Rajada-PE, termina de maneira inusitada. Na manhã desta quarta-feira(28), populares do município perceberam a conduta estranha de um indivíduo e em antecipação, o conteram e prenderam-no à um reboque.
Em nota da polícia, foi informado que o indivíduo sofreu uma fratura exposta e os policiais tiveram que fazer um deslocamento de urgência para evitar linchamento.
Quando a polícia chegou se deparou com a cena acima, parabéns à população, mas cuidado!
Segundo informações, o homem teria também tentado roubar uma motocicleta mais cedo.

Blog do BILL NOTICIAS

LULA DIZ QUE VAI PROCESSAR A NETFLIX POR SÉRIE SOBRE A LAVA JATO


(247)

Em discurso em Curitiba, no ato de encerramento de sua caravana na noite desta quarta-feira 28, o ex-presidente Lula disse que irá processar a Netflix depois da exibição da série O Mecanismo, de José Padilha, inspirada na Lava Jato e que distorce diversos fatos da realidade, especialmente contra o PT.
Segundo Lula, a série foi "mais uma mentira" que fizeram contra ele e o PT. "Há anos eu já ouvia dizer que a Globo estava fazendo um documentário para passar na Netflix, para não aparecer a cara da Globo", disse. "Nós vamos processar a Netflix", anunciou. "Nós não temos que aceitar isso, e eu não vou aceitar", declarou.
Na produção, Padilha coloca na boca do personagem que interpreta Lula a frase "precisamos estancar a sangria", dita na realidade por Romero Jucá (PMDB-RR), em referência a uma estratégia para acabar com a Lava Jato, que incluía a deposição de Dilma Rousseff do poder.
Entre outros fatos distorcidos, a série mostra o doleiro Alberto Youssef circulando com intimidade pelo comitê de campanha de Dilma Rousseff à reeleição, em 2014, e mostra o caso Banestado acontecendo em 2003, durante o governo Lula, e não nos anos 90, durante o governo FHC.

Blog do BILL NOTICIAS

Em Petrolina, Embrapa Semiárido realiza em abril leilão de animais bovinos e caprinos



(C.Geral)

Ao todo serão leiloados 42 lotes de touros da raça Sindi e 19 de caprinos das raças Canindé e Repartida. O evento está marcado para acontecer no próximo dia 03 de abril, a partir das 9h, na sede da Embrapa Semiárido, zona rural de Petrolina (PE). Os animais são de descartes e não possuem registros genealógicos.
As raças levadas a leilão têm como características comuns a adaptação ao ambiente Semiárido. As caprinas, pela origem: Canindé é considerada nativa ou naturalizada cuja origem remonta à época da chegada dos colonizadores portugueses ao Brasil; e Repartida, que é nativa do bioma Caatinga. O Gado Sindi foi importado da região Semiárida do Paquistão e apresenta uma respeitável adaptação e rusticidade, sendo uma ótima alternativa de produção de leite para a região semiárida do Brasil.
Conforme o edital publicado pela Chefia Adjunta de Administração da Embrapa Semiárido, podem participar do leilão pessoas Física ou Jurídica, diretamente ou por intermédio de terceiro desde que “formalmente designado em Procuração, com firma reconhecida em tabelião ou instrumento público”. A publicação ainda veda a participação no leilão de menores de idade, de empregados da Embrapa ou de agentes públicos vinculados à empresa de pesquisa que tenham os bens sob suas administrações direta ou indiretamente.
Os animais vão estar disponíveis no Campo Experimental da Caatinga para vistoria pelos interessados no dia 02 de abril, no horário das 9h às 15h30min, e no dia 03, das 8h até as 9h, quando será dado início ao leilão.
Acesse aqui o edital completo. (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Após reunião com Prefeitura, Compesa inicia recuperação de pavimento em vias de Petrolina


(.Geral)


Equipes trabalham em dois pontos da cidade atendendo pedido do município.
A reunião onde a Prefeitura de Petrolina pediu atenção especial da Compesa quanto à recomposição do pavimento nas vias onde foram realizadas intervenções na rede de esgoto, realizada na semana passada, está apresentando resultados. Equipes da companhia já trabalham na Avenida dos Tropeiros, no Pedro Raimundo, e também na Rua 02 do bairro Jardim Amazonas. O serviço deve atender a uma reivindicação importante das comunidades que sofriam com os transtornos causados pela situação das pistas.
De acordo com o secretário de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade, Fred Machado, estas são apenas as primeiras ações de recuperação de vias que receberam obras da Compesa. “Estamos nos articulando, através da diretoria de Saneamento da SEINFRAHM, para beneficiar toda a população de Petrolina. O trabalho já começou nestes locais e já enviamos uma solicitação formal de recuperação da Avenida Paraíba, na Areia Branca. Nosso objetivo é que esse trabalho seja contínuo, minimizando qualquer transtorno causado pelas intervenções de saneamento na cidade”, destaca Machado. (Ascom).

Blog do BILL NOTICIAS

Canal Futura estreia hoje série sobre convivência com o semiárido gravada na região


  (C.Britto)


Os retratos da convivência com o semiárido e genuínas e inspiradoras histórias de pessoas que vivem em comunidades rurais do norte da Bahia e Sertão pernambucano servem de cenário para uma série que terá início logo mais às 22h30, no Canal Futura. Trata-se da série de documentários “Natureza Forte”, produzida pela WW Filmes em parceria com o Canal  da Fundação Roberto Marinho, além do aparato de cinema, drone filmando em 4k e câmeras digitais de alta resolução, a produção contou também com trilha sonora original composta pelo Wagner Lima do Grupo Matingueiros.
Serão 13 episódios documentais, entre 12 e 13 minutos cada, que serão exibidos toda quarta-feira às 22h30 e reprisados às quintas-feiras às 11h15min, sábados à 1h15min e terças às 4h45min. Além disso, todo conteúdo poderá ser acessado no site do FuturaPlay. A Série foi gravada em 13 comunidades rurais, sob a direção de  Wllyssys Wolfgang e Geisla Fernandes. Cada episódio será embalado por trilha sonora específica composta por Wagner Lima, do Grupo Matingueiros, de Petrolina. A construção dos roteiros, a fotografia, trilha até a escolha do nome da Série se deu a partir da intenção de retratar um Semiárido viável, alicerçado na proposta de Convivência com o Semiárido.
Ao todo são mais de 2h40min de conteúdo que destaca a capacidade de convivência com o Semiárido, ao invés de pensar em combater a seca, desconstruindo estereótipos.
Estávamos lá num momento histórico em 2017. Foi a pior seca dos últimos 173 anos [de acordo com Inmet]. Mesmo assim, não trazemos vitimismo ou miséria. Ao contrário, temos um material repleto de sorrisos, superação, perspicácia e muito muito trabalho, de um povo cuja natureza é heroica. Por isso ‘Natureza Forte’, e por isso que é inspirador!“, afirma o cineasta e jornalista Wllyssys Wolfgang, que divide a direção da série com a Geisla Fernandes, que esteve pela primeira vez na caatinga para a preparação e produção da série.
As pessoas que encontrei foram tão genuínas e maravilhosas, com histórias tão incríveis de uma busca incansável por desenvolvimento, que dava sempre uma tristeza quando chegava a hora de ir embora. O que eu trouxe foi um aprendizado sobre  força de vontade e amor“, destaca a diretora Geisla Fernandes.
A série “Natureza Forte” contou com o apoio do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), que há 28 anos desenvolve soluções e alternativas para a convivência no Semiárido. A instituição esteve presente em todo o processo de pré-produção e gravação, acompanhando, orientando e abrindo portas e porteiras para que as equipes chegassem a lugares jamais visitados por equipes de TV/Cinema.
Próximas produções
As produções não param por aqui. Em julho deste ano a WW Filmes também gravará na região o piloto da minissérie de ficção “Atrofia” (suspense). A produtora fará seleção de equipe e elenco na região. Mais informações e confirmação de datas serão publicadas no site da produtora (wwfilmes.com.br) e na fanpage (facebook.com/WWFilmes).



Blog do BILL NOTICIAS