quarta-feira, 28 de março de 2018

Canal Futura estreia hoje série sobre convivência com o semiárido gravada na região


  (C.Britto)


Os retratos da convivência com o semiárido e genuínas e inspiradoras histórias de pessoas que vivem em comunidades rurais do norte da Bahia e Sertão pernambucano servem de cenário para uma série que terá início logo mais às 22h30, no Canal Futura. Trata-se da série de documentários “Natureza Forte”, produzida pela WW Filmes em parceria com o Canal  da Fundação Roberto Marinho, além do aparato de cinema, drone filmando em 4k e câmeras digitais de alta resolução, a produção contou também com trilha sonora original composta pelo Wagner Lima do Grupo Matingueiros.
Serão 13 episódios documentais, entre 12 e 13 minutos cada, que serão exibidos toda quarta-feira às 22h30 e reprisados às quintas-feiras às 11h15min, sábados à 1h15min e terças às 4h45min. Além disso, todo conteúdo poderá ser acessado no site do FuturaPlay. A Série foi gravada em 13 comunidades rurais, sob a direção de  Wllyssys Wolfgang e Geisla Fernandes. Cada episódio será embalado por trilha sonora específica composta por Wagner Lima, do Grupo Matingueiros, de Petrolina. A construção dos roteiros, a fotografia, trilha até a escolha do nome da Série se deu a partir da intenção de retratar um Semiárido viável, alicerçado na proposta de Convivência com o Semiárido.
Ao todo são mais de 2h40min de conteúdo que destaca a capacidade de convivência com o Semiárido, ao invés de pensar em combater a seca, desconstruindo estereótipos.
Estávamos lá num momento histórico em 2017. Foi a pior seca dos últimos 173 anos [de acordo com Inmet]. Mesmo assim, não trazemos vitimismo ou miséria. Ao contrário, temos um material repleto de sorrisos, superação, perspicácia e muito muito trabalho, de um povo cuja natureza é heroica. Por isso ‘Natureza Forte’, e por isso que é inspirador!“, afirma o cineasta e jornalista Wllyssys Wolfgang, que divide a direção da série com a Geisla Fernandes, que esteve pela primeira vez na caatinga para a preparação e produção da série.
As pessoas que encontrei foram tão genuínas e maravilhosas, com histórias tão incríveis de uma busca incansável por desenvolvimento, que dava sempre uma tristeza quando chegava a hora de ir embora. O que eu trouxe foi um aprendizado sobre  força de vontade e amor“, destaca a diretora Geisla Fernandes.
A série “Natureza Forte” contou com o apoio do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), que há 28 anos desenvolve soluções e alternativas para a convivência no Semiárido. A instituição esteve presente em todo o processo de pré-produção e gravação, acompanhando, orientando e abrindo portas e porteiras para que as equipes chegassem a lugares jamais visitados por equipes de TV/Cinema.
Próximas produções
As produções não param por aqui. Em julho deste ano a WW Filmes também gravará na região o piloto da minissérie de ficção “Atrofia” (suspense). A produtora fará seleção de equipe e elenco na região. Mais informações e confirmação de datas serão publicadas no site da produtora (wwfilmes.com.br) e na fanpage (facebook.com/WWFilmes).



Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário