segunda-feira, 17 de julho de 2017

Desabafo de um Brasileiro!!

Imagem relacionada
Foto ilustração/internet

Petrolina, 15/07/2017
 
Desabafo de um Brasileiro!!

Boa noite à minha cidade de Petrolina, ao meu estado de Pernambuco, ao meu Nordeste e é claro ao meu Brasil. Ontem tive uma grande decepção em ver algumas pessoas através das redes sociais parabenizando o Juiz Moro, pelo fato de o mesmo ter decretado a condenação do Lula, e o pior sem provas.
O que acho mais estarrecedor é que essas mesmas pessoas, todas de alguma forma, foram beneficiadas no governo de Lula. O povo brasileiro teve tantas conquista, realizaram sonhos, tiveram grandes oportunidades.
Quando falo o povo, me refiro de uma forma geral, tanto da classe baixa, media e alta, e principalmente os pobres que pela primeira vez na história deste país, saíram da linha de pobreza.
Foram criados vários programas sociais que beneficiaram milhões de brasileiros, programas esse que foram reconhecidos pelos países de primeiro mundo. Vale lembrar que nos dois mandatos do governo Lula, a CLT permaneceu intacta, ou seja: todos os direitos dos trabalhadores permaneceram.
E a Dilma que continuou com todos os programas sociais, não mexeu nos direitos dos trabalhadores e foi tirada do poder através de um golpe e que infelizmente uma grande parcela de culpa é do povo, principalmente das pessoas que se deixaram lavar pela emoção e não pela razão. Por conta disso, o país está entrando num mar de lama. Mas tenho certeza de que isso tudo vai mudar, e o nosso tão grandioso país vai sim sair dessa. E tem mais, a esperança está de volta para tirar o nosso país do caos que aí está. Caos esse que foi gerado através de um golpe, que vem a cada dia tirando todos os direitos de vocês trabalhadores, e o pior, acabando com o maior patrimônio brasileiro que é o nosso povo.
Para aqueles que parabenizaram o Juiz Moro, pela condenação do Lula, e o pior sem provas, aqui vai um recado: no dia em que o referido Juiz colocar na cadeia todos os verdadeiros políticos corruptos inclusive com provas que já existem e as que estão chegando todos os dias, aí sim eu tiro o meu chapéu para ele e parabenizo pelo excelente trabalho e dever cumprido.
Todos os senadores aliados do Temer rasgaram a nossa CLT, os direitos dos trabalhadores conquistados há tantos anos, ou seja, um crime bárbaro contra a classe trabalhadora. Do meu ponto de vista isso é crime, pois o maior patrimônio de um país é o seu povo. Agora pergunto: cadê o Juiz nessa hora?  E o pior, cadê o povo Brasileiro que não deram um alerta aos seus representantes de suas cidades e estados, através das redes sociais, de vários outros meios de comunicações, alertando os para que se o citado projeto fosse aprovado, nas próximas eleições eles não seriam eleitos? Mas nada fizeram, e vejam só a M que deu.
E mais ainda, no ano que vem teremos eleições. Os mesmos que aí estão, rasgaram a CLT e tiraram seus direitos adquiridos há tanto tempo, serão novamente candidatos e correm o risco de serem eleitos novamente. Acorda meu povo, somos todos brasileiros, portanto esse país é nosso.
Já está comprovado que a maior corrupção está no grupo dos que estão soltos e o pior, governando nosso país através de um Golpe. Acorda meu povo, vejam quem são os verdadeiros corruptos. Esses sim merecem serem condenados. Ainda faço mais uma pergunta: Vocês acham que eles serão punidos?
Sempre tenho dito que uma grande parte do que está acontecendo em nosso país é culpa do povo. O povo tem uma grande e importante arma nas mãos para tentar acabar com isso, mas não sabem usar. Refiro-me ao voto, a consciência, a ética e a moral, a cobrança acirrada das ações que a cidade, o estado, o país realmente precisa. Em resumo, o povo tem nas mãos o poder de decisão, mas infelizmente se deixam levar pelas aparências, troca de favores, etc., e o pior e mais triste de tudo é quando essas pessoas entram na onda dos outros, não tem decisões próprias e não procuram descobrir se os fatos são realmente consistentes e quem são os verdadeiros responsáveis.
Milhões e milhões são roubados do nosso povo e depositados nas contas de Bancos Estrangeiros e que já foi provado a quem pertence e você não tem absoluta certeza de que esse dinheiro tem retorno, dinheiro que poderia muito bem ser de imediato investido nas obras que o povo tanto necessita.
Outro fato triste é você saber que os autores, ou melhor, os verdadeiros responsáveis, estão soltos rindo da nossa cara, sem falar dos que ainda nem foram presos e vão continuar agindo na calada da noite com seus planos maquiavélicos destruindo assim o sonho do nosso povo.
Quando me refiro a uma grande parcela de culpa do povo, me refiro às atitudes das pessoas que simplesmente agem com a emoção ao invés de agirem com a razão. A partir do momento em que as pessoas passam a agir pela emoção, ela só visa o bem estar próprio, a exemplo da alegria. Mas esquecem de que agindo pela emoção, tanto pode nos fazer rir como também nos fazer chorar. Infelizmente é o que vem acontecendo com o povo brasileiro.
Costumo sempre dizer que agir com a razão é outra história, é o correto, pois te faz pensar no dia seguinte, no que pode ocorrer e nas consequências que podem acontecer com sua decisão tomada.
No momento em que você age com a razão, as coisas são mais fáceis de resolver, pois você para e pensa da seguinte forma: é melhor eu agir com muita calma, consciência, cautela para não cometer erros e depois sofrer as consequências causadas pelos meus atos. Sempre digo que o Brasil ainda tem jeito, mas só com a união de todos os brasileiros. Com o nosso povo unido, podemos sim mudar essa história.
Fazer a faxina de uma casa e não lavar o banheiro, nada resolvido. De uma coisa o povo pode ter certeza, esse pacote de maldade que vem sendo aprovado pelos políticos que aí estão é só o começo, pois até o natal os presentes que serão entregues ao povo brasileiro é de dar pena, mas fazer o que?
Peço desculpas pelo desabafo, mas só estou pedindo ao nosso povo para que acordem, pois precisamos ter mais consciência, conhecimento dos fatos e saber tomar as decisões certas na hora de votar. Se cada brasileiro no período das eleições tiver a coragem de cobrar dos políticos compromissos sérios com sua cidade, seu estado, seu país, e o melhor, deixar bem claro que caso as os referidos compromissos cobrados e prometidos não sejam realizados, fica o alerta: Nas próximas eleições vocês não terão votos e nem seus aliados e indicados para a sucessão.
É dessa forma que deveremos agir, pois só assim eles pensarão duas vezes ou mais em trair o nosso povo que a cada dia que passa, vem perdendo a confiança nos políticos brasileiros.

Uma boa noite a todos vocês e todos os seus familiares.
Fiquem todos com Deus!


Atenciosamente,


BILL

LULA: EU TENHO LADO E VOU GOVERNAR PARA OS POBRES

Facebook Lula

Por Fernando Brito, editor do Tijolaço
Há dois dias, escreveu-se aqui que o “Lulinha Paz e Amor” entrou de férias.
O discurso de Lula, hoje, na possa da nova direção do PT de Diadema mostrou isso.
Na política:
“Quero saber onde estão os coxinhas agora depois do Temer governando este país. Cadê as panelas, hein? Cadê os heróis deles? Os heróis deles eram, como se diz, santos de barro. Nós somos feitos de carne e osso, de paixão por este país. Essa é a diferença entre nós e eles. Pra nós, é motivo de orgulho se a empregada doméstica tem um celular.”
Na questão social:
 “Sou presidente de todos, mas todos sabem que tenho lado e para quem vou governar”(…) O erro que cometi foi fazer o povo sonhar e viver melhor. O que nós temos orgulho, parecem que eles têm ódio. Porque eles não querem que as pessoas debaixo subam o degrau da escada da inclusão social”
No enfrentamento com a mídia:
“Sabe por que a Globo está tentando derrubar o Temer agora? É porque ela está preocupadíssima em encontrar um candidato para me enfrentar em 2018″ (…)”E por que eles não conseguem me quebrar? Porque eu não sou eu, eu sou vocês. Eles não conseguem me derrubar porque as asas que eu voo não são minhas, são as asas dos trabalhadores e dos jovens desse país”.
Quem é o Lula que terão de enfrentar, se não o conseguirem impedir de concorrer?
 (Sou) um nordestino que só foi comer pão aos 7 anos de idade, (que) quero dizer: contem comigo porque nós vamos consertar esse país!”. (247).
Editei um compacto da fala do ex-presidente, assista:


https://www.youtube.com/watch?v=sS-Ct8feAOE



Blog do BILL NOTICIAS



COMPRA DA SOBREVIDA DE TEMER CUSTOU R$ 15 BI


Sabe tudo aquilo que você ouviu nos últimos anos sobre ajuste fiscal? Que a presidente legítima Dilma Rousseff havia arrebentado as contas públicas e que seu sucessor Michel Temer estaria colocando a casa em ordem? 
É justamente o contrário – e essa realidade começa a ser admitida até pelo jornal O Globo, que esteve à frente do golpe parlamentar de 2016.
O jornal demonstra que a permanência de Temer no poder custa cada vez mais caro ao Brasil. Um levantamento publicado neste domingo demonstra que a vitória de Temer na Comissão de Constituição e Justiça custou nada menos que R$ 15 bilhões – dos quais, R$ 1,9 bilhão em emendas parlamentares e R$ 13.4 bilhões em recursos liberados para aliados.
Dilma caiu acusada de "pedaladas fiscais", mas manteve superávits em todos os anos do primeiro mandato e teria apenas um déficit em 2015, que poderia ter sido zerado com a volta da CPMF.
Temer trabalha com metas de "ajuste fiscal" da ordem de R$ 179 bilhões – e mesmo assim pode ser incapaz de cumpri-las. Especialmente porque, fragilizado e apontado como corrupto por 80% dos brasileiros, precisa se segurar no cargo comprando apoio parlamentar.(247).

Obs. Meu ponto de vista, para aqueles que infelizmente ainda dizem que Lula roubou e isso não é verdade, vejam quem realmente vem sugando o dinheiro do povo brasileiro para beneficiar seus aliados e a si próprio.

Acorda meu povo.


Blog do BILL NOTICIAS

Cadê as panelas deles? Acabaram?, pergunta Lula, em SP

lula1 (1)
Ex-presidente comentou ainda a sentença de Moro: 
“O golpe não fecha se eu não for condenado”

“Eu quero saber como estão os coxinhas agora com o Michel Temer governando o país. Cadê as panelas deles, acabaram?”, questionou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã deste sábado (15), em Diadema (SP), durante a posse de Adi dos Santos Lima, que assume a nova direção do PT da cidade.
Durante o evento, Lula falou sobre a sentença do juiz federal Sérgio Moro e disse que ele está julgando politicamente. “Nunca acreditei que ele fosse me absolver. Eles não estão julgando o Lula, estão julgando o nosso governo e as coisas boas que fizemos nesse país. Eles me condenaram porque estão subordinados a prestar contas com a imprensa”, afirmou.
Para o ex-presidente, se a condenação não acontecesse, o impeachment, que ele chama de “golpe” não faria sentido. “O golpe não fecha se eu não for condenado”, disse Lula, que afirma estar tranquilo por saber que “a única prova daquele processo é a prova da minha inocência. Tenho a consciência tranquila por saber que nenhum daqueles que estão me processando, é mais honesto do que eu”.
Lula ainda acrescentou: “Enquanto eles não provarem nada contra mim, vou andar por esse país para ser julgado por vocês”, diz.
O ex-presidente falou sobre a imprensa e comentou as notícias veiculadas sobre o presidente Michel Temer. “Sabe por que a Globo está tentando derrubar o Temer agora? É porque ela está preocupadíssima em encontrar um candidato para me enfrentar em 2018”, disse, afirmando ainda que o Jornal Nacional já completou mais de 20 horas com notícias ruins a seu respeito. “E por que eles não conseguem me quebrar? Porque eu não sou eu, eu sou vocês. Eles não conseguem me derrubar porque as asas que eu voo não são minhas, são as asas dos trabalhadores e dos jovens desse país”.
Lula  falou também sobre a trajetória do Partido dos Trabalhadores. “Foi esse partido que teve o presidente que entrou para a história como o presidente que mais fez universidade e escolas técnicas no Brasil. Tenho orgulho de dizer que o tempo em que eu presidi esse país, os trabalhadores viveram melhor. Sei que não fiz tudo, mas tenho orgulho de olhar para o povo e dizer que, nos últimos 12 anos, fizemos a maior política de inclusão social do mundo”, completou.

O ex-presidente falou ainda sobre seu governo. “O erro que cometi foi fazer o povo sonhar e viver melhor. O que nós temos orgulho, parecem que eles têm ódio. Porque eles não querem que as pessoas debaixo subam o degrau da escada da inclusão social”, disse Lula, acrescentando: “Eu, um nordestino que só foi comer pão aos 7 anos de idade, quero dizer: contem comigo porque nós vamos consertar esse país”. (Jornal do Brasil).

Blog do BILL NOTICIAS









ELITE-URUBU QUER TRANSFORMAR LULA EM CARNIÇA

Ricardo Stuckert

Antes da sentença de Sérgio Moro contra Lula completar uma semana, a elite brasileira já exibe a clássica postura de urubu que enxerga uma  providencial carniça na campanha de 2018 -- a candidatura Lula, o adversário histórico, o único nome capaz de derrotar seus candidatos, conforme todas as pesquisas eleitorais.
 Sem dar-se ao trabalho de disfarçar a pressa,  o economista Eduardo Gianetti da Fonseca, personagem de relevo no círculo que retirou Marina Silva do universo das lutas populares de origem para transformá-la em atração nos salões da oligarquia financeira, diz na Folha de S. Paulo que o TRF-4, que irá julgar os recursos de Lula, não deve perder tempo para tomar uma  decisão.
"Espero que os magistrados tenham o bom senso cívico de que não é possível protelar esse julgamento," diz o economista. Embora declare uma postura de isenção sobre o mérito da decisão, ("os juízes que decidam o que for correto na opinião deles") Gianetti alerta para o risco de se perder "a melhor oportunidade de mudança em anos num mar de discussões". Em sua opinião, uma campanha com Lula "será rancorosa, envenenada." A situação será diferente, contudo, caso ele seja impedido de concorrer. "Seria bom para o eleitorado, nos daria oportunidade de fugir de uma discussão burra e debater temas importantes." 
    É assim, com palavras que não disfarçam a arrogância de uma classe que se coloca acima de outra ( "discussão burra") que se tenta definir uma disputa com a presença de Lula. O uso de termos típicos de psicanálise de manual ( campanha "rancorosa", eleitorado "vingativo") serve para desqualificar o eleitorado adversário, que se tenta definir   como incapaz de encarar de forma racional "questões difíceis, como a Previdência".
    O que o assessor de Marina tenta evitar, com a exclusão de Lula, é um  debate civilizado e necessário, que só envolve "questões difíceis como a Previdência" -- olha aí eleitor, cuidado! -- para candidatos que pretendam prejudicar a maioria do eleitorado. A questão tem a ver exclusivamente com a preservação das bases materiais de existência dos brasileiros na velhice e, em muitos casos, consiste na fronteira entre a vida decente e a miséria.  
   O caso do assessor de Marina, hoje uma concorrente apagadíssima em todas as pesquisas eleitorais, não é único.
   Em editorial "A eterna vítima" (14/7/2017), o Estado de S. Paulo não faz apelo "cívico" para o TRF-4 andar depressa. Lembra corretamente que Justiça e Política obedecem ritmos e prazos diferentes, e que talvez não seja possível retirar Lula da campanha com base numa decisão judicial, ainda que isso seja conveniente a seus interesses políticos.  Mas o jornal já se mostra engajado, de qualquer maneira: " caso o tempo da Justiça não seja o mesmo da política, que as urnas sejam tão implacáveis quanto a sentença. Para o bem do Brasil e dos brasileiros." De forma coerente, o Estado faz o possível para desqualificar as críticas de Lula à condenação. Diz que  não passam de "cantilena da vitimização", típica de quem "não existe na esfera pública se não estiver sendo vítima de alguma injustiça ou atacado pela força de uma arbitrariedade. Jamais é o sujeito ativo de seus infortúnios."
  Não haveria nada a estranhar se não fosse o jornal que mais críticas tem feito a atuação do Ministério Público, em nome do Estado Democrático de Direito. Em outro editorial, "É isto a Justiça?"(1/6/2017) o Estado de S. Paulo acusava Sérgio Moro de exibir "uma visão muito peculiar de justiça". A crítica a Moro se concentrava  justamente no uso de delações premiadas, recurso indispensável  à sentença contra Lula, transformada em  farrapo jurídico quando a defesa provou que o imóvel do Guarujá não poderia lhe pertencer após ter sido empenhado -- em 2009 --num contrato com a Caixa Econômica. 
  Falando sobre o assunto, o jornal escreveu: "cria-se um ambiente em que as delações parecem bastar. Se é assim, o objetivo não é fazer justiça mas uma certa justiça. Aliás, o juiz Oliver W. Holmes (uma das referências da Suprema Corte dos Estados Unidos) ensinava que juiz não faz justiça, aplica a lei. " (247).

Blog do BILL NOTICIAS

GOLPE DEIXA 3 MILHÕES SEM EMPREGO HÁ DOIS ANOS


O desemprego longo nunca foi tão alto na economia brasileira como agora. De acordo com dados do IBGE, 3 milhões de brasileiros estão sem emprego há mais de dois anos – o que dificulta as chances de recolocação.
"O número de pessoas desempregadas há mais de dois anos dobrou de 2015 para cá, com o prolongamento da crise econômica. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esse grupo já soma quase 3 milhões de pessoas sem emprego fixo e com baixa perspectiva de se recolocar no mercado de trabalho. Para esses trabalhadores, a busca pelo emprego virou uma corrida contra o relógio, já que quanto mais tempo fora do mercado, maior a dificuldade para retornar", aponta reportagem de Renée Pereira.
“Com o passar do tempo, não conseguem mais entrar no mercado de trabalho”, afirma o economista Fernando de Holanda Barbosa Filho, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).  
Esse período coincide justamente com o golpe que destruiu a economia e a imagem do Brasil.
Em 2015, o Brasil foi governado, na prática, pela aliança mórbida entre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-PR), que sabotaram o País com suas pautas-bomba, como estratégia para viabilizar o golpe, com a política do "quanto pior, melhor". (247).
De maio de 2016 para cá, a responsabilidade é de Michel Temer e Henrique Meirelles, que produziram a maior depressão econômica da história do País.
Detalhe: em 2014, com Dilma Rousseff, o Brasil alcançou o pleno emprego (relembre aqui).

Blog do BILL NOTICIAS

PARA BARRAR LULA, PSDB COGITA RENATA CAMPOS COMO VICE

Zeca Ribeiro

Pernambuco 247 - Com Lula lutando para permanecer no páreo eleitoral de 2018, o PSDB se prepara para lançar uma nova ofensiva contra o ex-presidente no terreno onde o capital eleitoral do petista ´´e mais forte: a Região Nordeste. A ideia é reduzir este capital político chamando para vice da chapa tucana a ex-primeira dama Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos (PSB).
Um nome nordestino forte é visto pela cúpula do partido como algo essencial para barrar a influência de Lula, principalmente se o candidato do PSDB for original de São Paulo, como o prefeito da capital, João Doria, ou o governador, Geraldo Alckmin.
No caso de Renata Campos, o convite também é visto como a grande chance do PSDB para fechar uma aliança nacional com o PSB, aliança que e desejada desde há muito tempo por caciques tucanos, como o próprio Alckmin. Uma outra alternativa é o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Governo atrai empresas para a Arena Pernambuco

De acordo com o edital, a nova empresa patrocinadora do estádio deve gerar uma receita de R$ 4 milhões nos próximos meses
A abertura das propostas privadas será no próximo dia 27
A abertura das propostas privadas será no próximo dia 27Foto: Lucas melo/arquivo folha
Ainda sem todo o material necessário para a escolha da nova gestora da Arena de Pernambuco, o Estado decidiu buscar parceiros privados para o empreendimento de outra forma. Através da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer (Seturel), o governo lançou um chamamento público para encontrar um novo patrocinador para o empreendimento. O alvo são empresas de bebidas que queiram vender com exclusividade e anunciar no estádio.

O edital foi publicado na última edição do Diário Oficial do Estado, veiculada no sábado, e deve gerar ao menos R$ 4 milhões para os cofres estaduais, nos próximos meses. “O contrato de patrocínio tem duração de um ano. Neste período, a empresa vencedora terá exclusividade na comercialização de bebidas e vai poder expor sua marca na Arena”, informou o secretário de Turismo e Lazer, Felipe Carreras. Ele disse também que os R$ 4 milhões serão pagos pelo patrocinador ao longo deste período. Mas ainda não há um cronograma definido para os pagamentos. Por isso, não se sabe qual será o reforço orçamentário imediato do projeto.

O secretário garantiu, por sua vez, que o novo patrocinador chega ainda neste mês. É que o edital publicado no sábado marcou para o próximo dia 27 a abertura das propostas privadas. “Quem ganhar a licitação já pode assumir no outro dia”, explicou Carreras, frisando que, desta vez, o nome da patrocinadora não será incorporado ao do empreendimento, como aconteceu quando a Arena era gerida pela Odebrecht, através de uma Parceria Público-Privada (PPP). Na época, a empreiteira firmou um contrato de patrocínio com a Itaipava. Com isso, o empreendimento passou a ser chamado de Itaipava Arena Pernambuco. “Desta vez não tem ‘naming rights’ (direito de nome, em português). Então, vai continuar se chamando Arena de Pernambuco”, enfatizou Carreras.

O secretário ainda se disse confiante no sucesso da licitação, mesmo depois de todos os escândalos que envolvem o estádio. A Arena deu prejuízo quando era gerida pela Odebrecht e, por isso, voltou às mãos do Estado, foi investigada por suspeitas de superfaturamento na Operação Fair Play da Polícia Federal (PF) e é alvo de um Termo de Ajuste de Gestão (TAG) do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Na semana passada, o tribunal suspendeu o pagamento indenizatório que o Estado faz para a Odebrecht por conta da rescisão. “Sondamos o mercado antes da publicação. Então, sabemos que será uma licitação exitosa”, garantiu Carreras, lembrando que, em novembro, o Estado deve lançar outro edital em busca parceiros privados para a Arena. Desta vez, porém, será escolhido o próximo gestor do empreendimento. (Folhape).



Blog do BILL NOTICIAS

Mega-Sena: Ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 68 milhões

30-07-2014-megasena-foto-rafael-neddermeyer-fotos-publicas-6-1024x768

Ninguém acertou os seis números do concurso 1.949 da Mega-Sena sorteados neste sábado (15) na cidade de Ipameri (GO). O prêmio estimado para o próximo concurso que acontece na quarta (19) é de R$ 68 milhões.
Veja as dezenas sorteadas: 01 – 06 – 14 – 22 – 30 – 56.
A quina saiu para 130 apostas e cada uma delas levará um prêmio de R$ 29.304,32. Outros 8.455 bilhetes acertaram a quadra e ficarão com R$ 643,67 cada.(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Mais de 71 mil casas seguem sem luz após forte nevasca na capital do Chile

Forte onda de frio polar provocou a maior nevasca em décadas no Chile. Ao todo, nove regiões do país foram afetadas, inclusive a capital, Santiago
Forte onda de frio polar provocou a maior nevasca em décadas no Chile. Ao todo, nove regiões do país foram afetadas, inclusive a capital, SantiagoEPA/Elvis González/EFE

Mais de 71 mil casas seguem sem luz em Santiago, no Chile, como consequência da intensa nevasca de ontem (15), informou hoje (16) a companhia elétrica italiana Enel, que fornece eletricidade para boa parte da capital chilena.
Segundo a Agência EFE, os bairros mais atingidos são Los Condes, Vitacura, La Reina, Lo Barnechea, Ñuñoa e Providencia, na zona leste da cidade, onde há clientes que estão há mais de 30 horas sem eletricidade.
A forte nevasca que afetou neste sábado a capital, a mais intensa das últimas décadas, derrubou centenas de árvores que, em alguns casos, danificaram os cabos da rede elétrica.
O fenômeno causou a morte de uma pessoa, deixou duas feridas e dificultou a mobilidade na capital, uma cidade com mais de 7 milhões de habitantes, mas hoje a situação está totalmente normalizada.
A companhia elétrica Enel assegurou que suas equipes trabalharam durante toda a noite para restabelecer o fornecimento, que inicialmente esteve interrompido em mais de 300 mil casas.
O temporal de neve, causado por uma onda de frio polar, afetou nove regiões do país: desde Coquimbo até Los Lagos.(EBC).


Blog do BILL NOTICIAS

Nova aposentadoria de servidor pode economizar R$ 88 bilhões


O texto aprovado pela comissão especial flexibilizou as regras para segurados do INSS em relação à proposta original, mas endureceu para servidores públicos
Carteira de Trabalho
Carteira de TrabalhoFoto: Arquivo/Agência BrasilAs alterações feitas pelo governo para viabilizar a reforma da Previdência na Câmara aumentaram em mais de 40% a expectativa de economia com a aposentadoria de servidores públicos federais na próxima década.

O texto aprovado pela comissão especial flexibilizou as regras para segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em relação à proposta original, mas endureceu para servidores públicos - que têm regras mais favoráveis e estão entre os principais críticos da reforma.

Para o regime dos servidores da União, a expectativa era que o texto original gerasse R$ 62 bilhões de economia de 2018 a 2027. Com as mudanças na Câmara, o número saltou para R$ 88 bilhões.

As projeções do Ministério da Fazenda foram obtidas pela Folha de S.Paulo por meio da Lei de Acesso à Informação.

A reportagem pediu os dados às assessorias de imprensa do Ministério da Fazenda e da Secretaria de Previdência, mas não teve resposta.

Em nota divulgada em abril, o Ministério da Fazenda comunicou apenas a redução de 24% na economia projetada com mudanças no INSS e na assistência social.
Na ocasião, a pasta informou que não incluiu no cálculo o regime dos servidores, mas não explicou o motivo.

Na avaliação de técnicos, o número daria munição a servidores públicos para pressionar mais ainda parlamentares e governo a manter regras mais favoráveis.

Mudança
A reforma da Previdência, que está com a tramitação parada diante da crise política, foi alterada de forma significativa na comissão especial.

O relatório do deputado Arthur Maia (PPS-BA), aprovado em maio, mudou a proposta de cálculo do benefício dos servidores. Essa é uma das principais alterações que podem reduzir o valor gasto com futuras aposentadorias.

Pelo novo texto, funcionários da União que ingressaram no serviço público antes de 2003 só terão direito à integralidade e à paridade se esperarem até 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens).

A integralidade concede benefício com valor igual ao do último salário. A paridade garante a correção da aposentadoria pelo mesmo índice dado aos funcionários ativos.

De acordo com a alteração, aqueles que desejarem se aposentar antes dessa idade terão o benefício calculado com base na média das remunerações. Todas as mudanças dependem de aprovação pelo plenário da Câmara e pelo Senado para vigorar.

Especialista em Previdência, Paulo Tafner estima que a restrição pode reduzir o valor do benefício em até 35%.

Essa é uma das formas contidas na reforma para acabar com privilégios, diz. A aposentadoria de um servidor, segundo Tafner, é de sete a oito vezes maior que a do setor privado. No Judiciário, chega a ser 25 vezes superior. (Folhape).


Blog do BILL NOTICIAS

DELAÇÃO DA OAS VAI ENVOLVER MINISTROS DO TCU

BETO BARATA

Em negociação para um acordo de delação premiada com os procuradores da Operação Lava Jato, a empreiteira OAS apresentou fatos ilícitos que, segundo ela, evolvem ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) e conselheiros de Tribunais de Contas da maioria dos Estados em que a empresa tinha obras.
Segundo envolvidos nas investigações, executivos da empreiteira relataram que integrantes desses tribunais atuaram a favor da OAS, ajudando em trâmites que deram celeridade a obras e também na liberação de recursos.
Os tribunais de contas são vinculados ao Legislativo e têm como principal função a fiscalização da correta aplicação do dinheiro público.
A OAS já é investigada em Estados como o Rio Grande do Norte devido à construção da Arena das Dunas, em Natal, feita para a Copa de 2014.
Os investigadores apuraram a ação do ex-ministro e ex-presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) junto ao TCU e ao TCE para liberar parcelas do financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para o estádio.
O Ministério Público identificou pagamentos de propina da OAS e de mais três empreiteiras para Alves, que está preso desde junho.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

GOLPE DEIXA 3 MILHÕES SEM EMPREGO HÁ DOIS ANOS


 O desemprego longo nunca foi tão alto na economia brasileira como agora. De acordo com dados do IBGE, 3 milhões de brasileiros estão sem emprego há mais de dois anos – o que dificulta as chances de recolocação.
"O número de pessoas desempregadas há mais de dois anos dobrou de 2015 para cá, com o prolongamento da crise econômica. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esse grupo já soma quase 3 milhões de pessoas sem emprego fixo e com baixa perspectiva de se recolocar no mercado de trabalho. Para esses trabalhadores, a busca pelo emprego virou uma corrida contra o relógio, já que quanto mais tempo fora do mercado, maior a dificuldade para retornar", aponta reportagem de Renée Pereira.
“Com o passar do tempo, não conseguem mais entrar no mercado de trabalho”, afirma o economista Fernando de Holanda Barbosa Filho, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).  
Esse período coincide justamente com o golpe que destruiu a economia e a imagem do Brasil.
Em 2015, o Brasil foi governado, na prática, pela aliança mórbida entre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-PR), que sabotaram o País com suas pautas-bomba, como estratégia para viabilizar o golpe, com a política do "quanto pior, melhor".
De maio de 2016 para cá, a responsabilidade é de Michel Temer e Henrique Meirelles, que produziram a maior depressão econômica da história do País.
Detalhe: em 2014, com Dilma Rousseff, o Brasil alcançou o pleno emprego (relembre aqui).(247).

Blog do BILL NOTICIAS