quarta-feira, 12 de abril de 2017

Multidão acompanha enterro de jovem morto por PM em Itambé

Edvaldo Alves morreu nesta terça-feira (11), após dias internado na UTI; jovem foi sepultado após missa aberta e cortejo pela cidade

Edvaldo Alves foi sepultado após cortejo nessa quarta-feira (12)
Edvaldo Alves foi sepultado após cortejo nessa quarta-feira (12)Foto: Felipe Ribeiro/Folha de Pernambuco

Edvaldo Alves foi sepultado após cortejo nessa quarta-feira (12)

Edvaldo Alves foi sepultado após cortejo nessa quarta-feira (12)

O jovem Edvaldo Alves, que morreu após leO jovem Edvaldo Alves, que morreu após levar um tiro com bala de borracha de um policial militar, foi enterrado nesta quarta-feira (12), após a celebração de uma missa e um cortejo pela cidade. Cerca de 500 pessoas acompanharam o caixão pelas ruas. O sepultamento aconteceu às 18h, no cemitério municipal da cidade.
Entre os presentes, amigos e parentes do jovem, além de moradores do local que se sensibilizaram com o ocorrido. "Ele era uma pessoa muito especial. Estava lutando por mais segurança aqui em Itambé. E essa luta custou uma vida", disse Laura Vitória, 17, amiga de Edvaldo Alves.
O velório de Edvaldo começou ainda pela manhã, e foi realizado na quadra poliesportiva José Mendes Filho, em Itambé. Uma missa também foi celebrada no local. Edvaldo da Silva Alves morreu nesta terça-feira (11), após quase um mês internado na UTI do Hospital Miguel Arraes (HMV), em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. 
No último dia 17 de março, moradores da cidade de Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, realizaram um ato na rodovia PE-75 para chamar atenção para a falta de segurança no município. Durante o protesto, um policial atirou na virilha de Edvaldo, à queima-roupa, com uma bala de borracha. Pessoas que participavam da manifestação filmaram a ação dos policiais e o vídeo circulou nas redes sociais. Os PM's foram afastados das ruas e seguiram desenvolvendo atividades administrativas até a apuração do inquérito. 
O advogado da família, Ronaldo Jordão, esteve presente no enterro e contou que foi ameaçado no último dia 31 e que tem sido pressionado a deixar o caso. "Recebi uma ligação de um colega advogado dizendo que era melhor que eu me afastasse sob pena de ser morto. Já ontem, fiquei sabendo que dois defensores públicos foram pré-designados para atuar no caso. Mas a família já tem defesa. Edvaldo e sua família precisam ser respeitados", declarou. 
O Governador do Estado, Paulo Câmara, se pronunciou sobre o caso nesta terça, quando afirmou que o caso seguirá sendo investigado e que que as falhas cometidas serão punidas. "Nós não vamos de maneira nenhuma deixar de responsabilizar quem realizou isso." O Governo de Pernambuco também avalia a possibilidade de indenizar a família do jovem.var um tiro com bala de borracha de um policial militar, foi enterrado nesta quarta-feira (12), após a celebração de uma missa e um cortejo pela cidade. Cerca de 500 pessoas acompanharam o caixão pelas ruas. O sepultamento aconteceu às 18h, no cemitério municipal da cidade.
Entre os presentes, amigos e parentes do jovem, além de moradores do local que se sensibilizaram com o ocorrido. "Ele era uma pessoa muito especial. Estava lutando por mais segurança aqui em Itambé. E essa luta custou uma vida", disse Laura Vitória, 17, amiga de Edvaldo Alves.
O velório de Edvaldo começou ainda pela manhã, e foi realizado na quadra poliesportiva José Mendes Filho, em Itambé. Uma missa também foi celebrada no local. Edvaldo da Silva Alves morreu nesta terça-feira (11), após quase um mês internado na UTI do Hospital Miguel Arraes (HMV), em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. 
No último dia 17 de março, moradores da cidade de Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, realizaram um ato na rodovia PE-75 para chamar atenção para a falta de segurança no município. Durante o protesto, um policial atirou na virilha de Edvaldo, à queima-roupa, com uma bala de borracha. Pessoas que participavam da manifestação filmaram a ação dos policiais e o vídeo circulou nas redes sociais. Os PM's foram afastados das ruas e seguiram desenvolvendo atividades administrativas até a apuração do inquérito. 
O advogado da família, Ronaldo Jordão, esteve presente no enterro e contou que foi ameaçado no último dia 31 e que tem sido pressionado a deixar o caso. "Recebi uma ligação de um colega advogado dizendo que era melhor que eu me afastasse sob pena de ser morto. Já ontem, fiquei sabendo que dois defensores públicos foram pré-designados para atuar no caso. Mas a família já tem defesa. Edvaldo e sua família precisam ser respeitados", declarou. 
O Governador do Estado, Paulo Câmara, se pronunciou sobre o caso nesta terça, quando afirmou que o caso seguirá sendo investigado e que que as falhas cometidas serão punidas. "Nós não vamos de maneira nenhuma deixar de responsabilizar quem realizou isso." O Governo de Pernambuco também avalia a possibilidade de indenizar a família do jovem. (Folhape).
Blog do BILL NOTICIAS

MEC reconhece cinco novos cursos de engenharia da UFRPE

Decreto foi publicado no Diário Oficial da União desta terça. Cursos 120 vagas no campus do Cabo de Santo Agostinho

MEC reconhece cinco novos cursos
MEC reconhece cinco novos cursosFoto: Divulgação

O Ministério de Educação (MEC) reconheceu cinco novos cursos de engenharia na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O decreto foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (11). Ao todo, são oferecidas 120 vagas para cada modalidade no campus do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. 
Os cursos, de bacharelado, são das engenharias civil, elétrica, eletrônica, de materiais e mecânica. Em julho de 2016, o MEC autorizou R$ 15 milhões para obras no novo campus. Atualmente, funcionam, de forma provisória, os cinco cursos de graduação presencial em engenharias. (Folhape).
Blog do BILL NOTICIAS

Caixa eletrônico do Bradesco de Riacho das Almas é explodido

Durante a investida criminosa, os homens efetuaram vários disparos para o alto e espalharam grampos pela PE-95
Agência foi explodida
Agência foi explodidaFoto: Cortesia


O posto de atendimento do Banco Bradesco de Riacho das Almas, no Agreste de Pernambuco, foi alvo de criminosos na madrugada desta quarta-feira (12) Cerca de oito homens armados chegaram em uma caminhonete e explodiram o caixa eletrônico do local. 

Durante a investida criminosa, os homens efetuaram vários disparos para o alto e espalharam grampos pela PE-95. Eles fugiram levando todo o dinheiro do local, mas a quantia levada não foi divulgada. Até o momento, ninguém foi preso. (Folhape).


Blog do BILL NOTICIAS

Cuidadora é presa sob suspeita de desviar R$ 6 milhões de idosa no Rio

A mulher trabalhava havia 17 anos na casa da mulher, morta no mês passado
Cédulas de R$ 100
Cédulas de R$ 100Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas
Uma cuidadora foi presa nessa segunda-feira (10) sob suspeita de desviar cerca de R$ 6 milhões da conta de uma mulher de 87 anos, no Rio.
Maria do Amparo trabalhava havia 17 anos na casa de Gabriela Gonçalves Marques, morta no mês passado.
A investigação da Delegacia do Idoso revelou que Amparo teria sacado somente neste ano R$ 890 mil da conta da idosa. Antes disso, a polícia aponta retiradas que totalizam quase R$ 2 milhões da conta de Marques em 2014 e mais R$ 3 milhões no ano seguinte.
Em depoimento, a cuidadora disse que a idosa fez as doações voluntariamente. Segundo laudo da perícia anexado no inquérito, a aposentada foi diagnosticada com demência senil degenerativa.
Com o dinheiro, Amparo comprou imóveis e montou um restaurante. Parte dos bens foi registrado em nomes de seus familiares. Ela foi indiciada por apropriação e desvio de bens e pode ser condenada a até quatro anos de prisão.
"Essa senhora tinha uma intimidade muito grande. Além disso, a família da vítima era ausente, que é fator principal para que isso aconteça. A partir daí, a cuidadora começou a fazer cheques nominais a ela própria e a vítima assinava. Ela ia ao banco e transferia esses altos valores pra sua conta bancaria ao modo que em três anos ela desviou R$ 6 milhões", conta o delegado Marcos Cipriano.
Os familiares da cuidadora também devem responder pelo crime. A investigação teve início após uma denúncia anônima feita ao Ministério Público, que encaminhou o caso para a Delegacia do Idoso. (Folhape).
Blog do BILL NOTICIAS

Idoso é encontrado em estado de desnutrição e desidratação em Olinda

Uma visita da equipe do Ciappi revelou que o idoso 
está sofrendo crimes de negligência
Hospital Tricentenário, em Olinda
Hospital Tricentenário, em OlindaFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco
Um idoso de 86 anos foi encontrado na própria residência em estado de desnutrição e desidratação e encaminhado, na tarde desta terça-feira (11), à enfermaria do Hospital Tricentenário, em Olinda, onde está internado. 

O homem estaria acompanhado da esposa e teria sido socorrido após denúncia anônima realizada no Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (Ciappi), programa da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), do Governo de Pernambuco.
Segundo a Secretaria Executiva de Direitos Humanos, no momento, o estado dele é estável, mas ainda não há previsão de alta. Ainda segundo a secretaria, nenhuma informação pessoal da idoso, como nome, bairro onde mora ou parentes, pode ser divulgada, visando a preservar a exposição dos envolvidos. 
Uma visita da equipe técnica do Ciappi  à casa do idoso revelou que o idoso poderia estar sofrendo crimes de negligência, que acontece quando há descuido ou omissão de cuidados básicos, dificultando o desenvolvimento físico, emocional e social de pessoas com mais de 60 anos, e também abuso financeiro, com a retenção do seu cartão bancário. Esses crimes estão previsto no Estatuto do Idoso – Lei Nº 10.741/20.

O Centro notificou, com um oficio, o Ministério Público de Pernambuco e a Delegacia do Idoso para instauração do inquérito e responsabilização. O Ciappi recebe denúncias de violação dos direitos humanos contra a pessoa idosa e encaminha os casos para os órgãos responsáveis.

Dados do Disque Denúncia, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, revelam que a negligência é a principal forma de violência contra o idoso e muitas vezes leva a outras formas de exploração como abuso financeiro, econômico e violência física. 

Além disso, os dados também mostram que, na maioria dos casos, os responsáveis pelas violações são os próprios familiares, cuidadores e funcionários das instituições ou lares onde idosos estão internados. “As famílias precisam estar atentas a esses cuidados, não só a família, mas os amigos e vizinho. Se identificarem esses sinais (de negligência ou abuso financeiro), denunciem”, recomenda Eduardo Figueiredo, secretário Executivo de Direitos Humanos. (Folhape).  
Denuncie
- Ciappi: (81) 3182-7649
- Ouvidoria: (81) 3183-3055
- Ministério Público: (81) 3182-7417
- Delegacia do Idoso: (81) 3184-3773

Blog do BILL NOTICIAS

Investigação de políticos citados em delações pode durar até 5 anos STF


Os inquéritos abertos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar políticos citados nas delações premiadas de ex-executivos da Odebrecht podem levar pelo menos cinco anos e meio para chegar a uma conclusão. O tempo é estimado pela FGV Direito Rio para que um processo criminal envolvendo autoridades com foro privilegiado seja finalizado.
A estimativa faz parte do levantamento Supremo em Números, divulgado anualmente pela instituição. Além do tempo médio, durante a tramitação, os processos ainda poderão ser paralisados e remetidos para a primeira instância do Judiciário se os políticos envolvidos não se reelegerem e, com isso, perderem o foro privilegiado. A prescrição dos crimes também não está descartada. No caso de investigados maiores de 70 anos, o tempo para a Justiça punir os acusados cai pela metade em relação à pena máxima para cada crime.

Os políticos citados nas delações dos ex-executivos da empreiteira Odebrecht vão responder no STF pelos crimes de lavagem de dinheiro, crime eleitoral (caixa 2) e corrupção ativa e passiva. As pena variam de três a 12 anos de prisão.

Com a abertura da investigação, os processos devem seguir para a Procuradoria-Geral da República (PGR) e para a Polícia Federal (PF) para que sejam cumpridas as primeiras diligências contra os citados. Ao longo da investigação, pode ser solicitada a quebra dos sigilos telefônico e fiscal, além da oitiva dos próprios acusados. (EBC).

Blog do BILL NOTICIAS

Vacina contra a gripe estará disponível em Petrolina a partir de segunda-feira


Começa na próxima segunda-feira (17), em Petrolina, a Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza. Para a realização da campanha a Secretaria de Saúde do município encerrou, nesta quarta-feira (12), um treinamento com cerca de 100 profissionais que realizarão o procedimento nas unidades básicas.
Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Imunização (PMI), Alexsandra Santos, os profissionais tiveram todas as informações sobre a vacina, datas e público-alvo. “Na primeira semana, vamos ofertar apenas para os profissionais de saúde das redes pública e privada. É importante lembrar que é necessário apresentar um comprovante de vínculo, que pode ser a carteira de classe, portaria, crachá ou contracheque. A meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário. Não sabemos ainda a quantidade de vacina que será destinada para o município, porém, essas doses vão vir fragmentadas, ou seja, toda semana receberemos um quantitativo”, explicou.
A partir do dia 24 de abril, a vacinação será para o público-alvo da campanha – formado pelas crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, idosos maiores de 60 anos, indivíduos de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades) e professores das redes pública e privada.
A coordenadora ainda orientou sobre os mitos e verdades em relação a vacina. “Existe uma recomendação para quem tem alergia a ovo. Porém, é importante reforçar que quem tem algum tipo de alergia, informe à técnica da unidade. Já em relação a adoecimento, principalmente de gripe após a vacina, não existe nenhuma relação, é apenas uma coincidência”, esclareceu. A vacina garante proteção contra três tipos de vírus (H1N1, H3N2 e B) e estará disponível em todas as unidades de saúde da família. O Dia D da vacinação contra a gripe acontecerá em 13 de maio. (Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

Celpe afirma que fará investimentos na ordem de R$ 27 milhões em Petrolina


O gerente regional da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), Evandro Simões, anunciou investimentos na ordem de R$ 27 milhões para o município de Petrolina no ano de 2017. Os recursos foram revelados durante reunião do Conselho Empresarial da Federação das Indústrias de Pernambuco – FIEPE e serão destinados a ampliação da rede de distribuição e na construção da subestação Petrolina III.
De acordo com o gerente, que está na região há três meses, a companhia vem apresentando um crescimento substancial de investimentos a cada ano. “Em 2015, investimos em obras no município cerca de R$ 16 milhões e em 2016 esse valor cresceu para R$ 24 milhões. Investimos forte também em manutenção preventiva, com inspeções, podas de árvores e correções de potenciais falhas na rede”.
Evandro Simões enfatizou ainda que os resultados obtidos com os planos de investimento e de manutenção preventiva são respostas à nova filosofia da companhia: ‘ser mais ágil, fazer mais fácil e estar mais próximo’. Após a palestra, o representante da Celpe respondeu algumas questões levantadas pelos conselheiros da FIEPE.
Depois de narrar vários problemas ocorridos devido a atrasos da companhia, o conselheiro e representante do segmento de construção civil, Alexandre Araújo, declarou: “Com a implantação desse novo modelo, quando temos aqui uma gerência regional de operações de fácil acesso, creio que estamos diante de uma das melhores notícias para o setor produtivo de Petrolina e região”, finalizou Alexandre Araújo. (Edenevaldo).

Blog do BILL NOTICIAS

Univasf: Armando garante apoio à instalação de campus de Salgueiro-PE

image001 (9)
Senador Armando Monteiro recebe o Reitor da Univasf, Julianeli Tolentino, para discutir a implantação 
de um campi em Salgueiro-PE

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) assegurou, hoje, ao reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Julianeli Tolentino de Lima, em audiência no seu gabinete, que irá articular junto ao governo federal e à bancada de Pernambuco no Senado e na Câmara dos Deputados a obtenção dos recursos necessários à implantação do campus de Salgueiro, no sertão pernambucano, o sexto da Univasf.
“Precisamos não apenas transpor as águas do rio São Francisco, mas transpor também conhecimento para o semiárido nordestino, absolutamente essencial ao desenvolvimento da região”, disse Armando a Julianeli.  O senador petebista acertou com o reitor que irá apresentar requerimento na Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR) para incluir a Univasf na audiência pública que a Comissão promoverá para debater a expansão da educação no interior nordestino.
Armando ressaltou ser reconfortante assistir ao crescimento de uma universidade que foi resultado de insistente reivindicação do ex-deputado Osvaldo Coelho, falecido em novembro de 2015. “Devemos sempre este tributo a Osvaldo Coelho, um visionário”, sublinhou.
Aprovado pelo Ministério da Educação, o campus de Salgueiro começará a operar com dois cursos iniciais, de ciência da computação e engenharia da produção. Com apenas 13 anos de funcionamento, a Univasf, além de Petrolina, tem campi em Juazeiro, Paulo Afonso e Senhor do Bonfim, na Bahia, e em São Raimundo Nonato, no Piauí.
O reitor Julianeli de Lima informou ao senador Armando Monteiro que a instituição tem nota 4 do MEC, numa escala de um a cinco de avaliação da qualidade do ensino, o que coloca a Univasf entre as melhores universidades do país. (Vinicius).

Blog do BILL NOTICIAS

Paulo Câmara: "A vida do rapaz a gente não pode trazer de volta"

Segundo governador, Estado continuará apurando o caso e 
deve punir os responsáveis
Paulo Câmara falou sobre a morte de Edvaldo da Silva Alves, que foi baleado por um PM durante protesto por segurança pública em Itambé
Paulo Câmara falou sobre a morte de Edvaldo da Silva Alves, que foi baleado por um PM durante protesto por segurança pública em ItambéFoto: Wagner Ramos/SEI
Após participar da troca de comandos dos batalhões da Polícia Militar, o governador Paulo Câmara se pronunciou sobre a morte do jovem Edvaldo da Silva Alves, de 19 anos, que foi baleado por um policial militar no último dia 17 de março. O caso aconteceu durante um protesto no município de Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco. “A reparação não é possível, a vida do rapaz a gente não pode trazer de volta, mas é importante a apuração e punição dos responsáveis”, disse.
Câmara garantiu que já cobrou à Polícia Militar e à Secretaria de Defesa Social que o caso seja apurado e que as falhas cometidas sejam punidas. 
"Nós não vamos de maneira nenhuma deixar de responsabilizar quem realizou isso, agora segue um rito legal, segue um trâmite legal,e isso a gente tem que respeitar porque não pode haver pré-julgamento.”
Ainda de acordo com o governador, a Procuradoria-Geral do Estado, através de meios jurídicos, buscará o mínimo de reparações junto à família da vítima e ratificou que o Estado trabalha para que crimes como esse não tornem a acontecer. "A gente não pode admitir que casos como esse voltem a se repetir no estado de Pernambuco."
Entenda o casoNo dia 17 de março, moradores da cidade de Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, realizaram uma mobilização na rodovia PE-75 para chamar atenção para a falta de segurança no município. Durante o protesto, um policial atirou na virilha do jovem, à queima-roupa, com uma bala de borracha. Ele ficou internado na UTI do Hospital Miguel Arraes desde então, e morreu na madrugada desta terça-feira (11).
Pessoas que participavam do ato filmaram a ação dos policiais e o vídeo circulou nas redes sociais. Os PM's foram afastados das ruas e seguiram desenvolvendo atividades administrativas até a apuração do inquérito. (Folhape).

Blog do BILL NOTICIAS

Depois de recuperado, Prefeitura de Petrolina reabre o Restaurante Popular nesta quarta-feira(12)

Restaurante-popular-1

O Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, reinaugura o Restaurante Popular, nesta quarta-feira(12), depois da recuperação das instalações físicas do prédio e reforma na cozinha e refeitório. A partir desta quarta-feira a comunidade Petrolinense já vai usufruir do serviço público.
O evento para marcar a reinauguração,  será às 11 horas, com a presença de convidados e os frequentadores da unidade alimentar . (Vinicius).

Blog do BILL NOTICIAS

Na Lava Jato, lista de Fachin tem oito ministros de Temer, cúpula do Congresso, Aécio, Jucá e Paes

senadores-ministros-e-governadoresa1

BRASÍLIA – O ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), abriu 76 inquéritos contra políticos a partir do conteúdo da delação da Odebrecht. Desses inquéritos, o ministro determinou o fim do sigilo de 74 e manteve apenas dois sob sigilo. Além disso, o ministro determinou o arquivamento de sete fatos informados pelos delatores, mas que a própria Procuradoria-Geral da República não viu indícios para justificar investigações.
Foram remetidas a outras instâncias do Judiciário 201 petições, com fatos que incriminam pessoas sem direito ao foro especial. Nesta outra lista de petições enviada às instâncias inferiores, que podem envolver pedidos de inquérito, arquivamento e outros, estão citados os ex-presidentes Josér Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.
Fachin também devolveu para a PGR onze petições para que os investigadores expliquem melhor os indícios encontrados. O ministro ainda manteve sob sigilo 25 petições abertas no STF. O ministro deverá divulgar oficialmente em breve o nome de todos os investigados. Fachin planejava dar publicidade ao material somente depois da Páscoa. No entanto, como o jornal “O Estado de São Paulo” obteve o conteúdo na íntegra, o ministro decidiu antecipar a divulgação.
Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”, 8 ministros, 29 senadores e 42 deputados federais serão investigados no STF, além de três governadores e um ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). O presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), e o presidente do PMDB, Romero Jucá (RR), são os políticos com o maior número de inquéritos. 5, cada. O senador Renan Calheiros (PMDB-AL), ex-presidente do Senado, vem em seguida, com 4. Os despachos do ministros foram assinados eletronicamente no dia 4 de abril.
Ainda de acordo com a reportagem, um ministro do Tribunal de Contas da União e três governadores também serão investigados no Supremo, além de outros 24 outros políticos e autoridades que estão relacionadas às denuncias, mas não possuem foro privilegiado.
Segundo a reportagem, serão investigados no STF os ministros: Eliseu Padilha (PMDB), da Casa Civil;Moreira Franco (PMDB), da Secretaria-Geral da Presidência da República; Gilberto Kassab (PSD), da Ciência e Tecnologia; Helder Barbalho (PMDB), da Integração Nacional; Aloysio Nunes (PSDB), das Relações Exteriores; Blairo Maggi (PP), da Agricultura; Bruno Araújo (PSDB), das Cidades; e Marcos Pereira (PRB), da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Padilha e Kassab responderão cada um em duas investigações.
ANÁLISE
MINISTROS
  • Blairo Maggi (PR-MT)
  • Bruno Araújo (PSDB-PE)
  • Eliseu Padilha (PMDB-RS)
  • Gilberto Kassab (PSD -SP)
  • Guido Mantega (PT-SP), ex-ministro
  • Helder Barbalho (PMDB-PA
  • José Dirceu (PT-SP), ex-ministro
  • Marcos Pereira (PRB-ES)
  • Moreira Franco (PMDB-RJ)
  • Paulo Bernardo (PT-PR)
  • Roberto Freire (PPS-SP)
  • Vital do Rego, ministro do TCU
PREFEITOS
  • Eduardo Paes (PMDB-RJ), ex-prefeito
  • Napoleão Bernardes
  • Vado da Famárcia, ex-prefeito
  • Rosalba Ciarlini (PP-RN)
VEREADOR
  • Cesar Maia (DEM-RJ)
MARQUETEIRO
  • Paulo Vasconcelos, marqueteiro de Aécio Neves
GOVERNADORES
  • Luís Alberto Maguito Vilela (PMDB-GO)
  • Renan Filho (PMDB-AL)
  • Robinson Faria (PSD-RN)
  • Tião Viana (PT-AC)
SENADORES
  • Eunício Oliveira (PMDB-CE)
  • Aécio Neves (PSDB-MG)
  • Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP)
  • Antonio Anastasia (PSDB-MG)
  • Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
  • Ciro Nogueira (PP-PI)
  • Dalirio Beber (PSDB-SC)
  • Edison Lobão (PMDB-MA)
  • Eduardo Amorim (PSDB-SE)
  • Eduardo Braga (PMDB-AM)
  • Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
  • Fernando Collor (PTC-AL)
  • Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)
  • Humberto Costa (PT-PE)
  • Ivo Cassol (PP-RO)
  • Jorge Viana (PT-AC0
  • José Agripino (DEM-RN)
  • José Serra (PSDB-SP)
  • Kátia Abreu (PMDB-TO)
  • Lídice da Mata (PSB-BA)
  • Lindbergh Farias (PT-RJ)
  • Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
  • Marta Suplicy (PMDB-SP)
  • Luís Alberto Maguito Vilela (PMDB-GO) – Ex-senador e governador
  • Omar Aziz (PSD-AM)
  • Paulo Rocha (PT-PA)
  • Renan Calheiros (PMDB-AL)
  • Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
  • Romero Jucá (PMDB-RR)
  • Valdir Raupp (PMDB-RO)
  • Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
DEPUTADO ESTADUAL
  • Ana Paula Lima (PT-SC)
DEPUTADOS FEDERAIS
  • Rodrigo Maia (DEM-RJ)
  • Alfredo Nascimento (PR-AM)
  • Antonio Brito (PSD-BA)
  • Arlindo Chinaglia (PT-SP)
  • Arthur Maia (PPS-BA)
  • Betinho Gomes (PSDB-PE)
  • Beto Mansur (PRB-SP)
  • Cacá Leão `(PP-BA)
  • Carlos Zarattini (PT-SP)
  • Celso Russomanno (PRB-SP)
  • Daniel Almeida (PCdoB-BA)
  • Daniel Vilela (PMDB-GO)
  • Décio Lima (PT-SC)
  • Dimas Fabiano (PP-MG)
  • Fábio Faria (PSD-RN)
  • Felipe Maia (DEM-RN)
  • Heráclito Fortes (PSB-PI)
  • Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE)
  • João Carlos Bacelar (PR-BA)
  • João Paulo Papa (PSDB-SP)
  • José Carlos Aleluia (DEM-BA)
  • José Reinaldo (PSB-MA)
  • Julio Lopes (PP-RJ)
  • Jutahy Junior (PSDB-BA)
  • Lucio Vieira Lima (PMDB-BA)
  • Marco Maia (PT-RS)
  • Maria do Rosário (PT-RS)
  • Mário Negromonte Jr. (PP-BA)
  • Milton Monti (PR-SP)
  • Nelson Pellegrino (PT-BA)
  • Onyx Lorenzoni (DEM-RS)
  • Paes Landim (PTB-PI)
  • Paulo Henrique Lustosa (PP-CE)
  • Paulo Pereira da Silva (SD-SP)
  • Pedro Paulo (PMDB-RJ)
  • Rodrigo Garcia (DEM-SP)
  • Vander Loubet (PT-MS)
  • Vicente Candido (PT-SP)
  • Vicentinho (PT-SP)
  • Yeda Crusius (PSDB-RS)
  • Zeca Dirceu (PT-PR)
  • Zeca do PT (PT-MS)
EX-DEPUTADOS FEDERAIS
  • Cândido Vaccarezza
  • Valdemar da Costa Neto
OUTROS
  • Eron Bezerra, Marido de Vanessa Grazziotin
  • Márcio Toledo, arrecadador de campanhas de Marta Suplicy
  • João Carlos Gonçalves Ribeiro, ex-secretário de Planejamento de Rondônia
  • José Feliciano
  • Marco Arildo Prates da Cunha
  • Edvaldo Pereira De Brito
  • Humberto Kasper
  • Paulo Vasconcelos, marqueteiro de Aécio Neves (O Globo).


Blog do BILL NOTICIAS

Deputado Silvio Costa alfineta ministros pernambucanos de Temer liberados para votar pró-reforma da Previdência


Conhecido pelo seu estilo contundente, o deputado federal Silvio Costa (PTdoB) soltou mais uma das suas alfinetadas contra o Governo Temer. E o alvo desta vez foram os ministros pernambucanos que integram a gestão do peemedebista.
Silvio Costa não gostou do fato de os ministros Fernando Filho (Minas e Energia), Bruno Araújo (Cidades), Raul Jungmann (Defesa) e Mendonça Filho (Educação) terem sido liberados pelo chefe para votar pela Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, de onde estão licenciados. “Isso é um afronta sem precedentes ao povo pernambucano”, disparou o parlamentar. (com informações do Blog de Jamildo/foto reprodução arquivo) (C. Brito).

Blog do BILL NOTICIAS

Lava Jato: Senadores se manifestam sobre abertura de inquérito


Senadores, deputados e ministros manifestaram-se hoje (11) sobre os 76 inquéritos abertos pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, para investigar políticos com foro privilegiado citados nas delações de ex-executivos da Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato. O Supremo ainda não divulgou a lista oficial com os nomes dos investigados. Porém, mais cedo, o jornal O Estado de S. Paulo divulgou os nomes que seriam da lista. Conforme o jornalnove ministros, 29 senadores e 42 deputados, entre eles os presidentes do Senado e da Câmara, estariam entre os investigados.
O senador Humberto Costa (PT-PE) disse por meio de nota que aguarda o levantamento do sigilo dos novos documentos para ter acesso às informações necessárias à sua defesa. “O senador, que já abriu mão de todos os seus sigilos, se coloca, como sempre o fez, à disposição das autoridades para todos os esclarecimentos necessários”, diz a nota.
A defesa do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) disse que não foi oficialmente comunicada e tampouco teve acesso à investigação. “Fernando Bezerra mantém-se, como sempre esteve, à disposição das autoridades a fim de prestar quaisquer esclarecimentos que elas possam necessitar”.
Lista
Em março, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, que retirasse o sigilo de grande parte dos 950 depoimentos de colaboradores da Odebrecht, nos quais eles citam o envolvimento de dezenas de políticos, “considerando a necessidade de promover transparência e garantir o interesse público”.  Na lista, estavam 83 solicitações de autorização para a abertura de inquéritos contra políticos no exercício de seus cargos. Todos são suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras.
Os pedidos são baseados nas delações premiadas de 77 funcionários e ex-executivos da empreiteira Odebrecht, que foram homologados – isto é, tornados juridicamente válidos – pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, em 30 de janeiro. (Edenevaldo).

Blog do BILL NOTICIAS