sexta-feira, 23 de setembro de 2016

MERCADANTE DENUNCIA GOLPE NA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

Em nota, o ex-ministro da Educação, Alozio Mercadante, critica duramente a mudança do ensino médio por medida provisória e condena o que considera um “ato de autoritarismo”. Leia abaixo:

O encaminhamento da reforma do ensino médio por meio de Medida Provisória é um golpe no processo democrático e participativo da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Na realidade, as medidas positivas não são novas e o que tem de novo não é positivo, tanto que a própria Medida Provisória condiciona as matérias obrigatórias no ensino médio à Base Comum.

A flexibilização da grade do ensino médio, considerando especialmente questões regionais, já estava na pauta em da BNCC . A expansão do ensino médio integral já era um grande objetivo de políticas do Governo Federal em parceria com os Estados , com repasse de recursos do FNDE e programas específicos como o Ensino Médio Inovador. Os desafios orçamentários e de infraestrutra nas escolas estaduais, que respondem por 84% da rede, para implementar o ensino médio integral não são solucionados ou equacionados pela Medida Provisória.

A questão do ensino técnico-profissionalizante no médio também já está em andamento em diversos estados e era uma das diretrizes da Base Nacional Comum Curricular.

A proposição de itinerários formativos, cuja decisão fica a cargo dos sistemas de ensino, e não dos estudantes, se contrapõe ao argumento de que tais itinerários tornariam o ensino médio mais atrativo aos estudantes, contribuindo para diminuir a evasão na etapa. É preciso considerar que os sistemas de ensino possuem condições muito heterogêneas para oferta de tais itinerários. O que se observa é que muitos desses sistemas não possuem condições de uma oferta satisfatória de diversos componentes curriculares, dentre outras razões, pela falta de profissionais qualificados. A decorrência natural deste quadro se traduzirá numa oferta pautada não nos interesses e necessidades dos estudantes, mas nas limitações de oferta dos sistemas com o risco de termos um verdadeiro apartheid escolar no país.

A Medida Provisória abre, ainda, um precedente que compromete a qualidade do ensino médio ao permitir “que profissionais de notório saber” possam ministrar disciplinas “afins a sua área de formação”. Tal precedente fere, ainda, o princípio da LDB de que os profissionais da educação, devidamente habilitados, sejam os responsáveis por ministrar os componentes curriculares do ensino médio. O que se observa é um barateamento da formação de nível médio dos jovens brasileiros, sob argumento de torná-lo mais atrativo.

O encaminhando da reforma do ensino médio por Medida Provisória fere princípios democráticos, ao se sobrepor ao debate público que vinha sendo travado, tanto com relação à organização da etapa final da educação básica, quanto com relação à Base Nacional Comum Curricular para esta etapa. A realização de uma reforma educacional por meio de uma medida Provisória sem consulta e discussões abertas, constituiu um ato de autoritarismo, vez que ignora conquistas históricas da educação brasileira, frutos da organização dessa sociedade em instâncias representativas e legitimadas à participação nas deliberações sobre os rumos da educação nacional.

Pela falta de criatividade e de projeto para a educação brasileira, este governo atrasou a BNCC, que deveria ser entregue este semestre com a devida consulta ao Conselho Nacional de Educação que está sendo alijado do processo, para apresentar medidas contempladas na base como sendo novas.

Se as disciplinas obrigatórias vão de fato ser fundamentadas na BNCC, então, para que serve a
Medida Provisória? Por que protelar deliberadamente a Base? Qual serão as diretrizes para a finalização da BNCC? As previstas na Medida Provisória ou as da participação democrática e social?
Com a Medida Provisória é como se os atuais gestores do MEC e aqueles que momentaneamente os assessoram tivessem, de uma hora para outra, um poder concentrado de decisão que afetará de forma profunda – e muito provavelmente muito desastrosa – a vida de gente dedicada a construção, por meio da educação, de um futuro melhor para todos os que vivem no Brasil.

Blog do BILL NOTICIAS

Reforma no ensino médio: cilada autoritária para privatizar a educação

O governo golpista de Michel Temer editou hoje Medida Provisória com um pacote de reformas para o Ensino Médio sob a justificativa da necessidade de reduzir a elevar evasão e a qualidade nessa etapa da Educação Básica.

Uma proposta de transformação profunda na educação do país, sem dúvida, mereceria grandes debates, envolvimento da comunidade escolar e das universidades de todo país. Entretanto, o que se vê é mais um retrocesso em relação aos processos e às conquistas democráticas. Não se melhorar a qualidade da educação por meio de uma Medida Provisória, um instrumento que revela apenas o caráter profundamente autoritário dessa reforma. A formulação de políticas educacionais precisa avançar mediante aprofundamento do tema com a participação dos diversos segmentos sociais, de forma a contemplar a pluralidade e a diversidade de ideias.

Um dos pontos mais controversos dessa reforma diz respeito à organização curricular em áreas de conhecimento, com a primeira parte comum a todos os estudantes e a segunda específica segundo a escolha do/a estudante por uma das áreas de aprofundamento – linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica profissional. A retórica reformista é a flexibilização e o enxugamento de conteúdos de acordo com os percursos formativos. Porém, na prática esse modelo visa apenas à redução. O objetivo central da reforma está mais relacionado à lógica do mercado do que à expansão das fronteiras do pensamento.

Eis a cilada! Ao descartar grandes parcelas de estudantes do acesso pleno às diversas áreas do conhecimento, há uma condução para a formação técnica. A estruturação dessa oferta será feita por meio de contratos com organizações privadas de educação profissional. Os governos passam a comprar vagas nos cursos técnicos, reduzir quadro de profissionais da educação e abrir espaço para a atuação de empresa privadas. Certamente, essa reforma afetará as camadas sociais mais desprivilegiadas, que ficarão submetidas a um ensino meramente instrumental, modelo que se opõe e se impõe sobre uma concepção integrada do currículo escolar. Essa imposição compromete o princípio constitucional da igualdade de condições de acesso e permanência e de alcance dos níveis mais elevados de ensino.

Muitos educadores alertam para um retorno ao modelo da educação da Ditadura Militar quando o sistema educacional era organizado de forma paralela, para quem seguiria a formação técnica para o trabalho e para quem seguiria a formação clássica e científica. Outra grande cilada! Retorna-se à já superada ideia de que profissionais das áreas das ciências naturais e extas não precisam aprofundar conhecimentos de ciências humanas, por exemplo, ou vice versa. Esse modelo é mesmo que elimina da escola a liberdade de pensamento e concepções. É o modelo que, por meio de censura e repressão, impede a formação para a compreensão crítica da realidade social e para o exercício da cidadania.

A MP institui a jornada de tempo integral, mas expressa total distanciamento de toda a construção do país em torno do tema. A reforma não é perpassada por uma concepção de educação integral que fortalece as diversas dimensões do conhecimento e a vivência cidadã, por exemplo. Outro aspecto a ser criticado é a proposição isolada de organização curricular sem a articulação de medidas de assistência estudantil, o que constitui mais um fator de exclusão educacional. A expansão da carga horária e jornada integral refletem uma desvinculação com a realidade social, considerando que grande parte dos e das jovens entre 15 e 17 anos indicam a necessidade de estudar e trabalhar e que a MP não prevê bolsa de estudos para suprir tais necessidades.

Com essa reforma, o governo também possibilita que professores ministrem aulas fora de sua área específica de formação, a fim de suprir a falta de docentes em algumas áreas. A medida determina, ainda, que a Língua estrangeira obrigatória seja a Língua Inglesa. O Espanhol só poderá ser priorizado no caso de oferta de mais de uma língua estrangeira na instituição. Deixa de ser obrigatória a oferta dos componentes curriculares de artes, educação física, filosofia e sociologia.

Todas as mudanças correm alheias ao cotidiano das escolas, às discussões nas instituições formadoras e aos movimentos sociais representativos de diversos sujeitos e contextos sociais. Sem dúvida, essa política reformista é imposta pelo MEC por meio de MP porque sofreu quatro derrotas nas urnas. Ela não resultou de nenhuma deliberação das últimas conferências nacionais de educação e, portanto, não tem legitimidade. Trata-se de uma proposta ultraconservadora de avanço da gestão privatista na educação e que, ao longo dos últimos anos, já se introduzia por meio de projetos apresentados no âmbito estadual para assegurar parcerias entre o setor púbico e o privado. Sua forma autoritária é a expressão das práticas repressivas já usadas por governos reacionários contra os movimentos de ocupação de escolas e de greves de professores/as.

Sem o entrosamento com as reivindicações das diferentes juventudes e dos/as profissionais da educação, a reforma do ensino médio significará um golpe contra os processos democráticos de formulação das políticas educacionais e contra a busca por fazer da educação um instrumento de promoção da diversidade e da inclusão. Brasil 247 (RICARDO BANANA).

Blog do BILL NOTICIAS

Nesta sexta-feira(23) a Vara da Infância e Juventude realizará audência em Petrolina para combater evasão escolar

A Vara da Infância e Juventude de Petrolina promoverá nesta sexta-feira (23) uma audiência pública concentrada com a participação de alunos de escolas estaduais e municipais da cidade. Foram convocados 200 alunos de 28 escolas da rede pública, os quais devem comparecer ao ato acompanhados de seus pais ou responsáveis. O evento ocorrerá às 9h no salão do júri do Fórum Dr. Manoel Francisco de Souza Filho, na área central.

A audiência será composta por um ciclo de palestras para a conscientização dos responsáveis sobre a importância da participação do jovem no ambiente escolar. Os pais e os estudantes assinarão ata de audiência, comprometendo-se a regularizar a situação de negligência. Os casos reincidentes serão encaminhados para o promotor de justiça, para as medidas cabíveis.

De acordo com o juiz Marcos Franco Bacelar, o evento tem a intenção de diminuir os índices de evasão escolar, orientando pais e alunos sobre a importância da continuidade dos estudos. “A audiência concentrada serve para fortalecer o laço entre justiça, escola e família. Com essa atuação conjunta, pode-se melhorar a qualidade do ensino na cidade”, explica o juiz.

Os alunos convocados para a audiência são cadastrados em processos administrativos individualizados. A equipe da Vara da Infância faz acompanhamento da escola e dos menores convocados, a fim de verificar a evolução do quadro no ambiente escolar. As informações são da assessoria.
(fonte: Vinicius de Santana).

Blog do BILL NOTICIAS

LULA: VAMOS MOSTRAR QUE A GENTE SABE CONVIVER DEMOCRATICAMENTE

O ex-presidente Lula participou na noite desta terça-feira (6) de ato no acampamento do Levante Popular da Juventude, em Belo Horizonte. Em seu discurso, ele defendeu que os jovens se engajem na política e defendeu uma “sociedade da tolerância”.

“Vamos mostrar que a gente sabe conviver democraticamente. A sociedade justa que a gente quer criar, é uma sociedade da tolerância. Se eu estava triste hoje e escolhi vir aqui, posso dizer que vocês me ajudaram a voltar para casa com ânimo. Eu quero dizer a eles que me perseguem que o problema não sou eu. Já tô velhinho. O problema deles: são vocês. Eles tem que aprender que se querem ser presidente desse país, tem que ir para rua e disputar o voto e não dar um golpe parlamentar”, afirmou.

Abaixo os principais trechos do discurso de Lula:

“Eles passaram a achar intolerável o povo pobre ter um pouco mais de ascensão”

“É tão importante do pequeno agricultor, como do grande produtor de soja ou de algodão”

“Eles não assimilaram a importância dos pobres da periferia poderem entrar numa universidade e sentar ao lado dos filhos deles”

“Parece que incomodou a eles, nós em 13 anos termos investido mais na educação do que eles investiram em 500 anos”

“Nós mostramos que um outro país era possível construir e demos um primeiro passo na construção da cidadania neste país”

“Eles acham que tudo se resume ao eixo Rio-São Paulo”

“Tem um artista neste país que recebe todo o nosso respeito: Chico Buarque. Que assumiu publicamente o #ForaTemer”

“quem sonhou como a minha geração sonhou, vive uma situação triste agora. Mas ver vocês me anima”

“toda vez que se nega a política, aparece um Bolsonaro, assim como, apareceu um Hitler e um Mussolini”

“A desgraça de quem não gosta de política é que é governado por quem gosta”

“E vocês que querem construir um projeto de nação, não podem deixar de gostar de fazer política”

“Nós ganhamos e provamos que pobre não era o problema desse país e sim a solução desse país”

“Essa semana tiraram 900 mil pessoas do Bolsa Família. Eles acham q R$200 é esmola. Não entendem a importância de dar um copo de leite ao filho”

“Não tem povo mais tolerante que o povo brasileiro, porque aguentar o que a gente aguenta é difícil”

“Vamos mostrar que a gente sabe conviver democraticamente. A sociedade justa que a gente quer criar, é uma sociedade da tolerância”

“Se eu estava triste hoje é escolhi vir aqui, posso dizer que vocês me ajudaram a voltar para casa com ânimo”

“Eu quero dizer a eles que me perseguem que o problema não sou eu. Já tô velhinho. O problema deles: são vocês”

“Eles tem que aprender que se querem ser presidente desse país, tem que ir para rua e disputar o voto e não dar um golpe parlamentar” (247)

Blog do BILL NOTICIAS

Agricultores familiares de Petrolina participam de solenidade da categoria nesta sexta-feira(23)


Mais de 700 agricultores familiares, representantes de instituições públicas e políticos de Petrolina, Sertão de Pernambuco, devem participar da solenidade promovida pelo Sindicato dos Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais de Petrolina (Sintraf), às 19h desta sexta-feira (23), no auditório do Sest Senat, no Km 02. O evento vai celebrar a conquista da entidade que no último dia 9 foi oficializada pelo Ministério do Trabalho Emprego como a única representante da categoria no município.

O Sintraf pleiteava o registro no MT desde 2014. Com a oficialização, o sindicato passa a representar os agricultores familiares e os empreendedores rurais nas instâncias municipal, estadual e federal, além de fazer os encaminhamentos de benefícios previdenciários, acompanhamento aos assentamentos da reforma agraria e emissão da declaração de aptidão para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Alguns produtores das áreas ribeirinha, assentada, sequeira e irrigada de Petrolina ainda não sãorepresentados pela entidade. Segundo a presidente do Sintraf, Isália Damacena, a meta é alcançar todos esses agricultores, e afirmou que a solenidade terá um tom de união. “Vamos fazer uma cerimônia com os agricultores, lideranças rurais e os representantes de instituições para que, além de nos consolidarmos como entidade de classe, unirmos todos num único objetivo, que é defender e reivindicar nossas demandas em Petrolina”, disse.(Fonte:Vinicius de Santana).

Blog do BILL NOTICIAS

Faltam 10 dias: cerimônia de carga e lacração das urnas acontece nesta quinta-feira(22)

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) começa, nesta quinta-feira (22/9), a lacração e carga das urnas eletrônicas. A cerimônia que dá início ao procedimento está marcada para 8h e acontece no Centro de Apoio Técnico (CAT) do Regional em Salvador. O trabalho consiste em inserir dispositivos de segurança e programas oficiais nos sistemas eletrônicos de votação para a realização das Eleições Municipais de 2016, que ocorre no dia 2 de outubro. No primeiro dia, quatro zonas da capital serão atendidas.

Para a chefe da 2ª Zona Eleitoral, Maria do Socorro Gouveia, a cerimônia é uma das etapas mais importantes do processo de preparação das eleições. “Esse é o momento em que as informações dos candidatos e dos eleitores de cada seção são inseridas nas urnas”, salientou Socorro. Na cerimônia estarão presentes juízes, promotores de justiça, integrantes da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Bahia (OAB-BA), defensores públicos, além de representantes de coligações, partidos políticos e candidatos. Todas as 20 zonas eleitorais da capital serão inseminadas. O término dos trabalhos de carga e lacração dos equipamentos está previsto para a próxima terça-feira (27/9).

Etapas

No primeiro momento, as urnas receberão o flash card – espécie de HD (High Definition) interno -, ou seja, um cartão de memória, onde os equipamentos serão inseminados com os programas específicos do Regional, além de informações de eleitores e candidatos. Já na segunda etapa, serão inseridos os flashes de votação, contendo as fotos dos candidatos. Na finalização da cerimônia, é inserida a mídia de resultado – objeto parecido com um pendrive, que serve para acondicionar o resultado da votação na seção a qual estará vinculada.

Todas as urnas serão lacradas para evitar qualquer tipo de violação. Além disso, haverão conferências nos dias 24 e 28 para verificar se todos os dados – número de candidatos, data, hora, seção e zona – estão funcionando plenamente. Caso seja detectado qualquer problema técnico, as urnas passarão por reparos para que a inconsistência seja solucionada.

Ascom/TRE-BA

Blog do BILL NOTICIAS

Morre atriz Chica Lopes, de Escrava Isaura e Éramos Seis

Francisca Lopes nasceu em 1925 e começou a carreira de atriz em 1950

A atriz Chica Lopes, que atuou em novelas como “Éramos Seis”, “Escrava Isaura” e “Êta Mundo Bom”, morreu aos 86 anos no último dia 11 de setembro, em São Carlos (SP).

De acordo com o G1, a informação foi divulgada nesta quarta-feira (21) pela atriz Jussara Freire nas redes sociais.

“R I P Chica Lopes. Nossa querida e amiga de tantas novelas. A amada Durvalina, das 2 versões de “Éramos Seis”, foi chamada para habitar outra constelação. Fica homenagens e muito carinho. Muito, muito obrigada querida Chica”, escreveu Jussara.

NOVELAS

A publicação destaca que Francisca Lopes nasceu em 1925 e começou a carreira de atriz em1950. Em 1970, ela estreou na TV Tupi de São Paulo e começou em pequenos papéis em novelas como “O Julgamento”, “Éramos Seis”, “Roda de Fogo” e “O Direito de Nascer”.

Chica interpretou a personagem Durvalina, de “Éramos Seis”. No SBT, a atriz atuou em “Sangue do Meu Sangue” (1995), “Os Ossos do Barão” (1997), “Pícara Sonhadora” (2001), “Marisol” (2002), “Jamais Te Esquecerei” (2003).

Em 2004, foi para a Rede Record, onde atuou em “A Escrava Isaura”. Em 2006 voltou para o SBT para participar da novela “Cristal”.

Sua última novela foi “Êta Mundo Bom”, neste ano, na TV Globo. (Fonte:Vinicius de Santana).

Blog do BILL NOTICIAS

A segurança dos bandidos na insegurança do sertão. Mais um carro forte abatido

Mais um carro forte foi assaltado em Petrolina, por volta das 17 horas desta quinta-feira(22). Segundo as primeiras informações, bandidos bem armados em dois carros, interceptaram um carro forte que estava a caminho de Petrolina, provavelmente vindo de Dormentes e Afrânio.

No trecho entre Pau Ferro e Rajada, onde já ocorreram outros assaltos, os bandidos usaram os mesmos meios de sempre: fecham os dois lados da rodovia e cometem o assalto.

Um dos vigilantes que estava no carro forte foi atingido por uma bala e socorrido para Rajada, os outros conseguiram fugir pela caatinga.

Os larápios conseguiram levar todo o dinheiro do carro forte. A Policia foi chamada e conseguiu controlar o transito depois que bandidos fugiram com o dinheiro.

A policia conseguiu também avisar a todas as delegacias próximas a Petrolina e algumas unidades móveis estão em busca dos ladrões.

Ainda não foi divulgado os valores roubados. Aguardem novas informações. (Fonte:Vinicius de Santana).

Blog do BILL NOTICIAS

Prefeitura de Petrolina adia entrega de casas do Residencial Park Massangano

A Prefeitura de Petrolina adiou a entrega das unidades do Residencial Park Massangano, do Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, prevista para esta quinta-feira (22). Em nota da assessoria, a decisão foi justificada “por motivos alheios à vontade da prefeitura e da Secretaria de Habitação”.

Segundo a administração, “assim que houver uma nova data a Secretaria de Habitação fará o anúncio”. (foto/ilustração) Carlos Brito.

Blog do BILL NOTICIAS

Motorista tenta subir na Ponte por acesso de pedestres e quase provoca acidente em Petrolina

Uma cena inusitada chamou a atenção de quem passava pela Avenida Cardoso de Sá, na Orla de Petrolina, na manhã desta quinta-feira (22). Segundo informações, um motorista teria tentado subir na Ponte Presidente Dutra pela passagem de pedestres e quase provocou um grave acidente.

Ainda segundo informações, quando percebeu que o local não se tratava de uma rampa para veículos ele tentou voltar, causando um grande susto em quem passava pelo local. Através das redes sociais, internautas afirmam que o motorista estava bêbado. (foto/reprodução WhatsApp) Fonte: Carlos Brito.

Blog do BILL NOTICIAS

IF Sertão-PE lança edital de seleção para supervisor de Programa de Iniciação à Docência


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão de Pernambuco (IF Sertão-PE) lançou o edital 39/2016 referente ao processo seletivo para supervisor do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) da instituição.

A seleção é destinada aos professores do magistério da educação básica da rede pública. Há vagas para Petrolina, Floresta e Ouricuri.

A bolsa terá duração de um ano e as inscrições vão até 5 de outubro. O Edital pode ser conferido acessando aqui.Fonte:Carlos Brito.


Blog do BILL NOTICIAS