sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Pernambuco é o 2º estado com maior número de parlamentares mais influentes de Brasília



CONGRESSO-NACIONAL
Nove pernambucanos figuram entre os políticos mais influentes da política brasileira, de acordo com levantamento publicado nesta quarta-feira (7), pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). A lista pernambucana dos “Cabeças” é formada pelos três senadores – Humberto Costa (PT), Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Armando Monteiro Neto (PTB) – e mais seis deputados – Bruno Araújo (PSDB), Fernando Ferro (PT), Inocêncio Oliveira (PR), Mendonça Filho (DEM), Paulo Rubem Santiago (PDT), Sérgio Guerra (PSDB) e Sílvio Costa (PTB). Dos nove parlamentares de Pernambuco na lista, o único novato é o deputado Mendonça Filho.
De acordo com a lista, Pernambuco é o segundo Estado com maior número de políticos influentes do Brasil e só perde para São Paulo, que lidera com 21. O Rio Grande do Sul está em terceiro com oito seguidos de Rio de Janeiro, Paraná e Bahia, cada um com sete.
Os dois partidos com maior número de parlamentares na elite são o PT, com 26, e o PMDB, partido do vice-presidente da República e dos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, com 16. O terceiro em número de parlamentares é o PSDB com 12.
Além dos “Cabeças”, o Diap também divulgou um levantamento dos parlamentares em plena ascensão. Nessa lista, Pernambuco é representado apenas pelo deputado Woney Queiroz (PDT).
De acordo com o Diap, entende-se por parlamentar em “ascensão” aquele deputado ou senador que vem recebendo missões partidárias, políticas ou institucionais e se desincumbindo bem delas. Estão também nessa categoria os parlamentares que têm buscado abrir canais de interlocução, criando seus próprios espaços e se credenciando para o exercício de lideranças formais ou informais no âmbito do Parlamento. As informações são do Blog da Folha de Pernambuco.
Blog do Bill Art´s

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Brasil já tem três casos suspeitos de coronavírus em MG, RS e PR

Além de uma estudante de 22 anos, que está internada em Belo Horizonte, mais duas pessoas têm suspeitas de portar o vírus. Uma delas está...