sexta-feira, 30 de novembro de 2018

COM VOTOS DO PSDB E DO PT, DILMA E STÉDILE SERÃO PREMIADOS


SP 247 - A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou os nomes da presidente deposta Dilma Rousseff e do líder do MST João Pedro Stédile para receberem o prêmio anual de Direitos Humanos.
Dilma Roussef, que já foi presa e torturada na ditadura militar, recebeu o prêmio em reconhecimento, dentre muitas coisas, pela sua luta contra a tortura, pelo respeito aos direitos das pessoas e pela promoção da igualdade social em seu governo.
Já Stédile, quem o presidente eleito disse que tinha que ser banido do país, recebeu pela sua trajetória em defesa da reforma agrária, da justiça social e outras lutas.
Também receberam o prêmio mais lideranças do movimento negro, da juventude, cultural, social, da luta pelos direitos das mulheres e contra a violência em geral.
A concessão desse prêmio é uma derrota ao presidente eleito que ganhou a eleição pregando ódio e ainda disse que queria banir do país o líder do MST e outras lideranças da esquerda.
A votação foi apertada e aconteceu sob forte tensão na Comissão de Direitos Humanos. Votaram a favor os deputados Alencar Santana Braga e Marcia Lia, ambos do PT, e Ramalho da Construção, PSDB.
Votaram contra os deputados pastores Wellington Moura, PRB, e Adilson Rossi, PSB.
Abstenção: Rita Passos, PSD, e Carlos Bezerra, do PSDB, presidente da comissão
Veja a lista completa:
Prêmio Santo Dias de Direitos Humanos
1- Sergio Vaz
2- Patrícia Marinho
3- Roberto Kunimassa Kikawas (in memorian)
4- Anderson Lopes Benedito
5 - Roberto Barbosa
6- Paulo Sergio Pinheiro
7- João Pedro Augustini Stedile
8- Julio Cesar Fernandes
9- Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região
10- ONG Amigos de Você

Prêmio Beth Lobo
1- Geledés Instituto da Mulher Negra
2- Joyce Fernandes
3- projeto Bem Querer Mulher
4- Teresa Lara
5- Dalila Eugenia Maranhão Dias Figueiredo
6- Natacha Lopes
7- Camila Lissa Assano
8 - Adriana Barbosa
9 - Dilma Vana Rousseff


Blog do BILL NOTICIAS

Abastecimento de água será interrompido em bairros de Petrolina neste sábado(1º)


O abastecimento em alguns bairros de Petrolina será interrompido neste sábado, dia 1º/12 para a realização de serviços de vazamento  e também de  manutenções nos sistemas, de acordo com a Compesa. A previsão de o sistema ser religado é às 18h. E o retorno do abastecimento para as duas situações é de forma gradativa, em até 48 horas.
A partir das 8h da manhã, haverá a retirada de vazamento na rede de 400 mm próximo a entrada do bairro Quati. Ficarão sem água: Jardim Amazonas, Alto do Cocar, Pedro Raimundo, Pedro Raimundo, Quati, Bela vista, Jardim São Paulo. Já às 13h, as paradas das captações das ETAs 1 e 2 para manutenção elétrica. Apenas o Loteamento Recife ficará sem o abastecimento.

Blog do BILL NOTICIAS

Caminhoneiro de Petrolina é assaltado próximo à Floresta-PE


Dois homens encapuzados assaltaram nessa quinta-feira(29) um caminhoneiro de 20 anos, residente em Petrolina, no Sertão do São Francisco, que trafegava na PE-390- na altura do quilômetro 38, entre Serra Talhada e município de Floresta.
O assalto a mão armada ocorreu por volta das 08:50 nas proximidades do distrito de Nazaré do Pico.
Segundo o 14º BPM, o motorista guiava um caminhão Wolkswagem quando teve que parar porque havia um bloqueio de pedras na pista. Ao descer, os bandidos saíram da caatinga e o renderam, forçando a vítima a deixar a PE-390 em direção a uma estrada vicinal.
Eles levaram o som do veículo, um aparelho celular, um rádio de transmissão e R$ 1.227,00 em dinheiro. Os bandidos fugiram sem deixar pistas e o caminhão ficou atolado na estrada vicinal. (Farol de Notícias)

Blog do BILL NOTICIAS

Polícia descobre plano do PCC para assassinar ex-secretário da Segurança de SP

O plano para matar o ex-secretário foi descoberto há cerca de 20 dias quando comunicações entre integrantes da organização foram detectadas pela Polícia Militar

  Por: AE
Foto: Divulgação / Governo de São Paulo
Foto: Divulgação / Governo de São Paulo

A cúpula do Primeiro Comando da Capital (PCC) planeja assassinar o ex-secretário da segurança Pública Antonio Ferreira Pinto para ameaçar o governo de São Paulo, com o objetivo de impedir a transferência de líderes da facção criminosa de penitenciárias estaduais para o sistema prisional federal.

O plano para matar o ex-secretário foi descoberto há cerca de 20 dias quando comunicações entre integrantes da organização foram detectadas pela Polícia Militar. Desde então, Ferreira Pinto está sob proteção policial. Procurador de Justiça, ele havia dirigido a secretaria entre 2009 e 2012 - antes foi secretário da Administração Penitenciária de 2006 a 2009.

A Segurança Pública não revelou quantos homens estão fazendo a proteção do secretário. Também não informou se outras autoridades estão sob a mira da facção. A escolha de Ferreira Pinto como alvo é simbólica.

Foi ele quem decidiu pela primeira vez enviar ao sistema prisional federal líderes da facção envolvidos em assassinatos de agentes públicos em São Paulo.

Para lá foram Roberto Soriano, o Tiriça, e Francisco Antônio Cesário da Silva, o Piauí. Em 2016, foi a vez de o Estado mandar para o sistema federal outro líder do grupo: Abel Pacheco de Andrade, o Vida Loka, sob a acusação de ele ter ordenado a rebelião no Centro de Detenção de São José dos Campos.

Na semana passada, parte do segundo escalão do PCC teve a transferência a prisões federais deferida pela Justiça com base em dados da Operação Echelon, em que o Ministério Público Estadual investigou a atuação da chamada Sintonia dos Estados e outros países, setor responsável pelo controle da facção fora de São Paulo. O grupo era acusado de ordenar dezenas de homicídios de bandidos rivais e atentados contra agentes penitenciários federais.

Outro pedido de transferência da cúpula da facção está sendo preparado pelo Ministério público Estadual, que quer mandar o líder máximo do PCC, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, para o sistema federal. Nas unidades mantidas pela União, de segurança máxima, estão os chefes das demais facções do País - a única exceção é Marcola. A decisão de mandá-lo ao sistema federal enfrenta resistência dentro do governo do Estado. A atual gestão da Segurança Pública acredita poder controlar melhor a facção se a cúpula do PCC continuar no sistema prisional paulista.

Planos

O atentado contra Ferreira Pinto não é o primeiro plano terrorista que estava sendo preparado pela facção e foi descoberto pela polícia este ano. Antes do 1.º turno das eleições, a Polícia Federal havia interceptado comunicações da cúpula do PCC. As gravações mostravam que os bandidos planejavam ações contra autoridades, órgãos públicos e integrantes do sistema penitenciário federal. O motivo era a suspensão de visitas íntimas de membros das organizações criminosas detidos nas penitenciárias federais.

Depois, no início de outubro, nova ameaça foi descoberta: o plano de resgate de parte da cúpula da facção, detida na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, na região oeste de São Paulo. É lá que está presa a cúpula do PCC. Temendo endurecimento no tratamento após a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, os bandidos teriam contratado mercenários para atacar a prisão e retirar Marcola de lá. O grupo usaria um avião para levar o bandido ao exterior, provavelmente a Bolívia.

Para impedir isso a Segurança Pública fechou a pista do aeroporto de Presidente Venceslau e enviou à cidade homens das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) e do Comando de Operações Especiais (COE). Especialistas em salvamento em selvas e em luta antiguerrilha, homens do COE levaram metralhadoras MAG de calibre 7,62 mm, para proteger o perímetro da prisão, além de blindados da tropa de choque. No começo do mês, a Rota detectou o sobrevoo de um drone na área e o perseguiu. A prisão continua cercada pela tropa de choque. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

fonte: Estadão Conteudo



Blog do BILL NOTICIAS

Queda de avião de pequeno porte deixa ao menos 2 mortos em SP

Casas foram destruídas, e carros queimaram com o incêndio causado no acidente

  Por: Folhapress
Aeronave monomotor caiu sobre casa e causou incêndio
Aeronave monomotor caiu sobre casa e causou incêndioFoto: Newton Menezes/Futura Press/Folhapress


Uma aeronave monomotor caiu na tarde desta sexta-feira (30) no bairro da Casa Verde, na zona norte de São Paulo. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, duas pessoas morreram (​os dois pilotos do avião)​ e outras 12 pessoas em solo tiveram ferimentos leves.​

Casas foram destruídas, e carros queimaram com o incêndio causado no acidente. O fogo logo foi controlado pelos bombeiros. A queda do avião foi numa área residencial, próxima ao aeroporto Campo de Marte, que opera voos comerciais. O avião havia acabado de decolar e caiu na rua Antonio Nascimento Moura, ao lado da avenida Braz Leme, ligação entre o bairro de Santana e o centro de São Paulo.
A mãe de um dos pilotos foi ao local do acidente, passou mal, desmaiou e foi atendida em estado de choque pelos médicos do Samu. Ainda não há informações sobre quem eram os tripulantes. A aeronave é um modelo monomotor Cessna 210, com capacidade para quatro pessoas. Ele tinha certificado válido até dezembro de 2022. De prefixo PR-JEE, o avião é privado, de propriedade do empresário Fernando Matarazzo e foi fabricado em 1980. Matarazzo não estava no voo, segundo a assessoria de imprensa da HPE Autos, empresa da qual ele é dono e que representa a Mitsubishi no Brasil.
Testemunhas afirmam que um forte estrondo foi sentido na região, seguido de um apagão.

A auxiliar administrativa Andreia Ribeiro, 42, trabalha numa imobiliária vizinha das casas atingidas pela aeronave. Ela conta que no momento do acidente ouviu um estrondo, a casa tremeu e as luzes apagaram. Na rua, as pessoas gritavam para correr que a aeronave ia explodir. "Quando a gente saiu na porta o fogo já tava vindo. Chegou no hall de entrada. Larguei celular, bolsa, chave." ​​

Raimunda da Cunha, 45, mora na casa ao lado da atingida pelo avião. Ela diz que estava deitada no sofá por volta das 15h30 quando ouviu um estrondo. Desceu as escadas e encontrou a casa vizinha em chamas. ​ "Ajoelhei e fui orar, não tinha mais o que fazer. Comecei a ligar pros meus irmãos para me despedir deles", conta.​

A zona norte de São Paulo, região onde está localizado o Campo de Marte, tem em seu histórico o registro de ao menos outros seis acidentes graves desde a década de 1980. O episódio mais recente aconteceu no final de julho de 2018, quando uma aeronave que vinha de Santa Catarina caiu na pista do aeroporto em São Paulo, causando a morte do piloto. Outras seis pessoas ficaram feridas.

Campo de Marte, que opera com aviação geral, executiva e escolas de pilotagem, também já registrou vários acidentes envolvendo helicópteros. Um das graves ocorrências aconteceu em outubro de 2003, quando durante um voo de treinamento a aeronave caiu e explodiu.

CONCESSÃO À INICIATIVA PRIVADA

Em agosto de 2017, a Prefeitura de São Paulo e a União oficializaram um acordo para transformar parte do terreno do Campo de Marte em um parque municipal. Uma parcela da área também contará com um museu aeroespacial.

A ideia do então prefeito João Doria (PSDB), assumida pelo sucessor Bruno Covas (PSDB), é a de conceder o parque e o museu à iniciativa privada. À época, Doria disse que o projeto, no longo prazo, implicaria na desativação da pista de aviação do Campo de Marte.

Desde o acordo com a União a prefeitura recebeu dois estudos de possíveis interessados (na fase chamada de PPMI - Procedimento Preliminar de Manifestação de Interesse), que foram analisados, e atualmente elabora cronograma para desenvolvimento do projeto, sem data prevista para conclusão. A construção do parque, segundo a prefeitura, custará cerca de R$ 250 milhões e só será feita se assumida pela iniciativa privada.
O parque terá 270 mil metros quadrados e será construído em uma área de 400 mil metros quadrados cedida para uso pela Aeronáutica. Como parte do acordo com a União, também será construído um museu aeroespacial em uma área de aproximadamente 66,5 mil metros quadrados, com acervo composto por aviões da FAB, do museu Santos Dumont e do extinto museu da TAM.

Ainda não há acordo com a Infraero, que detém 46% do terreno total, sobre esse tema.
Segundo projeto apresentado pela prefeitura, o parque teria 2,2 km de pistas de corrida e ciclovias, 2,5 km de trilhas para caminhada com estações de ginástica, três quadras poliesportivas e espaços para piquenique e meditação.




Blog do BILL NOTICIAS

Avião de pequeno porte cai sobre casas em São Paulo, deixa 2 mortos e 12 feridos





(G1 SP)
Uma aeronave caiu na tarde desta sexta-feira (30) na região de Santana, Zona Norte de São Paulo, e causou a morte de duas pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros. Houve ao menos 12 feridos.
O avião, um monomotor Cessna C-210, prefixo PR-JEE, não tem caixa-preta e caiu na rua Antonio Nascimento Moura, área residencial perto do Aeroporto Campo de Marte. O terminal opera voos executivos e precisou ficar fechado logo após o acidente.
Casas e veículos que estavam na rua onde a aeronave caiu também foram atingidos. O fogo chegou a se alastrar pelo asfato.
O chamado para o resgate foi recebido às 15h58. Informações preliminares indicavam que parte dos feridos que estavam sendo atendidos teve queimaduras leves.

Mortos retirados dos destroços

De acordo com o tenente André Elias, do Corpo de Bombeiros, por volta de 17h não havia ainda informações sobre quantas pessoas estavam na aeronave, mas os dois corpos foram retirados dos destroços.
Das outras 12 vítimas, sete eram transeuntes que estavam na rua e foram atingidas por objetos ou destroços do avião no momento da queda. Outras cinco pessoas feridas estavam dentro das casas.
Avião que caiu perto do Campo de Marte, na Zona Norte de São Paulo — Foto: Reprodução
Avião que caiu perto do Campo de Marte, na Zona Norte de São Paulo — Foto: Reprodução
“As vítimas [feridos] foram socorridas conscientes, orientadas, saíram andando das casas. Infelizmente, dois corpos foram retirados da aeronave, o que indica que são passageiros, não se sabe se piloto ou copiloto”, afirmou o tenente dos bombeiros.
Casas e carros atingidos
Ao menos três casas foram atingidas, sendo uma delas um sobrado. Houve fogo no local e foram enviadas 16 viaturas e 56 bombeiros para o resgate.
A fumaça podia ser vista de longe, mas por volta de 16h20 o fogo já estava parcialmente controlado. O acidente foi perto da Avenida Santos Dumont, altura do número 100.
Segundo a GloboNews, a aeronave decolou da pista 30 do Campo de Marte, em direção a Jundiaí, e caiu logo em seguida.

Blog do BILL NOTICIAS

PF VAI INVESTIGAR INVESTIMENTOS SUSPEITOS DE PAULO GUEDES


247 - A Polícia Federal instaurou inquérito para investigar o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, por supostas fraudes em negócios com fundos de pensão patrocinados por estatais.
Como informa o jornalista Fabio Fabrini, da Folha de S. Paulo, a PF vai apurar se Guedes cometeu os crimes de gestão fraudulenta ou temerária ao captar, por meio de um fundo de investimentos, recursos de sete entidades de previdência complementar de empregados de empresas públicas. Também será averiguada a hipótese de emissão e negociação de títulos sem lastros ou garantias suficientes.
Em seis anos, Guedes captou R$ 1 bilhão de fundos de pensão. Entre eles, estão Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras), Funcef (Caixa) e Postalis (Correios), além do BNDESPar — braço de investimentos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).
A PF já requisitou relatórios da Previc que embasam as suspeitas. O inquérito foi remetido à Justiça Federal em Brasília, com pedido para que tramite em sigilo. Guedes deve ser intimado a depor.
Nesta quarta-feira, 5, Paulo Guedes prestará depoimento ao Ministério Público Federal em inquérito que também investiga as supostas fraudes (leia mais).


Blog do BILL NOTICIAS

Bolsonaro convida Damares Alves para Direitos Humanos e desgosta setor evangélico

Até agora, Bolsonaro já anunciou 20 ministros. Na campanha, ele dizia que faria um governo com apenas 15 pastas

  Por: AE
Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

Na composição do governo, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, provocou mal-estar no setor evangélico. Depois de rejeitar nomes defendidos pela bancada para a pasta de Cidadania, Bolsonaro convidou a advogada e pastora Damares Alves para chefiar o novo Ministério de Direitos Humanos, Família e Mulheres. 

O detalhe é que Damares é assessora lotada no gabinete do senador e candidato derrotado à reeleição Magno Malta (PR-ES), um dos políticos mais próximos de Bolsonaro na campanha, que espera um convite para compor o primeiro escalão. 

Até agora, Bolsonaro já anunciou 20 ministros. Na campanha, ele dizia que faria um governo com apenas 15 pastas. O número de ministérios pode, no entanto, chegar a pelo menos 22. 

Além da pasta de Direitos Humanos, Família e Mulheres, o presidente eleito anunciou na manhã desta sexta-feira, 30, o nome para Minas e Energia: Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior, diretor geral de desenvolvimento nuclear e tecnológico da Marinha. 

O presidente eleito deve ainda anunciar o escolhido para o Meio Ambiente. Bolsonaro ainda analisa se mantém como ministérios Trabalho e Indústria e Comércio. 

Para boa parte dos 88 deputados federais e quatro senadores da bancada evangélica, a escolha de Damares "atravessou" os lideres do grupo e foi uma "afronta" e "ingratidão" a Magno Malta.

O nome de Damares na lista de cotados para assumir uma pasta foi divulgado pela revista digital "Crusoé" na tarde de quinta-feira 29. Auxiliares da equipe de Bolsonaro disseram que a própria Damares teria demonstrado desconforto quando recebeu o convite do presidente eleito na última quarta-feira no CCBB, sede do governo de transição. 

Para integrantes da bancada evangélica, qualquer convite a Malta a partir de agora é "tardio" e não deveria ser aceito por uma questão de "bom senso". Não se cogita, porém, rompimento. 

Magno Malta enfrenta forte resistência do núcleo militar do governo de transição. Os generais da reserva que compõem o grupo reiteraram a Bolsonaro que o senador não agrega à equipe ministerial. 

Pessoas próximas de Malta avaliam que o senador se desdobrou na campanha de Bolsonaro, especialmente depois do atentado sofrido pelo então candidato à Presidência em Juiz de Fora (MG), no dia 6 de setembro, que o tirou das ruas. 

No começo da semana, Bolsonaro pediu à bancada evangélica que apresentasse uma lista tríplice de nomes para a pasta da Cidadania. Numa decisão que não foi unânime, a bancada acabou entregando os nomes ao presidente eleito, que, no entanto, anunciou o nome do deputado gaúcho Osmar Terra (MDB), para melhorar o trânsito no partido.

Integrantes do grupo avaliaram que houve um desgaste desnecessário e injusto. O coordenador da bancada, Hidekazu Takayama (PSC-PR), chegou a afirmar que retirou os nomes indicados para integrar o novo governo. 

Um dos poucos que quiseram falar sobre a relação da bancada com o futuro governo, o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) admitiu que há um "mal-estar" diante desse vai-e-vem da transição. "É lógico que isso provoca um mal-estar. Mas o governo está no seu início, nem começou", contemporiza o parlamentar. 

Entre os evangélicos, Sóstenes é dos que avaliam que não cabe à bancada pleitear cargos, pois em votações de determinados projetos não há consenso no grupo, especialmente em propostas das áreas política e econômica. "Avalio que as frentes não existem no Parlamento para essa finalidade."



Blog do BILL NOTICIAS

No que depender de mim, vamos acolher venezuelanos, diz Bolsonaro

O presidente eleito também afirmou que não vai deixar Roraima, porta de entrada dos venezuelanos

  Por: Folhapress
Cerca de três milhões de venezuelanos vivem no exterior, dos quais 2,4 na América Latina e no Caribe


Com críticas ao governo venezuelano e ao PTJair Bolsonaro (PSL) afirmou que abrigará os refugiados daquele país no Brasil."No que depender de mim, vamos acolhê-los. Ninguém está saindo de lá porque quer, mas por causa da fome e da ditadura. Devemos acolher, sim", disse em entrevista à imprensa. 

O presidente eleito também afirmou que não vai deixar Roraima, porta de entrada dos venezuelanos, "abandonada à própria sorte". Segundo Bolsonaro, é preciso pressionar a ditadura de Nicolás Maduro para que aja diferente. Ele criticou os governos petistas por permitirem a entrada da Venezuela no Mercosul

Bolsonaro cogita criação de campo de refugiados para venezuelanos
"Se o Brasil tivesse um governo democrático de verdade, a solução seria tomada lá atrás. Em nenhum momento, o governo do PTquis impor sanções ao então presidente Hugo Chávez quando ele começou a acelerar seu processo de promover a ditadura em seu país", disse Bolsonaro.

Bolsonaro esteve nesta sexta (30) na Comunidade Canção Nova, católica, em Cachoeira Paulista, a 200 km da capital. Antes disso, esteve em uma formatura de sargentos da Aeronáutica em Guaratinguetá (SP), cidade vizinha, e visitou o Santuário Nacional Aparecida, também na região do Vale do Paraíba.



Blog do BILL NOTICIAS

População desempregada soma 12,351 milhões de pessoas, diz IBGE




País tinha 12,351 milhões de pessoas em busca de emprego no trimestre encerrado em outubro deste ano. Apesar do patamar elevado de desemprego, houve melhora em relação a igual período do ano anterior, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira(29).
Há menos 389 mil desempregados em relação a um ano antes, o equivalente a um recuo de 3,1%.
O total de ocupados cresceu 1,5% no período de um ano, o equivalente à criação de 1,356 milhão de postos de trabalho. O contingente de inativos avançou 0,9%, 611 mil pessoas a mais nessa condição.
Como consequência, a taxa de desemprego passou de 12,2% no trimestre até outubro de 2017 para 11,7% no trimestre encerrado em outubro de 2018, o menor patamar desde o trimestre encerrado em julho de 2016, quando estava em 11,6%.
O nível da ocupação, que mede o porcentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar, foi estimado em 54,5% no trimestre até outubro deste ano, ante 53,9% no trimestre até julho. No trimestre até outubro do ano passado, o nível de ocupação era de 54,2%.
Ganho de postos
O País ganhou 1,240 milhão de novos postos de trabalho em apenas um trimestre, enquanto 517 mil pessoas deixaram o contingente de desempregados.
A criação de vagas no trimestre encerrado em outubro em comparação ao trimestre terminado em julho superou o total de pessoas que deixaram de procurar emprego no período, puxando a taxa de desemprego para baixo, mesmo sem a ajuda do aumento da população inativa.
A taxa de desemprego passou de 12,3% no trimestre terminado em julho para 11,7% no trimestre encerrado em outubro.
No mesmo período, 383 mil pessoas deixaram a inatividade, ou seja, optaram por voltar à força de trabalho. A população inativa totalizou 65,108 milhões de pessoas no trimestre encerrado em outubro.
Massa salarial
A massa de salários em circulação na economia cresceu R$ 3,785 bilhões no período de um ano, para R$ 201,964 bilhões, uma alta de 1,9% no trimestre encerrado em outubro de 2018 em relação ao mesmo período de 2017, puxada pelo aumento no número de pessoas trabalhando.
Na comparação com o trimestre terminado em julho deste ano, a massa de renda real subiu 1,4%, com R$ 2,764 bilhões a mais. No mesmo período, 1,240 milhão de postos de trabalho foram criados.
O rendimento médio dos trabalhadores ocupados teve ligeira alta de 0,1% na comparação com o trimestre até julho, R$ 2 a mais. Em relação ao trimestre encerrado em outubro do ano passado, a renda média subiu 0,4%, para R$ 2.230, R$ 9 a mais que o salário de um ano antes. Com informações do Estadão Conteúdo. (Notícias ao Minuto)

Blog do BILL NOTICIAS

Polícia apreende R$ 500 mil em maconha em Chorrochó; droga estava dentro de carro guinchado por caminhão-cegonha

   Via:Carlos Britto
(Foto: SSP-BA/Divulgação)


Quase 48 kg de maconha, avaliados em R$ 500 mil, foram apreendidos pela Companhia Independente de Policiamento Especializado na Caatinga (Cipe-Caatinga), na BR-116, em Chorrochó, no norte da Bahia. A erva estava dentro de um carro guinchado por um caminhão-cegonha. O flagrante aconteceu na tarde de quinta-feira (29), após denúncia anônima.
As informações iniciais apontam que o suspeito estacionou o veículo, com placa de São Paulo, em um posto de gasolina do município, na quarta-feira (28). Acompanhado de uma mulher, pagou para dormir em uma pousada localizada ao lado do posto. Em conversas preliminares, ele informou que estava indo para Feira de Santana (BA).
Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), no dia seguinte (quinta-feira), o suspeito colocou o automóvel em um caminhão-cegonha e seguiu com destino à Feira de Santana, quando foi abordado pela Cipe-Caatinga. No porta-malas do carro os PMs localizaram os quase 48 kg de maconha guardados dentro de cinco grandes sacos. O homem foi autuado por tráfico de drogas na Delegacia Territorial de Macururé, também no norte baiano.

Blog do BILL NOTICIAS

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Prefeitura de Petrolina divulgará novas datas para concurso público


A Prefeitura de Petrolina divulgará na próxima segunda-feira(03) um novo cronograma com as datas de inscrição e realização das provas relativas ao concurso público que oferece mais de 370 vagas na cidade.
As oportunidades em diversos níveis de escolaridade são voltadas à área da Saúde e também para profissionais que deverão atuar no âmbito da Administração Municipal. Há vagas para médicos, auditor fiscal I, enfermeiro, odontólogo, farmacêutico, auxiliar de laboratório, assistente social, bibliotecário, museólogo,  técnico agrícola, técnico em laboratório, técnico de enfermagem,  entre outras.
A seleção também oferece vagas para professor de Libras e Braile da Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação. As duas seleções serão organizadas pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe). Todas as alterações no edital, assim como o novo cronograma de atividades estarão disponíveis na segunda-feira(03) no site www.upenet.com.br (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Chesf inicia estudo com painéis solares em reservatório de Sobradinho

Esse sistema de geração concentrada de energia fotovoltaica em usinas utilizando a área de reservatórios é pioneiro no Brasil

  Por: Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Além dos múltiplus usos já tradicionais, como abastecimento urbano, geração hidrelétrica, irrigação, navegação, lazer e piscicultura, as águas verdes do Rio São Francisco agora também abrigam uma Usina Solar Fotovoltaica Flutuante, que transforma a luz solar em energia elétrica. A planta piloto de painéis solares foi instalada pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) no reservatório da Usina Hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia, e deve entrar em operação em dezembro.

Esse sistema de geração concentrada de energia fotovoltaica em usinas utilizando a área de reservatórios é pioneiro no Brasil. Até então, ele só havia sido instalado no solo. Segundo a Chesf, o objetivo é avaliar a viabilidade técnica, econômica e ambiental do projeto para que ele possa participar de leilões de venda de energia e ser reproduzido em outros reservatórios ou até mesmo em rios.

“Isso pode ser muito bem replicado em lugares onde o Brasil é rico em rios, na Amazônia e regiões do Centro-Oeste, por exemplo. Estamos criando uma oportunidade”, explicou o gerente de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Chesf, José Bione, contando que, quando o projeto estiver concluído, a usina flutuante terá capacidade de abastecer 20 mil casas populares.

A plataforma flutuante já instalada em Sobradinho tem 7,3 mil módulos de placas solares, área total de 10 mil metros quadrados e capacidade de gerar 1 megawatt-pico (MWp). Outros 4 MWp deverão ser instalados em 2019. Quando o projeto estiver concluído, com 5MWp, a usina flutuante deverá contar com 35 mil módulos e 50 mil metros quadrados de área sobre o reservatório de Sobradinho. O investimento total da Chesf é R$ 56 milhões.

Para comparação, o reservatório de Sobradinho tem uma superfície de espelho d'água de 4,2 mil quilômetros quadrados, com uma usina capaz de gerar 1,05 mil MW. Mas, atualmente, por causa da baixa vazão, a usina está gerando em torno de 180 MW.

Energia limpa e mais barata
Ontem (28), o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, visitou a usina flutuante e disse que o modelo centralizado do setor energético brasileiro precisa ser repensado pois não beneficia o consumidor. Ele defendeu a diversificação da matriz energética, aproveitando as potencialidades de cada região. “No Nordeste, por exemplo, temos que criar um modelo que permita que o vento e sol, que são fontes de energia mais barata, possam beneficiar os consumidores”, disse, explicando que no Centro-Oeste, por exemplo, o biocombustível é muito mais barato que outras áreas.

Para o ministro, havendo viabilidade, é preciso criar condições para que o potencial produtivo da fonte de energia fotovoltaica possa ser desenvolvido no país, com equipamentos produzidos no Brasil e a custos mais baratos. “Para que o produto final não imponha ao consumidor brasileiro continuar pagando a energia mais cara do mundo”.

Ele alertou ainda que, com a previsão de crescimento da economia em 2,5%, logo o país terá dificuldades por falta de energia. “Se não tivéssemos tido a maior crise econômica da nossa história, nós teríamos tido o maior apagão da nossa história”, explicou. “Estamos aqui buscando abrir a mentalidade, os hábitos, a cultura do setor elétrico brasileiro para conviver com inovação. Não dá para se repetir os mesmos métodos, ter os mesmos modelos que têm gerado uma das energias mais caras do mundo”.

Estudos em andamento
Os técnicos envolvidos no projeto da Chesf vão estudar a eficiência da tecnologia fotovoltaica resfriada naturalmente pela água e pelo vento, já que as placas instaladas em terra perdem eficiência sob forte calor. Os impactos ambientais também são objetos de estudo. “A planta de 1 MWp aparentemente não faria interferência, mas se ampliarmos para usinas de 30 MWp ou 100 MWp é preciso ver o comportamento da fauna aquática”, explicou Bione.

Os estudos dos sistemas de ancoragem, conexão e conversão de energia também são pioneiros. A plataforma é fixada ao fundo do lago por cabos, com material próprio para suportar o peso das placas e dos trabalhadores que atuam na construção e manutenção, mas será preciso analisar seu comportamento em água corrente e com a movimentação da barragem.

Para entrar em funcionamento, ainda serão instalados contêineres de conversão da energia em corrente contínua, produzida pela plataforma, para energia em corrente alternada, própria para ser enviada às linhas de transmissão da usina hidrelétrica. De acordo com Bione, esta é outra vantagem da instalação de usinas fotovoltaicas nesses reservatórios, já que elas aproveitam as infraestruturas de transmissão, reduzindo, inclusive, as perdas de energias.

Além da usina flutuante, a Chesf desenvolve outros projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) na Região Nordeste, com foco no avanço dos estudos de tecnologias em geração solar e em outros projetos de inovação. Eles estão centralizados no Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp) e somam cerca de R$ 200 milhões.

De acordo com especialista em engenharia elétrica e professor da Universidade de Brasília, Rafael Shayani, a previsão é que até 2050, com o crescimento do país, o consumo de energia triplique. Ele avaliou que projetos como o de Sobradinho são positivos já que não causam impacto ambiental adicional. “Quando você produz energia com uma fonte solar você tá postergando a construção de uma nova hidrelétrica e evitando que uma termelétrica, que queima combustível fóssil e emite gás efeito estufa, seja ligada”, argumentou.

Instalação em residências
De acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apesar de crescente, a geração concentrada em usinas de energia fotovoltaica representa apenas 1% da matriz energética brasileira, com pouco mais de 2,2 mil empreendimentos em operação. Por outro lado, a geração distribuída, diretamente nos telhados das residências e empresas, vem se popularizando. A própria sede do Ministério do Meio Ambiente, em Brasília, também já tem seu sistema próprio de energia solar fotovoltaica.

O professor Rafael Shayani, contou que a Alemanha já utiliza a tecnologia há mais de 20 anos e que, com a entrada da China no mercado, tanto produzindo, quanto consumindo energia fotovoltaica, os preços dos equipamentos caíram muitos nos últimos anos. “Só nos últimos três anos, o preço caiu para praticamente a metade”.

Segundo ele, cerca de 40 mil residências no país já possuem esse sistema instalado em seus telhados. Desde 2012, a Aneel permite a instalação individual dos equipamentos, desde que autorizados e fiscalizados pela distribuidora de energia da região. “É como se o relógio andasse para trás”, explicou o professor. O consumidor gera e utiliza sua própria energia durante o dia e o excedente entrega para a distribuidora. À noite, pega essa energia de volta. Com isso, há uma compensação na conta no fim do mês.

“Então, se você fizer um investimento em energia solar, você instala na sua casa, gera energia limpa, não paga mais conta de energia e tem um lucro no final das contas”, disse, explicando que para o consumo médio de uma família, o investimento para compra e instalação dos equipamentos é de cerca de R$ 12 mil. O retorno financeiro desse sistema vai variar de cinco a dez anos, com o uso de um equipamento que tem 25 anos de vida útil em média.



Blog do BILL NOTICIAS