quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

MORO É ESCRACHADO NO MÉXICO E CHAMADO DE 'IMORAL E PARCIAL'


O juiz federal Sérgio Moro foi alvo de protestos nessa terça-feira, 27, na Cidade do México, durante palestra no Colégio Nacional. Sua intervenção foi interrompida pelos manifestantes, que o acusaram de ser "golpista" e de promover perseguição política contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 
"Moro imoral, juiz parcial", gritaram os manifestantes, que levaram cartazes contra o magistrado da operação Lava Jato. O ministro da Suprema Corte, José Ramón Cossío, teve que intervir, para que o juiz Moro pudesse continuar com a palestra.
Moro se ofereceu para compartilhar com as autoridades do país, as evidências sobre o envolvimento de funcionários mexicanos em casos de suborno para empreiteiros brasileiros envolvidos no escândalo da Petrobras.
Ele disse que tem muita evidência e é seu interesse em colaborar para que a evidência "seja usada" contra autoridades alegadamente subornadas em troca de contratos para as empresas de construção brasileiras.(247).


Blog do BILL NOTICIAS

DELATOR DIZ QUE LAVA JATO O CHAMOU PARA “FECHAR A HISTÓRIA” CONTRA LULA

Lula Marques/Agência PT | Paulo Pinto/Agência PT

A manipulação da Justiça e da Lava Jato contra o ex-presidente Lula fica cada vez mais difícil de esconder. Dessa vez, foi um delator da operação que se enrolou e acabou revelando a seletividade do caso. 
Em depoimento ao juiz Sérgio Moro na última sexta-feira, dia 23 de fevereiro, o delator da Odebrecht, Fernando Migliaccio, disse que foi chamado por procuradores da Lava Jato de Curitiba para procurar valores em planilhas da empresa que poderiam ser equivalentes aos que a acusação do Ministério Público diz serem ligados a obras em um sítio em Atibaia.
Migliaccio foi, segundo suas próprias palavras, "fechar a história" da acusação contra Lula, como você mesmo pode ver no fim do vídeo abaixo.
O juiz chegou a interromper as perguntas de Cristiano Zanin Martins ao depoente quando foi ficando claro que os procuradores tinham pedido a colaboração do delator para criar uma acusação contra o ex-presidente.(247).


Blog do BILL NOTICIAS

Mentor de estupro coletivo em Castelo do Piauí é condenado a 100 anos de prisão


(G1 Globo)Adão José de Sousa, de 43 anos, foi condenado a 100 anos e 8 meses em regime fechado por ter sido considerado o mentor do estupro coletivo de quatro adolescentes em maio de 2015, em Castelo do Piauí, 189 km de Teresina. O julgamento pelo Tribunal do Júri terminou durante a madrugada de quarta-feira (28), no Fórum da cidade. O réu negou envolvimento com o crime.
A condenação foi lida pelo juiz Leonardo Brasileiro por volta das 4h desta quarta-feira, após os jurados se reunirem por cerca de duas horas na sala do júri. Formado por cinco mulheres e dois homens, o júri entendeu que Adão de Sousa participou do estupro e comandou os quatro adolescentes que o acompanharam no crime e já foram condenados.
 Adão foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes de porte ilegal de arma, estupro qualificado, homicídio qualificado, tentativa de homicídio, corrupção de menores e associação criminosa. O julgamento aconteceu a portas fechadas.

Crime


Em 27 de maio de 2015 quatro adolescentes foram agredidas, estupradas e arremessadas do alto de um penhasco de cerca de 10 metros de altura, na cidade de Castelo do Piauí. Uma das jovens morreu 10 dias após o ocorrido.
Quatro adolescentes foram condenados a cumprir medida socioeducativapor envolvimento nos crimes. Um deles foi assassinado pelos comparsas dentro de um alojamento no Centro Educacional Masculino (CEM), em Teresina.
No início das investigações, dois deles chegaram a confessar o crime, mas disseram posteriormente que a confissão teria ocorrido por conta de agressões que teriam sofrido de policiais. A Justiça afirmou que não existiam sinais de violência na época do fato denunciado.




Blog do BILL NOTICIAS

Sintepe realiza ato político “Acorda Governador” nesta quarta-feira, no Recife


(C.Geral)

Intensificando as mobilizações dos trabalhadores em educação de Pernambuco referente à Pauta de Reivindicações entregue ao Governo do Estado, há dois meses, o Sintepe realiza nesta quarta-feira(28), às 15h, o ato político “Acorda Governador”. A concentração será em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco com caminhada até o Palácio do Campo das Princesas.

Confira calendário de mobilizações:


28/02 – Ato Público Acorda, Governador
Em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco às 15h
 05/03 – Lançamento de documentário colaborativo e debate sobre as condições das escolas públicas
Local e horário a confirmar
03/03 – Plenária dos Professores de Língua Espanhola
Auditório do Sintepe, às 9h.
08/03 – Reunião da Mesa Específica de Negociação
Secretaria de Administração, às 11h.
08/03 – Ato em Referência ao Dia Internacional da Mulher
Local e horário será informado posteriormente
 09/03 – Plenária dos Analistas em Gestão Educacional
Auditório do Sintepe, às 14h.
 12/03 – Assembleia Geral
Teatro da Boa Vista (Local a confirmar), às 9h

Blog do BILL NOTICIAS

A democracia brasileira escorrega ladeira abaixo

ABR

A democracia brasileira escorrega ladeira abaixo em velocidade alucinante. Os militares, aqueles que até analistas de esquerda afirmaram estarem "constrangidos" com seu novo papel, a cada dia dão mostras que estão adorando a volta da ordem unida.
1. Oficializaram a condição de guetos das favelas cariocas, implantando um controle inconstitucional;
2. Assumiram o Ministério da Defesa e nomearam o novo chefe da Polícia Federal;
3. Advertiram que uma nova Comissão da Verdade é inadmissível;
4. Informaram que a intervenção do Rio é a primeira de uma série -até que todo o país esteja sob intervenção?
5. Na entrevista coletiva do general-interventor no Rio, nesta terça (27), foram proibidas perguntas formuladas oralmente. Só foram aceitas por escrito e respondidas depois de analisadas pelos milicos. Não por acaso, apenas perguntas dos veículos da Rede Globo e do Estadão foram respondidas. Todas as perguntas de correspondentes estrangeiros foram vetadas - o próximo passo será a exigência de aprovação prévia antes da veiculação das reportagens?(247).
(este texto foi originalmente publicado no facebook de Mauro Lopes)


Blog do BILL NOTICIAS

DESEMPREGO VOLTA A SUBIR E EXPÕE FRACASSO DA POLÍTICA DE TEMER E MEIRELLES


O índice de desemprego no Brasil atingiu 12,2% no trimestre encerrado em janeiro de 2018. Isso significa que 12,7 milhões de pessoas estão desempregadas no país. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua.
O desemprego ficou maior do que o registrado no trimestre encerrado em dezembro, quando a taxa foi de 11,8%, mas ficou estável em relação ao trimestre anterior, quando a taxa também foi de 12,2%. O número, no entanto, está abaixo da taxa registrada no trimestre encerrado em janeiro do ano passado, de 12,6%.
Leia, abaixo, material divulgado pelo IBGE sobre o assunto:
A taxa de desocupação (12,2%) no trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018 registrou estabilidade em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2017 (12,2%).
Já na comparação com o mesmo trimestre móvel do ano anterior, novembro de 2016 a janeiro de 2017 (12,6%), o quadro foi de queda (-0,4 ponto percentual).
A população desocupada (12,7 milhões) ficou estável tanto em relação ao trimestre anterior (12,7 milhões) quanto no confronto com igual trimestre do ano anterior, quando havia 12,9 milhões de desocupados.
A população ocupada (91,7 milhões) ficou estável em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2017. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, houve crescimento de 2,1% (mais 1,8 milhão de pessoas). Assim, o nível da ocupação (54,2%) ficou estável em relação ao trimestre anterior e cresceu 0,5 ponto percentual em relação ao trimestre de novembro de 2016 a janeiro de 2017 (53,7%).
O número de empregados com carteira de trabalho assinada (33,3 milhões) ficou estável frente ao trimestre anterior (agosto a outubro de 2017). No confronto com o trimestre novembro de 2016 a janeiro de 2017, houve queda de -1,7% (menos 562 mil).
O número de empregados sem carteira de trabalho assinada (11,0 milhões de pessoas) ficou estável em relação ao trimestre anterior. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, subiu 5,6% (mais 581 mil pessoas).
A categoria dos trabalhadores por conta própria (23,2 milhões de pessoas) ficou estável na comparação com o trimestre de agosto a outubro de 2017. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve alta de 4,4% (mais 986 mil pessoas).
O rendimento médio real habitual (R$ 2.169) no trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018 ficou estável frente ao trimestre de agosto a outubro de 2017 (R$ 2.149) e também em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (R$ 2.135).
A massa de rendimento real habitual (R$ 193,8 bilhões) ficou estável quando comparada ao trimestre móvel de agosto a outubro de 2017. Frente ao mesmo trimestre do ano anterior, houve aumento de 3,6%, ou um acréscimo de R$ 6,8 bilhões.
A taxa de desocupação foi estimada em 12,2% no trimestre móvel de novembro de 2017 a janeiro de 2018, registrando estabilidade em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2017 (12,2%). Em relação ao mesmo trimestre móvel de 2017, novembro de 2016 a janeiro de 2017, quando a taxa foi estimada em 12,6%, houve queda (-0,4 ponto percentual).
No trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018, havia 12,7 milhões de pessoas desocupadas no Brasil. Este contingente ficou estável frente ao trimestre de agosto a outubro de 2017, quando a desocupação foi estimada em 12,7 milhões de pessoas. No confronto com igual trimestre de 2017, quando havia 12,9 milhões de pessoas desocupadas, também houve estabilidade.
O número de pessoas ocupadas foi estimado em 91,7 milhões no trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018. Esse contingente ficou estável em relação ao trimestre anterior (agosto a outubro de 2017). Em relação ao mesmo trimestre de 2017 (novembro de 2016 a janeiro de 2017), o indicador registrou crescimento de 2,1% (mais 1,8 milhão de pessoas).
O nível da ocupação (indicador que mede o percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar) foi estimado em 54,2% no trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018, apresentando estabilidade frente ao trimestre de agosto a outubro de 2017. Em relação a igual trimestre do ano anterior, quando o nível da ocupação no Brasil foi de 53,7%, houve crescimento de 0,5 ponto percentual.
O contingente na força de trabalho (pessoas ocupadas e desocupadas), no trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018, foi estimado em 104,4 milhões de pessoas. Essa população permaneceu estável comparada ao trimestre de agosto a outubro de 2017. Frente ao mesmo trimestre de 2017, houve alta de 1,6% (acréscimo de 1,6 milhão de pessoas).
O contingente fora da força de trabalho, no trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018, foi estimado em 64,7 milhões de pessoas. Esta população ficou estável em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2017 e, também, frente ao mesmo trimestre de 2017.
O contingente de empregados no setor privado com carteira de trabalho assinada (exclusive trabalhadores domésticos), estimado em 33,3 milhões de pessoas, ficou estável frente ao trimestre anterior (agosto a outubro de 2017). No confronto com o trimestre de novembro de 2016 a janeiro de 2017, houve variação de -1,7% (-562 mil pessoas).
De novembro de 2017 a janeiro de 2018, o número de empregados no setor privado sem carteira de trabalho assinada (11,0 milhões de pessoas) ficou estável em relação ao trimestre anterior. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, registrou elevação de (5,6%), representando um adicional de 581 mil pessoas.
O contingente de trabalhadores por conta própria (23,2 milhões) ficou estável na comparação com o trimestre anterior (agosto a outubro de 2017). Em relação ao mesmo período do ano anterior, o indicador, este número cresceu 4,4% (mais 986 mil pessoas).
O número de empregadores (4,4 milhões de pessoas) mostrou-se estável frente ao trimestre imediatamente anterior e, também, em relação ao mesmo trimestre de 2017.
O número de trabalhadores domésticos (6,3 milhões de pessoas) ficou estável no confronto com o trimestre de agosto a outubro de 2017. Frente ao trimestre de novembro de 2016 a janeiro de 2017, apresentou aumento de 4,4% (mais 267 mil pessoas).
O grupo dos empregados no setor público (inclusive servidores estatutários e militares), estimado em 11,3 milhões de pessoas, teve queda -1,9% frente ao trimestre anterior. Ao se comparar com o mesmo trimestre de 2017, o crescimento foi de 2,9% (mais 317 mil pessoas).
A análise do contingente de ocupados, segundo os grupamentos de atividade, do trimestre móvel de novembro de 2017 a janeiro de 2018, em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2017, mostrou que não houve crescimento em qualquer categoria. Houve redução no grupamento de Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (1,4%, ou menos 218 mil pessoas).
Na comparação com o trimestre de novembro de 2016 a janeiro de 2017, observou-se aumento nas categorias: Indústria (5,0%, ou mais 558 mil pessoas), Alojamento e alimentação (6,4%, ou mais 316 mil pessoas), Informação, Comunicação e Atividades Financeiras, Imobiliárias, Profissionais e Administrativas (3,6%, ou mais 351 mil pessoas), Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (2,7%, ou mais 413 mil pessoas), Outros serviços (8,7%, ou mais 374 mil pessoas) e Serviços domésticos (4,3%, ou mais 265 mil pessoas). Houve redução nos seguintes grupamentos: Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (3,9%, ou menos 350 mil pessoas) e Construção (4,0%, ou menos 281 mil pessoas).
O rendimento médio real habitual (R$ 2.169) no trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018, registrando estabilidade frente ao trimestre de agosto a outubro de 2017 (R$ 2.149) e também em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (R$ 2.135).(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Curaçá: Operação policial erradica roça e apreende 78 kg de maconha pronta para consumo

(Fotos/divulgação)

  (C.Britto)

Uma operação em Curaçá, no norte da Bahia, realizada pela 45ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), culminou com apreensão de 78 quilos de maconha pronta para o consumo. As equipes da ‘Margem Segura’, como foi batizada a operação, também localizaram uma roça de aproximadamente 10 mil pés de maconha, localizada na divisa com o Estado de Pernambuco, que estava escondida por trás de uma plantação de mamão.
As informações davam conta de que o plantio da erva estava sob a responsabilidade de um homem conhecido por Geovani, o qual não foi localizado. Quando a polícia chegou ao local, foi recebida a tiros por dois indivíduos, que conseguiram fugir numa motocicleta.
No dia seguinte os PMs voltaram ao local, encontrando 10 sacos da erva pronta para consumo, além da moto Yamaha 150, placa JLS-5173. 

Blog do BILL NOTICIAS

Ouricuri: Associação ‘compra briga’ dos servidores do Hospital Regional

   
   (C.Britto)

A falta de pagamento dos salários aos servidores do Hospital Regional Fernando Bezerra, em Ouricuri (PE), que foi criticada esta semana pela deputada estadual Socorro Pimentel na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), ganhou mais um reforço: o da Associação de Vereadores do Araripe (AVA).
A entidade já se pronunciou sobre a caótica situação do Regional, que foi o principal assunto da reunião da diretoria da AVA na última segunda (26). Já no dia de ontem (27) o vereador e presidente da entidade, Ubirajara, entregou ofício ao hospital, solicitando uma reunião com o diretor daquela instituição para os devidos esclarecimentos acerca dos problemas da unidade médica.
Segundo o presidente da AVA, a reunião é o primeiro passo para encabeçar uma luta com a presença de representantes de todas as câmaras municipais da região. Os vereadores também vão cobrar na ocasião a obra do IML do Araripe.
Durante sessão da Câmara Municipal de Trindade, na tarde de ontem, Ubirajara levou a situação do Regional para os demais pares. “Vamos levar essa luta. O Regional está um caos, vamos ouvir o diretor e a partir daí tomar providências e cobrar melhorias com urgência ao Governo do Estado, junto ao secretário de Saúde. Vamos cobrar também a implantação do IML no Araripe, para que permita condições mais dignas a quem perde um parente aqui na região”, ressaltou.

Blog do BILL NOTICIAS

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Duas pessoas morrem ao caírem de avião no Equador

Boeing 767-300 da empresa Latam Airlines Equador que fazia o voo XL1438 foi obrigado a voltar após o incidente

Avião da Latam
Avião da LatamFoto: Divulgação(Folhape)

Duas pessoas, supostamente de nacionalidade peruana, que viajavam clandestinamente em um avião, morreram nesta segunda-feira (26) quando caíram da aeronave que havia decolado do aeroporto de Guayaquil, no sudoeste do Equador, e que tinha como destino Nova York, informaram as autoridades.

"Duas pessoas entraram no trem de pouso e quando o avião decolou com certeza o sistema os expulsou, ou eles desanimaram (...) e se jogaram", disse o oficial de Polícia Marcelo Tobar, em declarações divulgadas pela imprensa local.

Leia também:
Equador evacua ilhas Galápagos por alerta de tsunami após tremor no México
Avião cai no Irã e mata 66 pessoas


O procurador Carlos Bustamante manifestou, por sua vez, que "o que se sabe é que o avião procedia do Peru. Pelas características dos cidadãos, pode ser que venham do Peru, e daqui (do voo) se dirigiriam aos Estados Unidos, a Nova York".

Um avião Boeing 767-300 da empresa Latam Airlines Equador que fazia o voo XL1438 foi obrigado a voltar após o incidente. "Pode ser que existam mais pessoas dentro do avião, no trem de pouso", assinalou Bustamante. "Lamentamos profundamente que um feito como este tenha ocorrido no Aeroporto de Guayaquil e oferecemos nossas condolências", declarou o diretor da companhia aérea, Manuel van Oordt.

Em um comunicado, divulgado pelo jornal El Universo, o executivo disse que a companhia acredita "que a autoridade determinará as causas" do incidente e assinalou que colaborará em todo o necessário durante o processo de investigação.

Os corpos das pessoas, de entre 25 e 30 anos, foram encontrados na parte sul da pista do aeroporto José Joaquín de Olmedo de Guayaquil. As autoridades investigam o fato que provocou o fechamento temporário das operações no terminal durante uma hora, segundo a Direção de Aviação Civil (DAC).



Blog do BILL NOTICIAS

RUI PIMENTA AO 247: TEMER JÁ É REFÉM DOS MILITARES

Brasil247 | ABR

Em entrevista à TV 247, Rui Costa Pimenta, presidente do PCO, avalia que o governo atual, que chegou ao poder no golpe de 2016, praticamente já acabou e que Michel Temer se tornou refém dos militares, que gradativamente vêm ocupando espaços na administração federal. Segundo ele, o Brasil está a um passo de um golpe militar explícito e "a aliança entre Temer e os militares é a do cordeiro com o leão", ou seja, o mais frágil pode ser devorado pelo mais forte a qualquer momento. 

Ele também avalia que o general Sergio Etchegoyen, chefe do Gabinete de Segurança Institucional, é hoje o homem mais forte do País. "É ele quem está dando as cartas nas questões mais estratégicas", disse Rui Pimenta, lembrando que o novo chefe da Polícia Federal, Rogério Galloro, vinha sendo defendido por Etchegoyen. "É extremamente preocupante a investida dos militares sobre o governo".
Rui concordou com a avaliação feita pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que disse que Temer está "encurralado" pelos militares. Rui Pimenta classifica Temer como um "fantoche" das Forças Armadas, que, por ser a figura mais impopular do Brasil e não ter onde se apoiar, decidiu entregar o poder aos militares. "Ele não tem apoio e só restou a ele essa alternativa".(247).


Blog do BILL NOTICIAS

LULA SERÁ PRESO SE CARMEN LÚCIA NÃO FIZER NADA ESTA SEMANA


 Basta fazer uma coisa ou, melhor, não fazer nada, para Lula ser preso: é só Carmen Lúcia não marcar para esta semana a votação da prisão em segunda instância pedida por Edson Facchin para poder julgar o habeas-corpus pró-Lula. Depois, Inês é morta.
   Se a votação não ocorrer até a próxima sexta-feira, o início do cumprimento da sentença de Lula poderá ocorrer daqui a uma semana, na próxima terça-feira, dia 6, quando o MPF entrega suas alegações contrárias ao recurso da defesa.
   Pressionada por alguns ministros, ela não se abala e prefere se alinhar com os editoriais de “O Globo” que, se fossem levados em conta pela Justiça, Lula já estaria atrás das grades e não com a constituição.
   Carmen Lúcia comete dois grandes equívocos que sem dúvida não serão esquecidos pela história.
   Não coloca em votação uma questão que mantém a constituição brasileira em suspenso, pois revoga o artigo 5º. que afirma categoricamente que ninguém pode ser considerado culpado até se esgotarem todos os recursos da defesa.
   Aprovada pelo plenário do STF em 2016, por um placar apertado, 6 a 5, a prisão depois da condenação em segunda instância é inconstitucional e, portanto, coloca o Brasil fora do grupo de países governados dentro do estado de direito. Nos transforma no país da insegurança jurídica. Nos coloca, novamente, a um passo do AI-5.
   Carmen Lúcia também se omite, por tabela, a questionar os julgamentos de primeira e de segunda instância que condenaram Lula, sem provas concretas, a uma pena extremamente dura, alimentando especulações de que foi uma sentença política.
   Ninguém sabe como a população irá reagir a uma prisão de Lula provocada por um julgamento sujeito à nulidade e pela omissão do STF de recolocar o país nos trilhos democráticos. O governo sabe, porém, que alguma reação irá haver.  
   Por trás dessa convicção pode estar a explicação da intervenção no Rio, implantada a toque de caixa.
   Se Lula for preso e houver algum tipo de revolta, as tropas militares já estão lá, a postos, para reprimir.
   Não custa lembrar que intervenções sempre foram decretadas para reprimir revoltas populares e não prender bandidos.
Inscreva-se na TV 247 e confira ao comentário de Alex Solnik em vídeo:(247).


Blog do BILL NOTICIAS

PE: homem utilizava site de vendas OLX para estuprar vítimas

Última vítima, uma mulher de 30 anos, foi estuprada na segunda-feira (26)
 em um matagal, em Olinda

Parada de ônibus que o criminoso desceu com a vítima
Parada de ônibus que o criminoso desceu com a vítimaFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

(Folhape)

Quatro mulheres foram vítimas de violência sexual. O criminoso escolhia os alvos pelo site OLX. A última vítima, uma mulher de 30 anos que trabalha como cuidadora de crianças, foi estuprada na segunda-feira (26) em um matagal, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife.

O criminoso entrou em contato com a babá se apresentando como policial civil. Os dois marcaram de se encontrar na rua do Sol, na área Central do Recife, para acertar os detalhes da prestação de serviço. Ele se identificou como Alexsandro e disse que precisava de auxílio para cuidar da filha, uma menina de 5 anos. Por telefone, o homem ainda chegou a colocar uma criança para falar com a cuidadora.

Por volta das 18h da última segunda, eles pegaram um ônibus na rua do Sol e seguiram no sentido Olinda, onde seria a casa que a mulher iria trabalhar. O homem estava vestido com uma blusa preta, calça jeans, teria, aproximadamente, 1,70m e possuía uma tatuagem no braço esquerdo. Eles desceram em uma parada do Centro Musical de Olinda e o homem teria arrastado a vítima para um matagal, atrás do Memorial Arcorverde. Lá, ele cometeu o crime de estupro. 

Depois, ele pediu que a vítima colocasse a roupa e fosse embora. Após cinco minutos imóvel, a mulher foi até a pista e pediu ajuda. Uma senhora fez o socorro e levou a vítima para a Delegacia do Varadouro. Na delegacia, a vítima foi informada que outras três pessoas teriam denunciado abusos parecidos recentemente. 

Nos outros depoimentos, o homem se apresentou como Alexandre. Pela semelhança no nome, forma da abordagem e características, os agentes acreditam se tratar do mesmo suspeito. Nesses casos, a abordagem também foi através de anúncios no site de vendas da OLX. A vítima foi encaminhada ao Hospital Agamenon Magalhães, onde passou por profilaxia.

Denúncias podem ser feitas por telefone:
Ouvidoria da Delegacia da Mulher

0800 281 8187

Posicionamento da OLX

Em nota enviada à Folha de Pernambuco, a OLX afirmou que "se solidariza com as vítimas e aguarda mais informações para que possa realizar tratativas sobre o caso". A empresa diz ainda que está à disposição para ajudar nas investigações. Confira o texto na íntegra:

Em resposta à matéria “Homem utilizava site de vendas OLX para atrair vítimas de estupro”, publicada no portal da Folha de Pernambuco, a OLX informa que repudia e lamenta profundamente este fato. Infelizmente, ferramentas que são criadas para auxiliar no desenvolvimento social do país se tornam, eventualmente, um local para ações realizadas por terceiros de má índole, como no caso relatado. Esta atitude vai contra todos os valores que a OLX acredita e defende.

A OLX se solidariza com as vítimas . A empresa reitera, ainda, que está sempre à disposição das autoridades para colaborar nas investigações.


Blog do BILL NOTICIAS

UFBA E UFAM TAMBÉM CRIAM CURSO SOBRE O GOLPE


A disciplina sobre o Golpe de 2016, idealizada pelo professor Luis Felipe Miguel na Universidade de Brasília (UnB) está se espalhando pelas universidades federais brasileiras. 

Depois que a Unicamp reagiu à ameça de censura do ministro da Educação, Mendonça Filho, e resolveu também ofertar a disciplina para alunos de Ciência Política, mais duas universidades também irão ter disciplina sobre o golpe: a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Universidade Federal do Amazonas (UFAM). 
Na UFBA, 22 professores da área de Humanas se juntaram para oferecer a disciplina "Tópicos Especiais em História: O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil". A disciplina será oferecida pelo Departamento de História (FFCH-UFBA) e disponibilizada de forma eletiva para todos os departamentos e pós-graduações da UFBA.
Segundo a nota enviada pelo grupo de professores de História, Sociologia, Economia, Psicologia, Educação, Estudos de gênero, Ciência Política e Direito, a matéria está aberta ao público em geral, que poderá cursá-la como ouvinte.
Já na UFAM, a disciplina será oferecida pelo professor César Augusto Bulbolz Queiróz, do departamento de História, e deve abordar os seguintes tópicos: 1. Golpe de Estado, corporativismo e o legado autoritário da Era Vargas; 2. Golpes e contragolpes no breve período democrático (1945-1964); 3. O golpe civil-militar de 1964; 4. O golpe de 2016: autoritarismo, perda de direitos e reação conservadora. 
Em nota ao site Manaus de Fato, o professor explicou a decisão de oferecer a disciplina. Leia abaixo:
” Vivemos sob tempos sombrios. O avanço das forças conservadoras sobre o conjunto de direitos que haviam sido conquistados pelos trabalhadores se faz constante. A Reforma Trabalhista vulnerabiliza as relações de trabalho e nos impõe um retrocesso de 80 anos! A insistência do governo em realizar a Reforma da Previdência ameaça a aposentadoria de milhões de brasileiros. Tentativas de cerceamento das atividades artísticas e acadêmicas estão virando rotina. A exposição cancelada no Santander, a performance no MAM/SP, os protestos contra a visita de Judith Butler e, agora, a ameaça do MEC de proibição da disciplina ofertada pelo professor Luis Felipe Miguel, da UnB, demonstram que a democracia está em risco e que devemos reagir de forma enérgica contra essas constantes tentativas de censura e aos ataques à autonomia intelectual e às artes. Caso contrário, corremos o sério risco de ficarmos reféns de um governo que pretende silenciar as vozes dissonantes. É uma grave ameaça ao Estado de Direito e à Democracia.
Felizmente, em várias Universidades percebemos uma rede de insatisfação com tais arbitrariedades e de solidariedade com o professor Luís Miguel, sendo que muitos professores vêm ofertando – de forma individual ou coletiva – disciplinas que têm o objetivo de discutir os acontecimentos mais recentes e, ao mesmo tempo, demonstrar que a sociedade não vai se calar diante dessas tentativas de cerceamento de suas atividades artísticas, acadêmicas e culturais. Ademais, diversas associações como a Associação Nacional de História (ANPUH) e a  Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política (Compolítica) têm manifestado apoio ao docente e demonstrado seu repúdio à ameaça de cerceamento da autonomia acadêmica e às liberdades democráticas e constitucionais.
Neste sentido, considerando o contexto político vivenciado pelo país e a tentativa de cerceamento da autonomia universitária, ofertarei nesse semestre uma disciplina que discutirá o tema “Golpes de Estado, autoritarismo e repressão no Brasil Republicano”, buscando abordar, por meio da bibliografia sobre o tema, os golpes de Estado e as crises institucionais vividas no país entre os anos de 1930 e 2018. O objetivo é discutir a tradição autoritária estabelecida no Brasil e demonstrar que o golpe de 2016 se insere em um contexto de disputas políticas que podem ser analisadas na esteira de outras conjunturas de nossa história recente. Assim, dividi a disciplina em tópicos, nos quais pretendo analisar o corporativismo e o legado autoritário da Era Vargas; os golpes e contragolpes no breve período democrático (1945-1964); o golpe civil-militar de 1964 e o golpe de 2016: autoritarismo, perda de direitos e reação conservadora. Analisar de forma crítica a história recente do Brasil é sempre uma oportunidade de refletir sobre nosso presente. E, nesses tempos sombrios, é necessário repensar a importância da atuação do historiador em um momento em que as sombras do passado, fortalecidas pelas mentiras e omissões do presente, teimam em espreitar nossas janelas. Para Hobsbawm, “é comum hoje governos e meios de comunicação inventarem um passado. […] É vital o historiador lutar contra a mentira. O historiador não pode inventar nada, e sim revelar o passado que controla o presente às ocultas”. É bom lembrar isso quando discursos autoritários que  defendem a censura e as intervenções voltam a nos assombrar “.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Após ‘trégua’ das chuvas, Secretaria retoma trabalho de recuperação de estradas na zona rural de Petrolina

 (Foto: Jonas Santos/divulgação PMP)

Após a ‘trégua’ dada pelas chuvas em Petrolina, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário retomou trabalhos de recuperação nas estradas danificadas na zona rural. Para isso uma operação emergencial de tapa-buracos foi montada para agilizar a tarefa.
De acordo com a assessoria, as máquinas da prefeitura já iniciaram os serviços nos pontos críticos das estradas de Rajada a Satisfeito 1. A etapa seguinte da operação vai ser realizada em Santo Antônio, Poço da Onça, Caroá, Atalho e Uruás.
O secretário José Batista da Gama destacou a importância da manutenção constante das estradas. “Estamos trabalhando no sentido de oferecer condições para que os produtores, moradores e alunos que utilizam essas estradas do interior do município tenham mais segurança e melhores condições de trafegabilidade. O nosso município possui uma grande extensão territorial, mas estamos seguindo um cronograma que visa a proporcionar de forma contínua o melhoramento dessas vias“.
Outra patrulha mecanizada está na região de Ponta da Serra, realizando os trabalhos de patrolamento. A programação deve seguir nas localidades de Curral Queimado a Terra Nova e de Ponta da Serra ao Assentamento Terra da Liberdade.(C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

Em Sento Sé-BA, Prefeita adere ao reajuste nacional do piso salarial dos profissionais da Educação


(C.Geral).

Em Sento-Sé, a Prefeita, Ana Passos, aderiu ao reajuste nacional do piso salarial dos profissionais da Educação. A Lei 11.738/2008, diz que o piso salarial do profissional da Educação terá um aumento de 6,81%.
O acréscimo foi através de uma portaria assinada dia 28 de dezembro de 2017 pelo Ministro da Educação, Mendonça Filho. De acordo com o Ministério da Educação, por estar acima do índice de inflação previsto para este ano, o piso nacional do magistério terá ganho real de 3,9% e, portanto, salário de R$ 2.455,35, para jornada de 40 horas semanais. E nos últimos dois anos, os professores tiveram ganho real de 5,22%, o que corresponde a R$ 124,96.
“O município preocupado em valorizar o educador e a boa qualidade da educação assegurou o cumprimento do Piso Salarial dos professores, isso mostra o compromisso da gestão com todos”, disse o Secretário de Educação, Izamar Reis.(Ascom).

Blog do BILL NOTICIAS

[Fotos] Incêndio atinge biblioteca central da UFPE

Do lado de fora, foi possível ver muita fumaça. Corpo de Bombeiros 
foi acionado às 14h20 desta terça-feira (27)
Incêndio atingiu biblioteca central da UFPE
Incêndio atingiu biblioteca central da UFPEFoto: Hugo Nogueira/Cortesia   (Folhape)
Um incêndio de médias proporções atingiu a sala de almoxarifado da Biblioteca Central da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na Cidade Universitária, na Zona Oeste do Recife.  A sala fica localizada no terceiro andar do prédio e o fogo começou por volta das 14h desta terça-feira (27), provavelmente devido a um curto-circuito.
Duas viaturas de combate a incêndio e uma de comando operacional foram encaminhadas pelo  Corpo de Bombeiros ao local, às 14h20. As chamas foram controladas por volta das 15h30. Não houve registro de feridos, e as pessoas que estudavam na biblioteca conseguiram sair sem maiores problemas. O prédio foi evacuado e a energia foi desligada. O acervo da Biblioteca não foi afetado, já que o fogo ficou restrito ao almoxarifado. 

De acordo com o capitão Anderson Primo, que esteve à frente da operação, o incêndio destruiu apenas alguns computadores antigos, aparelhos de ar condicionado e itens de papelaria que estavam estocados no espaço. "Foi uma área relativamente pequena, de apenas 40m², mas o combate demorou um pouco porque havia muito material inflamável, além do risco do fogo se espalhar para outros cômodos", explicou.

Leia também:
UFPE e Faculdade de Direito do Recife recebem aporte de R$ 20 milhões
Biblioteca Pública de Pernambuco restaura seis obras raras


Segundo a Assessoria de Comunicação Social da UFPE, um engenheiro de uma empresa terceirizada que estava na BC realizando a instalação de tomadas em outras salas foi quem percebeu o incêndio e deu o alarme. O diretor do Sistema de Bibliotecas, Elilson Góis, informou que somente após o término completo do trabalho dos bombeiros será possível avaliar os danos causados pelo fogo. As causas serão apuradas pela equipe de Engenharia da Superintendência da Infraestrutura (Sinfra) da UFPE, pelos bombeiros e pelo Instituto de Criminalística (laudo técnico).

Outras informações em instantes
Incêndio na UFPE
Incêndio na UFPEFoto: Lucas Rocha/cortesia


Incêndio atingiu biblioteca central da UFPE
Incêndio atingiu biblioteca central da UFPEFoto: Anderson Stevens / Folha de Pernambuco

Incêndio atingiu biblioteca central da UFPE
ncêndio atingiu biblioteca central da UFPEFoto: Anderson Stevens / Folha de Pernambuco

Incêndio atingiu biblioteca central da UFPE
Incêndio atingiu biblioteca central da UFPEFoto: Anderson Stevens / Folha de Pernambuco

Incêndio atingiu biblioteca central da UFPE
Incêndio atingiu biblioteca central da UFPEFoto: Anderson Stevens / Folha de Pernambuco


Blog do BILL NOTICIAS