terça-feira, 19 de setembro de 2017

COMO LULA NÃO MORREU, MÍDIA IGNORA PESQUISA



Depois que vários colunistas da imprensa conservadora anunciaram a morte do ex-presidente Lula em razão da Lava Jato, mas a realidade insistiu em teimar mostrando o oposto, como se viu na pesquisa CNT/MDA, a solução foi ignorar os resultados. Nos portais ligados aos grupos Globo e Folha, nada se falou sobre o crescimento de Lula, que venceria todos os seus adversários e seria eleito presidente pela terceira vez, se as eleições fossem hoje.
Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (19) aponta Lula liderando as intenções de voto em todos os cenários avaliados para a disputa pela presidência da República em 2018. A intenção de voto estimulada em Lula varia, nos três cenários, entre 32% e 32,7% para o primeiro turno. No segundo turno, a intenção de voto estimulada fica entre 39,8% e 42,8%.
No levantamento que aponta a intenção de voto espontânea, Lula fica à frente dos demais nomes com 20,2% no primeiro turno. O segundo colocado é Jair Bolsonaro, com 10,9%. Na pesquisa divulgada em fevereiro deste ano, o ex-presidente tinha 16,6% das intenções de voto.
O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 16 de setembro de 2017 e ouviu 2.002 entrevistados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. (247).


Blog do BILL NOTICIAS

GLEISI: ‘BASTOU LULA APARECER LIDERANDO PESQUISA PARA QUE VIRASSE RÉU NA ZELOTES’

Lula Marques/Agência PT


Blog do Esmael Morais - O desabafo acima é da senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT. “É só ter notícia boa p/ Lula q lá vem bomba! Por estar na frente em pesquisa é processado + uma vez. Agora por ter reeditado uma MP do FHC”, reagiu a parlamentar pelo Twitter.
Gleisi se refere à pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (19), cujos números, em todos os cenários, põem o ex-presidente Lula como vencedor das eleições de 2018. Lula virou hoje [incrivelmente] réu pela sétima vez na Justiça, que luta para tirá-lo do páreo no ano que vem.
A Justiça Federal em Brasília aceitou hoje denúncia do Ministério Público Federal contra Lula da Silva e o ex-ministro Gilberto Carvalho por corrupção passiva em um dos processos da Operação Zelotes.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

[Fotos] Sobe para 106 o número de mortos no México

O estado de Morelos é até agora o mais afetado, com 42 óbitos
Terremoto no México mata ao menos 106
Terremoto no México mata ao menos 106Foto: AFP



Um terremoto de 7,1 graus sacudiu o México nesta terça-feira, deixando ao menos 105 mortos no centro do país, segundo os primeiros informes das autoridades locais, enquanto continua o resgate em vários edifícios que desabaram, exatamente no 32º aniversário do tremor que destruiu a capital.

O estado de Morelos é até agora o mais afetado, com 42 óbitos, aos quais se somam 26 em Puebla, sete no estado do México, e 30 na Cidade do México, informou em coletiva de imprensa Carlos Valdés, diretor do Centro Nacional de Prevenção de Desastres, subordinado ao ministério de Governo (Interior).

Leia também:
Furacão Maria causa uma morte e dois desaparecimentos em Guadalupe
[Vídeo] Furacão Maria provoca devastação no Caribe
[Galeria] Maria se prepara para atingir Porto Rico após devastar Dominica

Os trabalhos de resgate continuam em vários edifícios que desmoronaram, onde se teme que haja dezenas de pessoas presas nos escombros. Segundo a Prefeitura da Cidade do México, são pelo menos 49 os prédios que desabaram nas zonas do centro e do sul da capital.

O sismo ocorreu no dia em que se completam 32 anos do terremoto de 8,1 graus que deixou mais de 10.000 mortos em 1985 e reduziu a ruínas amplos setores da capital. "Não é possível que tenha sido também em 19 de setembro!" - disse à AFP entre soluços Amalia Sánchez, secretária de 45 anos.

O presidente Enrique Peña Nieto, que estava fora da Cidade do México, voltou à capital para coordenar os trabalhos de resgate. "Estamos retornando neste momento (...) Veem-se imagens de desabamentos, de vários prédios colapsados (...) Tememos uma emergência na Cidade do México", disse o presidente pouco antes de aterrissar em um aeroporto militar da capital.

O aeroporto internacional da Cidade do México suspendeu as operações durante três horas. O sismo desta terça-feira ocorreu às 13h14 locais (15h14 de Brasília). O epicentro localizou-se entre os estados de Puebla e Morelos, perto da capital.

Edifícios desabam
Assim como em 1985, dezenas de civis se transformaram em socorristas improvisados para buscar sobreviventes entre os escombros, em meio a aplausos quando conseguiam tirar uma pessoa com vida.

Na zona de Roma-Condesa, popular com seus bares e restaurantes, também desabou uma escola, que esmagou ao menos dois carros. "Chegamos ao colégio e todo mundo [estava] chorando, todo mundo [ficou] desesperado e as crianças [ficaram] agarradas a uma corda", contou à AFP Jorge López, de 49 anos, que estava com os filhos de 6 e 3 anos.

O acúmulo de pessoas nas ruas e o corte de eletricidade, que deixou sem funcionar os sinais de trânsito, provocam um caos no tráfego do centro.

Em uma primeira reação, o presidente americano, Donald Trump, que está em Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU, expressou apoio ao vizinho do sul, em cuja fronteira prometeu construir um muro separando os dois países, uma de suas mais controversas promessas de campanha.

"Que Deus abençoe o povo do México. Estamos com vocês e vamos ajudá-los", escreveu em sua conta no Twitter.

Enquanto isso, funcionários da Defesa Civil advertiam a população para o risco de vazamento de gás.

"Não fumem! Há vazamentos de gás!", gritavam os socorristas, enquanto corriam pelas ruas na região de Roma Norte.

O pesadelo de 1985 se repete
"Estou consternada, não consigo conter o choro, é o mesmo pesadelo de 1985", disse à AFP, entre lágrimas, Georgina Sánchez, de 52 anos, em uma praça da Cidade do México.

Na manhã desta terça-feira, as autoridades haviam feito uma simulação de terremoto e, como ocorre todo ano, foi lembrada a tragédia de 19 de setembro de 1985.

"Estava caminhando pela (rua) Colima e as janelas começaram a se mexer. Vi as pessoas correndo, começaram a gritar. Ficou muito feio. Não queria me aproximar de nenhuma árvore. Tive que me jogar no chão", contou Leiza Visaj Herrera, de 27 anos.

"Foi bastante forte. Os edifícios começaram a se mexer. As pessoas estão muito nervosas. Vi uma senhora que desmaiou", contou Alfredo Aguilar, de 43 anos.

A Cidade do México conta com um sistema de alertas que se ativa um minuto antes do sismo, mas jornalistas da AFP disseram que desta vez o alerta só foi ouvido no mesmo momento em que se sentiu o tremor.

Em 7 de setembro passado, um terremoto de magnitude 8,1, o mais forte em um século no México, deixou 96 mortos e mais de 200 feridos no sul do país, especialmente nos estados de Oaxaca e Chiapas.(Folhape).

Terremoto no México mata ao menos 106
Terremoto no México mata ao menos 106Foto: AFP



Terremoto no México mata ao menos 106
Terremoto no México mata ao menos 106Foto: AFP


Terremoto no México mata ao menos 106
Terremoto no México mata ao menos 106Foto: AFP










Blog do BILL NOTICIAS

FRUTO DE UM GOLPE, TEMER FALA EM DEMOCRACIA NA VENEZUELA


Em Nova York paraa Assembleia Geral da ONU, Michel Temer participou de encontro promovido pelo presidente dos EUA, Donald Trump, com líderes da América Latina. O jantar teve um tom de doutrinação contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. 
Temer, que só está no poder porque conspirou para derrubar Dilma Rousseff, a presidente legitimamente eleita nas urnas, saiu do jantar repetindo a cartilha americana e falando da necessidade de se defender a democracia na Venezuela. 
Nas redes sociais, Temer virou motivo de chacota por ter sido o único no encontro a precisar recorrer a fones de ouvido com tradução simultânea.S
Segundo a Reuters, em suas primeiras horas em Nova York, Michel Temer não escapou de ouvir protestos e gritos de “Fora Temer” na sua chegada ao hotel em que se encontraria com o presidente norte-americano, Donald Trump, para um jantar.
Confira abaixo reportagem da Agência Brasil sobre o encontro.
Da Agência Brasil
Michel Temer, disse ontem (18), após jantar de trabalho com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e lideranças sul-americanas, que o Brasil tem feito o possível para ajudar humanitariamente o povo venezuelano. A Venezuela foi um dos principais temas tratados no jantar com Trump, que exigiu a restauração "plena" da democracia e das liberdades políticas no país governado por Nicolás Maduro.
Temer deu uma entrevista coletiva a jornalistas após o jantar com Trump e a Venezuela foi o principal assunto. O brasileiro disse que é preciso tratar do tema sobre dois ângulos: o humanitário e o político. No humanitário, ele disse que o Brasil mandou medicamentos para a Venezuela e no político citou o encontro com Leopoldo Lopez, político que faz oposição a Maduro.
Eu próprio relatei que recebi o Leopoldo Lopez, tenho mantido os mais variados contatos, recebi a esposa dele, a mãe dele, para revelar a posição do Brasil em relação à Venezuela”, disse. “As pessoas querem que lá se estabeleça a democracia, não querem uma intervenção externa, naturalmente. Mas querem manifestações que se ampliem, dos países que aqui estão para os países da América Latina, para os países caribenhos, de maneira a pressionar a solução democrática na Venezuela”
Segundo Temer, nenhuma decisão foi tomada durante a reunião, mas os líderes sul-americanos destacaram o problema dos refugiados venezuelanos. “Nós temos mais de 30 mil refugiados no Brasil, milhares de refugiados na Colômbia e alguns até no Panamá. E o que houve foi isso: todos querem continuar a pressão para resolver. Mas a pressão diplomática”, disse.
Temer disse que a possibilidade de sanções à Venezuela não foi discutida efetivamente. Falou-se no tema, mas com ações diplomáticas, como ocorreu em relação ao Mercosul. “No Mercosul, quando nós fizemos reunião na Argentina, a Venezuela foi excluída do Mercosul, melhor dizendo, até nem chegou a entrar, por não ter cumprido as cláusulas democráticas”, disse.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Ato de desagravo a Jarbas reúne lideranças políticas


Ato em solidariedade ao deputado Jarbas VasconcelosFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambu
Lideranças políticas estão reunidas, na noite desta segunda-feira (18), no Empresarial JCPM, para ato de desagravo ao deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB). O evento é organizado por amigos e admiradores do parlamentar, punido por ter votado pelo prosseguimento das investigações contra o presidente Michel Temer (PMDB) e que, com isso, acabou perdendo o controle do PMDB em Pernambuco. Entre os presentes, o governador Paulo Câmara (PSB) e o vice-governador Raul Henry (PMDB).
O ato conta com a presença de diversos nomes do PSB, dentre os quais: Geraldo Julio, prefeito do Recife; o deputado federal Tadeu Alencar e o secretário-geral do partido, Adilson Gomes. Os secretários de Estado Milton Coelho (Administração), Felipe Carreras (Turismo), Antonio Figueira (Casa Civil) e Iran Costa (Saúde) também estão presentes.
Do PMDB, o deputado estadual Tony Gel, o secretário de Habitação, Kaio Maniçoba, e o presidente de honra da legenda, Dorany Sampaio. O deputado estadual André de Paula (PSD) também participa e fala em nome da bancada.
Ao dar início aos pronunciamentos, o mestre de cerimônia ressaltou a história política do deputado federal. “É a força dessa mobilização que nos trouxe até aqui, tem motivo : Jarbas Vasconcelos. Tem 50 anos de PMDB, foi companheiro de Ulysses Guimarães. Sua vida é exemplo de retidão de caráter. Jarbas é mais que uma referência. É um símbolo da política brasileira. Nunca houve uma tentativa de calar a sua voz. Nunca, até agora”.
Durante o ato, o microfone será aberto aos amigos de Jarbas, que se revezarão em sua defesa. Foi passado um vídeo com imagens do parlamentar com Ulysses Guimarães, Pedro Simon. (Blog da Folha).

Blog do BILL NOTICIAS

Salgueiro será segunda cidade a debater interligação dos Rios Tocantins e São Francisco


Depois de Petrolina, Salgueiro (PE) – no Sertão Central – será a segunda cidade a debater o Projeto de Lei n°6.569/13, que trata da interligação dos Rios Tocantins e São Francisco. A proposta é de autoria do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) e foi reeditada, após mais de 20 anos no Congresso. A audiência pública para apresentação do projeto acontecerá na Câmara de Vereadores nesta sexta-feira (22), a partir das 9h, e foi requerida pela vereadora Paizinha Patriota (PSB).
Já aprovado pelo Ministério da Integração Nacional, a interligação dos dois rios visa a compensar o suprimento hídrico do manancial, melhorar o volume de água no Lago do Sobradinho (BA), aumentar a disponibilidade aquática no semiárido e gerar energia a partir da queda d’água na divisa de Tocantins com a Bahia.
O trecho mais oneroso dessa transposição está no Estado de Tocantins, pois haverá necessidade da construção desses canais e elevatórias, para conduzir a água até transpor a Serra Geral de Goiás, na divisa do Estado de Tocantins, com a Bahia“, esclareceu o deputado. As obras, segundo Gonzaga Patriota, durariam no máximo um ano e meio e podem custar entre R$ 3 bilhões e R$ 5 bilhões. Para mais detalhes sobre o projeto, basta acessar aqui. (C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

Não sejamos inocentes: houve uma ameaça de golpe militar

Pedro Ribas/ANPr/Divulgação | ABr | PR

  O “esquecimento seletivo” caracteriza estes tempos estranhos que vivemos no Brasil.  A semana começa sem comentários sobre a ameaça de intervenção militar feita na sexta-feira por um general da ativa,  Antonio Hamilton Mourão, que não foi preso nem advertido por esta ofensa à Constituição.  Seu superior hierárquico, o comandante do Exército, general Eduardo Vilas-Bôas, apenas negou categoricamente esta possibilidade. O ministro da Defesa ficou mudo. Só no início da noite informou ter chamado o comandante do Exército a dar explicações sobre o caso.  Já o comandante-em-chefe das Forças Armadas, que teoricamente é Michel Temer, não deu um pio. Afinal, ele também está no cargo por conta de um golpe, não militar, mas parlamentar.  Quê moral tem para repreender pregações golpistas? Ao invés de esquecer as declarações do general Mourão, devemos nos lembrar de 1964, quando ninguém acreditava num golpe militar. Afinal, a porteira já foi aberta com a derrubada da presidente eleita Dilma Rousseff e a tomada do poder civil por uma organização criminosa. O golpe militar é o degrau que falta para o Brasil completar sua volta ao passado.
         A posse da nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, na manhã desta segunda-feira, guarda uma relação com as ameaças do general Mourão. Disse ele, de farda, em sua palestra de sexta-feira numa loja maçônica de Brasília:  “Ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário,  retirando da vida pública o elementos envolvidos em todos os ilícitos ou então nós teremos que impor uma solução.  Os Poderes terão que buscar uma solução. Se não conseguirem, temos que impor uma solução. E essa imposição não será fácil. Ela trará problemas. Pode ter certeza”. Ah, sim, não temos dúvidas de que os problemas seriam terríveis. Não nos esquecemos dos 21 anos da ditadura militar.
         O discurso de posse de Raquel Dodge, em que pregou a “harmonia entre os poderes”,  não pode ser tomado como roteiro de sua atuação mas, nas entrelinhas, pode-se ler que o MPF, sob seu comando, será mais contido no combate à corrupção. Ela pregou mais ênfase em outras tarefas do Ministério Público, como a defesa dos direitos humanos, do meio ambiente, dos índios, enfim, dos direitos difusos dos cidadãos.  Se esta pregação, que relativiza a prioridade à Lava Jato,  significar essencialmente o fim dos abusos, das delações forçadas, dos vazamentos seletivos, das punições politicamente orientadas e do populismo de alguns procuradores, tanto melhor.
         Mas, caso venha a representar uma freada nas investigações que envolvem Temer e seu grupo no poder,  será a rendição da PGR. E para o general Mourão, a indulgência significará que o problema politico não foi solucionado, “retirando da vida pública os elementos envolvidos em todos os ilícitos”?  E neste caso, teremos o golpe militar?  Ou não se referia ao general aos que estão no governo, acusados de comporem uma quadrilha chefiada por Temer, mas a outras forças políticas? A Lula, por exemplo, com o impedimento de sua candidatura?
         Em sua palestra, o general admitiu a existência de “planejamento” sobre a hipótese de intervenção e acrescentou:  “O que interessa é termos a consciência tranquila de que fizemos o melhor e que buscamos, de qualquer maneira, atingir este objetivo. Então, se tiver que haver, haverá”.  No final de semana, em declaração ao Estado de S.Paulo, minimizou o que disse, dizendo não estar “insuflando nada” e ter falado em nome pessoal.
         Ainda assim, o que ele falou nunca havia sido dito por nenhuma autoridade militar depois de 1985, quando a ditadura chegou ao fim.Foi a confirmação de que ainda pulsa, nas casernas, a tentação intervencionista, adubada a partir de 2013 pelos manifestantes de direita que pediram a volta dos militares.
         O “esquecimento seletivo” não pode apagar esta ameaça. Não podem os democratas fiar-se inocentemente apenas na garantia do comandante do Exército: “ Desde 1985 não somos responsáveis por turbulência na vida nacional e assim vai prosseguir. Além disso, o emprego nosso será sempre por iniciativa de um dos Poderes”, disse o general Villas Bôas. Declarações parecidas também foram dadas por altas patentes antes de 1964.
         Fomos convencidos, nas últimas décadas, de que golpes militares são um anacronismo que não encontram lugar no presente. Mas não acreditávamos também em golpe parlamentar, e ele veio.  Este foi um fato grave, agravado pela ausência de reação dos superiores hierárquicos do general.(247).

Blog do BILL NOTICIAS


INSTÁVEL, GEDDEL JÁ PREOCUPA PLANALTO COM SUA POSSÍVEL DELAÇÃO

Polícia Federal | REUTERS

O Palácio do Planalto se preocupa hoje mais com a possibilidade de o ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso desde o dia 8, fechar um acordo de delação premiada do que com a nova denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República na semana passada contra  Michel Temer.
Em relação a Geddel, a avaliação no Planalto é de que a situação é “praticamente incontornável” depois que a Polícia Federal encontrou R$ 51 milhões em espécie em um apartamento em Salvador, onde foram identificadas as impressões digitais do ex-ministro.
A apreensão do dinheiro, entretanto, segundo os investigadores, jogou por terra o discurso da defesa de que as acusações eram versões de delatores interessados em benefícios. Os R$ 51 milhões materializaram as provas necessárias para sustentar as afirmações dos colaboradores. A homologação da delação de Funaro fortaleceu a tese da acusação contra Geddel.
Além disso, o ex-diretor de Defesa Civil de Salvador Gustavo Pedreira, apontado como homem de confiança de Geddel, cujas impressões digitais também foram encontradas no apartamento, afirmou estar disposto a colaborar com as investigações. Ele já confirmou ter buscado dinheiro em São Paulo a pedido de Geddel. Não está descartada a possibilidade de o ex-ministro ser alvo de outras denúncias.
Distanciamento. Geddel, ao lado de Temer, fazia parte do núcleo duro do PMDB, que inclui os atuais ministros e também denunciados Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). O Planalto avalia que Geddel é temperamental e emotivo e, por isso, não aguentaria muito tempo na prisão. Essas características, disse um auxiliar, podem aumentar ainda mais as chances de o ex-ministro fornecer informações em troca de benefícios.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

PRF lança campanha de conscientização na Semana Nacional do Trânsito



Grupo de Educação para o Trânsito promoverá palestras para crianças, jovens e adultos
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançou nessa segunda-feira (18) uma campanha de conscientização para alertar motoristas e passageiros sobre escolhas corretas para se evitar acidentes e preservar vidas. A ação coincide com o início da Semana Nacional do Trânsito, que segue até o dia 25 de setembro, e tem como tema “Minha escolha faz a diferença no trânsito”.
As peças são compostas por vídeos e gifs animados, que remetem também aos 20 anos do Código de Trânsito Brasileiro. Entre os temas abordados na campanha, estão o uso do cinto de segurança, o excesso de velocidade, as ultrapassagens em local proibido e a embriaguez ao volante.
Em Pernambuco, o Grupo de Educação para o Trânsito da PRF realiza diversas ações que buscam conscientizar crianças, jovens e adultos sobre o papel de cada um na construção de um trânsito mais seguro. Durante esse período, serão realizadas palestras e exibidos vídeos educativos que buscam a mudança de comportamento das pessoas. Este ano, mais de 20 mil motoristas e passageiros foram alcançados com ações deste tipo.
Programação
Terça-feira (19)
Comando educativo no Posto da PRF em Igarassu (BR 101, km 33)
Feira de Trânsito do DETRAN no pátio de eventos de Itapissuma
Quarta-feira (20)
Feira de Trânsito do DETRAN no pátio de eventos de Itapissuma
Quinta-feira (21) e Sexta-feira (22)
Feira de Trânsito na Praça da Abolição, em Olinda
Sábado (23)
Comando Educativo em conjunto com a Operação lei Seca , na BR 101, km 65 (em frente ao depósito do DETRAN) (Ascom), (C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Quase 20 anos depois, Bodódromo perdeu originalidade inicial


Fundado no ano 2000 pelo então prefeito Guilherme Coelho, o Bodódromo, cartão postal e símbolo gastronômico de Petrolina, está perdendo a originalidade. E faz tempo. Agora por lá também se servem pizzas, sanduíches e sushis. Não que o Blog esteja contra qualquer segmento gastronômico. Longe disso. Queremos apenas é que o nosso Bodódromo volte a ser o local apropriado para a degustação da carne do bode e suas iguarias. Exatamente o que o turista vem conferir.
Pode se criar outros espaços com um kit gastronômico diferenciado, mas Bodódromo tem que ser do bode e do carneiro. “Outras pessoas já me falaram sobre isso. É um debate do qual não podemos fugir, temos que enfrentar e conversar“, disse ao Blog a secretária de Cultura Maria Elena.
O certo é que não basta apenas baixar um decreto limitando a comercialização no Bodódromo, é preciso que se aprofunde no estudo com incentivos, recuperação física, treinamento e outras ações que valorizem esse importante ponto de encontro de Petrolina.(C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

Presos suspeitos de crimes tributários em mercadinhos de Pernambuco

Esquema era liderado por dois donos de transportadoras. Eles tiravam nota fiscal para empresa que não existia e desviavam a mercadoria

Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco


Um grupo suspeito de praticar crimes contra a ordem tributária é o alvo da Operação "Destinos Cruzados", deflagrada na manhã desta terça-feira (19) pela Polícia Civil de Pernambuco. O crime ocorria em mercadinhos e outros estabelecimentos em vários locais do estado e era liderado por dois proprietários de transportadoras - um deles já está preso e outro, foragido. 

Leia também:
Operação mira em quadrilha que agia em Goiana, Jaboatão e Itambé
Operação apreende armas e munição no Complexo do Curado

Ao todo, 21 estabelecimentos comerciais estão envolvidos no esquema, que inclui sonegação de impostos, ocultação de notas fiscais, corrupção ativa e uso de empresas laranjas. "Eles tiravam a nota fiscal para uma empresa que não existia, desviavam a mercadoria e outros adquirentes, de forma ilícita, compravam essa mercadoria. O crime é tributário", explica Nelson Souto, gerente de operações da Diretoria Integrada Especializada da Polícia Civil (Diresp).
Souto conta que pelo menos três indivíduos participavam da ação. "Eles já vinham cometendo esses crimes há bastante tempo. Fiscais tributários estão nos locais fazendo avaliações", afirma. Foram apreendidos quatro caminhões, uma quantia de dinheiro não informada e arma de fogo. "Duas transportadoras chefiavam a associação criminosa através dos seus proprietários e toda uma rede que participava desses crimes", afirma. 

Estão sendo cumpridos oito mandados de prisão preventiva, cinco mandatos de condução coercitiva e 17 mandados de busca e apreensão nas cidades de Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Pombos, Bom Conselho, Arcoverde e Salgueiro. Esta é a 34ª operação de repressão qualificada do ano.

A operação contou com o efetivo de 100 policiais civis, 74 auditores da Secretaria da Fazenda, um caminhão baú para a remoção das mercadorias apreendidas e 31 viaturas. Os presos e os materiais apreendidos serão encaminhados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no Cordeiro, Zona Oeste do Recife.(Folhape).
 Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Operação Destinos Cruzados, da Polícia Civil
Operação Destinos Cruzados, da Polícia CivilFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco



Blog do BILL NOTICIAS





ADVOGADOS VÃO USAR PARECER DE JANOT NA DEFESA DE LULA

Ag PT e Agência Brasil

Os advogados de Lula vão juntar à apelação que fizeram ao TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) um parecer de Janot sobre a delação premiada de Léo Pinheiro -o ex-presidente da OAS cujo depoimento foi considerado fundamental para a condenação de Lula.
Ao negar aos advogados acesso às tratativas de delação premiada de Pinheiro, Janot disse que "nesse momento, ainda não se tem certeza acerca do fornecimento de informações incriminadoras" sobre Lula. O parecer foi feito depois da condenação do ex-presidente.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Governador Paulo Câmara diz que espera contar com PMDB em 2018

O Deputado Jarbas Vasconcelos, o Governaor Paulo Câmara e o Vice, hoje secretário Rauk Henry

Apesar de o PMDB está com um pé dentro da oposição, o governador Paulo Câmara (PMDB) afirmou, hoje, que espera contar com o partido no seu palanque em 2018. Atualmente, a legenda está oficialmente na base do governo, mas está prestes a assumir um projeto de oposição por meio das mãos do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB). O grupo dos Coelho e de Jarbas estão em pé de guerra pelo comando do partido.
“Eu acredito que todo esse esforço será reconhecido. Eu não trabalho com outra hipótese a não ser ter o PMDB de Jarbas e Raul em 2018”, disse o governador durante ato de desagravo em favor do deputado Jarbas Vasconcelos e o presidente estadual do PMDB, Raul Henry. A cerimônia vem após aliados do senador FBC ingressarem com um pedido na executiva nacional pedindo a dissolução do partido para Bezerra assumir o comando e liderar um projeto solo ao governo.
Durante o evento, Paulo Câmara demonstrou solidariedade aos aliados e avaliou que a tentativa de dissolver o diretório, o que tiraria o PMDB do palanque do PSB, um equívoco. “Jarbas fundou o PMDB. Trabalhou e dedicou a sua carreira política pela construção do partido. Lutou pela redemocratização, por um País mais justo e essa luta continua. Essa luta de Jarbas não será em vão”, disse ressaltando que o PMDB sob as mãos de Jarbas e Henry tem ajudado a gestão a governar questões desafiadoras.
O governador também rebateu as críticas de que a dissolução vinha pela baixa eficácia eleitoral por parte da atual gestão. Segundo ele, Raul Henry é um grande presidente e fez o partido crescer. “É uma grande injustiça o que está acontecendo”.(Blog da Folha),(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Homens são detidos após tentarem levar grades de praça no Bairro José e Maria

(Fonte/foto Ascom PMP)

Equipes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina prenderam na noite do último domingo (17) dois homens no Bairro José e Maria, zona norte da cidade. José Ilson Silva Passos, de 38 anos, e Deusdedit Plínio Dias Neto, de 26, foram flagrados tentando roubar as grades da Praça da Amizade. Um policial que passava pelo local viu os dois serrando as grades e imediatamente deu voz de prisão à dupla. Em seguida, equipes da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da GCM foram acionadas.
Os homens disseram que iam colocar as grades numa casa de cachorro que haviam construído.
Tanto José Ilson quanto Deusdetit foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil (PC) do Bairro Ouro Preto, na zona oeste, onde foram apresentados. Além das grades retiradas nesta última ação, outras seções do gradeamento da praça estão faltando. Elas vão ser recuperadas, em breve, pela prefeitura. (C.Britto).
Blog do BILL NOTICIAS

COM VISITA DE TEMER, VENDA DA AMAZÔNIA É DENUNCIADA EM NOVA IORQUE

Juliana Moura Bueno/Revista Fórum

A venda da Amazônia com o decreto presidencial que extingue a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca) e libera milhares de hectares de floresta às empresas de mineração foi denunciada, nesta segunda-feira (18), em Nova Iorque (EUA). O protesto organizado pelo Avaaz ocorre no dia em que Michel Temer foi ao país para jantar com o presidente norte-americano Donald Trump.
“Pare de matar a Amazônia”, dizia a imagem projetada no carro de som que circulou pela cidade.
No encontro com Trump, Temer tratou, entre outros assuntos, da situação na Venezuela.
Além do protesto do Avaaz, os Coletivos Brado e Defend Democracy in Brazil se juntam na frente do hotel em que Temer ficará hospedado para protestar também sobre a questão amazônica.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

"Não vamos mais admitir", diz Paulo Câmara após mortes na Entra Apulso

Governador também se pronunciou sobre caso de jornalista atingido por bala perdida em Caruaru, no Agreste
Paulo Câmara deu declarações antes de evento


O governador Paulo Câmara disse, no início da noite desta segunda-feira (18), que a morte de duas pessoas carbonizadas dentro de um carro em Boa Viagem, no Recife, na noite do domingo (17), é “inadmissível”. A suspeita é de que o crime tenha relação com a disputa pelo tráfico de drogas no bairro, situado numa região nobre da Zona Sul, nas proximidades do Shopping Recife. A declaração foi dada pouco após a chegada do governador a um evento em apoio ao deputado federal Jarbas Vasconcelos.
“Primeiro, vamos prender essas pessoas. Não vamos mais admitir isso. E segundo, vamos intensificar as ações. O tráfico de drogas não vai predominar em Pernambuco, apesar de estar aumentando em todo o Brasil. Vamos prender e fazer ações que não deixem o tráfico de drogas avançar no âmbito do Recife, da Região Metropolitana e em todo o Estado”, afirmou.
Câmara disse também que as polícias pernambucanas têm prendido muitas pessoas que, depois, acabam sendo soltas pela Justiça. “A polícia espera que essas pessoas que vão ser presas continuem presas, porque estamos com muitos casos de pessoas que estão sendo presas pela terceira, pela quarta, pela quinta vez”, declarou.
O governador também foi questionado sobre o caso do jornalista Alexandre Farias, atingido por uma bala perdida durante uma ação policial em Caruaru, no Agreste do Estado, na noite do sábado (16). “O Alto do Moura já tem tido o policiamento reforçado, toda a Caruaru. Já estavam programadas ações desde a semana passada lá. Estamos com o efetivo reforçado independentemente do caso que ocorreu no sábado, porque já havia ações previstas”, afirmou.
No fim da tarde, a Secretaria de Defesa Social (SDS) anunciou a prisão de três envolvidos no caso. Um quarto suspeito foi morto, e um quinto está foragido.
Ainda sobre Caruaru, Câmara acrescentou que, nos próximos dias, um batalhão será instalado na cidade com 300 novos policiais. “Tenho certeza de que vamos ter condições de reverter de toda essa curva de criminalidade em nosso estado a partir desse planejamento que não é de hoje, que envolveu nos últimos três anos R$ 10 milhões, que vai continuar sendo feito da forma que a gente planejou, com os resultados que a gente vai querer, a partir da chegada desses novos policiais”, completou. (Folhape).

Blog do BILL NOTICIAS