sábado, 14 de setembro de 2019

Lula já usa aliança e planeja se casar quando deixar a prisão

Bresser revela que Lula está apaixonado e vai casar
Bresser revela que Lula está apaixonado e vai casar

O ex-presidente Lula passou a usar aliança e vai se casar com a socióloga Rosângela Silva assim que deixar a prisão, informa a colunista Sonia Racy, no Estado de S. Paulo. Lula vem sendo mantido como preso político desde abril de 2018, quando foi detido por ordem do ex-juiz Sergio Moro para ser impedido de disputar uma eleição presidencial que venceria no primeiro turno, segundo todas as pesquisas
"Lula está usando aliança na mão esquerda e, segundo amigos que estiveram com ele, empolgado para casar com Janja, a socióloga Rosângela Silva, 52 anos. Ela mora em Curitiba e há duas semanas foi incluída como 'família” na lista de visitantes autorizados do ex-presidente na sede da PF. Lula quer festa, mas só quando deixar a prisão", informa a colunista Sonia Racy, no Estado de S. Paulo.(247)
Lula vem sendo mantido como preso político desde abril de 2018, quando foi detido por ordem do ex-juiz Sergio Moro para ser impedido de disputar uma eleição presidencial que venceria no primeiro turno, segundo todas as pesquisas.


Blog do BILL NOTICIAS

Grave! Governo federal pretende cortar em 45,5% o orçamento da Embrapa em 2020

Recursos anunciados não seriam suficientes nem para pagar os funcionários da maior estatal 
de pesquisa do país
Resultado de imagem para embrapa

O governo federal pretende cortar em 45,5% o orçamento da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) em 2020. No projeto de lei do orçamento enviado ao Congresso no fim de agosto está previsto um valor de R$ 1,982 bilhão à maior estatal de pesquisa do país. Esse valor representa redução de R$ 1,732 bilhão em relação ao orçamento aprovado para este ano, de R$ 3,634 bilhões.
Do recurso total anunciado para a Embrapa em 2019, R$ 3,077 bilhões são para encargos e despesas pessoais. Ou seja, seria necessário um aporte de R$ 1,095 bilhão no orçamento estimado para 2020 só para pagar funcionários. Para despesas com pesquisas e outros gastos faltariam mais R$ 557 milhões.
A Embrapa informou ter recebido a proposta do orçamento para o próximo ano “com preocupação”, pois os recursos “não serão suficientes para cobrir as despesas institucionais”. Segundo a estatal, a proposta de 2020 prevê o destino de mais R$ 1,796 bilhão, mas o valor está alocado na chamada “fonte 944”. Recursos dessa fonte são contingenciados na sanção do orçamento e só são liberados com a aprovação de outros projetos de lei de abertura de créditos suplementares, ou especiais, e pela maioria absoluta do Congresso.
De acordo com a Embrapa, essa fatia passível de contingenciamento prévio, de R$ 1,796 bilhão, “inclui recursos destinados ao pagamento de pessoal e, potencialmente, às aplicações em custeio e investimentos”. “A diretoria executiva da Embrapa mantém seu alinhamento às determinações das instâncias superiores e decisórias do processo de execução da lei orçamentária.
O gasto com pessoal, numa empresa de inovação e geradora de conhecimento, como a Embrapa, é estratégico e fundamental para alavancar a atividade fim.”A Embrapa informou que avalia os valores apresentados na proposta e que “realizará os esforços necessários para se adequar ao orçamento que será aprovado até o fim do ano pelo Congresso Nacional”.
Paralelamente, de acordo com a estatal, áreas técnicas da sede da empresa “avaliam demandas institucionais prioritárias, bem como estudos de cenários e impactos junto às unidades descentralizadas, e apresentarão proposta à diretoria executiva da Embrapa, para fins de deliberação”.Os estudos serão feitos com o objetivo de acompanhar o ciclo de aprovação do orçamento federal de 2020 e “seus reflexos no triênio seguinte, produzir análises de interesse estratégico e propor e articular ações que busquem o financiamento necessário para as ações de gestão institucional, pesquisa e inovação agropecuária”.
Demissões
Entre as medidas já adotadas para reduzir gastos com a folha de pagamento, que consome 85% do orçamento da Embrapa, está um Programa de Demissão Incentivada (PDI). A medida contou com a adesão de 1.359 empregados, dos quais 375 foram desligados em agosto. O restante terá seus contratos rescindidos até dezembro deste ano. O custo com as rescisões já executadas foi de R$ 40 milhões, aproximadamente, e o PDI deve trazer uma economia no orçamento de pessoal de R$ 120 milhões por ano até o fim de 2020, segundo a Embrapa.As rescisões são escalonadas e duram cinco meses, com fatias mensais de desligamentos de empregados entre agosto e dezembro.
Mas, segundo fontes da Embrapa, o cronograma de saída dos funcionários que aderiram ao PDI está ameaçado pela falta de recursos já em 2019. Alguns foram informados por e-mail que os desligamentos de novembro e dezembro poderão ser postergados para 2020.
Gratificações
A Embrapa gasta R$ 75,25 milhões por ano com o pagamento de gratificações a funcionários. Levantamento feito pelo Broadcast Agro e por funcionários da Embrapa, a partir de dados públicos disponíveis na internet, aponta o destino de R$ 5,79 milhões por mês (12 meses mais 13.º salário) para um grupo de pouco mais de 1 mil dos 9 mil empregados.Esses funcionários exercem cargos de chefia, assessoria, coordenação, gerência e supervisão e recebem entre R$ 3.534,98 e R$ 11.654,47 por mês de comissão, além dos salários fixos.

Para efeito de comparação, um chefe de departamento de uma universidade federal ganha R$ 975,51 e um coordenador de curso R$ 983,18 de gratificação.Segundo a estatal, “o gasto com gratificações realizado pela Embrapa é um processo em contínua revisão e abarca empregados com elevado nível de escolaridade. A revisão das gratificações e a análise de potenciais impactos estarão contempladas em estudos que serão realizados pelas equipes técnicas da empresa”. (ÉPOCA NEGÓCIOS)


Blog do BILL NOTICIAS

Dino diz que Lula terá que ser solto em no máximo três semanas

Em nome de Lula, Haddad anuncia ida ao Maranhão e apoio a Dino
Em nome de Lula, Haddad anuncia ida ao Maranhão e apoio a Dino

A prisão política do ex-presidente Lula, determinada pelo ex-juiz Sergio Moro para que ele não disputasse as eleições presidenciais de 2018, que venceria no primeiro turno, terá que chegar ao fim em no máximo três semanas. Quem garante é o governador do Maranhão, Flávio Dino, que foi juiz e passou em primeiro lugar no mesmo concurso prestado por Moro.(247)





Blog do BILL NOTICIAS

RELATÓRIO OMS - mostra que 5 pessoas morrem a cada minuto por erro médico

  Por: Agência Brasil
A pesquisa mostra que anualmente 2,6 milhões de pessoas morrem nos 150 países de baixo ou médio rendimento devido a tratamentos médicos errados. Foto: Pixabay (Foto: Pixabay)
A pesquisa mostra que anualmente 2,6 milhões de pessoas morrem nos 150 países de baixo ou médio rendimento devido a tratamentos médicos errados. Foto: Pixabay


Relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que todos os anos milhões de pessoas sofrem as consequências, muitas vezes fatais, de erros médicos. As vítimas são sobretudo pessoas de camadas sociais mais pobres.

Em entrevista em Genebra, o chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, informou que "morrem por minuto cinco pessoas devido a tratamento inadequado".

Outro representante da organização, Neelam Dhingra-Kumar, comentou que se trata de "um problema global", muitas vezes explicável por uma hierarquia demasiadamente rígida nos sistemas de saúde, em que médicos ou enfermeiros mais jovens não se atrevem a falar, ou funcionários encobrem erros cometidos por temer represálias.

Ainda segundo a OMS, quase metade (40%) dos pacientes sujeitos a tratamento ambulatório sofre os efeitos de erros médicos, percentual que baixa significativamente nos hospitais, embora permaneça, ainda assim, em preocupantes 10%.

A pesquisa mostra que anualmente 2,6 milhões de pessoas morrem nos 150 países de baixo ou médio rendimento devido a tratamentos médicos errados.

Os erros médicos abrangem desde diagnósticos errados a medicamentos errados, desde radiações inapropriadas a infecções hospitalares. A esses e outros erros possíveis são acrescentadas, por exemplo, a amputação de um membro quando a indicação era de amputar outro, ou a operação de um hemisfério cerebral quando a indicação era de operar o outro.

A ideia de que os erros médicos podem ser justificados por medidas de contenção financeira é contestada pelos peritos da OMS, mostrando que, pelo contrário, os sistemas onde os pacientes são, com frequência, vítimas desses erros acabam por gastar mais dinheiro para remediar os danos.

O exemplo inverso é o dos hospitais Medicare, nos Estados Unidos, que teriam poupado o equivalente a cerca de 25 bilhões de euros entre 2010 e 2015 devido a melhores controles de segurança, para evitar os erros. A Alemanha é também apontada como um bom exemplo na prevenção dos erros médicos.



Blog do BILL NOTICIAS

Drones atacam centros de petróleo saudita e colocam em risco suprimento mundial


Da Reuters - O grupo houthi do Iêmen, alinhado ao Irã, atacou duas instalações no centro da indústria petrolífera da Arábia Saudita, incluindo a maior instalação de processamento de petróleo do mundo, um ataque que, segundo três fontes, desestabilizou importações e exportações.
Fumaça gerada por incêndios em instalação petrolífera da Aramco em Abqaiq, Arábia Saudita REUTERS/Stringer
O ataque ocorreu antes do amanhecer às instalações da Saudi Aramco e gerou vários incêndios, embora o reino, maior exportador de petróleo do mundo, tenha dito que eles estavam sob controle.
Três fontes próximas ao assunto afirmaram que a produção de petróleo e as exportações serão afetadas. Uma fonte disse que a produção de 5 milhões de barris por dia seria impactada - perto da metade da produção do reino -, mas não deu mais detalhes. 
A televisão estatal disse que as exportações continuam, embora a Aramo ainda não tenha se pronunciado desde o ataque, que os houthis afirmam ter envolvido 10 drones. As autoridades ainda não disseram se a produção de óleo ou as exportações serão afetadas.
A Arábia Saudita, que liderou uma coalizão militar sunita que interviu no Iêmen em 2015 contra os houthis, culpou o Irã por ataques anteriores, algo que Teerã nega. Riad acusa Teerã de armar os houthis, acusação negada pelo grupo e pelo governo iraniano.
A TV estatal Ekhbariya, citando seu correspondente, afirmou que não houve vítimas nos ataques deste sábado. Uma testemunha da Reuters próxima ao local afirmou que pelo menos 15 ambulâncias foram vistas na região e que há forte presença de forças de segurança ao redor de Abqaiq.

REUNIÃO DE CRISE

Abqaiq fica 60 quilômetros ao sudoeste do quartel-general da Aramo, em Dhahran. A instalação lida com óleo bruto do maior campo convencional de petróleo do mundo, o supergigante Ghawar, e com exportações aos terminais Ras Tanura - maior instalação de carregamento de petróleo offshore do mundo - e Juaymah. Também bombeia para o oeste, atravessando o reino, aos terminais de exportação do Mar Vermelho.
Duas fontes afirmaram que Ghawar queimava gases depois que os ataques atingiram instalações de processamento de gás. Khurais, 190 quilômetros mais para o sudoeste, tem o segundo maior campo petrolífero do país.
As três fontes disseram que a Aramo havia elevado níveis de emergência e realizava uma reunião de crise após o ataque.
Foi o último de uma série de mísseis e ataques de drones dos houthis a cidades sauditas, a maioria dos quais interceptados. Mas recentemente os ataques conseguiram atingiram seus objetivos, incluindo o campo petrolífero de Shaybah, no mês passado, e estações de bombeamento de óleo, em maio. Os dois ataques causaram incêndios, mas não interromperam a produção.
“É uma situação relativamente nova para os sauditas. Por muito tempo, eles nunca tiveram medo real de que suas instalações de óleo fossem atingidas pelo ar”, afirmou o diretor fundador do Centro de Política Global, Kamran Bokhari, baseado em Washington, à Reuters.

CHAMAS E FUMAÇA

Horas depois do ataque em Abqaiq, a testemunha da Reuters disse que fogo e fumaça ainda eram visíveis, mas que começavam a desaparecer. Imagens filmadas pela Reuters mostravam chamas vivas e grossas fumaças subindo em direção ao céu. Um veículo de emergência foi visto correndo em direção ao local.
O Ministério do Interior da Arábia Saudita disse que equipes de segurança industrial da Aramco trabalharam para conter o fogo desde às 4:00, horário local, conseguindo controlá-lo. A origem dos drones não foi identificada, mas disse que havia uma investigação em andamento.
A coalizão liderada pela Arábia Saudita lançou ataques aéreos à província de Saada, no norte do Iêmen, um bastião houthi, neste sábado, disse uma testemunha da Reuters. A Masirah TV, controlada pelos houthis, disse que aviões de guerra queriam atingir um campo militar.
O porta-voz militar dos houthis, sem apresentar evidências, afirmou que os drones atingiram refinarias nos dois locais sauditas, que estão a mais de 1.000 quilômetros da capital do Iêmen, Sannã, e prometeu ampliar os ataques contra a Arábia Saudita.
As tensões na região cresceram nos últimos meses, depois que os Estados Unidos saíram de um acordo nuclear internacional e estendeu suas sanções econômicas ao Irã.

Blog do BILL NOTICIAS

Celpe dá desconto de 50% em compra de painel de energia solar para clientes

Resultado de imagem para Celpe dá desconto de 50% em compra de painel de energia solar para clientes

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) vai dar descontos de 50% para a compra de painéis solares por clientes interessados em gerar parte da própria energia que consomem. A medida faz parte do Projeto Bônus Solar, que será lançado na próxima segunda-feira (16) e pretende atender 500 clientes residenciais em Pernambuco até 2020.
A iniciativa viabilizada por meio do Programa de Eficiência Energética (PEE), regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os interessados devem se inscrever no site da Celpe  para terem acesso aos descontos nos painéis de energia solar. Além disso, para se inscrever é preciso estar adimplente com a concessionária e ter um consumo médio mensal mínimo de 350 kWh nos últimos 12 meses.
De acordo com a Celpe, as cidades que serão contempladas pelo projeto são Recife, Jaboatão dos Guararapes, Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Igarassu, Ipojuca, Moreno, Olinda, Paulista e São Lourenço da Mata, todos na Região Metropolitana do Recife (RMR).(JC)


Blog do BILL NOTICIAS

Primeira central nuclear flutuante do mundo chega a porto no Ártico

 Por: AFP - Agence France-Presse
Central nuclear será conectada à rede elétrica local e estará operacional no final do ano. Foto: Handout / ROSATOM / AFP
Central nuclear será conectada à rede elétrica local e estará operacional no final do ano. Foto: Handout / ROSATOM / AFP

Desenvolvida pela Rússia, a primeira central nuclear flutuante do mundo chegou neste sábado (14) a seu porto de estacionamento permanente em Pevek, após uma viagem de 5.000 quilômetros pelo Ártico - informou a agência nuclear russa Rosatom.

"A central nuclear flutuante Akademik Lomonosov chegou (...) a Pevek, no Distrito Autônomo de Chukotka", onde será conectada à rede elétrica local e estará operacional no final do ano, acrescentou a Rosatom em um comunicado.

Destinada a alimentar o desenvolvimento da produção de hidrocarbonetos em zonas excessivamente isoladas, a central flutuante zarpou de Murmansk, porto do grande norte da Rússia. Lá foi carregada com combustível nuclear, em 23 de agosto, em direção a Pevek.

Com dois reatores com capacidade de 35 MW cada, a Akademik Lomonosov foi rebocada por vários navios. Esta central deve cobrir o consumo de 100 mil pessoas e servir, principalmente, para alimentar as plataformas petrolíferas da região, enquanto a Rússia desenvolve a exploração de hidrocarbonetos no Ártico.

"Pode ser um pequeno passo para o desenvolvimento sustentável no Ártico, mas é um passo gigantesco para a descarbonização de zonas remotas fora da rede e um ponto de inflexão no desenvolvimento de pequenas centrais nucleares moduláveis do mundo", declarou o diretor da Rosatom, Alexei Likhatchev, citado no comunicado.

Organizações ambientais, em particular a Greenpeace Rússia, denunciam este projeto há anos, temendo "graves consequências" para esta região muito frágil em caso de tempestade, ou acidente.



Blog do BILL NOTICIAS

Em Petrolina, Guilherme Boulos afirma que Nordeste é “vítima de perseguição” de Bolsonaro

  Via:Carlos Britto
Crédito da foto: Jean Brito


À frente de uma caravana que vem percorrendo o país discutindo o atual cenário político e econômico do país, o ex-candidato a presidente da República pelo PSOL, Guilherme Boulos, desembarcou ontem (13) no Vale do São Francisco para uma série de compromissos. A maior parte deles aconteceu em Petrolina, onde Boulos concedeu uma coletiva de imprensa na Câmara de Vereadores, no final da tarde, e teve uma roda de conversas à noite com estudantes do campus local da Universidade de Pernambuco (UPE).
Ao lado de integrantes do PSOL municipal e de Pernambuco, Boulos afinou as críticas contra o Governo Bolsonaro. Um dos pontos atacados por ele diz respeito à questão do ensino superior, uma vez que as universidades e institutos federais estão entre “as vítimas preferenciais das políticas de desmonte” do atual governo.
Boulos lembrou que há universidades (a exemplo da Univasf) sem dinheiro para pagar a conta de luz e outras a ponto de parar as atividades porque não têm papel higiênico nos banheiros. “É um descaso com a educação, e descaso com a educação é descaso com o futuro, com as próximas gerações”, alfinetou.
O líder do PSOL destacou também que o foco de suas visitas têm sido o Nordeste. Na quinta (12) ele passou por Recife e Caruaru, em Pernambuco, e já tinha ido a Aracaju (SE). Para Boulos, a região transformou-se no principal alvo das políticas de Bolsonaro, não apenas pelas palavras de “desprezo, desrespeito e preconceito” contra os nordestinos, mas pelo corte drástico de investimentos.
Boulos lembrou que, no ano passado, o Nordeste teve 21% dos financiamentos viabilizados pela Caixa. Em 2019, esse número foi de apenas 2%. “Esses financiamentos são fundamentais para obras públicas, para habitação popular. Há uma perseguição de Bolsonaro com o Nordeste, que é uma região que depende muito do investimento público federal”, cutucou.
Juazeiro
Antes de ir a Petrolina, Boulos também cumpriu uma breve agenda em Juazeiro (BA). Lá, ele concedeu entrevista a uma emissora de rádio e visitou um terreiro de candomblé que vem sendo alvo de intolerância religiosa. Boulos, inclusive, lamentou o fato e defendeu que todos os brasileiros possam ter a liberdade de se expressar. “Independente da religião que as pessoas tenham, da fé que as pessoas professem, essa liberdade precisa ser garantida no nosso país”, completou.

Blog do BILL NOTICIAS

Câncer infantil é a segunda maior causa de morte entre crianças e jovens de 0 a 19 anos

Se detectado precocemente, as chances de cura são de 80%


O mês de setembro procura trazer um alerta para profissionais de saúde, pais e a sociedade em geral sobre um importante tema, o câncer infantil. A campanha Setembro Dourado, incentivada pelo Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) e várias instituições de referência no tratamento contra a doença, busca estimular a detecção precoce do câncer, que aumenta as chances de cura e minimizar possíveis sequelas físicas e psicológicas. Apesar de raro, representando de 1% a 3% de todos os tipos de câncer em qualquer idade, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), 12.500 jovens devem ter tido a doença em 2018, ocasionando 2.704 mortes.
Os cânceres são as principais causas de morte por doença entre 0 a 19 anos, atrás apenas das causas externas, os acidentes. Porém, se identificado no início, essa realidade pode mudar e as chances de cura são de quase 80%. Perda de peso contínua e inexplicável, dores de cabeça com vômito de manhã, inchaço ou dor persistente nos ossos ou articulações, protuberância ou massa no abdômen, pescoço ou qualquer outro local, desenvolvimento de uma aparência esbranquiçada na pupila do olho ou mudanças repentinas na visão, febres recorrentes não causadas por infecções, hematomas excessivos ou sangramento, geralmente repentinos, palidez perceptível ou cansaço prolongado – são alguns sintomas de doenças mais comuns, mas que podem identificar o aparecimento do câncer. “É necessário que as crianças tenham o seu desenvolvimento acompanhado por um profissional de saúde durante toda sua infância e juventude, assim eles podem identificar quando esses sintomas não estão relacionados com doenças comuns da infância, como viroses e resfriados”, destaca o oncologista pediátrico do HCP, Dr. Tadeu Calheiros.
Diferente do câncer em adultos, que afeta as células que recobrem os diferentes órgãos, o câncer nas crianças geralmente atinge as células do sistema sanguíneo e os tecidos de sustentação. Mundialmente, a leucemia corresponde à maioria dos casos, seguido pelo tumor cerebral. Tumor de Wilms (afeta os rins), retinoblastoma (afeta as células que formam a retina), neuroblastoma (tumor fora do cérebro), Rabdomiossarcoma (câncer de partes moles – músculos), tumores do Sistema Nervoso Central, tumores ósseos e linfoma são os cânceres infanto-juvenis mais recorrentes. “Diagnosticado o tipo da doença, o tratamento começa imediatamente. Dependendo da extensão do caso, o paciente pode passar por cirurgia, quimioterapia, radioterapia ou a junção de ambos. Independente do tipo de tratamento, ele deve ser realizado de forma integrada com a equipe multiprofissional (enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, fisioterapeutas, entre outros), que auxiliam nas possíveis alterações físicas e emocionais que podem ocorrer no tratamento”, explica Dr. Tadeu.

Blog do BILL NOTICIAS

Desmoralizado pela Vaza Jato, Deltan agora admite virar político

(Foto: ABr)

Acossado por um volume gigantesco de denúncias da Vaza Jato e com a imagem desgastada pelas falas desumanas, jocosas e oportunistas reveladas pelas reportagem do The Intercept Brasil, o procurador Deltan Dallagnol afirma que pode ser candidato a algum cargo politico. "O futuro a Deus pertence", diz ele. 
A reportagem do portal Uol destaca que "o coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, declarou em entrevista para o jornal Correio Braziliense que a recente difusão de informações que ele considera falsas fez a operação "sangrar", atraindo críticas de "tubarões" que antes eram alvo de investigações. O procurador também não descartou se candidatar para disputar eleições no futuro."
A matéria ainda sublinha que "o procurador disse que começou a pensar em virar candidato porque muitas pessoas o incentivaram. Mesmo sem descartar uma futura candidatura, no momento ele decidiu que tem "mais a contribuir como procurador". "O futuro a Deus pertence. Hoje, me mantenho integralmente focado em fazer o melhor que posso na Lava Jato", disse Deltan, que afirmou não ter tido nenhuma conversa com legendas ou políticos para discutir o assunto."(247)


Blog do BILL NOTICIAS