sexta-feira, 29 de junho de 2018

Atenção Petrolina e Juazeiro, cuidado! Tem dinheiro falso rolando na região. Não seja vítima


(G1 BA)

A Polícia Federal iniciou uma investigação neste mês em Juazeiro BA, para apurar a falsificação de dinheiro no município. De acordo com a Policia Federal, em menos de 30 dias, quatro golpes foram registrados na cidade. Até então, R$ 9.500 mil em cédulas falsas foram apreendidos.
Entre os golpes registrados, dois ocorreram durante a venda de veículos. Um homem que prefere não se identificar conta que foi surpreendido ao tentar depositar R$ 2.400 mil provenientes da venda de uma motocicleta que foi anunciada nas redes sociais. Todas as 24 cédulas de R$ 100 eram falsas.
“É um sentimento muito ruim, né? Porque tomar um golpe desses é um baque muito grande, né?”, contou o homem.
Além deste caso, outro parecido foi registrado na terça-feira (26). De acordo com o delegado da PF Rodrigo Andrade, um homem vendeu um carro por R$ 5.200 mil, mas, em seguida, percebeu que o dinheiro que recebeu era falso.
Conforme o delegado, todas as cédulas apreendidas possuem os mesmos números de série: EB57289291 e CC135792468. Ainda não há informações sobre suspeitos. O caso está sob investigação.
“Eles tentam, de alguma forma, colocar no comércio. Seja comprando, no caso aqui, que a gente identificou, foi comprando veículos. Mas também têm pessoas que a gente localiza comprando no comércio produtos menores e pegando o troco.
Então, a pessoa chega com R$ 100, compra um refrigerante, compra qualquer coisa ali de R$ 5, de R$ 10, pega pega o troco e, aí, o prejuízo fica para o comerciante”, disse o delegado Rodrigo Andrade.
A Polícia Federal recomenda que quem esteja com uma cédula falsa vá até uma delegacia da PF com o dinheiro, para fazer um boletim de ocorrência. Além de falsificar, repassar dinheiro falso também é considerado crime.
“A pessoa que compra a cédula falsa já com a intenção de colocar no mercado esse tipo de cédula, tem uma pena alta. Uma pena de reclusão de 3 a 12 anos. E. além disso, tem aquela pessoa que recebe no comércio de boa fé a cédula, e, para não ficar no prejuízo, ela termina passando para uma outra pessoa também para tentar justamente que o prejuízo não fique com ela. Que o prejuízo fique com outra pessoa. Essa pessoa também responde. Uma pena de 6 meses a 2 anos. Mas, de qualquer forma, estaria cometendo um crime”, contou o delegado.
O perito criminal Deosio Cabral aconselha que os moradores da cidade observem as notas contra a luz antes de receber qualquer pagamento.


Blog do BILL NOTICIAS

Definido calendário de pagamento do Abono Salarial ano-base 2017

  (Por: Portalfat )

O calendário de pagamento do Abono Salarial ano-base 2017 foi definido nesta terça-feira (26) durante a reunião do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), na sede do Ministério do Trabalho, em Brasília. A estimativa é de que sejam destinados R$ 18,1 bilhões a 23,5 milhões de trabalhadores já a partir do próximo mês. Os pagamentos começam em 26 de julho de 2018.
Quem nasceu de julho a dezembro, recebe o benefício ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho, terão o recurso disponível para saque em 2019 (tabela abaixo). Em qualquer situação, o dinheiro ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o recebimento.
Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa. Para os funcionários públicos, associados ao Pasep, a referência é o Banco do Brasil. Os correntistas terão o benefício creditado em conta no período estabelecido no calendário.
Para ter direito ao Abono Salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês em 2017 com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tinha de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
A quantia que cada trabalhador tem para receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2017. O valor do abono salarial será calculado na proporção 1/12 do salário mínimo vigente na data do pagamento. “Quem trabalhou durante todo o ano receberá o valor cheio. Quem trabalhou por apenas 30 dias receberá o valor mínimo”, explica o chefe da divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan Britto.  
Calendário de pagamento do Abono Salarial ano-base 2017
PIS

Blog do BILL NOTICIAS

Termina nesta sexta(29) o prazo para saque do abono salarial do PIS/Pasep

  (C.Geral)
Resultado de imagem para PIS/Pasep

O prazo para sacar o abono salarial do PIS/Pasep – ano base 2016 – termina nesta sexta-feira (29) em todo o país. Segundo o Ministério do Trabalho, no balanço mais recente, pelo menos 2,2 milhões de trabalhadores que têm direito ainda não retiraram o benefício. Esse número representa 10% do total. O estoque de recursos disponíveis para retirada está estimado em cerca de R$ 1,6 bilhão e o prazo não será prorrogado, informou o ministério.
Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), sacam o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal.
Para os funcionários públicos vinculados ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), a referência é o Banco do Brasil.
O pagamento do abono começou em 27 de julho de 2017. O valor que cada um tem a receber depende de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2016, na iniciativa privada ou no serviço público.
Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (RS 954). Quem trabalhou apenas 30 dias terá o valor mínimo, que é R$ 80. “Se a pessoa trabalhou um mês, recebe um doze avos do valor, se trabalhou dois meses, dois doze avos, e assim sucessivamente”, explica o chefe da Divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan.
Entenda como é o benefício
O abono salarial do PIS/Pasep é um benefício pago anualmente a trabalhadores que se enquadram nos critérios da lei. Para ter direito a receber o dinheiro é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês durante o ano-base (nesse caso, 2016), com remuneração média de até dois salários mínimos.
Além disso, o trabalhador precisa estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
O recurso é proveniente do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), formado por depósitos feitos pelos empregadores do país. Além do Abono Salarial, o FAT custeia o programa de Seguro-Desemprego e financia programas de desenvolvimento econômico.
Por isso, os recursos do abono que não são sacados pelos trabalhadores no calendário estabelecido todos os anos retornam para o FAT, para serem usados nos demais programas.
Para saber se tem algo a receber, o trabalhador do setor privado pode consultar diretamente na internet ou procurar uma agência da Caixa Econômica Federal. Há ainda a opção de consulta telefônica, pelo número 0800 726 0207.
Para os servidores públicos que têm direito ao abono, além da internet, há a opção de verificar no site ou em qualquer agência do Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente. Para consultar por telefone, o número é 0800 729 0001.

Blog do BILL NOTICIAS

Estudantes têm até esta sexta(29) para se inscrever no ProUni

Resultado de imagem para ProUni

Terminam hoje (29) as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, na página do programa. O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior.  Ao todo, neste processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições. As bolsas são para o segundo semestre.
Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, ter alcançado no mínimo 450 pontos e ter tido nota superior a zero na redação.
Além disso, só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham feito o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada, na condição de bolsista, ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa.
O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos. Quem conseguir uma bolsa parcial e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis também na página do ProUni, a partir do dia 2 de julho para a primeira chamada, e 16 de julho para a segunda.
Inscrição
Na hora da inscrição, o candidato pode escolher, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno entre as bolsas disponíveis, de acordo com o seu perfil.
O candidato com deficiência ou que se autodeclarar indígena, preto ou pardo pode optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas.
Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.
Uma vez por dia, o sistema do Prouni calcula a nota de corte, que é a menor para ficar entre os potencialmente pré-selecionados de cada curso, com base no número de bolsas disponíveis e no total de candidatos inscritos no curso, por modalidade de concorrência.
O Ministério da Educação esclarece que a nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição. Ela não é garantia de pré-seleção para a bolsa ofertada.
Aplicativo 
Os candidatos podem baixar o aplicativo do ProUni, disponível na Google Play e App Store. A inscrição deve ser feita pela internet, mas pelo aplicativo o estudante pode acompanhar as divulgações das notas de corte dos cursos, pesquisar bolsas e acompanhar todo o calendário do processo seletivo.(Agência Brasil).

Blog do BILL NOTICIAS

Em Petrolina, Prefeito Miguel Coelho faz nova mudança em sua equipe. Sete novos secretários e quatro gestores são nomeados

  (C.Geral)

O prefeito Miguel Coelho fez mudanças no primeiro e segundo escalão da gestão municipal. As portarias com as nomeações começam a ser publicadas nesta quinta-feira(28), assegurando o início do trabalho dos novos gestores de imediato. A renovação da equipe ocorre nas pastas de Educação, Desenvolvimento Urbano, Governo, Desenvolvimento Social, Controladoria do Município, Assessoria Especial, além das autarquias de trânsito (AMMPLA) e meio ambiente (AMMA).
As escolhas seguem, de acordo com o prefeito Miguel Coelho, o critério da capacidade técnica aliada ao perfil comprometido com a gestão pública. “Agradeço a colaboração que cada profissional deu até agora na Prefeitura. Estamos fazendo ajustes na equipe e vamos continuar monitorando os resultados em cada setor e serviço de nossa gestão para oferecer sempre o melhor ao povo de Petrolina”, resumiu o prefeito.

Confira os perfis dos novos secretários e gestores:

Margareth Zapponi – Secretária de Educação – Margareth Zapponi tem uma experiência abrangente na educação pública, com 35 anos de serviços prestados na formação de estudantes e construção de políticas públicas para o setor. É mestre em Administração, especialista em Gestão da Educação Municipal e graduada em  Direito. Entre as diversas experiências na área, foi secretária de Educação de Ipojuca, executiva de Gestão de Rede do Governo do Estado, responsável pela implementação do programa de modernização da rede escolar. Em Petrolina, atuou como consultora de educação no sistema municipal entre 2001 e 2004. O trabalho ao longo desse tempo fez com Zapponi se tornasse referência no setor, levando a gestora a compartilhar conhecimentos em experiências em Harvard (EUA), Xangai (CHI) e Senegal. Na nova missão, a secretária cuidará da rede municipal de escolas e creches, envolvendo cerca de 52 mil crianças de Petrolina.

Simão Durando Filho – Secretário de Governo – Bacharel em Publicidade e Marketing e pós-graduado em Gestão Empresarial, Simão Durando Filho tem uma estreita relação de confiança com o grupo político do prefeito Miguel Coelho. Foi secretário parlamentar do deputado federal Fernando Filho e atuou em diversas campanhas políticas. Há cerca de um ano exercia o cargo de diretor do SEST/SENAT em Petrolina.
À frente da Secretaria de Governo, Simão Durando terá o papel de articulação política interna, aproximação com entidades setoriais de classe, lideranças comunitárias e nas relações com outras esferas do poder público como a Câmara de Vereadores, Assembléia Legislativa e Congresso Nacional.

Giovanni Costa – Secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade – Giovanni Costa é bacharel em Comunicação Social pela Faculdade São Francisco de Juazeiro. Tem sido ao longo da carreira um dos principais homens de confiança do prefeito Miguel Coelho. Foi assessor parlamentar na Assembleia Legislativa e coordenou a campanha eleitoral do prefeito de Petrolina. Nos primeiros 18 meses da administração, Giovanni atuou como secretário de Governo. Na nova missão, irá gerir setores estratégicos do dia a dia da cidade como o ordenamento público, regularização fundiária, política municipal de segurança e habitação popular.

Jorge Assunção – secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos – Formado em Administração pela Universidade Federal da Bahia, Jorge Assunção vinha atuando como assessor especial da Prefeitura. Antes disso, o gestor atuou como secretário de Desenvolvimento Econômico e diretor na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Jorge Assunção agora terá como atribuições desenvolver políticas de inclusão para diversos segmentos sociais, fomentando a justiça social, a cultura de paz e convívio harmonioso. Entre os programas sob sua gestão estão o Bolsa Família e Restaurante Popular.

Edilson Leite – diretor-presidente da Ammpla – Agente de Trânsito de carreira, Edilson Leite é vereador de Petrolina. Conhecido como Edilsão do Trânsito, o novo diretor-presidente da AMMPLA terá a responsabilidade de gerenciar e promover ações e políticas públicas para assegurar o convívio harmonioso entre motoristas, ciclistas e pedestres. Também cuidará da gestão do transporte público como ônibus, táxis e mototáxis.

Geraldo Miranda – diretor-presidente da AMMA – Formado em História pela Faculdade de Formação de Professores de Petrolina (FFPP), Geraldo Miranda é empresário no ramo de segurança privada, monitoramento eletrônico e terceirização de mão de obra. Atuou como gestor da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) nos mandatos de Miguel Coelho, Fernando Bezerra e Guilherme Coelho. Na nova função, Geraldo terá o papel de propor políticas de proteção e conscientização ambiental, coibir crimes contra a natureza e desenvolver programas como o Orla Nossa, que vem revitalizando o Rio São Francisco.

Larissa Soeiro – Controladora Geral do Município – Formada em Ciências da Computação, pós-graduada em Administração de Sistemas da Informação, tem 17 anos de experiência em gestão pública, atuando nas áreas de licitações, controle interno, controladoria, planejamento de projetos, modelo de gestão e monitoramento estratégico. Exerceu cargos como Controladora Geral da Prefeitura de Boa Vista – RR; Assessora Especial no Governo Estadual de Roraima; Gerente de Licitações, Contratos e Convênios – Prefeitura de Juazeiro/BA; e diretora da Coordenadoria Geral de Licitações e Convênios – Prefeitura de Petrolina. Na atual gestão do prefeito Miguel Coelho, exerceu os cargos de Coordenadora de Captação e Convênios e Coordenadora Setorial de Licitações e Contratos, além de secretária interina de Educação. Agora terá atribuições no controle contábil, financeiro, orçamentário e patrimonial da administração municipal e criação de ferramentas para dar transparência aos atos de Governo.

Eduardo Carvalho – Coordenador da Assessoria Especial – Advogado e contabilista, Eduardo Carvalho tem experiência ampla no serviço público atuando em assessoria da Câmara dos Deputados e no Ministério da Integração Nacional e consultorias de prefeituras. Vinha gerindo até então a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade na gestão Miguel Coelho. Na nova tarefa, cuidará do monitoramento de projetos especiais, suporte político junto aos assessores especiais e apoio na revisão do Plano Diretor de Petrolina.

Rafael Oliveira Neto – secretário executivo de Habitação – Formado em Direito, especialista em Gestão Pública Municipal, Rafael Oliveira atuou na iniciativa privada como advogado e consultor jurídico. Seguiu o caminho da gestão pública, e no primeiro ano da administração de Miguel Coelho, foi diretor da AMMA, em seguida, contribuiu como assessor especial. Agora, ficará responsável por projetos ligados à habitação popular e regularização fundiária. A pasta é vincula à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade.

Oscar Gama Filho – secretário executivo de Gestão de Rede Escolar – Oscar Gama Filho é administrador com grande experiência em gestão de empresas privadas. Na Prefeitura, vinha desempenhando a função de diretor de Transporte Escolar. Na nova missão, Oscar terá a atribuição de coordenar os setores de infraestrutura; logística e merenda da Secretaria de Educação de Petrolina.

Camilla Garziera – secretária executiva de Urbanismo – Arquiteta e urbanista, Camilla Garziera atuou na iniciativa privada e trabalhou, desde o início da gestão Miguel Coelho, em setores como licenciamento urbano, planejamento e desenvolvimento de projetos. Em Urbanismo, ficará com as funções de autorizar construções, fornecer licenças, planejamento e revisão da legislação urbanística de Petrolina. A pasta é vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade. (Ascom).

Blog do BILL NOTICIAS

Mulher morre atropelada por carro pipa, no Vale do Piancó

A vítima morreu no local.

  Autor: Redação do Portal
Mulher morre atropelada por carro pipa, no Vale do Piancó

A cambista Maria Candida da Silva, de 43 anos, conhecida como ‘Ana Penca’ ou 'Ana Gabirú', morreu, vítima de um atropelamento por um carro pipa, na tarde desta quinta-feira (28), no centro da cidade de Diamante, localizada na região do Vale do Piancó.
De acordo com informações do Cabo Epitácio da 2ª Companhia de Polícia Militar, o carro pipa, conduzido pelo conceiçãoénse Léo Brito, retornava da cidade de Boa Ventura para Conceição, quando a mulher saia de uma banca de jogo em sua bicicleta e não percebeu a aproximação do caminhão e ao tomar um susto, derrapou e caiu no meio da rua, sendo atropelada e tendo a cabeça estourada pelo pneu do veículo. Segundo o Cabo Epitácio, o pipeiro, que conduzia o caminhão em baixa velocidade, não teria percebido a aprximação da mulher. A vítima morreu no local. (Fonte: Redação do Portal Vale do Piancó Notícias).
O motorista do carro pipa foi preso pela Guarnição de Rádio Patrulha, pertencente ao Destacamento local. Léo foi levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Itaporanga.
Mais informações, a qualquer momento.
 

Blog do BILL NOTICIAS

Juiz ordena que brasileiro de 9 anos detido nos EUA seja entregue à mãe

O juiz Manish Shah disse que Lidia pode ter a custódia do seu filho, que passou quatro semanas em um abrigo contratado pelo governo em Chicago



Um juiz federal de Chicago ordenou nesta quinta-feira (28), a libertação imediata de um menino brasileiro de 9 anos, que foi separado de sua mãe, Lidia Karine Souza, quando os dois cruzaram a fronteira entre os EUA e o México.

O juiz Manish Shah disse que Lidia pode ter a custódia do seu filho, que passou quatro semanas em um abrigo contratado pelo governo em Chicago. A criança passou seu nono aniversário sem sua mãe e ficou sozinha, boa parte do tempo, em uma sala, em quarentena, pois estava com varicela. A mãe só tinha permissão para vê-lo por apenas 20 minutos por semana.

Lidia de 27 anos, que busca asilo, tentou localizar o filho por semanas depois que os dois foram separados na fronteira, no final de maio. Quando ela foi solta em 9 de junho, de uma instalação no Texas, ela preencheu quase 40 páginas de documentos, obrigatórios segundo autoridades americanas, para recuperar a custódia. Então, eles disseram a ela que as regras haviam mudado e que ela precisaria de mais documentos de seus familiares.

Centenas de pais lutam para encontrar e recuperar seus filhos que foram enviados para abrigos pela política de tolerância zero contra imigrantes de Trump.


Blog do BILL NOTICIAS

IFBA abrirá inscrições do processo seletivo 2019 com 240 vagas para Juazeiro

  (Por: C.Britto)
Campus do IFBA em Juazeiro. (Foto: Assessoria/Divulgação)


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) lançou ontem (27) os editais referente ao processo seletivo 2019 para cursos técnicos nas formas integrada e subsequente. Ao todo, são ofertadas 5.185 vagas em toda Bahia, sendo 240 para o campus Juazeiro para os cursos técnicos em Segurança do Trabalho e Administração.
A seleção é para estudantes que concluíram o ensino fundamental (cursos da forma integrada) e aqueles que concluíram o ensino médio (cursos da forma subsequente). Entre as novidades deste ano estão a possibilidade de inclusão da 2ª opção de curso, a exclusão da prova de redação e a possibilidade de atendimento pelo nome social no dia da aplicação da prova.
As inscrições serão realizadas de 3 de julho a 16 de agosto, através da página eletrônica do processo seletivo. O candidato que não tenha acesso à internet poderá utilizar as instalações físicas do IFBA para realizar sua inscrição. Nesse caso, é necessário entrar em contato com os campi ou com a reitoria e verificar os horários disponíveis.
Atendimento diferenciado
O edital está disponível também na versão adequada à Língua Brasileira de Sinais (Libras). Caso o candidato necessite de atendimento diferenciado, é possível realizar a prova em braile, conforme item 8 do edital. O valor da taxa de inscrição é de R$ 35. Os candidatos poderão solicitar, entre os dias 1º e 31 de julho, a isenção parcial. Para fazer a solicitação é necessário que o candidato comprove ter cursadp os últimos cinco anos em escolas públicas (para os cursos do integrado) ou que cursou todas as séries do ensino médio em escolas públicas (para os cursos do subsequente). Os contemplados pagarão o valor de R$ 3,50 referente a 10% da taxa de inscrição.
Reserva de vagas
O IFBA reserva 50% das vagas para estudantes que estudaram em escola pública, conforme critérios e mapa de vagas disponibilizados acessando aqui. Nesses casos, é necessário entregar a documentação de acordo com as especificações do edital e do calendário. As provas acontecerão no dia 21 de outubro. Outras informações podem ser obtidas através do e-mail selecao2019@ifba.edu.br, nos telefones (74) 3612-5878 e na página do Processo Seletivo 2019.

Blog do BILL NOTICIAS

Lula tem 33%, Bolsonaro, 15%, Marina, 7%, e Ciro, 4%, aponta nova pesquisa do Ibope

    (Blog: O povo com a notícia)

Uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). divulgada nesta quinta-feira (28), aponta os índices de intenção de voto para o primeiro turno da eleição presidencial de 2018. O estudo foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Cenário com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva:
Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 33%
Jair Bolsonaro (PSL): 15%
Marina Silva (Rede): 7%
Ciro Gomes (PDT): 4%
Geraldo Alckmin (PSDB): 4%
Álvaro Dias (Podemos): 2%
Manuela D’Ávila (PC do B): 1%
Fernando Collor de Mello (PTC): 1%
Flávio Rocha (PRB): 1%
Levy Fidelix (PRTB): 1%
João Goulart Filho: 0
Outro com menos de 1%: 2%
Branco/nulo: 22%
Não sabe/não respondeu: 6%

Blog do BILL NOTICIAS


Unidades de ensino do Agreste e Sertão lideram o ranking que contempla os melhores estabelecimentos públicos do Estado

  Por: Folha de Pernambuco com agências
Idepe de 2017
Idepe de 2017Foto: Hélia Scheppa/ Divulgação/SEI


Quando o tema é educação, as escolas das regiões do Agreste e Sertão de Pernambuco saíram na frente e atingiram as melhores notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco (Idepe) do ano de 2017. O resultado, que contempla as escolas públicas das redes estadual e municipal, foi apresentado nessa quinta-feira (28) no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, durante a entrega do Prêmio Idepe. Do Sertão, dos 10 primeiros lugares, oito ocupam o ranking com as melhores médias do ensino médio. Além disso, foi a Escola Municipal Alaíde Barbosa de Lima (anos iniciais do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental), no município de Ingazeira, que alcançou a maior média: 8,46.

“Esses avanços são frutos de um conjunto de ações que valorizam todos os profissionais da educação e busca estar próximo da comunidade”, disse o secretario estadual de Educação, Fred Amâncio. “A Escola de Tempo Integral, por exemplo, foi ação estratégica importante para a melhoria dos índices do Ensino Médio”, afirmou. “E o resultado desse conjunto de estratégias tem seu efeito nas escolas regulares”, destacou o secretário.

Ele também afirmou que, com a média geral das unidades do ensino sendo de 4,5, há expectativas positivas sobre o posicionamento do Estado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica a nível nacional - no último resultado, referente a 2015, a média de Pernambuco foi de 4,6. “A expectativa é muito positiva e estamos muito firmes, não pelo primeiro lugar, mas por ver que o Estado está avançando na Educação”, concluiu.

Na categoria correspondente aos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º), o destaque ficou para o município de Bonito, no Agreste. As escolas municipais Bernardo Sayao e Grupo Escolar Barra Azul ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente, com as médias 7,39 e 6,84. “As parcerias feitas entre a comunidade e a nossa equipe resultaram no compromisso com a Educação. Contamos com reforço escolar na nossa unidade e forte presença da família que interage diariamente com os professores. Outro ponto positivo é o monitoramento da frequência”, afirmou a diretora da Escola Apolônio Alves da Silva, do município de Ibimirim, Antônia Luzimar. A unidade, inclusiva, ficou em primeiro lugar na categoria “Ensino Médio - Maiores Crescimentos no Idepe“, correspondendo a 117,9% de avanço e média 7,28.

Para o governador Paulo Câmara, “a construção da Educação de Pernambuco tem dado resultado e tirado o Estado das últimas colocações em medições internas e externas”. “Esse é um trabalho que vai continuar sendo feito, pois queremos motivar as pessoas, premiar quem teve os maiores crescimentos, e não são apenas escolas de Tempo Integral que estão tirando as melhores colocações”, ressaltou. O Idepe também classificou os municípios que obtiveram os melhores índices nos anos iniciais do ensino fundamental. Quixaba, ficou em primeiro lugar, com média 6,41, seguido de Carnaíba, com 6,33 e Orobó, com 6,31.

Sobre as cidades da Região Metropolitana, apenas a capital aparece entre os mais bem colocados quando avaliadas as escolas estaduais que possuem parceria com outros órgãos. O Colégio de Aplicação ficou em primeiro lugar nos anos finais do ensino fundamental, com 7,94. Nos anos finais do ensino médio a nota foi de 7,37.
As variáveis utilizadas no Idepe são as mesmas usadas no cálculo do índice nacional, o Ideb: proficiência dos estudantes do ensino fundamental (anos iniciais e finais) e do ensino médio e fluxo escolar. Os resultados do Idepe são calculados com base no Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco (Saepe), que mede anualmente o grau de domínio dos estudantes nas habilidades e competências consideradas essenciais em cada período de escolaridade avaliado, além de ser uma importante ferramenta para a gestão escolar.


Blog do BILL NOTICIAS

Governador Paulo Câmara defende decisão só no final de julho

Paulo Câmara

O assunto foi à mesa no Palácio das Princesas durante o encontro entre o governador Paulo Câmara e o presidenciável Ciro Gomes na última terça-feira. No PSB, os cinco governadores teriam uma decisão de tomar posição conjunta sobre a corrida presidencial. Além do chefe do Executivo estadual pernambucano, entram nessa conta: Ricardo Coutinho (PT), Rodrigo Rollemberg (DF), Daniel Pereira (RO), Márcio França (SP). Ontem,o governador pernambucano embarcou para Brasília antes do jogo do Brasil, como a coluna cantou a pedra, para a reunião com os correligionários, na sede do PSB. Na pauta do encontro: a conjuntura nacional.
Paulo Câmara defendeu que o PSB só defina o caminho que tomará na corrida pelo Planalto – aliança com PDT, com PT ou liberar os Estados – no final de julho. A ala pernambucana avalia que não há porque antecipar esse debate. Há casos, como por exemplo, o de São Paulo, onde Márcio França já hipotecou apoio ao presidenciável Geraldo Alckmin, do PSDB. No entanto, não está descartado que os planos no PSDB sejam alterados e Márcio também mantém diálogo com Ciro Gomes, de quem é amigo. Para ele, esperar também seria o caminho mais adequado. Além de a posição de Pernambuco ser essa de ganhar tempo, o PSB pernambucano é majoritário, o que leva essa tendência a prevalecer. Julho também foi prazo estabelecido pelo PT para suas convenções nos estados. Em Pernambuco, o PSB aposta numa aliança com petistas. Mas pedetistas definem as conversas com socialistas como “avançadas”. Ciro Gomes já esteve com todos os governadores do PSB.(Blog da Folha).

Blog do BILL NOTICIAS

Luar do Sertão de Maniçoba concorre a mais um título no concurso de quadrilhas juninas em Juazeiro

  (C.Geral)

A quadrilha junina Luar do Sertão, da comunidade de Maniçoba e alunos da Escola Municipal 2 de Julho, vão concorrer nesta sexta-feira (29), a mais um título no Concurso de Quadrilhas Estilizadas, promovido pela Prefeitura de Juazeiro. O evento acontece nos dias 28 e 29 de junho, a partir das 19h, na quadra do Colégio Municipal Paulo VI no bairro Maria Gorete.
Este ano a Luar do Sertão foi campeã no concurso da cidade baiana de Campo Formoso, além de receber as premiações de melhor Rei, Rainha, Marcador, Noivos e Figurino. A quadrilha juazeirense também participou do ‘Festival Anarriê de Quadrilhas Juninas’, no município pernambucano de Lagoa Grande, ficando em 2º lugar, e do concurso de Petrolina, conseguindo o 4º lugar na competição.
De acordo com um dos integrantes, a Luar do Sertão será a segunda quadrilha a se apresentar em Juazeiro, na sexta-feira (29). “Convidamos o distrito de Maniçoba e as pessoas que gostam e valorizam as quadrilhas juninas, essa tradição nordestina maravilhosa que nos motiva a trabalhar o ano inteiro para preparar um grande espetáculo. Vamos fazer uma apresentação linda na nossa cidade e quem sabe conseguir vencer o concurso”, ressaltou Dênio Macedo.
O concurso de quadrilhas de Juazeiro vai encerrar o calendário dos festejos juninos, contando com muita animação de 11 quadrilhas, entre elas: a G-DECC, Estrela do Sertão, Encontro Nordestino, Renascer do Sertão, Fé Nordestina, Danado de Bom, Luar do Sertão, Nação Nordestina, Junina Buscapé, Balão Dourado e Forró Xaxado. (Ascom).

Blog do BILL NOTICIAS

Reajuste e franquias em planos devem gerar dívidas

Por Helena Martins – Repórter da Agência Brasil
Plano de Saúde

A regulamentação das regras para aplicação de coparticipação e franquia em planos de saúde, publicada hoje (28) pela Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS), gerou controvérsia. Especialistas apontam que as novas regras farão com que os beneficiários dos planos paguem também por consultas e demais procedimentos de assistência à saúde.
Para o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), a resolução produzirá três consequências: o endividamento dos consumidores, a redução da busca por atendimentos na rede privada e a ampliação da pressão sobre o Sistema Único de Saúde (SUS).
A norma estabelece percentual de até 40% a ser cobrado pela operadora para a realização de procedimentos e determina limites mensal (não pode ultrapassar o valor da mensalidade) e anual (não pode ultrapassar o equivalente a 12 mensalidades) a serem pagos pelo consumidor por coparticipação e franquia. A resolução isenta a incidência de coparticipação e franquia em mais de 250 procedimentos, incluindo tratamento contra o câncer e hemodiálise. Além disso, fica proibido o uso de coparticipação e franquia diferenciada por doença ou patologia.
“Nós consideramos que, de maneira geral, a ANS trouxe algumas questões interessantes, como as isenções de alguns procedimentos e fixação de um limite de exposição financeira. De outro lado, esses mecanismos ainda não dão conta de evitar o potencial de endividamento de consumidores”, afirmou a pesquisadora em saúde do Idec, Ana Carolina Navarrete.
A especialista explicou que hoje já é comum que as pessoas contratem planos cujo valor alcança o que elas podem gastar com esse serviço. A partir do momento em que outros passarão a ser cobrados, cresce o risco de endividamento.
O Idec defendia que fosse mantido o percentual de 30% para as coparticipações, que agora podem alcançar até 50%, em caso de planos coletivos. A organização chegou a solicitar que a agência abrisse consulta pública sobre esse tema, o que não ocorreu. Agora, Navarrete defende que uma forma de mitigar esse possível impacto negativo é informar claramente aos beneficiários sobre o fato de que, na modalidade de franquia e coparticipação, a mensalidade poderá ser cobrada em dobro por um ano, a depender do procedimento realizado.

Endividamentos

Para evitar endividamentos, os consumidores podem passar a pensar duas vezes antes de solicitar a realização de consultas e exames.
Na própria resolução, a franquia e a coparticipação são apresentados como mecanismos financeiros de regulação, “fatores moderadores de utilização dos serviços de assistência médica, hospitalar ou odontológica no setor de saúde suplementar”.
“Como você condiciona o acesso ao pagamento de algum valor, você está criando limites para esse acesso. A chance da pessoa postergar o atendimento em saúde é muito alto, mesmo com o limite da exposição financeira.”, sintetiza a especialista.
Mesmo em casos de procedimentos isentos da incidência de coparticipação e franquia pela resolução, a redução pode ocorrer, porque, as operadoras de planos privados de assistência à saúde poderão se valer de "mecanismos de regulação assistencial para gerenciar a demanda por serviços, na forma prevista em contrato”. Um desses mecanismos é o direcionamento da rede, o que significa que a operadora poderá limitar as clínicas e médicos que poderão ser buscados pelos beneficiários, desde que previsto no contrato firmado entre as partes.

Planos Populares

 O representante do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) e conselheiro Nacional de Saúde, Heleno Rodrigues Correa Filho, destacou que o estímulo à adoção desses mecanismos resulta de uma balança: a Emenda Constitucional 95, ao fixar limite para gastos em saúde, fragiliza o SUS e amplia a exploração do setor por parte de agentes privados. Prova disso, segundo ele, é o crescimento exponencial de novos planos, como os que se apresentam como “planos populares”.
Esses grupos privados, tradicionalmente, oferecem serviços de baixa complexidade, como realização de consultas, e, conforme a capacidade de pagamento dos contratantes dos planos, serviços complexos. Agora, eles também estão avançando sobre atenção primária, saúde da família e atenção especializada.
“Eles prometem essas três coisas, mas não estão habilitados por infraestrutura, orçamento e tradição a ofertar isso. Haverá, então, um choque de expectativas muito grande, e a forma de solucionar isso é cobrar caro. Como a capacidade de pagamento é restrita, vai funcionar como roleta de triagem. Aqueles que não puderem pagar, vão ter o plano, mas não serão atendidos”, avaliou. Uma lógica que contrasta com a do serviço público de saúde, que tem como meta a universalização dos atendimentos.
Além de conter a pressão sobre atendimentos, a cobrança “é uma estratégia de conversão de despesas para os acionistas dos planos de saúde lucrarem mais”, ressaltou o conselheiro do CNS, que critica a velocidade com que a resolução foi elaborada e aprovada. Para ele, seria necessário debater mais o tema.

Consulta pública

A coparticipação e a franquia estão previstas em resolução do Conselho de Saúde Suplementar datada de novembro de 1998, mas não havia detalhamento sobre o tema. Para avançar nesse sentido, a ANS realizou consulta pública em abril de 2017, pouco mais de um ano antes da publicação da norma.
Uma questão não abordada na consulta que tratou sobre a regulação, e que também gera preocupação, é a possibilidade de planos de saúde oferecerem descontos, bônus ou outras vantagens aos consumidores que mantiverem bons hábitos de saúde.
A expectativa, segundo a ANS, é que a medida incentive a adesão de beneficiários a programas de promoção da saúde e prevenção de doenças mantidos pelas operadoras.
De acordo com Navarrete, o Idec “olha com muito cuidado estímulos positivos que envolvam a operadora coletar dados sobre a saúde do consumidor. Se ela o fizer, não pode utilizar essas informações para interesses outros que são aqueles expressamente informados aos consumidores”, pois “dados de saúde são dados sensíveis”, alertou.

Blog do BILL NOTICIAS