segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Como funciona empresa sueca que decidiu não ter chefes

ECONOMIA


 Você realmente precisa que alguém te diga o que fazer no trabalho?
Todos os funcionários da Crisp têm a mesma voz
               Todos os funcionários da Crisp têm a mesma voz
                    Foto: BBC / BBCBrasil.com
Três anos atrás, a consultoria de software sueca Crisp decidiu que a resposta era não.
A empresa, que tem cerca de 40 funcionários, já tinha testado várias estruturas organizacionais, incluindo a mais comum - ter um único líder comandando tudo.
A Crisp chegou a criar um esquema rotativo de comando, mudando o CEO anualmente com base em uma votação entre os trabalhadores. Mas acabou decidindo, coletivamente, que ter um chefe não era necessário.
Yassal Sundman, desenvolvedora na empresa, explica: "Nós questionamos: 'e se nós não tivéssemos ninguém como nosso próximo CEO, como seria?' E então fizemos um exercício no qual listamos as tarefas de um CEO".
Os funcionários verificaram que muitas das responsabilidades do chefe coincidiam com as dos integrantes do conselho de administração (oboard ) da companhia, e que outras poderiam ser divididas entre os empregados.
"Quando olhamos para a lista na qual deveriam estar as funções do chefe, não tinha sobrado nada. E concluímos: 'certo, por que nós não tentamos isso?, conta Sundman.
A firma estabeleceu regras de etiqueta para as reuniões
A firma estabeleceu regras de etiqueta para as reuniões.(terra).

Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário