sexta-feira, 5 de maio de 2017

Gabriel Menezes afirma que vai processar o vereador Ronaldo Cancão por calúnia e difamação


Depois de participar de uma discussão com o colega Ronaldo Souza na sessão realizada nessa quinta-feira, (04), na Casa Plínio Amorim, o vereador Gabriel Menezes participou nesta manhã de sexta-feira do Programa Edenevaldo Alves na Petrolina FM e disse que vai processar o aliado do prefeito Miguel Coelho por calúnia e difamação.
Menezes afirma que foi acusado por Cancão de ter ‘usurpado’ o dinheiro público para se promover como vereador.
“Talvez ele agora vai ter que inaugurar os tribunais, certamente ele será processado, pois fui acusado de algo muito grave”, disparou o vereador.
Gabriel Menezes disse ainda que Ronaldo Souza questionou a forma com que o locutor teria se beneficiado na época, da festa do Muquém, em Petrolina, que teve a participação do cantor Mano Walter.
“Eu já pedi a cópia do contrato do show de Mano Walter realizado ano passado no Muquém para apresentar na tribuna da câmara. Eu me incomodo com os gritos do vereador Ronaldo Cancão e ele ainda disse que tem moral na casa, mas e os outros será que não têm moral?”, questionou.
Menezes ressaltou também que um dos motivos da acusação de Ronaldo Souza, tem haver com o requerimento proposto por ele, que solicita os valores cobrados para a utilização do Pátio de Eventos Ana das Carrancas que foram: ‘O Encontro’, realizado no dia 11 de março, o “Se for beber me chame”, que aconteceu no dia 20 de abril e o futuro show de Roberto Carlos, que será realizado no dia 24 de maio.
“Não há nada de complexo nesse requerimento e o vereador Cancão tenta ‘jogar para a plateia’, algo que ele inventa com os seus gritos”, concluiu Gabriel Menezes. (Edenevaldo).

Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário