quinta-feira, 14 de maio de 2015

ESTADO DE GREVE: Polícia Civil vai paralisar atividades na quarta-feira (19)



Os Policiais Civis de Pernambuco decidiram paralisar os serviços na próxima terça-feira (19) para cobrar melhores condições de trabalho. A decisão foi tomada em assembleia da categoria, realizada nesta quarta-feira (13) após reunião no Palácio do Campo das Princesas.

A paralisação começa à meia-noite da terça-feira (19) até à meia-noite da quarta-feira (20) e apenas as delegacias de flagrantes estarão em funcionamento. Os demais serviços prestados pela Polícia Civi, como a emissão de documentos, registros de Boletins de Ocorrência (BO) e até mesmo o Instituto de Medicina Legal (IML) não funcionarão no dia da paralisação.

Até lá, os policiais civis mantêm a operação padrão, quando a realização de um serviço segue os procedimentos operacionais padrão com rigor excessivo, intitulada Operação Polícia Cidadã. Nesta semana, a patrulha sindical do Sinpol vai continuar visitando locais de trabalho conscientizando os servidores da segurança a cumprirem o que determina a legislação e advertir aqueles que cometerem a “usurpação de função”, ou seja, aqueles que realizam serviços que não é competência de seu cargo.

Na noite desta quarta-feira (13), o secretário de Relações Institucionais, André Campos, recebeu uma comissão formada pelo presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), Áureo Cisneiros, o vice, Rafael Cavalcanti e o diretor financeiro, Tiago Batista.Na ocasião, ficou acordado que o governo do Estado reabrirá o diálogo sobre a pauta de reivindicações da categoria a partir da semana que vem.

De acordo com o Sinpol, entre os pontos apresentados na pauta de reivindicações estão a fixação da gratificação por função policial em um percentual de 225% para todos os policiais civis do Estado. Além disso, o sindicato também reivindica para a categoria modificações no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) que promovam aumentos salariais por tempo, qualificação e faixa etária. Por fim, os policiais civis pedem que os Peritos Papiloscopistas integrem o Quadro Técnico Policial e que o Governo do Estado realize a reposição inflacionária para o ano base de 2015.( Do Jornal do Commercio )


Blog do Bill Art´s

Nenhum comentário:

Postar um comentário