quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

EDUCAÇÃO - Pernambuco não adere ao Programa das Escolas Cívico-Militares

   Por: Blog da Folha
Erem Ginásio Pernambuco, da rua da Aurora
Erem Ginásio Pernambuco, da rua da Aurora



Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

O Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares não contará com a participação do Governo de Pernambuco. De todo o Nordeste, apenas o Ceará aderiu ao programa, o que explicita a divergência entre os governadores da região com o atual Governo Federal.
                                                                                      
A proposta é implantar 216 Escolas Cívico-Militares em todo o país, até 2023, sendo 54 por ano.  O modelo a ser implementado pelo Ministério da Educação se baseia nos colégios militares do Exército, das Polícias e dos Corpos de Bombeiros Militares. Os militares atuarão no apoio à gestão escolar e à gestão educacional, enquanto professores e demais profissionais da educação continuarão responsáveis pelo trabalho didático-pedagógico.

Participarão da iniciativa militares da reserva das Forças Armadas, que serão chamados pelo Ministério da Defesa. Policiais e Bombeiros militares poderão atuar, caso seja assim definido pelos governos estaduais e do Distrito Federal.
                                                                                                  

Blog do BILL NOTICIAS

BRASIL Justiça determina que PRF volte a usar radares móveis em rodovias

O uso de medidores de velocidade móveis e portáteis está suspenso desde agosto
     Por: Agência Brasil
Radares
RadaresFoto: Divulgação/Agência Brasil

A Justiça Federal em Brasília decidiu nesta quarta-feira (11) revogar a determinação de que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) suspenda a utilização de radares móveis nas rodovias do país. O uso de medidores de velocidade móveis e portáteis está suspenso desde agosto.

Na decisão, o juiz Marcelo Gentil Monteiro, da 1ª Vara Federal Cível, atendeu a um pedido liminar feito pelo Ministério Público Federal (MPF) e entendeu que a falta dos radares pode causar danos à sociedade.

"A urgência é patente, ante o risco de aumento do número de acidentes e mortes no trânsito em decorrência da deliberada não utilização de instrumentos escolhidos, pelos órgãos técnicos envolvidos e de acordo com as regras do Sistema Nacional de Trânsito, como necessários à fiscalização viária", decidiu o juiz.
Em agosto, a determinação foi cumprida pela PRF após a publicação de um despacho do presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, foram revogados atos administrativos sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais.

Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), sediado em Brasília.




Blog do BILL NOTICIAS

SAÚDE Após exames, Bolsonaro diz que há possibilidade de ter câncer de pele

  Por: FolhaPress
O presidente também informou que cancelou uma viagem a Salvador nesta quarta por estafa. (Foto: Evaristo Sá/AFP)
O presidente também informou que cancelou uma viagem a Salvador nesta quarta por estafa. 
(Foto: Evaristo Sá/AFP)


Após passar por exames nesta quarta-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que existe a possibilidade de ter um câncer de pele. 

"Eu tenho pele clara, pesquei muito na minha vida, gosto de muito de atividade, então a possibilidade de câncer de pele existe", disse Bolsonaro ao entrar no Palácio da Alvorada.

A declaração foi feita logo depois de o presidente realizar exames no Hospital da Força Aérea Brasileira, em Brasília. 

Inicialmente, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto havia informado que tratava-se de uma consulta de rotina.

Bolsonaro chegou ao Alvorada no início da noite com um curativo na orelha esquerda. Questionado sobre o tema, disse que havia a possibilidade de um câncer e de que estão fazendo uma checagem.

Ele também informou que cancelou uma viagem a Salvador (BA) nesta quarta por estafa.

Em setembro, Bolsonaro passou por uma cirurgia em razão da facada que sofreu um ano atrás. O procedimento corrigiu uma hérnia que surgiu na região onde foram feitas três operações desde o atentado.






Blog do BILL NOTICIAS

Lava Jato não tem provas de corrupção contra Lulinha, admite procurador


Assim como nas investigações e acusações feitas contra o ex-presidente Lula, a força-tarefa da Lava Jato também não tem provas contra o filho do petista, Fabio Luis Lula da Silva, conhecido como Lulinha, e alvo de uma fase da operação deflagrada nesta terça-feira 10.
“Temos que aguardar o resultado das buscas, amadurecer esta investigação neste aspecto”, comentou o procurador Roberson Pozzobon, o mesmo que ficou conhecido por dizer, durante a apresentação do Power Point de Deltan Dallagnol, na acusação do triplex, que a força-tarefa ainda não tinha provas, mas convições de que Lula comandava um grande esquema de corrupção.
"A PF e o MPF sustentam que pagamentos podem estar relacionados à ação executiva do presidente Lula que permitiu a fusão da Oi com a Brasil Telecom. Até aqui, ainda não há documento que comprove a tese", diz a Globo, em um teste analítico sobre a operação desta quarta, assinado por Thiago Herdy. "Obter essa prova é atualmente o maior desafio da investigação", completa.
O destaque para a falta de provas foi observada pelo Jornal GGN, do jornalista Luis Nassif, que explica o caso:
Desde segunda (10), os procuradores de Curitiba têm vendido na grande mídia – que mesmo depois do dossiê do Intercept Brasil, segue sem nenhum senso crítico em relação à Lava Jato – a narrativa de que os negócios da Oi com o grupo Gamecorp, de Lulinha e sócios, precisam ser investigados.
A força-tarefa alega que é possível que algum dinheiro pago pela Oi à empresa ligada aos Lula, Suassuna e Bittar, tenha sido usado para comprar o sítio de Atibaia.
A hipótese é tudo o que a Lava Jato tem no momento. Foi para sair do campo da imaginação que deflagraram uma operação policial ostensiva, com mais de 40 mandados de busca e apreensão, na esperança de achar alguma coisa que prove que eles estão certos. (247)


Blog do BILL NOTICIAS

Médico afirma que secretário-executivo da AMMPLA inspira cuidados, “mas quadro está sob controle”

     Via:Carlos Britto
Foto: Blog do Carlos Britto

Baleado após tentativa de homicídio na manhã desta quarta-feira (11), quando saía de sua residência no Condomínio Sol Nascente, zona leste de Petrolina, para mais um dia de trabalho, o secretário executivo da Autarquia Municipal de Mobilidade, José Carlos Alves, deverá, agora, ficar de sete a dez dias em observação após passar por um procedimento cirúrgico, como este o Blog de Carlos Britto já havia informado. Mas é possível que seja necessária uma nova cirurgia. O prognóstico foi dado pelo médico Antonio Vinícius, do Hospital da Unimed, onde José Carlos está sendo acompanhado.
De acordo com o especialista, o servidor da AMMPLA foi submetido a uma craniectomia para abrir o crânio e tratar de uma lesão causada pela bala. “A cirurgia correu bem. Ele tinha uma lesão extensa de osso da dura máter, e também cerebral, mas muito provavelmente vai evoluir bem”, explicou.
Vinicius frisou que, por conta do impacto dos tiros no crânio, o paciente criou uma área de pequenas contusões no cérebro, além de um coágulo entre o cérebro e osso (chamado hematoma subdural agudo), que deverá evoluir bem. Ele, no entanto, não afasta a possibilidade de um novo tratamento cirúrgico. “Se aumentarem de volume, podem ser necessárias novas cirurgias”, adiantou.
O médico informou que José Carlos já acordou da cirurgia e, antes de seguir para a internação por conta de antibióticos que precisam ser aplicados na sua veia, ele deverá ficar de dois a três dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

Blog do BILL NOTICIAS

SOLIDARIEDADE EM TEMPOS DE PANDEMIA

Erivaldo Oliveira Campanha em prol do nosso amigo Erivaldo Oliveira. Um jovem de apenas 27 anos, e que após dois dias do nascimen...