sábado, 16 de novembro de 2019

ITÁLIA Praça de São Marcos, em Veneza, é fechada após nova inundação

  Por: Estadão Conteúdo
A previsão é que a água alcance um nível muito perigoso, depois de três dias de inundações  (Foto: Filippo Monteforte / AFP)
A previsão é que a água alcance um nível muito perigoso, depois de três dias de inundações (Foto: Filippo Monteforte / AFP)


O prefeito de Veneza determinou nesta sexta-feira, 15, o fechamento da Praça de São Marcos em razão de uma nova inundação causada pela maré alta. "Me vejo forçado a fechar a Praça de São Marcos para proteger os cidadãos de riscos sanitários. Um desastre", declarou o prefeito Luigi Brugnaro.

A previsão é que a água alcance um nível muito perigoso, depois de três dias de inundações que causaram graves danos materiais na cidade e obrigaram as autoridades a declararem estado de emergência.

Situação pode piorar

Veneza segue sofrendo com a maré alta e a situação ainda pode piorar ao longo do dia, com expectativa de que a água alcance a marca de 1,60 metro de altura. O Centro de Previsões de Marés local registrou às 8h15 (5h15 de Brasília), que a inundação alcançou 1,31 metro. Além disso, autoridades alertam para os fortes ventos que estão levando a água para dentro de toda a cidade.

Os funcionários da prefeitura retiraram as passarelas que são utilizadas para que se cruze a Praça de São Marcos, porque com a inundação, as estruturas começaram a flutuar, o que poderia colocar as pessoas em risco.

O serviço de transporte público está suspenso, e as escolas e creches estão fechadas pelo quarto dia consecutivo. / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS



Blog do BILL NOTICIAS

Festival Lula Livre em Recife será o primeiro com a presença de Lula

A presença de Lula esquentou o festival de Recife. Será o primeiro encontro do ex-presidente com seu estado de origem. Justamente por isso, pessoas de diferentes lugares do Nordeste estão organizando caravanas para poder ouvir Lula e os artistas que se apresentarão de perto

Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert)


Do blog do Esmael – O Festival Lula Livre, que já passou por capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, chega a Recife no domingo (17). O evento virou marca de luta por justiça durante os 580 dias em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou preso em Curitiba. Sempre com engajamento da classe artística, a edição de Pernambuco apresenta uma novidade: a presença do próprio Lula.
O Festival já estava previsto antes de Lula deixar a prisão, na última sexta-feira (8). Os shows começam às 12h no Pátio do Carmo, no centro da capital pernambucana. Participam nomes como Otto, Mundo Livre S/A, Marcelo Jeneci, Odair José, Aline Calixto, Francisco El Hombre, Lia de Itamaracá, Digitaldubs, Siba, Johnny Hooker, RAPadura, DJ Patrick Tor4, Devotos, Feiticeiro Julião, Projeto A Dita Curva, entre cerca de 40 atrações culturais.
Em nota, o PT celebra a realização do festival com a presença especial de Lula. “Já foram muitos festivais espalhados por todo o Brasil, com destaque para os do Rio de Janeiro e São Paulo, que, juntos, levaram milhares de pessoas a cantar e se manifestar por #LulaLivre. O festival trouxe a música como forma de resistência e politização, no que foi a luta pela liberdade do ex-presidente durante os 580 dias em que foi mantido como preso político.”
Caravanas
A presença de Lula esquentou o festival de Recife. Será o primeiro encontro do ex-presidente com seu estado de origem. Justamente por isso, pessoas de diferentes lugares do Nordeste estão organizando caravanas para poder ouvir Lula e os artistas que se apresentarão de perto.

Há relatos de caravanas oriundas de diversos estados. Não somente dos vizinhos Paraíba e Alagoas, mas a Praça do Carmo, no Recife Antigo, deve receber representações do Rio Grande do Norte, do Ceará e mesmo de outras regiões. “Estamos nos preparando em Alagoas para esse dia histórico, com uma caravana lotada. Depois de 580 dias de injustiça, o povo merece esse momento, de resgate, de congregar todos os estados do Nordeste e do Brasil nesse grande evento”, afirmou Paulo Memória, do Comitê Lula Livre do estado.
O festival é organizado pelo Comitê Nacional Lula Livre, que passa por uma campanha de financiamento coletivo para manutenção de suas atividades. É possível saber mais sobre as caravanas no site do Comitê, que permanecerá em atividade enquanto perdurar a batalha política e judicial pela anulação das acusações e processos contra o ex-presidente.
Confira a programação:
Dita Curva
Alexandre Urea (Malicia Champion)
Aline Calixto
Bruno Lins
Cláudio Rabeca & Renata Rosa
Devotos
Digitaldubs
Diomedes Chinaski
Dj Dolores
DJ Karla Gnom, Bione, Nany Nine e Rayssa Dias
DJ Patricktor4
Doralyce
Em Canto e Poesia
Fábio Trummer (Banda Eddie)
Feiticeiro Julião
Femigang, Margot e Mari Periférica
Flaira Ferro
Francisco El Hombre
Gabi da Pele Preta
Helder Vasconcelos
Isaar
Jhonny Hooker
Lia de Itamaracá
Lucas Santtana
Maciel Salu
Mãe Beth de Oxum / BONGAR / Dona Del
Marcelo Jeneci
“Mestre Anderson Miguel, Mestre Barachinha, Mestre Bi e Siba”
Mundo Livre S/A
Odair José
ODARA – DJ Lala K & DJ Allana Marques
Orquestra Backstage & Alex Mono
Otto
Raíssa Fayet
RAPdura
Romero Ferro
Sonia Sinimbu

Outras atividades:
Cortejo “Amor em Bloco & Blocão da Democracia”
Cortejo de Afoxé
Cortejo Maracatú
Som na Rural + Roda de Samba no Pátio São Petro
Grafite

Com informações da RBA.


Blog do BILL NOTICIAS

Policia Rodoviária Federal vai passar a usar bafômetro que não precisa ser soprado

   Via:Santanavinicius

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai usar pela primeira vez um novo tipo de bafômetro que não precisa ser soprado pelo condutor. O etilômetro passivo é capaz de indicar, em até dez segundos, se o motorista fez uso de bebida alcoólica.
O novo equipamento vai ajudar na triagem das abordagens, liberando rapidamente o motorista que não apresenta vestígio de álcool e direcionando os motoristas suspeitos para uma fiscalização mais rigorosa.
Na prática, para constatar ingestão de álcool basta que o condutor fale em direção ao aparelho. Caso o teste não indique que o motorista bebeu, uma luz verde se acenderá e ele será liberado. Se uma luz vermelha aparecer, ele é convidado a fazer o teste no etilômetro tradicional, que necessita ser soprado.
O novo recurso será inaugurado nas rodovias federais que cortam Pernambuco durante Operação Proclamação da República 2019, que tem início nesta quarta-feira (13) e segue até o domingo (17).
O motorista que estiver sob efeito de álcool estará sujeito a uma multa no valor de R$2.934,70, suspensão do direito de dirigir por um ano e poderá ser encaminhado a  uma delegacia, dependendo do índice verificado no bafômetro.
Um teste com um bafômetro tradicional demora, em média, dois minutos para ser concluído. Já com o etilômetro passivo o tempo é entre 5 a 10 segundos. O aparelho não utiliza bocais, que custam, em média, R$ 1,50, gerando uma grande economia, segundo a PRF.




Blog do BILL NOTICIAS

Conheça as principais mudanças da “nova reforma trabalhista”


Anunciado como uma medida de estímulo para a contratação de jovens de 18 a 29 anos no primeiro emprego, o Trabalho Verde Amarelo está sendo usado pelo governo para fazer alterações nas regras trabalhistas. O programa, enviado por meio de medida provisória e dois projetos de lei, já é apontado no Congresso como uma segunda fase da reforma trabalhista aprovada em 2017 durante o governo Michel Temer.
Na época, o relator da reforma era o atual secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, que agora comandou a elaboração do programa de estímulo ao emprego do governo Jair Bolsonaro. “Estamos simplificando a área trabalhista. Tudo que está sendo feito com as NRs (normas para segurança e saúde) tem consequência, tem link com o que foi proposto no programa. Vimos os gargalos que existem, os problemas que não foram superados. A própria dificuldade de aplicação da lei que é recente ainda”, disse.
O programa do emprego tem o objetivo de estimular a contratação de jovens de 18 a 29 anos com remuneração de até R$ 1.497 (1,5 salário mínimo). A desoneração da folha reduz em até 34% os tributos que as empresas vã pagar na contratação dos novos funcionários.
Rogério Marinho negou que se trata de uma nova reforma trabalhista. “Na verdade, estamos aperfeiçoando a legislação, prosseguindo um trabalho que foi feito em 2017. Não tem a amplitude de uma reforma trabalhista, mas ela aperfeiçoa o texto e corrige distorções no sistema. Eu não afirmo que é uma nova reforma”, argumentou.
Veja as principais alterações:
Auxílio-doença: A medida reduz o valor do benefício pago aos trabalhadores que sofram sequelas permanentes decorrentes de acidentes relacionados à atividade exercida. O benefício, que antes era de 50% da média dos maiores salários de contribuição, poderá cair para até 30% da média de todos os salários, incluindo os menores
Trabalho aos domingos e feriados: O texto permite que todos os trabalhadores sejam convocados para trabalhar aos domingos e feriados. Leis que vetavam convocação de 70 categorias, como professores e funcionários de call centers, foram revogadas. Para comércio e serviços, está garantida folga em um domingo a cada quatro finais de semana. Para a indústria, está garantida a folga apenas em um domingo a cada sete.
Registro profissional
A MP revoga exigências de registros específicos para a atuação em diversas profissões, como jornalista, publicitário, atuário e corretor de seguros. O texto também acaba com a obrigatoriedade de diploma para o exercício algumas atividades.
Bancários: A medida acaba com a proibição de trabalho aos sábados nos bancos. Além disso, deixa claro que a jornada de seis horas por dia vale apenas para os bancários que trabalham nos caixas em atendimento ao público. Para os demais trabalhadores das instituições financeiras, a jornada ordinária é de oito horas.
FGTS: Acaba com o adicional de 10% da multa rescisória sobre o FGTS pago pelas empresas em caso de demissão sem justa causa.
Alimentação: O fornecimento de alimentação, seja in natura ou por meio de tickets, vales ou cupons, não tem natureza salarial e, portanto, não é tributável e nem pode ser contabilizada para efeito da contribuição previdenciária.
Gorjetas: As gorjetas recebidas pelos trabalhadores serão contabilizadas como remuneração do empregado e não poderão ter parte retida pelo empregador. Os valores recebidos a título de gorjeta devem constar das notas fiscais emitidas pelos estabelecimentos e devem ser anotados na carteira de trabalho dos empregados.
Fiscalização: Na primeira visita, os fiscais do Trabalho não poderão fechar estabelecimentos por causa de irregularidades nem aplicar multas A primeira das fiscalizações precisará ser “pedagógica”.
Acordos: Será permitido ao trabalhador e patrão fechar um acordo extrajudicial, que será homologado por um juiz. (ESTADÃO)


Blog do BILL NOTICIAS

Criminosos matam idoso, enterram no quintal e ocupam casa no litoral paulista

O corpo do idoso Moisés Ribeiro da Silva, de 68 anos, foi achado em uma cova rasa no quintal da casa onde morava sozinho, em Ilha Comprida. Um suspeito foi preso. De acordo com a PM, o corpo tinha marcas de facadas na cabeça e nas costas, além de um braço quebrado

Moisés Ribeiro da Silva
Moisés Ribeiro da Silva (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

A Polícia Militar de São Paulo informou que três homens mataram a facadas o idoso Moisés Ribeiro da Silva, de 68 anos, enterraram o corpo no quintal e ocuparam a casa em que ele morava sozinho em Ilha Comprida, no litoral sul paulista. 
Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o corpo foi achado em uma cova rasa no quintal. Um suspeito foi preso. De acordo com a PM, o corpo tinha marcas de facadas na cabeça e nas costas, além de um braço quebrado. Pelo estado do cadáver, o idoso tinha sido morto havia pelo menos três dias.
Segundo a família de Silva, o idoso morava sozinho, mas falava com frequência com os familiares. Os filhos estranharam a falta de ligações nos últimos dias e entraram em contato, mas o celular não estava atendendo. (247)


Blog do BILL NOTICIAS

INVESTIMENTOS INTERNACIONAIS - China põe US$ 100 bilhões de fundos à disposição do Brasil

Pequim também sinalizou com uma expansão do crédito por meio de seus bancos no Brasil (o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da China, Xi Jinping. Foto: Alan Santos/PR)
Pequim também sinalizou com uma expansão do crédito por meio de seus bancos no Brasil (o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da China, Xi Jinping. Foto: Alan Santos/PR)


A China pôs à disposição do governo Jair Bolsonaro mais de US$ 100 bilhões de pelo menos cinco fundos estatais para uma nova rodada de investimentos no Brasil.Nas reuniões ocorridas entre os países nesta semana em Brasília, Pequim também sinalizou com uma expansão do crédito por meio de seus bancos no Brasil para competir principalmente por clientes do agronegócio e da indústria.No caso dos fundos de investimento, a maior parte dos recursos deverá financiar projetos de infraestrutura.

O ministro da área no Brasil, Tarcísio de Freitas, assinou na quarta-feira (13) um acordo de cooperação com o ministro dos transportes da China, e, ao longo de cinco anos, haverá uma parceria na elaboração de projetos. Essa parceria pode destravar um fundo criado pelos dois países em 2017 destinado principalmente à expansão de malha logística no país.Desde a posse de Bolsonaro, nenhuma reunião ocorreu para decidir quais seriam os empreendimentos a serem financiados com os recursos desse fundo binacional.

Os chineses aguardam o sinal verde do Brasil para depositar US$ 15 bilhões. Segundo o acordo, o Brasil terá de entrar com US$ 5 bilhões como contrapartida. Levantamento do CEBC (Conselho Empresarial Brasil-China) mostra que, na última década, os investimentos chineses acumulados no país foram de US$ 57 bilhões em 145 projetos espalhados por 21 estados e o Distrito Federal."Não temos os dados atualizados, mas, neste ano, seguramente, deve passar de US$ 60 bilhões", disse Tulio Cariello, coordenador de análise e pesquisa do CEBC.A maior parte desse investimento ocorreu a partir de 2017, com o programa de concessões e privatizações do então presidente Michel Temer.

Os chineses se consolidaram no setor elétrico, adquirindo geradoras, distribuidoras e linhas de transmissão. Somente em 2018, foram 12 projetos das estatais State Grid e China Three Gorges, com desembolsos de US$ 1,7 bilhão. Apesar de a maior parte do investimento se concentrar em energia, grupos chineses estão presentes nos mais variados ramos da economia brasileira, desde a fabricação de máquinas e equipamentos, passando por telecomunicações, papel e celulose, até petróleo e gás, agricultura e varejo.

Segundo Cariello, em uma primeira fase de investimentos (de 2007 a 2011), a China buscou projetos chamados greenfield, nome que se dá a um empreendimento que começa do zero como a construção de uma fábrica. De 2012 a 2016, a preferência passou para a compra do controle ou de participação minoritária em empresas já estabelecidas. Na gestão Temer, o apetite dos chineses aumentou com o programa de concessões e privatizações. As relações com o Brasil começaram a estremecer com a posse de Bolsonaro, que reforçou o discurso usado na campanha de que não aceitaria a política da China de "comprar o Brasil, e não do Brasil". A situação ficou mais tensa quando Bolsonaro fechou um acordo de parceria com o presidente Donald Trump. China e EUA travam guerra comercial, com elevação mútua de tarifas.

A China é o principal parceiro comercial do Brasil. De janeiro a outubro, o Brasil exportou US$ 51,5 bilhões para o país asiático e importou US$ 30 bilhões. A mudança de rumo na relação com a China ocorreu no fim de outubro, durante visita oficial de Bolsonaro ao país. No encontro com o dirigente chinês, Xi Jinping, o brasileiro pediu que as petroleiras chinesas participassem do megaleilão do pré-sal para garantir presença estrangeira. A China foi o único país que entrou na disputa.A abertura para o país asiático ocorre no momento em que os resultados do alinhamento com os EUA não surtem os efeitos esperados pelo governo brasileiro, que, em contrapartida, fez diversas concessões.
Uma delas, a abertura do mercado de trigo para produtores americanos, desagradou à China, que fizera o mesmo pedido ao Brasil, sem sucesso.

O Brasil também busca o apoio dos EUA para entrar na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). O país está na fila, e a Argentina foi anunciada recentemente como prioridade. Caso a mudança de rumo nas relações se confirme, os chineses também querem ampliar a presença de seus bancos, principalmente os de fomento, como o China Development Bank, para expandir o crédito. Bancos como o ICBC (Industrial and Commercial Bank of China), o Bank of China, o Haitong e o CCB (China Construction Bank devem ampliar neste ano seu patrimônio, hoje na casa dos US$ 3,5 bilhões, para poder concorrer na oferta de crédito nas áreas de agricultura e indústria, principalmente.

Por trás dessa estratégia, está a política do governo chinês de fortalecer a moeda, o yuan.
A ideia é massificar a presença de instituições financeiras chinesas a ponto de pleitear do Brasil que as transações comerciais e de investimentos sejam feitas diretamente na moeda chinesa. "Isso levaria a uma redução de custos das transações nas duas pontas", diz Sérgio Quadros, ex-gerente do Banco do Brasil na China que hoje pesquisa os benefícios da expansão da moeda chinesa no país. Para ele, o Brasil pode ganhar com essa política. As empresas nacionais poderiam, por exemplo, se financiar comprando títulos chineses em yuan no exterior, pagando menos. "Hoje, mais de 90% das reservas brasileiras são em dólar", diz Quadros. "Tenho certeza de que a China gostaria que uma parte fosse em yuan." Segundo ele, hoje bancos centrais mantêm o equivalente a US$ 202 bilhões de suas reservas na moeda chinesa. (DP)





Blog do BILL NOTICIAS

Bolsonaro aumenta jornada de trabalho para bancários; agências funcionarão aos sábados

Resultado de imagem para Bolsonaro aumenta jornada de trabalho para bancários; agências funcionarão aos sábados

O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta última segunda-feira (11), a Medida Provisória que dá às agências bancárias o aval para abrir aos sábados. O texto também inferiu no aumento da carga horária dos trabalhadores da categoria.
Nessa mudança, apenas os caixas de banco terão direito às seis horas de trabalho diárias comum a todos os trabalhadores de banco. Qualquer outro cargo terá a jornada aumentada para oito horas por dia.
Apesar disso, a medida autoriza os caixas a combinar uma jornada superior a seis horas por meio de acordo inscrito, convenção coletiva ou acordo coletivo.
Mesmo com as mudanças, o texto mantém o direito a 15 minutos de intervalo. A duração do trabalho também deve ser preservada entre 7h e 22 horas.
Contudo, apesar de já estarem em vigor, as novas regras precisam passar pela aprovação da Câmara e do Senado. As informações são do Jornal O Povo



Blog do BILL NOTICIAS

Patroa pede perdão a empregada com filho morto e diz: 'Sou solidária ao seu sofrimento'; leia íntegra da carta

Sarí Gaspar Corte Real, patroa de Mirtes Renata, pediu desculpas pela morte de Miguel Otávio, 5, que caiu do nono andar de seu apartamento ...