sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Comitê da Câmara dos EUA vai intensificar inquérito para impeachment de Trump

(Foto: Reuters)

O Comitê Judiciário da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, controlado pelos democratas, votou a favor da intensificação de sua investigação do presidente republicano Donald Trump nesta quinta-feira, quando parlamentares chegaram mais perto de decidir se recomendam ou não seu impeachment.
O comitê de 41 membros adotou uma resolução que lhe permite designar audiências como procedimentos de impeachment, sujeitar testemunhas a interrogatórios mais agressivos e acelerar o ritmo de uma investigação que está abrangendo áreas que poderiam se mostrar politicamente explosivas tanta para Trump quanto para o Congresso.
“Com estes novos procedimentos, começaremos na semana que vem uma série agressiva de audiências investigando alegações de corrupção, obstrução e abuso de poder contra o presidente”, disse o presidente do Comitê Judiciário da Câmara, Jerrold Nadler, a repórteres após a votação com o placar de 24 a 17.
Um inquérito mais agressivo também pode aumentar a pressão sobre líderes democratas da Câmara, como a presidente Nancy Pelosi, que vem resistindo ao impeachment de Trump por vê-lo como um passo politicamente arriscado para democratas moderados de distritos disputados onde derrubar Trump é uma proposta impopular.
“Os democratas nunca superaram o fato de eu ter vencido a eleição de forma justa”, disse Trump em comunicado divulgado em sua página no Facebook horas após a votação.
“Se eles seguirem o caminho do impeachment, estarão dividindo a nação! É ridículo até falar sobre esse assunto quando todos os crimes foram cometidos pelo outro lado”, disse o presidente.
Trump e seus correligionários republicanos acusam que a investigação do ex-conselheiro especial Robert Mueller sobre a interferência russa nas eleições de 2016 e a possível conspiração da campanha de Trump tiveram origem em um esforço anterior para afundar sua candidatura e, mais tarde, seu mandato, por ex-funcionários do Departamento de Justiça.
Os republicanos rejeitaram a ideia de que o comitê está buscando um inquérito de impeachment e minimizaram a resolução, como uma “fantasia” concebida para mascarar a relutância dos democratas de buscar que o plenário da Câmara a autorize um inquérito formal de impeachment, como ocorreu durante o escândalo Watergate e no processo de impeachment do ex-presidente Bill Clinton.
Os republicanos disseram que os democratas não têm votos suficientes para obter uma autorização formal da Câmara e denunciaram a ação desta quinta-feira como um espetáculo que visa afagar eleitores democratas que querem ver Trump fora do cargo.
Os democratas pretendem decidir até o final do ano se recomendam artigos de impeachment contra Trump ao plenário da Câmara. Se aprovados pela Câmara, caberia ao Senado de maioria republicana realizar um julgamento e cogitar a remoção do presidente.
Uma contagem da Reuters mostrou que 135 democratas da Câmara apoiam um inquérito de impeachment. Embora isso seja a maioria de sua representação, o número fica muito aquém dos 218 votos necessários para se aprovar uma resolução.(247)

Blog do BILL NOTICIAS

China coloca em órbita três novos satélites


China, satélite
China, satélite (Foto: Xinhua)

Rádio China Internacional - A China colocou em órbita um satélite de recursos e dois satélites pequenos, que foram lançados nesta quinta-feira a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, na Província de Shanxi, norte da China.
Os satélites foram lançados pelo foguete transportador Longa Marcha-4B.
O satélite de recursos ZY-1 02D foi desenvolvido pela Academia Chinesa de Tecnologia Espacial (CAST, em inglês) e é uma importante parte da infraestrutura chinesa no espaço.
Ele fornecerá dados de observação para a gestão de ativos dos recursos naturais, monitoramento ecológico, prevenção e controle de desastres, proteção ambiental, construção urbana, transporte e gestão de contingência.
Com uma vida útil prevista de cinco anos, o ZY-1 02D formará uma rede com mais satélites a seguir.
Ele trabalhará na órbita síncrona solar a 778 quilômetros da superfície terrestre. Tem uma câmera de infravermelho próximo com uma largura de cobertura de 115 quilômetros, o que permite observar cidades grandes e médias e ser usado para planejamento urbano, disse o gerente do projeto do satélite, Li Yifan.
Também tem uma câmera hiperespectral de 166 faixas que pode produzir 166 imagens com diferentes faixas de cor simultaneamente. A lente pode capturar a informação de luz refletida de vários minerais para analisar as composições minerais complicadas e a distribuição, disse Li.
Outra função é observar a concentração de clorofila, transparência da água e concentração total de matéria em suspensão nos lagos para ajudar a monitorar o meio ambiente e prevenir a poluição.
Um dos dois satélites pequenos lançados no mesmo foguete pertence à Universidade Normal de Beijing e foi batizado de BNU-1, e o outro pertence a uma companhia de tecnologia espacial privada com sede em Shanghai. Ambos têm uma vida útil prevista de um ano.
O BNU-1, desenvolvido por uma empresa de Shenzhen afiliada à CAST, pesa 16 quilos e será principalmente usado para monitorar o clima e meio ambiente polar, ajudando muito a pesquisa das regiões polares e a mudança climática global.
O satélite registra mudanças de gelo marinho, o que pode ajudar a navegação de navios e fazer avaliações de riscos de canais.
O lançamento desta quinta-feira foi a 310ª missão da série de foguete transportador Longa Marcha.(247)

Blog do BILL NOTICIAS

Chanceler de Maduro diz que guerra contra seu país seria longa e Venezuela venceria

Ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza
Ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza (Foto: Reinaldo)

O chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, disse que seu país não quer uma guerra na região. Mas que, se atacado, terá de se defender. "Uma guerra seria longa e a Venezuela venceria", disse o ministro, em uma reunião em Genebra. A informação é do jornalista Jamil Chade, em seu blog. Chade acompanha em Genebra as atividades do Conselho de Direitos Humanos da ONU.
"O chefe da diplomacia de Nicolas Maduro explicou que exercícios militares foram convocados pelo governo desde ontem. Mas repetiu pelo menos três vezes que seu país não quer um conflito", informa Chade, destacando a declaração do chanceler venezuelano. "Jamais atacaremos um povo irmão latino-americano".
A dedclaração de Arreaza surge no congtexto em que os Estados Unidos e onze outros países americanos convocaram os ministros das Relações Exteriores que fazem parte do tratado de defesa do TIAR para uma reunião. Na agenda está o "impacto desestabilizador" da crise na Venezuela.
A Venezuela reage a mais esta tentativa de preparar o ambiente para uma agressão militar.

Blog do BILL NOTICIAS

Congresso aprova lei de emergência alimentar na Argentina, que passa fome por políticas de Macri

Argentina, protesto
Argentina, protesto (Foto: Sputnik)

Telesur - A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou nesta quinta-feira (12) um projeto de lei de emergência alimentar para vigorar até o ano de 2022. Foram 222 votos favoráveis e uma abstenção.   
A iniciativa propõe ampliar as dotações orçamentárias para restaurantes comunitários. Para a aprovação de maiores recursos, ainda será necessária a aprovação pelo Senado.   
O projeto foi apresentado na última segunda-feira por vários setores da oposição.   Enquanto os debates se desenrolavam durante a sessão especial do Congreso nacional, centenas de manifestantes aguardavam do lado de fora a decisão dos parlamentares.   
Diante do Ministério do Desenvolvimento, organizações sociais acampadas durante mais de 20 horas pressionavam pela aprovação do projeto.   Algumas dessas ações foram reprimidas pela polícia.  
Daniel Arroyo, um dos autores do projeto e membro da coalizão que aoia o candidato da centro-esquerda à presidência da República, Alberto Fernández, favorito para as eleições de 27 de outubro, disse que o objetivo do projeto é enfrentar o problema da fome, da desnutrição e da forte queda do nível de renda da população.


Blog do BILL NOTICIAS

Justiça decide a favor do MPPE e condena loja a pagar R$ 300 mil em danos morais coletivos por prática de propaganda enganosa

Resultado de imagem para JUSTICA É JUSTICA

A 10ª Vara Cível da Capital acolheu a argumentação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e condenou a empresa Máquina de Vendas Brasil Participações SA ao pagamento de R$ 300 mil referentes a danos morais causados à coletividade pela prática de propaganda enganosa, que é vedada pelo Código de Defesa do Consumidor. A empresa é a uma das maiores varejistas do país, da qual faziam parte lojas como Eletro Shopping e Insinuante, que hoje são unidades da Ricardo Eletro.
O Ministério Público ajuizou, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor da Capital, ação civil pública contra a empresa pela veiculação recorrente de anúncios que induziram os consumidores a erro. “A ação objetiva a transparência nas publicidades veiculadas pela empresa, uma vez que a informação clara e ostensiva é direito básico que deve ser assegurado ao consumidor para garantir suas escolhas no mercado de consumo”, ressaltou a promotora de Justiça Liliane Rocha.
Como exemplos, ela destaca a divulgação de preços e condições de pagamento que eram corrigidas através da publicação de erratas em letras minúsculas; a alegação de que os produtos anunciados de forma inadequada se encontravam com estoque esgotado; falta de informação sobre a quantidade de produtos em estoque; omissão das marcas dos produtos; e informação das condições do anúncio em letras pequenas e de forma muito rápida, dificultando a leitura do anúncio pelo consumidor.
O MPPE também argumentou que a violação do direito coletivo de informação ao consumidor causa angústia e desrespeito à sociedade, o que ensejou a adoção do pedido de condenação ao pagamento de danos morais coletivos.
“Essas ações de propaganda objetivavam atrair os consumidores ao estabelecimento. Ao chegar nas lojas, eles se deparavam com situação totalmente diversa do que fora anunciado, contrariando os princípios da boa-fé objetiva e da transparência, necessários à relação de consumo”, apontou o magistrado Otoniel Ferreira dos Santos, na decisão judicial.(Ascom)


Blog do BILL NOTICIAS

PROCURADORA - 'Protejam a democracia', diz Raquel Dodge em sua última sessão no STF

 Por: Renato Souza - Correio Braziliense
Foto: Evaristo Sa/AFP
Foto: Evaristo Sa/AFP

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, participa, nesta quinta-feira (12/9) de sua última sessão como chefe do Ministério Público Federal (MPF) no Supremo Tribunal Federal (STF). Ela recebeu uma homenagem do presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, e do decano, Celso de Mello. 

Logo no começo da sessão, em discurso de despedida, Raquel Dodge afirmou que é papel do MP e do STF proteger os valores democráticos e garantir o funcionamento das leis no Brasil, de forma a garantir que "ninguém esteja cima ou abaixo da legislação". Em sua fala, Dodge ressaltou a importância de proteger o meio ambiente e as minorias, como povos indígenas e ciganos. Ela disse fazer um alerta aos ministros. 

"Protejam a democracia brasileira, arduamente erguida em caminhos de avanços e retrocessos, mas sempre sobre norte que a democracia é o maior modelo para construir uma sociedade de maior desenvolvimento humano", disse Dodge.

A procuradora lembrou que o STF não age de ofício, ou seja, por conta própria e "precisa ser acionado para que possa decidir".

Ao discursar, Toffoli destacou que o MPF deve se manter independente dos Três Poderes. "Sem um Ministério Público forte e independente, os valores democráticos e republicanos desenhados e propugnados da Constituição estariam ameaçados", disse.

"A doutora Raquel Dodge chefiou o MP firme na defesa de todos esses valores. Sustentou, por exemplo, a inconstitucionalidade dos dispositivos que determinava que mulheres grávidas atuassem em atividades insalubres. Fez uma defesa contundente nas liberdades de expressão, de manifestação de pensamento, de reunião e do pluralismo de ideias", completou Toffoli.




Blog do BILL NOTICIAS

Secretário da Receita só caiu porque não ofereceu blindagem que Bolsonaro queria, diz Humberto

Resultado de imagem para cpmf nao

A CPMF foi apenas uma cortina de fumaça para degolar o secretário da Receita Federal e colocar no lugar dele alguém da confiança de Bolsonaro, que possa aparelhar o órgão e garantir ao presidente a blindagem que deseja. Esta é a avaliação do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), sobre a queda de Marcos Cintra do governo.
O senador acredita que Bolsonaro ainda pretende, com todas as mudanças que têm feito em órgãos como o Coaf e a Polícia Federal, se utilizar dessas instituições para perseguir adversários.
Para Humberto, essa história de que o secretário da Receita caiu por causa da CPMF é uma imensa balela, pois ele jamais deixaria o posto por defender uma ideia que não é só sua, mas, fundamentalmente, do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do próprio Bolsonaro.
“Marcos Cintra caiu por um motivo só: ele não entregou ao presidente da República o que ele queria, a blindagem. Ele não quis, ou não conseguiu, botar rédea numa Receita que está agindo alinhada a Sergio Moro e aos procuradores da Lava Jato e vem ameaçando a própria família Bolsonaro com uma devassa”, afirmou.
O parlamentar diz que está havendo uma queda-de-braço pela apropriação dos órgãos de Estado entre Bolsonaro e seu grupo político e Sergio Moro e a organização criminosa que opera dentro Lava Jato. “Pelo bem da democracia, que percam os dois”, disparou.
O líder do PT no Senado entende que, do mesmo jeito que vasculharam arbitrariamente a vida de dezenas de agentes públicos – muitos dos quais altas autoridades, como ministros do Supremo Tribunal Federal – auditores da Receita também têm avançado sobre os interesses de Bolsonaro, seus familiares e amigos, ameaçando descobrir e revelar atividades financeiras escusas.
Ele lembra que os escândalos revelados recentemente vão de rachadinhas à lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio, cujo potencial seria o de chantagear o presidente com os crimes descobertos e torná-lo refém “desse grupelho que opera nas sombras do Estado”.
“Essa é a tônica do Estado totalitário, do Estado despótico, cujo governo se apropria das instituições para projetos políticos. Aqui no Congresso, e recorrendo ao STF sempre que necessário, nós ofereceremos uma ampla resistência a essa nefasta guerra travada nas sombras dos órgãos do Estado que ameaça, sobretudo, a própria democracia brasileira”, ressaltou.(Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Prefeitura no norte da Bahia aluga carro por mais de R$ 100 mil para servir ao prefeito por um ano

   Via:Carlos Britto


Foi publicado na edição da última terça-feira (10), do Diário Oficial do Município de Paulo Afonso, no norte da Bahia, o extrato de contrato de uma licitação da prefeitura municipal vencida pela empresa AL Nascimento Locadora-ME para aluguel de um veículo para uso do prefeito Luiz de Deus (PSD).
Na descrição do documento, o objeto do contrato é a locação de um veículo tipo SUV para atendimento e à disposição ao chefe do Executivo, 24 horas diárias, pelo preço global de R$ 106.800,00 e com vigência de 12 meses. O gestor não se pronunciou sobre o assunto.
(Fonte: PA4.com.br)

Blog do BILL NOTICIAS

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

A queda do ministro da Justiça, Sérgio Moro, já é dada como certa nos corredores do Planalto. O nome do general Guilherme Teophilo (PSDB), Secretário Nacional de Segurança Pública, já é apontado como possível sucessor de Moro, segundo reportagem da Revista Forum. Humilhado por Jair Bolsonaro e com cada dia menos poder, o ex-juiz já estaria de malas prontas para o desembarque. 
A Forum destaca que "essa decisão faz parte de acúmulos de nove meses de desgaste, tendo que lidar com atitudes de Bolsonaro que visam minar a popularidade do antes “super-ministro”, que mantém um índice de aprovação bem superior ao do polêmico presidente mesmo com as reportagens da Vaza Jato. Além disso, ele não se sente em casa na Esplanada: reprova o linguajar de Bolsonaro e mantém contato apenas com Paulo Guedes e Eduardo Villas Bôas."
"Ciente que a fritura pode gerar uma queda do ex-juiz federal, o presidente já teria um substituto para o posto. O general Guilherme Teophilo, candidato ao governo do Ceará pelo PSDB e nomeado por Moro para a Secretaria Nacional de Segurança Pública, seria o escolhido para função", diz ainda a matéria, lembrando que "o tucano é defensor do golpe militar".(247)

Blog do BILL NOTICIAS

HOSPITAL BADIM - Incêndio em hospital particular no Rio de Janeiro deixa 11 mortos

 Por: Folha Press
Fernando Frazão/Agência Brasil
Fernando Frazão/Agência Brasil

Um incêndio de grandes proporções atingiu o hospital Badim, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, e fez pacientes serem retirados às pressas no início da noite desta quinta (12). O prefeito da cidade, Marcelo Crivella, confirmou 11 mortes. Ainda não se sabe se são pacientes ou funcionários.

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 17h50 e enviou no total 12 viaturas e agentes de quatro quartéis ao edifício, que foi tomado por uma fumaça preta e espessa, como mostram imagens gravadas por quem passava pela região.

Por volta das 20h30, os bombeiros informaram que o foco do fogo não era mais visualizado, mas eles ainda trabalhavam na evacuação do edifício.

Pessoas internadas nos centros de terapia intensiva (CTI), muitas delas idosas e em estado grave, foram retiradas ainda nas macas. Com colchões e lençóis, funcionários improvisaram leitos em ruas próximas, que foram bloqueadas.

"Todos os pacientes do CTI 1 já foram retirados e estão recebendo os primeiros atendimentos na rua Arthur Menezes. Nesse momento, os pacientes do CTI 2, que tem 20 leitos, também estão sendo retirados", afirmou a direção da unidade por volta das 20h nas redes sociais.

Eles estão sendo levados para hospitais públicos e privados da região. "Toda a direção do hospital Badim está empenhada em prestar os devidos socorros necessários aos pacientes, que estão sendo transferidos para o hospital Israelita Albert Sabin e para os hospitais da Rede D'Or, do qual o Badim é associado", informou a direção.

A Secretaria de Estado de Saúde disse que enviou 15 ambulâncias para auxiliar nessa retirada, dos hospitais Getúlio Vargas, Carlos Chagas, Adão Pereira Nunes e de UPAs– e que disponibilizou leitos em unidades do estado. Antes de ser transferida, parte dos pacientes foi estabilizada no Iaserj (Instituto de Assistência dos Servidores do RJ), que fica a poucos metros.

Segundo a direção do hospital, ao que tudo indica, o incêndio foi provocado por um curto-circuito em um gerador no subsolo do prédio mais antigo do %u200BBadim, que tem dois edifícios, um inaugurado em 2000 e o outro, em 2018.

O complexo tem no total 128 leitos de internação e mais de 60 médicos, mas ainda não se sabe quantas pessoas estavam no local do incêndio. O prédio novo conta ainda com emergência, centro cirúrgico, centro de diagnóstico por imagem e "day clinic" (internação breve).

Do lado de fora do hospital Badim, atingido por um incêndio nesta tarde, o advogado Carlos Oterelo diz que acompanhava a mãe, Berta de Souza, 93, internada para se tratar de uma pneumonia, quando sentiu o cheiro de fumaça.

Com a confirmação do fogo, ele relata que tentou resgatar a mãe com os próprios braços, mas não conseguiu. "A maca é pesada, não tinha mobilidade para fazer isso e não tinha gente, estava sem luz. Então ficou muito difícil. Os bombeiros mandaram as pessoas sem enfermidade saírem. Porque senão o problema seria muito maior", disse à reportagem do UOL.

"Eu tirei minha mãe do box onde ela estava e, quando chegou na escada cortafogo, tinham muitas pessoas correndo. Funcionários, pacientes que não estavam com dificuldades de se locomover estavam sendo ajudados a descer."

Agora, ele, assim como outras dezenas de familiares de pacientes que estavam internados, cobra informações sobre o estado de saúde e a localização da mãe. "O Badim disse que iria fazer uma lista para onde os pacientes foram e que iriam colocar na mídia", afirma.

No final da noite desta quinta, a direção do Hospital Badim emitiu uma nota

A Direção do Hospital Badim vem a público expressar seu profundo pesar em relação ao incêndio ocorrido na noite desta quinta-feira.

Informamos que 103 pacientes estavam internados no hospital no momento do episódio.

Imediatamente, a brigada de incêndio iniciou a evacuação do prédio, mesmo antes da chegada do Corpo de Bombeiros.

Desde o primeiro momento a prioridade total foi socorrer os pacientes e funcionários e salvar vidas. Mais de 100 médicos foram mobilizados para dar assistência aos pacientes que estavam sendo socorridos.

Face a esse fato trágico, a solidariedade dos hospitais privados e das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde está garantindo que os pacientes sejam transferidos.

Para transmitir informações seguras, a Direção se manifestará novamente à medida em que o Corpo de Bombeiros terminar o seu trabalho e liberar o acesso ao prédio.

O trabalho dos bombeiros continua e nos mantemos solidários às famílias, pacientes e funcionários envolvidos.

A Direção



Blog do BILL NOTICIAS

Atacadão chega a Petrolina. Unidade deve ser inaugurada em Fevereiro de 2020

   Via:Vinicius de Santana

O grupo Atacadão, do grupo Carrefour,  vai abrir uma unidade em Petrolina,  com investimento equivalente a  R$ 50 milhões e inauguração prevista  para  Fevereiro de 2020.
Representantes da empresa estiveram com o Prefeito Miguel Coelho nessa quarta-feira(11) confirmando o empreendimento e garantindo a empregabilidade de 600 funcionários
A unidade funcionará na avenida Ulysses Guimarães (Jardim Amazonas). A rede de atacarejo é ligada à multinacional Carrefour e tem quase 200 unidades espalhadas pelo 26 estados do Brasil.





Blog do BILL NOTICIAS