segunda-feira, 8 de abril de 2019

Sistema de iluminação do Parque Fluvial de Juazeiro começa a funcionar e recebe aprovação da população

Resultado de imagem para Sistema de iluminação do Parque Fluvial de Juazeiro começa a funcionar e recebe aprovação da população

Resultado de imagem para Sistema de iluminação do Parque Fluvial de Juazeiro começa a funcionar e recebe aprovação da população

Após a conclusão de várias etapas da obra de construção do Parque Fluvial de Juazeiro, o equipamento recebeu agora a etapa de iluminação, que está sendo executada em ritmo acelerado e começou a funcionar em parte do Parque na área da Orla II e vem recebendo total aprovação da população.
Resultado de imagem para Sistema de iluminação do Parque Fluvial de Juazeiro começa a funcionar e recebe aprovação da população

De acordo com a equipe de engenharia da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) responsável pela fiscalização da obra, cerca de 65% da iluminação do Parque já está executada, “das 180 luminárias em LED previstas para promover a iluminação do Parque Fluvial, já foram instalados 106, sendo 56 refletores de LED com potência de 200w nos postes da parte superior da orla, direcionados para o Parque e 50 refletores de LED 150w em parte da extensão do paredão, tudo isso na área da Orla II”, explica o engenheiro civil da SEDUR, Lucas Souza.
O engenheiro destaca ainda que toda a extensão do Parque já recebeu a instalação de eletrodutos, refletores e para concluir a etapa de iluminação estão pendentes apenas a instalação do cabeamento da orla antiga e das luminárias. “Tudo ocorrendo dentro do cronograma elaborado. A previsão é concluir até o início de maio o segundo trecho”, acrescenta o engenheiro Lucas Souza.

A estudante Veridiana Ramos estava no Parque realizando sua caminhada diária e elogiou o trabalho da gestão municipal. “A Prefeitura está de parabéns por investir na recuperação de toda essa área onde está hoje o Parque Fluvial, agora com a iluminação está um show. Com certeza quando toda a extensão do parque estiver iluminada Juazeiro vai passar a ter um novo Cartão Postal, se isso aqui já era bonito só por ser margem do Rio São Francisco, imagine com toda uma estrutura de paisagismo, equipamentos para a prática esportiva, lazer e iluminação, vai ser um espetáculo”, declarou a estudante.
Para o funcionário público, Washington Oliveira, que tem a orla juazeirense como o melhor espaço da cidade para espairecer no final do dia, a obra do Parque Fluvial vai marcar a história da orla fluvial em Juazeiro. “Hoje fui surpreendido ao chegar aqui na Orla II e me deparar com tudo iluminado, ficou muito bom, agora podemos usufruir da nossa orla no período noturno com mais segurança, apreciar as noites de lua, passear com a família e até mesmo fazer atividades física”, destacou Oliveira.

De acordo com o titular da SEDUR, Hemerson Guimarães, do montante de R$ 3,5 milhões orçados para custear a obra, R$ 510 mil estão sendo destinados para a iluminação. “A iluminação pública é essencial à qualidade de vida nos centros urbanos, pois permite que a população desfrute, plenamente, do espaço público no período noturno, além de promover uma melhor imagem da cidade, favorecendo o turismo, o comércio, ampliando a cultura do uso eficiente e racional da energia elétrica, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico da população. Levando em consideração todos esses benefícios, projetamos para o Parque Fluvial uma iluminação moderna em Led e a população aprovou”, finalizou Hemerson Guimarães.
Parque Fluvial – A obra do Parque Fluvial é uma iniciativa da Prefeitura de Juazeiro, através da SEDUR, fruto de uma parceria do Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA) do Ministério do Meio Ambiente e do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal. A intervenção tem como objetivo promover a revitalização física e paisagística de toda a área considerada como degradada da orla fluvial, no trecho entre o muro da Marinha e o início do bairro Angari, uma extensão de aproximadamente 3,5 Km.

Até o momento já foram executadas a implantação de academias da saúde, parques infantis, Pista de Skate, 98% da extensão da pista de Cooper, ciclovia em toda a extensão do parque, recuperação do campo de esportes, das quadras poliesportivas e de areia, implantação de novas escadarias de acesso e rampa de acessibilidade, implantação do piso em intertravado e pintura do teto na área do Terminal hidroviário. As barracas que ficavam próximas à Marinha, já foram retiradas da margem do rio por questões ambientais e serão ordenadas e padronizadas na área da calçada que será ampliada. Atualmente está em execução a iluminação e ainda serão construídos o terminal hidroviário, os quiosques padronizados e área dos caiaques. 

Por Gardennia Garibalde/SEDUR 

ASCOM em 07/abr/2019





Blog do BILL NOTICIAS

Chuvas deverão continuar durante a semana em Petrolina, diz meteorologia

  Via:Carlos Britto

As chuvas deverão continuar em Petrolina durante toda a semana. Pelo menos essa é a previsão dos principais institutos de meteorologia do país.
A temperatura mínima vai oscilar entre 23ºC e 24ºC, enquanto a máxima ficará entre 31ºC e 32ºC.

Blog do BILL NOTICIAS

CUIDADO - Alergia alimentar: um caso de saúde pública mundial

  Por: Alice de Souza - Diario de Pernambuco
Crédito: Mandy Oliver/Esp. DP
Crédito: Mandy Oliver/Esp. DP

Como muitos bebês, Bernardo começou a conhecer os alimentos aos seis meses de vida. Numa das primeiras tentativas de introdução alimentar, um pingo de leite caiu da mamadeira no corpo dele. Rápido, no local, começaram a se formar bolhas vermelhas. Naquele momento, a engenheira de testes Paula Brasileiro, 36 anos, descobriu a primeira alergia alimentar do filho. Cerca de 8% das crianças com até dois anos de idade têm alergia alimentar, uma estatística que só cresce e motivou especialistas a fazer um alerta. Entre os próximos dias 7 e 13 de abril, a  Semana Mundial da Alergia será dedicada a conscientizar a população sobre as formas de diagnósticos e os riscos associados.

Mais de 170 alimentos são considerados potencialmente alergênicos. A alergia alimentar já é considerada um problema de saúde pública, devido ao incremento de casos. De acordo com a médica alergologista da clínica Alergo Imuno, Ana Carla Melo, entre os fatores que explicam o aumento das estatísticas estão os novos hábitos de vida da população mundial, a forma como a introdução alimentar passou a ser feita e as mudanças no padrão de ocorrência das doenças. Outra possível explicação seria a melhoria a assistência, que permite ampliar a quantidade de diagnósticos. Organizada pela World Allergy Organization (WAO) e pela Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), a campanha tem o objetivo de desmistificar o tema entre a população.

A alergia alimentar pode acontecer em qualquer momento da vida. Na infância, os alimentos com maior potencial alergênico são leite, ovo e trigo. Justamente os que Bernardo, hoje aos 7 anos, não pode comer. “Fizemos testes e vimos que ele tinha alergia à proteína do leite. Meses depois, descobrimos o ovo. E aos dois anos, quando ele brincava com uma massinha de modelar, surgiu a do trigo”, contou Paula Brasileiro. As descobertas impuseram uma rotina de cuidados para o garoto. “Se a gente comer algo com leite, por exemplo, e for dar um beijo dele, desencadeia a alergia. Na escola, sempre que ele brincava com a massa de modelar, ficava se coçando. As reações são muito rápidas e demoram mais de quatro horas a passar”, acrescentou a mãe. Hoje, a família se organiza para levar a alimentação de Bernardo, sobretudo quando vai a alguns restaurantes.

Entre as pessoas que precisam ficar mais atentas, estão aquelas com histórico familiar, que têm maior predisposição a desenvolver uma alergia alimentar. “No caso da alergia alimentar, você ter contato com o alimento de forma precoce, antes que o organismo tenha capacidade para se adaptar a ele ou um contato muito esporádico, também facilita o desenvolvimento desse quadro”, disse a médica Ana Carla Melo. Na fase adulta, os mais comuns são os frutos do mar e amendoim. Cerca de 2% da população adulta tem alergia alimentar.

As reações podem ser leves, com coceira nos lábios, até mais graves, incluindo comprometimento de vários órgãos. “Em geral, os sintomas de uma reação alérgica são semelhantes. Urticária (lesão na pele) e edema de pálpebra (inchaço), que senão tratados podem evoluir para uma reação anafilática grave e culminar com o óbito”, explicou Ana Carla Melo. Segundo ela, uma reação anafilática, no Brasil – onde não é vendido na farmácia a adrenalina – necessita de acompanhamento hospitalar. Para diagnosticar uma alergia alimentar, é preciso identificar a presença de alguns anticorpos no sangue ou fazer um teste de provocação. O ideal é que as pessoas já diagnosticadas prestem atenção sempre ao rótulo dos alimentos que estão consumindo e leia a bula de remédios, já que alguns contêm a proteína no leite.

Cuidado
Um dos grandes erros é confundir a intolerância com a alergia. “São processos diferentes. A intolerância alimentar é uma questão de dificuldade de digestão. No caso da alergia, a pessoa desenvolve anticorpos contra as proteínas alimentares”, alertou a médica. A lactose, por exemplo, é um tipo de açúcar encontrado no leite e não é desencadeador de alergias, mas sim de intolerância. Os sintomas da intolerância à lactose são dores abdominais, diarreia, flatulência (gases) e abdômen distendido. Já a alergia ao leite é desencadeada por proteínas, principalmente as caseínas, alfa-lactoalbumina e beta-lactoglobulina. Os sintomas podem ser vários, como placas vermelhas pelo corpo, coceira, inchaço dos lábios e olhos, vômitos em jato e/ou diarreia e até anafilaxia, considerada a reação mais grave.



Blog do BILL NOTICIAS

SAÚDE - Campanha de vacinação contra a gripe começa esta semana em todo o país

Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 ano e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto)

  Por: Agência Brasil
Campanha de vacinação contra a gripe
Campanha de vacinação contra a gripeFoto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa na próxima quarta-feira (10) em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização, este ano, foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando a campanha teve início na segunda quinzena de abril.
Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 ano e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, segundo o ministério, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo. 
A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.
A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A definição, de acordo com o ministério, também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente o vírus da gripe. A meta é imunizar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação.
Amazonas
No Amazonas, a vacinação contra a gripe começou no fim de março, com antecipação de 21 dias em relação às demais unidades federativas. A decisão, segundo a pasta, se deu em função da ocorrência de casos e óbitos por influenza desde fevereiro deste ano.
Em todo o ano de 2018, o Amazonas registrou 17 casos e três mortes por influenza, sendo um caso pelo vírus H1N1. Até meados de março deste ano, já foram notificados 666 casos suspeitos, sendo 107 confirmados para H1N1, além de 28 mortes também confirmadas pelo vírus.
A doença
A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus e, consequentemente, maior ou menor número de casos e mortes.
No Brasil, devido a diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer diferentes intensidades de sazonalidade da influenza e em diferentes períodos nas unidades federadas. No caso específico do Amazonas, a circulação, de acordo com o ministério, segue o período sazonal da doença potencializado pelas chuvas e enchentes e consequente aglomeração de pessoas.


Blog do BILL NOTICIAS

Os 365 dias de Lula e os 100 de Bolsonaro


Por uma dessas coincidências da vida, completam-se quase simultaneamente os 365 dias de Lula preso e os 100 dias de Bolsonaro livre, leve e solto. Na campanha presidencial do ano passado, Lula sempre ocupou o primeiro lugar em todas as pesquisas, até ser impedido de concorrer; Bolsonaro, que foi autorizado a concorrer apesar de 300 processos na Justiça Eleitoral, o segundo. As credenciais de Lula eram oito anos de governo do qual saiu com mais de 80% de aprovação e as de Bolsonaro, 30 anos de vida improdutiva na Câmara dos Deputados, onde colecionou cenas deploráveis e incendiou conflitos.
Em 365 dias de prisão – fato inédito na história do Brasil, jamais um presidente ou ex ficou preso tanto tempo – Lula se comportou de forma a orgulhar os brasileiros. Manteve a serenidade, a altivez, a coragem, a lucidez, a disposição por lutar por seus direitos e convocou os brasileiros à união. Jamais ultrapassou os limites da decência, do comportamento civilizado, jamais deu lições de violência, intolerância, pusilanimidade.
Foi o mesmo Lula que comandou a maior greve da história do país aos 30 anos e aos 60 mostrou que um trabalhador é tão capaz de ser um bom presidente da República – ou melhor - quanto um empresário ou um intelectual.
Em nenhum momento de seus 365 dias recluso fez uma declaração inadequada, arrogante, incendiária, atentatória aos interesses do Brasil. Aguentou injustiças sem esmorecer. Comportou-se como um verdadeiro patriota, na acepção da palavra: aquele que ama e defende os cidadãos de seu país.
Em contraste com Lula, aquele que ganhou as eleições em seu lugar colocou o país, em 100 dias, no túnel do Trem Fantasma. A cada curva seguramos a respiração, temendo um novo desastre. Dos dois lados da linha, fantasmas e monstros nos assombram.
Formou um governo de amadores, exóticos e incompetentes. Em todos os seus dias de governo agiu de forma a dividir o país, com mensagens ofensivas, infames, inconstitucionais e chulas. Envergonhou os brasileiros moral e politicamente. Liberou armas em vez de oferecer livros. Sujou a grande festa que tínhamos para mostrar ao mundo. Colocou o país de cócoras na Casa Branca. Ameaça engajar o Brasil numa guerra com um vizinho que nunca nos agrediu. Não oferece nenhum projeto de crescimento econômico. Cortou o salário mínimo e quer sacrificar os aposentados. Comemora assassinatos. Tem ligações estreitas com ex-PM que é amigo de milicianos envolvidos na execução de Marielle Franco. Manda comemorar o início de uma ditadura. Falsifica a história mundial e a brasileira. Ameaça a todo momento a democracia que tanto sangue, suor e lágrimas custou aos brasileiros.
Estranho país o nosso, que deixa presa uma pessoa que melhorou a vida dos brasileiros e que pode ajudar o país a voltar a crescer e deixa solto aquele que o apequena, achincalha, rebaixa, desumaniza, corrompe e conduz a um destino desconhecido e assustador.(Por:Alex Solnik)


Blog do BILL NOTICIAS

Jornada Internacional ‘Lula Livre’ acontecerá em Petrolina até quarta-feira

  Via:Carlos Britto
Lula agradece apoio/Foto: Amanda Perobelli/Estadão


Várias manifestações que fazem parte da Jornada Internacional ‘Lula Livre’ acontecerão até quarta-feira (10) em Petrolina. A primeira delas começou na manhã deste domingo (7), com uma panfletagem na orla fluvial, Centro da cidade, além de gravação de vídeos e depoimentos no ponto das barquinhas.
Amanhã (8), às 17h, a panfletagem acontecerá na feira livre do Bairro José e Maria (zona norte). Encerrando as atividades, na quarta-feira, a partir das 18h, acontecerá um ato cultural pela democracia, com shows de vários artistas locais. O evento será na Praça 21 de setembro, também no Centro. A jornada é promovida em Petrolina pela Frente Brasil Popular e pelo Comitê Internacional Lula Livre.

Blog do BILL NOTICIAS

Mello Franco: ficou claro que o presidente não estava preparado para o cargo


247 - O jornalista Bernardo Mello Franco avalia que ás vésperas de Jair Bolsonaro completar 100 dias à frente da Presidência da República, "já ficou claro que o presidente não estava preparado para o cargo".
"Até aqui, o capitão já abriu fogo contra adversários reais e imaginários. Bradou contra o socialismo, atacou países vizinhos, ofendeu parceiros comerciais e brigou com políticos que se dispunham a apoiá-lo", ressalta.

"Além de manter o tom belicoso da campanha, o presidente permitiu que a Esplanada virasse um parque de diversões da extrema direita. Nos episódios mais caricatos da disneylândia olavista, a ministra das Mulheres disse que as meninas deveriam vestir rosa e o ministro das Relações Exteriores prometeu libertar o Itamaraty do "marxismo cultural". No mais perigoso, o ministro da Educação ameaçou mudar os livros didáticos para exaltar o golpe de 1964", avalia.
Para ele, "as confusões da largada produziram um desgaste precoce no governo. A popularidade do presidente despencou 15 pontos, e o mercado financeiro começou a trocar a euforia pela cautela", afirma.
Leia a integra da análise.


Blog do BILL NOTICIAS

CARTAS A LULA: 365 DIAS DE PRISÃO EM DEPOIMENTOS ENVIADOS AO CÁRCERE


247 - Neste domingo (7), quando a prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz um ano, o Instituto Lula selecionou algumas das mais de 35 mil cartas enviadas à ele que vão da indignação pela prisão sem provas ao agradecimento pelo Brasil que construiu em seus dois governos e cujo legado permanece vivo junto ao povo brasileiro.
Nas cartas, os brasileiros contam histórias de vida, envio de presentes, além de fazerem desabafos, questionamentos sobre a justiça, mensagens de fé, declarações de amor e agradecimentos.
Confira trechos das 12 cartas selecionadas pelo Instituto Lula, uma para cada mês desde que Lula fo preso injustamente. 
Abril de 2018 - Carta recebida no dia 13/04 de Pé de Serra - BA
"Obrigada por matar a fome de muitas pessoas da minha cidade, obrigada por trazer a luz para roça da minha vó, obrigada por tornar possível o sonho da universidade de meus amigos, obrigada por lembrar que convivemos com a seca e precisamos de reservatórios"
Maio de 2018 - Carta recebida no dia 30/05 de Diamantina - MG
"Hoje estou com mais de 60 anos, juntamente com meu filho somos universitário, graças à você, que promoveu o bem estar da sociedade, criando programas, com a esperança de diminuir a desigualdade e por um Brasil mais justo e digno para todos".
Junho de 2018 - Carta recebida no dia 08/06 de Aricanduva - MG
"Tenho orgulho de dizer que fui um dos primeiros apoiadores e que levantou sua bandeira em minha região [...] Minha filha vai começar a cursar a faculdade de direito graças ao Prouni, que agora permite a ela, mesmo nascida em família pobre se formar na faculdade".
Julho de 2018 - Carta recebida no dia 30/07 de Brasília - DF
"Estou profundamente desapontado pelas circunstâncias em que você se encontra. Espero que ser um preso político não tenha deixado esmorecer o seu ânimo e também que essa missiva possa te entreter no tédio de uma injustiça".
Agosto de 2018 - Carta recebida no dia 18/08.
"Eu não sabia desenhar, mas há tempos preparo esse tiê-sangue para você. O fundo não ficou bom, mas nosso "fundo" não está bom mesmo... Esse passarinho deve ser comunista. Essas cores deles... E tem deles engaiolados que seguem cantando". [inserir desenho]
Setembro de 2018 - Carta recebida no dia 11/09
"É lamentável ver a situação do Brasil: os ministros do STF e juízes rasgando a Constituição, a decisão da ONU que não foi acatada e nossas riquezas sendo entregues para os estrangeiros".
Outubro de 2018 - Carta recebida no dia 10/10 de Araxá-MG
"Presidente, como está alto o preço que o senhor está pagando por ter feito um governo democrático, que incluiu o povo no orçamento! O egoísmo e a ignorância de muitos não têm limites. Mas, tenho certeza de que o amor vencerá".
Novembro de 2018 - Carta recebida no dia 18/11
"Não vamos parar enquanto não tirarmos você dessa masmorra. Não nos esquecemos um minuto sequer de você. Fique firme!"
Dezembro de 2018 - Carta recebida do Piauí
"Toda serenidade e paz de espírito e a certeza de que muitas vidas foram transformadas, incluindo a minha e da minha família. Homem, negro, prounista, cotista, morador de periferia, de família piauiense".
Janeiro de 2019 - Carta recebida no dia 11/09 de Pé de Serra - BA
"Lula, você pensou e pensa grande e em todos por isso é privado de liberdade, mas não pode ser tirado o direito de sonhar. Você nos fez compreender melhor o evangelho da multiplicação dos pães, quando criou o Bolsa Família e fez milhões de pessoas saciar um pouco a fome".
Fevereiro de 2019 - Carta recebida no dia 27/02 de Silveirânia - MG
"Venho através desta carta cumprimentá-lo e lhe convidar para as festividades de minha formatura. Formatura que só está sendo possível graças aos programas de incentivo ao desenvolvimento da educação implantados em seu governo".
Março de 2019 - Carta recebida no dia 01/03
"As saudades que sentimos de ti são tão grandes que já não cabem no Brasil. Venho aqui, mais uma vez, te enviar através do Instituto Lula (que sempre tem nos recebido de braços abertos), expressões de forma tão diversas da luta por sua liberdade, da luta pela liberdade do Brasil".
Abril de 2019 - Carta recebida no dia 06/04
"Escrevo essa carta enquanto me preparo para voltar a Curitiba. Amanhã faz um ano que você está aí. E faz um ano que eu nunca mais consegui me sentir completamente feliz. Não consigo conviver bem com injustiças. E a sua prisão é uma das mais graves injustiças que esse nosso país tão injusto já produziu".



Blog do BILL NOTICIAS

Afrânio dá início a programa inédito de cirurgias pediátricas

Via:Carlos Britto
O município de Afrânio (PE), no Sertão do São Francisco, deu início na última sexta-feira (5) ao programa inédito de cirurgias pediátricas. Pelas redes sociais, o atual prefeito Rafael Cavalcanti comemorou a ação.
No passado, as mães com suas crianças tinham que enfrentar viagens intermináveis e desgastantes para Recife. Tivemos a preocupação de mudar essa realidade, trazendo o cirurgião para avaliar os pacientes em nossa cidade e realizar as cirurgias em Petrolina. Somente hoje (sexta) serão quatro cirurgias realizadas. Agradeço ao Dr. Thiago pela parceria”, afirmou o gestor.

Blog do BILL NOTICIAS

LINDBERGH: RESISTÊNCIA A BOLSONARO VAI VIR DAS RUAS E DOS ESTUDANTES


247 - O ex-senador e ex-líder estudantil Lindbergh Farias disse acreditar em um levante dos movimentos estudantis contra as atrocidades e trapalhadas do governo do presidente Jair Bolsonaro.
Ele lembra que os movimentos dos estudantes sempre tiveram muita força ao longo da história brasileira. "Eu vim do movimento estudantil, se você for olhar a história do Brasil, os estudantes sempre jogaram um papel decisivo, lá de trás para o Brasil ir para a Segunda Guerra Mundial, depois daquele período antes do golpe de 64... sempre teve muita força o movimento estudantil".
Lindbergh aposta em uma pressão dos estudantes contra o atual governo. "Eu estou convencido de que a resistência ao governo Bolsonaro vai vir dar ruas, pode escrever, vai ter um levante estudantil".
O ex-senador credita essa confiança nos jovens porque crê que nesta fase a juventude está atrás de sonhos e de um futuro. Por isso eu estou apostando nesse levante estudantil, o jovem nessa idade está em uma fase de se entregar a projetos, a sonhos, esse cara vai com sonhos, com o que ele acredita. A história do Brasil é repleta desses casos, e é de uma hora para outra. Então Bolsonaro, com essa turma, eu tenho certeza que vai ter um problema enorme".
Para ele, a cabeça de comando dos levantes estudantis contra Bolsonaro será a ala feminina dos movimentos. "Eu acho que os estudantes vão para as ruas e o centro serão as meninas, menina de 15, 16 e 17 anos, vocês vão ver. O Bolsonaro atinge essa turma das mais diversas formas possíveis, está atingindo as universidades públicas, é racista, homofóbico, tem uma grande unidade nesses setores".
Lindbergh Farias, juntamente com a ex-senadora Vanessa Grazziotin, tem agora um canal no Youtube chamado "À Esquerda". Ele disse que está disposto à restabelecer o diálogo com a direita política do país mas acha que o maior diálogo é com o povo brasileiro. "Estou disposto, mas sabe qual é o grande diálogo? É com o povo, a gente tem que ganhar a maioria do povo para o nosso lado, reconquistar a confiança de uns que abandonaram, que foram iludidos com esse projeto todo aí e que vão começar a sentir, no bolso, no dia a dia".



Blog do BILL NOTICIAS