segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Internado há uma semana, Gonzaga Patriota tem complicações no pulmão e fígado, além de trombose na região abdominal

   Via:Carlos Britto
Gonzaga Patriota internado. (Foto: Divulgação)

O estado de saúde do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) apresentou um quadro viral, que gerou complicações no pulmão, fígado e trombose na região abdominal. O parlamentar está há 8 dias em tratamento intensivo, por ainda requerer cuidados.
Patriota agradece, primeiramente a Deus e, também, aos seus familiares e amigos, pelo carinho, mensagens e orações de apoio que lhe estão sendo enviados“, diz nota enviada pela assessoria.
Vale lembrar que, inicialmente, Gonzaga foi internado em Brasília (DF), com quadro de dengue. Depois, ele foi transferido de Brasília para São Paulo (SP) numa UTI aérea, onde está internado no Hospital Albert Einstein. “Além da dengue, tem uma Zica me agarrando”, revelou o parlamentar.

Blog do BILL NOTICIAS

MOURÃO CONFRONTA VICE DE TRUMP E PEDE SAÍDA PACÍFICA NA VENEZUELA

Marcos Corrêa/PR


 "Sem aventuras", escreveu o vice-presidente Hamilton Mourão, que está na reunião do grupo de Lima, em Bogotá na Colômbia, para discutir a crise na Venezuela.
Em sua página nas redes sociais, Mourão escreveu: "Vamos manter a linha de não intervenção, acreditando na pressão diplomática e econômica internacional para buscar uma solução pacífica".
Enquanto Mourão defende uma não intervenção, o representante do governo norte-americano, o também vice dos EUA, Mike Pence, atacou o presidente venezuelano Nicolás Maduro e manteve as ameaças de ingerência.
Em pronunciamento durante a reunião, Mourão afirmou que o governo brasileiro considera ser possível encontrar uma solução "sem qualquer medida extrema", como defende o governo de Donald Trump.
"O Brasil acredita firmemente que é possível devolver a Venezuela ao convívio democrático das Américas sem qualquer medida extrema que nos confunda com aquelas nações que serão julgadas pela história como agressoras, invasoras e violadoras das soberanias nacionais", disse Mourão.
Para o vice brasileiro, a comunidade internacional deve avaliar medidas como sanções contra o regime chavista por parte de organismos internacionais, como as Nações Unidas (ONU) e a Organização dos Estados Americanos (OEA), e também agências de aplicação de tratados internacionais, tribunais e bancos de fomento e investimentos.247

Vamos manter a linha de não intervenção, acreditando na pressão diplomática e econômica internacional para buscar uma solução pacífica. Sem aventuras. Condenamos o regime de Nicolas Maduro e estamos indignados com a violência contra a população venezuelana.
3.942 pessoas estão falando sobre isso






Blog do BILL NOTICIAS

Venezuela, o novo vexame do governo Bolsonaro



Por Gilvandro Filho, do Jornalistas pela Democracia

Além de não ter dado em absolutamente nada, em termos práticos, o papel do Brasil na tentativa de intervenção americana na Venezuela está sendo um fiasco do ponto de vista político. A participação desnecessária e sem sentido, além de subserviente, expõe, mais uma vez, o Brasil a um vexame planetário.
O mundo inteiro está nos vendo como um país ajoelhado e nu diante dos Estados Unidos, único interessado nessa patifaria que se comete contra um país que elegeu o seu governo de forma legítima. Um país cujo pecado é ser potencialmente rico em razão de suas reservas milionárias de petróleo, alvo único da ira de Donald Trump e seus miquinhos amestrados brasileiros e colombianos.
É inacreditável estar na cabeça de alguém que a tal “ajuda humanitária” iria adentrar o território da Venezuela, assim, de chofre, com uma multidão de venezuelanos emocionados aplaudindo, jogando flores brancas nos caminhões e gritando “Deus salve a América”. Talvez um delírio dessa monta existisse na cabeça do brinquedinho de Trump, que atende pelo vulgo de Juan Gaidó.
Por esse “líder” da oposição e autoproclamado “presidente” da Venezuela – uma mistura estranha e mais perigosa de Jair Bolsonaro com João Dória -, o seu país, hoje, já estaria incorporado aos Estados Unidos da América do Sul, o continente dos sonhos de vários presidentes sul-americanos, a começar pelo nosso.
(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)
Quem sabe um esboço desse novo continente já saia do tal “Grupo de Lima”, que se reúne nesta segunda-feira, em Bogotá? O Brasil, digo, o governo Bolsonaro está representado pelo vice-presidente Hamilton Mourão e pelo mais significativo dos seus ministros para o setor, o “chanceler” (com bastante aspas) Ernesto Araújo. O vice americano Mike Pence estará lá para coordenar os trabalhos e conferir o desempenho de seus “hermanos”, a começar pelo próprio Guaidó que, claro, está por lá.
A tentativa da “ajuda humanitária’ do igualmente humanitário Donald Trump, com ajuda dos seus amigos brasileiros e colombianos, esbarrou do óbvio, no esperado. Os caminhões não entraram na Venezuela e não vão entrar se depender do governo venezuelano. Por uma razão simples. A Venezuela não permitirá a concretização dessa farsa. Os “cavalos de Troia” serão barrados pelas forças armadas de Maduro que pode ser tudo, menos idiota para cair numa cascata dessa. Se quisessem, realmente, mandar ajuda para a Venezuela, EUA, Colômbia e Brasil teriam recorrido à medicação da ONU
Ao Brasil restou fazer uma encenação midiática, com o esforçado porta-voz de Bolsonaro lendo em seu smartphone que o “Brasil cumpriu a sua parte” e "cruzou a fronteira com seus caminhões”. Bobagem. Os veículos ficaram parados na aduana da Venezuela e de lá só devem sair para tomar o caminho de volta.
Jair Bolsonaro, ao que parece, está com seu staff dividido em relação ao problema que ele criou ao querer ser o mais servil possível aos EUA. A ala mais irracional range os dentes e grita “War! War! War!”. É a que abriga figuras do naipe do filho do meio de Bolsonaro, aquele que adora posar com boné de Trump e que manda (ou tem certeza disso) na política externa brasileira. E o ministro de Relações Exteriores que a seguir o que manda a diplomacia prefere ouvir as pregações que expele o guru Olavo de Carvalho.
Estamos, de novo, na mira do mundo. Servindo ao império. De bobos da corte.


Blog do BILL NOTICIAS

DESPORTO ESCOLAR - Governador recebe atletas do Ganhe o Mundo Esportivo

Intercâmbio estudantil e esportivo do Estado tem como novidade deste ano a inserção dos EUA 
como um dos destinos
  Por: Irce Falcão, da Folha de Pernambuco
Estudantes atletas do Ganhe o Mundo Esportivo 2019
Estudantes atletas do Ganhe o Mundo Esportivo 2019Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

A quinta turma do Programa Ganhe o Mundo Esportivo, do Governo do Estado, foi apresentada na manhã desta segunda-feira (25), no Palácio do Campo das Princesas, com as presenças do Governador Paulo Câmara, e do secretário de Esportes e Educação, Fred Amancio, entre outros profissionais da área. Neste ano, a novidade principal é a inserção dos Estados Unidos como um dos destinos do intercâmbio estudantil e esportivo. 

Até 2018, somente o Canadá fazia parte da rota. Por enquanto, apenas os competidores do atletismo irão para a Terra do Tio Sam, um total de 12. Os outros 13 selecionados seguirão o modelo dos últimos anos e irão para o Canadá. Detalhes como as cidades, escolas e centros de treinamento a serem utilizados, no entanto, só serão definidos após finalização de processo licitatório. Em aberto também está a data do embarque de fato, que deve acontecer entre agosto e setembro. 

No evento, Amancio parabenizou os selecionados no edital de 2019 do Ganhe o Mundo Esportivo e anunciou que a partir do próximo ano haverá uma quantidade de vagas destinadas a atletas do paradesporto. Disse ainda que uma das metas da sua gestão é conseguir contemplar também os profissionais de educação física. “Muitos desses jovens foram iniciados através de convite dos professores, que viram aptidão para determinada modalidade. Então é importante oferecer capacitação para que eles mantenham esse trabalho de descoberta de talentos”, disse o gestor. 
Até a viagem, os jovens terão uma série de encontros com a comissão do Ganhe o Mundo Esportivo para ajustar detalhes do intercâmbio. Cerca de três meses antes do embarque, serão iniciadas aulas de inglês individuais para ajudar na melhor adaptação do grupo. O intercâmbio terá duração de dois meses e os interessados em tentar uma vaga nas próximas edições devem ficar atentos para a publicação do edital de 2020, previsto para ser lançado em novembro. 

Atletas contemplados em 2019:
Adrian Matheus Bezerra dos SantosModalidade/prova: atletismo/salto em distância
Idade: 15 anos
Cidade: Iguaraci 
Instituição: Erem Professor Rosete Bezerra de Souza

Ana Sanábia Avelino da Silva BarbosaModalidade/prova: atletismo/salto em distância e salto com barreiras 
Idade: 15 anos
Cidade: Bodocó
Instituição: Escola Estadual João Carlos Lócio de Almeida 

Bianca Lima dos SantosModalidade/prova: atletismo/100 e 200 metros rasos
Idade: 17 anos
Cidade: Pesqueira 
Instituição: Escola Estadual Professor Arruda Marinho 

Davyd Vasconcelos NetoModalidade/prova: atletismo/lançamento de disco
Idade: 15 anos
Cidade: Ipubi
Instituição: Escola Estadual Joaquim Eugênio da Silva

Francisca Camila Leandro da SilvaModalidade/prova: atletismo/salto em altura e 250 metros rasos
Idade: 15 anos
Cidade: Exu
Instituição: Erem Barão de Exu

Jamerson Said Martins de Souza Modalidade/prova: atletismo/marcha atlética
Idade: 15 anos
Cidade: Petrolina
Instituição: Colégio da Polícia Militar de Pernambuco

Jaqueline Gomes dos SantosModalidade/prova: atletismo/1.000 metros
Idade: 16 anos
Cidade: Petrolina
Instituição: Escola Estadual Professora Adelina Almeida 

Leandro Silva dos Santos FilhoModalidade/prova: atletismo/lançamento de disco
Idade: 16 anos
Cidade: Petrolina
Instituição: Escola Estadual Marechal Antônio Alves Filho 

Miqueias dos Santos Santana Modalidade/prova: atletismo/marcha atlética 
Idade: 16 anos
Cidade: Petrolina
Instituição: Escola Estadual Padre Luiz Cassiano

Samyra Júlia de Lima Ferreira Modalidade/prova: atletismo/heptatlo 
Idade: 16 anos
Cidade: Arcoverde
Instituição: Erem Carlos Rios

Yago Delgado de Almeida Modalidade/prova: atletismo/100 metros
Idade: 16 anos
Cidade: Recife
Instituição: Erem Alberto Torres

Ycaro Nauã Pilar HorasModalidade/prova: atletismo/75 e 200 metros rasos
Idade: 15 anos
Cidade: Bodocó
Instituição: Escola Estadual João Carlos Lócio de Almeida

Laiza Mirelli da SilvaModalidade: badminton 
Idade: 16 anos
Cidade: Gravatá
Instituição: Erem Professor Antônio Farias

Derliane Alves SilvaModalidade: ciclismo 
Idade: 17 anos
Cidade: Ipubi
Instituição: Escola Estadual Joaquim Eugênio da Silva

Sarah Bernardo de AlencarModalidade: ciclismo
Idade: 15 anos
Cidade: Ipubi 
Instituição: Erem Arão Peixoto de Alencar

Mariana Vitória dos Santos SilvaModalidade: judô
Idade: 14 anos
Cidade: Caruaru 
Instituição: Erem Padre Zacarias Tavares

Anaely Vitória Santos da Silva Modalidade: karatê 
Idade: 15 anos 
Cidade: Surubim
Instituição: Erem Ana Faustina 

Camilla Mirely Medeiros da SilvaModalidade: karatê 
Idade: 17 anos
Cidade: Caruaru
Instituição: Escola Técnica Estadual Ministro Fernando Lyra

Luís Felipe Botelho de Lima Mendonça Modalidade: karatê
Idade: 16 anos
Cidade: Recife
Instituição: Erem Ginásio Pernambucano

Iris Vitória da Silva LeandroModalidade: luta olímpica
Idade: 17 anos
Cidade: Garanhuns
Instituição: Escola Estadual Instituto Presbiteriano de Heliópolis 

Júlio Cesar Alves Rocha Modalidade: luta olímpica
Idade: 17 anos
Cidade: Garanhuns
Instituição: Escola Estadual Instituto Presbiteriano de Heliópolis 

Diangel’s Rafael Praxedes FlorêncioModalidade/prova: natação (50m costas e 200m medley)
Idade: 15 anos
Cidade: Caruaru
Instituição: Escola Estadual Irmã Sônia

Isabelle Vitória Santana de SouzaModalidade/prova: natação (50m e 100m peito)
Idade: 16 anos
Cidade: Recife
Instituição: Escola Técnica Estadual Miguel Batista

Thiago Vicente Mendonça de GouveiaModalidade/prova: natação/400m medley
Idade: 14 anos
Cidade: Recife
Instituição: Colégio da Polícia Militar de Pernambuco

Anderson Victor Maciel Oliveira Modalidade: tênis de mesa
Idade: 14 anos
Cidade: Olinda
Instituição: Escola Estadual Compositor Antônio Maria

Paulo Câmara durante evento do Ganhe o Mundo Esportivo 2019
Fred Amancio discursa durante evento do Ganhe o Mundo Esportivo 2019Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco




Fred Amancio discursa durante evento do Ganhe o Mundo Esportivo 2019
Paulo Câmara durante evento do Ganhe o Mundo Esportivo 2019Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco






Blog do BILL NOTICIAS

UNIÃO EUROPEIA REJEITA INTERVENÇÃO MILITAR E ISOLA TRUMP E BOLSONARO


247
A União Europeia posicionou-se na manhã desta segunda-feira (25) contra a intervenção militar na Venezuela, defendida pelo governo dos EUA, pelo governo da Colômbia e pelo clã Bolsonaro. "A posição da União Europeia neste contexto é muito clara: é preciso evitar a intervenção militar", afirmou a porta-voz da diplomacia europeia, Maja Kocijancic. 
Segundo a porta-voz, a União Europeia quer uma saída "pacífica, política e democrática” para a crise, o que “exclui a violência”, informa a HispanTV. Manifestada poucas horas da reunião do Grupo de Lima em Bogotá, a posição da União Europeia é ainda mais relevante. O "presidente autoproclamado" da Venezuela, Juan Guaidó, e o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, compareceram ao encontro para pressionar, ao lado da Colômbia, para que a América Latina apoie a opção militar.
A posição da União Europeia é isola a tríplice aliança entre o governo americano (Trump), o colombiano (Duque) e o clã Bolsonaro, que sequer representa a posição unificada do governo brasileiro. Enquanto Jair e seus filhos acompanham Trump e batem o tambor da guerra, com o sempre obediente Ernesto Araújo às ordens, os militares que comandam o governo rejeitam, segundo o vice-presidente Hamilton Mourão, uma intervenção no país vizinho.
A senha para a intervenção foi dada sábado por um Juan Guaidó derrotado depois que o projeto de invasão do território venezuelano com a fantasia de "ajuda humanitária" fracassou e Maduro sagrou-se vencedor do "Dia D", como a extrema-direita denominou o dia 23 de fevereiro -e abandonou a denominação assim que sua derrota tornou-se clara. 
Derrotado e isolado em seu país, Juan Guaidó, chefe da Assembleia Nacional da Venezuela apela diretamente ao império para que invada seu país. Por isso, foi qualificado por Maduro no sábado como "traidor".  


Blog do BILL NOTICIAS

VIOLÊNCIA - Paisagista agredida pede que ao ouvirem por socorro as pessoas ajam

Ela prestou depoimento, nesta segunda-feira (25), na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca

  Por: Agência Brasil
A delegada Adriana Belém disse que concluiu o inquérito e o remeteu à Justiça
A delegada Adriana Belém disse que concluiu o inquérito e o remeteu à JustiçaFoto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

A paisagista Elaine Caparroz, violentamente agredida durante um encontro, pelo advogado Vinícius Serra, fez um apelo para que vizinhos ajam e chamem a polícia sempre que escutarem uma mulher pedindo por socorro. Ela prestou depoimento, nesta segunda-feira (25), na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca, à delegada Adriana Belém.

“Eu acho que isso é uma coisa importante, porque se tivesse alguém arrombado a porta, eu não teria passado tudo o que eu passei. Então é muito importante que alguém, quando ouve por socorro, realmente dê o socorro”, disse Elaine, ainda visivelmente abatida e com as marcas das agressões no rosto e no restante do corpo.

Ela também fez questão de agradecer às pessoas que a socorreram, após a sessão de agressões impetrada por Vinícius, o jovem que ela conheceu pela internet e o recebeu em seu apartamento, no último dia 16, na Barra da Tijuca.
“Eu quero agradecer às pessoas que salvaram a minha vida, porque quando fui encontrada, estava praticamente morta. Gostaria de agradecer a todo o trabalho impecável da polícia e espero que a Justiça ratifique esse trabalho, porque eu estou tendo a oportunidade de expor tudo o que eu passei, mas muitas mulheres não têm essa oportunidade. Então eu espero, de coração, que isso mude no Brasil, que a Justiça possa dar uma atenção maior para a gente conseguir combater esse tipo de crime e evitar que esses delinquentes fiquem soltos, com penas mais rígidas. Pois não adianta você denunciar e depois eles saem e voltam a cometer novos crimes ou até acabar o que eles começaram”, declarou Elaine.

delegada Adriana Belém disse que concluiu o inquérito e o remeteu à Justiça, que poderá pedir novas investigações, se for o caso. Segundo ela, Vinícius foi enquadrado por tentativa de feminicídio, independentemente se ele for avaliado, posteriormente, com algum problema mental, como chegou a argumentar, de que teve um surto.

“Hoje termina aqui. A polícia dá por concluído, foi [tentativa de] feminicídio, não vejo a menor possibilidade de surto psicótico. Acho que ele teve uma atitude monstruosa. Além das agressões no rosto, ele chegou a arrancar pedaços dela. Eu não posso entender que uma pessoa dessas seja capaz de conviver na sociedade”, disse Adriana Belém. A delegada também enfatizou que é necessário agir quando alguém pede por socorro, chamando a polícia ou tomando alguma atitude.

“A gente aproveita a oportunidade para pedir às pessoas não se calarem diante de um pedido de socorro. Talvez a Elaine tenha tido sua vida preservada porque lutou até o final, pediu socorro e foi ouvida. Essa máxima de que em briga de marido e mulher ninguém se mete, tem que se meter, sim. É uma vida que podemos salvar ali. Desde que ouçam um grito de desespero, as pessoas têm que se humanizar, têm que chamar a polícia, sim, tem que tentar ajudar”, disse a delegada.

O agressor, que é formado em direito, está custodiado em um hospital psiquiátrico, onde passará por exame de sanidade mental. Segundo Adriana Belém, ninguém de sua família, embora convocados a prestarem depoimento, esteve na delegacia.




Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARO - Moro apresenta a Bolsonaro investigação da PF sobre facada

Informações são parciais porque inquérito continua em andamento, diz o ministro

 Por: Folhapress
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio MoroFoto: SERGIO LIMA / AFP

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, vai apresentar ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), nesta segunda-feira (25), os resultados parciais da investigação da Polícia Federal sobre a facada desferida em setembro passado contra o então candidato durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

Moro e Bolsonaro reúnem-se no Planalto para tratar do assunto. Segundo o ministro, o inquérito da PF continua em andamento. "O presidente é a vítima, ele é interessado na investigação, então vai ser apresentado a ele o resultado da investigação até o momento", disse Moro a jornalistas após participar do seminário Políticas Judiciárias e Segurança Pública, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em Brasília.

Responsável pela PF, o ministro da Justiça não revelou qual rumo a investigação tomou. O inquérito foi aberto no ano passado para investigar se houve participação de terceiros no crime cometido por Adélio Bispo de Oliveira, que está preso.
No último dia 10, internado em São Paulo após passar por uma cirurgia em decorrência da facada, Bolsonaro divulgou um vídeo em que pediu uma solução para a investigação. "Espero [que] a nossa querida Polícia Federal, a polícia que nos orgulha a todos, tenha uma solução para o nosso caso nas próximas semanas", disse na ocasião. No vídeo, o presidente disse que o caso "não pode ficar impune".

Um outro inquérito, concluído pela PF em Minas Gerais, chegou à conclusão de que Adélio agiu sozinho no dia do crime. Pessoas que estavam próximas fisicamente dele no momento da facada foram interrogadas e tiveram celulares e computadores apreendidos e periciados.

Em conjunto com imagens do momento do atentado, a Polícia Federal concluiu que essas pessoas não tinham relação com o atentado nem com Adélio. No evento do CNJ desta segunda, Moro anunciou que o Ministério da Justiça planeja trazer para o Brasil um projeto, exitoso na Europa, que visa estabelecer "contratos locais de gestão de segurança pública" em municípios com altos índices de criminalidade.

Sem dar muitos detalhes, Moro afirmou que a ideia é firmar uma espécie de contrato entre União, Estados e municípios para definir responsabilidades e ações conjuntas para o combate à criminalidade nesses locais.

O ministro também aproveitou o evento, repleto de juízes, membros do Ministério Público e advogados, para defender seu pacote anticrime enviado ao Congresso com o objetivo de alterar 14 leis e endurecer as normas para criminosos perigosos e acusados de corrupção.

"Não há condições de um endurecimento geral, nossos presídios não comportam um aumento acentuado da população carcerária. Não obstante, é possível, sim, defender o endurecimento do sistema em relação à criminalidade mais grave", disse Moro em sua palestra.

O ministro afirmou que seu pacote tem três alvos: a criminalidade organizada, os crimes contra a vida e os crimes contra a administração pública, como corrupção. "Corrupção, criminalidade violenta e criminalidade organizada estão vinculadas", afirmou.

Moro anunciou ainda que o Ministério da Justiça vai criar dois novos bancos nacionais: um de Perfil Balístico e um Multibiométrico. O ministro não deu detalhes dessas iniciativas.




Blog do BILL NOTICIAS

MEC pede para que escolas filmem alunos cantando o hino nacional

  Por: AE
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) mandou nesta segunda-feira (25) para todas as escolas do País um e-mail pedindo que as crianças sejam perfiladas para cantar o hino nacional e que o momento seja gravado em vídeo e enviado para o governo.

O e-mail pede ainda que seja lida para elas uma carta do ministro Ricardo Vélez Rodríguez, que termina com o slogan do governo "Brasil acima de tudo. Deus acima de todos."

"Prezados Diretores, pedimos que, no primeiro dia da volta às aulas, seja lida a carta que segue em anexo nesta mensagem, de autoria do Ministro da Educação, Professor Ricardo Vélez Rodríguez, para professores, alunos e demais funcionários da escola, com todos perfilados diante da bandeira do Brasil (se houver) e que seja executado o hino nacional", diz o texto.

A carta foi enviada para escolas públicas e particulares do País. "Isso é ilegal, o MEC não tem competência para pedir nada disso às escolas", diz o diretor da Associação Brasileira de Escolas Particulares (Abepar), Arthur Fonseca Filho.

Diretores de escolas ficaram chocados com conteúdo da carta, principalmente porque pede para que as crianças sejam filmadas. Muitos chegaram a pensar que se tratava de fake news ou vírus em enviado por e-mail.

"Solicita-se, por último, que um representante da escola filme (pode ser com celular) trechos curtos da leitura da carta e da execução do hino nacional. E que, em seguida, envie o arquivo de vídeo (em tamanho menor do que 25 MB) com os dados da escola", diz o corpo do e-mail. Fonseca Filho disse ainda que as escolas não tem autorização para enviar imagens de seus alunos para o governo.

Anexada, o MEC enviou uma carta assinada pelo ministro, que, segundo a recomendação, deveria ser lida aos estudantes. Procurada, a assessoria de imprensa do ministério informou que a carta é apenas uma recomendação e não uma ordem.




Blog do BILL NOTICIAS

VICE DE TRUMP AMEAÇA VENEZUELA E AMÉRICA LATINA


247 com Sputnik Brasil
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, atacou nesta segunda-feira, 25, o presidente venezuelano Nicolás Maduro e fez graves ameaças à América Latina  durante discurso na reunião do Grupo de Lima, em Bogotá. 
"Se vocês continuarem apoiando, serão responsabilizados. Não haverá lugar seguro para vocês", disse Pence. Além disso, o vice de Donald Trump pediu aos países do Grupo Lima para suspender a entrega de vistos para as pessoas que estão no círculo mais próximo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.
"Pedimos aos países do Grupo Lima que restrinjam a entrega de vistos para o círculo próximo a Maduro", disse Pence , acrescentando que é preciso "estrangular financeiramente" a Venezuela.



Blog do BILL NOTICIAS