quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Prefeito Miguel Coelho volta a mexer nos cargos da prefeitura de Petrolina-PE

   Via:Vinicius de Santana


Pelo visto, a reforma administrativa na prefeitura de Petrolina-PE ganhou um novo capítulo. No início desta semana, o prefeito Miguel Coelho anunciou mais mudanças.
A primeira alteração foi motivada pelo início dos trabalhos na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A atual chefe de Gabinete, Fernanda Carvalho, vai deixar a prefeitura para assumir a chefia de gabinete do deputado estadual Antonio Coelho (MDB). Quem vai ficar no cargo em Petrolina é Rodrigo Galvão, atual secretário Executivo de Esportes. Inclusive a primeira reunião de transição já aconteceu na segunda-feira (21).
Outra troca de cadeiras vai ser na Coordenadoria de Convênios, que passa a ser coordenada por Rafael Oliveira. Ele deixa a secretaria Executiva de Habitação para Thulio Teobaldo assumir. No entanto, a Diretoria de Eventos, que fica vazia com a saída de Thulio, vai se fundir com a Diretoria de Turismo, cargo que ainda não tem nome definido. (Grande Rio FM)  

Blog do BILL NOTICIAS

ERDOGAN OFERECE APOIO A MADURO NA VENEZUELA

REUTERS/Umit Bektas

REUTERS/Manaure Quintero

ISTAMBUL (Reuters)
O presidente turco, Tayyip Erdogan, ligou para o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, e ofereceu apoio depois que o líder da oposição venezuelana se declarou presidente interino do país, disse um porta-voz do presidente turco nesta quinta-feira.
“Nosso presidente ligou e estendeu o apoio da Turquia ao presidente venezuelano, Nicolás Maduro, e disse: ‘Meu irmão Maduro! Permaneça de pé, estamos ao seu lado!’”, disse o porta-voz presidencial Ibrahim Kalin no Twitter.
O líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, declarou-se presidente interino do país na quarta-feira, recebendo o apoio de Washington e de muitos países latino-americanos e levando o presidente socialista Maduro, que lidera a Venezuela desde 2013, a romper relações diplomáticas com os Estados Unidos.


Blog do BILL NOTICIAS

Projeto de artes marciais da UNINASSAU é aberto a comunidade


As aulas acontecem às quartas e sextas-feiras e aos sábados na Instituição
Com o objetivo de incentivar a prática esportiva, promover saúde e qualidade de vida, a Faculdade UNINASSAU Petrolina desenvolve o Projeto UNINASSAU Esportes, que realiza aulas de Jiu-jitsu e Judô, gratuitamente, para alunos e comunidade em geral.
Campeão de Jiu-jitsu em duas etapas no Campeonato Pernambucano 2018, o aluno do curso de Fisioterapia e monitor do projeto, Arthur Carlos Silva, é exemplo para muitos. “Sou atleta das duas artes (Jiu-Jitsu e Judô) e percebo que só me ajudaram nas minhas metas e conquistas, me emociona transmitir conhecimento e ver a dedicação de cada um. Agradeço a Instituição por abraçar o projeto, me sinto parte dessa família”, contou Arthur.
A coordenadora dos cursos de Fisioterapia e Educação Física, Profª Karla Melo, destaca que “o projeto traz benefícios para não só para a saúde de nossos alunos, mas agrega valor ao desenvolvimento profissional, social e interpessoal. Sinto-me feliz em ver relatos como a de Arthur”, pontuou.
As aulas acontecem às quartas e sextas-feiras, de 19h30 às 21h, e aos sábados, de 9h às 11h, na Instituição que fica na Av. Clementino Coelho, 714, Atrás da Banca. Para participar basta comparecer aos dias e horários estabelecidos. (Ascom)


Blog do BILL NOTICIAS

Homicídio em Petrolina nesta noite de quarta-feira(23)

   Via:Vinicius de Santana


Elementos  assassinaram no inicio da noite desta quarta-feira(23),  um guardador de carro, chamado flanelinha, próximo a sede do INSS. Era conhecido por Denis.
Os elementos chegaram de moto e atiraram. A vítima morreu na hora e segundo testemunhas era um ex-presidiário.
A Policia já isolou o local e  convocou o IML para recolher o corpo.Aguardem novas informações.


Blog do BILL NOTICIAS

CRISE POLÍTICA - Cuba expressa 'firme apoio' a Maduro ante 'tentativa golpista'

Por: AFP - Agence France-Presse

O governo cubano expressou seu "firme apoio" ao seu aliado, Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, diferentemente de mais de uma dezena de países latino-americanos, que reconheceram o líder do Parlamento venezuelano, o opositor Juan Guaidó, como "presidente encarregado".

"Nosso apoio e solidariedade ao presidente Nicolás Maduro ante as tentativas imperialistas de desacreditar e desestabilizar a Revolução Bolivariana", escreveu no Twitter o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel. Paralelamente, o chanceler Bruno Rodríguez também declarou seu "firme apoio" e considerou a autoproclamação de Guaidó uma "tentativa golpista".

Nuestro apoyo y solidaridad al Presidente Nicolás Maduro ante los intentos imperialistas para desacreditar y desestabilizar a la Revolución Bolivariana
5.066 pessoas estão falando sobre isso




Blog do BILL NOTICIAS

Em reunião no Ministério Público Federal, Miguel Coelho volta a defender municipalização e mais investimentos para água e esgoto em Petrolina

   Via:Vinicius de de Santana


O prefeito Miguel Coelho participou, na manhã desta quarta (23), de uma reunião com representantes do Ministério Público Federal e da Compesa para definir o destino do abastecimento de água e esgotamento sanitário de Petrolina. Durante o encontro, o gestor petrolinense defendeu a reestruturação do sistema público, com a municipalização dos serviços direcionando o recurso arrecadado com tarifas em investimentos na cidade sertaneja.
Miguel justificou o pedido com base em um volume diário de problemas que a cidade enfrenta, mas que não são enfrentados por falta de investimento adequado. O prefeito lembrou que apenas uma fatia pequena do que se arrecada com a conta de água e esgoto é aplicada em Petrolina. Além disso, foi colocada a ausência total da Compesa no atendimento da zona rural, cujo território é maior que da área urbana, e da falta de cobertura em diversos bairros e habitacionais da cidade.
Para solucionar a carência do serviço, o prefeito apresentou ao Ministério Público o plano de municipalização de água e esgoto, onde tudo que for arrecadado com a tarifa hoje destinada para a Compesa passa a ser usada exclusivamente em Petrolina. Miguel ainda colocou a Prefeitura à disposição para realizar as obras de expansão da Bacia do Dom Avelar, cujos recursos de R$ 38 milhões estão garantidos há um ano, mas a Compesa se recusa a investir, alegando insegurança jurídica. “A população de Petrolina é testemunha de que passamos o ano inteiro de 2017 tentando uma solução em parceria com a Compesa, mas não houve avanço. Conseguimos com o senador Fernando Bezerra destravar recursos volumosos para obras sonhadas pela população e mesmo com o dinheiro na mão, a Compesa não age, então, decidimos assumir o serviço e fazer o que a população exige, que é no mínimo, investir em Petrolina o que se arrecada com um serviço de qualidade”, explicou o prefeito após o encontro.
Após a apresentação, o Ministério Público Federal recomendou uma nova rodada de negociações entre os dois órgãos envolvidos para ampliar os investimentos em água e esgoto na cidade sertaneja. No final de fevereiro, representantes da Prefeitura, Compesa e Ministério Público se reunirão para consensuar uma decisão, que pode levar à municipalização da arrecadação e serviços. “Estamos à disposição para resolver o problema. Se a Compesa atender o que a prefeitura e a população exigem, podemos negociar uma extensão da permissão. Caso contrário, continuaremos o processo de municipalização com um modelo que vai aumentar a cobertura para toda a cidade e zona rural, e oferte um serviço de qualidade. O que as pessoas não aguentam mais é ficar do jeito que está”, resumiu Miguel. (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Maduro anuncia que Venezuela rompe relações diplomáticas com EUA

Além dos EUA, onze países do Grupo de Lima reconheceram Guaidó como presidente da Venezuela

  Por: AFP
O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, fala para uma multidão de apoiadores acompanhados por sua esposa Cilia Flores e vice-presidente venezuelana Delcy Rodriguez
O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, fala para uma multidão de apoiadores acompanhados por sua esposa Cilia Flores e vice-presidente venezuelana Delcy RodriguezFoto: Johan Ordonez/AFP


presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quarta-feira (23) o rompimento de relações com os Estados Unidos, depois que o governo de Donald Trump reconheceu o líder legislativo, Juan Guaidó, como presidente interino do país caribenho.

"Decidi romper relações diplomáticas e políticas com o governo imperialista dos Estados Unidos. Fora! Vão embora da Venezuela, aqui há dignidade, caralho!", disse Maduro, que deu 72 horas para a delegação diplomática deixar o país.

Grupo de Lima
Onze dos 14 países do Grupo de Lima reconheceram, nesta quarta-feira (23), o chefe do Parlamento venezuelano, o opositor Juan Guaidó, como "presidente encarregado" da Venezuela, citando a "ilegitimidade do regime de Nicolás Maduro", informou a Chancelaria peruana.

"Os governos de Argentina, BrasilCanadáChileColômbiaCosta RicaGuatemalaHondurasPanamáParaguai e Peru (...) reconhecem e expressam seu pleno respaldo ao Presidente da Assembleia NacionalJuan Guaidó, que assumiu hoje como Presidente encarregado da República Bolivariana da Venezuela", assinalou a Chancelaria peruana em comunicado. 

Os três membros do bloco que não se somaram a esta decisão foram MéxicoGuiana e Santa Lúcia.



Blog do BILL NOTICIAS

Com estruturas modernas e acessibilidade, prefeitura inicia reestruturação de abrigos de ônibus em Petrolina

    Via:Vinicius de Santana


Depois de quase 20 anos de sucateamento, os abrigos de ônibus de Petrolina começam a receber uma série de melhorias que vão transformar estes equipamentos na cidade. É que a prefeitura começou a instalar, nesta terça-feira (22), os novos abrigos nos pontos de ônibus, que já estão atendendo os usuários no centro da cidade, onde há maior fluxo de embarque e desembarque de passageiros.
Com estrutura moderna, os novos abrigos contam com acessibilidade para cadeirantes, cobertura em policarbonato, lixeira e iluminação em led. De acordo com o prefeito Miguel Coelho, a ação faz parte de uma série de investimentos para modernizar o transporte público da cidade.
 “A implantação destes novos abrigos é só uma das etapas de uma série de melhorias aos usuários do transporte coletivo, que é uma das maiores prioridades da população. Importante salientar que também estamos em processo de licitação para reestruturar todo o transporte coletivo da cidade, garantindo um dos maiores saltos na qualidade do transporte público de nossa cidade”, destacou o prefeito.
Os novos abrigos estão sendo instalados nos principais corredores de Petrolina, a exemplo da Avenida Dom Vital (próximo ao Banco Bradesco); Avenida Joaquim Nabuco (próximo ao Colégio Maria Auxiliadora e Praça do Coliseu); Avenida Fernando Góes (ao lado do HDM e ao lado da Câmara); Avenida Darci Ribeiro (perto do Centro de Convenções); Avenida Tancredo Neves (ao lado do Hotel Ibis), entre outros. Dentro do processo de reestruturação executado pela prefeitura, também serão instalados pontos com sinalização adequada onde há grande fluxo de embarque de passageiros.
A proposta da prefeitura é que o processo licitatório permita não só a reestruturação de todos os abrigos, mas também a manutenção dos mesmos com a finalidade de garantir segurança e conforto aos petrolinenses. Atualmente existem cerca de 100 abrigos de ônibus na cidade de Petrolina. Com os novos investimentos da prefeitura, a expectativa é de que este número seja dobrado ainda no primeiro semestre de 2019. (Ascom)


Blog do BILL NOTICIAS

DIPLOMATAS DOS EUA SE NEGAM A DEIXAR VENEZUELA E PODEM FICAR SEM LUZ E GÁS


Da Agência Russa Sputnik News - Os funcionários da Embaixada dos EUA em Caracas arriscam ficar sem serviços básicos se recusarem abandonar o país, declarou o líder da Assembleia Constituinte da Venezuela, Diosdado Cabello.

Anteriormente, o presidente venezuelano Nicolás Maduro rompeu as relações diplomáticas com os EUA após Donald Trump ter reconhecido o oposicionista Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela. Maduro deu 72 horas à equipe diplomática dos EUA para deixar o país, em um anúncio feito quando se dirigia a seus partidários de uma varanda do palácio do governo.
"Eles disseram que não saem porque não reconhecem Nicolás [Maduro]. É possível que desapareça a luz na área [da Embaixada] e não chegue o gás, com tantos problemas que há nesse país", declarou Diosdado Cabello.
Segundo ele, "se não há relações diplomáticas, não há nenhum tipo de privilégios".
Antes, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, anunciou que o país tomaria todas as medidas necessárias para responsabilizar qualquer pessoa que ameace a segurança dos diplomatas norte-americanos.
Crise política na Venezuela
A situação na Venezuela piorou consideravelmente após a posse de Nicolás Maduro, reconduzido ao poder em 10 de janeiro último. Os EUA, a União Europeia e um grupo de países da América Latina se pronunciaram contra o segundo mandato de Maduro, qualificando-o como "usurpador", pois afirmam que ele foi eleito de maneira "fraudulenta".
O oposicionista Juan Guaidó fez um pronunciamento durante uma manifestação contra o governo de Nicolás Maduro e se auto-proclamou presidente interino da Venezuela. Os EUA, União Europeia e uma série de países da América Latina manifestaram apoio a Guaidó e à oposição venezuelana.
A Rússia declarou que a sua posição sobre o reconhecimento de Nicolás Maduro como presidente legítimo da Venezuela não mudaria, assinalando que a posição dos países ocidentais mostra a forma como eles encaram o direito internacional, a soberania e a não interferência nos assuntos internos dos países.


Blog do BILL NOTICIAS

Prefeitura e comunidade rural de Petrolina unem forças para tirar adutora do papel

   Via:Carlos Britto
Foto: Ascom PMP/divulgação

A Prefeitura de Petrolina e a comunidade do Mundubim, na zona rural, uniram forças para sanar um problema antigo dos moradores: a falta d’água. Em mutirão, poder municipal e comunidade estão implantando uma adutora com 8 km de extensão, que beneficiará dezenas de famílias da localidade. A ação tem também o apoio da 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf, que liberou parte dos recursos destinados às obras.
Para a construção da adutora, um grupo de moradores monitorados por técnicos da prefeitura está instalando tubulações que vão permitir a captação de água no ramal principal da Adutora do Caititu. O trabalho tem também suporte de máquinas para a cavar o trajeto onde os tubos estão sendo implantados.
Segundo o secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando, a expectativa é de concluir a nova adutora do Mudubim em três meses. “Essa comunidade esperou anos por água. É uma ação muito importante e com um caráter de coletividade especial porque envolve a população, o deputado federal Fernando Filho, que liberou uma emenda para compra do material e a sensibilidade do prefeito, que determinou prioridade nesse trabalho com as máquinas e suporte dos nossos técnicos”, explicou o secretário durante uma vistoria realizada nesta terça (22).
Integrante da frente de trabalho conjunta, o morador do Mudubim Faustino Nunes está ansioso para concluir a obra na região. “Com essa água que vai chegar, mais de 40 famílias serão beneficiadas. Além dessas, tem as casas que estão perto da região e precisam de água”, comemora. Com informações da assessoria da PMP.

Blog do BILL NOTICIAS

Usina Solar Fotovoltaica é instalada no Lago de Sobradinho e reforça necessidade de pesquisa sobre energia limpa

  Via:Vinicius de Santana

Começando o ano com uma realidade bem diferente de 2018, o reservatório de Sobradinho, no Norte da Bahia, deixa a região em uma situação mais confortável. No início do ano passado contava com 13,59% do seu volume útil, e em janeiro de 2019 o lago armazena 35,76% da sua capacidade. Não é muito, mas já muda o cenário dos últimos tempos e essa não é a única novidade que é possível notar em um dos maiores lagos artificiais do mundo: é na sua superfície que está instalada a Planta Solar Fotovoltaica criada a partir do Projeto de Pesquisa & Desenvolvimento para implantação do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (CRESP).

A usina flutuante consiste na implantação de diversos sistemas e componentes que além de subsidiar pesquisas do potencial energético da região visa também agregar energia às atuais fontes de geração. O projeto, no âmbito do P&D+I (Pesquisa e Desenvolvimento + Inovação), objetiva resultados mediante estudos técnicos, simulações e análises operacionais. Segundo o Diretor de Operação da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF), João Henrique de Araujo Franklin Neto, no projeto para o Lago de Sobradinho estão previstas uma planta de 1MWp (Megawatt-pico) e, na sequência, uma planta de 4MWp, com investimento total da ordem de R$ 56 milhões. O recurso é oriundo da carteira Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) de P&D+I da Chesf, empresa responsável pela instalação, fiscalização e operação.
Na fase de medições, etapas de 1MWp e 4MWp, estão contemplados os campos de avaliação respectivos ao Meio Ambiente; Irradiação Solar; Produção de Energia; Estudos Comparativos; Operação e Manutenção; Perdas Elétricas; entre outros. Na primeira etapa do projeto a capacidade de geração anual da usina flutuante 1MWp é da ordem de 1.752.000kWh (Quilowatt-hora), equivalente ao consumo anual de 1.460 residências, com consumo anual de energia de 1.200kWh. Já a usina flutuante de 4MWp tem a capacidade de geração de 7.008.000kWh (equivalente ao consumo de 5.840 residências, também com consumo anual de energia de 1.200kWh). Ao final do projeto a capacidade de geração anual pretendida é da ordem de 8.760.000kWh.
O sistema tem as placas (painéis fotovoltaicos) instaladas sobre flutuadores semi-submersos e é composto por ancoragem, por meio de portas de concreto, cabos e boias; flutuadores primários (para fixação dos painéis fotovoltaicos); flutuadores secundários (para circulação); caixas de conexão; cabos de força e controle; eletrocentro; rede de média tensão; e interligação. Ainda de acordo com o Diretor de Operações, a escolha da região do Lago de Sobradinho para sediar o projeto considerou as condições climáticas. “A escolha se deu após análises das condições de instalação da usina flutuante, dados meteorológicos, conexão, escoamento da energia gerada e proximidades com outros projetos e centro de pesquisa. Ainda dentro da perspectiva da região, há um importante conjunto de possibilidades que passam por fatores como o solar fotovoltaica no lago de Sobradinho; solar fotovoltaica Petrolina – Planta Comercial; solar fotovoltaica Petrolina – planta tecnológica; termosolar com calhas parabólicas; termosolar com torre central; entre outras”, explicou.
O processo que compreende a realização de estudos, por serem oriundos de projetos no âmbito do P&D+I ANEEL, os resultados serão divulgados e têm a função de, entre outros aspectos, contribuir com estudos científicos e projetos em desenvolvimento para geração de energia por fonte solar. O estudo também irá avaliar os impactos ambientais desses equipamentos.
“Assim como a bacia do São Francisco estamos em uma região privilegiada por sua capacidade de geração de riquezas seja pela sua produção, seja pelos nossos recursos. Recursos esses que devem ser protegidos e esse é o papel do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco que vem acompanhando sempre de perto novas iniciativas que podem contribuir com a sua preservação, como o estudo que vem sendo desenvolvido através da geração de energia solar”, afirmou o Coordenador da Câmara Consultiva Regional do Submédio São Francisco, Julianeli Lima.
Aumento da vazão
Com um cenário um pouco mais confortável do que nos últimos anos, no último dia 07 de janeiro durante reunião de avaliação da operação dos reservatórios do São Francisco, coordenada pela Agência Nacional de Água – ANA, foi definido o aumento da defluência de Sobradinho passando para o patamar de 900 m3/s.
Com o período úmido Bacia no São Francisco encontra, a expectativa é de que o lago continue recebendo mais água e o volume útil continue subindo. “A autorização da elevação da defluência para o patamar de 900 m3/ está condicionada a uma situação de armazenamento em Sobradinho igual a 55% VU no mês de maio de 2019. Ou seja, se as simulações apresentadas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, no âmbito da Reunião de Avaliação da Operação dos Reservatórios do São Francisco indicarem um armazenamento inferior a este valor de 55% VU na data de 01/05/2019, será revista a programação de defluência para valores inferiores ao atualmente praticado (900 m3/s)” concluiu Franklin. (Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – CBHSF)


Blog do BILL NOTICIAS

AMÉRICA LATINA México reconhece governo de Maduro ante crise na Venezuela

Por: AFP - Agence France-Presse
Foto: Yuri CORTEZ/AFP
Foto: Yuri CORTEZ/AFP

O governo do México disse nesta quarta-feira (23) que ainda reconhece o governo de Nicolás Maduro depois que o presidente do Parlamento venezuelano, Juan Guaidó, se autoproclamou presidente interino.

"Até onde estamos, (o posicionamento do México) é de que nós reconhecemos as autoridades eleitas de acordo com a Constituição venezuelana", disse à AFP o porta-voz da Presidência mexicana, Jesús Ramírez.

"O governo mexicano analisa a situação na Venezuela. Até o momento não há nenhuma mudança em suas relações diplomáticas com esse país, nem com o seu governo", escreveu depois Ramírez no Twitter. 

Vários países, entre eles Brasil, Colômbia e Estados Unidos, reconheceram Guaidó como presidente interino da Venezuela.

O governo do México, que desde 1º de dezembro é chefiado pelo esquerdista Andrés Manuel López Obrador, evitou se pronunciar sobre a crise venezuelana, diferentemente do governo anterior de Enrique Peña Nieto, que tinha um papel mais ativo em criticar o governo de Maduro.

López Obrador tem dito que busca o diálogo, mas que não vai condenar um governo estrangeiro e não se intrometerá em assuntos internos de outros países, citando o princípio de política externa de seu país de "não intervenção".

Seguindo esta postura, o México evitou assinar uma declaração do Grupo de Lima, no começo do ano, que pedia a Maduro para não assumir um novo mandato em 10 de janeiro.

O Grupo de Lima, criado em 2017 - ano marcado por protestos contra Maduro que deixaram 125 mortos na Venezuela -, é integrado por Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru, Guiana e Santa Lucía, além do México.



Blog do BILL NOTICIAS

MOURÃO DIZ QUE SE JUAN GUAIDÓ FOR PRESO, O BRASIL SÓ IRÁ PROTESTAR


247

Além de afirmar que o Brasil não se envolverá num conflito militar na Venezuela, como parece ser o desejo dos Estados Unidos e de Jair Bolsonaro, que bate continência para a bandeira americana, o presidente interino Hamilton Mourão afirmou que o País não tomará nenhuma atitude se o presidente venezuelano Nicolás Maduro decidir prender o deputado Juan Guiadó, que se declarou presidente do país vizinho. 

"Só pode protestar; não vai fazer mais nada além disso", declarou Mourão. Antes, ele havia dito que "o Brasil não participa de intervenção, não é da nossa política externa intervir nos assuntos internos de outros países", contradizendo o presidente Jair Bolsonaro, que em Davos fez um pronunciamento em apoio ao golpe contra Nicolás Maduro.
O Itamaraty divulgou uma nota em apoio a Guaidó logo após o governo dos Estados Unidos, de Donald Trump, ter feito o mesmo. "Brasil reconhece o Senhor Juan Guaidó como Presidente Encarregado da Venezuela. O Brasil apoiará política e economicamente o processo de transição para que a democracia e a paz social voltem à Venezuela", diz o Ministério das Relações Exteriores.


Blog do BILL NOTICIAS

Jovem é morto com tiros na cabeça no bairro Malhada da Areia, em Juazeiro

   Via:Carlos Britto
Foto: reprodução


Juazeiro (BA) contabilizou o oitavo homicídio do ano de 2018 na noite de ontem (23). O crime aconteceu no bairro Malhada da Areia, menos de 24 horas depois do registro do sétimo assassinato, ocorrido durante a madrugada, no bairro Sol Nascente.
A vítima foi identificada como Renan Batista, de 23 anos. Ele foi morto com disparos de arma de fogo na cabeça e seu corpo foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). O caso é investigado pela Polícia Civil (PC).



Blog do BILL NOTICIAS

Operação acha cheques e carros com ex-PM ligado ao caso Queiroz

O caso tem causado apreensão no governo Bolsonaro, que cancelou uma entrevista e já afirmou que se o filho for culpado de algo deverá pagar

  Por: Igor Gielow/ Folhapress
Fabrício Queiroz
Fabrício QueirozFoto: Reprodução/Youtube


A operação desta terça (22) do Ministério Público do Rio de Janeiro contra suspeitos de chefiar uma milícia na zona oeste da cidade encontrou uma grande quantidade de cheques, notas promissórias, carros e documentação de imóveis em endereços ligados ao ex-capitão da PM Adriano Magalhães da Nóbrega.

Ele, que está foragido, e outros dois policiais são apontados pelas investigações como os líderes de um esquema na favela de Rio das Pedras que vendia ilegalmente imóveis grilados. Nóbrega é o elo entre o caso e a apuração sobre as atividades do gabinete do filho mais velho do presidente Jair BolsonaroFlávio, na Assembleia Legislativa fluminense.

Quando Nóbrega já era alvo da polícia, o gabinete empregou sua mulher e sua mãe. Flávio negou envolvimento com o caso e diz que a indicação foi do ex-assessor Fabrício Queiroz, que já está sob investigação por movimentações atípicas de dinheiro. Queiroz confirmou que quis ajudar a família do suposto miliciano.

Flávio era deputado estadual e elegeu-se senador na esteira da onda de direita que levou seu pai ao Planalto, no pleito do ano passado. Ele só tomará posse em fevereiro.

A milícia em questão era acusada pela vereadora Marielle Franco, do PSOL carioca, de promover o comércio irregular de terras nas favelas. Marielle foi executada com seu motorista no ano passado, um crime que as apurações indicam ter sido cometido pelo chamado Escritório do Crime, uma unidade de extermínio a serviço das milícias e da qual Nóbrega seria um dos chefes, segundo as investigações.

Nas fotos da apreensão, às quais a reportagem teve acesso, há pelo menos três carros diferentes, incluindo uma SUV de luxo Hilux, e radiotransmissores com etiquetas identificadoras -um é de "Fábio", outro de "Sape". Entre a pilha de cheques, há diversos valores fracionados apontados, como R$ 14.197,90, datado de 2014 por um depósito de construção.

O caso tem causado apreensão no governo Bolsonaro. O presidente, que cancelou uma entrevista coletiva que iria conceder em Davos (Suíça), afirmou à Bloomberg que se o filho for culpado de algo, deverá pagar o que deve. Esse foi o primeiro movimento do mandatário para tentar isolar-se do escândalo crescente, que tem gerado incômodo entre aliados no Congresso e nas Forças Armadas.



Blog do BILL NOTICIAS