sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Após filho de 17 dias contrair herpes, mãe alerta sobre risco de se beijar bebês

   Fonte:(Bahia Noticias)
Após filho de 17 dias contrair herpes, mãe alerta sobre risco de se beijar bebês
Foto: Reprodução / Facebook


A baiana Rafaela Moreira, 33, fez um alerta por meio de um post no facebook após seu filho, Gustavo, de apenas 17 dias de vida, contrair herpes. “Parem de beijar bebê que não é seu”, pediu. Para o jornal “Extra”, ela relatou que a doença se manifestou após uma visita dar um beijo na criança.
Rafaela relatou ao jornal ter procurado atendimento assim que as feridas apareceram. Gustavo passou por um tratamento de 10 dias numa área de isolamento do hospital.
Após quatro meses, a mãe continua utilizando produtos dermatológicos na pele do filho, segundo recomendações médicas. Segundo Rafaela, a doença pode voltar até os seis meses de vida, pois o bebê encontra-se num estado de vulnerabilidade, apesar de já recuperado.
O post no facebook viralizou, com mais de 185 mil compartilhamentos e 25 mil likes. Rafaela conta que a decisão de fazer o alerta veio após ter lido uma notícia sobre a morte de uma menina nos Estados Unidos, que contraíu o vírus com apenas 12 dias de vida (veja aqui). No caso em questão, a bebê foi infectada no ano passado com o vírus da herpes simples (HSV) após também receber um beijo.


Blog do BILL NOTICIAS

Criminosos explodem bomba em mais um viaduto em Fortaleza

  Via:Vinicius de Santana

SÃO PAULO – Um explosivo caseiro foi detonado na base de um viaduto na avenida Washington Soares, no bairro de Messejana, na zona sudeste de Fortaleza, no fim da noite desta quinta, 10. A explosão interditou a via. Ninguém se feriu na detonação, e nenhum suspeito do crime foi preso.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, a bomba provocou uma pequena cratera no chão. A unidade não soube informar se o dano apresentaria risco à estrutura. A Polícia Militar foi acionada e efetuou o isolamento do perímetro da explosão e fechou o viaduto, que liga a Washington Soares e a rua doutor Joaquim Bento. A fábrica da Ypióca fica nas proximidades.
Nenhuma pessoa se feriu na explosão. A Polícia procura por suspeitos de envolvimento no crime.
Na quarta, 9, criminosos detonaram uma bomba no Viaduto da estação Parangaba da Linha Sul do Metrô de Fortaleza (Metrofor). Apesar da explosão, os danos foram superficiais e não afetaram o funcionamento dos trens na via.


Blog do BILL NOTICIAS

RECUOU - Governo Bolsonaro nega criar equipe para debater o Nordeste

O Ministério da Casa Civil informou, por meio da assessoria, que não há reunião prevista para aproximar a gestão dos nordestinos

  Por: Aline Moura - Diario de Pernambuco
Essa é pelo menos a quarta vez que o governo Bolsonaro recua ou nega uma relação institucional mais próxima com a região. Fotos: Reprodução Facebook
Essa é pelo menos a quarta vez que o governo Bolsonaro recua ou nega uma relação institucional mais próxima com a região. Fotos: Reprodução Facebook

O Ministério da Casa Civil descartou ontem, a intenção de realizar, nesta sexta-feira (11), uma reunião com um grupo de até oito ministros para discutir temas relativos ao Nordeste. A decisão de criar um time do primeiro escalão para tratar dos problemas regionais havia sido anunciada pelo ministro titular da pasta, Onyx Lorenzoni, a deputados da região, mas ele não deu sinais de que azeitou a engrenagem. Por meio da assessoria, a Casa Civil informou que “não há tal reunião na agenda do ministro” e que ele não tratou da possibilidade de criar uma equipe ministerial com esse olhar específico. Essa é pelo menos a quarta vez que o governo Bolsonaro recua ou nega uma relação institucional mais próxima com o Nordeste, onde perdeu a disputa presidencial nos nove estados.

A notícia sobre a criação do grupo ministerial que atendesse às demandas do Nordeste foi divulgada no Diario de Pernambuco, em outros jornais do estado, da Bahia e do Ceará. A medida foi interpretada como uma reação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) à mobilização de uma Frente Parlamentar em Defesa do Nordeste, com cerca de 200 deputados federais e senadores. Também coincidiu com uma audiência solicitada ao militar reformado pelo governador Paulo Câmara.
200 parlamentares em defesa do Nordeste
Quem propôs a Frente Parlamentar e está recolhendo assinaturas para estreá-la em fevereiro é o deputado federal Danilo Cabral, cotado para ser o líder do PSB na próxima legislatura. “O Nordeste é parte da solução do Brasil. Não vamos admitir posições discriminatórias e preconceituosas com nossa gente. Queremos ações e projetos que assegurem o desenvolvimento da região, melhorando a qualidade do nosso povo. A Frente Parlamentar em Defesa do Nordeste lutará para aprimorar o diálogo com o novo governo e pela defesa intransigente dos interesses da região”, disse Danilo, ao saber dos impasses envolvendo a proposta do grupo interministerial. 

Com o anúncio da Casa Civil, essa é mais uma vez que Bolsonaro fecha as portas para a região. O presidente não escalou nenhum ministro nordestino entre os 22 nomes. Depois, ele prometeu, por meio de ministros, criar uma secretaria especial do Nordeste e não concretizou. 

Na semana passada, o militar reformado afirmou que o presidente dos governadores nordestinos está em Curitiba, numa referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ontem, por sua vez, a Casa Civil negou ter cogitado a reunião sobre os nordestinos, os que mais sofrem com o desemprego nos últimos anos. Bolsonaro já voltou atrás, por exemplo, em relação a estabelecer uma base militar dos Estados Unidos no Brasil. Recuou sobre a questão da reforma agrária, depois de determinar que todos os processos fossem paralisados no país. Ele também escolheu um nome para chefiar A Agência de Promoção de Exportações e já o demitiu

A idas e vindas causam preocupação em quase todo meio político e o Nordeste enfrenta o risco de retaliação. No final de janeiro, segundo a assessoria do governador da Bahia, Rui Costa (PT), o petista vai apresentar aos governadores do Nordeste, durante uma reunião, uma proposta de consórcio entre os nove estados para a compra de equipamentos e para atuação em conjunta em diversas áreas, como na segurança pública. 

A ideia do governador baiano é baratear a compra de equipamentos e agir em bloco para blindar e fortalecer a região. Na Bahia, o governo realizou consórcio com os municípios, onde o estado constrói unidades hospitalares (com todos os equipamentos) e os municípios custeiam. A assessoria de Rui Costa informou ao Diario que a proposta de consórcio entre os nove estados nordestinos ainda está sendo desenhada. 

O governador Paulo Câmara (PSB), por sua vez, foi o primeiro nordestino a solicitar uma reunião com Bolsonaro e ainda não recebeu resposta. Não é à toa que se fortalecem, entre os governadores da localidade, as propostas de atuar em bloco, seja no Executivo, seja no Legislativo.



Blog do BILL NOTICIAS

Caso suspeito de peste bubônica é investigado em São Gonçalo

  Por: Agência Brasil
A unidade encaminhou exame do paciente para um laboratório especializado no Rio. Foto: Divulgação
A unidade encaminhou exame do paciente para um laboratório especializado no Rio. 
Foto: Divulgação

Depois de cerca de 30 anos sem registrar um caso de peste bubônica no estado, o Rio de Janeiro investiga uma suspeita da doença em São Gonçalo, no Grande Rio. A direção do Hospital Municipal Luiz Palmier, onde a vítima está internada, confirmou a suspeita na última quinta-feira (10).

Segundo comunicado divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo, o paciente não apresenta quadro clínico característico da doença. No entanto, a bactéria responsável pela peste bubônica foi identificada em um exame preliminar feito pelo município.

De acoro com a nota, o material colhido no exame foi encaminhado para reavaliação pelo Laboratório Central Noel Nutels (Lacen), do governo do estado, e também pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os resultados dos exames sairão nos próximos dias, segundo a Secretaria de Saúde de São Gonçalo.

O subsecretário estadual de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe, destaca que a peste bubônica tem um nível muito elevado de cura quando tratada precocemente. “Foi iniciado o protocolo de tratamento de peste, que não é nada complicado, é apenas o uso de antibiótico.”

Chieppe esclarece que não existe risco de alastramento ou epidemia. Segundo ele, essa é uma doença já controlada em todo o país. “A gente vai lidar com esse caso com muito cuidado. Pode ser só uma suspeita. A princípio o paciente não preenche os critérios de definição da peste”, afirma.

A peste bubônica, também conhecida como peste negra, é uma doença transmitida por meio de uma bactéria presente em roedores. A contaminação é feita por meio de pulgas que picam o animal infectado e depois os humanos. O último caso registrado no Brasil foi no estado do Ceará, em 2005.



Blog do BILL NOTICIAS

Após mudança em edital de livros, MEC exonera chefe do FNDE e 9 comissionados

  Por: AE
Foto: Marcello Casal jr/ Agência Brasil
Foto: Marcello Casal jr/ Agência Brasil

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, exonerou nesta sexta-feira, 11, o chefe do Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE), Rogério Fernando Lot, e outros nove comissionados da autarquia. As exonerações ocorrem um dia após o ministério iniciar conversas informais para descobrir como ocorreram alterações no edital para os livros didáticos. A pasta disse que abriria uma sindicância, que ainda não foi formalizada.

Lot atuava como presidente interino do FNDE e foi ele quem assinou a retificação no edital publicado no Diário Oficial da União no dia 2 de janeiro. Entre os exonerados estão duas assessoras e sete coordenadores, entre eles os das áreas de Mercado, Qualidade e Compras e de Acompanhamento Jurídico.

Funcionários do fundo estão questionando as exonerações, já que a sindicância anunciada pelo Ministério da Educação ainda não foi formalmente aberta. Para a instauração da sindicância é preciso seguir um protocolo, estabelecer uma equipe que ficará a cargo da investigação. Eles defendem que o processo que teve início na quinta-feira, 10, com esclarecimentos de servidores foi conduzido de maneira informal.

Na quarta-feira, 9, o jornal O Estado de S. Paulo revelou que, no dia 2 de janeiro, foram publicadas mudanças no edital para os livros didáticos que seriam entregues em 2020 nas escolas de ensino fundamental. No fim do dia, o MEC informou que as alterações seriam anuladas e culpou a gestão anterior, já que o edital datava de 28 de dezembro. O ex-ministro da Educação e agora secretário da mesma pasta em São Paulo, Rossieli Soares, negou que as alterações tenham sido feitas por sua gestão.

"Não sei se houve alguma coisa intencional de algum colaborador, não posso responder por isso", afirmou Soares nesta quinta-feira em entrevista à Rádio Eldorado. "Eu espero que não seja (boicote), porque eu torço para que o novo ministro dê certo pelo bem do Brasil."

A publicação das alterações no Diário Oficial da União ocorreram após a posse do presidente Jair Bolsonaro e no mesmo dia da nomeação do novo ministro. Além disso, integrantes da atual equipe estavam trabalhando dentro do MEC na transição desde o início de dezembro. Na quarta-feira, só depois das denúncias na imprensa, o ministério soltou nota avisando que "erros foram detectados" no documento.

Segundo o texto do novo edital, não seria mais necessário que os materiais tivessem referências bibliográficas e também havia sido retirado o item que impedia publicidade e erros de revisão e impressão. Entre os outros trechos que haviam sido mudados estava o que dizia que as obras deveriam "promover positivamente a cultura e a história afro-brasileira, quilombola, dos povos indígenas e dos povos do campo, valorizando seus valores, tradições, organizações, conhecimentos, formas de participação social e saberes".

Metade de um item que se referia às mulheres também tinha sido cortado. Ele dizia os livros deveriam dar "especial atenção para o compromisso educacional com a agenda da não-violência contra a mulher".

O edital foi modificado cinco vezes ao longo de 2018. Numa delas em outubro, foram incluídos os itens de maior valorização da mulher, dos quilombolas, a proibição de erros e publicidade e as exigências de referências bibliográficas. O que se imagina é que algum funcionário tenha mandado para o Diário Oficial o arquivo do edital anterior a esse. Mas o que MEC quer saber é se houve intenção ou foi apenas um erro de procedimento.



Blog do BILL NOTICIAS

Após roubo, caminhoneiro é deixado imobilizado na Zona Rural de Petrolina

A vítima foi localizada pela Polícia Militar, 
que tenta localizar os assaltantes


O caminhão também foi encontrado pelo efetivo, já sem 28 pneus completos e 1.500 litros de diesel retirados do tanque de combustível. 
Foto: Divulgação/Polícia Militar. (
O caminhão também foi encontrado pelo efetivo, já sem 28 pneus completos e 1.500 litros de diesel retirados do tanque de combustível. 
Foto: Divulgação/Polícia Militar.)


Um caminhoneiro foi encontrado amarrado na Zona Rural de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, após ser vítima de roubo. Por volta das 4h da madrugada desta sexta (11), policiais militares do Batalhão Governador Nilo Coelho conseguiram localizar e libertar o homem.

Assaltantes levaram o veículo da marca Volvo 460 e R$ 500 que estava com a vítima. O homem foi imobilizado com abraçadeiras em um matagal. Após roubar o caminhão, os suspeitos levaram 28 pneus e 1.500 litros de disel, que foi retirado do tanque de combustível.

O veículo foi resgatado pela equipe do 5° Batalhão da Polícia Militar, que tenta localizar os envolvidos no crime.



Blog do BILL NOTICIAS

Namoradas são mortas a tiros por dois homens armados na Bahia

   Via:Vinicius de Santana
Namoradas são mortas a tiros por dois homens armados na Bahia


Um casal de namoradas foi morto a tiros, na tarde dessa quarta-feira (9), no bairro de São João, município de Araci, no nordeste da Bahia.  As vítimas foram identificadas como Neimara Andrade de Matos, de 26 anos, e Talilane de Moura Matos, de 27.
Os suspeitos estavam em um carro preto, atiraram no casal que estava passando pela rua e fugiram. Até o momento ninguém foi preso.
Uma idosa de 72 anos, que passava pelo local no momento do crime, foi baleada de raspão na perna e foi socorrida para o Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição.
De acordo com o G1, a delegacia de Araci está investigando o caso. No entanto, ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime.(NOTICIAS O MINUTO)

Blog do BILL NOTICIAS

HADDAD DIZ QUE REFORMA DA PREVIDÊNCIA DEVERIA COMEÇAR PELOS MILITARE



247 - O ex-prefeito Fernando Haddad defendeu nesta quinta-feira, 10, que os militares sejam os primeiros a entrarem na reforma da Previdência que deverá ser apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro. 
"Reforma dos sistemas previdenciários deveria focar inicialmente privilégios dos regimes próprios, incluindo militares, até para legitimar ajustes do regime geral. 'Governo estuda excluir afastamento por doença de cálculo para aposentadoria'", escreveu Haddad pelo Twitter, ao compartilhar notícia em que o governo avalia excluir auxílio-doença do calculo da aposentadoria. 
Levantamento do TCU de 2017 mostra que as regras para os militares brasileiros receberem seus benefícios previdenciários são mais generosas do que as normas impostas em outros países, como os Estados Unidos e o Reino Unido, onde eles nem recebem o benefício integral; militares do Reino Unido e dos EUA não recebem benefício integral e britânicos têm idade mínima, aponta TCU (leia mais).
Vários militares do governo Bolsonaro já se manifestaram contra reforma da Previdência no âmbito militar. O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse que os militares estão "excluídos da reforma da Previdência" porque possuem uma carreira diferenciada das demais.
"As Forças Armadas são um seguro caro que toda nação forte tem que ter. Temos uma proteção para essas especificidades da carreira. Se o nome é reforma da Previdência não estamos nela", disse o general em entrevista ao jornal Valor Econômico.
O vice-presidente Hamilton Mourão, general da reserva, disse que os militares devem aposentadoria diferenciada. "O sistema é diferenciado por característica da profissão. Os militares não precisam de PEC. O presidente pode mexer por lei. Acredito que [o assunto] vai ser tratado de forma separada", disse Mourão.
  



Blog do BILL NOTICIAS

Julho Amarelo: lei institui mês de combate a hepatites virais

Grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite é uma inflamação do fígado

  Por: Agência Brasil
Campanha de prevenção às hepatites na Paraíba. Foto: Assessoria/Agevisa
Campanha de prevenção às hepatites na Paraíba. Foto: Assessoria/Agevisa


Lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada hoje (11) no Diário Oficial da União institui o Julho Amarelo para combate às hepatites virais. De acordo com o texto, a campanha deve ser realizada todos os anos, em todo o território nacional.

Grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite é uma inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus ou pelo uso de remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

O Ministério da Saúde alerta que as hepatites virais são doenças silenciosas, que nem sempre apresentam sintomas. Quando estes aparecem, podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem ainda os vírus D e E, sendo que o último é mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil, segundo a pasta, são portadoras do vírus B ou C e não sabem.

“Elas correm o risco de as doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado, como cirrose e câncer. Por isso, é importante ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam a hepatite”, destaca o ministério.




Blog do BILL NOTICIAS


Aprovados em seleção para digitadores e entrevistadores do CadÚnico de Petrolina devem se apresentar na próxima semana

  Via Carlos Britto
(Foto: Divulgação)


A Prefeitura de Petrolina publicou no Diário Oficial do Município, ontem (10), os nomes dos 20 aprovados na seleção para digitadores e entrevistadores do Cadastro Único (CadÚnico) que devem comparecer, entre os dias 16 e 18 de janeiro, ao RH da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (Sedesdh).
O selecionado deve portar no ato da apresentação foto 3×4 atual; antecedentes criminais Civil e Federal; documentação comprobatória da qualificação indicada no ato da inscrição; cópias da Certidão de Nascimento ou Casamento;  Certidão de Nascimento dos filhos menores que 14 anos; identidade; CPF; título e comprovante da última votação; Pis/Pasep; Carteira Reservista; Carteira Profissional; cartão da conta da Caixa Econômica Federal; comprovante de residência; número de telefone e atestado médico pré admissional.
De acordo com a Prefeitura, o não comparecimento do candidato, no período mencionado, com toda documentação solicitada acarretará na perda da vaga. No total, foram mais de 2 mil inscrições para o Processo Seletivo, realizado para 20 vagas mais cadastro reserva.
A Sedesdh funciona na Rua Castro Alves, 481, Centro, próximo ao Restaurante Popular, das 7h30 às 16h30.  Para outras informações, o candidato poderá consultar o edital disponível no site da Prefeitura de Petrolina http://petrolina.pe.gov.br/diario-oficial/.

Blog do BILL NOTICIAS

Identificados, autores de vídeo xenofóbico pedem desculpas a nordestinos

O sócio de uma empresa de extração de pedras preciosas Lucas Paolinelli Campos e o professor do Instituto Federal de Minas Gerais Vinícius Silveira Raposo são os autores dos comentários contra nordestinos e nortistas
  Por: Fabio Nóbrega
Homens que aparecem nas imagens ainda não foram identificados


Após a repercussão negativa do vídeo em que emitem comentários xenofóbicos contra nordestinos e nortistas, os homens que aparecem nas imagens foram identificados e vieram a público pedir desculpas. O primeiro é Lucas Paolinelli Campos, sócio da empresa mineira de extração de pedras preciosas Primus Gemstones. O segundo, que nas imagens veste a camisa do Atlético-MG, se chama Vinícius Silveira Raposo e é professor do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) - Campus Bambuí. 

Em nota de resposta assinada por ambos, eles pedem desculpas e explicam que as gravações foram feitas no dia 30 de dezembro de 2018 em uma roda de amigos. "[O vídeo] visava uma brincadeira privada, brincadeira essa que, reconhecemos ser infeliz e de péssimo gosto", diz o texto. 
"[A brincadeira] veiculada de forma descontextualizada, tomou proporções inimagináveis, motivo pelo qual, de pronto, a rechaçamos e manifestamos total retratação", acrescentam. Lucas e Vinícius pedem desculpas "a todos aqueles que, por qualquer motivo, se sentiram ofendidos com as palavras ditas (...) que não condizem com as nossas convicções". 

Em nota de resposta enviada ao Portal FolhaPE, a empresa Primus Gemstones, da qual Lucas Campos é sócio, informou que "não compactua com nenhuma forma de discriminação ou preconceito de raça, cor, religião ou procedência nacional". A Primus alega que o sócio que aparece no vídeo estava fora do ambiente de trabalho e tais brincadeiras não representam os valores da empresa. 

Já o IFMG de Bambuí, onde Vinícius Raposo trabalha como professor, publicou uma nota de repúdio e afirmou que está tomando as providências legais cabíveis. "[A instituição] reafirma que essa postura não condiz com os [nossos] preceitos. Continuaremos lutando por uma educação inclusiva, livre de 'amarras' e pautada na ética, moral e civilidade", afirmaram. 

Polícia Civil de Minas Gerais não registrou nenhuma ocorrência sobre o caso.

Entenda o caso
O vídeo, que circula nas redes sociais desde essa terça-feira (8), mostra dois homens emitindo comentários xenofóbicos contra nordestinos e nortistas. Eles estão sentados em uma mesa de bar com outros dois rapazes, que acham graça da cena. Em tom de piada, os homens comemoram a eleição do presidente Jair Bolsonaro e afirmam que "não vão mais suportar" os nordestinos e os nortistas. 

"Eu queria só dizer o seguinte, galera: agora que o Bolsonaro ganhou, graças a Deus, ele vai excluir os nordestinos do grupo. (...) Agora é 'faca na caveira'", diz, exaltado, o primeiro homem que fala no vídeo. "A gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, esse pessoal de Roraima, esse pessoal do Nordeste", acrescentou. 

Em seguida, um outro membro do grupo, vestindo uma camisa do clube de futebol Atlético Mineiro, segue com as declarações ofensivas. "Essa galera do Nordeste tem que parar de gastar o dinheiro que o Sudeste produz!", fala, aos risos. O primeiro homem volta a aparecer nas imagens e concorda com o que foi dito. "Exatamente! A gente está cansado de produzir e essa mula, não sei o quê, não tem água", finaliza.

Leia as respostas e esclarecimentos na íntegra:

Resposta de Lucas e Vinícius
Vimos, através da presente nota, pedir desculpas e retratar-nos do conteúdo do vídeo gravado em 30/12/2018 e viralizado nos últimos dias. Em momento algum, tivemos a intenção de agredir verbalmente qualquer pessoa ou grupo de pessoas, tampouco quisemos expressar ali um sentimento de ódio, preconceito, discriminação ou incitação de violência. Nunca foi nossa intenção.

Aludido vídeo foi gravado em uma roda de amigos, e visava uma brincadeira privada, brincadeira essa que, reconhecemos ser infeliz e de péssimo gosto. Veiculada de forma descontextualizada, tomou proporções inimagináveis, motivo pelo qual, de pronto, a rechaçamos e manifestamos total retratação.

Reiteramos o pedido de sinceras desculpas a todos aqueles que, por qualquer motivo, se sentiram ofendidos com as palavras ditas por nós, que não condizem com as nossas convicções.

Independentemente disso, no entanto, pedimos desculpas a todas as pessoas que de alguma forma foram atingidas pelo conteúdo desse vídeo e expressamos aqui a nossa certeza de que esse tipo de assunto não deve ser motivo de brincadeiras, mesmo que internas.

Lucas Campos
Vinicíus Raposo
Belo Horizonte, 10 de janeiro de 2019.


Resposta da Primus Gemstones
A Primus Gemstones gostaria de informar que não compactua com nenhuma forma de discriminação ou preconceito de raça, cor, religião ou procedência nacional.

O sócio que aparece no vídeo em questão estava fora do ambiente de trabalho e as infelizes brincadeiras feitas por ele durante aquela gravação não representam DE FORMA ALGUMA os valores da empresa.

Reforçamos, portanto, nosso alinhamento com a visão de um mundo mais justo e igualitário, onde todos sejam tratados de maneira equânime.

Atenciosamente,
Equipe Primus Gemstones Brasil


Nota de repúdio do IFMG - Campus Bambuí
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG)- Campus Bambuí, dentro da sua história de 50 anos, vem a público reforçar o seu compromisso e respeito com a pluralidade do meio acadêmico. Ambiente este que visa a busca pelo conhecimento, nas diferentes formas de aprender e entender o mundo que nos interpõe. Fato primordial para a valorização de um espaço de transformação, que deve ser permeado pelo respeito e pela democracia.

Diante desse contexto, o IFMG não compactua com nenhuma forma de discriminação, e tem trabalhado incansavelmente na promoção do respeito a diversidade, a discussão das diferenças e na eliminação das diferentes formas de preconceito existentes. Estando comprometido com a formação de indivíduos pautados no respeito.

O IFMG esclarece que está tomando as providências legais cabíveis em relação ao fato ocorrido envolvendo servidores de nossa instituição, e reafirma que essa postura não condiz com os preceitos de nossa instituição. Continuaremos lutando por uma educação inclusiva, livre de “amarras” e pautada na ética, moral e civilidade. 

Fonte: Direção Geral do IFMG - Campus Bambuí



Blog do BILL NOTICIAS