segunda-feira, 27 de maio de 2019

Economia de Pernambuco já entra no ritmo de São João

Expectativa do Governo de Pernambuco é que a receita turística do São João em 2019 supere os R$ 346,5 milhões da receita do ano passado

São João de Caruaru


Presença forte no Nordeste do Brasil, o São João é uma importante festa que movimenta economicamente o Estado de Pernambuco, através de setores, como comércio e serviços. A secretaria de Turismo de Pernambuco anunciou que este ano a receita turística da festa no Estado deve superar a de 2018, que foi de R$ 346,5 milhões. E o investimento em atrações artísticas para o Estado está sendo discutido pelos órgãos do Governo, mas deve ser em torno de R$ 8 milhões, mesmo valor destinado no ano passado. Além disso, o Governo espera ultrapassar a taxa de ocupação hoteleira, que em 2018 foi de 72,9%.
Pelo Brasil, a festividade acontece em diversas cidades. Como nem todas denominam São João, o Ministério do Turismo informou que no Calendário Nacional de Eventos do órgão, já existem 103 eventos cadastrados com esse perfil, em 15 estados do País. Para apoiar a realização desses vários festejos juninos, o Ministério vai investir, neste ano, R$ 4,5 milhões. Com isso, também deve ultrapassar os R$ 4,2 milhões investidos nos eventos juninos de 2018.
Para Rafael Ramos, economista da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco (Fecomércio-PE), o São João move uma cadeia muito grande de transporte, infraestrutura, vestuário, e alimentação e bebidas. “De acordo com o levantamento do IBGE, junho e dezembro em Pernambuco são quando acontecem os maiores volumes de venda no setor de vestuário, calçados e acessórios. Ou seja, é uma das datas mais importantes para o Estado. Além disso, há uma demanda grande de turistas, principalmente do Sudeste, o que gera renda para o Nordeste”, explicou Ramos.(Folhape)


Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário