quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

PT CONVOCA MANIFESTAÇÕES POR LULA

Fotos: Ricardo Stuckert

247
O PT convoca a população para a realização de manifestações em defesa da democracia e em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em resposta a mais uma condenação sem provas e por razões políticas imposta pela Lava Jato. As mobilizações ocorrerão nesta quinta-feira (7) em São Paulo, na sede nacional do partido, localizada  na Rua Silveira Martins, 132, no bairro da Sé, e também na Vigília Lula Livre, em Curitiba, a partir das 17h.
"Mais uma vez, Lula é condenado sem provas. O presidente que mais fez pelo povo brasileiro hoje é preso político, refém de um Judiciário que rasga a lei diariamente para manter em cativeiro aquele que teria sido eleito novamente pelo povo. Vamos à luta, vamos às ruas! Por #LulaLivreJá!", postou o PT nas redes sociais.
Nesta quarta-feira (6), a juíza Gabriela Hardt, substituta do ex-juiz e atual ministro da Justiça Sérgio Moro, condenou o ex-presidente a 12 anos e 11 meses de prisão, no processo do chamado sítio de Atibaia. Segundo a acusação, Lula ula teria recebido R$ 1 milhão em propinas referentes às reformas do imóvel, que está registrado em nome de Fernando Bittar, filho do amigo de Lula e ex-prefeito de Campinas, Jacó Bittar. Segundo a sentença, as obras foram custeadas pelas empreiteiras OAS, Odebrecht e Schahin.
Uma perícia realizada no sistema de contabilidade de propinas da Odebrecht, porém, não encontrou qualquer operação destinada à reforma do sítio. "Não foram encontrados no material examinado documentos ou lançamentos que possam estar relacionados com o objeto da presente ação penal", destaca o documento.
O advogado Cristiano Zanin Martins, que atua na defesa do ex-presidente, afirmou que a que a juíza não apresentou qualquer ato cometido por Lula para justificar a sentença, que teria sido baseada apenas nas delação do ex-presidente da empreiteira OAS Leo Pinheiro, desconsiderando provas, laudos, depoimentos e documentos que atestavam a inocência de Lula em relação as acusações.
A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), e o senador Paulo Rocha (PA) destacaram que a nova condenação acontece em meio ao crescimento da possibilidade de Lula ser indicado ao prêmio Nobel da Paz.

Mais uma vez Lula é condenado sem provas. O presidente que mais fez pelo povo brasileiro hoje é preso político, refém de um judiciário que rasga a lei diariamente para manter em cativeiro aquele que teria sido eleito novamente pelo povo. Vamos à luta, vamos às ruas!
396 pessoas estão falando sobre isso





Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário