terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Principal desvio que dá acesso a PE-545, em Bodocó, é interditado


O alto volume de chuva nos últimos quatro dias em Bodocó (Sertão do Araripe) fez com que o desvio às margens da Ponte Sobre o Rio Pequi, principal acesso da PE-545, fosse comprometido.
Com o objetivo de avaliar a situação e definir ações a serem tomadas, representantes de órgãos e esferas competentes se reuniram na tarde desta segunda-feira (10) na sede da Promotoria de Justiça de Bodocó. O promotor de Justiça, Dr. Bruno de Lima, os representantes do governo municipal José Humberto Menezes (secretário de Infraestrutura), Jussielmo Saraiva (procurador do município), Joaquim Maniçoba (coordenador da Defesa Civil), Washington Lócio (engenheiro) e o engenheiro do Departamento de Estradas e Rodagem – DER – Givaldo Sampaio.
Em comum acordo foi definido que o desvio sobre a ponte será interditado a partir das 7h da manhã desta terça-feira (11).
A medida foi adotada como forma de prevenção para evitar possíveis acidentes no local devido aos correntes riscos, uma vez que foram registrados sinais de bastante insegurança aos motoristas e pedestres que trafegaram pelo local.
Entre as medidas estabelecidas, o DER ficará encarregado de providenciar o tráfego de veículos e pessoas pela PE-560, dando sua manutenção até o restabelecimento do tráfego. A Prefeitura disponibilizará máquina escavadeira para auxiliar os trabalhos. A Secretaria Estadual de Transporte deverá esclarecer sobre o andamento da obra da ponte; o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram oficiados a fim de prestarem assistência necessária para prevenir acidentes.
O acesso à cidade se dará pela via alternativa da PE 560, zona rural – (Sítio Estaca) até que a situação seja normalizada.
A via que é de responsabilidade do Governo do Estado está interditada desde o último 13 de abril, quando o município foi atingido por uma enxurrada. De acordo com informações contidas na placa da obra, a construção da nova ponte iniciou no dia 17 de setembro.
O prefeito Túlio Alves pontua através da assessoria de comunicação, que: “essa é uma via fundamental para a região, não apenas para Bodocó. O Governo do Estado deve dar a atenção devida, pois já se passaram quase oito meses da enxurrada. Houve sinal de obra na ponte, mas de alguns dias pra cá ela não dá sinais de que está em pleno andamento. Precisamos garantir segurança as pessoas e celeridade a este processo”, enfatiza o gestor. (Ascom)


Blog do BILL NOTICIAS

Em Dormentes, 2ª edição do projeto “Criança Brincando, Criança Feliz” é sucesso de público

  Via:Vinicius de Santana



Milhares de crianças dormentenses acompanhadas por seus familiares, participaram no último domingo (09) da 2ª edição do Projeto “Criança Brincando, Criança Feliz”, em homenagem ao saudoso prefeito Geomarco Coelho, promovido pela Prefeitura de Dormentes em parceria com todas as secretarias do município.
À tarde de diversão aconteceu no calçadão da Praça do Centro da cidade, onde os baixinhos se esbaldaram de alegria com apresentações de palhaços, fábrica de slimes, algodão doce, pipocas apresentações musicais, apresentações culturais e muitas outras brincadeiras. Todas as escolas do município fizeram parte da festa.
O evento contou com a presença da Prefeita Josimara Cavalcanti, vereadores, suplentes de vereadores, demais lideranças políticas, representantes de diversas instituições do município, secretários  e servidores municipais. (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Em Petrolina, rede municipal de ensino está com matrículas abertas para 2019

  Via: Vinicius de Santana


A Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Educação (SEDU), divulgou o calendário de matrículas para estudantes da Rede Municipal de Ensino para o ano de 2019. As vagas são disponíveis para todos os segmentos atendidos pela Rede municipal de ensino: Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e EJA (Programa de Educação de Jovens e Adultos).
O período para renovação dos alunos que já estudam nas unidades e a matrículas para os estudantes novatos com necessidades educacionais especiais aconteceu nesta semana. Para realizar transferências dos estudantes oriundos da Rede Municipal e/ou conveniadas migrando de unidade escolar para outra, as datas começam na quinta-feira (20) e seguem até a sexta-feira (28) deste mês.
A partir do dia 7 de janeiro de 2019, a SEDU vai iniciar o período de matrícula destinado aos alunos novatos.  “A secretaria garante que todas as crianças terão vagas disponibilizadas para realizar as matrículas. Estamos trabalhando para cumprir as datas e prazos do calendário a fim de evitar transtornos aos pais e responsáveis”, esclarece a secretária executiva de Alfabetização, Ensino e Aprendizagem, Sônia Passos.
DOCUMENTAÇÃO
No ato da matrícula ou renovação os pais ou responsáveis devem apresentar o original e a xerox das seguintes documentações: histórico escolar – da escola de origem para o ingresso do estudante a partir do 2º ano do Ensino Fundamental (anos iniciais), 2ª, 3ª e 4ª fases da EJA (não devendo conter emendas e/ou rasuras), ou declaração provisória válida por 15 dias; certidão de nascimento ou casamento; comprovante de residência com CEP da rua; CPF e RG para todos os estudantes; carteira de vacinação para estudantes da Educação  Infantil; RG e CPF dos pais ou responsável pelo estudante; número do NIS/Bolsa Família do estudante e do responsável; cartão do SUS e 2 (duas) fotos recentes e iguais,  tamanho 3×4. (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Ônibus que conduzia pacientes do TFD de Petrolina para Recife fica sem combustível; prefeitura informa que notificará empresa responsável

Foto: WhatsApp reprodução


Pacientes do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) de Petrolina e seus familiares passaram por um sufoco no dia de ontem (10). O motivo foi o ônibus da Viação Progresso. Informações que se espalharam pelas redes sociais dão conta de que faltou combustível no veículo que conduzia esses pacientes até o Recife (PE), onde seriam consultados.
A Prefeitura de Petrolina, no entanto, adiantou-se em ressaltar que o transporte dos pacientes assistidos pelo TFD é feito através da compra de passagens na empresa Progresso. “Tanto o abastecimento, quanto a manutenção dos ônibus são de total responsabilidade da empresa”,destacou, em nota, a prefeitura.
Porém, prezando pela segurança de quem faz o uso do serviço, a Secretaria de Saúde irá notificar a Progresso. A prefeitura reforça ainda que a falta de combustível aconteceu já na cidade do Recife, o que não prejudicou as consultas e procedimentos dos pacientes nos hospitais da capital”, encerrou a nota.

Blog do BILL NOTICIAS

Caso Beatriz: três anos de um crime sem solução

Um protesto está marcado para acontecer na próxima quarta-feira (12), onde família e amigos sairão em caminhada do Tribunal de Justiça de Pernambuco

  Por: Maiara Melo
Beatriz Mota foi encontrada morta na escola em Petrolina
Beatriz Mota foi encontrada morta na escola em PetrolinaFoto: Reprodução/Arquivo Pessoal

A pequena Beatriz Mota, 7 anos, foi morta com 42 facadas durante uma festa da escola onde estudava, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, há exatos três anos nesta segunda-feira (10). O crime brutal segue sem solução, linha de investigação, causas e nem suspeitos. Um protesto está marcado para acontecer na próxima quarta-feira (12), onde família e amigos sairão em caminhada do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) até o Palácio do Campo das Princesas, onde será entregue um manifesto.
Como se trata de uma investigação sigilosa, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) informou, por nota, que não pode dar informações mais aprofundadas neste momento e que segue atuando para elucidar a morte da menina Beatriz. Já a Polícia Civil de Pernambuco informou que a delegada Polyana Neri está exclusivamente na investigação do caso, com uma equipe de quatro policiais à disposição e estrutura necessária, além do apoio do MPPE e da Diretoria de Inteligência da PCPE.

Durante o último ano foram ouvidas 50 pessoas e outras 30 testemunhas foram reinquiridas. Um pedido de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão foram solicitados à Justiça relativos a uma pessoa suspeita de ter atrapalhado o andamento dasinvestigações. O pedido de prisão foi negado pela Justiça, porém o mandado de busca e apreensão foi cumprido. Aparelhos celulares, computadores, pen-drives e HDs foram recolhidos e perícias estão sendo realizadas pelo Ministério Público. 
Parte do material também se encontra no Instituto de Criminalística sendo analisado. O inquérito que hoje conta com 19 volumes e mais de 4 mil páginas está no MPPE e a família da vítima terá acesso a todo material. A PCPE disse, ainda, que a polícia trabalha incansavelmente na apuração do caso que é de extrema complexidade para responder a família e a toda sociedade pernambucana, apontando o autor dessa morte que tanto chocou a todos. Por fim, a PCPE reafirma sua confiança na elucidação do caso.

Blog do BILL NOTICIAS

MEI terá isenção em diversas taxas

Microempreendedor não precisará mais pagar por licenças e alvarás. O benefício foi incluído na Lei Geral do MEI

  Por: Folha de Pernambuco
Fernanda Dubeux
Fernanda DubeuxFoto: Julya Caminha / Folha de Pernambuco

Os Microempreendedores Individuais (MEI) vão passar a contar com isenção em diversas taxas. A partir de agora, os pequenos empresários não vão mais pagar as tarifas cobradas pela abertura do negócio, inscrição, registro, alvará de funcionamento, licença, cadastro, alterações e procedimentos de baixa e encerramento, licença de funcionamento do Corpo de Bombeiros, entre outros. Mas a resolução não se aplica ao pagamento da contribuição mensal referente ao INSS e impostos tais como ICMS e ISS.

O benefício foi concedido através da inclusão do parágrafo 3º, artigo 4º da Lei 123/2006, que institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, conhecida como a Lei Geral do MEI. A norma já atua como um estímulo e ajuda na valorização às micros e pequenas empresas de todo o País. Com a inclusão do novo tópico, o poder público não vai mais fazer a cobrança dessas taxas aos pequenos empreendedores. A medida vale para órgãos da União, Estados, Distrito Federal ou municípios. 
Segundo a secretária executiva da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação de Pernambuco (Sempetq), Fernanda Dubeux, o benefício concedido aos microempreendedores individuais era uma demanda antiga. “A lei já diz que o MEIdeve ser isento dessas taxas, mas algumas instituições encontravam brechas para continuar fazendo as cobranças. Mas agora não poderão mais exigir o pagamento das taxas. Os órgãos de licenciamento cobravam por serviços que o MEI deve receber de forma gratuita. Esse direito está sendo reconhecido”, disse ela. 

A reivindicação surgiu a partir de uma demanda nacional feita por diversas entidades do setor, incluindo o Fórum Estadual da Micro e Pequena Empresa de Pernambuco (Fempe), ao Comitê para a Gestão Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM). 

Com a mudança, os empreendedores terão taxas zeradas para alvarás, licenças e cadastros, mas alguns serviços ainda serão pagos. É o caso das vistorias técnicas e análise do projetos, que continuarão sendo bancadas pelos empreendedores. “O empreendedor terá a licença de graça. Mas no caso das atividades de alto impacto, onde é necessário fazer uma vistoria no local, esse custo será coberto pelo MEI, para que a cobrança seja justa”, contou Fernanda Dubeux.



Blog do BILL NOTICIAS

PF faz buscas em imóveis de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força

A operação é um desdobramento das delações de Joesley Batista e Ricardo Saud, da JBS. Há a suspeita de compra de apoio de partidos por Aécio

Aécio Neves, Cristiane Brasil e Paulinho da Força. Foto: Leandro Couri/CB/D.A Press, Luis Macedo/Camara dos Deputados e Iano Andrade/CB/D.A Press
Aécio Neves, Cristiane Brasil e Paulinho da Força. Foto: Leandro Couri/CB/D.A Press, Luis Macedo/Camara dos Deputados e Iano Andrade/CB/D.A Press

A Polícia Federal faz buscas, nesta terça-feira (11/12), em endereços ligados ao senador Aécio Neves (PSDB-MG). A investigação está relacionada à delação premiada de executivos do Grupo J&F. Ao todo, a PF cumpre 24 mandados de busca em investigação envolvendo parlamentares na Operação Ross.

A operação foi a um apartamento da família do senador em Ipanema, zona sul do Rio. As buscas alcançam mais cinco parlamentares: os deputados Paulinho da Força (SD-SP), Cristiane Brasil (PTB-RJ), Benito Gama (PTB-BA) e senadores Agripino Maia (DEM-RN) e Antonio Anastasia (PSDB-MG).

O objetivo da ação é investigar o recebimento de vantagens indevidas por parte de três senadores da República e três deputados federais, entre os anos de 2014 e 2017. As vantagens teriam sido solicitadas a um grande grupo empresarial do ramo dos frigoríficos que teria efetuado o pagamento, inclusive para fins da campanha presidencial de 2014. A ação de hoje é um desdobramento da Operação Patmos, deflagrada em maio de 2017.

Os valores investigados, que teriam sido utilizados também para a obtenção de apoio político, ultrapassam os R$ 100 milhões, Suspeita-se que os valores eram recebidos por meio da simulação de serviços que não eram efetivamente prestados e para os quais eram emitidas notas fiscais frias.

Aproximadamente 200 policiais federais dão cumprimento aos mandados expedidos pelo Supremo Tribunal Federal. Eles realizam 48 intimações para oitivas. As medidas estão sendo cumpridas no Distrito Federal e nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Tocantins, e Amapá. 
 
Eles são investigados os crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e associação criminosa. O nome da apuração, Ross, faz referência a um explorador britânico que dá nome à maior plataforma de gelo do mundo localizada na Antártida fazendo - numa alusão às notas fiscais frias que estão sob investigação.

Autorizada por Marco Aurélio
A operação Ross foi autorizada pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal. A ação é um desdobramento da Patmos, deflagrada em maio de 2017, quando um pedido de prisão chegou a ser feito pela Procuradoria-Geral da República ao tucano, mas negado pelo STF.

As vantagens teriam sido solicitadas por parlamentares ao Grupo J&F, que teria efetuado o pagamento a pretexto da campanha presidencial de 2014. Os mandados se destinam a aprofundar a investigação dos supostos crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Nota da defesa do senador Aécio Neves
Alberto Zacharias Toron, a advogado de Aécio Neves, divulgou nota sobre a operação da PF. Abaixo a íntegra:

"O senador Aécio Neves sempre esteve à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários que mostrarão a absoluta correção de todos os seus atos. 

É preciso que se esclareça que os recursos referidos pelos delatores da JBS são as contribuições eleitorais feitas à campanha do PSDB em 2014 e devidamente registradas na Justiça Eleitoral. 

Somam-se a esses valores contribuições legais feitas a outros partidos políticos. A medida é, portanto, desnecessária já que o senador é o maior interessado no esclarecimento de todos os fatos." 

A reportagem tenta contato com as defesas dos demais alvos da operação. O espaço está aberto para manifestação.



Blog do BILL NOTICIAS

Draco terá oito delegacias até 2021, garante secretário de Defesa Social

Durante solenidade de inauguração, o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, prometeu a entrega de mais seis delegacias especializadas em combate à corrupção até 2021

 Por: Portal FolhaPE
Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco)
Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco)Foto: Jose Britto/Folha de Pernambuco


Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco) começou a operar nesta segunda-feira (10), no bairro do Tejipió, Zona Oeste do Recife. Durante solenidade de inauguração, o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, prometeu a entrega de mais seis delegacias especializadas neste tipo de crime até 2021.

"O Draco inicialmente foi criado com duas delegacias de combate à corrupção estabelecidas no Recife agora para 2018. Já para 2019, temos mais duas delegacias também a serem inauguradas no interior do Estado. Em 2020, serão mais duas delegacias e, ao final de 2021, mais duas, ou seja, fazendo um total de oito delegacias de combate a corrupção em todo o território do estado de Pernambuco", disse o secretário.

Ainda neste mês, policiais que atuam no departamento vão passar por uma capacitação e atualização em parceria com a Polícia Federal em Pernambuco. Ao todo, são 168 que fazem parte do quadro, além de 36 do núcleo de inteligência. "O Draco veio para consolidar essas investigações, para potencializar o combate à corrupção", complementou Antonio de Pádua. 
No último dia 5, o Draco desencadeou sua primeira Operação de Repressão Qualificada (ORQ), intitulada Octanagem, que resultou na prisão de três empresários suspeitos de sonegar mais de R$ 85 milhões em impostos. "O Draco surge como um eficiente instrumento de combate à corrupção e ao crime organizado, que caminham juntos. Ele será o antídoto para a prevenção e repressão dos crimes atentatórios à probidade pública, cujo combate se encontra na agenda de todas as sociedades modernas", ressaltou o chefe da Polícia Civil, Joselito do Amaral.




Blog do BILL NOTICIAS

AGROTÓXICOS PROIBIDOS NA EUROPA SÃO CAMPEÕES DE VENDAS NO BRASIL


Agrotóxicos associados a casos de câncer, danos genéticos e suicídios estão presentes em alimentos cotidianos do brasileiro, como café, arroz, feijão, batata, maçã, banana e até no caldo de cana. Enquanto os riscos à saúde fizeram a comunidade européia banir o uso do paraquate, atrazina e acefato, as três substâncias estão entre as mais vendidas no Brasil. Em 2017, as plantações brasileiras receberam mais de 60 mil toneladas destes químicos.
É na Europa que ficam as bases das principais empresas do mercado mundial de agrotóxicos: Syngenta, Bayer CropScience e BASF são responsáveis por quase metade desse comércio no mundo. Mas é também da Europa que pesquisas científicas denunciam seus riscos há décadas.
"A União Europeia produz agrotóxicos, mas tem deixado de lado os produtos que são nefastos à saúde, em função da pressão da sociedade civil organizada", afirma Larissa Mies Bombardi, da Universidade de São Paulo, autora de ampla investigação sobre o tema que resultou no atlas Geografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil e Conexões com a União Europeia.
Ela observa que, na prática, as empresas europeias que fabricam essas substâncias transferiram os produtos mais perigosos para mercados mais permissivos, como o Brasil. Cerca de um terço dos ingredientes liberados para uso no Brasil estão proibidos na União Europeia, ela aponta.
O resultado é o impacto direto sobre a saúde dos brasileiros. A cada 24 horas, oito pessoas são intoxicadas por agrotóxicos no país, segundo dados oficiais, que são subnotificados. O Ministério da Saúde estima que para cada caso desses, outros 50 não foram registrados. Parte dessas intoxicações leva à morte.
Paraquate: depressão, câncer e Parkinson

Fabricado pela gigante mundial suíça Syngenta desde a década de 60, e proibido em território europeu desde julho de 2007, o paraquate é oitavo agrotóxico mais vendido no Brasil. É um herbicida com extensa lista de riscos à saúde humana. Está no arroz, banana, batata, café, cana-de-açúcar, citros, feijão, maçã, milho, soja e trigo.

O paraquate foi investigado durante nove anos pelo Centro de Controle de Intoxicações em Marselha, na França. Os estudos, que ocorreram antes e depois da proibição da substância na Europa, comprovaram uma associação direta com casos de envenenamentos graves e fatais.
O instituto francês estudou a relação entre a exposição ao agrotóxico e 34 tentativas de suicídio, sendo quase a metade dos casos fatal. A maioria dos pacientes estava em casa quando bebeu o veneno de forma intencional. Das 15 mortes, 10 ocorreram nas primeiras 48 horas após a ingestão. A rapidez se deve à falência de múltiplos órgãos, entre outras complicações. Os outros 33% dos óbitos aconteceram ainda no primeiro mês. Segundo a pesquisa, publicada em artigo científico, no Journal of Medical Toxicology de 2013, os pacientes tiveram extensa fibrose pulmonar e insuficiência de oxigênio.
O químico não é apenas uma arma usada para tirar a própria vida, mas também um dos elementos que pode estar por trás do quadro depressivo que motivou a ação suicida. "Causa depressão no sistema nervoso central,", afirma a biomédica Karen Friedrich sobre a neurotoxicidade do Paraquate. Com mestrado e doutorado em Toxicologia, ela é assessora da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho, do Ministério Público do Trabalho, e explica que o efeito do químico é a diminuição de neurotransmissores, como a dopamina.
Em casos de depressão e suicídio, Friedrich ressalta, há sempre diversos fatores que influenciam o quadro. "O pequeno agricultor tem a preocupação com o clima, se vai chover, qual o preço que ele vai vender a hortaliça dele. As vezes, ele vive numa situação de violência intensa. Tem todo um contexto social e de exposição química, que vão trabalhar para que ele sinta a depressão e que leve ao suicídio", acrescenta a pesquisadora.
Pixabay
Evidências mostram o quanto países em desenvolvimento tem a auto-intoxicação por agrotóxicos como grande problema de saúde pública. Estima-se cerca de 300 mil mortes por ano, apenas na região conhecida como Ásia-Pacífico, que inclui os países asiáticos banhados pelo oceano e a Oceania, segundo artigo da British Journal of Clinical Pharmacology de 2011. O problema, contudo, não se limita a nações emergentes. "Entre 1945 e 1989, o paraquate foi responsável por 56% de todas as mortes por pesticidas, na Inglaterra e no País de Gales". Foi responsável ainda por mais mortes em 2008, do que qualquer outro pesticida.
O paraquate também foi escrutinado por pesquisadores da Itália, que apontaram riscos de câncer no sistema linfático, como os casos registrados em Puglia, no sul do país. A atividade agrícola parece ser um fator de risco para o desenvolvimento de subtipos de câncer registrados nas cidades de Bari e Taranto. O risco aumenta se há interação entre o paraquate e outros agrotóxicos, como o captafol e radone.A investigação analisou 158 casos entre 2009 a 2014, e descobriu que mesmo os pacientes expostos a baixos níveis de paraquate tinham risco aumentado para todos os linfomas.
A disputa pelo Brasil
Classificado como extremamente tóxico (na terminologia médica "Classe I"), a Anvisa baniu o herbicida após estudos apontarem que ele pode causar mutação no material genético e doença de Parkinson. "O Paraquate é muito tóxico do ponto de vista agudo, ou seja, imediato. Isso está bem consolidado na literatura científica", afirma Friedrich.

A data para o paraquate sair das prateleiras brasileiras é setembro de 2020, segundo a Anvisa. Até lá, a proibição pode ser revertida. Uma das iniciativas é o projeto de decreto legislativo do deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) que propõe suspender a proibição do ingrediente.
Ministério da Agricultura

O prazo para ser banido em território brasileiro foi um abalo comercial para a Syngenta, que logo começou um lobby com políticos brasileiros para reverter a decisão. Em uma carta assinada pelo presidente da Câmara de Comércio Suíço-Brasileira, Emanuel Baltis, um convite é feito para uma viagem à Suíça em novembro de 2017, para "conhecer aspectos da capacidade de inovação suíça" e fazer uma visita à multinacional.

Documento obtido pela organização suíça Public Eye, que investiga o comportamento das empresas do país, expõe a lista de políticos que viajaram ao país aceitando o convite. Entre eles está a deputada federal Tereza Cristina (DEM/MS), anunciada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro como a Ministra da Agricultura. Custos com passagens aéreas, logística da agenda oficial dentro da Suíça, hospedagem e alimentação foram pagos pela Câmara de Comércio.
Segundo a Public Eye, a maioria dos participantes era integrante da bancada ruralista – a Frente Parlamentar da Agropecuária. "Eles desempenharam um papel fulcral para fazer a ANVISA rever suas ambições no tocante à proibição do paraquate", lê-se no comunicado da organização.
Atrazina: mudando o sexo dos sapos
O ritmo de aumento do uso dos agrotóxicos no Brasil parece caminhar na contramão das descobertas internacionais. Entre 2000 e 2010, a utilização de pesticidas no mundo aumentou em 100%. No Brasil, o crescimento foi o dobro: 200%. Hoje, 20% dos agrotóxicos comercializados no mundo são vendidos no Brasil. A larga utilização desses químicos pode afetar não só a saúde humana, mas gerar transformações inesperadas ao meio ambiente, como sapos mudarem de sexo.

Estudos apontam que o agrotóxico atrazina pode levar à completa feminização dos machos sapos-com-garras-africanos. Isso passou a acontecer porque o agrotóxico é um potente disruptor endócrino, segundo um estudo norte-americano,. A atrazina atinge os níveis de testosterona desses anfíbios adultos, diminuindo suas glândulas reprodutoras, além de atacar o desenvolvimento de esperma. Dos sapos machos estudados, 10% foram totalmente transformados em fêmeas a ponto de conseguirem acasalar com outros machos e produzirem ovos viáveis.
"Esses tipos de problemas, como os animais que invertem o sexo e distorcem as relações sexuais, são muito mais perigosos do que qualquer substância química que possa matar uma população de sapos", afirmou o biólogo e professor Tyrone Hayes, da Universidade da Califórnia, em Berkeley, em uma entrevista sobre sua pesquisa, em 2010.
Charles

Nesse período, Hayes trabalhava também como consultor e pesquisador para a empresa que produz a atrazina, a Novartis, que se fundiu com a Zeneca e formou a Syngenta. Em seu site pessoal, Hayes explica que a empresa e seus consultores tentaram impedir que ele levasse a informação a público. "Renunciei a minha posição de consultoria na empresa e publiquei o meu trabalho e outras descobertas com apoio de financiamento independente", escreveu em sua página chamada 'Atrazine Lovers'.

A descoberta de reversão sexual chama a atenção sobre como a Atrazina pode favorecer a diminuição dessa espécie e ainda atingir outros anfíbios. Segundo a Anvisa, o agrotóxico no Brasil é usado principalmente no cultivo de abacaxi, cana-de-açúcar e milho. A atrazina está banida da União Europeia, desde 2004, mas, aqui, é o sexto pesticida mais comercializado com quase 29 mil toneladas, apenas em 2017.
"A Atrazina foi encontrada em água coletada em muitos poços de água potável, no centro-oeste dos Estados Unidos. Também foi encontrada em córregos, rios e lagos próximos a campos onde foi aplicada", afirma documento da agência de registros de substância tóxicas e doenças, de Atlanta, nos EUA, em comunicado de 2003. O órgão já havia alertado sobre os riscos de gestantes expostas à água contaminada, pois a exposição pode alterar o peso do feto e provocar problemas cardíacos e urinários da mãe.
Acefato: infertilidade e danos genéticos

Já o acefato, com mais de 27 mil toneladas em 2017, ocupa a quarta posição entre os agrotóxicos mais vendidos no Brasil. Usado nas culturas de algodão, amendoim, batata, citros, feijão, melão, milho, soja e tomate esse ingrediente também é objeto de estudos médicos pelo mundo.

Uma mulher de 55 anos teve uma tetraplegia associada à exposição contínua ao acefato, em 2004. Ela aplicou o agrotóxico em casa, para matar insetos e procurou um médico quando teve paralisia em um dos braços. Por dois anos, sofreu com a evolução da perda das atividades motoras até falecer.
As doenças do sistema nervoso central, chamadas de neuropatias, são uma das consequências comprovadas da exposição ao acefato. "Ele está associado a problemas no material genético que advém principalmente de uma substância produzida a partir do acefato, não intencionalmente", afirma a toxicologista Karen Friedrich. Ela explica que, ao entrar em contato com o meio ambiente ou com seres vivos, o acefato pode se transformar em outra substância chamada metamidofós, que é proibido na União Européia e no Brasil.
Após uma autópsia, os médicos conseguiram diagnosticar a causa da morte da senhora: Mielite Transversa, uma doença neurológica causada por uma inflamação na medula espinhal. O artigo foi publicado pela Escola de Medicina da Universidade de Louisville, nos EUA. Friedrich destaca que os danos provocados pelo agrotóxico podem afetar os desenvolvimento dos genes, estarem associados a casos de câncer e passarem de pai para filho.
O uso extensivo de agrotóxicos do tipo organofosforados, como o acefato, pode alterar a qualidade do sêmen e o DNA na formação dos espermatozoides, de acordo compesquisadores do Centro de Biotecnologia, da Universidade de Sri Jayawardenapura, no Sri Lanka.
O acefato é amplamente utilizado pelos agricultores do país asiático. Segundo o estudo, a exposição pode afetar a fertilidade dos homens, indicando altos riscos aos jovens trabalhadores. "A integridade do DNA do espermatozoide é vital para transmitir informação genética durante a reprodução e qualquer dano ao DNA pode resultar em infertilidade", concluem os pesquisadores.


Blog do BILL NOTICIAS

Mercado de trabalho para cuidadores de idosos cresce 547% nos últimos dez anos

  Via:Carlos Britto


O envelhecimento da população aliado à redução do tamanho das famílias brasileiras pode explicar o aumento no número de cuidadores de idosos na última década: a quantidade desse tipo de ocupação saltou de 5.263 em 2007 para 34.051 em 2017 representando um crescimento de 547% durante o período.
E não é para menos. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que, de 1940 a 2016, a expectativa de vida do brasileiro aumentou em mais de 30 anos, sendo hoje de 75,8 anos. “A procura por esse tipo de profissional está diretamente ligada a esse índice. Hoje, 15% da população brasileira é de idosos e, até 2030, a expectativa é chegar a 25%”, explica a professora do curso de Serviço Social do Centro Universitário Internacional Uninter, Denise de Almeida.
Regulamentação
O crescimento e a formalização desse mercado, no entanto, esbarram na falta de regulamentação e de capacitação adequada dos profissionais. Como a ocupação ainda não foi regulamentada como uma profissão, não há regras claras sobre a formação mínima que deveria ser exigida nem qual seria o conteúdo obrigatório dos cursos.
Um Projeto de Lei tramita na Câmara para criar e regulamentar a profissão de cuidador não só de idosos, mas de crianças e de pessoas com deficiência ou doença rara. Há também um Projeto de Lei do Senado Federal para determinar as atribuições de quem desempenha essa função.
“Observamos um grande número de profissionais da saúde, como técnico de enfermagem, por exemplo, que estão exercendo a função. Mas em alguns casos, ele não é especialista em cuidar de idosos ou não possui alguma formação na área de geriatria. Ainda há poucos cursos na área disponíveis no Brasil e a formação é considerada média”, avalia.
Diante desse cenário, os pré-requisitos e o perfil de quem atua como cuidador de idoso estão relacionados apenas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). De acordo com o texto, devem ser contratados maiores de idade, que fizeram cursos livres com duração entre 80 e 160 horas e que demonstrem empatia e paciência.
“O profissional deve dialogar com o paciente para estabelecer um vínculo e fazê-lo sentir-se parte de um grupo. Além disso, é importante conhecer a rotina da família e como todos se organizam diante da situação. Entre as principais atividades estão os cuidados com higiene, medicação e descarte de materiais, bem como cuidados com alimentação e ao risco de queda”, observa Denise. (Ascom)


Blog do BILL NOTICIAS

Os celulares em que o WhatsApp deixará de funcionar em 2019

Logo do WhatsApp: O WhatsApp atualizou sua lista de celulares incompatíveis com o aplicativo

O WhatsApp atualizou sua lista de celulares incompatíveis com o aplicativo
O WhatsApp, o aplicativo de mensagens mais usado no mundo, é atualizado constantemente. E acaba de publicar sua habitual “lista negra” de celulares em que o serviço não estará disponível a partir de 1º de janeiro.
A empresa, que tem mais de 1,5 bilhão de usuários, já indicou no passado que prefere se concentrar nas “plataformas de telefonia móvel usadas pela grande maioria das pessoas”.
É por isso que a companhia disse que quem utiliza o sistema operacional Nokia S40 só terá acesso ao aplicativo até 31 de dezembro de 2018, de acordo com o blog da empresa.
Entre eles, estão o Nokia 206 e 208, Nokia 301, Nokia 515 e grande parte da série Nokia Asha C3, X2 e X3. Esses dispositivos ainda são vendidos como alternativa aos smartphones mais famosos em diversas lojas e sites.
Nokia Asha 501: Celulares como o Nokia Asha 501 ficaram 'velhos' para o WhatsApp
© Getty Images Celulares como o Nokia Asha 501 ficaram ‘velhos’ para o WhatsApp

O caso do iPhone 4

O WhatsApp também adiantou algumas mudanças que vão afetar quem tem um celular emblemático da Apple: o iPhone 4. E, embora ainda seja compatível com esse dispositivo, em breve vai deixar de ser.
O aplicativo não permite mais a criação de novas contas a usuários que tenham esse modelo de iPhone ou qualquer outro que funcione com o iOS 7 ou outra versão anterior do software da Apple.
E a partir de 2020, o WhatsApp deixará de funcionar completamente nesses telefones.
iPhone: Se você tem um iPhone 4, já não pode se inscrever no WhatsApp ou verificar sua conta
Images Se você tem um iPhone 4, já não pode se inscrever no WhatsApp ou verificar sua conta
“O WhatsApp para iPhone requer [um sistema operacional] iOS 8 ou posterior. No iOS 7.1.2, não é mais possível criar novas contas ou verificar contas existentes. Se o WhatsApp já estiver ativo no seu dispositivo, você poderá usá-lo até 1º de fevereiro de 2020. O iOS 6 ou anteriores não são mais compatíveis”, diz o site da empresa.
“Para uma melhor experiência, recomendamos a utilização da versão mais recente do iOS disponível no seu telefone. Visite a página de ajuda da Apple para saber como atualizar o software do seu iPhone.”

Android 2.3.7

O caso dos celulares que utilizam o sistema operacional Android 2.3.7 (e versões anteriores) é muito semelhante ao do iOS 7.1.2: só podem usar o WhatsApp até 1º de fevereiro de 2020.
Segundo dados do Google, existem cerca de 6 bilhões de celulares no mundo que rodam com Android 2.3.7 ou uma versão anterior do sistema operacional.
Atualização de sistema operacional: Recomenda-se atualizar o celular e baixar a versão mais recente do sistema operacional disponível
© Getty Images Recomenda-se atualizar o celular e baixar a versão mais recente do sistema operacional disponível
Também conhecido como Gingerbread, o Android 2.3.7 foi lançado em dezembro de 2010 junto com o Nexus S, um smartphone fabricado pela Samsung. Seu sucessor, o Android 3.0 Honeycomb (ou “favo de mel”) foi lançado em fevereiro de 2011.
Se você quiser continuar usando o WhatsApp, será necessário atualizar seu sistema operacional.

Em que dispositivos o Whatsapp está disponível?

  • Android com sistema operacional 4.0 ou superior
  • iPhone com iOS 8 ou mais avançado
  • Windows Phone com sistema operacional 8.1 ou posterior
  • JioPhone
  • JioPhone 2
Fonte: WhatsApp/perguntas frequentes.
O S40 é um software que foi desenvolvido pela empresa finlandesa Nokia em 1999 e que, segundo a companhia, passou a ser usado “em centenas de milhões” de celulares.

Blog do BILL NOTICIAS