quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Prefeitura de Petrolina divulgará novas datas para concurso público


A Prefeitura de Petrolina divulgará na próxima segunda-feira(03) um novo cronograma com as datas de inscrição e realização das provas relativas ao concurso público que oferece mais de 370 vagas na cidade.
As oportunidades em diversos níveis de escolaridade são voltadas à área da Saúde e também para profissionais que deverão atuar no âmbito da Administração Municipal. Há vagas para médicos, auditor fiscal I, enfermeiro, odontólogo, farmacêutico, auxiliar de laboratório, assistente social, bibliotecário, museólogo,  técnico agrícola, técnico em laboratório, técnico de enfermagem,  entre outras.
A seleção também oferece vagas para professor de Libras e Braile da Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação. As duas seleções serão organizadas pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe). Todas as alterações no edital, assim como o novo cronograma de atividades estarão disponíveis na segunda-feira(03) no site www.upenet.com.br (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Chesf inicia estudo com painéis solares em reservatório de Sobradinho

Esse sistema de geração concentrada de energia fotovoltaica em usinas utilizando a área de reservatórios é pioneiro no Brasil

  Por: Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Além dos múltiplus usos já tradicionais, como abastecimento urbano, geração hidrelétrica, irrigação, navegação, lazer e piscicultura, as águas verdes do Rio São Francisco agora também abrigam uma Usina Solar Fotovoltaica Flutuante, que transforma a luz solar em energia elétrica. A planta piloto de painéis solares foi instalada pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) no reservatório da Usina Hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia, e deve entrar em operação em dezembro.

Esse sistema de geração concentrada de energia fotovoltaica em usinas utilizando a área de reservatórios é pioneiro no Brasil. Até então, ele só havia sido instalado no solo. Segundo a Chesf, o objetivo é avaliar a viabilidade técnica, econômica e ambiental do projeto para que ele possa participar de leilões de venda de energia e ser reproduzido em outros reservatórios ou até mesmo em rios.

“Isso pode ser muito bem replicado em lugares onde o Brasil é rico em rios, na Amazônia e regiões do Centro-Oeste, por exemplo. Estamos criando uma oportunidade”, explicou o gerente de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Chesf, José Bione, contando que, quando o projeto estiver concluído, a usina flutuante terá capacidade de abastecer 20 mil casas populares.

A plataforma flutuante já instalada em Sobradinho tem 7,3 mil módulos de placas solares, área total de 10 mil metros quadrados e capacidade de gerar 1 megawatt-pico (MWp). Outros 4 MWp deverão ser instalados em 2019. Quando o projeto estiver concluído, com 5MWp, a usina flutuante deverá contar com 35 mil módulos e 50 mil metros quadrados de área sobre o reservatório de Sobradinho. O investimento total da Chesf é R$ 56 milhões.

Para comparação, o reservatório de Sobradinho tem uma superfície de espelho d'água de 4,2 mil quilômetros quadrados, com uma usina capaz de gerar 1,05 mil MW. Mas, atualmente, por causa da baixa vazão, a usina está gerando em torno de 180 MW.

Energia limpa e mais barata
Ontem (28), o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, visitou a usina flutuante e disse que o modelo centralizado do setor energético brasileiro precisa ser repensado pois não beneficia o consumidor. Ele defendeu a diversificação da matriz energética, aproveitando as potencialidades de cada região. “No Nordeste, por exemplo, temos que criar um modelo que permita que o vento e sol, que são fontes de energia mais barata, possam beneficiar os consumidores”, disse, explicando que no Centro-Oeste, por exemplo, o biocombustível é muito mais barato que outras áreas.

Para o ministro, havendo viabilidade, é preciso criar condições para que o potencial produtivo da fonte de energia fotovoltaica possa ser desenvolvido no país, com equipamentos produzidos no Brasil e a custos mais baratos. “Para que o produto final não imponha ao consumidor brasileiro continuar pagando a energia mais cara do mundo”.

Ele alertou ainda que, com a previsão de crescimento da economia em 2,5%, logo o país terá dificuldades por falta de energia. “Se não tivéssemos tido a maior crise econômica da nossa história, nós teríamos tido o maior apagão da nossa história”, explicou. “Estamos aqui buscando abrir a mentalidade, os hábitos, a cultura do setor elétrico brasileiro para conviver com inovação. Não dá para se repetir os mesmos métodos, ter os mesmos modelos que têm gerado uma das energias mais caras do mundo”.

Estudos em andamento
Os técnicos envolvidos no projeto da Chesf vão estudar a eficiência da tecnologia fotovoltaica resfriada naturalmente pela água e pelo vento, já que as placas instaladas em terra perdem eficiência sob forte calor. Os impactos ambientais também são objetos de estudo. “A planta de 1 MWp aparentemente não faria interferência, mas se ampliarmos para usinas de 30 MWp ou 100 MWp é preciso ver o comportamento da fauna aquática”, explicou Bione.

Os estudos dos sistemas de ancoragem, conexão e conversão de energia também são pioneiros. A plataforma é fixada ao fundo do lago por cabos, com material próprio para suportar o peso das placas e dos trabalhadores que atuam na construção e manutenção, mas será preciso analisar seu comportamento em água corrente e com a movimentação da barragem.

Para entrar em funcionamento, ainda serão instalados contêineres de conversão da energia em corrente contínua, produzida pela plataforma, para energia em corrente alternada, própria para ser enviada às linhas de transmissão da usina hidrelétrica. De acordo com Bione, esta é outra vantagem da instalação de usinas fotovoltaicas nesses reservatórios, já que elas aproveitam as infraestruturas de transmissão, reduzindo, inclusive, as perdas de energias.

Além da usina flutuante, a Chesf desenvolve outros projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) na Região Nordeste, com foco no avanço dos estudos de tecnologias em geração solar e em outros projetos de inovação. Eles estão centralizados no Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp) e somam cerca de R$ 200 milhões.

De acordo com especialista em engenharia elétrica e professor da Universidade de Brasília, Rafael Shayani, a previsão é que até 2050, com o crescimento do país, o consumo de energia triplique. Ele avaliou que projetos como o de Sobradinho são positivos já que não causam impacto ambiental adicional. “Quando você produz energia com uma fonte solar você tá postergando a construção de uma nova hidrelétrica e evitando que uma termelétrica, que queima combustível fóssil e emite gás efeito estufa, seja ligada”, argumentou.

Instalação em residências
De acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apesar de crescente, a geração concentrada em usinas de energia fotovoltaica representa apenas 1% da matriz energética brasileira, com pouco mais de 2,2 mil empreendimentos em operação. Por outro lado, a geração distribuída, diretamente nos telhados das residências e empresas, vem se popularizando. A própria sede do Ministério do Meio Ambiente, em Brasília, também já tem seu sistema próprio de energia solar fotovoltaica.

O professor Rafael Shayani, contou que a Alemanha já utiliza a tecnologia há mais de 20 anos e que, com a entrada da China no mercado, tanto produzindo, quanto consumindo energia fotovoltaica, os preços dos equipamentos caíram muitos nos últimos anos. “Só nos últimos três anos, o preço caiu para praticamente a metade”.

Segundo ele, cerca de 40 mil residências no país já possuem esse sistema instalado em seus telhados. Desde 2012, a Aneel permite a instalação individual dos equipamentos, desde que autorizados e fiscalizados pela distribuidora de energia da região. “É como se o relógio andasse para trás”, explicou o professor. O consumidor gera e utiliza sua própria energia durante o dia e o excedente entrega para a distribuidora. À noite, pega essa energia de volta. Com isso, há uma compensação na conta no fim do mês.

“Então, se você fizer um investimento em energia solar, você instala na sua casa, gera energia limpa, não paga mais conta de energia e tem um lucro no final das contas”, disse, explicando que para o consumo médio de uma família, o investimento para compra e instalação dos equipamentos é de cerca de R$ 12 mil. O retorno financeiro desse sistema vai variar de cinco a dez anos, com o uso de um equipamento que tem 25 anos de vida útil em média.



Blog do BILL NOTICIAS

Turma do STF julga terça-feira mais um pedido de habeas corpus de Lula

Fazem parte do colegiado os ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello, Cármen Lúcia, Fachin e o presidente, 
Ricardo Lewandowski

  Por: Agência Brasil
Foto: Ricardo Stuckert
Foto: Ricardo Stuckert


A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para a próxima terça-feira (4) o julgamento de mais um pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O processo estava liberado para julgamento pelo relator, ministro Edson Fachin.

Fazem parte do colegiado os ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello, Cármen Lúcia, Fachin e o presidente, Ricardo Lewandowski.

No habeas corpus, Os advogados de Lula argumentam que a indicação do juiz federal Sergio Moro para o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro demonstra parcialidade do magistrado e também que ele agiu “politicamente”. Moro irá assumir o Ministério da Justiça em janeiro.

A defesa de Lula quer que seja reconhecida a suspeição de Moro para julgar processos contra o ex-presidente e que sejam considerados nulos todos os atos processuais que resultaram na condenação deste no caso do triplex do Guarujá (SP).

Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação no caso confirmada pelo Tribunal Regional Federal 4ª Região (TRF4), que impôs pena de 12 anos e um mês de prisão ao ex-presidente, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Responsável pelos processos da Lava Jato na 13ª Vara Criminal de Curitiba, Sergio Moro nega qualquer irregularidade em sua conduta e diz que a decisão de participar do futuro governo ocorreu depois de medidas tomadas por ele, como o julgamento do ex-presidente Lula.



Blog do BILL NOTICIAS

Holanda anuncia doação de 4 milhões de euros para atender migrantes venezuelanos

Ao menos 2,3 milhões de pessoas deixaram a Venezuela desde 2015, no que a ONU considera o movimento populacional mais maciço da história 
recente da América Latina
  Por: AFP 
O presidente colombiano Ivan Duque caminha ao lado do primeiro-ministro holandês Mark Rutte


Holanda colocará quatro milhões de euros à disposição da Organização Internacional para as Migrações (OIM) para o atendimento aos venezuelanos que fogem da crise econômica e política em seu país, disse nesta quinta-feira (29) o primeiro-ministro, Mark Rutte.
"É incrível ver como a Colômbia e outros países da região estão trabalhando juntos para encontrar uma solução. Os Países Baixos os apoiam e queremos ajudá-los", afirmou Rutte em uma declaração conjunta com o presidente colombiano, Iván Duque, em Bogotá.
"Por isso, colocaremos à disposição da Organização Internacional para as Migrações quatro milhões de euros para apoiar o recebimento de migrantes venezuelanos na região", acrescentou no final de seu segundo e último dia de visita ao país.
Ao menos 2,3 milhões de pessoas deixaram a Venezuela desde 2015, no que a ONU considera o movimento populacional mais maciço da história recente da América Latina.
A maioria dos migrantes vai para Peru e Colômbia, em cujo território mais de um milhão de venezuelanos chegaram nos últimos anos.
Duque, que lidera a pressão internacional contra o que considera a "ditadura" de Nicolás Maduro, disse que seu país destina 0,5% do PIB - cerca de 1,348 bilhão de dólares - para atender aos migrantes.
Rutte também reiterou o apoio dos Países Baixos ao acordo de paz que, no ano passado, desarmou e transformou em partido a guerrilha das Farc, que Duque pretende modificar por considerá-lo leniente com os insurgentes.
O primeiro-ministro anunciou uma doação de dois milhões de euros ao fundo da União Europeia para apoiar o pacto que pôs fim a meio século de confrontos com os rebeldes comunistas e que foi assinado pelo governo anterior de Juan Manuel Santos.


Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARO BATE CONTINÊNCIA PARA ASSESSOR DE TRUMP E HUMILHA BRASILEIROS


247 - Na manhã desta quinta-feira (29), o presidente eleito Jair Bolsonaro provou que governa para servir a interesses dos Estados Unidos – e não do povo brasileiro – ao bater continência para o chefe do Conselho de Segurança Nacional de Donald Trump, John Bolton; conhecido como 'senhor da guerra', Bolton quer que o Brasil, a nova colônia dos Estados Unidos na América Latina, pressione a Venezuela e sufoque Cuba; Bolsonaro já acabou com os Mais Médicos, deixando milhões de brasileiros sem assistência, e pode entrar num conflito com venezuelanos; militares nacionalistas, como o general Mourão, estão preocupados com a humilhante submissão do Brasil aos Estados Unidos. Assista no fim desta reportagem o vídeo humilhante para o Brasil.
Segundo o "Regulamento de Continências, Honras, Sinais de Respeito e Cerimonial Militar das Forças Armadas (RCont)", publicado pela portaria número  660/MD, de 19 de maio de 2009, pelo então Ministro da Defesa Nelson Jobim e que regula o tema, "A continência parte sempre do militar de menor precedência hierárquica" (artigo 14, parágrafo 2º). Ou seja, ao bater continência a Bolton, Bolsonaro reconhece-o, pelo código militar, como seu superior.   
A visita de Bolton ocorre no marco das relações que o presidente eleito do Brasil pretende estabelecer com os Estados Unidos. Se prevalecer sua vontade e do clã da Barra da Tijuca, serão relações de subserviência, vinculando o Brasil aos desígnios do imperialismo estadunidense e aos interesses comerciais e geopolíticos da superpotência do Norte. Depois de visitar Bolsonaro, Bolton segue para a reunião do G-20 em Buenos Aires. 
No encontro com Bolton, Bolsonaro foi acompanhado pelos futuros ministros Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Ernesto Araújo (Relações Exteriores).
Bolton trouxe a mensagem beligerante do governo dos Estados Unidos contra Venezuela, Cuba e Nicarágua. Em discurso no início deste mês, John Bolton chamou os três países de "Troica da Tirania", e acrescentou, em tom belicoso: "Esse triângulo de terror que se estende de Havana a Caracas e Manágua é a causa de imenso sofrimento, ímpeto de enorme instabilidade regional e a gênese de um berço sórdido do comunismo no hemisfério ocidental. Os Estados Unidos esperam que cada um dos lados do triângulo caiam, a Troica vai se esfacelar".
O "falcão" americano foi o principal proponente das novas sanções contra Cuba, que foram impostas pelo govenro Trump há uma semana, e é grande crítico da aproximação dos EUA com a ilha, implementada durante o governo Obama.
É longa a biografia de Bolton como "senhor" da guerra. Participou dos governos de Ronald Reagan, George Bush e George W. Bush. Foi um dos articuladores da Guerra do Iraque em 2003, durante o governo de George W. Bush, e recentemente defendeu o uso da força contra o Irã e a Coreia do Norte.
No último governo Bush, ele ajudou a "vender" para a comunidade internacional a teoria de que Saddam Hussein possuía armas de destruição em massa no Iraque. Posteriormente foi comprovado que o regime do então líder iraquiano não tinha esse tipo de armamento.
No afã para invadir o Iraque, Bolton pressionou pela demissão do brasileiro José Bustani, que era presidente da agência das Nações Unidas responsável por monitorar a existência de armas químicas. Na época, o novo conselheiro de Trump era subsecretário de Estado do governo George W. Bush.
José Bustani queria enviar especialistas ao Iraque antes da invasão dos EUA para verificar se, de fato, Saddam possuía armas de destruição em massa, como alegavam os americanos.
O brasileiro afirma que recebeu um telefonema "ameaçador" de Bolton, na ocasião. Pouco depois, Bustani foi demitido do cargo com o voto de um terço dos países-membros da ONU.
O governo de Trump tem interesse em envolver o Brasil na sua política de sanções econômicas e planos intervencionistas contra a Venezuela.

Blog do BILL NOTICIAS

MACRON ISOLA BOLSONARO: SEM ACORDO AMBIENTAL, NÃO TEM ACORDO COMERCIAL


EFE - O presidente da França, Emmanuel Macron, disse hoje (29) que a possibilidade de seu governo apoiar o acordo comercial entre a União Europeia (UE) e o Mercosul depende da posição do presidente eleito, Jair Bolsonaro, sobre o Acordo Climático de Paris.
"Não podemos pedir aos agricultores e trabalhadores franceses que mudem seus hábitos de produção para liderar a transição ecológica e assinar acordos comerciais com países que não fazem o mesmo. Queremos acordos equilibrados", disse Macron, sem citar diretamente as declarações contra o Acordo de Paris feitas por Bolsonaro.
Macron fez as afirmações em uma entrevista coletiva conjunta com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, com o qual se reuniu dois antes do início da Cúpula dos Líderes do G20, grupo formado pelas maiores economias mundiais.
A UE e o Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, pois a Venezuela está temporariamente suspensa) negociam o acordo com base em três pilares - o diálogo político, a cooperação e o livre-comércio - há quase 20 anos.
Sem as dúvidas que manifestou em relação ao futuro governo brasileiro, Macron afirmou que pretende avançar nas relações com a Argentina e elogiou Macri por seguir um "rumo claro". Além disso, ressaltou que a França apoiou o pedido de empréstimo de US$ 57 bilhões feito pela Casa Rosada ao Fundo Monetário Internacional (FMI) após grave crise cambial.
Macron informou também que pretende criar um fórum econômico bilateral entre França e Argentina, para que empresas de médio porte dos dois países façam mais investimentos cruzados em setores como inovação e turismo.
Depois do encontro, os dois presidentes irão para a cidade de Tigre, ao norte de Buenos Aires, para um lanche oficial.
Além de Macron, que chegou ontem à capital argentina, já estão na cidade o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, e o primeiro-ministro de Singapura, Lee Hsien Loong.
Sobre a cúpula do G20, Macron indicou que espera que triunfe na reunião o espírito de "diálogo e cooperação". O presidente francês destacou ainda que tem uma relação "fácil e fluente" com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em temas como segurança e luta contra o terrorismo, mas admitiu que há "desacordos" nas discussões sobre comércio e o clima.


Blog do BILL NOTICIAS

Filho de empresário imitou Bolsonaro no WhatsApp para pedir votos

Revelação foi feita pelo próprio André Marinho, filho do suplente de Flávio Bolsonaro, em vídeo no YouTube. Especialistas não enxergam crime eleitoral no episódio

  Por: Deborah Fortuna
Foto: Reprodução/Youtube
Foto: Reprodução/Youtube

Em vídeo que viralizou nas redes sociais, o filho do empresário Paulo Marinho, suplente de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) no Senado, disse ter enganado eleitores ao imitar a voz do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha presidencial. André Marinho, 24 anos, contou o episódio em vídeo publicado pelo Movimento Brasil Livre (MBL) no YouTube. 

O vídeo com André faz parte de uma série de vídeos do programa de entrevistas do MBL chamado Teste do sofá. Ao lado do deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP) e deputado estadual eleito Arthur do Val (DEM-SP), youtuber do canal Mamãe Falei, o filho do empresário mostra a capacidade de imitar várias pessoas, inclusive o presidente eleito. 

André diz, então, que falas suas passaram a ser divulgadas pelo WhatsApp como se fossem o próprio Jair Bolsonaro. Em um dos casos, ele diz que gravou um áudio dirigido a garimpeiros de Serra Pelada (PA), segundo ele um "reduto petista". O jovem conta que chegou a forçar a voz para soar abatido, pois Bolsonaro já havia sofrido o atentado a faca. 

"Estamos aqui agradecendo as orações, e dizer que conto com vocês aí para o que der e vier. Vocês sabem que terão em mim um defensor implacável de agora em diante, tá ok? Valeu pessoal", diria a mensagem. Marinho revela, então, ter recebido muitas mensagens de garimpeiros "chorando". "Então, eu devo ter virado uns 50 mil votos", brincou. "Eu não sei se isso é crime eleitoral ou não, mas eu tava correndo esse risco", disse.   
 
"Sem consequências" 
O advogado eleitoral Francisco Emerenciano acredita que o vídeo não possa ser considerado crime eleitoral. "É uma manifestação pessoal", afirmou. "Até porque não haveria gravidade suficiente para desequilibrar o pleito. Não dá para ver gravidade no caso. Na minha opinião, óbvio, poderia ser considerada uma brincadeira de mal gosto, mas não haveria consequências no processo eleitoral", avalia.   
 
O especialista em direito eleitoral Daniel Falcão, professor do IDP, afirmou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) só poderia se manifestar sobre o caso se fosse provocado, ou seja, se alguém fizesse uma reclamação à Justiça sobre o fato. "Mas isso também é muito difícil. A eleição acabou. Esse é o tipo de questão que não se provoca depois da eleição", opina. 



Blog do BILL NOTICIAS

Carreta com carga avaliada em meio milhão de reais é recuperada em Orocó-PE

  Via:Vinicius de Santana

Uma Carreta carregada de Leite em pó, que havia sido tomada de assalto na manhã de hoje, dia 29, na cidade de Juazeiro, na Bahia, na BR 428, sentido Orocó-PE, segundo o sistema de rastreamento da empresa, foi recuperada na cidade pernambucana.
De acordo com informações da Polícia, o condutor desobedeceu a ordem de parada do órgão fiscalizador, empreendendo fuga em alta velocidade, com apoio de mais dois veículos escoltando a carreta, uma S-10 branca e um Peugeot cinza de placas não anotadas que evadiram-se do local.
A carreta foi interceptada pelas equipes policiais, na altura do Km 29, nas proximidades do Canal da Transposição. Jeferson José Barbosa, 48 anos, e Rivamar Rodrigues dos Santos, de 26 anos, foram presos e confessaram a participação no crime. Na cabine da carreta foram encontrados ainda três Aparelhos de Bloqueador de GPS, um rastreador, a quantia de R$ 450,00 em espécie, além da nota fiscal da carga no valor de R$ 557.840,00.
Todo material apreendido, além da carreta e os envolvidos, foram conduzidos e apresentados na DPC de Cabrobó, sendo autuados em flagrante delito pelo crime de Roubo de carga e formação de quadrilha.

Blog do BILL NOTICIAS

Descarte irregular e queima de pneus velhos geram reclamações em comunidade da zona rural de Petrolina

  Via:Carlos Britto


A fumaça causada pela queima de pneus tem incomodado – e muito – os moradores do povoado de Pau Ferro, na zona rural de Petrolina. Segundo a comunidade, borracheiros da região estão ateando fogo em pneus em vários locais, inclusive em áreas próximas a açudes (foto).
Além das queixas por causa da fumaça, existe também a preocupação com o meio ambiente e com a proliferação de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, pois os moradores também disseram que pneus velhos estão sendo descartados pelas estradas, podendo acumular água de chuvas. Um perigo.

Blog do BILL NOTICIAS

Mais Médicos cria buraco de 2.800 médicos em postos do Saúde da Família

Motivo para a migração está no salário pago no Mais Médicos (R$ 11.800) e em benefícios ofertados no programa, como auxílio-moradia

  Por: Folhapress
Apesar dessa adesão, a "migração" de um programa federal a outro e relatos de desistência de médicos inscritos também têm gerado alerta entre secretários de saúde
Apesar dessa adesão, a "migração" de um programa federal a outro e relatos de desistência de médicos inscritos também têm gerado alerta entre secretários de saúdeFoto: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco


Quatro em cada dez médicos inscritos em novo edital do Mais Médicos já atuavam em unidades de saúde e devem deixar vagas abertas para entrar no programa federal. Essa "migração" preocupa municípios, para quem a situação deve deixar postos de saúde sem atendimento.
Os dados são de levantamento divulgado nesta quinta-feira (29) pelo Conasems, conselho que reúne secretários municipais de saúde. Segundo o balanço, de 7.271 médicos que já tinham selecionado vagas no Mais Médicos até segunda-feira (26), 2.844 já pertenciam aos quadros do programa Estratégia Saúde da Família.
O conselho, porém, diz estimar que o número de médicos que já atuavam no SUS seja ainda maior e corresponda a até metade dos inscritos. A previsão é que os dados completos sejam divulgados na tarde desta quinta-feira.

Em São Paulo, 170 profissionais que eram do Saúde da Família migraram para o Mais Médicos. Em Minas Gerais, esse número já chega a 420, e na Bahia, a 325. Para Mauro Junqueira, do Conasems, a situação preocupa e traz risco de desassistência. A previsão é que esses médicos deixem os postos até o dia 14 de dezembro, data limite para entrada no Mais Médicos. "É vestir um santo e desvestir outro", diz.
O motivo para a migração está no salário pago no Mais Médicos (R$ 11.800) e em benefícios ofertados no programa, como auxílio-moradia. "Não temos condições de disputar com o programa", afirma. "Ele foi interessante e nós aprovamos porque conseguiu fixar o médico nas unidades. Mas isso também está causando problema para as unidades."

Ao todo, 8.330 vagas já têm médicos alocados. Dados de balanço divulgado pelo Ministério da Saúde mostram que, deste total, 4.675 são médicos que aderiram ao programa pela primeira vez. Apesar dessa adesão, a "migração" de um programa federal a outro e relatos de desistência de médicos inscritos também têm gerado alerta entre secretários de saúde.
Em meio ao forte risco de desassistência, o Ministério da Saúde anunciou uma força-tarefa com ligações aos médicos inscritos para que eles assumam as vagas de forma imediata. Até esta terça, mais de mil médicos já haviam assumido as vagas.

No contato, a pasta também planeja pedir que aqueles que pretendem desistir das vagas comuniquem a decisão imediatamente às prefeituras, o que pode acelerar novo processo de seleção, informa.
Para Junqueira, uma solução para ocupar as vagas seria abrir um segundo edital para médicos formados no exterior. Ele afirma que cubanos que se casaram com brasileiros têm manifestado interesse em ocupar as vagas.

Blog do BILL NOTICIAS

Homem causa incêndio florestal em evento para revelar sexo de bebê nos EUA

A agência florestal dos Estados Unidos revelou esta semana o vídeo no qual Dennis Dickey iniciou o fogo que acabou consumindo quase 20.000 hectares em abril de 2017

  Por: AFP - Agence France-Presse
Foto: AFP PHOTO / US Forest Service
Foto: AFP PHOTO / US Forest Service

Menino ou menina? Mais do que revelar o possível sexo do seu futuro bebê, um homem causou um maciço incêndio florestal nos Estados Unidos. É cada vez mais popular neste país organizar festas para descobrir o sexo de um bebê que está a caminho e, neste caso, o futuro pai no Arizona (oeste) decidiu fazê-lo de forma bastante infeliz, ao disparar em um alvo que tinha as palavras "MENINO" e "MENINA".

A agência florestal dos Estados Unidos revelou esta semana o vídeo no qual Dennis Dickey iniciou o fogo que acabou consumindo quase 20.000 hectares em abril de 2017. O alvo estava localizado em um campo cheio de matagal. Dickey disparou, gerando primeiro uma explosão de confete azul que, rapidamente, se converteu em chamas. 

As autoridades disseram que Dickey - um agente de patrulha fronteiriça - usou uma substância altamente explosiva. Em setembro, um tribunal ordenou a Dickey, que se declarou culpado pelo ocorrido, a pagar 8,2 milhões de dólares em restituição e o condenou a cinco anos em liberdade condicional.

O primeiro pagamento foi de 100.000 dólares e deve continuar com cotas mensais até completar o montante. Dickey disse ao juiz que foi um "completo acidente". Assim que o fogo começou, reportou aos bombeiros, que precisaram de uma semana para controlá-lo.

Nesta popular tradição, alguns futuros pais batem em uma bola de golfe que explode em rosa ou azul, ou cortam um bolo cujo recheio é da cor representativa do sexo, ou brindam com bebidas coloridas.


Blog do BILL NOTICIAS

Pai, filho e sobrinho são presos suspeitos de envolvimento em assassinato no Jardim Amazonas, em Petrolina

   Via: Vinicius de Santana

Três homens da mesma família foram presos na tarde de ontem, dia 28, suspeitos do assassinato de Francisco de Assis Rezende, no dia 10 de setembro deste ano, no bairro Jardim Amazonas, em Petrolina. Ailton Luiz da Silva, Emerson Siqueira da Silva e Enderson Siqueira da Silva são, respectivamente, pai, filho e sobrinho. No mandado, a polícia encontrou uma Pistola semi-automática no calibre .380 e um revolver calibre .38, ambos municiados e prontos para uso.
Todo o trabalho de investigação que culminou com a prisão dos acusados transcorreu na 25ª Delegacia de Homicídios de Petrolina, tendo a frente o Delegado de Polícia Magno Souza das Neves, contando com o apoio do Delegado de Policia Gabriel Carvalho Sapucaia, os quais orientaram as equipes de investigação na melhor formulação do Inquérito Policial.
O desenrolar das investigações, aliado ao trabalho de Inteligência do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil de Petrolina culminaram com a descoberta do local onde estavam homiziados os acusados, os quais transitaram por diversos Estados da federação, antes de serem localizados.(Grande Rio FM)

Blog do BILL NOTICIAS