segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Prefeito de Campo Alegre de Lourdes anuncia concurso público com cerca de 200 vagas


Campo Alegre de Lourdes-BA
O prefeito de Campo Alegre de Lourdes, Enilson Marcelo Rodrigues, anunciou na tarde desta sexta-feira (16) na Rádio Comunitária “Atração FM” a realização do concurso público em diversas áreas no município de Campo Alegre de Lourdes.
De acordo com o prefeito, o concurso visa acabar com o ciclo de contratações irregulares, e acabar com os cabides de empregos na prefeitura. O certame deverá oferecer 189 vagas, nas áreas da saúde, educação, meio ambiente, assistência social.
SECRETARIA DA SAÚDE:
(15) Vagas para técnico de enfermagem, sendo 3 para cadastro reserva; (1) Fonoaudiólogo; (1) Médico veterinário; (8) Enfermeiros; (1) Bioquímico; (1) Biomédico; (3) Dentistas; (1) Assistente Social; (2) Nutricionistas; (2) Educadores Físicos; (2) Fisioterapeuta; (8) Agentes de Edemias; (2) Digitadores; (3) Recepcionista; (4) ACD – Assistente de Consultório Dentário; (2) Técnico em Vigilância Sanitária; (1) Psicólogo.
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO:
Para a área da educação são 80 Professores (Ficando a gestão especificar se terá vagas para nível superior e nível especial, magistério);
Ainda na área de educação terá os agentes de organização escolar: Com vagas para as seguintes escolas;  Luiz Eduardo Magalhães, Capitão Adelino, Reitor Edgard Santos e Possivelmente para a escola estadual Francisca Rodrigues (que segundo o prefeito deverá fazer parte da administração municipal);  Angico, Tapagem, Jiquitaia, Peixe, Barreiro do  Espinheiro, Jurema do Virgílio.(Blog de Lucas Nunes)

Blog do BILL NOTICIAS

No RS, prefeitura convida médico cubano para ser secretário de saúde

Prefeito não quis perder o único médico cubano da cidade porque apenas outros dois profissionais de saúde integram a rede pública local
  Por: Folhapress
Médico
MédicoFoto: reprodução/Facebook
A notícia de que Cuba decidiu sair do programa Mais Médicos, depois de cinco anos de parceria com o governo brasileiro, na quarta-feira (14), repercutiu na cidade gaúcha de Chapada (a 336 km de Porto Alegre). Com uma população de 9.597 habitantes, a preocupação era perder o único médico cubano da cidade. 

O prefeito Carlos Alzenir Catto (PDT) resolveu pensar rápido. Por sugestão da atual secretária municipal de Saúde, ainda na quarta, chamou o médico Richel Collazo Cruz, 36, para conversar em seu gabinete e propor que ele assumisse a pasta. 
"Gostaríamos que ele continuasse no município, porque ele foi muito bem aceito pela comunidade. É um bom médico, nunca nos deixou na mão. Se entrar na nossa página no Facebook, vai ver os elogios. Claro que gostaríamos que ele continuasse médico aqui, mas se não dá...", diz o prefeito, que ainda não recebeu a resposta de Collazo ao convite. 

Quinze dias antes da decisão do governo de Cuba, uma equipe da prefeitura foi a Brasília pedir mais profissionais dentro do programa Mais Médicos

No começo de outubro, Chapada abriu um edital para contratar três médicos especializados em saúde da família, num regime de 40 horas semanais, pelo salário de R$ 11 mil, durante um ano. O mesmo valor que recebe o prefeito. Catto chegou a prorrogar o prazo de inscrições, mas não apareceram interessados. 

"Essa história de que há profissionais sobrando é de quem está nos grandes centros, na capital. Tem que sair da casinha e ver o que acontece nos municípios menores. Quem perde com essa saída de 8.000 médicos é o povo de baixa renda, nós estamos tentando segurar o nosso", afirma ele. 

Catto está no quarto mandato como prefeito da cidade, que tem renda per capita de R$ 37.423,52. Nas últimas eleições, os eleitores deram 63,7% dos votos válidos para o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL)

Sobre a qualidade de atendimento dos cubanos, o prefeito faz questão de contar que ele e toda a família já se consultaram no posto municipal com Collazo. Além do cubano, há outros dois médicos atendendo em tempo integral na rede pública local. 

"Sempre fomos muito bem atendidos, não tem trabalho escravo aqui. Ele sempre foi pontual, faz a carga horária, está inserido na comunidade. Eu torço para que ele fique como médico, se não for assim, como secretário", diz. 

Collazo chegou à cidade em março de 2014. Uma comitiva de Chapada foi recebê-lo ainda em Porto Alegre. Na primeira semana, já apresentaram o cubano a uma partida de futebol local e a uma festa no interior da cidade, para que ele fosse conhecendo a comunidade. Dois anos depois, o médico estava casado com uma moradora de lá. 

Depois da repercussão da notícia e de outras entrevistas, Collazo preferiu não falar mais com a imprensa. À Rádio Gaúcha, ele disse: "Ninguém vem de Cuba para cá enganado. Todo mundo sabe o que vai ganhar e a parte com a qual o governo vai ficar. Quando você chega aqui, vem com a mente de que é isso. Quando a gente vê essa diferença, de R$ 300 para R$ 3.000, é uma grande diferença. Esses R$ 3.000 correspondem a um grande salário lá em Cuba". 

Durante o fim de semana, o prefeito encaminhou um pedido à Câmara de Vereadores para alterar a lei orgânica do município, que prevê que apenas brasileiros podem ocupar o cargo em secretarias. Assim, se Collazo aceitar o convite, não terá empecilhos para assumir.



Blog do BILL NOTICIAS

Cenário de calor em Petrolina pode mudar nos próximos dias, diz meteorologia

(Foto: Reprodução)


O tempo quente e abafado dos últimos dias pode mudar em Petrolina. Pelo menos é o que apontam os principais institutos de meteorologia do país.
A previsão é de que, a partir do próximo final de semana, as tão esperadas chuvas comecem a ocorrer. A temperatura mínima para esta semana ficará entre 23ºC e 26ºC, enquanto a máxima deve oscilar entre 33ºC e 35ºC.

Blog do BILL NOTICIAS

Desalmado. Homem mata ex-mulher a facadas e se suicida com filha de 1 ano no colo

   

Um homem de 34 anos fez a ex-mulher e a filha de 1 ano e sete meses reféns em Itapira, interior de São Paulo. Depois de sete horas de negociações com a polícia, Marcos Roberto Parreira matou Larissa Carolina Bernardo a facadas e se matou dando um tiro em sua boca com a filha no colo. A criança foi resgatada com ferimentos leves.
Segundo a Polícia Militar, Marcos encontrou Larissa no shopping fazendo compras e a obrigou a entrar em um carro, arrastando-a em seguida para o interior de sua casa, junto com o bebê. Ela conseguiu usar o celular para pedir ajuda a familiares.
Ao ver que o ex-cunhado estava exaltado e fazia ameaças, uma irmã de Larissa acionou a polícia. Viaturas da PM e da Guarda Municipal cercaram o imóvel. No final da noite, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) assumiu as negociações e removeu o corpo de Larissa já sem vida.
A polícia ouviu um disparo durante a madrugada e resolveu invadir o imóvel. Parreira havia se matado com a criança no colo. Ela tinha um ferimento à faca no braço e precisou ser medicada, mas passa bem. O bebê está sob os cuidados de familiares da mãe.(JovemPan)


Blog do BILL NOTICIAS