quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Perdeu! Traficante de alta periculosidade morre em confronto com a polícia no oeste da Bahia



O traficante e homicida, identificado como Edson Silva Magalhães, vulgo “Edinho da Serrinha”, idade não informada, morreu na manhã desta terça-feira (06/11), após entrar em confronto com a polícia, durante a deflagração da Operação Faro Fino, realizada no Povoado de Serrinha, zona rural de São Félix do Coribe, no oeste da Bahia. A operação foi instalada com objetivo de inibir ações de tráfico de drogas e desarticulação da atividade de refino, manuseio e mistura de drogas e afins na região.
De acordo com informações obtidas pelo Portal Vilson Nunes, o bandido ao presenciar a chegada das forças de Segurança Pública reagiu à ordem legal, efetuando (dois) disparos com uma arma de fogo, tipo pistola, calibre 380. No confronto, o criminoso foi atingido. Ele chegou a ser socorrido até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Santa Maria da Vitória, no entanto, não resistiu aos ferimentos.
Edinho da Serrinha já esteve preso no Presídio do Carandiru em SP, por crimes de homicídio e tráfico de drogas. Em Santa Maria da Vitória e São Félix do Coribe, ele também era investigado por tráfico de drogas e por participação em homicídios.
Segundo a polícia, na operação foram apreendidos substancias entorpecentes tipo Crack e Cocaína, (Três) armas de fogo, sendo (Duas) armas longas e (Uma) PT 380, (Um) cofre, (Cinco) notas promissórias e (Duas) cadernetas com anotações.
A Operação Faro Fino contou com a participação de equipes da 26ª Coordenadoria de Polícia do Interior, da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes de Irecê (14ª Coorpin) com a cadela farejadora SINGER, guarnições da Polícia Militar, Cipe Cerrado e Rondesp e o Departamento de Polícia Técnica (DPT).
Todo material apreendido foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santa Maria da Vitória para ser periciado.  (Portal Vilson Nunes)


Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARO DIZ A TOFFOLI QUE OUVIRÁ STF ANTES DE TOMAR DECISÕES

Rosinei Coutinho/STF

Do Conjur - O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) se encontrou nesta quarta-feira, 7, com o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, e prometeu consultar o STF antes de tomar decisões e enviar medidas ao Legislativo.
"Muitas vezes procurarei vossa excelência antes de tomar inciativa, o procurarei, para que a gente possa aperfeiçoar essa ideia e tenha o menor grau de resistência do Parlamento. Assim, ela de forma mais harmônica siga o seu curso nacional dentro do Parlamento, que é outro Poder o qual eu conheço com uma certa profundidade, ao longo de 28 anos de mandato de deputado federal. Isso porque não podemos perder tempo pelo nosso Brasil", disse Bolsonaro. 
Toffoli afirmou que o diálogo prévio evitará que os Poderes entrem em choque. "Fico muito feliz com a manifestação de que manterá o diálogo. Penso que, muitas vezes, antes de medida enviada ao Legislativo, o diálogo poderá facilitar e evitar que entremos em choque. Por isso de antemão venho repetido sobre esse pacto federativo", disse. De acordo com ele, já houve no passado um pacto republicano que trouxe leis proveitosas, com frutos como, inclusive, leis de combate à corrupção.
"Dentre tantos outros desafios que o senhor vai ter. A relação entre os Poderes é de independência. Mas temos o dever da harmonia. Da nossa parte, temos garantido aqui essa harmonia", ressaltou o presidente do Supremo. Toffoli mencionou ainda três pontos que vem destacando desde a posse: a reforma da Previdência, a tributária e a questão da federalização da segurança pública.
O presidente eleito abriu sua fala falando sobre respeito às instituições, à Constituição e sobre o esforço de diálogo entre os Poderes. "Os poderes são harmônicos e independentes, mas o momento que o Brasil atravessa cada vez mais nós devemos trabalhar em conjunto. Temos certeza de que trabalhando em harmonia poderemos vencer esses obstáculos que o país enfrenta. Temos crise ética e moral também, além de uma economia gravíssima. Mas temos potencial para superar esses obstáculos", disse.
Bolsonaro esteve no Supremo acompanhado de três dos filhos, o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o futuro senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e o caçula Jair Renan.
Eduardo Bolsonaro, o deputado federal mais bem votado do país e o filho que criou polêmica ao ter um vídeo divulgado em 21 de outubro em que dizia que, se eleito, o pai poderia fechar o Supremo e os ministros serem presos caso a eleição fosse questionada, não se manifestou. Nenhum deles respondeu a perguntas da imprensa.


Blog do BILL NOTICIAS

O Diario de Pernambuco faz 193 anos


   Por:Diario de Pernambuco
O Diario de Pernambuco faz 193 anos (Reprodução/Facebook)
Para vocês terem uma ideia, o Recife ainda não era a capital de Pernambuco e o Diario de Pernambuco já estava circulando. O Recife ganhou esta condição em 1827; o primeiro número do Diario saiu em 7 de novembro de 1825, uma segunda-feira. Hoje faz 193 anos da sua edição inicial - não há nenhum outro jornal na América Latina que detenha esta marca. 

Manter-se em atividade durante praticamente dois séculos, ininterruptamente, não é uma façanha apenas para o setor da comunicação - é para qualquer outro ramo do empreendimento humano. Vejamos: qual a empresa mais antiga do Brasil, em atividade? É a Casa da Moeda. Foi criada em 1694. E qual a segunda mais antiga do Brasil? O Diario de Pernambuco.  Faça-se a ressalva que a Casa da Moeda é uma estatal. O jornal, uma empresa privada. Encontra-se em Pernambuco, no Nordeste, a empresa privada mais antiga do Brasil, em atividade. 

O fato, por si só, é motivo de orgulho e inspiração para todos nós que, diariamente, fazemos o Diario procurando corresponder à relevância que ele construiu ao longo do tempo. Não há nenhum exagero em considerar este jornal um patrimônio do estado, da região, do Brasil. Gilberto Freyre o considerava um “historiador do Brasil”. Inúmeros pesquisadores se valeram e ainda se valem do seu acervo para escavar o passado, tentando entender ou reconstituir os dias que ficaram para trás. Há obras clássicas da historiografia nacional que não existiriam se não fosse a cobertura diária do Diario ao longo do tempo. 

“A base de nossos governos sendo a opinião do povo, o primeiro objetivo deve ser mantê-la exata; fosse deixado a mim decidir se deveriam ter um governo sem jornais ou jornais sem um governo, não hesitaria um momento em preferir este último”, dizia Thomas Jefferson. Entre a frase de Jefferson e os dias de hoje, 230 anos nos separam. Mas tem ela alentadora atualidade, pela importância que dá à exatidão das informações e a liberdade de dizê-las. 

Nos dias de hoje, em que as chamadas fake news afetam o mundo, disseminadas muitas vezes de forma criminosa, a existência de um jornal ergue-se como uma barreira não em favor deste ou daquele governo, desta ou daquela corrente ideológica ou política - mas em favor de um bem que interessa a todos: a verdade, que não é nem nunca foi propriedade exclusiva de forças ou grupos. 

Jornais não estão imunes a erros, inclusive de avaliação e julgamento. Mas os jornais - aqui entendidos como sinônimos de imprensa - tentam, todos os dias, todas as horas, seja no impresso seja no online, evitar que a mentira ocupe o lugar da verdade. É isso que o Diario vem buscando fazer nos últimos dois séculos. DP



Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARO FALA SOBRE DESEMPREGO SEM SABER, DIZEM SERVIDORES DO IBGE


247 - Os servidores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reagiram com surpresa e indignação às declarações feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) que chamou de "farsa" os dados sobre desemprego divulgados mensalmente pela instituição. Para os funcionários, Bolsonaro demonstrou total desconhecimento sore o conceito de emprego e também da metodologia utilizada nas pesquisas, que segue padrões internacionais.
Por meio de nota, a ASSIBGE, associação que representa os servidores do instituto, ressalta que "o IBGE segue padrões metodológicos internacionais em suas pesquisas, com a finalidade de que as estatísticas brasileiras sejam comparáveis às dos demais países do mundo". A nota diz, ainda, que "o IBGE é reconhecido nacional e internacionalmente pela qualidade do seu quadro técnico e pela credibilidade das suas informações" e ressalta que "dentre os princípios que regem seu funcionamento estão a independência política e a autonomia técnica na definição de suas metodologias".
No texto a ASSIBGE também alerta que "a intervenção política em órgãos oficiais de estatísticas já se mostrou desastrosa para a credibilidade de instituições de pesquisa, como ocorreu recentemente na Argentina" e que "nossa missão é 'retratar o Brasil com informações necessárias ao conhecimento de sua realidade e ao exercício da cidadania. Continuaremos a fazê-lo com a dedicação de sempre, mesmo que isso não agrade aos governantes. Os políticos passam, a credibilidade do IBGE fica!".
A reação dos servidores veio após Bolsonaro afirmar, em uma entrevista à Band, veiculada na última segunda-feira (5) que pretende promover mudanças no sistema de cálculo empregado para medir o nível de desemprego. "Vou querer que a metodologia para dar o número de desempregados seja alterada no Brasil. O que está aí é uma farsa", disse Bolsonaro ao ser questionado sobre o alto número de desempregados no país.
"Quem recebe Bolsa Família é tido como empregado, quem não procura emprego há mais de um ano é tido como empregado, quem recebe seguro-desemprego é tido como empregado. Temos que ter uma taxa não de desempregados, e sim de empregados. Não tem dificuldade para ter isso aí e mostrar a realidade para o Brasil", completou na ocasião.


Blog do BILL NOTICIAS

DEMOCRATA DO COLORADO É PRIMEIRO GOVERNADOR GAY DOS EUA

Reuters

247 - O democrata Jared Polis se tornou nesta terça-feira (6) o primeiro homem abertamente homossexual a governar um estado dos Estados Unidos – o Colorado. Ele derrotou o republicano Walker Stapleton, segundo projeções das redes de televisão ABC e NBC.
Kate Brown se tornou a primeira governadora bissexual ao se eleger em 2015 no Oregon. Outro governador, Jim McGreevey, de Nova Jersey, se declarou gay ao renunciar em 2004. As informações são da Agência AFP.
Em Vermont, Christine Hallquist, ex-presidente de uma companhia de energia, fracassou não conseguiu ser a primeira governadora transgênero dos EUA, ao ser derrotada pelo atual governador, o republicano, Phil Scott.


Blog do BILL NOTICIAS

TSE sugere que diplomação de Bolsonaro ocorra no dia 11/12, antes de cirurgia

Segundo nota divulgada no site do tribunal, a presidência da Corte entrou em contato com o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, coordenador da equipe de transição

   Por: AE
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Foto: José Cruz/Agência Brasil


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sugeriu que a solenidade de diplomação do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), ocorra no dia 11 de dezembro, um dia antes da data prevista para que o militar da reserva se submeta a uma nova cirurgia.
De acordo com nota divulgada no site do TSE, a presidência da Corte entrou em contato na manhã desta quarta-feira (7), com o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, que coordena a equipe de transição de Bolsonaro, para agendar a diplomação, cuja data limite é 19 de dezembro.

De acordo com a nota do TSE, Lorenzoni afirmou que conversaria com o presidente eleito e retomaria o contato com o TSE até às 12h desta quarta-feira. 

Outra sugestão feita pela Corte eleitoral é que o presidente eleito e o PSL antecipem em cinco dias suas prestações de contas que devem ser apresentadas até o dia 17 de novembro, para que haja tempo de análise antes da diplomação na data sugerida.



Blog do BILL NOTICIAS

Adolescente foi estuprada por dois familiares antes de ser assassinada, afirma polícia

  Via:Carlos Britto
Foto: divulgação



O assassinato brutal da adolescente Estefany Eduarda Nere de Oliveira, de 13 anos, teve seu desfecho divulgado nesta quarta-feira (7), durante coletiva de imprensa na 26ª Delegacia de Homicídios, em Petrolina. A jovem foi abusada sexualmente e morta por três pessoas no Bairro São Gonçalo, zona oeste da cidade. Entre os envolvidos está o próprio tio da vítima.
A investigação foi iniciada no dia 14, pelos delegados da Polícia Civil (PC) Magno Neves e Gabriel Sapucaia, resultando em duas prisões na manhã de hoje, no Bairro Vale do Grande Rio e na Vila Chocolate. Foram detidos José Henrique Castro dos Santos (casado com uma prima da vítima) e Luiz Antônio Moura, o ‘Pretinho’. O terceiro acusado – Flaviano Bernardino de Sena, mais como ‘Índio’ – é tio de Stefany e está foragido.
Dois dos envolvidos têm passagem pela polícia: José Henrique, por tráfico de drogas, e Luiz Antônio, por violência doméstica. “Chegamos aos acusados através de depoimentos de testemunhas que viram a vítima com os três suspeitos, durante a madrugada do dia 13. Tudo indica que o crime teria sido motivado pelo abuso sexual, culminando no homicídio”, explicou o delegado Gabriel Sapucaia.
A adolescente foi morta a facadas e uma pedra encontrada no local pode ter sido utilizada no crime. As investigações levam a polícia a acreditar que a jovem foi morta ainda na madrugada do dia 13. “Ela pode ter ingerido bebida alcoólica com os acusados, ter sido ludibriada e posteriormente ter sido abusada sexualmente”, afirma Sapucaia.
As investigações continuam em busca do tio da menina, que teria fugido para outro Estado. José Henrique e Luiz Antônio foram detidos e encaminhados para a Penitenciária Dr.Edvaldo Gomes.

Blog do BILL NOTICIAS

Bolsonaro avalia extinção do Ministério do Trabalho

Caso isso ocorra, a ideia é ligar a área de emprego e renda, por exemplo, a algum órgão ligado à Presidência da República

  Por: Folhapress 
Atribuições do Ministério do Trabalho poderiam passar, inclusive, para o novo Ministério da Economia, que será gerido por Paulo Guedes



A equipe de transição do presidente eleito, Jair Bolsonaro, estuda extinguir o Ministério do Trabalho. Há várias alternativas em avaliação para que a condução dos temas ligados à área do emprego e renda seja conduzida de forma mais eficiente do que concentrada numa única pasta.Uma delas é ligar a área a algum órgão ligado à Presidência da República.

Entre outras alternativas em discussão está fatiar as diferentes áreas, transferindo, por exemplo, a gestão da concessão de benefícios para órgãos ligados à área social e a gestão da política de trabalho e renda para o novo Ministério da Economiaou para um órgão dedicado às questões de produtividade, um dos temas considerados prioritários na equipe do futuro ministro Paulo Guedes.

Também está em discussão novos modelos para a condução de questões sindicais e de fiscalização. A possibilidade do status de ministério já teria entrado no radar de integrantes do atual governo que são contrários à medida.
Ministério do Trabalho soltou uma nota no final na manhã desta terça-feira (6) destacando que foi "criado com o espírito revolucionário de harmonizar as relações entre capital e trabalho em favor do progresso do Brasil", que completa 88 anos no 26 de novembro "e se mantém desde sempre como a casa materna dos maiores anseios da classe trabalhadora e do empresariado moderno, que, unidos, buscam o melhor para todos os brasileiros."

O texto também destaca que "o futuro do trabalho e suas múltiplas e complexas relações precisam de um ambiente institucional adequado para a sua compatibilização produtiva, e o Ministério do Trabalho, que recebeu profundas melhorias nos últimos meses, é seguramente capaz de coordenar as forças produtivas no melhor caminho a ser trilhado pela Nação Brasileira, na efetivação do comando constitucional de buscar o pleno emprego e a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros". Procurada para comentar o conteúdo, a assessoria de imprensa não quis comentar.




Blog do BILL NOTICIAS

Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

No segundo dia em Brasília após a vitória no segundo turno, o presidente eleito Jair Bolsonaro inicia hoje (7) formalmente o governo de transição ao se reunir, à tarde, com o presidente Michel Temer. Paralelamente, vários ministros já confirmados na futura gestão estão em Brasília para despachos e reuniões.


O presidente eleito Jair Bolsonaro, participa no Congresso Nacional da sessão solene em comemoração aos 30 anos da Constituição Federal. 

O presidente eleito Jair Bolsonaro – José Cruz/Agência Brasil

Bolsonaro começa o dia com um café da manhã com o comandante da Aeronáutica, o brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato. Ele também tem agendados encontros com os presidentes do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha.
Às 16h será a primeira vez que Bolsonaro e Temer se encontrarão para selar o início simbólico do governo de transição. Em várias ocasiões, o presidente eleito elogiou o antecessor por estar repassando informações e facilitando para a equipe que assumirá em 2019.
Equipes dos dois presidentes trabalharão juntas para reunir dados e sanar dúvidas, no esforço de dirimir dificuldades para o governo eleito até o final de dezembro. Por parte de Bolsonaro, 27 pessoas, inclusive cinco sem remuneração, foram nomeadas e estão trabalhando.
 As equipes vão atuar em 10 frentes de trabalho, divididas por eixos temáticos, sob a coordenação dos ministros extraordinário Onyx Lorenzoni e da Casa Civil, Eliseu Padilha. Temas de economia, segurança, política e social serão abordados. A previsão é analisar as questões em três etapas: avaliação, diagnóstico e considerações para eventuais propostas de mudanças.
Bolsonaro pretende ir hoje (7) ao Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), onde funcionará o governo de transição. O local, que fica a 8 quilômetros da Esplanada dos Ministérios e 4 do Palácio do Planalto, serve de gabinete de transição desde a primeira eleição do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.(Agencia Brasil)


Blog do BILL NOTICIAS

Operação ‘Impacto’ traz resultado de homicídios investigados em Petrolina, entre eles o da adolescente morta no São Gonçalo

   Via:Carlos Britto
Foto: Ascom PCPE/divulgação

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) desencadeou na manhã desta quarta-feira (7) em Petrolina, por meio da Polícia Civil (PC), uma operação denominada “Impacto”, decorrente de investigações de homicídios ocorridos nos meses de agosto, setembro e outubro no município. Entre os casos está o da adolescente Estefany Eduarda,  barbaramente assassinada no Bairro São Gonçalo (zona oeste) no mês passado.
As investigações ficaram a cargo dos delegados Magno Neves e Gabriel Sapucaia, ambos da 25ª Delegacia de Polícia de Homicídios de Petrolina. Ao todo foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão domiciliar expedidos pelo Poder Judiciário.
A ação também visa a apreender armas de fogo e veículos que foram utilizados na prática dos homicídios ocorridos. Um total de 46 policiais civis – entre delegados, comissários, agentes e escrivães com o apoio da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) – atuaram na ação. O resultado desse trabalho será apresentado as 10h desta quarta, na sede da 26ª DESEC.

Blog do BILL NOTICIAS

Senado vota de surpresa pauta de aumento para o STF

Se aprovado, o salário dos ministros do STF podem passar de R$ 33 para R$ 39 mil

   Por: Mônica Bérgamo, da Folhapress 
O aumento pode ser aprovado pelo Senado, nesta quarta-feira (7)

Senado Federal pode aprovar nesta quarta-feira (7) projetos de lei que aumentam o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de R$ 33 mil para R$ 39 mil, mesmo valor que seria estabelecido para o cargo de procurador-geral da República.

Os reajustes podem levar a um aumento cascata para juízes, procuradores, promotores e parlamentares de todo o país, no que seria a primeira pauta-bomba armada para o governo de Jair Bolsonaro, segundo o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES). "Não se trata de um busca-pé. É um míssil Exocet", diz ele. "O impacto nas contas públicas nacionais será de cerca de R$ 6 bilhões por ano. É uma covardia com o povo brasileiro", completa.

A proposta, que já tinha sido aprovada na Câmara dos Deputados, estava parada na Comissão de Assuntos Econômicos desde 2016. Ferraço foi o relator da matéria e deu um voto contrário ao aumento. O presidente eleito Jair Bolsonaro já se pronunciou sobre o tema nesta quarta, afirmando que "não é o momento de aumentar salário do Judiciário".
Na noite de terça (6), o presidente do Senado, Eunício de Oliveira, colocou em votação no fim da sessão do plenário um requerimento pedindo a inclusão dos dois projetos na pauta do Senado ainda nesta quarta (7). A iniciativa de Oliveira pegou de surpresa e contrariou vários senadores. Eles acham que o presidente forçou a votação sem aviso prévio.

"Em oito anos que estou no Senado, nunca vi nada parecido: um presidente avocar uma matéria para ir ao plenário sem conversar com a comissão em que ela tramita", afirma Ferraço. Para ele, conceder o aumento é "uma total irresponsabilidade no momento de crise que atravessamos nas finanças públicas. Como estados quebrados como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul vão fazer frente a esses reajustes, que certamente virão?", questiona ele.



Blog do BILL NOTICIAS

Cuidado! Juazeiro, Petrolina e as altas temperaturas de Novembro e Dezembro


Em Juazeiro e Petrolina, o sol forte tem causado grande incômodo para a população. No horário das 10h até às 16h, a sensação térmica nas ruas chega acima de 40º. Até mesmo no horário da noite é comum a temperatura atingir a casa acima dos 25ºC. O meteorologista da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Mário de Miranda, revela que a temperatura fica mais forte entre 14h e 15h. “A tempertaura fica mais elevada a partir das 14h. Mas dentro da cidade, a gente tem um agravante que é o asfalto que  pode chegar a 70ºC ou um pouco mais que isso”.
O Centro de Gerenciamento de Emergências observa diariamente os níveis de umidade relativa do ar. Seguindo recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que estabelece que índices inferiores a 60% não são adequados para a saúde humana, o Centro passou a adotar uma escala psicrométrica que aponta os níveis de criticidade da umidade do ar, classificados em atenção, alerta e emergência. Em Juazeiro e Petrolina por vezez a umidade relativa do ar está Entre 12 e 20% – Estado de Alerta. Os Cuidados a serem tomados: Observar as recomendações do estado de atenção; Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas;, Evitar aglomerações em ambientes fechados; Usar soro fisiológico para olhos e narinas. (Blog do Geraldo José)


Blog do BILL NOTICIAS

BRICS ESTÃO DE CABELO EM PÉ COM BOLSONARO


247 - A imprensa de todos os países que compõem o bloco dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) está horrorizada com a eleição de Jair Bolsonaro, a multiplicidade de declarações agressivas que ele perpetrou contra países do bloco, como a China, e sua intenção de alinhar o Brasil aos Estados Unidos de Trump, isolando-se da comunidade internacional. Até o presidente das Filipinas, o sanguinário Rodrigo Duterte, rejeitado em quase todo o planeta, quer distância do brasileiro. O caso dos Brics é grave porque o Brasil está escalado para assumir a presidência do bloco em 2019.
O jornalista Nelson de Sá apresentou um bom resumo da reação da imprensa dos Brics a Bolsonaro em sua coluna na Folha de S.Paulo:
"Análises agressivas surgiram em sul-africanos e russos, chamando-o de 'candidato da Manchúria, um político usado como boneco por outra potência', os EUA, e até de 'cavalo de Troia nos Brics'. A agência Tass ouviu especialistas brasileiros para arriscar que 'Brasil vai reduzir sua participação nos Brics'.
Já indianos e chineses não parecem saber bem o que esperar. O Hindu, em perfil, listou a sua coleção de ofensas, acrescentando, no final: 'Mas agora ele é governo'.
Outros jornais chineses foram mais ameaçadores, mas o estatal China Daily, voltado a leitores no Ocidente, ouviu dois especialistas em América Latina, da Academia de Ciências Sociais e da Universidade de Nanquim, para concluir que o 'futuro econômico do Brasil ainda não está claro', sobretudo quanto aos Brics".
Nem mesmo o sanguinário presidente filipino, Rodrigo Duterte, rejeitado em quase todo o planeta, quer se comparado a Bolsonaro. "Seu porta-voz, Salvador Panelo, deu coletiva que resultou em títulos como 'Não há comparação entre Duterte e o presidente eleito do Brasil', do  Inquirer. Aquela que vem sendo feita por 'comentaristas internacionais é inteiramente especulação'” -informou Sá.


Blog do BILL NOTICIAS