sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Aliados de Haddad e Manuela planejam ato público em Petrolina e Juazeiro neste sábado

  Por:Carlos Britto
Manuela D'Ávila discursa em ato público realizado em Juazeiro/Foto: reprodução Facebook arquivo


O prefeito de Juazeiro (BA), Paulo Bomfim, é um dos principais articuladores de um movimento político-eleitoral em prol dos candidatos a presidente, Fernando Haddad (PT), e a vice, Manuela D’ávila (PCdoB), marcado para amanhã (20), a partir das 14h30.
Pelas redes sociais, Bomfim explica que a concentração será em Petrolina (PE). Em seguida, a militância seguirá pela Ponte Presidente Dutra até a Orla de Juazeiro, no Centro da cidade. O prefeito confirmou, inclusive, a presença de Manuela no evento.
Receberemos lideranças políticas de todo o Nordeste aqui. Nossa vice, Manuela D’ávila, estará conosco. É a hora da virada! Conto com sua mobilização. Vamos fazer bonito para todo o Brasil ver!”, declarou o prefeito.

Blog do BILL NOTICIAS

PASTOR E MILITAR, DEPUTADO BAIANO REJEITA BOLSONARO


247 – O deputado estadual Pastor Sargento Isidório (Avante) foi eleito deputado federal com a maior votação na Bahia, 323.264 votos. Pelo perfil, pastor da Assembleia de Deus e sargento da Polícia Militar, seria natural que ele integrasse duas das mais poderosas frentes parlamentares da Casa, a evangélica e a da segurança pública, também conhecida como bancada da bala, certo?
Mas não é o que vai ocorrer. O parlamentar anunciou que vota em Fernando Haddad. E a justificativa é simples: não há como conciliar o discurso de Bolsonaro, que contempla o armamento da população e a anistia para policiais que matarem em serviço, com a fé cristã, diz o Pastor Sargento Isidório, de acordo com reportagem do Congresso em Foco.
Para o parlamentar baiano, “Quem lê a Bíblia sabe que Jesus disse 'amai-vos uns aos outros'. Não tem lugar nenhum Jesus dizendo para matar. Tem um bocado de evangélico defendendo isso”.  Ele também critica a ausência do candidato do PSL nos debates.
O pastor diz que tinha ressalvas à candidatura de Fernando Haddad (PT), mas mudou de ideia após conhecer melhor o petista. “Votarei no Haddad, ele não é o homossexual que eu pensava. É casado há 30 anos com a mesma mulher, tem filhos. Tudo que eu pensava foi desconstruído. Procurei ver os vídeos, a gente sabe que é tudo fake news”.

Blog do BILL NOTICIAS

THE GUARDIAN PUBLICA RELAÇÃO DE BANNON, "O SABOTADOR DA DEMOCRACIA", COM BOLSONARO


247 - O jornal britânico The Guardian estampou as relações polêmicas do ex-chefe de campanha de Donald Trump, Steve Bannon, com o atual marketing político de Jair Bolsonaro (PSL). O jornal descreve Bannon como "o sabotador da democracia" que "assumiu um papel de protagonista na eleição presidencial, cada dia mais antagônica, do Brasil". 

Segundo o jornal GGN, "o jornalista Tom Phillips, correspondente da América Latina para o jornal britânico, deu destaque a um vídeo da campanha de Fernando Haddad (PT), que expõe os laços de Bolsonaro com a ditadura do regime militar no Brasil e com Steve Bannon".
 
Philips escreve: "uma publicação de campanha do adversário de esquerda de Bolsonaro, Fernando Haddad, divulgado na noite de terça-feira destacou os laços entre o populista brasileiro que elogia Trump e o homem que a revista Time chamou de 'O Grande Manipulador'."
 
"'Steve Bannon é acusado de sabotar os regimes democráticos em todo o mundo. Ele usa notícias falsas para espalhar o medo e a violência para ganhar as eleições', continua o narrador. 'Bannon é especialista em espalhar o terror em todo o mundo. Bolsonaro passou os últimos 30 anos fazendo isso no Brasil'", reproduz a reportagem do jornal britânico, em referência ao vídeo da campanha de Haddad.



Blog do BILL NOTICIAS

Movimento “Ele Não” pede apoio ao MPPE para garantir segurança no ato

  Vinicius de Santana
Manifestação Mulheres Unidas Contra Bolsonaro se concentra na Praça do Derby

Blog da Folha
Na última segunda-feira, representantes do “Movimento Ele Não” compareceram à Promotoria de Justiça de Cidadania da Capital com atuação na Defesa dos Direitos Humanos solicitando ao promotor de Justiça Westei Conde apoio do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), a exemplo do ato ocorrido no dia 29 de setembro passado, para garantir a realização do ato público “Mulheres pela Democracia #ELENÃO”, previsto para ocorrer no próximo dia 20 de outubro, às 14h.
Na oportunidade, solicitaram ao MPPE a adoção de providências junto à Polícia Militar de Pernambuco, garantindo-se o direito à liberdade de expressão e manifestação do pensamento durante a realização do ato, principalmente tendo em vista os últimos episódios de violência ocorridos em Pernambuco e em todo o país, durante a eleição presidencial.
Segundo as organizadoras, o evento tem a expectativa de reunir cerca de 15 mil manifestantes. Além do Ministério Público, os integrantes do Movimento também encaminharam ofício solicitando a garantia de realização do ato à Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), à Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ao Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE), ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e ao Governo do Estado.

Blog do BILL NOTICIAS

Ladrões explodem duas agências bancárias em Santa Cruz do Capibaribe

Quadrilha trocou tiros com a PM e um dos assaltantes morreu. Outros seis foram presos

Foto: Cortesia/Sindicado dos Bancários
Foto: Cortesia/Sindicado dos Bancários

Ladrões explodiram na madrugada desta sexta-feira (19) a agência dos bancos do Brasil e Santander, localizadas no centro de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do estado. Segundo testemunhas contaram que os criminosos trocaram tiros com policiais militares e um dos suspeitos morreu. Outros seis homens foram presos. A Polícia Militar divulgou por meio de nota que às 11h30 desta sexta-feira dará detalhes da investida contra as agências bancárias de Santa Cruz do Capibaribe em uma coletiva no quartel do Derby, no Recife. 

De acordo com a PM, a ação foi coordenada pelo efetivo do 24° Batalhão, que reagiu contra os assaltantes. Segundo a PM, parte do dinheiro roubado pelos ladrões foi recuperado e apreendidos um fuzil, pistolas, munições, explosivos e dois veículos usados pela quadrilha. 

Segundo moradores do município, o assalto ocorreu por volta de 1h desta sexta. As pessoas relaram que ouviram barulho de disparos de arma de fogo, seguido de explosivos. Os criminosos teriam cercado a cidade, colocando grampos nas principais saídas para impedir o acesso da polícia. Mas após as duas explosões, os policiais chegaram e houve a troca de tiros com os integrantes da quadrilha. 

Um dos veículos utilizados pelo grupo criminoso foi abandonado durante a fuga na Avenida Padre Zuzinha, uma das principais da cidade. A Polícia Civil está investigando o caso. Peritos do Instituto de Criminalística já foram acionados para examinar as duas agências bancárias. 

Segundo o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, este ano, já foram registradas 60 explosões a banco, 42 arrombamentos, 35 assaltos, 23 crimes de estelionato, dois sequestros e duas invasões, totalizando 164 ocorrências. A maioria dos crimes ocorreu na região do Agreste, 72 casos, seguido da RMR com 36 ocorrências, Sertão com 34 e Zona da Mata com 22.



Blog do BILL NOTICIAS

JORNALISTA QUE DENUNCIOU CAIXA DOIS DE BOLSONARO JÁ SOFRE AMEAÇAS


247 - Patricia Campos Mello, a jornalista que denunciou o esquema ilegal de disparo de mensagens contra o PT no WhatsApp, por parte de empresas apoiadoras do candidato Jair Bolsonaro (PSL), está sendo intimidada e ameaçada pelos "skinheads do Bolsocheio", como definiu a jornalista Barbara Gancia no Twitter.
O esquema, apelidado de "Bolsolão", ‏se assemelha ao caixa 2 de campanha, de acordo com juristas ouvidos pelo UOL, uma vez que as encomendas de mensagens seriam doações não contabilizadas e feitas por empresas, o que é proibido pelo Supremo Tribunal Federal desde 2015. Segundo a Folha, "cada contrato chega a R$ 12 milhões e, entre as empresas compradoras, está a Havan. Os contratos são para disparos de centenas de milhões de mensagens".
O escândalo veio à tona nesta quinta-feira (18), em reportagem da jornalista Patricia Campos Mello que, conforme alertado pela também jornalista Barbara Gancia, passou a sofrer ameaças. "Começaram as ameaças à integridade física da jornalista da Folha, Patricia Campos Mello, que deu o furo do caixa 2 do Bolsonaro (...). Não podemos ficar acuados. Quero ver todo mundo defendendo Patricia Campos Mello na sua página e em grupos de WhattsApp. Bora!", tuitou Barbara Gancia, que na sequência convocou:  
Os skinheads do Bolsocheio já estão intimidando e ameaçando Patricia Campos Mello, a jornalista da Folha responsável pelo furo sobre o caixa 2 do Coiso. Precisamos deixar claro que a violência não passará. Bora chamar atenção para o fato nas redes e no Whattsapp!



Blog do BILL NOTICIAS 

LE MONDE DESTACA ESCÂNDALO DO BOLSOLÃO E VÊ MUDANÇA NO CENÁRIO ELEITORAL


O jornal francês Le Monde dá destaque ao escândalo de compra de mensagens do WhatsApp pela candidatura de Jair Bosonaro (PSL) às vésperas do primeiro turno das eleições presidenciais. Segundo o Le Monde, a reportagem do jornal Folha de S. Paulo intitulada "As empresas financiam o envio de mensagens anti-PT nas redes sociais" causou um alvoroço nas campanhas e pode marcar uma reviravolta nas eleições.
O Le Monde destaca que "as empresas estão atualmente fechando contratos com agências especializadas, como Quickmobile, Yacows, Croc Services ou SMS Market, para enviar mensagens em massa via sistema WhatsApp, amplamente utilizado no Brasil. 'Eles estão preparando uma grande operação na semana que antecede a segunda rodada de votação' , diz o jornal, falando sobre contratos no valor de 12 milhões de reais cada (2,8 milhões de euros) para centenas de milhões de mensagens enviadas.
O jornal ainda divulga a resposta do PT: "O financiamento de campanha por empresas privadas é ilegal. Fala-se de fraude".
A reportagem francesa acrescenta que "entre as empresas compradoras figuram, segundo a Folha de São Paulo, a Havan, rede brasileira de lojas de equipamentos domésticos, um grupo de propriedade de Luciano Hang, fervoroso admirador de Jair Bolsonaro, que já se destacou na campanha ao transmitir um vídeo a seus funcionários explicando que, em caso de vitória do PT, a cadeia de distribuição teria de demitir".247


Blog do BILL NOTICIAS

Prefeitura de Juazeiro inaugura mais duas ruas pavimentadas dentro do ‘Toda Sexta tem Obra’

  Por: Vinicius de Santana

Cumprindo mais uma agenda do Programa ‘Toda Sexta Tem Obra’ a Prefeitura de Juazeiro inaugura nessa sexta-feira (19), às 09h, a pavimentação e saneamento das Ruas Sândalo e Nova Esperança, no bairro Jardim das Acácias.
Juntas, as duas ruas têm uma extensão aproximada de 215 m e foram beneficiadas com os serviços de saneamento, drenagem superficial (meio fio e sarjeta), calçadas e pavimentação em paralelepípedos de pedra calcária, em toda a extensão. Com a inauguração das duas ruas o bairro passa a ter 12 vias totalmente pavimentadas, saneadas e entregues pelo Prefeito Paulo Bomfim somente este ano.
A pavimentação e saneamento das duas vias faz parte do Programa Pavimenta Mais e do conjunto de obras do Projeto da Intervenção da Poligonal Urbana de Juazeiro que contempla um total de 12 bairros com obras de pavimentação, drenagem, recapeamento de parte do corredor de ônibus da Poligonal, revitalização, urbanização e macrodrenagem do Canal da Malhada da Areia (dando origem a duas avenidas paralelas), revitalização, urbanização e macrodrenagem do Canal CAIC, dentre outras intervenções.(Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Após impasse com a Compesa, Miguel pede ao governo federal para assumir obras de saneamento no Dom Avelar

   Por: Carlos Britto

Em sua passagem por Brasília (DF) durante esta semana, o prefeito de Petrolina Miguel Coelho reuniu-se com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para discutir as obras de saneamento, que deveriam estar em execução na bacia do Dom Avelar. O gestor municipal solicitou que os recursos, em torno de R$ 38 milhões, sejam transferidos para a Prefeitura de Petrolina realizar o trabalho que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) decidiu não fazer.
Segundo Miguel, o financiamento federal está liberado desde o início deste ano, mas a empresa optou por deixar o dinheiro parado por questões políticas. Diante desse cenário, o prefeito decidiu solicitar formalmente ao Ministério das Cidades para realocar os recursos à prefeitura, que tocaroa as obras aguardadas por milhares de moradores que convivem com esgoto a céu aberto.
Miguel garante que existe amparo legal para reivindicar os investimentos e disse estar confiante no posicionamento de Baldy. “A gente percebe a inércia da Compesa em resolver o problema do Dom Avelar, do São Jorge, Antonio Cassimiro, Mandacaru dentre tantos outros bairros. Por isso, solicitei pessoalmente ao governo federal para que a prefeitura possa contrair esse empréstimo e não precisemos mais depender da Compesa, e sim fazer essa obra tão esperada pelos petrolinenses”, explicou o prefeito.

Blog do BILL NOTICIAS

Unb, USP e UFU aparecem pichadas com mensagens machistas, homofóbicas e racistas

No banheiro da Universidade de Brasília apareceu a frase: 'Se Bolsonaro for eleito, é Columbine na UnB'

 Por: AE
Universidades aparecem pichadas com mensagens que incitam o ódio (Twitter/Reprodução)

   

Em Brasília, referência a massacre

Um banheiro da Universidade de Brasília (UnB) amanheceu com dizeres que fazem referência ao "Massacre de Columbine", tragédia escolar americana que ocorreu em 20 de abril de 1999, na Columbine High School, no Colorado, Estados Unidos. Dois alunos armados entraram na instituição, mataram 12 alunos e um professor, feriram outras 21 pessoas e se mataram. No banheiro da universidade apareceu a frase: "Se Bolsonaro for eleito, é Columbine na UnB".

Por meio de nota, a universidade disse que tomou conhecimento da pichação por meio da fotografia postada nas redes sociais e que o caso do reportado à Polícia Federal. "Desde então, a Universidade vem investigando o caso, sem que hajam dados até o momento a serem divulgados". No começo do mês, a Biblioteca da instituição identificou livros da temática de Direito Humanos rasgados. 

Em São Paulo, a Universidade de São Paulo (USP) investiga pichações de suásticas, símbolo do nazismo, feitas em portas de cinco apartamentos do Bloco A do Conjunto Residencial da Universidade de São Paulo (Crusp), alojamento estudantil da Cidade Universitária, na zona oeste da capital paulista. Os estudantes criaram comitês de segurança para cada andar dos prédios após o caso ter sido revelado na quarta-feira, pelos próprios estudantes nas redes sociais. Em uma das imagens postadas no Facebook, além do desenho nazista, há ainda a frase "Volta para Bolívia".

Em menos de 24 horas, pelo menos quatro universidades públicas registraram mensagens de cunho racistas e homofóbicos no País. Na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), a porta de um banheiro foi pichada na quarta-feira, 17, com a mensagem "Pretaiada vai voltar para a senzala". No local ocorria o Congresso Brasileiro de Pesquisadores Negros. Ataques foram registrados ainda na Universidade de Brasília (UnB), na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e na Universidade de São Paulo (USP), que teve portas pichadas com o símbolo nazista.

Os ataques na UFU ocorreram no último dia do congresso que reuniu em torno de 4 mil pesquisadores, incluindo, convidados estrangeiros de países como Argentina, Angola e Portugal. A pichação foi feita em um dos banheiros do bloco 3Q, no campus Santa Mônica, em Uberlândia (MG). Em nota, a UFU diz repudiar o "fato criminoso de racismo contra os pesquisadores e pesquisadoras negros e negras". Também instaurou sindicância interna para identificar e punir os responsáveis. Já o DCE (Diretório Central dos Estudantes) divulgou nota para afirmar que se solidariza e "soma forças a todas as pessoas atingidas por essa inscrição".

Nesta quinta-feira, 18, o local da pichação foi interditado para as investigações e a UFU registrou ocorrência na Polícia Militar e acionou também a Polícia Federal, que orientou a universidade a primeiro fazer a apuração interna. Depois disso, o que for levantado será levado à Polícia Federal que tomará as providências. A reportagem encontrou em contato com a delegacia da Polícia Federal em Uberlândia, que confirmou aguardar que a denúncia seja protocolada para ir até a UFU e assumir as investigações.

Em outro caso em Minas Gerais, banheiros da Faculdade de Direito da UFJF apareceram desenhos da suástica acompanhados de mensagens como "Morte aos gays" e "morte a todos LGBT". A instituição também divulgou na quarta-feira nota de repúdio na qual informa que "não aceitará qualquer forma de discriminação ou de violência". A nota diz ainda que essas "expressões e símbolos refletem o ódio e o irracionalismo que vêm se ampliando no contexto da disputa eleitoral, estimulados por discursos pouco afeitos à democracia". E que "intensificou os mecanismos de monitoramento em áreas de convivência", mas sem registrar o caso na polícia.


Blog do BILL NOTICIAS

Presidente do PSL diz que Bolsonaro não participará de nenhum debate do 2º turno

Gustavo Bebianno disse que o estado de saúde do candidato é de 'absoluto desconforto' e que não deve ser submetido a 'uma situação de alto estresse, sem nenhum motivo'

   Por: AE
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, disse nesta quinta-feira, 18, que Jair Bolsonaro não participará de nenhum debate do 2º turno. Ele disse em coletiva de imprensa que o estado de saúde do candidato é de "absoluto desconforto" e que não deve ser submetido a "uma situação de alto estresse, sem nenhum motivo".

"Como não há controle, aquela bolsinha (colostomia) pode encher, estourar", afirmou Bebianno. "O seu estado de saúde é ainda de absoluto desconforto. (Não vamos) submetê-lo a uma situação de alto estresse, sem nenhum motivo."

Mais cedo, médicos divulgaram um boletim em que destacavam a "melhora da composição corpórea, mas ainda exigindo suporte nutricional e fisioterapia". A reportagem apurou que a decisão de participar ou não dos debates já estaria nas mãos do próprio candidato.

Bebianno chamou o petista Fernando Haddad (PT) de "poste" e disse que a ausência de Bolsonaro nos debates não deve prejudicá-lo. "Seria discutir com um poste, como já disse o candidato, quem discute com um poste é bêbado. A decisão (de não participar) não é ruim porque o eleitor já conhece Bolsonaro. O contato que ele estabelece é diretamente com o eleitor. Os eleitores já sabem em quem vão votar."

Antes da coletiva, Bebianno disse à reportagem que Haddad se mostrou "desesperado" ao dizer que entrará com medidas judiciais contra uma denúncia de que a campanha de Bolsonaro teria incentivado empresários a disseminar mensagens contra o PT nas redes sociais. Ele classificou como "piada" e "uma palhaçada" a atitude de Haddad, que poderá ser seguida pelo candidato derrotado no segundo turno, Ciro Gomes (PDT).

"Isso é sinal do desespero. Estão tentando criar um fato político qualquer. Quem entende de caixa 2, de dinheiro roubado, de assaltar os cofres públicos para fins pessoais e partidários é o PT", disse Bebianno. Ele acrescentou que também tomará medidas judiciais contra Haddad e Ciro por denúncia caluniosa. "O senhor Haddad, como suposto advogado, deveria saber que denúncia caluniosa é crime e idem para o senhor Ciro Gomes. Ambos responderão pelos seus atos, pelas suas declarações. Se eles estão acusando, vão ter que provar", afirmou.

Bebianno classificou como "piada" a situação. "Chega a ser engraçado porque, de um lado, você tem uma facção criminosa chamada Partido dos Trabalhadores travestida de partido político acusando os outros daquilo que eles mesmo fazem. O PSL e a campanha do presidente Jair Bolsonaro e ele, como pessoa física, nunca houve nenhum acerto, nenhum pedido. Pelo contrário, ao longo da campanha, muitos empresários ofereceram recursos sim, por pessoas de bem, preocupadas com o Brasil, nós nunca aceitamos", disse.



Blog do BILL NOTICIAS

O escândalo das ‘fake news’ patrocinadas mal começou ainda


247 - O jornalista Fernando Brito, editor do blog Tijolaço, afirma que a reportagem de Patrícia Campos Mello que denuncia a fraude eleitoral de Jair Bolsonaro, não seria publicada se não tivesse mais um lote de informações ainda inéditas na fila para desova. Ele diz: "certamente há mais – e é coisa concreta: contratos, e-mails, relatórios ou até depoimentos de envolvidos – ou o jornal não teria 'bancado' a notícia".
O Tijolaço destaca que "não é raro que se proceda assim quando se tem algo muito bombástico: revela-se primeiro o fato, põe-se o assunto à baila, dá-se corda aos enforcados para se enrolarem e, a seguir, expõe-se a prova cabal, definitiva, acachapante. Repare que Bolsonaro fugiu de negar que empresários tenham pago a publicidade, dizendo apenas "não ter controle sobre ação de empresas no Whatsapp". É sinal de que teme a revelação de algo que mostre que tinha conhecimento da armação.

Blog do BILL NOTICIAS

Bruna Marquezine confirma fim de namoro com Neymar

'Não foi por nada disso', disse atriz sobre rumores de que termino teria como motivação divergência política

   Por: Folhapress
Atriz esteve na ilha de Fernando de Noronha nos últimos dias

Bruna Marquezine, 23, confirmou nesta quinta-feira (18) o fim do namoro com o jogador do  Paris Saint-Germain (PSG) NeymarJr., 26. "Foi uma decisão que partiu dele, mas ainda existe muito respeito, muito carinho, por ele e por tudo que a gente viveu", disse a atriz, que participa da festa de 30 anos da grife Le Lis Blanc no Jockey Club de São Paulo, na zona oeste da cidade.

Afastada da televisão desde o término de "Deus Salve o Rei"Marquezine disse ainda que a causa do término do relacionamento não foi divergência política. "Vi muita gente dizendo que foi por divergência política e eu queria esclarecer: 'Não, não foi por nada disso'." Os rumores de uma possível separação entre os dois começou lodo após o primeiro turno das eleições, quando começaram a circular comentários de que Neymar e sua família apoiava o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).
O atacante da seleção brasileira não declarou apoio nem repúdio a nenhum dos candidatos, ao contrário de Bruna Marquezine, que se manifestou a favor do movimento #EleNãoNeymar estava longe das urnas no dia 7, pois estava atuando pelo PSG. Na partida, ele marcou um, na goleada de 5 a 0 sobre o Lyon. No dia seguinte, ele se apresentou à seleção, em Londres, para dois amistosos contra a Arábia Saudita e a Argentina.

O jogador até poderia ter votado em trânsito na capital francesa, mas a reportagem apurou que ele não o fez, assim como a maioria dos jogadores brasileiros, por conta das partidas dos seus respectivos clubes. Apesar de não manifestar apoio a nenhum dos candidatos à PresidênciaNeymar curtiu uma publicação de apoio ao candidato do PSL, Jair Bolsonaro, feita pelo ex-companheiro do SantosAlan Patrick, atualmente defende as cores do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

mãe de NeymarNadine Gonçalves, chegou a escrever nos comentários dos post: "Deus abençoe este filho e sua família". A reportagem apurou que a família Santos votou em peso no número 17, para desespero de Marquezine. A atriz evitou confrontos, mas não negou seu desconforto com a situação. "Neymar ficou entre a cruz e a espada. A sorte é que os dois não são tão radicais e respeitam as opiniões e as escolhas de cada um", entregou um amigo, próximo do jogador.

Em 2014, Neymar declarou seu apoio Aécio Neves nas eleições presidenciais. O camisa 10 disse ter escolhido o candidato do PSDBpor se identificar com seu plano de governo. Na época, o jogador revelou ter tomado a decisão ao lado da família.



Blog do BILL NOTICIAS

Presidente do PSL diz que Bolsonaro não participará de nenhum debate do 2º turno

  Por: Vinicius de Santana
O candidato à Presidência Jair Bolsonaro

© FABIO MOTTA / ESTADÃO O candidato à Presidência Jair Bolsonaro
RIO – O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, disse nesta quinta-feira, 18, que Jair Bolsonaro não participará de nenhum debate do 2º turno. Ele disse em coletiva de imprensa que o estado de saúde do candidato é de “absoluto desconforto” e que não deve ser submetido a “uma situação de alto estresse, sem nenhum motivo”.
“Como não há controle, aquela bolsinha (colostomia) pode encher, estourar”, afirmou Bebianno. “O seu estado de saúde é ainda de absoluto desconforto. (Não vamos) submetê-lo a uma situação de alto estresse, sem nenhum motivo.”
Mais cedo, médicos divulgaram um boletim em que destavam a “melhora da composição corpórea, mas ainda exigindo suporte nutricional e fisioterapia”. O Estado apurou que a decisão de participar ou não dos debates já estaria nas maõs do próprio candidato.
Bebianno chamou o petista Fernando Haddad (PT) de “poste” e disse que a ausência de Bolsonaro nos debates não deve prejudicá-lo. “Seria discutir com um poste, como já disse o candidato, quem discute com um poste é bêbado. A decisão (de não participar) não é ruim porque o eleitor já conhece Bolsonaro. O contato que ele estabelece é diretamente com o eleitor. Os eleitores já sabem em quem vão votar.”
Antes da coletiva, Bebianno disse ao Estado que Haddad se mostrou “desesperado” ao dizer que entrará com medidas judiciais contra uma denúncia de que a campanha de Bolsonaro teria incentivado empresários a disseminar mensagens contra o PT nas redes sociais. Ele classificou como “piada” e “uma palhaçada” a atitude de Haddad, que poderá ser seguida pelo candidato derrotado no segundo turno, Ciro Gomes (PDT).
“Isso é sinal do desespero. Estão tentando criar um fato político qualquer. Quem entende de caixa 2, de dinheiro roubado, de assaltar os cofres públicos para fins pessoais e partidários é o PT”, disse Bebianno ao Estado. Bebianno acrescentou que também tomará medidas judiciais contra Haddad e Ciro por denúncia caluniosa. “O senhor Haddad, como suposto advogado, deveria saber que denúncia caluniosa é crime e idem para o senhor Ciro Gomes. Ambos responderão pelos seus atos, pelas suas declarações. Se eles estão acusando, vão ter que provar”, afirmou.
Bebianno classificou como “piada” a situação. “Chega a ser engraçado porque, de um lado, você tem uma facção criminosa chamada Partido dos Trabalhadores travestida de partido político, acusando os outros daquilo que eles mesmo fazem. O PSL e a campanha do presidente Jair Bolsonaro e ele, como pessoa física, nunca houve nenhum acerto, nenhum pedido. Pelo contrário, ao longo da campanha, muitos empresários ofereceram recursos sim, por pessoas de bem, preocupadas com o Brasil, nós não nunca aceitamos”, disse.

Blog do BILL NOTICIAS

‘Outubro Rosa’ segue com feira de saúde e passeio ciclístico em Petrolina

            Vinicius de Santana

No mês conhecido como ‘Outubro Rosa’, diversas ações estão sendo desenvolvidas em Petrolina para sensibilizar as mulheres sobre o câncer de mama e colo de útero. E para marcar a culminância das atividades, a prefeitura realiza neste sábado (20) uma Feira de Saúde na qual serão disponibilizados vários serviços em parceria com o grupo Pedal Rosa. As ações acontecerão durante a 4ª edição da Pedalada Rosa.
Serão realizados testes rápidos de HIV e sífilis, ações educativas sobre violência contra a mulher, alimentação saudável, postura e descarga de peso durante exercícios físicos, além de corte de cabelo, que serão doados à APAMI para confecção de perucas para pacientes com câncer.
De acordo com a gerente do Núcleo de Educação e Saúde, Lorena Ferraz, a culminância da campanha, que está acontecendo desde o início do mês em diversas unidades de saúde, foi escolhida junto à Pedalada Rosa para dar visibilidade ao combate ao câncer de mama. “Muitas pessoas estarão participando do tradicional passeio ciclístico, por isso, iremos atingir um grande público na sensibilização sobre a importância dos cuidados com a saúde da mulher e o combate ao câncer de mama”, diz. (Ascom)

Blog do BILL NOTICIAS

Presos em Salvador advogado de Roberto Carlos e mais dois suspeitos de tentar extorquir deputado

   Carlos Britto

A Polícia Civil (PC) prendeu na noite desta quarta-feira (18) o advogado do deputado estadual Roberto Carlos (PDT), Idenilton dos Santos, e outras duas pessoas suspeitas de tentar extorquir o parlamentar. Segundo informações da RecordTV Bahia, os homens – identificados como André Paulo Soledade Dias e Felipe de Jesus Menezes – foram presos no Salvador Shopping.
De acordo com a emissora, os três tentaram extorquir R$ 300 mil do pedetista. O advogado usava André e Felipe, que trabalharam na campanha eleitoral de reeleição do deputado, para coagi-lo. Inicialmente, eles pediram os R$ 300 mil, mas depois reduziram o valor para R$ 7 mil. O montante seria entregue nesta quarta, no shopping, onde os dois foram presos. Eles ameaçavam denunciar supostas irregularidades em contratos realizados pelo deputado.
Ainda conforme a emissora, os dois homens estão na 1ª Delegacia, enquanto o advogado está na Coordenadoria de Polícia Interestadual (Polinter).
Em nota o deputado Roberto Carlos (PDT), lamentou o fato ocorrido, envolvendo, suspostamente, um membro do seu gabinete e mais duas pessoas. Roberto Carlos vai aguardar a apuração dos fatos pela polícia baiana. (Fonte: Bahia Notícias).

Blog do BILL NOTICIAS